WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘CBF’

CBF CONVOCA SELEÇÃO SUB15 PARA O SUL-AMERICANO; SANDRY ROBERTO É CONFIRMADO

Sandry Roberto disputará Sul-Americano || Foto Blog do Thame

Sandry Roberto disputará Sul-Americano || Foto Blog do Thame

A Seleção Brasileira Sub15 foi convocada, nesta sexta-feira (7), para um período de treinamentos na Granja Comary. Foram chamados 25 atletas para este ciclo de preparação para o Sul-Americano da categoria. O itabunense Sandry Roberto, revelado nas categorias de base do Ciso e da AABB Itabuna, está entre os convocados.

A delegação se apresenta no dia 9 de julho (domingo), e permanece reunida até o dia 13, na quinta-feira. Os trabalhos serão comandados pelo técnico Guilherme Dalla Déa e por Paulo Victor Gomes, técnico convocado do sub15 do Palmeiras, informa o Blog do Thame.

OS GOLPES NAS DECISÕES DAS COPAS DO MUNDO

marivalguedesMarival Guedes | marivalguedes@gmail.com

Garrincha joga, o Brasil detona os tchecos e é bicampeão. Um mês depois Esteban, é convidado pela CBD, antecessora da CBF, para passar um mês de férias no Brasil, com familiares.

Sempre desconfiei que as grandes decisões do futebol não saem dos pés dos jogadores. Os maiores dribles são dos cartolas que divertem o povo e enchem os bolsos de dinheiro. Sem conhecimento suficiente sobre o assunto, conversei com quem entende: o jornalista Daniel Thame que, além de passar informações pelo celular, me enviou um texto.

Daniel lembra da Copa do Mundo de 1962 no Chile. O Brasil vence a seleção da casa por 4×2 na semifinal e está na decisão contra a Tchecoslováquia. Garrincha é expulso e não poderá jogar. O Brasil, que já não tinha Pelé, ficaria sem o craque que estava carregando o time nas costas. Era o cara do Mundial.

Mas, em plena Guerra Fria, a FIFA não iria permitir que um país comunista ganhasse a Copa. E acontece a mágica: o bandeirinha uruguaio Esteban Marinho, que viu a agressão que gerou a expulsão de Garrincha, volta repentinamente para casa. Na verdade, foge sem dar o testemunho para o juiz escrever a súmula com a expulsão.

Garricha joga, o Brasil detona os tchecos e é bicampeão. Um mês depois Esteban, é convidado pela CBD, antecessora da CBF, para passar um mês de férias no Brasil, com familiares.

Copa do Mundo de 1994, Estados Unidos. Entressafra no futebol e sem craques para chamar a atenção, num país onde o futebol nunca foi preferência nacional, Maradona, semiaposentado, mergulhado no drama da dependência de cocaína, mas ainda um nome estelar, entra em cena blindado pela FIFA.

Era pra ser apenas uma estrela, mas resolveu jogar seu futebol genial e transformou a limitada Argentina em favorito. Isso não estava no script, como também não estava no script o fato de Maradona ter dito, bem ao seu estilo, que a FIFA era dirigida por um bando de ladrões.

O método para alijar Maradona da Copa foi digno da Máfia: um nebuloso caso de doping que tirou El Dies da Copa e destroçou a Argentina. Brasil campeão numa insossa disputa de pênaltis com a Itália.

Final da Copa do Mundo de 1998, França, ou o dia em que o Brasil chorou. Horas antes do jogo, contra a seleção francesa, Ronaldo Fenômeno, tem uma convulsão e vai parar no hospital. Os alto-falantes do Stade de France anunciam a escalação do Brasil com Edmundo substituindo a estrela.

Meia hora antes do jogo, Ronaldo aparece e diz que vai jogar. Zagalo cede. Em campo, Ronaldo é um fantasma dele mesmo e o time não sabe o que fazer: joga ou se preocupa com seu atacante? Não joga. A França passeia, vence por 3×0 e é campeã do Mundo. O que de fato aconteceu com Ronaldo, porque ele insistiu em jogar e porque Zagalo cedeu? Mistério que a ´omertá` ainda não permitiu vir à luz.

Daniel Thame recomenda as seguintes leituras: Como eles roubaram o jogo, de David Yallop; O jogo sujo da FIFA e O Jogo cada vez mais sujo da FIFA, de Andrew Jennings.

Marival Guedes escreve crônicas às sextas, no Pimenta.

PARA ROMÁRIO, PRISÃO DE MARIN É INÍCIO DE MUDANÇAS NO FUTEBOL

Romário diz que prisão de Marin é início de mudanças no futebol (Foto Marcelo Camargo/ABr).

Romário diz que prisão de Marin é início de mudanças no futebol (Foto Marcelo Camargo/ABr).

O senador Romário (PSB-RJ) comemorou hoje (27) a prisão do ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin, na Suíça. Crítico das ações do dirigente na confederação, o parlamentar destacou que a ação da polícia, em Zurique (Suíça), pode significar o início de mudanças no futebol brasileiro.

“Corruptos e ladrões que fazem mal ao futebol foram presos, inclusive José Maria Marin. Ladrão tem que ir para cadeia. Parabéns ao FBI [Polícia Federal norte-americana]. Infelizmente não foi a gente [polícia brasileira] quem prendeu”, disse em audiência pública na Comissão de Educação do Senado que debate a situação do futebol feminino no país.

Romário disse ainda que a situação atual do futebol resulta da atuação de pessoas que não estão interessadas em ajudar, mas só em dinheiro, e chamou de “ladrão, safado e ordinário” o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. “Suas contas fora do país estão recheadas”, afirmou.

Além de Marin, seis altos dirigentes da Fifa foram detidos na manhã desta quarta-feira (27) pela polícia de Zurique a pedido das autoridades dos Estados Unidos. A lista de 14 investigados por um tribunal de Nova York, por corrupção, tem outros dois brasileiros, José Hawilla, dono da empresa de marketing esportivo Traffic, e José Margulies, dirigente da empresa Valente Corp. and Somerton. A Agência Brasil entrou em contato com a CBF e aguarda retorno.

CBF DEFINE NOVO TÉCNICO DO BRASIL

Bombando nas redes sociais após a sequência desastrosa de jogos na reta final da Copa…
IMG-20140712-WA0001

STJ: SPORT É O CAMPEÃO BRASILEIRO DE 87

Sessão do STJ foi encerrada ao final da tarde de hoje (Foto Divulgação).

Ministros Beneti e Andrighi na sessão do STJ de hoje (Foto Divulgação).

O Sport Club do Recife virou o jogo e garantiu o resultado na disputa contra o Clube de Regatas do Flamengo pelo título do campeonato brasileiro de futebol de 1987. Em renovação de julgamento na Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o Sport obteve a maioria dos votos favoráveis à sua interpretação de uma sentença de 1994 e garantiu o título exclusivo.

Com a decisão, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fica impedida de declarar também o Flamengo campeão daquele campeonato, como fizera em 2011. O resultado influencia também no chamado caso da Taça das Bolinhas, disputada pelo Flamengo com o São Paulo Futebol Clube.

Na sessão anterior, o ministro Sidnei Beneti divergiu da posição da relatora, ministra Nancy Andrighi, no que foi acompanhado pelo ministro João Otavio de Noronha. O julgamento foi concluído nesta terça-feira (8) com os votos dos ministros Paulo de Tarso Sanseverino e Villas Bôas Cueva, também favoráveis ao Sport. Informações do STJ.

OS ESQUEMAS DE RICARDO TEIXEIRA

Os esquemas de Ricardo Teixeira começam a pipocar (Foto Uol).

Os esquemas de Ricardo Teixeira começam a pipocar (Foto Uol).

Parte do dinheiro pago à CBF por times de todo o mundo como cachê para enfrentar a seleção não era depositada em contas no País, mas foi direcionada para empresas com sede nos Estados Unidos, registradas em nome de Sandro Rosell, atual presidente do Barcelona, ex-representante da Nike no Brasil e amigo pessoal de Ricardo Teixeira. A prática, segundo documentos e fontes consultados com exclusividade pelo ‘Estado’, teria marcado a gestão de Teixeira na CBF a partir de 2006.

Nos últimos anos, a realização de amistosos tem sido a principal fonte de entrada de recursos de federações de futebol. No caso do Brasil, o fato de ter sido campeão em 2002, vice em 1998 e único time pentacampeão do mundo permitiu que a CBF e seus agentes aumentassem o valor do cachê para atuar pelo mundo.

Do Gabão a Hong Kong, passando pela Estônia ou Zimbábue, a seleção percorreu o mundo cobrando pelo menos US$ 1 milhão por amistoso. O detentor do direito de organizar os jogos é, desde 2006, a ISE, empresa com sede nas Ilhas Cayman.

Mas, segundo pessoas envolvidas com o pagamento desses cachês, nem todo o dinheiro que saía das federações estrangeiras, direitos de imagem ou governos de outros países era enviado ao Brasil. O destino eram contas nos EUA.

Confira a íntegra no Estadão

DEPUTADO DIZ QUE PRESIDENTE DA CBF “ENVOLVIDO ATÉ O PESCOÇO” COM A MORTE DE HERZOG

Presidente da CBF, José Maria Marin é acusado de envolvimento na morte de Herzog

Presidente da CBF, José Maria Marin é acusado de envolvimento na morte de Herzog

Em entrevista concedida por telefone, o presidente da Comissão da Verdade – seção São Paulo -, deputado Adriano Diogo (PT), afirmou que o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 (COL), José Maria Marin (foto abaixo), “está comprometido até o pescoço com a morte do jornalista Vladimir Herzog”, ocorrida em 1975. Diogo foi procurado pela reportagem depois de uma reação exaltada de Marin à tarde, no Rio, durante encontro com a imprensa de comitiva da Fifa que visitava o Brasil.

O dirigente esportivo ficou irritado ao falar sobre sua eventual participação na prisão de Herzog, após uma pergunta dirigida ao secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que tratava de denúncias contra o homem forte do futebol brasileiro.

“Desafio você (apontando para o jornalista d´O Estado de S. Paulo) a me trazer um documento em que eu tenha citado alguma vez em minha vida essa pessoa (Herzog) e em que eu tenha feito menção a esse acontecimento (prisão ou morte do jornalista, então diretor da TV Cultura)”, declarou Marin, com o dedo em riste e com o tom de voz alterado.

Leia mais aqui

 

SCOLARI NA SELEÇÃO BRASILEIRA

Scolari substituirá Mano Menezes.

Dez anos após conquistar o pentacampeonato mundial, o técnico Luiz Felipe Scolari está de volta à seleção brasileira. Segundo a Folha apurou, o treinador será anunciado nesta quinta-feira, às 10h30, na sede da CBF, como substituto de Mano Menezes, demitido na última sexta.

Scolari venceu a disputa com o técnico do Fluminense, Abel Braga, que era o preferido do presidente da CBF, José Maria Marin. Antes de conversar com Scolari, o dirigente conversou com o atual técnico campeão brasileiro, mas não acertou a contratação.

Felipão já chegou a um acordo com a CBF. A única coisa pendente e que foi resolvida às 14h desta quarta-feira foi a definição do coordenador técnico da seleção principal, que vai substituir o cargo de diretor de seleções, extinto pela CBF após o pedido de demissão de Andres Sanchez: o ex-técnico Carlos Alberto Parreira ganhou a disputa sobre José Carlos Brunoro, diretor executivo do Audax e diretor da CBB (Confederação Brasileira de Basquete) e ex-diretor da Parmalat na época da parceria com o Palmeiras.

Leia mais na Folha

DRAGON – “DOCE CONFUSÃO”

APÓS 23 ANOS, RICARDO TEIXEIRA LARGA O OSSO

CBF resistiu a CPIs, mas caiu em novos tempos e clamor por sua renúncia (Sérgio Lima/Uol).

O longevo presidente Ricardo Teixeira finalmente largou o osso. Acaba de renunciar ao comando da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) após 23 anos de títulos, polêmicas e denúncias de corrupção. Ele também deixa o Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo 2014. Tanto a CBF como o COL serão agora comandados pelo presidente em exercício da confederação, José Maria Marin.

Na carta divulgada pela CBF, Teixeira diz que deixa a entidade “definitivamente” e “com a sensação de dever cumprido”. Ainda na missiva, o dirigente afirma que vai cuidar da saúde e da família… E bem longe do Brasil. Exatamente em Miami (EUA). Teixeira chegou à presidência da CBF em 1989 no rastro de prestígio e poder do ex-genro João Havelange, dono de negócios milionários e ex-presidente da Fifa, a entidade máxima do futebol.

No período em que esteve na CBF, viu a Seleção Brasileira faturar os títulos mundiais de 1994 e 2002, além de títulos regionais e três copas das Confederações (1997, 2005 e 2009). Uma conquista que em pouco se deve a Teixeira, mas que ele fatura foi a escolha do Brasil para sediar uma copa 64 anos depois – em 2014.

RICARDO TEIXEIRA VAI RENUNCIAR, SEGUNDO KFOURI

Teixeira é acusado de corrupção

Do Blog do Juca Kfouri

Ricardo Teixeira está em sua casa, onde recebeu a filha Joana Havelange, diretora-executiva do COL, o homem de compras do comitê, o cunhado Leonardo Wigand e despacha com seu secretário particular Alexandre Silveira.

O cartola também não irá à CBF amanhã.

Sua renúncia será publicada no portal da CBF.

Em seguida, viajará.

RICARDO TEIXEIRA É INVESTIGADO NO MARANHÃO

A Polícia Civil do Maranhão abriu inquérito para investigar os presidentes da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, e da FMF (Federação Maranhense de Futebol), Carlos Alberto Ferreira, pelo crime de desobediência.

De acordo com a promotora Lítia Cavalcante, autora da denúncia que motivou o inquérito, os dois dirigentes não atenderam ao pedido de envio de documentos referentes aos repasses de verbas de 2009 e 2010.

A denúncia foi enviada ao secretário de Segurança Pública do Estado, Aluisio Mendes, e será investigada pela Deic (Delegacia Estadual de Investigações Criminais).

No balanço financeiro publicado no site da CBF, a Federação Maranhense divulgou dois valores diferentes em relação ao recebimento de verba em 2010.

O documento apresenta duas versões diferentes, com valores de R$ 240 mil e R$ 320 mil. “A diferença [R$ 80 mil] é muito grande. Acredito que a federação [maranhense] nem percebeu o erro de mandar dois balanços distintos do mesmo ano”, disse a promotora.

Paralelo ao inquérito por desobediência, que prevê pena de 15 dias a seis meses, o Ministério Público Estadual do Maranhão abriu um inquérito civil público para investigar outros possíveis desvios de recursos e transgressões ao Estatuto do Torcedor. Informações da Folha.

CBF DESMORALIZA A SELEÇÃO

Ricardo Ribeiro | ricardoribeiro@pimentanamuqueca.com.br

A CBF agiu mal, ao anunciar precipitadamente e com alto nível de certeza a contratação de Muricy Ramalho para ser o novo técnico da Seleção. Diante de convite tão honroso, a questão do treinador com o Fluminense seria resolvida com uma mera comunicação, de maneira simples e fácil.

O anúncio do substituto de Dunga serviu até para a volta dos privilégios à Rede Globo, que teve direito a uma “exclusiva” com o presidente Ricardo Teixeira, decantando as razões que o levaram a escolher o Muricy.

Mano Menezes é o próximo alvo da CBF

Muita precicipitação, que acabou expondo à Seleção Brasleira ao ridículo de ser descartada. Muricy saiu da reunião, em um clube de golf no Rio de Janeiro, como o novo cabeça da comissão técnica. Sites e emissoras de TV comunicaram a contratação, sempre colocando o informe ao Fluminense como uma mera questão de consideraçã0. Não foi assim tão fácil.

Conforme a versão oficial, o Flu não liberou Muricy Ramalho e este parece não ter feito muita questão de ser liberado. Talvez tenha pensado nas cobranças, xingamentos, perda da tranquilidade e deu aquele arrependimento aos 45 do segundo tempo. Na prorrogação, o “rei” da CBF mirou na segunda alternativa: Mano Menezes, do Corinthians. Este ficou de consultar o clube, que não deverá se opor.

É o que se espera, mas bem que a CBF poderia ter evitado a vergonha de ver a Seleção esnobada. Bastaria discutir todas as questões com o Muricy Ramalho e o Flu antes de fazer um anúncio açodado.

Trapalhadas assim mostram que os problemas da Seleção sempre estiveram muito além de Dunga. À evidência, o buraco é mais em cima.

MURICY ESTÁ QUASE FECHADO COM A SELEÇÃO

O técnico do Fluminense, Muricy Ramalho, reuniu-se com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e praticamente fechou com a entidade, para assumir a Seleção Brasileira.

Numa entrevista à ESPN Brasil, Muricy afirmou que falta apenas conversar com o Flu para assinar o contrato com a CBF.

O cargo de treinador da seleção está vago desde a desclassificação do Brasil na Copa do Mundo. Muricy, pelo visto, será o substituto do também ranzinza Dunga. O treinador do Flu tem no seu currículo um tricampeonato Brasileiro, pelo São Paulo.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia