shopping jequitiba
julho 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  




:: ‘bahia’

PMs DECRETAM GREVE NA BAHIA

Os policiais militares decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado na Bahia. A decisão foi anunciada pelo policial e líder do movimento, Vereador Prisco, do PSDB, que também comanda a Associação de Policiais e Bombeiros e seus Familiares (Aspra).

As principais reivindicações dos policiais estão relacionadas à remuneração, plano de cargos e salários, aposentadoria de policiais femininas com 25 anos de serviço, revisão do Código de Ética.

O plano de modernização apresentado pelo governo, na quinta-feira passada (relembre aqui), foi considerado “insuficiente” pelos policiais. As propostas foram discutidas durante nove meses entre governo e representantes das polícias.

MOBILIZAÇÃO

O comando de greve está convocando os policiais para que se reúnam em pontos específicos e deixem os postos de trabalho. Em Salvador, Prisco, que comandou a greve de 2012, pediu aos colegas para concentrar no local onde foi decidida a greve, no Wet´n Wild, na Paralela.

Atualizado às 21h30min

DEU BAHÊA!

Bahia torcida a tarde

(Foto A Tarde).

O Bahia empatou em 2 a 2 com o Vitória e sagrou-se campeão estadual de 2014. No último domingo, a equipe já havia derrotado o rubro-negro por 2 a 0, na Fonte Nova. E veio o 45º título, ao som de Lepo, lepo!

 Confira fotos do jogo feitas por Gabriela Simões, do Esporte em Rede.

FANPAGE ITABUNENSE DE NUTRIÇÃO REÚNE MAIS DE 220 MIL SEGUIDORES NO FACEBOOK

Laize Andrade nutricionista entrevista PIMENTAUma fanpage criada no Facebook por uma nutricionista itabunense está entre os fenômenos das redes sociais na Bahia. Nutrição com Amor surgiu como uma experiência para o próprio aprendizado da então estudante Laize Andrade.

O que era tido como “brincadeira” hoje reúne mais de 220 mil curtidores (seguidores), superando  páginas de grandes empresas de comunicação e entretenimento no estado. “Cheguei a esse número naturalmente”, diz, enfatizando que nunca fez anúncios pagos no Facebook.

Para Laize, o número de curtidas e as repercussões das postagens refletem a preocupação crescente do brasileiro pelos hábitos saudáveis. E revela: “O interesse maior dos seguidores  é por alimentos que podem ajudar no processo de emagrecimento e auxiliar no treino”.

A nutricionista itabunense conversou com o PIMENTA sobre o que fez de Nutrição com Amor um exemplo de sucesso nas redes sociais e revela seus planos e até a receita de sucesso da fanpage.

BLOG PIMENTA  – Como surgiu a ideia de lançar a fanpage?

LAIZE ANDRADE - Surgiu quando eu ainda estava fazendo o curso de graduação em nutrição. Inicialmente, a intenção das publicações era apenas para o meu próprio aprendizado, pois eu pesquisava assuntos da área dos quais achava interessante e, em seguida, publicava. Com o tempo, percebi que essas publicações não interessavam só a mim. Assim, pude ver que o número de compartilhamentos dos posts foram aumentando e, à medida que algo era publicado, crescia cada vez mais o número de seguidores (curtidores).

PIMENTA – A página reúne mais de 220 mil fãs. Como agregar tantos seguidores em tão pouco tempo?

LAIZE - A nutrição e a qualidade de vida caminham juntas. As pessoas estão cada vez mais preocupadas com a saúde, a alimentação e com a estética e isso é o reflexo de tantas pessoas seguirem a página.

______________Laize Andrade nutricionista entrevista PIMENTA2

O humor também está presente nas publicações e envolve bastante os seguidores.

______________

PIMENTA – Quais os segredos do sucesso da página?

LAIZE - Dedicação, amor e interesse pela nutrição. Eu me vejo como seguidora. Então, procuro fazer publicações que me interessariam também. Procuro abordar diversos temas relacionados à alimentação e qualidade de vida, atender aos pedidos e responder as dúvidas do público. O humor também está presente nas publicações e envolve bastante os seguidores.

PIMENTA – A página tem várias atualizações diárias. Como faz para mantê-la e, ainda, interagir com quem curte a fanpage?

LAIZE - Adicionar publicações na página faz parte da minha rotina. Muitas são de minha autoria, outras são pesquisadas na internet. Procuro ser fiel aos meus seguidores tirando dúvidas, trocando experiências, atendendo aos pedidos e passando um pouco do meu conhecimento.

PIMENTA – Você diria que o brasileiro tem se preocupado mais com a qualidade do que come?

LAIZE - Sim. A busca pela qualidade de vida e bem-estar é uma preocupação cada vez maior. A alimentação correta, saudável, equilibrada e com suficiente aporte de calorias e nutrientes é essencial para o bem-estar e qualidade de vida.  Boa alimentação com hábitos saudáveis, como a prática de atividade física, são essenciais na promoção da saúde e prevenção de doenças.

Laize Andrade nutricionista entrevista PIMENTA3

______________

A reeducação alimentar é a receita para emagrecer com saúde, de forma mais saudável, na medida certa.

______________

 

 

PIMENTA – Suas postagens chegam a ter centenas de comentários e milhares de curtidas. Quais são as maiores dúvidas e que tipo de abordagem o seguidor mais gosta?

LAIZE - As dúvidas mais frequentes são a respeito do que se alimentar, se tal alimento faz mal ou bem para a saúde, se ajuda a emagrecer ou a engordar. Falar de alimentação é muito amplo, mas o interesse maior dos seguidores  é por alimentos que podem ajudar no processo de emagrecimento e auxiliar no treino.

PIMENTA – A ideia surgiu quando você ainda estudava Nutrição. Já está trabalhando na área?

LAIZE - Sim. Estou fazendo atendimento domiciliar e proferindo algumas palestras. Estou me atualizando a cada dia  e também estou aberta a descobrir novos horizontes.

PIMENTA – O que você sugere para quem tenta se reeducar em relação à alimentação?

LAIZE - Em primeiro lugar, procurar um profissional nutricionista. Ninguém melhor que ele para auxiliá-lo na alimentação correta. A reeducação alimentar é a receita para emagrecer com saúde e para sempre, e consiste em começar a alimentar-se de forma mais saudável, na medida certa. Se você quer mudanças duradouras, esteja preparado para se alimentar corretamente. Para adquirir práticas novas e saudáveis, é preciso que você se empenhe e participe dessa mudança.

PIMENTA – E de onde veio a motivação para fazer este curso? Quais seus projetos, agora que concluiu a graduação?

LAIZE - Eu sempre gostei de ter hábitos saudáveis, como fazer exercícios físicos, tentar estar sempre bem com o meu corpo. Foi aí que eu percebi que a alimentação era muito importante nesse processo. Eu amo a nutrição, me identifico bastante. Por isso escolhi esse curso. Penso em me atualizar mais, fazer mais cursos, participar de mais congressos na área, fazer outra pós ou mestrado e sempre poder estar contribuindo para a melhoria da saúde das pessoas.

OPERAÇÃO PRENDE MILIONÁRIO JAYME DO AMOR, SUSPEITO DE SUMIÇO DE QUILOMBOLA

Armas e munições apreendidas em fazendas e na residência de Jayme do Amor (Foto SSP-BA).

Armas e munições apreendidas em fazendas e na residência de Jayme do Amor (Foto SSP-BA).

O seu rosto é pouco conhecido do grande público, mas Jayme Oliveira do Amor é figura conhecidíssima de políticos influentes da Bahia. Agora, amarga uma prisão domiciliar após ser acusado de formação de quadrilha e dar sumiço em um corpo de um quilombola na comunidade Boa Vista do Pixaim, em Muquém do São Francisco.

A prisão de Jayme do Amor ocorreu na terça (8), mas foi divulgada ontem pela Secretaria de Segurança Pública. Além dele, Carlos Galdino Serafim, o “Carlão”, e Vonílson Barbosa de Sousa, o “Ninho”, foram presos na Operação Compadre D´Água, deflagrada pelo Grupo Especial de Mediação e Acompanhamento de Conflitos Agrários e Urbanos (Gemacau).

Para prender o milionário, a polícia civil baiana envolveu efetivo dos municípios de Barreiras, Itabuna, Luís Eduardo Magalhães e Salvador.

Mandados de prisão temporária foram cumpridos em Morpará e Muqém do São Francisco. Além das prisões, foram apreendidos rifles, espingardas, pistolas, carabinas e 244 munições. O trio é acusado de crimes que vão de formação de bando armado, sequestro e homicídio qualificado.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a operação contra o empresário foi realizada após investigações solicitadas pela Comissão Nacional de Combate à Violência no Campo, presidida pelo Ouvidor Agrário Nacional, desembargador Gercino José da Silva Filho.

Jayme conseguiu converter a prisão temporária em prisão domiciliar. Já os capangas, estão presos na cadeia pública de Baianópolis. A polícia ainda procura outros membros do bando.

GOVERNO APRESENTA PLANO DE MODERNIZAÇÃO DA PM

Nesta sexta-feira (11), às 9 horas, o governador Jaques Wagner apresentará o Plano de Modernização da Polícia Militar. O secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, e o comandante-geral da PM, Alfredo Castro, participam da apresentação, na Governadoria, em Salvador.

De acordo com o governo, o plano foi elabora por um grupo de trabalho e busca a modernização da corporação por meio de reforma da Lei de Organização Básica e, ainda, do Estatuto da PM.

A depender do resultado do plano, PMs podem anunciar greve na próxima terça (15).

CONCURSOS OFERECEM MAIS DE 47 MIL VAGAS

concursosCerca de 47,4 mil vagas foram abertas em concursos públicos em todo o país. São 148 certames e remuneração que pode chegar a R$ 23,9 mil, a exemplo da seleção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no Rio Grande do Sul.

Das vagas, quase metade exige nível superior (22.792). Quem tem nível médio pode concorrer a 13.618 vagas. As demais oportunidades são voltadas a quem tem, pelo menos, nível técnico (3.697) ou fundamental (7.282), segundo a Folha Dirigida.

Dentre as oportunidades, estão concursos de universidades federais na Bahia (UFSB, UFOB e Ufba). Confira os editais e as propostas salariais acessando o link “leia mais”, abaixo.

:: LEIA MAIS »

BAHIA FAZ 2 A 0 NO VITÓRIA

Com gols de Anderson Talisca e Fahel, o Bahia derrotou o Vitória no primeiro confronto das finais do Baianão 2014. Agora, o Esquadrão pode até perder por 1 a 0, domingo (13), em Pituaçu, que mesmo assim levantará a taça.

Confira os dois gols do jogo:

“AGRONEGÓCIO EXPULSA MÃO DE OBRA E COLOCA EM SEU LUGAR MÁQUINA E VENENO”, DIZ STÉDILE

Stédile5O líder nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), João Pedro Stédile, 60, esteve em Salvador no último final de semana, onde participou de uma plenária sobre o Plebiscito por uma Constituinte Exclusiva. Stédile é graduado em economia pela PUC do Rio Grande do Sul e pós-graduado pela Universidade Nacional Autônoma do México.

Nesta entrevista, ele fala também sobre a Reforma Agrária nos governos FHC, Lula e Dilma e diz que o agronegócio utiliza veneno que está o provocando câncer. Stédile também vê o Congresso Nacional dominado pelas bancadas ruralista e do empresariado e faz uma avaliação sobre as próximas eleições.  Confira a entrevista concedida a Marival Guedes, especialmente para o Pimenta.

BLOG PIMENTA – Vamos começar fazendo uma comparação entre os mandatos de Fernando Henrique, Lula e de Dilma sobre a Reforma Agrária.

JOÃO PEDRO STÉDILE - No Brasil, a rigor, nunca tivemos Reforma Agrária no que ela representa, que é um programa de governo que leve a democratização do acesso à terra a todos. FHC abriu as portas para as grandes empresas internacionais, mas teve um azar: o agronegócio, na sua ganância de tomar conta das terras, cometeu dois grandes massacres que deixaram a população indignada. Teve aquela nossa grande marcha à Brasília que fez com que FHC se obrigasse a um programa de assentamentos que foi até razoável, mas foi fruto dos massacres em Carajás e no Paraná.

PIMENTA – Com Lula, houve uma grande expectativa…

STÉDILE - Nós tínhamos esperança de que o governo Lula pudesse acelerar, mas, infelizmente, ele seguiu apenas a política de assentamentos. Então, onde havia pressão política, houve desapropriações. Nós mantivemos, digamos assim, o mesmo ritmo do governo FHC.

______________

A reforma agrária praticamente parada. E esta é a nossa bronca com relação ao Governo Dilma.

______________

PIMENTA – E estes três anos e três meses do governo Dilma?

STÉDILE - Agora, está praticamente parada. E esta é a nossa bronca com relação ao governo Dilma, porque não avançou na Reforma Agrária.

PIMENTA – Quais os motivos?

STÉDILE – A resposta simplista seria que falta vontade política do governo, mas não é bem assim. A nossa avaliação é de que a correlação de forças na luta de classe na agricultura piorou no governo Dilma. Piorou em função da crise do capitalismo internacional, houve uma avalanche de capital internacional que veio se proteger no Brasil. Investiram em usinas, hidrelétricas, praticamente desnacionalizaram todo o setor canavieiro e compraram muita terra. Isso representa a força do capital que chega lá no interior, compra terra, controla o comércio etc.

______________

O cacau tem o comércio cada vez mais concentrado nas mãos da Dreyfus, Nesttlé e da Cargil. Isso foi de pouco tempo pra cá.

______________

PIMENTA – Pode citar um exemplo?

STÉDILE – O cacau tem o comércio cada vez mais concentrado nas mãos da Dreyfus, Nesttlé e da Cargil. Isso foi de pouco tempo pra cá. A segunda explicação é que, dentro do governo Dilma, há uma presença maior do agronegócio.  Terceira mudança: o Congresso no governo Dilma é mais ruralista. Aquilo que no governo tava parado – e nos ajudava -, o agronegócio avançou pelo Congresso fazendo chantagem. Esta bancada fazia as mudanças, como foi o episódio do Código Florestal, e impunha ao governo como uma derrota. Estas três circunstâncias levaram o governo Dilma a recuar com relação à Reforma Agrária.

PIMENTA  – O que o MST reivindica a curto, médio e longo prazos?

STÉDILE – De curto prazo, a Carta e a pauta que entregamos na audiência durante nosso congresso, em 13 de fevereiro passado, quando sinalizamos para a presidenta: olha, nós entendemos a correlação de forças, que não depende de vontades pessoais. Mas, ao seu alcance, estão, imediatamente, antes de terminar o governo, algumas medidas concretas de emergência.

______________

Nós temos 100 mil famílias acampadas, inclusive algumas ao longo das rodovias em Itabuna, Ilhéus e outros municípios do sul da Bahia.

______________

PIMENTA – E quais seriam?

STÉDILE – Nós temos 100 mil famílias acampadas, inclusive algumas ao longo das rodovias em Itabuna, Ilhéus e outros municípios do sul da Bahia. É um absurdo que nós tenhamos acampamentos com oito anos, pessoas morando debaixo de lona preta. Segunda medida, aqui para Nordeste, nós descobrimos que dentro dos perímetros irrigados, já com tudo pronto, o governo botou água, gastou milhões de reais, existem 80 mil lotes vagos, porque, na política burra do Dnocs e da Codevasf, eles fazem primeiro o perímetro irrigado e depois fazem o edital de licitação em que só o pequeno empresário do sul vem aqui. No caso da Bahia, a região de Juazeiro. E, depois, abandonam.

PIMENTA – Quais as razões para esse abandono?

STÉDILE – Porque eles criam uma ilusão: “vou plantar manga, abacaxi e vou bamburrar de dinheiro.” O mercado mundial de frutas já tá tomado. Não é chegar assim: vou exportar manga pra Europa e vou ganhar dinheiro. Não há mais mercado pra fruta na Europa, nem sequer da uva. Ao contrário, toda a produção do perímetro irrigado no Nordeste, hoje vai para o mercado nacional, porque aumentou a renda do brasileiro. Então, é melhor vender no Brasil que no exterior.

PIMENTA – O que foi feito com estes lotes?

STÉDILE – Estão vagos. Tem 80 mil lotes vagos, tudo pronto com água passando. E nós falamos pra Dilma: pelo amor de Deus, bote sem-terra nestes lotes. Não precisa gastar nada, nem desapropriação, pra eles produzirem alimentos.

______________

A Polícia Federal, nos últimos 12 anos, identificou 566 fazendas onde havia trabalho escravo. Ora, a Constituição é clara: não cumpriu a função social, desapropria. É só ter coragem.

______________

PIMENTA – A questão do trabalho escravo também consta na carta. Qual a reivindicação?

STÉDILE – A Polícia Federal, nos últimos 12 anos, identificou 566 fazendas onde havia trabalho escravo. Ora, a Constituição é clara: não cumpriu a função social, desapropria. Não interessa se é produtiva ou improdutiva. É um crime hediondo, primeiro motivo absoluto, o cara que pratica trabalho escravo tem que ter [a área] desapropriada. Então, é só ter coragem e pegar os processos e somente aí já teríamos 566 fazendas.

PIMENTA – Quais as ações do MST a partir de agora?

STÉDILE – Nós temos três inimigos do pobre do campo: o primeiro é o latifúndio atrasado, que ainda é improdutivo ou que paga mal aos trabalhadores e que agride a natureza. O segundo é o agronegócio, que é moderno, mas não gera riqueza para o povo brasileiro. E o terceiro é este sistema geral, mundial, que transformou o Brasil numa economia de exportação de matéria-prima, apenas. E não fica nenhuma riqueza aqui.

______________

Cargil, Dreyfus e Nestlé controlam as exportações. Elas que ficam com o lucro da riqueza do cacau, não o produtor. Este fica com uma pequena margem.

______________

PIMENTA – Quem controla as exportações?

STÉDILE – O agronegócio aumenta cada vez mais as exportações, mas Cargil, Dreyfus e Nestlé controlam as exportações. Elas que ficam com o lucro da riqueza do cacau, não o produtor. Este fica com uma pequena margem. Então, se queremos que o cacau seja um produto orgânico para produzir chocolate para o povo brasileiro, temos que derrotar este sistema destas empresas transnacionais. São nossas inimigas.

Para ler a íntegra, clique no link a seguir: :: LEIA MAIS »

DEMOCRATIZANDO A BAHIA E A COMUNICAÇÃO

Robinson AlmeidaRobinson Almeida

O povo, assim como tem direito aos serviços de educação e saúde, também tem direito à informação. Era preciso, para mudar de verdade, produzir políticas públicas voltadas para o setor.

Estes sete anos e três meses de gestão do governador Jaques Wagner, período em que fui responsável pela comunicação social, foram de aprendizado e realizações. À frente, vejo novos desafios. Porém, é o olhar para trás que me mostra qual caminho seguir.                             

A tarefa do governador era e continua sendo imensa: de um lado, mudar a cultura política, democratizar a Bahia; do outro, atender ao clamor das urnas e desenvolver o estado com inclusão social.  E, assim como ele tinha que implantar uma nova forma de governar, minha missão, parte integrante da dele, foi desenvolver uma nova forma de comunicar. Nos dois casos, os paradigmas existentes não serviam aos nossos propósitos.

Tudo tinha que ser criado, inventado. A nova hegemonia precisava se estabelecer com a afirmação dos valores e signos da nova gestão, com suas prioridades econômicas e sociais, com sua vinculação orgânica ao projeto nacional. A decisão estratégica que conceituou o projeto continua atual até hoje: Bahia, Terra de Todos Nós.

A produção das notícias de governo deve atender sempre ao imperativo legal e ético de prestação de contas à sociedade. A relação com os meios de comunicação, indispensáveis para as informações chegarem a todos, foi estabelecida na absoluta defesa da liberdade de imprensa. Nesse ambiente, a busca do contraditório, do equilíbrio na cobertura das pautas do governo, se tornou um desafio permanente.

Tendo sempre como matéria prima a verdade, foram produzidas ações publicitárias de grande repercussão. O “agora tem, tem, tem” embalou as realizações do governo. A campanha de depoimentos espontâneos de gente do povo consolidou a marca social de um governo que faz mais para quem mais precisa. Quem não se lembra de Dona Enedina, alfabetizada aos 100 anos? Nesse caso, a publicidade baiana foi premiada nacionalmente.

Para democratizar a Bahia, teríamos que inovar e produzir uma comunicação democrática. Sob esse novo olhar, a comunicação não podia ser tratada apenas nas dimensões de notícia, publicidade e propaganda. O povo, assim como tem direito aos serviços de educação e saúde, também tem direito à informação. Era preciso, para mudar de verdade, produzir políticas públicas voltadas para o setor.

:: LEIA MAIS »

PREVISÃO DE SAFRA DE CACAU NA BAHIA BATE 160 MIL TONELADAS – E PODE MELHORAR

Juvenal, ao centro, recebe Martiniano (à dir) e conversam sobre decreto

Juvenal, ao centro, recebe Martiniano (à dir) e conversam sobre o Decreto da Cabruca

A previsão da safra 2013/14 de cacau no Brasil acaba de ser finalizada pela Ceplac. Os números são animadores: 260 mil toneladas. Apenas a Bahia contribui com 160 mil toneladas, número que pode chegar a 180 mil, com a regulamentação da lei ambiental da Bahia, por meio do Decreto da Cabruca, que está saindo do forno, e com tratos fitossanitários.

Os dados foram atualizados pelo Ministério da Agricultura. A demanda da indústria chocolateira é de 245 mil toneladas de amêndoas.

- O Brasil volta a ser autossuficiente na produção de cacau, com um excedente, nos termos de hoje, de 15 mil toneladas. Com o decreto, a previsão é aumentar a produção, somente na Bahia, em mais 20 mil toneladas, que até poderiam ser exportadas – comemora o superintendente da Ceplac, Juvenal Maynart.

Sobre o decreto,  Maynart afirma ao PIMENTA que recebeu na manhã dessa sexta-feira (4) a visita do chefe de Gabinete da Secretaria de Relações Institucionais do Governo da Bahia (Serin), Martiniano Costa.

- Ele nos informou que nos próximos dias será apresentado o relatório da análise da Procuradoria-Geral do Estado, o que possibilita a assinatura pelo governador Jaques Wagner.

Martiniano Costa diz que entende que a regulamentação se trata de uma questão de inclusão social, já que vai permitir o aumento da produtividade nas áreas de cabruca. “Entendemos que essa agilidade na assinatura é de fundamental importância para a produção de cacau em áreas de cabruca, e  interessa a Ceplac, conforme constatamos nessa reunião com o superintendente da Ceplac, Juvenal Maynart”.

Os produtores de cacau aguardam com ansiedade esse documento, já que vai permitir uma maior entrada de luz nas plantações de cacau, o que permitirá o aumento da produtividade. “Além disso, com a possibilidade de maior produtividade, vai gerar uma valorização da terra, o que, por sua vez, aumentará o valor que poderá dado como garantia nos contratos de financiamentos da produção, pelos agentes financeiros”, destaca Maynart. Atualizado às 18h18min

COELBA MUDA SISTEMA DE EMISSÃO DE CONTA DE ENERGIA

Kit que será usado pelo leiturista, no sul da Bahia, a partir do dia 14 (Foto Divulgação).

Kit que será usado pelo leiturista, no sul da Bahia, a partir do dia 14 (Divulgação).

A fatura de energia elétrica poderá ser entregue imediatamente após a leitura de consumo, na região de Itabuna, a partir do dia 14. A mudança no processo de leitura e faturamento foi anunciado pela Coelba nesta semana.

Além de Itabuna e Ilhéus, a mudança chegará a 41 outros municípios do sul da Bahia, atingindo cerca de 740 mil clientes. A previsão é de que o novo sistema seja implantado em todo o estado até o final deste ano.

De acordo com a Neonergia, o investimento total é de R$ 30 milhões para compra de equipamentos, capacitação de profissionais e implantação do sistema na Coelba.

A mudança faz com que a empresa visite o cliente só uma vez por mês. No sistema atual, são duas idas até o consumidor: medição do consumo e entrega da fatura.

Os leituristas, segundo a coordenação da Coelba em Itabuna, irão utilizar kit com coletor de dados e impressora térmica. Para preservar os dados, o papel utilizado é resistente à água.

“O novo formato da fatura mantém todas as informações contidas na conta anterior”. Os equipamentos, de acordo com a empresa, serão rastreados 24 horas por dia. Se roubado, o equipamento recebe comando de bloqueio que trava o acesso às informações.

CONQUISTA REGISTRA METADE DAS MORTES DE HOMOSSEXUAIS NA BAHIA

Mário Bittencourt | Uol

homofobiaCom uma população GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transexuais) em ascendência nos últimos anos, a cidade de Vitória da Conquista (a 509 km de Salvador), no sudoeste da Bahia, concentra metade das mortes de homossexuais em 2014 no Estado. Em todo o país, foram 90 mortes registradas.

Segundo a Assessoria de Políticas para Diversidade Sexual, ligada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, até o final de março quatro homossexuais foram mortos neste ano, metade do total de assassinatos ocorridos na Bahia.

Os dados de 2014 de Vitória da Conquista já são o dobro do ano passado, quando duas travestis foram assassinados. Pessoas ligadas ao público GLBT avaliam que as mortes, apesar de envolver também situações de brigas e uso de drogas, têm como causa maior a homofobia.

Leia a íntegra

VITÓRIA MASSACRA CONQUISTA E TENTA BICAMPEONATO CONTRA O BAHIA

Jogadores comemoram goleada em Pituaçu (Foto Felipe Oliveira/EC Vitória).

Jogadores comemoram goleada em Pituaçu (Foto Felipe Oliveira/EC Vitória).

O Vitória bateu o xará de Conquista por 6 a 0, no Estádio de Pituaçu, há pouco, e garantiu vaga nas finais do Estadual 2014 contra o arquirrival Bahia. Os gols do jogo foram marcados por Souza, Hugo, Airton (2), William Henrique e Juan.

As finais do Baianão 2014 serão disputadas nos dias 6 e 13 de abril.

O Vitória tem a vantagem de jogar por dois empates e, ainda, decidir a partida “em casa”. Como o Barradão está em obras, o jogo deve ser mesmo disputado em Pituaçu.Confira os seis gols do jogo em vídeo do Futebol Bahiano:

GEDDEL NEGA ROMPIMENTO COM O DEM

Por meio do Twitter, o ex-ministro Geddel Vieira Lima negou que tenha rompido com o DEM. A negativa se deu em resposta a pergunta do PIMENTA no microblog.

A pergunta: rompeu ou não rompeu com o DEM?

A resposta do peemedebista:

- Não!

Pelo Twitter, Geddel nega rompimento.

Pelo Twitter, Geddel nega rompimento.

Mais cedo, o site Chocolate com Política havia noticiado que Geddel estava rompendo com o DEM de ACM Neto e Paulo Souto e montaria chapa com o PSC, tendo Eliel Santana como candidato ao Senado e o próprio peemedebista na cabeça da chapa, candidato ao Palácio de Ondina.

Como em política nem sempre o não quer dizer não, aguardemos até a próxima semana. É o prazo anunciado pelo próprio ACM Neto para o fim da novela.

Pelo sim, pelo não (ops!), hoje Geddel disse que estava feliz ao reunir em torno de si representantes de oito partidos de oposição.

BAHIA E SERRANO EMPATAM

O primeiro jogo das semifinais envolvendo Serrano e Bahia terminou empatado em 1 a 1. A partida foi disputada no estádio municipal de Teixeira de Freitas, no Extremo-Sul do Estado. Jeremias abriu o placar para o time da casa. Jean deixou tudo igual.

A vaga na final será definida no jogo do próximo sábado (29) às 16h, na Fonte Nova. O vencedor do confronto enfrentará o Vitória ou o Vitória da Conquista. O rubro-negro derrotou o time do sudoeste, de virada, por 2 a 1, hoje à noite, em Conquista. O time da capital estará classificado até se perder por um gol de diferença na partida em Salvador, no próximo fim de semana.

IBAMA REVALIDA LICENÇA DO PORTO SUL

Rui: licença prévia revalidada.

Rui: licença prévia revalidada.

O Ibama revalidou a licença prévia para construção do Porto Sul na zona norte de Ilhéus, segundo o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, que reafirma a importância da obra para o desenvolvimento do sul da Bahia. O Porto Sul mais as obras da ferrovia Oeste-Leste e o aeroporto internacional de Ilhéus são considerados as maiores obras na área de logística da história da Bahia.

Após a licença prévia do Porto Sul, o próximo passo é atender a 38 programas básicos para que o empreendimento obtenha a licença definitiva e possa iniciar as obras de construção dos terminais e do porto off-shore, num investimento estimado em, aproximadamente, R$ 2,5 bilhões.

MAIORIA DAS RECLAMAÇÕES NO SUS É CONTRA DEMORA NO ATENDIMENTO

Da Agência Brasil

Projeto que recebe denúncias da população sobre o atendimento na rede pública de saúde recebeu mais de 900 denúncias em 13 dias de lançamento. A demora para ser atendido, com 58% das reclamações, foi o item mais citado pelos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Em seguida veio a falta de leitos, com 26% das reclamações.

Chamado Caixa-Preta, o projeto da Associação Médica Brasileira (AMB), quer que o próprio usuário do SUS denuncie quando o sistema não funcionar como previsto em lei. “Nós pedimos que a população envie vídeos e fotos para que possamos fortalecer a denúncia. Faremos balanços mensais para ver se o gestor público está resolvendo o problema ou se a situação está se agravando. Caso necessário, acionaremos o Ministério Público”, disse o presidente da AMB, Florentino Cardoso.

Os estados que tiveram mais denúncias foram São Paulo (172) e Bahia (83). Alagoas e Acre, com uma denúncia cada, foram os que menos participaram da Caixa-Preta. “A população denunciou demora e falta de atendimento, que não consegue marcar consulta. Basicamente o que todo nós já sabíamo, mas agora é denunciado pelo próprio usuário”, disse Cardoso.

As denúncias podem ser feitas no site http://www.caixapretadasaude.org.br/.

“UNIVERSIDADE PARA TODOS” TERÁ 1.390 VAGAS EM ILHÉUS E ITABUNA

universidade para todosO Projeto Universidade para Todos oferecerá neste ano 21.875 mil vagas em toda a Bahia para quem deseja se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares. As inscrições começaram hoje (25) e encerram-se no dia 1º de abril.

Serão 2.750 vagas para a área de abrangência da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), das quais 690 para Itabuna e 700 para Ilhéus. A inscrição é feita somente pela internet, no endereço www.educacao.ba.gov.br/universidadeparatodos.

Clique e confira onde estão as vagas (interior)

Na área da Uesc, também serão oferecidas vagas pelo Universidade para Todos nos municípios de Almadina, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Floresta Azul, Gandu, Ibicaraí, Itacaré, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Jussari, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória, Ubaitaba, Una e Uruçuca.

As vagas podem ser disputadas por alunos do 3º ano do Ensino Médio ou no 4º ano da educação profissional. Além disso, precisa ter estudado em escola pública desde a 5ª série do fundamental.

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, o curso terá 25 horas semanais de aulas, que inclui conteúdos de Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia.

CONCURSOS OFERECEM 40,2 MIL VAGAS E ATÉ R$ 22,7 MIL DE SALÁRIO

concurso público1Pelo menos 110 concursos estão com inscrições abertas em todo o Brasil e oferece, no total, 40.205 vagas e até R$ 22.797,33 de salário.

São 18.565 vagas para o nível superior e outras 10.709 oportunidades para quem possui o nível médio. Outras 3.856 são voltadas a quem tem nível médio técnico.

Para quem possui nível fundamental, são 7.075 vagas, segundo a Folha Dirigida. Clique no “leia mais”, abaixo, e confira editais e vagas em todo o país.

:: LEIA MAIS »

DEPUTADO QUER INDÚSTRIA NO INTERIOR

A falta de estímulo à industrialização no interior da Bahia, é, na opinião do deputado estadual Augusto Castro (PSDB), fator que dificulta o desenvolvimento do Estado.

O tucano cita números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, segundo os quais o sul da Bahia teve saldo negativo na geração de postos de trabalho em 2013. Foram 534 demissões a mais que o total de admissões.

A afirmação do deputado foi feita durante visita à empresa Laticínios Boa Hora, que gera 70 empregos diretos em Itabuna. “Se recebermos outras fábricas, nossos jovens terão mais oportunidade de trabalho”, conclui.