WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Baianão 2012’

BAHIA QUEBRA JEJUM DE 11 ANOS SEM TÍTULO

O Tricolor de Aço quebrou jejum de 11 anos e voltou a conquistar o Campeonato Baiano de Futebol. Há pouco, o Bahia empatou com o Vitória em 3 a 3 e ergue a taça por ter sido dono  da melhor campanha da fase de classificação do Estadual.

O jogo começou com o Vitória na frente. Aos 3 minutos, Neto Baiano, o maior artilheiro do Brasil em 2012, abriu o placar no estádio de Pituaçu.

O Bahia empatou aos 8min. Gol de Fahel.O Tricolor conseguiu virar o jogo aos 46 minutos, em cobrança de falta de Gabriel.

O segundo tempo começou quente e parecia que estava pintando outro título para o Vitória. Aos 7minutos, Neto Baiano empatou o jogo em cobrança de pênalti. Logo depois, aos 9min, Pedro Ken avançou pela esquerda e cruzou na medida para Dinei marcar de cabeça.

O título escapou das mãos do rubro-negro aos 26 minutos da etapa final. Diones aproveitou rebote do goleiro Douglas para estufar a rede adversária e decretar o placar final, assegurando o título do Tricolor. O time volta a ser campeão 11 anos depois. A última conquista se deu em 20o1, diante do Juazeiro.

GOL NO FIM PÕE BAHIA NA DISPUTA DE TÍTULO

Foi no sufoco que o Bahia conseguiu classificação para disputar as finais do Estadual 2012 contra o arqui-inimigo Vitória. O gol salvador veio aos 44 minutos do segundo tempo da partida contra o Vitória da Conquista. Rafael Donato deixou o dele, de cabeça. 1 a 0. Era o placar que o time soteropolitano necessitava, após ter perdido por 1 a 0 no estádio Lomanto Júnior, domingo passado.

A decisão do título do Baianão 2012 será em duas partidas. A primeira será no dia 6 e a finalíssima no outro final de semana, dia 13. Dono de melhor campanha na fase de classificação, o Bahia terá a vantagem de jogar por dois empates para levar o título.

VITÓRIA BATE FEIRENSE E GARANTE VAGA NA FINAL DO BAIANÃO

O Vitória é o primeiro finalista do Baianão 2012. O rubro-negro bateu o Feirense, há pouco, por 3 a 2, no Barradão (Salvador), e chega à décima primeira final consecutiva do Estadual.

O outro finalista sairá do confronto entre Bahia e Vitória da Conquista, que decidem a vaga amanhã, às 16h, em Pituaçu (Salvador). O time conquistense tem a vantagem do empate contra o Tricolor de Aço, pois ganhou o jogo de ida por 1 a 0.

O JOGO

O primeiro gol do jogo foi marcado por Pedro Ken, aos 14min. De cabeça, ele mandou no contrapé do goleiro Naldo, do Feirense. Aos 38min, Léo chutou no canto e ampliou para o Vitória: 2 a 0.

O Feirense, que ganhou o primeiro jogo por 1 a 0, precisava de empate para chegar à final. O belo gol de Danilo Cruz deu nova esperança ao time de Feira de Santana.  De fora da área, ele mandou belo chute que cobriu o goleiro Renan. 2 a 1.

O artilheiro Neto Baiano conseguiu jogar água no chopp feirense ao ampliar para o rubro-negro, aos 26 minutos. O adversário continuou vivo na partida ao descontar em outro chute de Danilo Cruz, de fora da grande área, aos 28 minutos da etapa final. Mas ficou nisso. Na Toca, deu Leão.

COLO-COLO ESTREIA NA SEGUNDONA

Poucas semanas após o Itabuna cair para a Segundona, o Colo-Colo inicia disputa para tentar retorno à principal divisão do futebol baiano. Na próxima terça, dia 1º, às 16h, o Tigre ilheense receberá o Jequié, no estádio Mário Pessoa.

Nove clubes vão disputar duas vagas de acesso à “elite” do futebol baiano para o Estadual 2013, entrando nas vagas de Itabuna e Camaçari, rebaixados em 2012. O Acesso será disputado por nove clubes, já que o Guanambi foi eliminado da disputa por não apresentar número mínimo de atletas em tempo hábil.

BAIANÃO 2012

Vitória e Bahia jogam neste final de semana com a obrigação de reverter vantagens de Feirense e Vitória da Conquista em partidas de volta. Os jogos das semifinais definirão os finalistas do campeonato.

Os times do interior venceram os jogos em casa por 1 a 0. Precisam apenas de empate para se garantirem nas finais do Estadual 2012. Vitória e Feirense jogam às 16h deste sábado, no Barradão. Bahia enfrenta Vitória da Conquista, amanhã, 29, no estádio de Pituaçu, também às 16h.

DRAGON – “DE SEGUNDA”

ITABUNA “CAI DE QUATRO” NO ADEUS

Rebaixado para a Segundona, o Itabuna se despediu do Baianão 2012, há pouco, apanhando por 4 a 1 do Serrano. Em jogo disputado no estádio Lomanto Júnior (Vitória da Conquista), o time levou 2 a 0 logo no primeiro tempo, diante de 242 torcedores.

O terceiro gol do Serrano rolou na segunda etapa. Aos 9min, Wiliames fez o terceiro. O Itabuna conseguiu o de honra aos 34min. Gol contra de Wiliames, que tentou desviar chute de Evair, do Itabuna, e acabou mandando para o fundo da rede. O Serrano fechou o placar aos 40min, com Ciel.

O time fez a pior campanha de sua história no Baianão 2012. Foram 15 derrotas em 22 jogos. O time empatou cinco vezes e ganhou apenas duas. A coisa ficou tão feia que o treinador Gelson Fogazzi “deu no pé” antes do último jogo. Daniel Oliveira, o Danielzinho, comandou a equipe na despedida.

SERRANO ENFIA 2 NO ITABUNA

Tá pintando despedida melancólica do Itabuna. No seu último jogo no Baianão 2012, o Azulino sul-baiano perde por 2 a 0 para o Serrano.

O jogo é disputado no estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista. Felipe Adão aproveitou cruzamento de Daniel e abriu o placar, aos 27min. Rodrigo, de cabeça, ampliou aos 34min do primeiro tempo.

O Itabuna está rebaixado. Até aqui, ganhou apenas duas partidas em 21 jogos.

JORGINHO, DA PORTUGUESA, COTADO PARA SUBSTITUIR CEREZO NO VITÓRIA

Os gritos do torcedor – “Fora Cerezo” – após o empate em 1 x 1 com o Vitória da Conquista, no Barradão, ecoaram na diretoria do Esporte Clube Vitória, que dispensou o treinador nesta quinta-feira, 5. O anúncio da demissão do técnico foi feito pelo do diretor executivo de futebol do rubro-negro baiano, Raimundo Queiroz.

Além de não conseguir montar um time competitivo no Campeonato Baiano, mais um empate, dentro da casa do rubro-negro, foi a gota d’água para o desligamento de Toninho Cerezo e do seu auxiliar técnico Ricardo Antonio, também demitido pelo clube.

O Leão venceu apenas uma, diante do Itabuna, por 2 a 0, das quatro últimas partidas que disputou. Enquanto dirigiu o time, Cerezo apresentou um cartel de 22 jogos, sendo 20 pelo Campeonato Baiano e dois pela Copa do Brasil, com 11 triunfos, oito empates e três derrotas. O rubro-negro tem 37 pontos na classificação do Baianão.

Jorginho, atual técnico da Portuguesa, campeã da Série B do Brasileiro, ano passado, está sendo apontado para substituir Toninho Cerezo. Até que haja definição, o comando interino da equipe é o assistente técnico Ricardo Silva.

DRAGON – OS I…RESPONSÁVEIS

ITABUNA PERDE E CAI PARA A SEGUNDONA

Jogador do Bahia domina bola enquanto itabunense despenca (Foto Luiz Tito).

O Itabuna Esporte Clube perdeu a 13ª partida no Baianão 2012 e caiu para a Segunda Divisão do Campeonato Baiano de Futebol. Desta vez, o time caiu diante do Bahia de Feira, por 2 a 1, no estádio Joia da Princesa.

Os gols do time feirense foram marcados por Jackson, no primeiro tempo, e Carlinhos, aos 41min da etapa final. Fernando marcou para o Itabuna ainda no primeiro tempo. O time cumprirá tabela diante de Juazeirense e Serrano, encerrando campanha no Baianão 2012.

O Azulino cai acumulando apenas 11 pontos em 20 jogos. Sofreu 13 derrotas, venceu apenas duas partidas e empatou outras cinco. Por enquanto, a comissão técnica culpa a Prefeitura de Itabuna, que limitou o uso do estádio Luiz Viana Filho durante a pré-temporada do Dragão do Sul. Gelson Fogazzi e Daniel Oliveira (Danielzinho) centraram fogo no secretário de Esporte, Alcântara Pellegrini.

Os jogadores saíram de ônibus por volta das 10h de Itabuna e chegaram praticamente às 20h. De acordo com dirigentes do clube, a prefeitura contratou um ônibus da MM Turismo para transportar o time. O veículo quebrou três vezes e o trajeto foi cumprindo em quase 10h, quando o normal não passa de 3h30min. Confira ilustração de Marcos Maurício para a gincana rodoviária do Azulino:

ITABUNA À ESPERA DE UM MILAGRE!

O Itabuna ficou ainda mais próximo da queda para a Segundona neste domingo, 1º de abril, ao perder para o Vitória, por 0 a 2. O time permanece na lanterninha do campeonato e o rubro-negro manteve a segunda colocação.

A partida disputada no estádio Luiz Viana Filho começou com o Azulino jogando de igual para igual com o rubro-negro. O Itabuna abriu o placar em lance em que Fernandinho mandou para o fundo das redes, a arbitragem viu impedimento e anulou o gol.

Minutos depois, o Vitória fez o primeiro. Marquinhos recebeu pela direita e mandou no cantinho do goleiro Xande. O segundo gol do Vitória veio no segundo tempo. Neto Baiano recebeu de Pedro Ken e, de cabeça, determinou o placar final. “Ainda temos chance, mas é difícil. Falta muita qualidade à nossa equipe”, resumiu o técnico Gelson Fogazzi, do Itabuna.

Os resultados de Camaçari e Fluminense ainda deram sobrevida ao Itabuna. Os adversários diretos na fuga contra o rebaixamento venciam seus jogos até os minutos finais da partida, mas permitiram empate. Juazeiro 2×2 Camaçari e Flu 1×1 Atlético.

Para escapar da degola, o Itabuna agora terá que vencer todos os seus confrontos (Bahia de Feira, Juazeirense e Serrano) e torcer para que Flu e Camaçari percam todas as partidas. O próximo desafio do Dragão do Sul será contra o Bahia de Feira, às 20h30min, no estádio Joia da Princesa. Também na quarta-feira, 4, no mesmo horário, o Vitória pega o Vitória da Conquista.

VITÓRIA NA FRENTE

Aos 27min, Marquinhos livra-se de zagueiro e estufa a rede do goleiro Xande, do Itabuna.

Itabuna 0 x 1 Vitória.

No início do jogo, a arbitragem garfou o Azulino ao anular gol legítimo de Fernando.

Em tempo: adversário direto do Itabuna na briga contra o rebaixamento, o Flu bate o Atlético de Alagoinhas por 1 a 0.

MAIS UM DIA DE SOFRIMENTO?

Itabuna e Vitória voltam a se enfrentar (Foto Max Haack/BN).

O Itabuna Esporte Clube pode praticamente selar, hoje à tarde, o passaporte para o subsolo do futebol baiano caso perca para o Vitória, em pleno estádio Luiz Viana Filho. Quando joga em casa contra o rubro-negro, o time grapiúna não costuma fazer feio. É verdade que perdeu 12 dos jogos aqui, mas ganhou 10, a demonstrar certo equilíbrio nos confrontos. Outras 13 partidas terminaram em empate. No primeiro turno, em Salvador, deu 0 a 0.

O problema é o histórico do Azulino no Estadual 2012: apresenta o pior rendimento da sua história no Baianão. Dos 54 pontos disputados, a equipe conquistou apenas 11. Ganhou apenas duas partidas, perdeu 11 e empatou cinco, aproveitamento de risíveis 20,37%.

Não à toa, o Itabuna é o lanterna da competição. Querendo imitá-lo em tão triste desempenho, o Fluminense de Feira conquistou 13 pontos (24,07%). É o vice-lanterna. O mais próximo da “rabeira” é o Camaçari, que soma 17. Pois é. O Itabuna precisa ganhar todos os quatro jogos que restam no Baianão (tem pedreiras como o Vitória e o Bahia de Feira e outros nem tanto, como Juazeirense e Serrano).

A torcida sumiu do estádio. Na quarta, dia 28, apenas 355 torcedores pagaram para assistir Itabuna 1 x 1 Atlético de Alagoinhas. O time da casa vencia até os 45 minutos do segundo tempo, quando sofreu gol contra. Ainda marcou um, aos 47min, não visto pela arbitragem (ou seja, nem a sorte quer fazer companhia ao time itabunense.

A partida de hoje, contra o Vitória, será às 16h. Desde ontem à noite, a equipe do rubro-negro está hospedada no Hotel Tarik à espera do jogo. O time da capital, apesar da vice-liderança, não faz bom campeonato. Soma 33 pontos, enquanto o líder, Bahia, tem 42.

URUCUBACA QUE NÃO SAI: ITABUNA LEVA GOL CONTRA AOS 45MIN DO 2º TEMPO

O Itabuna não conseguiu livrar-se da urucubaca que ronda o estádio Luiz Viana Filho. O time vencia o Atlético de Alagoinhas por 1 a 0 e acabou levando gol contra aos 45min do segundo tempo. O time precisava dos três pontos para sair da lanterna e manter viva chance de livrar-se do rebaixamento.

O time passou à frente no placar aos 4 minutos do segundo tempo em cobrança de pênalti do atacante Fernando. Apesar de manter domínio do jogo, o zagueiro Lucas vacilou no finalzinho, aos 45min, e acabou empatando com o Atlético de Alagoinhas. O clima piorou quando, aos 47min, Wagner fez gol e a arbitragem não deu o gol do Itabuna.

O Azulino terá agora quatro jogos para tentar escapar da Segundona. O time foi prejudicado pelo empate entre Vitória x Fluminense, no Barradão (1 a 1) e a vitória do Camaçari diante do Bahia de Feira (0 a 1). Ao final da 18ª rodada, o Itabuna permanece na lanterna, com 11 pontos, seguido de Fluminense (13 pontos) e Camaçari (17).

O Itabuna volta a jogar no próximo domingo (1º) contra o Vitória, no estádio Luiz Viana Filho. A má-fase do Azulino reflete no caixa do clube, que hoje teve renda bruta de R$ 3.175,00. O público pagante foi de apenas 355 torcedores.

ITABUNA NA FRENTE

O Itabuna começou bem o segundo tempo do jogo contra o Atlético de Alagoinhas, no estádio Luiz Viana Filho. Aos 4min, Fernando bateu e converteu cobrança de pênalti, colocando o Azulino na frente.

Itabuna 1 x 0 Atlético de Alagoinhas.

JOGO DE VIDA OU MORTE

O Itabuna volta a campo nesta noite de quarta-feira (28) após levar sapecada de 7 a 1 do Bahia. No estádio Luiz Viana Filho, o Azulino enfrentará o Atlético de Alagoinhas, às 20h30min.

Com 10 pontos no campeonato, o Itabuna precisa vencer e torcer pelas derrotas de Fluminense, que tem 12, e Camaçari, 14 pontos. O Flu pega o Vitória, no Barradão, no mesmo horário. O time do Polo enfrentará o Bahia de Feira, no estádio Joia da Princesa.

Se perder do Atlético, o Itabuna praticamente sepultará chances de permanecer na “elite” do Baiano de Futebol.

AGUENTA, TORCEDOR AZULINO…

Souza vai pedir Créu na velocidade 7.

Torcedor que assina como “Carlos” ao comentar os quatro gols de Souza, do Bahia, em cima do Itabuna. O Tricolor meteu 7 a 1 no Dragão do Sul.

BAHIA 7 X 1 ITABUNA

Jogadores abraçam Souza, autor de quatro gols (Foto Felipe Oliveira/Bahia Notícias).

O Bahia humilhou o Itabuna no estádio de Pituaçu ao enfiar goleada histórica em cima do Azulino: 7 a 1. Somente o artilheiro Souza fez quatro gols no Dragão do Sul (aos 2min e 16min do primeiro tempo e aos 4min do segundo tempo e 6min).

Com o resultado, o time continua na lanterna do Baianão 2012 e fica ainda mais próximo do rebaixamento, faltando apenas cinco jogos para encerrar a fase de classificação do campeonato. Os mais próximos da degola, além do Itabuna, são Fluminense (12 pontos), Camaçari (14) e Juazeirense (17). Na próxima quarta, o Azulino enfrenta o Atlético de Alagoinhas, às 20h30min, no estádio Luiz Viana Filho.

BAHIA X ITABUNA: SOUZA VAI PEDIR MÚSICA

O Itabuna não repete em Pituaçu o bom jogo contra o Bahia no primeiro turno, quando perdeu após ser garfado pela arbitragem. Hoje o Azulino leva balaiada na capital. Com quatro gols de Souza e um de Magno, o Bahia aplica 5 a 1 no Itabuna.

Má notícia – mesmo – é que o jogo ainda não terminou…

ITABUNA DEIXA EMPATAR, MAS FAZ O 3º GOL

Depois de levar um susto e ver o Camaçari empatar o jogo, o Itabuna está na frente de novo. Fernando, aos 34 minutos, fez o terceiro gol do Azulino. Agora, Itabuna 3×2 Camaçari.

Os gols do Camaçari foram marcados por Hamilton Júnior, aos 15min do segundo tempo, e Gilberto, aos 21 minutos, logo após o jogador Wagner perder um pênalti para o Itabuna.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia