WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






secom bahia








maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: ‘Cairu’

PREFEITURA DE CAIRU ABRE 261 VAGAS EM CONCURSO PÚBLICO; SALÁRIO CHEGA A R$ 8 MIL

A Prefeitura de Cairu, no baixo-sul baiano, abriu 261 vagas em concurso público para vários níveis de escolaridade, dos quais 7 são reservadas a pessoas com deficiência (PCD). Os salários variam de R$ 954,00 a R$ 8 mil. O prazo de inscrições vai de 12 de julho a 3 de agosto.

As inscrições no concurso público serão apenas presenciais e deverão ser feitas no Complexo Administrativo Raul Miranda, na Praça Teixeira de Freitas, 03, térreo, Centro, em Cairu. O atendimento será de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h. A taxa de inscrição é R$ 50 para nível fundamental, R$ 70 para nível médio e R$ 80 para nível superior.

CLIQUE E CONFIRA EDITAL COMPLETO

As vagas para nível superior são para assistente social (1), auditor fiscal (2), biólogo (1), dentista (5), enfermeiro (2), engenheiro ambiental (1), engenheiro florestal (1), fisioterapeuta (1), médico (3), nutricionista (2) psicólogo (1). As vagas para professor de nível fundamental são para artes (4), ciências (2), matemática (4), português (1).

Para o nível médio as vagas são para, eletricista (1), técnico de enfermagem (5), agente comunitário de saúde (2), agente de apoio educacional (29), agentes de tributos (6), agente de vigilância sanitária (4), assistente administrativo (24), fiscal de obras (4), guarda ambiental municipal (8), e guarda municipal (24).

Os candidatos com nível fundamental podem concorrer às vagas de auxiliar de serviços (62), gari (15), marinheiro (6), motorista classe B (8), motorista classe D (3), motorista classe E (2), porteiro (29), recepcionista (15), salva vidas (6).

O concurso público terá quatro etapas – duas avaliações de conhecimento, ambas eliminatórias e classificatórias, uma prova de títulos e uma avaliação médica. O Edital tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. A prova será aplicada em 2 de setembro.

JUSTIÇA MANDA PREFEITURA DE CAIRU FAZER A DESTINAÇÃO ADEQUADA DO LIXO COLETADO

Justiça quer a destinação correta do lixo produzido em Morro de São|| Foto Pinterest

A Justiça determinou que, no prazo de 180 dias, a Prefeitura de Cairu e a empresa SP Ambiental promovam a destinação final adequada dos resíduos sólidos coletados no município e os transportem de forma correta.  A decisão liminar foi concedida após ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Oto Almeida Oliveira Júnior.

O representante do Ministério Público da Bahia denunciou a disposição irregular de resíduos sólidos com lixões a céu aberto na Fazenda Subaúma e nas localidades de Morro de São Paulo, Gamboa, Garapuá, Boipeba, São Sebastião e Galeão.

O promotor Oto Almeida afirma que, “além de inexistir gerenciamento adequado para os resíduos sólidos, o município de Cairu e o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) vêm concedendo licenças e autorizações ambientais para implantação de empreendimentos imobiliários e turístico-hoteleiros de porte significativo, sem qualquer exigência efetiva de que os resíduos por eles gerados tenham destinação final adequada, nos termos previstos da legislação vigente”.

:: LEIA MAIS »

RECUPERAÇÃO DA FORTALEZA DE MORRO DE SÃO PAULO É MOMENTO SINGULAR PARA CAIRU, AFIRMA DEPUTADO

Fortaleza de Morro de São Paulo é entregue a populaçao e turistas || Foto Manu Dias/GovBA

O deputado Rosemberg Pinto participou, neste final de semana, ao lado do governador Rui Costa e do prefeito de Cairu, Fernando Brito, da solenidade de entrega da restauração da Fortaleza de Morro de São Paulo, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 1938. A obra teve investimento total de R$ 14,4 milhões.

De acordo com Rosemberg, a recuperação faz parte de um conglomerado de equipamentos históricos que formam o início do Estado baiano e brasileiro. “Esse momento é singular para Cairu. O ex-governador Jaques Wagner deu início, com a presidente Dilma, firmando um convênio para a restauração do forte. O governador Rui Costa deu continuidade”, lembrou.

O parlamentar ainda parabenizou os esforços da prefeitura de Cairu no apoio para viabilizar a obra. “O prefeito Fernando Brito deu um fundamental apoio e a secretária municipal de Turismo, Graça Peleiteiro, que por diversas vezes, com apoio do nosso mandato, foi ao Iphan, ao Ipac e ao Ides para solicitar que as obras fossem aceleradas e finalizadas ainda no verão, período de muita visitação na Ilha de Tinharé”, afirmou.

Conforme o governo da Bahia, a restauração da Fortaleza de Morro de São Paulo começou com a recuperação estrutural da muralha. Na etapa seguinte, abrangeu o Portaló, o Corpo da Guarda, o Forte da Ponta e o caminho ao longo da muralha. O conjunto de baterias e fortes possui 2.335 metros quadrados. O local abriga agora uma exposição permanente, anfiteatro e área para eventos.

ILHA DE BOIPEBA SERÁ CENÁRIO DE NOVELA DA GLOBO

Ilha de Boipeba, em Cairu, será cenário de novela De volta para casa, da Globo || Divulgação

Protagonista, Emílio Dantas interpretará cantor de axé

Cairu, no baixo-sul do Estado, é o sétimo município baiano a se tornar locação para novelas da TV Globo. Dois anos após a exibição de Velho Chico, que teve a Bahia como destaque, o estado volta a ser representado agora pela Ilha de Boipeba, um dos destinos mais bonitos e procurados do Brasil.

A ilha será locação da próxima novela das 21h, De volta para casa, de João Emanuel Carneiro. A nova trama substituirá O outro lado do paraíso e terá como protagonista o ator Emílio Dias, que interpretará um cantor baiano de axé. De volta para casa deverá ir ao ar no segundo semestre.

Conhecida como o local indicado para pessoas que querem essencialmente contato com a natureza, paz e tranquilidade; dona de paisagens extasiantes acompanhadas de sol, mar, rio e praia.

Boipeba fica localizada a aproximadamente a 100 km de Salvador por via marítima e 356 km por via terrestre. A ilha tem cerca de 4 mil habitantes. Seu ponto forte é a simplicidade da pequena vila de pescadores e o aconchego da população local que dá o charme a ilha.

AS BELEZAS DE BOIPEBA

Boipeba tem muito para ser explorado, na telinha o público pode desfrutar das piscinas naturais formadas por recifes de corais, passeio de canoa dentro do mangue, trilhas ecológicas em uma faixa da Mata Atlântica, praias quase desertas, além da possibilidade de banho no rio ou no mar.

O Rio do Inferno separa Boipeba da Ilha de Tinharé. Porém o lugar mais parece um paraíso, onde só se ouve o barulho da água doce que calmamente se encontra com o mar. O final de tarde, ali, é palco de um espetáculo imperdível da natureza: o pôr do sol com uma fantástica mistura de cores e encanto.

Composta por floresta densa da Mata Atlântica, restinga, dunas, extensos manguezais e praias paradisíacas com coqueirais e recifes de grande valor ecológico e paisagístico a ilha possui ainda recifes de corais que se estendem pela costa e tornam as praias abrigadas das ondas e correntes.

A flora e fauna são ricas de uma grande variedade de corais, algas, peixes, moluscos, ouriços, estrelas e outros. Além disso, pode-se constatar a existência de tartarugas marinhas na região, as quais desovam em diversas praias da ilha.

NOVELAS QUE UTILIZARAM BAHIA COMO CENÁRIO

Velho Chico (2016): cenas em Cachoeira e São Francisco do Conde
O Canto da Sereia (2012): cenas em Salvador
Porto dos Milagres (2001): cenas em Canavieiras
Renascer (1993): cenas em Ilhéus
Tieta (1989): cenas em Mangue Seco
Gabriela (1975): cenas em Ilhéus

MORRO DE SÃO PAULO VOLTA A COBRAR TARIFA DE TURISTAS

Cobrança de tarifa começará por Morro de São Paulo || Foto LK

Cobrança de tarifa começará por Morro de São Paulo || Foto LK

A Prefeitura de Cairu voltará a cobrar taxa dos turistas que frequentarem a paradisíaca Morro de São Paulo. A partir desta quarta (1º), o visitante terá que desembolsar R$ 15,00 para pagamento da Tarifa por Uso do Patrimônio do Arquipélago (Tupa). Estima-se que o destino receba cerca de 350 mil turistas por ano. Com a Tupa, o município deverá arrecadar, aproximadamente, R$ 5,2 milhões.

A promessa da prefeitura do baixo-sul baiano é de aplicar os recursos da Tupa na “manutenção, restauração, e preservação do patrimônio histórico, cultural, ambiental e estrutural do arquipélago, bem como as condições ambientais e ecológicas da APA Tinharé”.

Segundo a prefeitura, a tarifa será cobrada somente dos turistas que visitarem o Morro de São Paulo. Porém, a cobrança será feita, em outro momento, a quem visitar Boipeba, Garapuá, Moreré e a própria sede da cidade.

O pagamento da tarifa deverá ser feito ao chegar a Morro de São Paulo. Dois postos foram montados para a arrecadação, um no principal portal de entrada do Morro e outro no entreposto de embarque para os passeios.

A tarifa somente não será cobrada de crianças menores de 5 anos e pessoas com 60 anos ou mais. Estudantes, pessoas com necessidades especiais e pessoas cadastrados em programas sociais de baixa renda, desde que comprovem tais condições, terão direito à meia tarifa. :: LEIA MAIS »

MORRO DE SÃO PAULO PREVÊ 95% DE OCUPAÇÃO NO FERIADO

Visão aérea da Quarta Praia de Morro de São Paulo || Foto Elton Andrade

Visão aérea da Quarta Praia de Morro de São Paulo || Foto Elton Andrade

Cairu espera 95% de ocupação na rede hoteleira no Arquipélago de Tinharé, onde estão situados Morro de São Paulo e Boipeba. A estimativa é da Secretaria de Turismo de Cairu. Do total, pelo menos 80% devem ficar na região mais conhecida do município do baixo-sul baiano, Morro de São Paulo, que recebe cerca de 350 mil turistas ao ano.

O município anunciou programação especial para o feriadão “esticado” em Morro de São Paulo, com Luau na Segunda Praia, amanhã (12), e Festa na Toca do Morcego, na sexta (13). Para o sábado (14), Festa na Boate Pulsar. O domingo (15) será dia do Passeio Ciclístico na Ilha de Tinharé, um trajeto de 25 km que sai de Morro de São Paulo até Garapuá.

Boipeba, conhecido pela tranquilidade, terá um final de semana agitado, com a presença dos atletas que participarão do Campeonato de Surf de Boipeba, o SUB13, na Praia da Cueira. Já Moreré e Garapuá são destinos ideais para quem quer silêncio, sombra e água fresca.

FORTALEZA DE MORRO DE SÃO PAULO SERÁ TRANSFORMADA EM MUSEU

Fortaleza em Morro de São Paulo será transformada em museu (Foto Karlo Dias).

Fortaleza em Morro de São Paulo será transformada em museu (Foto Karlo Dias).

Localizada na ponta noroeste da Ilha de Tinharé, a Fortaleza de Morro de São Paulo, um dos principais pontos turísticos de quem visita o balneário, está em fase final de restauração. A expectativa é de que seja entregue neste semestre. Após concluídas as obras, o espaço será transformado em Museu de Território do Forte de Morro de São Paulo.

Depois de um longo tempo fechada, quem passar pela ilha já pode perceber a estrutura física do monumento, quase pronta. A restauração inclui a Portaló, o Corpo da Guarda, o Forte da Ponta e o caminho ao longo da muralha.

O Museu será aberto ao público, buscando valorizar a história de ocupação do lugar. Peças como canhões e balas, dentre outros achados arqueológicos, fazem parte do material que ficará exposto aos visitantes. A estrutura vai ganhar a instalação de um anfiteatro, área para eventos e uma cafeteria e será aberto ao público para visitação.

“Fortaleza é uma obra significativa para Cairu. A obra permitirá que a população local e os turistas conheçam um pouco mais da participação da cidade na história do Brasil Colônia. Além disso, incrementará a atividade turística gerando emprego e renda para o município”, afirma o prefeito de Cairu, Fernando Brito, já em tom de comemoração.

O projeto é capitaneado pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides). Os investimentos, no valor de R$ R$ 9.332.255,09 provêm do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A execução contou com uma cooperação técnica, por meio de um programa de gestão participativa, que contou com a presença do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Secretaria Estadual de Turismo (Setur) e a Prefeitura Municipal de Cairu. A sociedade civil também participa, por meio da Associação Comercial e Empresarial de Cairu (Acec) e da Associação de Artesãos e Artistas Moradores de Morro de São Paulo (Amospe).

HOTÉIS DE MORRO DE SÃO PAULO E BOIPEBA ATINGEM 80% DE OCUPAÇÃO

Taxa de ocupação em Morro de São Paulo e Boipeba atinge 80% (Foto Divulgação).

Taxa de ocupação em Morro de São Paulo e Boipeba atinge 80% (Foto Divulgação).

A taxa de ocupação nos hotéis e pousadas de Morro de São Paulo e Boipeba atingiu 80%, segundo dados da Secretaria de Turismo de Cairu, no baixo-sul baiano. A taxa está menor do que a registrada em igual período do ano passado, quando atingiu 99%.

Os hotéis e restaurantes espalhados por todas as praias de Morro de São Paulo vão oferecer festas particulares na virada de ano na praia. Morro possui cerca de 12 mil leitos e Boipeba chega a 2 mil, conforme a Setur.

As boates de Morro de São Paulo também organizam programação especial para a noite, garantindo muita diversão, gente bonita e um astral diferenciado para receber o ano novo. O turista ainda poderá assistir à queima de fogos.

Cairu começou a preparação para a temporada de verão no início de dezembro. A Operação Verão começou no último dia 22 e será encerrada em março. O serviço de limpeza urbana e das praias está intensificado em toda parte de Morro de São Paulo incluindo Boipeba.

PREFEITURA SUSPENDE COBRANÇA DA TAXA PARA TURISTA EM MORRO DE SÃO PAULO

Suspensa cobrança de taxa para visitar Morro de São Paulo.

Suspensa cobrança de taxa para visitar Morro de São Paulo.

O turista não terá mais que pagar R$ 15,00 ao visitar Morro de São Paulo, município de Cairu, no baixo-sul baiano. A cobrança da Taxa de Proteção Ambiental (TPA) foi suspensa pela prefeitura desde ontem (21/12), após decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A cobrança fere a Constituição Estadual, no entendimento do TJ baiano.

A prefeitura distribuiu comunicado informando da suspensão. A taxa era cobrada desde 2013. Desde 2014, o Ministério Público Estadual (MP-BA) movia Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a prefeitura. A promotoria alegou que a taxa fere o Código Tribunal Nacional ao limitar o direito de ir e vir do cidadão (“limitação inconstitucional ao direito de liberdade de tráfego”).

O prefeito Fernando Brito (PSD) não informou se vai recorrer da decisão. Morro recebe uma média de 120 mil turistas por ano.

MORRO DE SÃO PAULO REGISTRA 99% DE OCUPAÇÃO NA REDE HOTELEIRA

Morro de São Paulo, em Cairu, registra 99% de ocupação da rede hoteleira (Foto Divulgação).

Morro de São Paulo, em Cairu, registra 99% de ocupação da rede hoteleira (Foto Divulgação).

Chega a 99% o percentual de ocupação na rede hoteleira em Morro de São Paulo e 100% na Ilha de Boipeba, de acordo com os dados foram divulgados hoje (28) pela Prefeitura de Cairu. Morro e Boipeba possuem total de 14 mil leitos.

O altíssimo percentual de ocupação permanecerá até a primeira semana de janeiro e deve chegar a 100% no carnaval nos dois destinos turísticos de Cairu, no baixo-sul da Bahia. “Este é um verão mais curto, porém mais quente em termos de visitação”, diz Andréa Drechsler, proprietária da Pousada Natureza, situada em Morro de São Paulo.

 

Morro de São Paulo e  Boipeba receberam outros dois títulos importantes em 2015 para o turismo. Duas praias de Morro de São Paulo foram listadas pelo site britânico Trip Advisor,  um dos mais conceituados sites de viagens do mundo, entre as 24 praias mais bonitas do país.

Já a ilha paradisíaca de Boipeba, foi indicada pelo site argentino Viajobien.com como o melhor lugar para viagens românticas, tranquilas e em sintonia com a natureza. A região é reconhecida pela Unesco como Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade.

BAHIA ESPERA 4,9 MILHÕES DE TURISTAS NO VERÃO 2015-16

Morro de São Paulo, em Cairu, é um dos destinos preferidos no verão baiano (Foto Divulgação).

Morro de São Paulo, em Cairu, é um dos destinos preferidos no verão baiano (Foto Divulgação).

A Bahia deve receber um fluxo 5% maior de turistas no verão 2015-16 em comparação com a temporada passada, segundo estimativas do trade em todo o Estado. Isso representa 4,9 milhões de visitantes, conforme o secretário de Turismo, Nelson Pelegrino. Os números levam em conta, também, os turistas estrangeiros.

Um dos fatores que ajudarão a atrair mais visitantes é a escalada do dólar, que tornou praticamente proibitivo a viagem para outros países. “A Bahia está bem apresentada ao mundo e a expectativa é a melhor possível””, destaca Pelegrino.

A taxa de ocupação na rede hoteleira chegou a 100% em Praia do Forte, Morro de São Paulo e Porto Seguro, no feriado de Nossa Senhora Aparecida (10, 11 e 12). Em Salvador, a taxa média ficou em 74%, segundo números da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Bahia (ABIH). Ilhéus e Itacaré tiveram ocupação média de 80%, também conforme a ABIH.

ITACARÉ E MORRO DE SÃO PAULO

Nesta mesma toada, a perspectiva é das melhores para Itacaré e Morro de São Paulo (Cairu) no Feriado de Finados (30.out a 2.nov). Itacaré terá competição internacional de surf (Mahalo), com grandes atrações musicais, e Cairu terá a sexta edição do Festival do Morro, com feras como Zeca Baleiro.

ILHA DE BOIPEBA NA TELA

Ilha de Boipeba é um dos atrativos do Arquipélago de Tinharé, em Cairu (Foto Divulgação).

Ilha de Boipeba é um dos atrativos do Arquipélago de Tinharé, em Cairu (Foto Divulgação).

A rica diversidade do seu ecossistema e a rara beleza natural fazem da Ilha de Boipeba um dos maiores atrativos das belas paisagens do Arquipélago de Tinharé, em Cairu, no baixo-sul baiano. Boipeba ganhará duas edições especiais no programa A Bahia que a Gente Gosta, na Record Bahia e Record Internacional, a partir deste domingo (15).

A viagem à ilha revelará curiosidades, o preparo das Lagostas do Guido e o Museu do Osso, que possui rico acervo de esqueletos de animais marinhos, como baleias e tartarugas. O programa apresentado por Ana Paula Farias também mostrará mar, o rio, as trilhas, a fauna e a flora de Boipeba.

MORRO DE SÃO PAULO TEM 2 PRAIAS ENTRE AS MAIS LINDAS DO PAÍS

Morro de São Paulo, em Cairu, tem duas das praias mais bonitas, segundo site.

Morro de São Paulo, em Cairu, tem duas das praias mais bonitas, segundo site.

Votação do site TripAdvisor elegeu duas das praias de Morro de São Paulo, em Cairu (BA), dentre as 25 mais lindas do país. Espelho, em Porto Seguro, também figura na lista.

As eleitas em Morro foram a Quarta Praia (9º lugar) e a Segunda Praia (25º). Espelho (Porto) aparece em 17º no ranking nacional. Leitores do site de turismo avaliaram 322 praias em todo o mundo.

A eleita a mais linda do mundo é brasileira: Baía do Sancho, em Fernando de Noronha (PE). Das 25 mais lindas do mundo, nenhuma baiana aparece na lista.

PREFEITO CRIA TAXA PARA QUEM VISITA MORRO DE SÃO PAULO

Turista terá que pagar taxa de R$ 15,00 para visitar Morro de São Paulo.

Turista terá que pagar taxa de R$ 15,00 para visitar Morro de São Paulo.

Vai ficar ainda mais caro visitar Morro de São Paulo, município de Cairu, no Baixo-Sul do Estado. A prefeitura vai cobrar taxa de R$ 15,00 por turista, a partir da próxima quarta-feira, 27.

O prefeito de Cairu, Fernando Brito, diz que a cobrança seguirá os moldes das aplicadas em Fernando de Noronha (PE) e Ilha Bela (SP), ambas consideradas áreas de preservação ambiental, assim como o balneário baiano.

A justificativa para criar a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) é que Morro de São Paulo recebe grande fluxo de turistas – foram aproximadamente 100 mil, ano passado, segundo o município – e há necessidade de preservação ambiental. A taxa será cobrada assim que o turista desembarcar em Morro, seja por meio aéreo ou marítimo.

Os recursos oriundos da taxa serão aplicados, segundo Brito, na “proteção e preservação da fauna e flora do balneário”.

PROTESTO INTERDITA A PRAÇA CAIRU

Enquanto os professores da rede municipal ilheense comemoram o bloqueio dos repasses do Fundeb na conta da Prefeitura, outros servidores, também vítimas da inadimplência do governo, protestam neste momento na Praça Cairu. O local está interditado, provocando grande tumulto no trânsito.

A bronca dos funcionários se deve ao atraso dos salários, que não são pagos desde setembro. Indignados, os trabalhadores, liderados pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ilhéus (Sinsepi), também criticam a Associação Comercial (ACI), que hoje festeja 100 anos e presta homenagem a várias personalidades, entre elas o prefeito Newton Lima.

Uma das faixas expostas pelo Sinsepi no protesto desta manhã diz o seguinte: “ACI homenageia prefeito por relevantes serviços: atraso do salário, comércio quebrado, Ilhéus abandonada…“. Sobrou também para os vereadores da cidade, acusados de omissão.

Além dos funcionários, fornecedores que levaram calote da Prefeitura também participam do protesto na Cairu.

Prefeituras baianas na lista de pior grupo de gestão fiscal do País

Itabuna não apresentou relatório de gestão fiscal (Foto José Nazal)

Um quinto das 417 prefeituras baianas ficou no grupo de pior gestão fiscal do País de acordo o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF).  A ferramenta sobre a gestão fiscal municipal foi elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Em sua primeira edição e com periodicidade anual, o IFGF traz dados de 2010 e informações comparativas com os anos de 2006 até 2009. O estudo é elaborado exclusivamente com dados oficiais, declarados pelos próprios municípios à Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

OS MELHORES – Jaborandi, a 1.031 quilômetros de Salvador, na região Oeste, é o município melhor avaliado, com índice de 0,8123. No ranking estadual, dez municípios se destacaram apresentaram elevado nível de investimento, nove dos quais se aproximam do conceito A, sendo exemplo de sucesso mesmo com baixas receitas próprias: Alcobaça, Araçás, São Desidério, Lajedinho, Cairu, S. F. do Conde, Medeiros Neto, Barrocas e Lajedão.

OS PIORES – Na outra ponta, entre os dez piores estão nove que terminaram o exercício de 2010 com mais restos a pagar do que recursos em caixa e sete ultrapassaram o limite prudencial de 60% da receita corrente liquida, além de baixos investimentos. Ibicaraí encabeça a lista, com índice de 0,1784, seguido de Caém, Ubatã, Itapé, Floresta Azul, Jitaúna, Canavieiras, Iuiú, Buerarema e Ibirataia.

ITABUNA FORA – Itabuna não foi avaliada por não ter dados de gestão fiscal obrigatória na STN disponível até 20 de setembro de 2011. Salvador ficou na 23ª posição entre as capitais brasileiras, na 136ª no ranking estadual e 3.373ª lugar nacional.

:: LEIA MAIS »

PM MORTO POR TRAFICANTES NO BAIXO-SUL

Traficantes trocaram tiros com policiais militares, durante uma perseguição em alto-mar, na região de Cairu, baixo-sul baiano. Segundo reportagem do jornal A Tarde, o tiroteio acabou com a morte do PM Valdir Moura dos Santos, 38 anos. Raimundo Rosemberg, de 39 anos e também soldado, ficou ferido e foi levado para Salvador.

Os traficantes tentavam invadir a vila de pescadores da Gamboa, próximo a Morro de São Paulo, e já haviam assassinado o comerciante Alberto Araújo dos Santos, 54, que se recusou a dar informações solitadas pelos bandidos. Eles procuravam um rival que estaria escondido na vila.

CONFLITO NO BAIXO-SUL BAIANO

Do G1

A comunidade de Batateira, em Cairu, no baixo sul da Bahia, denuncia um fazendeiro da região, acusado de ameaçar os moradores do quilombo. O conflito entre os quilombolas e o fazendeiro, que se diz dono das terras, já dura mais de dois anos.

A terra disputada é caracterizada por muita água, terra boa, fartura de peixes e mariscos. O lugar fica em uma das mais de 20 ilhas do arquipélago de Tinharé.

A Fundação Cultural Palmares reconheceu a área como remanescente de quilombo em 2009. Trinta famílias moram na comunidade de Batateira. A maioria vive da pesca. Os moradores contam que o sossego no local acabou há dois anos, quando começaram as ameaças.

Com medo, uma moradora pede para não ser identificada. Ela explica o que está acontecendo na comunidade. “A morada aqui é boa, mas Maneca tá aperreando demais a gente. Ele botou revólver para meus netos, para meu filho”, relata.

Os moradores dizem que Manoel Palma Ché Filho seria o responsável pelas ameaças. Maneca Ché, como é conhecido, tem fazendas na região. No mês passado Maneca teria invadido a comunidade com homens armados. Representantes dos quilombolas prestaram queixa na delegacia de Cairú. Manoel já havia sido denunciado em 2009. Um promotor pediu a prisão preventiva do fazendeiro.

Leia mais










WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia