WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘bahia’

HOMENAGEM A SANTA DULCE ATRAI MILHARES DE FIÉIS E FORTALECE TURISMO RELIGIOSO NA BAHIA

Homenagem à Santa Dulce lota Arena Fonte Nova, em Salvador || Foto Elói Corrêa/GovBA

Nas camisas, nos olhos, nos corações. A fé em Irmã Dulce, agora Santa Dulce dos Pobres, canonizada no último dia 13, atraiu milhares de fiéis à Arena Fonte Nova, em missa celebrada pelo arcebispo primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, neste domingo (20).

Segundo o secretário do Turismo do Estado, Fausto Franco, o fortalecimento do turismo religioso já é uma realidade. “Nós já tivemos, nesta noite, 86% de ocupação na rede hoteleira de Salvador. É um número expressivo para um fim de semana comum”, revelou.

O turismo da Bahia, lembrou o secretário, é plural e o turismo religioso faz parte desse conjunto. “Este é um turismo independente da alta estação, de estar chovendo ou fazendo sol. E as pessoas que fazem turismo religioso têm como característica retornar outras vezes ao destino. A Bahia é muito rica na cultura religiosa. É um mix que a Bahia oferece e faz com que sejamos um estado muito especial”, acrescentou Fausto Franco.

Presente na celebração, o jornalista Florian Plaucheur, da Agência France Press (AFP), destacou que o Brasil agora tem uma santa e isso é muito importante para a comunidade católica de todo o mundo. “A AFP está presente, com repórter de texto, repórter cinematográfico e fotógrafo, para mostrar para o mundo que o Brasil tem uma nova santa”.

Autoridades baianas participaram da homenagem na Fonte Nova lotada || Foto Elói Corrêa/GovBA

A cantora Margareth Meneses também participou da homenagem. “Ter participado da canonização, cantado na cerimônia, e agora estar nessa homenagem é para mim uma grande emoção. A energia, a força que ela teve e que continua, tudo isso é muito bonito. Proporcionar acolhimento aos seres humanos mais abandonados não tem preço”.

O governador Rui Costa participou da celebração, acompanhado da primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Aline Peixoto, e de José Maurício Moreira e Cláudia Araújo, que receberam a graça da cura, reconhecida pelo Vaticano.

Para Rui, Santa Dulce dos Pobres está acima das religiões, pela generosidade, história e cuidado com o próximo. “Com a canonização de Santa Dulce dos Pobres, a Bahia torna-se uma referência ainda maior do que já é da fé, com suas mais de 300 igrejas, como a do Bonfim, de Nossa Senhora da Conceição da Praia, do Rosário dos Pretos e de São Francisco. Isso vai ser muito bom também para reforçar o destino religioso que é a nossa capital”, afirmou o governador.

OBRAS SOCIAIS

A superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) e sobrinha de Santa Dulce dos Pobres, Maria Rita Lopes Pontes, disse que a canonização fortalece a obra e permite que a missão de Irmã Dulce seja ampliada. “Não é somente o atendimento de saúde. A gente tem que acolher bem as pessoas que chegam para conhecer a história de Irmã Dulce e o seu memorial”. A instituição realiza 2,2 milhões de atendimentos ambulatoriais por ano e 12 mil cirurgias.

Dom Murilo Krieger ressaltou que a canonização de Santa Dulce dos Pobres não é importante somente para religião católica. “Ela é um exemplo para todos nós. Eu tenho certeza que os nossos irmãos, sejam de que religião forem, reconhecem a generosidade de Irmã Dulce e também que ela fez o bem para todos, sem perguntar de qual religião era a pessoa que recebia a ajuda. Assim, todos vamos aprendendo a nos respeitar mutuamente”.

SANTA DULCE DOS POBRES

Irmã Dulce nasceu em 26 de maio de 1914, em Salvador. Aos 7 anos, ela perdeu a mãe e, aos 13 anos, já acolhia mendigos e doentes na casa onde morava com o pai e os irmãos, no bairro de Nazaré, na capital baiana. A vida religiosa começou aos 18 anos, quando, após se formar como professora primária, ingressou na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus :: LEIA MAIS »

STF NEGA HABEAS CORPUS PARA “DONA MARIA” E MANTÉM CONDENAÇÃO DA JUSTIÇA BAIANA

“Dona Maria” é acusada de tráfico internacional| Foto Alberto Maraux

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou habeas corpus na qual a defesa de Jasiane Silva Teixeira, mais conhecida como Dona Maria, condenada a quatro anos e nove meses de prisão no regime inicial semiaberto por associação para o tráfico de drogas, pedia a redução da pena ou o cumprimento em regime domiciliar. Ela é apontada pela polícia como a maior traficante de entorpecentes da Bahia.

Jasiane foi condenada pelo juízo da 2ª Vara Criminal de Vitória da Conquista a cinco anos de reclusão. O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) redimensionou a pena para quatro anos e nove meses, ao levar em conta o cálculo das circunstâncias judiciais desfavoráveis. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve a decisão do TJ-BA.

No habeas corpus impetrado no STF, a defesa alegou a desproporcionalidade da pena-base imposta, pois só foram consideradas desfavoravelmente duas das oito circunstâncias judiciais e não foi achada nenhuma droga com Jasiane. Argumenta ainda que não foi aplicado o parágrafo 4º do artigo 33 da Lei de Drogas (Lei 11.343/2006), que admite a redução da pena se o condenado for primário, tiver bons antecedentes, não se dedicar às atividades criminosas nem integrar organização criminosa.

MENTORA INTELECTUAL

O ministro Marco Aurélio observou que, na fixação da pena, as instâncias anteriores consideraram que Jasiane participava de estrutura criminosa organizada e era mentora intelectual das atividades do grupo, que atuava em vários bairros de Vitória da Conquista. Assim, não verificou nenhuma ilegalidade na dosimetria.

Em relação ao pedido de prisão domiciliar, o relator explicou que a condenada não preenche os requisitos previstos no artigo 117 da Lei de Execução Penal (LEP), segundo o qual o sentenciado em regime aberto poderá se recolher em residência quando tiver mais de 70 anos, estiver acometido de doença grave, tiver filho menor ou deficiente físico ou mental ou for gestante. No caso, a condenação de Jasiane prevê o regime semiaberto. “O quadro não se amolda à previsão legal”, concluiu o ministro.

PRISÃO

Considerada pela Secretaria da Segurança Pública como a maior traficante de drogas da Bahia, a Dama de Copas do Baralho do Crime da SSP-BA foi presa, no dia 25 de setembro, na cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo. “Dona Maria” foi detida por equipes da Polícia Civil e da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública.

De acordo com a Polícia Civil, além da distribuição de drogas, “Dona Maria” tem envolvimento com homicídios, corrupção de menores, roubos, falsificações, tráfico de armas, entre outros crimes. Natural de Vitória da Conquista, ela comandava uma facção atuante na região sudoeste da Bahia, com ramificações nos estados de Minas Gerais e São Paulo, conforme a polícia.

ASSINADO DECRETO PARA APOIO A CIDADES BAIANAS ATINGIDAS POR MANCHAS DE ÓLEO

João Leão, governador em exercício, assina decreto de emergência || Foto Matheus Pereira

O governador em exercício, João Leão, assinou na tarde desta segunda-feira (14), no Wish Hotel da Bahia, em Salvador, o decreto de situação de emergência em municípios baianos atingidos pela mancha de óleo que avança pelas praias da região Nordeste. Também foram assinados outros dois documentos: um de recebimento de ajuda da sociedade civil e o segundo solicitando apoio do governo federal. Representantes de diversos órgãos estaduais e municipais estiverem presentes.

“O decreto tem o intuito de nos ajudar a resolver o problema. Ele trata da participação do Estado e dos municípios neste processo para nos habilitar a receber recursos federais. O segundo documento é sobre a cooperação dos capelães do Brasil, que nos ofereceram 5 mil pessoas. Já o terceiro solicita o apoio da Petrobras, que é quem entende do assunto”, explicou Leão. O decreto inclui Camaçari, Conde, Entre Rios, Esplanada, Jandaíra e Lauro de Freitas. O valor a ser recebido por cada cidade vai variar de acordo com o volume das manchas e o tamanho da orla do município.

Até o momento, 35 toneladas de óleo foram retiradas das praias baianas. O trabalho de coleta está sendo feito pelos municípios, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. “Hoje, eu sobrevoei todo o Litoral Norte, de Salvador a Conde, e encontramos mancha de óleo a partir de Jacuípe. A concentração maior é em Sítio do Conde, Conde e Massarandupió. Fazendo uma comparação entre hoje e sexta-feira [11], houve um decréscimo acentuado da quantidade de óleo que chegou às nossas praias”, afirmou o secretário do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira. :: LEIA MAIS »

JUSTIÇA ORDENA PÔR BARREIRAS PARA CONTER AVANÇO DE DE ÓLEO EM SERGIPE

Mancha de óleo avança por praias de Sergipe e da Bahia

A Justiça Federal em Sergipe determinou que a União, junto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), implante barreiras de proteção nos rios São Francisco, Japaratuba, Sergipe, VazaBarris e Real, no litoral sergipano. A medida deve ser tomada em até 48 horas, para evitar uma contaminação maior do óleo de origem desconhecida que tem se espalhado pelo litoral do Nordeste brasileiro.

A União e o Ibama terão que pagar R$ 100 mil para cada dia de descumprimento da medida. A decisão do juiz Fábio Cordeiro de Lima atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF) no estado. Para o MPF, a União não tem tomado todas as medidas que poderia para proteger as áreas sensíveis.

“Desde o primeiro instante os Planos Estratégicos de Proteção de Áreas Vulneráveis (existentes e aprovados pelo órgão ambiental competente) poderiam ter sido acionados em Sergipe, de modo a serem implementadas todas as medidas necessárias de contenção e recolhimento do material poluente”, diz um trecho da ação do MPF.

Procurada, a Advocacia-Geral da União (AGU) afirmou que ainda não foi notificada e que, assim que isso ocorrer, analisará as medidas a serem adotadas.

Em sua decisão, o juiz afirma que não é possível colocar barreiras de contenção de óleo em toda a costa do Sergipe e que uma decisão judicial deve ser tomada considerando sua possibilidade de realização, para que não se torne uma medida inócua. :: LEIA MAIS »

SINEBAHIA TEM 204 VAGAS EM ITABUNA, JEQUIÉ, CONQUISTA E T. DE FREITAS NESTA QUARTA (9)

Quatro das principais cidades do interior do Estado oferecem mais de 200 vagas de emprego nesta quarta-feira (9) em unidades do SineBahia. De acordo com levantamento feito pelo PIMENTA, são mais de 160 vagas em Itabuna, principalmente para profissionais da área de eletricidade.

Outras 19 oportunidades são ofertadas pelo SineBahia em Vitória da Conquista. Também no sudoeste baiano, Jequié disponibiliza 12 vagas, igual número de oportunidades ofertado no SineBahia em Teixeira de Freitas, no extremo-sul do Estado.

Os interessados devem procurar as unidades do SineBahia nestes municípios. Quem não possui cadastro, precisa se apresentar com carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de endereço e de escolaridade. Se for pessoa com deficiência (PCD), necessário ter laudo médico. Clique em Leia Mais e confira todas as vagas em aberto. :: LEIA MAIS »

SINEBAHIA: CONFIRA 160 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA TERÇA-FEIRA (8)

Mais de 100 vagas de emprego em Itabuna são para eletricitários

As unidades do SineBahia dos municípios de Itabuna e Ilhéus, no sul, e Jequié, no sudoeste, ofertam 160 vagas de emprego nesta terça-feira (8). A quase totalidade das vagas é disponibilizada na unidade de Itabuna (142). As unidades de Ilhéus e de Jequié oferece, cada uma, 9 oportunidades.

Os interessados devem se dirigir a uma das unidades do SineBahia. Caso não possua cadastro, é necessário apresentar carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Clique em Leia Mais e confira todas as vagas para esta terça. :: LEIA MAIS »

UESC OSCILA, MAS FICA ENTRE AS 60 MELHORES UNIVERSIDADES DO PAÍS; UFSB AVANÇA NO RUF

Uesc aparece entre as 60 melhores do país, apesar de queda no ranking

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, caiu oito posições no Ranking Universitário da Folha (RUF), de abrangência nacional, mas se manteve entre as 60 melhores instituições de ensino superior do País.

A universidade estadual sul-baiana aparece em 59º lugar em 2019, com nota 62,00, ante a 51ª posição em 2018 e a nota média 64,85, conforme comparativo anual feito pelo PIMENTA.

A melhor universidade baiana no ranking anual da Folha é a UFBA, com nota 86,95, na 14ª posição, seguida pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), com 62,04, em 68º lugar.

Já a Uesb, que tem campi em Vitória da Conquista, Itapetinga e Jequié, aparece em 84ª colocação, com nota 49,36. A Uneb, também multicampi, aparece em 89º lugar, com 47,92.

UFSB ainda tem reitoria em prédio alugado em Ferradas, Itabuna || Foto Gabriel Oliveira

UFSB AVANÇA, APESAR DE CORTE 

Fundada em 2014, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) já aparece no ranking entre as 170 melhores do país. Avançou em relação a 2018. Com apenas cinco anos e enfrentando forte contingenciamento de recursos, ela é a 167ª no RUF, com nota 23,72. Ano passado, a UFSB era a 178ª colocada, com nota 17,92.

A superação da UFSB, apesar de ter sido a Federal em todo o país que mais sofreu corte orçamentário proporcionalmente, foi destaque em matéria da Folha, publicação responsável por elaborar o ranking. A UFSB possui campi em Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

USP LIDERA

Nacionalmente, quem lidera o RUF é a USP, com nota 98,02. Na segunda posição, aparece a Unicamp, com nota 97,09, e a UFRJ em terceiro lugar, com nota 97,00.

O RUF é divulgado anualmente. A nota é a média obtida por cada uma das instituições nos quesitos Ensino, Pesquisa, Mercado, Inovação e Internacionalização.

ESCRITO POR WALMIR ROSÁRIO, “JOSIAS MIGUEL, 70 ANOS DE HISTÓRIAS” SERÁ LANÇADO EM ILHÉUS

O empresário Josias Miguel dos Santos apresenta o livro Josias Miguel, 70 anos de histórias, onde conta fatos desde seu nascimento, em Patrimônio da Palha, município de Vila Valério, no Espírito Santo, até os dias de hoje. O lançamento da sua biografia será na próxima sexta-feira (11), às 20h, no Espaço de Eventos Psiu, localizado no km 2,5 da rodovia Ilhéus-Olivença, com a presença da família, amigos e convidados.

Nas 272 páginas do livro escrito pelo jornalista Walmir Rosário, Josias Miguel narra a trajetória de vida, desde a morte do seu pai – Zé Gavião –, que nem mesmo chegou a conhecer por ele ter sido assassinado quando Josias ainda tinha seis meses de vida. Esse fato marcou desde cedo a trajetória da família, que foi separada por motivos de sobrevivência e os reencontros posteriores.

No livro, Josias Miguel revela uma faceta bem diferente da que muitos conhecem: o capixaba que não leva desaforo para casa, explodindo no primeiro momento, esquecendo em seguida sem guardar mágoa e rancores. Também conta como se tornou empresário de sucesso, empresário de bandas, showman, apresentador de televisão, assessor e marqueteiro político de sucesso, o homem que sempre bateu de frente com qualquer um pelas suas convicções pessoais.

LIÇÕES DA VIDA

Essa obra não foi elaborada com o formato do trabalho do marqueteiro que é, mestre em dourar a pílula, dar um invólucro colorido no sabonete, apresentar a verdade melhorada das campanhas políticas que nos acostumamos a assistir pelos programas eleitorais gratuitos na televisão. Ao contrário, ela mostra o diretor de instituições, o pai de família devotado, o amigo leal, o homem que aprendeu as lições que a vida lhe ensinou.

Josias Miguel, o homem que toca os sete instrumentos, embora não tenha se especializado em dedilhar o violão, uma de suas paixões, mas que nem por isso diminuiu seu interesse pela música, compondo letras e produzindo bandas e discos. Mesmo sendo aficionado por dirigir e coordenar uma campanha eleitoral sabe dizer não quando os conceitos éticos dos candidatos diferenciam dos quais acredita.

No prefácio, o advogado e amigo José Aboboreira de Oliveira ressalta que o leitor vai se deliciar com as peripécias de Josias Miguel. O personagem que teve sua infância e adolescência marcada pela passagem por escolas do tipo internatos, educandários que mais pareciam reformatórios para adolescentes em situação de risco social, mas que sempre trilhou o caminho da verdade e do trabalho honesto como suporte para viver com dignidade.

NO BRASIL E NA TERRA DO TIO SAM

Em depoimento, suas duas irmãs mostram o Josias vencedor, que não se curva diante dos obstáculos, um homem capaz, criativo, inteligente, que cresce de todas as formas, sempre muito agitado e aventureiro. Um otimista de carteirinha que sempre teve como lema a liberdade e continua sendo o menino do Patrimônio da Palha que ganhou o mundo. Colatina, Vitória, Rio de Janeiro, Salvador, Jequié, Iguaí, Itabuna, os Estados Unidos do Tio Sam, Ilhéus, tanto faz, é mesmo Josias, filho de Zé Gavião e dona Maria Rigo.

O adolescente que deixou o Espírito Santo para tentar a sorte no Rio de Janeiro encontrou uma série de dificuldades, vencidas uma a uma com a ajuda de personagens providenciais que surgiram conforme as dificuldades. A cada obstáculo superado, um aprendizado para os próximos projetos, encarados sem medo com a sabedoria das experiências anteriores. Não se enebria com o poder público e coleciona centenas de amigos por onde passou. Inimigos garante que não os têm, embora não seja querido por todos, o que considera contingências da vida.

“Com suas ideias de liberdade, de suas convicções e valores, como esteios básicos, para a construção de sua cidadania, não se corrompeu, não fraquejou mesmo quando teve que dizer umas verdades para um juiz; não se acovardou quando teve que enfrentar a selva das matas de Iguaí para colher jacarandá e palmito ou a selva da vida nas grandes cidades, em diversos Estados do Brasil, inclusive, nos Estados Unidos; nunca buscou o caminho fácil ou atalho para o seu favorecimento pessoal ou de terceiros”, ressalta José Reis Aboboreira.

SINEBAHIA OFERECE 185 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, JEQUIÉ E ILHÉUS NESTA QUINTA (3)

Empresa da área de eletricidade abre mais de 100 vagas em Itabuna

O SineBahia de Itabuna oferta número recorde de vagas nesta quinta-feira (3), com 171 oportunidades de trabalho, mais de 100 delas para profissionais que atuam na área de eletricidade. De acordo com informações obtidas pelo PIMENTA, as contratações estão sendo feitas por uma nova empresa que prestará serviços à Coelba. Ainda hoje, outras 14 vagas são oferecidas nas unidades de Ilhéus e de Jequié.

Os interessados devem procurar o SineBahia nestes municípios, preferencialmente nesta manhã de quinta, munidos de carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Vagas para pessoas com deficiência exigem apresentação de laudo médico. Clique em “Leia Mais” e confira todas as oportunidades para hoje nos três municípios. :: LEIA MAIS »

GOVERNADOR BAIANO DIZ QUE MEGALEILÃO DO PRÉ-SAL PRECISA FAZER JUSTIÇA A ESTADOS E MUNICÍPIOS

Governadores em reunião em Brasília nesta segunda (30) || Foto Marcos Brandão/Senado

Governadores do Nordeste e do Norte se reuniram em Brasília, ontem (30.set), para finalizar as discussões sobre a cessão onerosa do pré-sal, com a partilha de recursos entre os entes federados – estados, municípios e União. Os representantes dos estados das duas regiões se reuniram com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para concluir as negociações. Senadores das regiões e líderes partidários também participaram do encontro.

A Câmara deve apreciar agora em outubro a parte da proposta que falta ser votada — a divisão do bônus de assinatura com Estados e Municípios. O percentual a ser arrecadado com o megaleilão do pré-sal, previsto para novembro, é de 15% para estados e de 15% para municípios, descontada a parte da Petrobras. Este é o maior leilão da história do país, com a expectativa de arrecadação de R$ 106 bilhões.

“Nós pedimos que seja mantido e respeitado o acordo feito em relação à cessão onerosa, inclusive com os valores e a forma de rateio: 15% para estados e 15% para municípios, distribuídos conforme o FPE [Fundo de Participação dos Estados] e o FPM [Fundo de Participação dos Municípios]. Foi esse o combinado e é isso que esperamos que seja cumprido para fazer justiça a todos os brasileiros”, disse Rui. :: LEIA MAIS »

SINEBAHIA: CONFIRA 47 VAGAS DE EMPREGO PARA ITABUNA E JEQUIÉ NESTA TERÇA (1º)

O primeiro dia de outubro reserva, ao menos, 47 vagas de emprego com carteira assinada em unidades do SineBahia dos municípios de Itabuna, no sul, e Jequié, no sudoeste do Estado.

Das vagas, 43 são na unidade de Itabuna, situada no andar superior do Shopping Jequitibá, na Avenida Aziz Maron (Beira-Rio). As demais vagas são para Jequié, onde existem duas unidades, uma no SAC e outra na unidade modelo do SineBahia.

Os candidatos que ainda não possuem cadastro no SineBahia devem comparecer com carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Sendo pessoa com deficiência (PCD), necessário apresentar laudo médico. Clique em Leia Mais e confira todas as vagas disponíveis, segundo o SineBahia. :: LEIA MAIS »

MAPA SENAI: BAHIA PRECISA QUALIFICAR 389 MIL TRABALHADORES EM PROFISSÕES INDUSTRIAIS

A Bahia precisa qualificar mais trabalhadores

A Bahia terá de qualificar 389.750 trabalhadores em ocupações industriais nos níveis superior, técnico, qualificação e aperfeiçoamento até 2023. Os dados são do Mapa do Trabalho Industrial, elaborado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para subsidiar a oferta de cursos da instituição.

Essas ocupações têm em sua formação conhecimentos de base industrial e por isso são oferecidas pelo Senai, mas os profissionais podem atuar em qualquer setor da economia. A demanda prevista pelo estudo inclui, em sua maioria, o aperfeiçoamento (formação continuada) de trabalhadores que já estão empregados.

Em parcela menor (26%) estão aqueles que precisam de capacitação para ingressar no mercado de trabalho (formação inicial). Nesse grupo estão pessoas que vão ocupar tanto novas vagas quanto postos já existentes e que se tornam disponíveis devido a aposentadoria, entre outras razões.

Além de subsidiar a oferta de cursos do Senai, o Mapa do Trabalho pode apoiar jovens na escolha da profissão e trabalhadores que desejam se recolocar no mercado.“O profissional qualificado de acordo com a necessidade do mundo de trabalho tem mais chances de manter o emprego e também pode conseguir uma nova oportunidade mais facilmente quando as vagas forem oferecidas”, afirma o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi.

:: LEIA MAIS »

EMPREGO: IBGE ABRE VAGAS NO SUL DA BAHIA COM SALÁRIO QUE CHEGA A R$ 3,1 MIL

Processo seletivo oferece mais de R$ 2,6 mil vagas em todo o País

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou, nesta quarta-feira (25), um novo edital para o Censo Demográfico 2020. São oferecidas 1.343 vagas para coordenador censitário subárea e outras 1.315 para agente censitário operacional, distribuídas por 1.031 municípios de todos os estados. Ambas as funções exigem nível médio completo.

No sul da Bahia, as vagas são para lotação nos municípios de Camacan, Ibicaraí, Ilhéus, Ipiaú, Itabuna, Itacaré e Uruçuca. As oportunidades nessas localidades são para a função de coordenador censitário subárea. No estado, o  maior número de vagas é para Salvador, com previsão de contratar 68 agentes censitários operacionais.

As inscrições estão abertas até 15 de outubro de 2019 e serão feitas pelo site da Fundação Getúlio Vargas, banca organizadora do processo seletivo. A taxa varia de R$ 42,50 a R$ 58,00. As provas estão previstas para 8 de dezembro e serão realizadas em todos os municípios onde há vagas.

SALÁRIO CHEGA A R$ 3,1 MIL MENSAIS

As remunerações mensais serão de R$ 3.100 para coordenador censitário subárea e de R$ 1.700 para agente censitário operacional. Além disso, os candidatos a coordenador censitário subárea devem ter carteira nacional de habilitação definitiva ou provisória, dentro do prazo de validade, no mínimo para categoria B.

:: LEIA MAIS »

SINEBAHIA: CONFIRA 52 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA E EM JEQUIÉ NESTA TERÇA (24)

As unidades do SineBahia nos municípios de Itabuna e Jequié ofertam mais de 50 vagas de emprego, nesta terça-feira (24). São 46 oportunidades no município sul-baiano e 6 em Jequié.

Os interessados devem procurar uma das unidades do SineBahia nestes municípios. Em Itabuna, o SineBahia funciona no Posto do SAC, no Shopping Jequitibá, na Avenida Aziz Maron, Jardim Vitória. Quem mora em Jequié, tem a unidade modelo e o Posto do SAC para atendimento.

O candidato que ainda não possui cadastro no SineBahia deve apresentar carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Caso seja pessoa com deficiência (PCD), necessário também o laudo médico. Clique em “Leia Mais” e confira todas as vagas para esta terça. :: LEIA MAIS »

MINERADORA AMPLIA EM 25% PRODUÇÃO DE VANÁDIO EM MARACÁS, NA BAHIA

Paulo Misk fala da expansão da Vanádio Maracás || Foto Allan Christian

Única mineradora de vanádio das Américas e considerada a melhor mineradora desse produto do mundo, a Vanádio Maracás anunciou a ampliação de sua produção, que passa de 800 toneladas para mil toneladas por mês. O projeto de expansão, que teve início no ano passado, atende a uma demanda do mercado e teve investimentos de R$ 82,7 milhões, segundo a empresa. A mudança nas operações também aumentou a geração de empregos diretos na planta, alcançando atualmente 800 colaboradores.

“Nossa empresa é um exemplo de mineração mundial, com uma das operações mais responsáveis e sustentáveis. Utilizamos apenas 3,6% da nossa área total para mineração e processamento. Somos também grandes contribuintes para a geração de riqueza e melhoria de qualidade de vida na região, além dos empregos diretos geramos quase 10 mil postos de trabalhos indiretos e movimentamos a economia local. Há muito para comemorar!”, afirmou o CEO da Largo Resources Vanádio de Maracás, Paulo Misk, durante o evento de comemoração da nova fase da empresa, nesta quarta (18).

Para comemorar os resultados, a Vanádio de Maracás reuniu executivos e colaboradores da empresa, autoridades, representantes da comunidade e imprensa na sua unidade minero-industrial, em Maracás, no sudoeste baiano. A ação está alinhada com a prática já desenvolvida pela VMSA de promover visitas da comunidade nas suas instalações, através do Programa “Portas Abertas”, com o objetivo de consolidar a política de transparência da empresa.

EMPREGOS

A chegada da mineradora, em 2014, transformou a pequena Maracás, município a 354 quilômetros de Salvador, com pouco mais de 24 mil habitantes e conhecida também como a Cidade das Flores. Com a economia baseada na agricultura, pecuária e produção de flores, a cidade viu chegar novos investimentos que dinamizaram a economia local, gerando novas oportunidades.

Desde a sua implantação, a VMSA contribui para o aquecimento da economia local através da massa salarial paga aos seus 800 colaboradores diretos – grande parte deles moradores de Maracás e região, além de fortalecer o poder de investimentos do município por meio de recolhimento de impostos e compras locais. A Vanádio de Maracás realiza 70% de suas compras e contratações de serviços na Bahia, sendo 47% destes no município de Maracás. Como estratégia para a região, a empresa procura privilegiar as pequenas e médias empresas locais, que faturaram até R$ 100.000,00 em 2018. :: LEIA MAIS »






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia