WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘centro comercial’

JOVEM É ASSASSINADO NO CENTRO COMERCIAL

Esposa deita-se ao lado do corpo de David (Foto Oziel Aragão/Plantão Itabuna).

Esposa chorando ao lado do corpo de David (Foto Oziel Aragão/Plantão Itabuna).

Dois homens em uma moto executaram, ontem à noite, David Francisco da Silva, na “Sombrinha” do Centro Comercial de Itabuna. O jovem de 18 anos levou oito tiros de pistola calibre 380.

A suspeita é de que a morte esteja relacionada ao tráfico de drogas. Segundo informações, David era usuário de drogas. Ele estava de bermuda e camiseta. Segundo o site Plantão Itabuna, a Polícia Militar encontrou várias cápsulas de balas ao lado do corpo.

O jovem morto deixa uma companheira. Ela está no oitavo mês de gravidez. O Plantão registrou o momento em que ela chorava ao lado do corpo de David, desesperada. “David, acorda, acorda, vem cuidar do seu filho”, clamava.

TIROTEIO NO CENTRO COMERCIAL DEIXA TRÊS PESSOAS FERIDAS

Três pessoas ficaram feridas durante tiroteio no Centro Comercial de Itabuna na manhã de hoje (27). Testemunhas afirmam que três homens chegaram atirando e tinha como alvos Rafael Rocha Santana, de 23 anos, e Adalberto Santana Santos Júnior, de 28.

Rafael levou três tiros no braço direito e Adalberto outros quatro. Uma pessoa que estava no centro do tiroteio, Elivaldo Moreira Santos, de 56 anos, foi atingido na mão, informa o Radar Notícias. A polícia caça os autores dos disparos.

EXPLICA ESSA, MARCELINO!

Na última sexta-feira, 8, o secretário de Agricultura de Itabuna, Marcelino Oliveira, deu ultimato ao comerciante Jeferson Dourado: ele teria 72 horas para desocupar dois boxes alugados no condomínio Centro Comercial, apesar de pagar religiosamente em dia pelo uso dos imóveis.

A história começa em meados de agosto. Jeferson alugou os boxes 38 e 39, na rua D do centro comercial, a central de abastecimento de Itabuna. O plano era fazer do local o supermercado da família, aproveitando a estrutura mais ampla que a utilizada até hoje em outro ponto do condomínio (o que não foi possível devido ao impasse).

Os dois imóveis eram antes utilizados como posto da Polícia Militar, lembra Jeferson. “É a primeira vez que recebo notificação, por escrito”, diz. O comerciante acrescenta que “o secretário ameaçou retirar tudo e jogar na rua”.

A situação gerou diversos tipos de comentários no centro comercial. Alguns deles dizem respeito à arbitrariedade do secretário e aos interesses que estariam por trás da ação intempestiva. Marcelino teria dito ao próprio Jeferson que poderia entrar com ação contra o comerciante por “ocupação indevida”. O espaço está aberto para esclarecimentos.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia