WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘Bahia de Feira’

COPA DO BRASIL: BAHIA DE FEIRA É ELIMINADO E DUPLA BA-VI DECEPCIONA

O Bahia de Feira foi goleado pelo São Paulo, por 2 a 5, no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, e está eliminado antecipadamente da Copa do Brasil 2012. O time foi prejudicado ao ter goleiro expulso ainda no primeiro tempo em lance confuso que originou o segundo gol do time paulista em cobrança de pênalti.

Se o genérico levou sapecada, o Bahia original também decepcionou. Fora de casa, o Tricolor de Aço levou 2 a 1 do Remo-PA. Terá que bater o time paraense no estádio de Pituaçu, em Salvador. Já o Vitória ficou apenas no empate em 1 a 1 com o ABC-RN. O jogo foi disputado no Frasqueirão, em Natal. A dupla BA-VI decidirá a vaga na próxima fase da Copa do Brasil em casa. O rubro-negro entra em campo na próxima quarta, 18, no Barradão. O Bahia jogar na quinta, 19.

ITABUNA PERDE E CAI PARA A SEGUNDONA

Jogador do Bahia domina bola enquanto itabunense despenca (Foto Luiz Tito).

O Itabuna Esporte Clube perdeu a 13ª partida no Baianão 2012 e caiu para a Segunda Divisão do Campeonato Baiano de Futebol. Desta vez, o time caiu diante do Bahia de Feira, por 2 a 1, no estádio Joia da Princesa.

Os gols do time feirense foram marcados por Jackson, no primeiro tempo, e Carlinhos, aos 41min da etapa final. Fernando marcou para o Itabuna ainda no primeiro tempo. O time cumprirá tabela diante de Juazeirense e Serrano, encerrando campanha no Baianão 2012.

O Azulino cai acumulando apenas 11 pontos em 20 jogos. Sofreu 13 derrotas, venceu apenas duas partidas e empatou outras cinco. Por enquanto, a comissão técnica culpa a Prefeitura de Itabuna, que limitou o uso do estádio Luiz Viana Filho durante a pré-temporada do Dragão do Sul. Gelson Fogazzi e Daniel Oliveira (Danielzinho) centraram fogo no secretário de Esporte, Alcântara Pellegrini.

Os jogadores saíram de ônibus por volta das 10h de Itabuna e chegaram praticamente às 20h. De acordo com dirigentes do clube, a prefeitura contratou um ônibus da MM Turismo para transportar o time. O veículo quebrou três vezes e o trajeto foi cumprindo em quase 10h, quando o normal não passa de 3h30min. Confira ilustração de Marcos Maurício para a gincana rodoviária do Azulino:

MAIS UM DIA DE SOFRIMENTO?

Itabuna e Vitória voltam a se enfrentar (Foto Max Haack/BN).

O Itabuna Esporte Clube pode praticamente selar, hoje à tarde, o passaporte para o subsolo do futebol baiano caso perca para o Vitória, em pleno estádio Luiz Viana Filho. Quando joga em casa contra o rubro-negro, o time grapiúna não costuma fazer feio. É verdade que perdeu 12 dos jogos aqui, mas ganhou 10, a demonstrar certo equilíbrio nos confrontos. Outras 13 partidas terminaram em empate. No primeiro turno, em Salvador, deu 0 a 0.

O problema é o histórico do Azulino no Estadual 2012: apresenta o pior rendimento da sua história no Baianão. Dos 54 pontos disputados, a equipe conquistou apenas 11. Ganhou apenas duas partidas, perdeu 11 e empatou cinco, aproveitamento de risíveis 20,37%.

Não à toa, o Itabuna é o lanterna da competição. Querendo imitá-lo em tão triste desempenho, o Fluminense de Feira conquistou 13 pontos (24,07%). É o vice-lanterna. O mais próximo da “rabeira” é o Camaçari, que soma 17. Pois é. O Itabuna precisa ganhar todos os quatro jogos que restam no Baianão (tem pedreiras como o Vitória e o Bahia de Feira e outros nem tanto, como Juazeirense e Serrano).

A torcida sumiu do estádio. Na quarta, dia 28, apenas 355 torcedores pagaram para assistir Itabuna 1 x 1 Atlético de Alagoinhas. O time da casa vencia até os 45 minutos do segundo tempo, quando sofreu gol contra. Ainda marcou um, aos 47min, não visto pela arbitragem (ou seja, nem a sorte quer fazer companhia ao time itabunense.

A partida de hoje, contra o Vitória, será às 16h. Desde ontem à noite, a equipe do rubro-negro está hospedada no Hotel Tarik à espera do jogo. O time da capital, apesar da vice-liderança, não faz bom campeonato. Soma 33 pontos, enquanto o líder, Bahia, tem 42.

JOGO DE VIDA OU MORTE

O Itabuna volta a campo nesta noite de quarta-feira (28) após levar sapecada de 7 a 1 do Bahia. No estádio Luiz Viana Filho, o Azulino enfrentará o Atlético de Alagoinhas, às 20h30min.

Com 10 pontos no campeonato, o Itabuna precisa vencer e torcer pelas derrotas de Fluminense, que tem 12, e Camaçari, 14 pontos. O Flu pega o Vitória, no Barradão, no mesmo horário. O time do Polo enfrentará o Bahia de Feira, no estádio Joia da Princesa.

Se perder do Atlético, o Itabuna praticamente sepultará chances de permanecer na “elite” do Baiano de Futebol.

VITÓRIA AVANÇA NA COPA DO BRASIL

O Vitória meteu 2 a 0 no São Domingos-SE no Barradão, há pouco, e passou à segunda fase da Copa do Brasil em jogo. Os gols da classificação rubro-negra foram de Marquinhos e Arthur Maia. O rubro-negro enfrentará o ABC de Natal na próxima fase.

O triunfo de hoje é mais um aperitivo para o Ba-Vi do próximo domingo (18), às 16h, no Barradão. O Bahia é o líder do Baianão 2012, mas o Vitória chega com moral após golear na 14ª rodada e, hoje, carimbar passaporte à segunda fase da CB.

BAHIA DE FEIRA CLASSIFICADO

Há pouco, outro time baiano avançou à segunda fase, o Bahia de Feira. O Tremendão havia perdido do Aquidauanense-MS por 1 a 0, mas reverteu a vantagem em casa ao bater o adversário por 2 a 0. Na próxima fase, o Bahia de Feira pegará o São Paulo.

PREDESTINAÇÃO?

O Itabuna Esporte Clube curte viver perigosamente. Após sequência de resultados ruins no início do Baianão 2012, o time chamou Ferreira. Não deu certo e o técnico saiu falando cobras e lagartos da equipe. Nesta semana, Gelson Fogazzi assumiu o comando da equipe.

Sabe o que Ferreira e Fogazzi têm em comum, além de serem técnicos? Os dois passaram pelo comando do Itabuna quando o time foi rebaixado em 2010. E, assim como naquele ano, Fogazzi estreia no Azulino em jogo contra um time de Feira de Santana, o Feirense.

Há dois anos, a partida era contra o Bahia de Feira. Boa sorte em 2012, Fogazzi.

ITABUNA DISPENSA JOGADORES

A diretoria do Itabuna Esporte Clube dispensou nesta sexta (27) o atacante Richard Falcão e o meia David. São os primeiros de uma lista de, pelo menos, cinco nomes que o time deverá dispensar nos próximos dias. A equipe conquistou um ponto em três jogos no Baianão 2012 e sofreu grande vexame na quarta (25) ao ser goleado pelo Bahia de Feira por 0 x 4 em pleno estádio Luiz Viana Filho.

O Azulino volta a campo no próximo domingo (29), às 17h, no Barradão, onde enfrentará o Vitória. O rubro-negro baiano vem embalado pelos dois últimos resultados no estadual, quando aplicou 6 x 1 no Juazeiro e 0 a 5 no Vitória da Conquista, no estádio Lomanto Júnior. O Vitória tem sete pontos e está na vice-liderança do Baianão, enquanto o Itabuna é o vice-lanterna, com 1 ponto.

TORCEDORES DO DRAGÃO TEMEM REBAIXAMENTO

Placar manual revela fragilidade do Itabuna diante do líder Bahia de Feira (Foto Pimenta).

As duas derrotas acachapantes do Itabuna Esporte Clube nas duas últimas rodadas do Baianão 2012 deixaram o torcedor preocupado com o futuro da equipe. O Dragão do Sul terminou a terceira rodada do campeonato na penúltima posição e com apenas um ponto conquistado. Nesta noite de quarta (25), o time levou 0 x 4 do Bahia de Feira – e em pleno estádio Luiz Viana Filho, o Itabunão.

O bancário Washington Almeida foi dos que estiveram no Itabunão e assistiram à goleada do Bahia de Feira. Torcedor do Dragão do Sul, ele ficou preocupado com o que viu. “O time parecia que ia se recuperar da derrota [do domingo, 3 a 0 para o Juazeirense], mas não se encontrou em campo. A derrota foi merecida. O Bahia de Feira jogou bem melhor que o Itabuna. A torcida sai decepcionada dentro de casa”.

Ganso: decepcionado com a equipe (Foto Pimenta).

O taxista Francisco Ferreira elogiou o time feirense e não poupou o Azulino. “É uma decepção para nós. Tem jogador aí que não serve nem pra ser massagista do Itabuna. Saio chateadíssimo, decepcionado”, diz Francisco. Para ele, faltou postura ao time itabunense. “Com essa equipe aí, pode se preparar para a Segundona”.

Vestido com as cores do Itabuna, o torcedor José Marcos, o Ganso do Posto, acredita que o treinador Daniel Oliveira, o Danielzinho, não tem culpa pelo fracasso inicial. “Eu não culpo o treinador, mas o presidente, os jogadores. Tem que renovar, mudar”. Ganso resumiu a noite para os torcedores azulinos: “Decepcionante”.

Pelo Facebook, o torcedor Anterson Araújo fez troça ao se referir ao resultado e à classificação do time após a terceira rodada do Baianão 2012. “Timezinho de quenga. Só vive na zona”.

ITABUNA CAI DE QUATRO E ENTRA NA ZONA

Atacante do Bahia de Feira domina a bola sob olhares dos adversários azulinos.

Líder do Baianão 2012 com 9 pontos, o Bahia de Feira precisou de apenas 46 minutos para matar o Itabuna Esporte Clube e enfiar quatro gols no adversário em pleno estádio Luiz Viana Filho (Itabunão). Os gols do time feirense foram marcados no primeiro tempo e empurraram o Itabuna para a zona de rebaixamento. O time perdeu duas partidas e empatou uma. Com apenas um ponto, a equipe caiu para 11º lugar.

O placar foi aberto com gol contra de Matheus, aos 12 minutos. João Neto ampliou aos 18. Carlinhos marcou os dois últimos gols do jogo, aos 25 e aos 46 minutos. O Itabuna ainda ficou com apenas 10 jogadores a partir dos 25 minutos do segundo tempo com a expulsão de Alex. O Itabuna volta a jogar no próximo domingo (29), às 17h, contra o Vitória, no Barradão.

O presidente do Itabuna, Ricardo Xavier, já anunciou que haverá demissões na equipe. Provavelmente, o clube não manterá o técnico Daniel Oliveira, o Danielzinho, e dispensará, pelo menos, cinco jogadores.

ITABUNA LEVA TRÊS GOLS EM 25 MINUTOS DE JOGO

O Itabuna joga neste momento contra o campeão baiano de 2011, o Bahia de Feira. A partida nem bem começou no estádio Luiz Viana Filho (Itabunão) e o time grapiúna já leva 0 x 3.

O jogador Matheus marcou contra, aos 12 minutos. O goleador João Neto marcou o segundo gol do Bahia de Feira aos 18min. Sete minutos depois, Carlinhos ampliou para o time feirense.

O Itabuna começou a terceira rodada em décimo lugar. A persistir assim, é sério candidato ao rebaixamento.

CAMPEÃO, BAHIA DE FEIRA TEM SÓ 3 EM SELEÇÃO

Jair (Bahia de Feira), Nino Paraíba (Vitória), Alison (Vitória), Titi (Bahia), Ávine (Bahia); Marcone (Bahia), Uelliton (Vitória), Nikão (Vitória) e Bruninho (Bahia de Feira); Sassá (Ipitanga) e João Neto (Bahia de Feira).

Esta é a seleção do Campeonato Baiano 2011 anunciada na terça-feira, 17, durante o Troféu Armando Oliveira, entregue aos melhores da competição conquistada pela primeira vez pelo Bahia de Feira, no último domingo.

O zagueiro rubro-negro Alison acabou sendo o destaque individual da competição ao receber também o troféu de craque do campeonato. Sassá e Geovanni (Vitória) foram os artilheiros do campeonato – cada um deles fez dez gols.

Mineiro, também volante do Vitória, recebeu o prêmio de revelação;  Felipe Adão, do Vitória da Conquista, foi autor do gol mais bonito e Arnaldo Lira, do Bahia de Feira, o melhor treinador.

Os troféus foram entregues na terça, à noite, na Casa do Comércio pela Federação Bahiana de Futebol e TV Bahia, promotoras do campeonato. Entre os convidados para premiação os cantores Tatau e Xanddy e alguns componentes da banda Olodum.

Leia mais n´A Tarde

CHARGE DRAGON – LEÃO ASSUSTADO

BAHIA CONTRATA TRIO CAMPEÃO ESTADUAL

Um dia depois de fazerem história ao levantar a taça de campeões baianos, o goleiro Jair, o atacante Neto e o volante Diones arrumaram as malas. Agora eles integram o elenco de outro Bahia, o Tricolor-de-Aço, e vão disputar a Série A do Campeonato Brasileiro. Jair, por exemplo, foi considerado o melhor goleiro do Campeonato Baiano 2011. Chega em condições até de brigar pela titularidade.

O Bahia de Feira, de onde saíram os atletas, integra o seleto grupo dos times do interior, campeões estaduais: apenas Flu de Feira e Colo Colo conseguiram tal façanha.

CHARGE AZIZ – TÁ DOMINADO

Depois de lembrar na capa que o Vitória tem mais um Bahia na vida, A Tarde traz charge de Aziz com um Leão dominado e… miando.

Confira mais aqui.

TREMENDÃO BROCA O VITÓRIA E LEVA O TÍTULO

João Neto fez o gol do título da equipe feirense (Reprodução PFC/Pimenta).

O Bahia de Feira repetiu o feito do Colo Colo de Ilhéus em 2006 e conseguiu ser campeão estadual em cima do Vitória em pleno Barradão, há pouco. Uma vitória para lavar a alma. E de virada! De quebra, o Tremendão acabou com o sonho do pentacampeonato do rubro-negro.

O jogo começou com o time feirense indo pra cima, mas foi o Vitória quem abriu o placar, numa cobrança magistral de falta do meia Geovanni. Ele mandou a bola no ângulo à direita do goleiro Jair.

O empate veio aos 45 minutos. Allyson aproveitou desviou de João Neto e empatou o jogo. A virada aconteceu no segundo tempo. João Neto saiu de campo como o herói do título. Ele avançou pela direita da entrada da área e brocou o goleiro Viáfara, aos 21 da segunda etapa. O título do Estadual volta para Feira de Santana 42 anos depois, quando o Fluminese detonou, veja só!, o Vitória.

É HOJE!

Feira de Santana pode ter novamente um campeão baiano de futebol, após 42 anos na fila. Era 1969 quando o Fluminense bateu o Vitória e levou o título. Dessa vez, a chance está nas mãos do Bahia de Feira. O clube, no entanto, precisa ganhar – por qualquer placar – para levar o título diante do rubro-negro, em pleno Barradão. O adversário do Bahia é o mesmo de quatro décadas atrás.

A tarefa é difícil, mas a missão não é lá impossível. Pode-se buscar inspiração em exemplo mais recente, vindo de Ilhéus, quando em 2006, o Colo Colo (hoje rebaixado) mandou o favoritismo do Vitória para a “toca” do Leão e tornou-se o primeiro e único time sulbaiano a erguer a taça desta competição.

O clube feirense empatou em casa em 2 a 2, domingo passado, claramente prejudicado pela arbitragem de Sálvio Spínola (relembre aqui). Resta saber se terá futebol para desbancar o Leão em Salvador e superar possíveis “erros” de arbitragem…

LEÃO EMPATA E FICA MAIS PERTO DO PENTA

O Bahia de Feira poderia ter vencido o primeiro jogo das finais do Baianão 2011. Poderia, mas no meio do caminho havia uma arbitragem mediana de Sálvio Spínola, que validou um gol irregular do Vitória. E o jogo terminou 2 a 2, no estádio Joia da Princesa.

O jogo deixou de ser morno no segundo tempo, quando o Bahia de Feira abriu o placar com Diones, que aproveitou cruzamento e estufou a rede de cabeça, aos 14 minutos. Elkeson empatou, aos 20min.

Carlinhos saiu do banco para deixar o time feirense novamente em vantagem, aos 24. A equipe feirense conseguiu segurar o placar até os 39 minutos, quando Reniê empatou o jogo em lance de impedimento. Todos os quatro gols foram marcados de cabeça.

A segunda (e decisiva) partida da final será no próximo domingo, 15, no Barradão, em Salvador. O Vitória leva o título mesmo se empatar. O Bahia de Feira precisa vencer por qualquer placar para levantar a taça do Baianão.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia