WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Cavalcante’

CAVALCANTE DIZ QUE “SEMPRE” APOIOU OS PROFESSORES

Cavalcante recua e diz que sempre apoiou professores (Foto Pimenta).

Cavalcante recua e diz que sempre apoiou professores (Foto Pimenta).

Em nota encaminhada ao Pimenta, o vereador Antônio Cavalcante (PMDB) afirma que foi mal interpretado quando se manifestou sobre a greve dos professores da rede municipal de Itabuna.

Cavalcante diz que em momento algum teria declarado que a greve da categoria perdeu o sentido a partir do momento em que a decisão passou a depender da justiça.

Uma audiência entre a Prefeitura e o Sindicato do Magistério Público Municipal de Itabuna (Simpi) está marcada para o próximo dia 29.

O vereador afirma que sempre apoiou os professores e considera “totalmente justas” as reivindicações do Simpi. O sindicato pleiteia uma reposição salarial de 13,01% para os educadores dos níveis 2 e 3.

O peemedebista lembra ainda que votou a favor da suplementação orçamentária solicitada pelo Executivo para assegurar a melhoria salarial do magistério.

PARA CAVALCANTE, GREVE DOS PROFESSORES PERDEU SENTIDO

Cavalcante critica comando de greve (Foto Pimenta).

Cavalcante critica comando de greve (Foto Pimenta).

O vereador Antônio Cavalcante (PMDB) fez um apelo ao Sindicato do Magistério Público Municipal de Itabuna (Simpi). Para o parlamentar, a greve decretada pela entidade que representa os professores perdeu o sentido.

Cavalcante argumentou que, como o impasse entre a Prefeitura e o Simpi será decidido pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), em audiência marcada para o próximo dia 29, o mais correto seria os professores retornarem às salas de aula enquanto aguardam o pronunciamento do judiciário.

“Não faz sentido continuar prejudicando os estudantes, que sofrerão com o atraso do ano letivo”, declarou Cavalcante. Segundo ele, como instrumento de pressão, a greve deixa de ter fundamento quando a decisão passa para a esfera judicial.

O Simpi reivindica um aumento de 13,01% para os professores dos níveis 2 e 3 (aqueles que possuem curso superior e pós-graduação). A Prefeitura ofereceu como contraproposta um reajuste de 8%, que, de acordo com o prefeito Claudevane Leite, é o valor máximo diante da capacidade financeira do município.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia