WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba










novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘biosanear’

BIOSANEAR APOSTA EM PARCERIA COM OS COLABORADORES PARA LEVAR MELHOR SERVIÇO À POPULAÇÃO DE ITABUNA

Funcionários da Biosanear são homenageados no Dia do Gari

Cerca de 250 colaboradores da empresa Biosanear entram em campo, nas primeiras horas do dia, de domingo a domingo, para garantir que ruas, calçadas, praças e feiras livres de Itabuna fiquem com melhor visual e mais agradáveis. É um trabalho que exige o máximo de empenho de cada um dos envolvidos na missão de cuidar da limpeza da cidade.

Para que não existam falhas no processo de varrição, retirada do lixo nas portas das casas e limpeza de terrenos baldios, as decisões de como o trabalho será executado são debatidas com os colaboradores. Essa relação de parceria e o reconhecimento por parte da empresa fazem com que o funcionário saia mais motivado para realizar sua tarefa.

A encarregada administrativa da Biosanear, Maria Caroline Souza, diz que a empresa busca oferecer um ambiente em que todos se ajudam. “Aqui é uma família não só preocupada em levar o melhor serviço para a população, mas também em valorizar e reconhecer o empenho de cada um”.

CONFRATERNIZAÇÃO

Na política de parceria, os trabalhadores também ajudam a definir o cronograma de eventos festivos realizados em todas as datas comemorativas. “Existe uma verba exclusiva para que todas as datas sejam celebradas. Não deixamos passar nenhum aniversário, por exemplo. Todos os meses têm celebrações para os aniversariantes, com distribuição de lembranças”, relata Caroline.

A encarregada administrativa da Biosanear explica que, nem bem acaba um evento, a equipe de Recursos Humanos da empresa começa o planejamento do seguinte. Por falar nisso, o próximo evento são os festejos juninos, que neste ano foram batizados pelos próprios colaboradores de “Arraiá Lixo Endoida”.

A festança começa com o almoço no domingo (16), a partir das 12h, e segue com muito forró, comidas e bebidas típicas e sorteios de diversos prêmios. O nome do Arraiá surgiu da brincadeira que os trabalhadores fazem entre eles.

A festa será na sede da empresa, no bairro Nova Itabuna. A encarregada administrativa da Biosanear afirma que será um evento não só para o colaborador, mas também para a sua família. “Será montada uma estrutura, com diversos brinquedos, para assegurar a diversão também para a criançada”, afirma.

DATAS FESTIVAS

Neste ano, os colaboradores da empresa já comemoraram datas como Dia das Mães, Internacional da Mulher e do Gari. Essa última foi celebrada no dia 16 de maio, com distribuição de vários brindes.

Caroline Souza conta que a parceria ocorre também para evitar que o trabalhador sofra acidentes e assegure a vida mais saudável. Uma dessas ações é a disponibilização de um profissional de educação física para que o colaborador faça ginástica laboral para prevenir lesões e outras doenças provocadas pelas atividades ocupacionais. As atividades são oferecidas no início da manhã e início da noite na sede da empresa, no bairro Nova Itabuna, e no ponto de apoio no centro da cidade.

PREGÃO DO LIXO É ADIADO

Limpeza pública seria licitada no dia 13 (Foto Divulgação).

Limpeza pública seria licitada no dia 13 (Foto Divulgação).

O pregão para definir a empresa que executará os serviços de limpeza pública em Itabuna foi suspenso, após recurso da Pax Construtora e Serviços de Limpeza Urbana. O pregão estava previsto para esta segunda (13).

A concorrência chama a atenção pelo valor de referência: mais de R$ 30 milhões por ano, cerca de R$ 2,5 milhões por mês. A estimativa é de que o vencedor do pregão feche contrato em bases semelhantes ao assinado pelo município com a Biosanear, de pouco mais de R$ 1,69 milhão ao mês.

Em tempo: No Diário Oficial deste final de semana, a Prefeitura de Itabuna publicou extrato de aditivo ao contrato assinado com a Biosanear.

ITABUNA PREVÊ COLETA DE LIXO NORMALIZADA EM ATÉ 24H

Coleta de lixo com compactadores foi retomada na quinta (Foto Divulgação).

Coleta de lixo com compactadores foi retomada na quinta (Foto Divulgação).

Dinailson: coleta regularizada até amanhã.

Dinailson: coleta regularizada até amanhã.

Os serviços de coleta de lixo e de varrição de ruas deverão ser normalizado até amanhã (8), segundo o secretário de Administração de Itabuna, Dinailson Oliveira.

Na última quarta (4), o município assinou contrato emergencial com a Biosanear por 30 dias. A empresa executava o serviço de coleta até o último dia 31, quando o contrato com o município foi encerrado.

Segundo Dinailson, o município trabalhava com previsão de coleta de até 500 toneladas de resíduos sólidos até ontem à noite (6). O serviço conta com 12 caminhões compactadores e 100 agentes de limpeza.

O secretário diz que há, ainda, uma frente emergencial executando serviço de limpeza e conservação de ruas, avenidas e praças. Uma nova licitação, a definitiva, será lançada em até 30 dias, conforme o titular da Administração.

SUJEIRA SE AMONTOA NOS BAIRROS

Lixo acumulado no bairro Pedro Jerônimo (foto Josivaldo Dias)

Lixo acumulado no bairro Pedro Jerônimo (foto Josivaldo Dias)

Conforme este blog já noticiou hoje (08), os trabalhadores da empresa Biosanear, responsável pela coleta de lixo em Itabuna, cruzaram os braços. Eles protestam contra o atraso dos salários, vale-transporte e vale-alimentação do mês de fevereiro.

A situação nos bairros de Itabuna é complicada, considerando que a paralisação começou numa segunda-feira e no domingo não há coleta de lixo, pois é dia de folga dos trabalhadores.

Resultado: montes de lixo nas esquinas, atraindo ratos, cães e urubus. Em um período no qual a população é abastecida com água salgada (imprópria para o consumo) e enfrenta uma epidemia de viroses transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, o quadro é de verdadeiro caos.

LIXO NA RUA PODE SER CAMPANHA SUJA… LITERALMENTE!

Itabuna amanheceu com lixo espalhado em toda parte, pois não houve coleta na noite de ontem (07). Trabalhadores da empresa responsável pelo serviço, a Biosanear, paralisaram as atividades devido ao atraso dos salários, problema que decorre da impontualidade da Prefeitura, já há três meses sem pagar um centavo à empresa.

No governo, há quem atribua a suspensão da coleta de lixo a uma sabotagem política. Seria uma forma de, por assim dizer, empanar o brilho do lançamento da pré-candidatura do deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB) a prefeito.

Fonte do governo diz que não é a primeira “coincidência” do tipo. Servidores comissionados, que esperavam receber o salário de fevereiro na última sexta-feira (04), não viram nada cair na conta. No mesmo dia, o prefeito Claudevane Leite reuniu seus cargos de confiança para anunciar apoio ao comunista.

FUNCIONÁRIOS DA BIOSANEAR ENTRAM EM GREVE E ITABUNA FICA SEM COLETA DE LIXO

Caminhões compactadores ficam presos em garagem da Biosanear.

Caminhões compactadores ficam presos em garagem da Biosanear.

Itabuna está sem coleta de lixo desde as primeiras horas desta quinta-feira (10). Os mais de 100 funcionários da BioSanear cruzaram os braços para cobrar pagamento de salário.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp), a empresa não quitou ainda o salário de agosto.

A decisão de entrar em greve foi tomada pelos funcionários, de acordo com o Sindilimp, após “o esgotamento do diálogo entre a categoria de trabalhadores e a empresa BioSanear”.

José Carlos, dirigente do Sindilimp, disse esperar “bom senso da empresa Biosanear e da Prefeitura de Itabuna para que também a comunidade não seja prejudicada”. Os trabalhadores somente retornarão ao trabalho após pagamento de salário.

Até o momento, a BioSanear e a Prefeitura de Itabuna não se pronunciaram quanto à suspensão da coleta de lixo.

APÓS PARALISAÇÃO, COLETA DE LIXO É NORMALIZADA

Sem proteção adequada, trabalhadores coletam lixo domiciliar.

Sem proteção adequada, trabalhadores coletam lixo domiciliar.

A coleta de lixo foi normalizada em Itabuna somente ontem (10) após paralisação dos funcionários da Biosanear no dia anterior. Os funcionários cobravam o pagamento do salário de dezembro, o que não havia ocorrido até o início da tarde de sexta. A prefeitura repassou cerca de R$ 400 mil à empresa, mas ainda deve próximo de R$ 2 milhões.

Depois da paralisação na manhã de sexta, os trabalhadores retornaram ao trabalho somente à noite. Segundo o diretor do Departamento de Limpeza Pública, Vicente José Silva Santos, a coleta foi normalizada ainda ontem. Vicente recomenda à população para que somente coloque o lixo na porta de casa uma hora antes da coleta.

ITABUNA SEM COLETA DE LIXO

Os funcionários da empresa que faz a coletiva de lixo em Itabuna, a Biosanear, cruzaram os braços hoje (9). A empresa ainda não havia pago o salário de dezembro.

A Biosanear alega que o atraso no salário se deve à falta de pagamento, por parte da prefeitura, pelos serviços prestados ao município. A dívida passa dos R$ 2 milhões.

A previsão é de que a coleta seja normalizada até o início da noite de hoje, segundo o chefe de Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Emanoel Alves Junior.

SEM COLETA DE LIXO

Lixo não foi coletado pela BioSanear (Foto do leitor).

Lixo não foi coletado pela BioSanear e animais fizeram a “festa” (Foto do leitor).

Moradores da Rua Bela Vista, no Sarinha, ficaram sem coleta de lixo nesta segunda-feira (2). Garis da BioSanear até passaram pela via, juntaram os resíduos, mas coletar que é bom. Como o lixo reunido não é apenas de um dia, mas de todo o final de semana, a fedentina está incomodando moradores. Um deles enviou o registro acima. Atenção, BioSanear.

BIOSANEAR VENCE LICITAÇÃO DO LIXO

A Biosanear Tecnologia Ltda., do Grupo Chaves, venceu o pregão presencial e será a empresa responsável pela coleta de lixo em Itabuna. O nome da empresa foi definido nesta sexta. A Biosanear apresentou proposta de R$ 614 mil por mês para operar a coleta residencial, industrial e hospitalar.

O pregão envolveu três empresas. O município vai economizar em torno de R$ 135 mil em relação aos R$ 750 mil que eram pagos à Marquise no último ano do governo do ex-prefeito Capitão Azevedo.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia