WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Conjunto Penal’

ACUSADOS POR SÉRIE DE HOMICÍDIOS EM ITABUNA SÃO PRESOS; UM SUSPEITO FOI MORTO

Polícia prende acusados por série de homicídios em Itabuna|| Foto divulgação

Megaoperação integrada prendeu, na quarta-feira (6), oito pessoas acusadas de fazer parte de duas facções criminosas apontadas como responsáveis por uma série de assassinatos em Itabuna. Um dos suspeitos foi baleado no confronto com policiais e não resistiu aos ferimentos. Ele foi identificado como Wesley Melo de Jesus, o “Lélis”, com quem foi encontrada uma arma calibre 38.

O alvo principal da megaoperação foi Edson Januário da Silva, o ‘Didiu’, acusado de ser líder de uma facção criminosa envolvida com tráfico, homicídios e roubos, que cumpre pena no Conjunto Penal de Itabuna. Além da prisão, ele será remanejado para o presídio de segurança máxima, localizado na cidade de Serrinha. Wenerson Reis da Silva, o ‘Calango’, e Wagner Nascimento Cordeiro, o ‘Guito’, foram os outros detentos com mandados cumpridos.

Fora do sistema prisional, Simone Januário dos Santos, irmã de Didiu, Taciana Santos Paixão, Silvanei José dos Santos, Marcos Venicius Santos Nery, gerente da quadrilha, e Davi Rosa do Carmo acabaram presos.

No Conjunto Penal de Itabuna, os policiais e agentes penitenciários encontraram facas, celulares, carregadores e porções de maconha. Com o quinteto do lado de fora, dois revólveres calibre 38 foram achados.

“As equipes da 6ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil (COORPIN), da PM e do sistema prisional estão de parabéns. Excelente resultado que demonstra a força do trabalho integrado e de inteligência. Com certeza novos desdobramentos serão realizados”, enfatizou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

REBELIÃO NO PRESÍDIO DE ITABUNA

EM PRIMEIRA MÃO

Dezenas de viaturas e de policiais civis e militares do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), Cipe-Cacaueira e do 15º do Batalhão da PM estão no Conjunto Penal de Itabuna para tentar conter rebelião iniciada neste domingo (16).

O motim começou com o que seria uma guerra entre os internos dos raios A e B, de acordo com as primeiras informações. Uma parede que separa as duas alas do presídio teria sido destruída pelos internos.

A rebelião ocorre no mesmo dia em que Itabuna registra duas mortes violentas e atinge a triste marca de 19 homicídios em 2011 – que mal começou. Mais informações em instantes.

“SAIDÃO” PARA 150 DETENTOS

Prevista em lei, a saída temporária para presos de bom comportamento beneficiou 150 internos do Conjunto Penal de Itabuna neste Dia dos Pais. Todos devem retornar à prisão até o meio-dia da próxima terça.

No “saidão” do Dia das Mães, 17 dos 120 beneficiados não retornaram para o conjunto penal, figurando assim na estatística como fugitivos.

“SAIDÃO” NO CONJUNTO PENAL

Cento e vinte presos do Conjunto Penal de Itabuna receberam indulto e vão passar o Dia das Mães em casa, segundo a juíza da Vara do Júri e Execuções Penais, Cláudia Panetta. O “Saidão do Dia das Mães”, como denominou a magistrada, acontece hoje e os detentos terão que retornar à “casa” na próxima terça-feira, 11. Contaram para a liberação o bom comportamento e o cumprimento de parte da pena para aqueles em regime semi-aberto.

Espera-se que o Conjunto Penal reforce os cuidados, pois, na Semana Santa, o presidiário Marcelo Tchéga conseguiu sair em lugar de um outro detento que teria direito ao indulto. Quem não retornar até a quarta, 12, será considerado foragido da Justiça.

CONJUNTO PENAL SUPERLOTADO

A interdição da cadeia pública de Itabuna forçou à transferência de presos para o Conjunto Penal. O resultado é superlotação. O presídio construído para o máximo de 478 detentos abriga 608 presos.

Segundo explicou a juíza Cláudia Panetta ao BA-TV, da Santa Cruz, a situação vai perdurar até que o governo do Estado construa uma nova cadeia pública, pois a situação na atual é subumana.

E sabe quando o Estado vai inaugurar essa nova cadeia?

Pois é.

COM A MÃO NA ‘MASSA’

Everaldo Vieira de Melo Junior foi flagrado, no incício da noite de ontem, quando tentava introduzir no Conjunto penal dois tabletes de maconha prensada, escondidos em duas caixas de sabão em pó.

A suspeita é que a maconha tenha sido encomendada pelo intero Joadeson Santos, devido a uma lista de compras que estava em poder de Everaldo, em nome do primeiro.

Everaldo foi levado ao complexo policial e pode ser denunciado por tráfico. Ou ele perderá um cliente, ou Joedeson perderá um faz tudo do outro lado das grades.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia