WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

editorias






:: ‘cerveja’

BEERGARDEN COSTA DO CACAU SERÁ DIA 5 EM ITABUNA

beergarden2Você já ouviu falar em Biergarten? Se sim, provavelmente se encaixa no perfil de um bom cervejeiro. Porém, se você ainda não conhece esse conceito alemão, que ocorre em todo mundo, mas aprecia a boa bebida aliada à boa comida, com certeza vai gostar desta novidade que está chegando a Itabuna e região. O primeiro será em 5 de novembro, o “Beergarden Costa do Cacau”, entretenimento ao ar livre, mesas compartilhadas para degustação de cervejas, gastronomia, feirinha de artesanato, música e lazer diverso para toda a família, segundo os organizadores.

O conceito é basicamente de um Festival. No Brasil, já se tornou tradição no Sul e em algumas capitais. E vem crescendo cada vez mais em todas regiões do país, com foco principal no universo da cervejaria artesanal. De acordo com os organizadores do evento, a proposta do “Beer” é de gerar interação entre o público local e, no caso da cidade de Itabuna e suas circunvizinhas, trazer mais uma opção de lazer com qualidade e dinamismo.

A Costa do Cacau conta atualmente com fortes grupos de produtores e apreciadores da cerveja artesanal, além de formadores de conteúdo no segmento. Com a cena cervejeira local em expansão e tendo em vista o número crescente de rótulos que surgem regularmente, o festival tem tudo para cair no gosto do público por aqui também. As opções de lazer são muitas. O evento contará com uma infraestrutura completa, buscando gerar prazer e conforto para todos os participantes. Terá “Espaço Kids” (Parque Infantil), Slackline, atrações musicais, praça de alimentação, feirinha de artesanato e salão de jogos, dentre outros itens.

CERVEJAS ARTESANAIS

“O evento tem como objetivo proporcionar ao público regional uma experiência gastronômica e musical, aliado a um ambiente projetado para acolher e entreter a todos. Com o objetivo de fomentar a produção local, serviremos dois estilos de chopp de uma cervejaria da nossa Terra. Seguindo essa filosofia traremos parceiros locais para a gastronomia, abrindo não só espaço para a qualidade dos estabelecimentos da região como também sendo fator de geração de emprego e renda”, diz Cláudio Henrique, um dos organizadores do evento. Cláudio é empreendedor no ramo cervejeiro e atua no cenário local desde 2013.

A Beergarden conta com o apoio de grandes empresas, agregando qualidade e expertise, como é o caso da Cervejaria Colorado, a principal apoiadora do evento, e parceiros locais, Buriti, Shopping Jequitibá, Oneprinter, Gráfica Mesquita e Blog Pimenta, dentre outros.

A Beergarden Costa do Cacau começará ao meio-dia, na Estância Santo Antônio, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, vizinho ao Atacadão Maxxi. Para alegria geral, os organizadores do evento já adiantaram que a entrada é por valor bem acessível. “Dá para convidar todos os amigos, a turma do trabalho, levar a família e curtir bastante o dia”, afirma Cláudio.

Beergarden Costa do Cacau

Onde: Estância Santo Antônio, saída de Itabuna para Ilhéus
Quando: 5 de novembro
Horário: A partir do meio-dia
Ingressos: R$ 20,00 o 1º lote promocional | À venda no Pimenta Ingressos (Shopping Jequitibá); Homebeer e Stand do Karioca (Ilhéus).

WORKSHOP ENSINA RECEITAS PARA PRODUÇÃO DE CERVEJA

Workshop na Uesc ensinará receitas de produção de cerveja.

Workshop na Uesc ensinará receitas de produção de cerveja (Imagem Food Magazine).

Bernardo Couto ministrará curso na Uesc.

Bernardo Couto ministrará curso na Uesc.

Professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e cervejeiros promoverão, dia 3 de junho, às 9 horas, uma nova edição do Workshop de Receitas de Cerveja. Editor do Homini Lúpulo e cervejeiro da 2cabeças, Bernardo Couto será o conferencista.

O curso, de acordo com a instituição, é voltado para cervejeiros caseiros que querem começar a fazer receitas próprias ou ampliar conhecimentos sobre o tema.

O conteúdo do workshop inclui numerologia cervejeira (IBU, OG, FG, SRM), receitas extremas, frutas, especiarias e conjuntos e orientação e receita básica para os estilos mais produzidos, a exemplo de American Ales, Ales Belgas e Stout x Porter. Bernardo Couto também dará dicas para a escolha de maltes, lúpulos e fermentos.

A Uesc possui projetos ligados à produção e pesquisa de cerveja no sul da Bahia, além de contar com uma unidade de produção de cerveja. A microcervejaria foi inaugurada em julho do ano passado (relembre aqui).

INSCRIÇÃO

A inscrição no curso custa R$ 170,00. O workshop deverá ocorrer no campus da Uesc, na Rodovia Ilhéus-Itabuna. Mais informações sobre o workshop podem ser obtidas pelo telefone (73) 99900-4838 (Mauro). Atualizado às 9h37min.

UESC INAUGURA MICROCERVEJARIA NA SEXTA

A professora Ana Paula Uetanabro é uma das coordenadoras da pesquisa (foto Jonildo Glória)

A professora Ana Paula Uetanabro é uma das coordenadoras da pesquisa (foto Jonildo Glória)

Pesquisadores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, desenvolvem projeto voltado à produção daquela que é uma das paixões nacionais: a famosa loira gelada. Nesta sexta-feira (15), às 15 horas, no Laboratório de Microbiologia Aplicada, a instituição inaugura sua própria microcervejaria. A fábrica de cerva teve planta piloto estruturada a partir de dois projetos financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb).

Os projetos são coordenados pelos professores Mauro de Paula Moreira e Ana Paula Trovatti Uetanabro. Segundo eles, no Brasil existem poucos grupos acadêmicos dedicados à pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico da cerveja. A ideia deles é aproveitar a diversidade de ambientes encontrados na Bahia, o que proporciona boa variedade de frutas e micro-organismos utilizados na fermentação.

Os projetos da Uesc foram aprovados em 2011, no edital de apoio a Projetos em Temas Estratégicos de Inovação Tecnológica. Segundo a professora Ana Paula Uetanabro, existem hoje cerca de 300 microcervejarias no Brasil, ocupando um espaço ainda pequeno, mas em franco crescimento.

“Estas plantas cervejeiras de pequeno porte aportaram para o mercado um rol de cervejas exclusivas e diferenciadas, com vários tipos, texturas, aromas e sabores, se diferenciando, portanto, do padrão inculcado pelas grandes corporações”, comenta Ana Paula..

ESTUDO REVELA QUE BEBER CERVEJA TODOS OS DIAS FAZ BEM PARA A SAÚDE

cerveja reprodução ibahiaDo Ibahia

Um estudo espanhol comprovou que tomar uma caneca de cerveja por dia combate diabetes, previne contra hipertensão e evita o ganho de peso. A bebida contém ácido fólico, cálcio, ferro e vitaminas – nutrientes que protegem o sistema cardiovascular, além de ter uma baixa graduação alcoólica.

Uma das responsáveis pela pesquisa, a médica Rosa Lamuela afirma: “Nesse estudo, nós conseguimos banir alguns mitos. Sabemos que a cerveja não é a culpada pela obesidade, já que ela tem cerca de 200 calorias por caneca – o mesmo que um café com leite integral”, o estudo foi realizado em parceria entre o Hospital Clínico de Barcelona, Instituto Carlos III de Madri e a Universidade de Barcelona.

Os especialistas também afirmam que a cerveja não provoca aumento de gordura abdominal. Na verdade, a culpa seria dos aperitivos gordurosos que grande parte das pessoas consomem junto com à bebida como frituras e salgadinhos. O estudo ainda indica que mulheres podem beber dois copos pequenos por dia, enquanto os homens até três copos. No entanto, o hábito deve estar associado a exercícios físicos regulares e uma dieta saudável.

SE BEBEU DEMAIS, CONFIRA A BALANÇA…

(Foto Philippe Huguen).

(Foto Philippe Huguen).

Além da ressaca e de outros problemas de saúde, quem costuma passar da conta na hora de consumir bebidas alcoólicas tem que se preocupar também com a balança e com a dieta. De acordo com um levantamento encomendado pela organização britânica para o emagrecimento Slimming World, é possível engordar quase um quilo, após exagerar uma única vez.

O estudo foi feito com 2.042 pessoas na Inglaterra e constatou que a ingestão de calorias (provenientes tanto das bebidas quanto da alimentação) aumenta consideravelmente, quando o indivíduo alcança o que se chama de “ponto de inflexão”. Neste momento, que varia de pessoa para pessoa, mas ocorre em média após beber 9,3 unidades alcoólicas (pouco mais de três taças de vinho ou menos de quatro canecas de cerveja), o juízo enfraquece e as escolhas pouco saudáveis passam a predominar.

As extravagâncias, em média, ocasionaram o consumo de 4.305 calorias no mesmo dia da bebedeira (mais de duas vezes o valor indicado a um adulto, que costuma ser de 2.000 kcal). No dia seguinte, o exagero continua, de acordo com a pesquisa. As refeições para recuperar-se da ressaca somam 2.051 calorias. Dessa maneira, a ingestão calórica total pode ultrapassar a casa de 6.300. Com informações do site da Exame.

AMBEV CONGELA PREÇO DA CERVEJA ATÉ O FIM DA COPA DO MUNDO

cervejasA Ambev, que fabrica as cervejas Antarctica, Brahma e Skol, anunciou hoje (4) o congelamento do preço da bebida até o final da Copa do Mundo. A competição de futebol começa em junho e vai até 13 de julho.

No verão, a Ambev já havia anunciado um congelamento do preço da “cerva” e, agora, mais gelo… no preço. Resta saber se a orientação será seguida pelos mais e 500 mil pontos de venda dos produtos da multi.

BONDADE?

O anúncio não significa nenhuma “bondade” da multinacional. Pesquisa da Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil), divulgada em janeiro, revelou que o brasileiro tem bebido menos.

A queda em 2013 atingiu 2% quando comparado ao ano anterior. Uma pesquisa feita pela consultoria Nielsen também revela que o consumo de cerveja tem caído ano a ano desde 2010.

CARNAVAL: GUERRA DE MARCAS BAIXA CERVEJA PARA R$ 1 EM SALVADOR

cerveja1Do Metro1

O Carnaval de Salvador deste ano terá grandes cervejarias como patrocinadoras. Os vendedores ambulantes do circuito Dodô (Barra/Ondina) só poderão vender produtos Itaipava, enquanto no circuito Osmar (Campo Grande) a Schin terá o direito de venda na festa.

A Ambev, que foi excluída da festa, segundo o prefeito ACM Neto por não querer investir em Salvador como as concorrentes, não perdeu tempo e tratou de tentar compensar a perda de espaço.

Para entrar na disputa e ganhar o público, a marca lançou uma campanha em que grandes artistas da folia baiana cantam versões de seus famosos hits anunciando que a piriguete da Skol, a latinha de 265 ml, custará R$ 1,00 no carnaval.

A música promocional é baseada na canção Dança da manivela, da banda Asa de Águia. Num ritmo bem conhecido dos baianos, a cervejaria brinca: “Eu fui perguntar praquele vendedor, se a Skolzinha é um real ou se é caô / Ele disse ‘é isso mesmo, meu senhor. Só um real a Skolzinha em Salvador”.

CONTRA A GANÂNCIA DOS BOTECOS

Raul Seixas entoava em um de seus maiores sucessos: “já que agora pra fazer sucesso, todo mundo tem que reclamar”… E nunca antes na história deste país a letra de Eu também foi reclamar caiu tão bem. Dos 20 centavos a mais do buzu aos gastos exorbitantes com a Copa Fifa, o que não falta é motivo para gritaria…

Seguindo nessa “vibe”, cariocas lançaram uma nova onda de protestos neste verão em que a Cidade Maravilhosa mais parece uma fornalha. O alvo da bronca são os botecos e os altos preços que cobram na loira gelada, alguns chegando a vender cada garrafa de 600 ml por 10 reais.

Retados com o arrocho, grupos de bebedores inveterados idealizaram um movimento chamado “isoporzaço”, no qual abastecem caixas térmicas e vão lavar a alma em praças da cidade.

O movimento boêmio, que os cabeças definem como etílico-político, é uma ação pacífica . Por enquanto, não apareceu nenhum “beer block” na área.

BRASIL DISCUTE ADIÇÃO DE LEITE E MEL À CERVEJA

cervejasO Ministério da Agricultura disponibilizou ontem (22) para consulta pública a proposta brasileira para mudança na fórmula da cerveja. As partes interessadas têm dois meses para se manifestar sobre o assunto e fazer sugestões.

O texto atual teve como base discussões com o setor cervejeiro ao longo de 2013. Ele permite a adição de matérias-primas de origem animal como leite e mel à bebida. Hoje, para ser considerada cerveja, o produto só pode receber sucos vegetais.

A receita proposta pelo governo contemplou a maior parte das reivindicações dos cervejeiros. No entanto, não houve consenso quanto ao pedido de parte do setor privado de redução do percentual de cevada maltada de 55% para 50%. Isso permitiria uma adição maior de cereais, como milho e arroz, e diminuiria os gastos com matéria-prima. A alteração, no entanto, não foi considerada necessária pelo Ministério da Agricultura e ficou de fora do texto consolidado com o setor.

O objetivo da mudança na fórmula da cerveja é permitir a fabricação de maior variedade e de versões mais refinadas da bebida, tornando o setor cervejeiro mais competitivo no Brasil e no exterior.

:: LEIA MAIS »

GELADA SEM AUMENTO

“Se o consumidor tiver mais sede, não explore”. Essa poderia ser a mensagem de uma campanha que acaba de ser lançada pela Ambev, cuja proposta é manter o preço da cerveja inalterado durante o verão.

A campanha, intitulada “Verão Sem Aumento”, abrange as marcas Brahma, Bohemia, Original, Antárctica e Skol. A expectativa da Ambev é alcançar, até 15 de dezembro, 500 mil pontos de venda participantes. Todos serão identificados com o selo alusivo à ação de marketing.

“A iniciativa tem como objetivo garantir um verão sem repasse de aumento ao consumidor. Para isso, estamos mantendo o mesmo preço e convidando os pontos de venda para a participação na campanha durante a temporada de verão”, explica Cassiano de Stefano, diretor regional da Ambev.

A expectativa é de que a ação sensibilize também os cabaneiros da zona sul de Ilhéus, área onde a iminência do verão já catapultou os preços da loira  gelada.

ITAIPAVA INAUGURA FÁBRICA EM ALAGOINHAS

O Grupo Petrópolis inaugura nesta sexta-feira (22) a fábrica da cervejaria Itaipava na cidade de Alagoinhas, a 120 quilômetros de Salvador. A unidade, que tem capacidade de produção de 1,2 bilhão de litros, recebeu investimentos de R$ 500 milhões e já opera em fase de testes desde agosto.

Das cervejarias em atividade no Brasil, o Grupo Petrópolis é o único com capital 100% nacional. Ele detém as marcas Crystal, Lokal, Itaipava, Black Princess, Petra e Weltenburger. Produz ainda o energético TNT Energy Drink, o isotônico Ironage, as vodkas Blue Spirit e Nordka e a água Petra.

Em nota, a Itaipava, que já está presente no nome da Arena Fonte Nova, na capital baiana, afirma o desejo de fazer uma série de investimentos temáticos na região. “A Bahia nos recebeu muito bem. Queremos contribuir e somar com o desenvolvimento da região”, afirma o diretor de Mercado do Grupo Petrópolis, Douglas Costa.

Conhecida pela qualidade de sua água, Alagoinhas é também sede de uma fábrica da Schincariol, em funcionamento há 16 anos, e da peruana Indústrias São Miguel, inaugurada este ano.

 

SE BEBER…

A Skol disponibiliza em seu site um aplicativo gratuito que permite que os consumidores possam pedir táxi pelo smartphone. O serviço pode ser utilizado em iPhones ou aparelhos Android e faz parte de uma parceria com a plataforma Easy Taxi.

Ao clicar no app e confirmar sua localização, o passageiro consegue acompanhar o percurso do taxista graças a um GPS interligado ao veículo. A iniciativa visa conscientizar os consumidores da marca e faz parte da campanha “se beber, vá de táxi”. Da Exame.

VERÃO SEM CERVEJA EM ILHÉUS

Em muitos locais de Ilhéus, cerveja é meramente ilustrativa, uma miragem...

Em muitos locais de Ilhéus, cerveja é meramente ilustrativa, uma miragem…

As distribuidoras de cerveja em Ilhéus estão priorizando as barracas de praia e o resultado é o esperado: está faltando a “loura” nos bares e restaurantes localizados nos bairros e até mesmo no centro histórico da Terra de Gabriela. Isso, em pleno verão!

Segundo o blog do procurador Israel Nunes, a esperança para os sorvedores do “pão líquido” é que o sábado, 29, está próximo. Pelo menos, esta é a data prometida pelas distribuidoras para reabastecer os mortais fora da orla.

E os donos de bares itabunenses pensando que só eles sofriam com a falta da “loura” no verão…

“LOURA” VAI FICAR MAIS CARA

Cervejinha vai ficar mais cara em outubro.

O brasileiro que curte uma lourinha gelada deve preparar o bolso. A Ambev, dona de marcas como Skol e Antarctica, prevê aumento médio de 4,5% no preço da cerveja e de até 9% para refrigerantes e outras bebidas não-alcoólicas.

A alta de impostos teria pressionado o setor, que recebeu autorização de aumento por parte do governo em maio último. Mas o bebedor inveterado pode ficar tranquilo: terá até o final de setembro para sorver a “loura” sem o reajuste previsto…

MPF VÊ CONCORRÊNCIA DESLEAL NO “LITRÃO”

Segundo o parecer, marca em alto relevo no vidro da garrafa funcionaria para fidelizar os pontos de venda

O Ministério Público Federal (MPF) divulgou parecer segundo o qual o “litrão” de uma cervejaria – embalagem de 1 litro de cerveja com sua marca em alto relevo na garrafa de vidro – constitui “nítida prática predatória”. O parecer será encaminhado ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), onde tramita processo administrativo movido pela Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe) contra a Ambev.

A polêmica começou em 2008, quando foi lançada a nova embalagem em vidro e retornável. Mas certamente não perderá nenhum impacto com o fim do verão nesta terça-feira, 20. Muito pelo contrário…

No entendimento do MPF, o símbolo em alto relevo no vidro do litrão implicaria ‘fidelização’ dos pontos de venda. É o que diz o parecer do procurador Luiz Augusto Santos Silva.

Em nota, a Ambev se defende alegando que o parecer não é conclusivo e tanto Secretaria de Direito Econômico, quanto a Procuradoria do Cade já se manifestaram favoráveis à cervejaria no “caso litrão”.

Com informações da Agência Estado.

CONSUMO DA “GELOSA” DEVE CRESCER 30% NO CARNAVAL

Da Tribuna da Bahia

Carnaval está chegando e os supermercados esperam por bons negócios, especialmente na venda de cervejas. Os estoques já estão cheios para abastecer os foliões e grupos que se deslocarão para a festa de Momo no interior do Estado. A expectativa é que as altas temperaturas registradas desde o início do ano ajudem a superar a procura em relação ao mesmo período do ano passado. O carnaval deve alavancar as vendas da bebida em cerca de 30% em 2012.

Nos últimos dois anos, o maior volume de vendas de cerveja ocorreu na semana imediatamente anterior à festa. Essa também é a época em que os supermercados redobram a atenção para atender os pontos de venda. As lojas trazem um amplo sortimento de cervejas, cujas apostas neste período são as leves e claras – as tradicionais Pilsen – que atendem ao gosto do brasileiro.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia