outubro 2014
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



pm ilheus

:: ‘Coelba’

LUZ PARA TODOS: PROFESSORA LUTA HÁ 4 ANOS PARA TER ENERGIA EM CASA

Deborah ...

Deborah corrige provas com auxílio de lâmpadas fracas (Fotos Emílio Gusmão).

Thiago Dias e Emílio Gusmão | Blog do Gusmão

A professora de biologia Deborah Pizzatto mora na Fazenda Aritaguá, ao lado da Cabana da Empada, no distrito de Ponta do Ramo, em Ilhéus. A casa dela não tem energia elétrica. Nessas condições, exercer a docência, a que se dedica com tanto empenho, é um desafio árduo para essa paranaense de 33 anos.

Formada na Universidade Federal do Paraná (UFPR) e servidora pública concursada do governo estadual, Deborah leciona há 3 anos na Escola Estadual Antônio Cruz, em Serra Grande – Uruçuca, onde trabalha com aproximadamente 300 estudantes do ensino médio.

A professora tem miopia. Recentemente foi submetida a duas cirurgias. À noite, planeja e corrige atividades escolares com o auxílio de uma lâmpada de led de 3 watts, ligada a um sistema de captação de energia solar. Antes, trabalhava à luz de velas.

A casa onde Deborah mora com a filha de 5 anos fica a 1.300 metros da rodovia Ilhéus-Itacaré (BA-001). No local, há mais oito residências sem energia elétrica. A fiação da rede não está distante.

A professora protocolou três pedidos na Coelba para participar do programa “Luz para Todos”, do governo federal. Em 2010, trocaram o protocolo nº 9100134552 pelo o de outra pessoa. No ano seguinte, informaram que foram no local e não encontraram nenhuma casa sem energia (protocolo 9100297190). Há dois anos registrou o pedido de nº 9100322266 que está em andamento.

Leia a íntegra

COELBA MUDA SISTEMA DE EMISSÃO DE CONTA DE ENERGIA

Kit que será usado pelo leiturista, no sul da Bahia, a partir do dia 14 (Foto Divulgação).

Kit que será usado pelo leiturista, no sul da Bahia, a partir do dia 14 (Divulgação).

A fatura de energia elétrica poderá ser entregue imediatamente após a leitura de consumo, na região de Itabuna, a partir do dia 14. A mudança no processo de leitura e faturamento foi anunciado pela Coelba nesta semana.

Além de Itabuna e Ilhéus, a mudança chegará a 41 outros municípios do sul da Bahia, atingindo cerca de 740 mil clientes. A previsão é de que o novo sistema seja implantado em todo o estado até o final deste ano.

De acordo com a Neonergia, o investimento total é de R$ 30 milhões para compra de equipamentos, capacitação de profissionais e implantação do sistema na Coelba.

A mudança faz com que a empresa visite o cliente só uma vez por mês. No sistema atual, são duas idas até o consumidor: medição do consumo e entrega da fatura.

Os leituristas, segundo a coordenação da Coelba em Itabuna, irão utilizar kit com coletor de dados e impressora térmica. Para preservar os dados, o papel utilizado é resistente à água.

“O novo formato da fatura mantém todas as informações contidas na conta anterior”. Os equipamentos, de acordo com a empresa, serão rastreados 24 horas por dia. Se roubado, o equipamento recebe comando de bloqueio que trava o acesso às informações.

PREFEITURA COM EXPEDIENTE NORMAL NESTA SEXTA

A Prefeitura de Itabuna chegou a divulgar a suspensão do expediente no Centro Administrativo Firmino Alves, nesta sexta-feira, 30, devido a uma manutenção na rede de energia elétrica programada pela Coelba. Porém, no início da noite de hoje a    Assessoria de Comunicação informou que a sede do governo funcionará normalmente.

O trabalho da Coelba afetará parte do bairro São Caetano, inclusive a Avenida Princesa Isabel. Mas a Prefeitura estará livre do “apagão”.

COELBA ATENDE EM ENDEREÇO PROVISÓRIO DURANTE REFORMA DO SAC

A Agência de Atendimento da Coelba em Itabuna funcionará em um outro endereço até que as obras de reforma do SAC local sejam concluídas, segundo a gestora local da empresa, Adriana Teodorio.

A agência funciona em um posto de combustível, na Avenida Amélia Amado, em frente à estação rodoviária. Adriana destaca que o horário de atendimento não muda, permanecendo das 8h às 18h30min.

A unidade itabunense do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) foi interditada no mês passado, após parte do forro da recepção desabar (relembre aqui). Os serviços da unidade são oferecidos em uma carreta ao lado do SAC e postos descentralizados. Procedimentos relacionados ao Detran são prestados no próprio órgão, no Jardim Primavera.

COELBA TERÁ QUE PAGAR R$ 5 MILHÕES POR TERCEIRIZAÇÃO ILEGAL

Mão de obra terceirizada e com pouco treinamento em trabalho perigoso é apontada como causa de acidentes

Mão de obra terceirizada e com pouco treinamento em trabalho perigoso é apontada como causa de acidentes

A 4ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 5ª Região condenou a Coelba a pagar uma indenização de R$ 5 milhões a título de danos morais coletivos. A decisão acatou uma ação do Ministério Público do Trabalho, que acusa a empresa de se utilizar de mão de obra terceirizada ilegalmente.

Iniciada m 2012, a ação civil pública contra a Coelba foi a primeira em uma campanha nacional do MPT contra a terceirização de mão de obra em companhias de eletricidade. O processo serviu de base para ações semelhantes em outros Estados, algumas das quais já têm decisão de segunda instância deferindo os pedidos do Ministério Público.

Para o procurador Alberto Balazeiro, “a decisão do TRT é de grande importância para combater a terceirização em um dos setores que mais causam acidentes com trabalhadores terceirizados”. A sentença também determina que a Coelba contrate diretamente e treine trabalhadores.

O MPT alegou na ação que a falta de capacitação, os salários menores e as condições precárias de trabalho ampliam o risco de acidentes, que muitas vezes são fatais.

COELBA TROCA GELADEIRAS NO PEDRO FONTES II

A Coelba realizará a troca de geladeiras velhas por novas no condomínio Pedro Fontes II, que reúne beneficiários do Minha Casa, Minha Vida e de outros programas sociais do Governo Federal, a exemplo do Bolsa Família. O atendimento será feito no local, a partir desta terça-feira, 16, até quinta, 18.

Para ter direito à substituição do eletrodoméstico, o morador precisa estar inscrito na Tarifa Social de Energia Elétrica, ter consumo médio – aferido nos últimos três meses – igual ou superior a 80 kWh/mês, não ter débitos com a Coelba e, naturalmente, possuir a geladeira velha, mas funcionando, para entregar à empresa.

A concessionária informa já ter trocado 117 mil geladeiras de famílias baianas. Segundo a Coelba, uma geladeira em mau estado de conservação pode responder por até 70% do valor da conta de energia.

Além da geladeira nova, a empresa também fornecerá quatro lâmpadas fluorescentes compactas a cada unidade do Pedro Fontes II. Elas também são mais econômicas que as lâmpadas incandescentes.

COELBA RESPONDE

A Coelba emitiu nota em que justifica o desligamento de rede na Rua Maria Olívia Rebouças e Avenida Juracy Magalhães, região central de Itabuna, na última segunda (10). Em resposta à nota Assim não pode…, a empresa afirma que o serviço era “necessário” e que o comunicado aos consumidores afetados foi feito por meio de emissoras de rádio, nos dias 8 e 9 (sábado e domingo passados).

“O desligamento aconteceu das 9h30 às 11h e atingiu 67 consumidores, sendo apenas um estabelecimento comercial da Avenida Juracy Magalhães”, informa a nota.

ASSIM NÃO PODE…

Lojistas e moradores da Avenida Juracy Magalhães, em Itabuna, estão tiriricas com a Coelba. A companhia interrompeu o fornecimento de energia elétrica numa das principais vias da cidade, deixando-os no escuro.

Prejuízo maior para lojistas. Quem abriu o estabelecimento, funcionou precariamente. A maioria reclama que a Coelba não avisou previamente da manutenção na rede.

SITE PERMITE CALCULAR SE DESCONTO EM CONTA DE LUZ ESTÁ SENDO APLICADO

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) está disponibilizando uma ferramenta que permite que os consumidores verifiquem se os descontos anunciados pelo governo na conta de luz estão sendo aplicados corretamente. Em janeiro deste ano, o governo federal anunciou uma redução na conta de luz dos brasileiros, em média de 18% para as residências e de até 32% para as indústrias, agricultura, comércio e serviços.

O cálculo pode ser feito no site www.energiaaprecojusto.com.br. Para saber o percentual de redução, basta selecionar o estado e a distribuidora, o nível de tensão e o tipo de tarifa (residencial, baixa renda, rural). Também é preciso informar o consumo da unidade em quilowatts-hora. A ferramenta calcula automaticamente qual o percentual de desconto que foi aplicado, o valor atual da tarifa e quanto sairia sem a redução. Também informa o valor e o percentual dos impostos incididos na conta. Informações da Agência Brasil.

COELBA PROMETE SOLUÇÃO PARA QUEDA DE ENERGIA NA CINQUENTENÁRIO

A Coelba promete concluir até o próximo domingo, 10, reparos na rede de energia elétrica na região da Avenida do Cinquentenário. Ontem, o presidente da CDL de Itabuna, Jorge Braga, reclamou da qualidade do serviço prestado pela companhia de eletricidade e que as quedas de energia tinham até hora programada (relembre aqui).

A gestora de atendimento da Coelba em Itabuna, Adriana Teodório, disse ao PIMENTA que a queda constante era provocada “pelo aumento de carga (consumo) por parte dos consumidores da Avenida, sem o conhecimento prévio da concessionária”. Segundo Adriana, a empresa efetuou a troca de transformador por outro de maior capacidade e outro será instalado neste domingo.

De acordo com a gestora, a instalação de um novo transformador exige o desligamento de toda a rede, o que tornou inviável a execução do serviço durante a semana. Adriana alerta para a necessidade dos consumidores informar à Coelba sempre que promover mudanças que provoquem aumento de consumo de energia.

BRAGA CRITICA COELBA E DIZ QUE “QUEDA DE ENERGIA TEM ATÉ HORA PARA ACONTECER”

Braga, da CDL, critica serviços da Coelba em Itabuna.

Braga, da CDL, critica serviços da Coelba em Itabuna.

Os prejuízos gerados pela constante queda de energia na área do comércio em Itabuna levaram o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Jorge Braga, a abrir o verbo contra a Coelba. Segundo ele, as interrupções – não-programadas – têm até hora para ocorrer: sempre entre 10h e 11h da manhã.

Como resultado, queima de aparelhos de ar-condicionado, computadores e impressoras, além da interrupção do serviço de internet fixa, devido à falta de energia elétrica. As principais vítimas são comerciantes da Cinquentenário, no trecho que vai da agência do Bradesco ao cruzamento com a Avenida Amélia Amado.

O empresário também enfatiza que a falta de energia elétrica acaba afetando, também, “dezenas de consultórios, escritórios, operadoras de telefonia e bancos” ao longo da Cinquentenário.  O dirigente lojista enviou correspondência à unidade de atendimento da Coelba. Ele espera não ser necessário “recorrer a outras instâncias para resolver o problema”.

 

EMBASA INTERROMPE ABASTECIMENTO PARA CONSERTAR ADUTORA

torneiraA Embasa (Empresa Baiana de Água e Saneamento) teve que suspender o fornecimento de água para diversos bairros de Ilhéus na tarde desta quinta-feira, 31. Segundo sua assessoria, o motivo foi a necessidade de reparos em uma adutora na Avenida Ubaitaba. O dano à tubulação foi causado, ainda de acordo com a Embasa, por uma obra da Coelba.

A suspensão do abastecimento, que começou por volta das 14 horas de ontem, atinge a área central da cidade e os bairros Conquista, Outeiro de São Sebastião, Malhado, Avenida Princesa Isabel, Avenida Esperança, Altos do Basílio, Esperança, Amparo e Legião Coqueiro, Teotônio Vilela, Banco da Vitória e Salobrinho.

O funcionamento da rede foi reativado desde 1 hora da madrugada de hoje, mas a regularização do abastecimento só ocorrerá gradativamente, ao longo do final de semana.

COELBA DIZ QUE REDUÇÃO DE TARIFA NÃO AFETARÁ INVESTIMENTOS

A Coelba informou hoje que a redução de 18,96% na tarifa residencial e 22,56% no fornecimento de energia para o setor industrial não afetará a capacidade de investimento da empresa. A explicação é que o desconto nas tarifas foi viabilizado pela “redução dos custos da energia comprada e dos encargos e tributos do setor elétrico”.

A nota ainda cita que o desconto na tarifa também não atingirá a “manutenção do sistema elétrico” da empresa. A manutenção de rede é um dos pontos mais criticados da Coelba.

Eletricitários dizem que a empresa terceirizou o serviço e vem se utilizando de técnicos que desconhecem toda a complexidade da rede. Na ponta, consumidores residenciais, comerciais e industriais se queixam das interrupções constantes no fornecimento de energia.

ECONOMIA

Com o desconto na tarifa de energia já em vigor, clientes residenciais que consomem 80 kw/h pagam hoje R$ 46,41. Em fevereiro ou início de março – dependendo da data de vencimento – pagará R$ 37,61. Quem gasta 140 kw/h por mês, em vez de R$ 81,22 pagará R$ 65,82.

BAIANOS TERÃO DESCONTO DE 18,96% NA CONTA DE ENERGIA

conta de energia coelbaA tarifa de energia elétrica residencial na Bahia terá redução de 18,96%, conforme as regras definidas pelo governo federal. O percentual foi anunciado hoje tarde pelos dirigentes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pelo ministro das Minas e Energia, Edison Lobão.

Dentre as 63 distribuidoras de energia em todo o Brasil, o maior desconto será para os consumidores residenciais atendidos pela Nova Palma (RS), 25,94%. A redução na conta será possível por que o governo assumirá o ônus do benefício, avaliado em R$ 8,46 bilhões.

O custo seria menor se companhias de eletricidade de estados como São Paulo aderissem à proposta do governo para reduzir a conta de energia elétrica. Coincidentemente, a oposição partiu de companhias onde os governadores são de partidos de oposição à presidente Dilma Rousseff, a exemplo de Geraldo Alckmin (PSDB). O desconto para indústrias pode alcançar 32%, a  depender da distribuidora.

 

COELBA EXPLICA INTERRUPÇÕES

A Coelba emitiu nota na qual explica o motivo das recentes interrupções no fornecimento de energia elétrica em Itabuna e outras cidades da região (confira aqui e aqui). O problema tem ocorrido com frequência ao longo desta semana e, de acordo com a empresa, tem a ver com o mau tempo.

Ainda segundo a Coelba, houve “aumento do número de ocorrências relacionadas à interrupção do fornecimento de energia nos municípios de Itabuna, Coaraci, Buerarema, Itajuípe e Camacan”.

A concessionária afirma que aumentou o número de equipes de operação e manutenção e manterá o efetivo reforçado até que a situação seja normalizada.

CENTRO DE ITABUNA FICA SEM ENERGIA ELÉTRICA

Parte do comércio central de Itabuna está sem energia elétrica desde as 16h de ontem. O “blecaute” afeta o comércio das ruas Dom Pedro I e a 13 de Maio e o trecho final da Avenida do Cinquentenário, além da Praça da Bandeira.

Os comerciantes reclamam dos prejuízos. Ontem, foram obrigados a fechar mais cedo e estão impedidos de fechar vendas a cartão, por exemplo. Na região afetada, apenas as Lojas Americanas operam normalmente por dispor de gerador de energia.

A Coelba foi acionada ainda ontem, mas até agora não deu retorno, segundo comerciantes ouvidos pelo PIMENTA. Desde o final do ano passado, o comércio de Itabuna vem fazendo seguidas críticas contra o serviço prestado pela companhia de eletricidade.

SEM ENERGIA ELÉTRICA

Problemas no fornecimento de energia elétrica prejudicaram moradores do bairro Castália durante quase toda a manhã e início da tarde desta segunda-feira, 21. Foram várias interrupções no fornecimento e sucessivas quedas de tensão, o que forçou muita gente a desligar aparelhos elétricos para evitar prejuízos.

Alguns clientes da Coelba tiveram dificuldade para entrar em contato com a Ouvidoria da concessionária. A opção de registrar a reclamação por mensagem de celular, novidade oferecida pela empresa, também não estava funcionando. Um consumidor tentou encaminhar por diversas vezes a mensagem, informando o número da conta-contrato (conforme orientação da própria Coelba), mas sempre recebia de volta a resposta automática de que o número estava incorreto.

“A Coelba diz que oferece várias opções para o contato do cliente e assegura em seu slogan que é ‘tudo muito fácil, tudo num clique’, mas na prática isso não é tão tranquilo assim”, reclama o jornalista Ricardo Ribeiro, um dos editores do PIMENTA, e que hoje foi mais uma vítima das panes na rede elétrica.

COELBA DIZ QUE AVISOU SOBRE DESLIGAMENTO

O gestor da unidade itabunense da Coelba, Carlos Morais, afirmou que o desligamento de energia elétrica na Avenida Juracy Magalhães, no último dia 9, foi necessário para a realização de manutenção e melhoramento na rede. Durante todo o dia da última quinta, consumidores residenciais e comerciais reclamaram da falta de aviso por parte da concessionária de energia elétrica (confira aqui).

Segundo Morais, o desligamento foi “em caráter emergencial” e “informado aos consumidores na véspera, por meio de comunicados em [emissoras] de rádio”. A rede atende, também, grandes empresas instaladas ao longo da rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), a exemplo dos supermercados Atacadão e Makro.

COMÉRCIO DA JURACY MAGALHÃES RECLAMA DE MANUTENÇÃO SEM AVISO DA COELBA

Donos de empresas situadas na Avenida Juracy Magalhães, na região do Bairro de Fátima, reclamam que estão sem energia elétrica desde as 8h30min desta quinta-feira, 9. A Coelba, por meio da terceirizada Meta, iniciou manutenção da rede de energia que abastece a artéria comercial e os supermercados Makro e Atacadão, mas acabou deixando residências e casas comerciais no escuro e no prejuízo, conforme alegam.

O empresário Edilson Guimarães afirma que não houve aviso prévio por parte da concessionária de energia elétrica. “Quem tem negócios nessa região da cidade está sofrendo prejuízos porque não houve nenhum tipo de aviso”, reforça.

De acordo com funcionários da Meta, a manutenção na rede visa reduzir o número de quedas de energia na região do Makro e Atacadão, situados no quilômetr0 24 da BR-415 (Rodovia Ilhéus-Itabuna).

COELBA DEVOLVE “DINDIN” DE CLIENTE

Há quase dez dias este blog mostrou o caso de Risomar Lima, cliente que se sentiu lesado pela Coelba (relembre o caso aqui). A companhia de eletricidade fez a vistoria e reconheceu o equívoco na leitura de consumo de energia elétrica nos meses iniciais de 2012.

A diferença entre o que foi à conta e o realmente consumido foi superior a 200 kw/h (algo em torno de R$ 120,00, a depender do tipo e localização do imóvel).

Reconhecido o erro, a unidade gestora da Coelba se comprometeu a restituir o cliente. Explica Carlos Morais, da unidade em Itabuna:

“Como o cliente já efetuou pagamento das referidas contas, será gerado um crédito que poderá ser utilizado para quitar as próximas faturas de energia ou ser reembolsado conforme opção do consumidor”.

GATUNAGEM

O representante comercial Risomar Lima, de Itabuna, tomou um susto ao comparar a conta de energia elétrica do imóvel que reside e o que efetivamente consumiu nos últimos dois meses.

Enquanto o contador apontava consumo real de energia de 13.131 kw/h até a última quarta-feira (23), a leitura feita pela Coelba um mês antes, no dia 27 de abril, era de 13.360 kw/h, diferença de mais de 200 kw/h.

Outra surpresa se deu ao analisar a conta do mês anterior, que apontava 13.158 kw/h, superior até ao apontado na conta da última quarta. Risomar registrou a gatunagem mansa em fotos e agora exige explicação convincente da Coelba.

O medidor em foto da última quarta, 23, e a leitura feita um mês atrás (dia 27 de abril). Risomar desconfia que foi roubado pela Coelba e quer explicações.

COELBA AMEAÇA CORTAR ENERGIA ELÉTRICA DO HOSPITAL DE BASE

Hospital de Base pode ficar às escuras.

A Coelba enviou ofícios à Prefeitura de Itabuna, Câmara de Vereadores e Justiça informando que deu 15 dias de prazo à gestão do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) para que negocie as contas em atraso.

De acordo com a direção da companhia de eletricidade, o Hospital de Base não paga as contas de energia desde novembro do ano passado. São sete meses em atraso e um “papagaio” de R$192.529,78.

Se não pagar dentro de 15 dias, o alicate come…