WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘Coronel’

ANUNCIAÇÃO E O “VOLTA, WAGNER”

marco wense1Marco Wense

 

O PT sabe com quem mexe. E logo quem, o Coronel, que pode a qualquer provocação chutar o pau da barraca.

 

Jaqueses Wagner, de maneira incisiva, descartou qualquer possibilidade de sair candidato ao Palácio de Ondina na eleição de 2018.

“Chance zero”, disse o ex-governador e atual secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, se mostrando surpreso com o assunto e até irritado.

“Não existe nenhum movimento neste sentido na base aliada. Isso deve ter partido do lado de lá”, desabafou o não menos chateado Everaldo Anunciação, presidente do PT da Bahia.

Até as freiras do Convento das Carmelitas sabem que só tem uma hipótese que poderia levar Wagner para a disputa: uma acentuada impopularidade do governo Rui Costa.

O risco de uma não reeleição levaria o petismo a convencer Wagner a sair candidato. A última pesquisa aponta um empate técnico entre Rui e ACM Neto, com o prefeito de Salvador na frente.

Acontece que o “Volta Wagner” não foi parido na oposição, como insinua Anunciação. Surgiu pela voz do inquieto Ângelo Coronel, filiado ao PSD do senador Otto Alencar.

Como o Coronel é o presidente da Assembleia Legislativa, e desses que não tem papas na língua, o PT preferiu atribuir a origem do “Volta Wagner” ao oposicionismo.

O PT sabe com quem mexe. E logo quem, o Coronel, que pode a qualquer provocação chutar o pau da barraca.

Marco Wense é editor d’O Busílis.

TRE AFASTA SERVIDOR SUSPEITO DE CORRUPÇÃO

A Tarde

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargadora Sara Brito, determinou que o servidor público do órgão Joseph Rodrigues, acusado de extorsão pelo deputado estadual Angelo Coronel (tesoureiro do PSD), seja dispensado da função comissionada de chefe da seção de contas partidárias. A informação foi divulgada, nesta sexta-feira, 25, pelo TRE. A desembargadora também determinou o afastamento preventivo de Joseph por 60 dias.

O TRE informou que já instituiu comissão de processo administrativo disciplinar para apurar a denúncia feita contra Rodrigues. Ainda de acordo com o órgão, a comissão responsável pelas investigações dedicará tempo integral aos trabalhos de apuração e serão adotadas todas as providências, dentro da legalidade e do princípio da transparência, para esclarecimento do fato.

Leia mais

SERVIDOR DO TRE ACUSADO DE PEDIR PROPINA

Deputado Ângelo Coronel, autor da denúncia

Deputado Ângelo Coronel, autor da denúncia

O deputado estadual Ângelo Coronel acusa o servidor Joseph Rodrigues, do TRE-BA, de cobrar propina para facilitar a aprovação das contas do PSD referentes às eleições de 2012. Rodrigues atua no setor que emite parecer sobre as contas das legendas, antes das mesmas serem levadas a julgamento no pleno do tribunal.

Em um vídeo encaminhado pelo deputado ao Ministério Público Federal nesta quinta-feira (24), o servidor aparece recebendo dinheiro – R$ 28 mil, segundo o parlamentar – supostamente para preparar a prestação de contas do partido.

Na gravação, é possível ouvir o funcionário do TRE dizer: “Se você me der 10 mil, mais um pouquinho, eu fico satisfeito. E o resto a gente pode diluir. Em dezembro, até fevereiro, mais uns 4 mil”.

Além de facilitar a aprovação, Rodrigues também oferecia uma espécie de consultoria. “Se vocês quiserem fazer comigo, a partir de janeiro, R$ 2 mil mensais, e a gente vai tomar conta”, explica o servidor em outro trecho. Outra gravação mostra um assessor do PSD entregando R$ 5 mil ao funcionário, que faz questão de conferir as notas duas vezes.

Segundo o jornal A Tarde, Rodrigues nega as acusações. Ele ficou de se manifestar, por escrito, nesta sexta-feira (25).

RETRATO DE UM POLÍTICO PERSEGUIDOR

Filiado a um partido historicamente identificado com a luta por bandeiras democráticas, o deputado federal Geraldo Simões (PT) chega ao ocaso de sua carreira política ostentando a lamentável fama de coronel, devotado a práticas como a de perseguir jornalistas dos quais discorda. Ou seja, revela-se um tiranete da direita mais reacionária, com máscara (que já não esconde mais nada) de progressista.

O impiedoso blog O Chumbo Grosso retratou bem a figura:

RADIALISTAS CRITICAM OS “DINOSSAUROS DA DITADURA”

Nesta terça-feira, 17, o programa Alerta Geral, da Rádio Santa Cruz de Ilhéus, abordou a perseguição ao jornalista Ricardo Ribeiro, promovida pelo deputado federal Geraldo Simões (PT), que “pediu a cabeça” do profissional à empresa Bahia Mineração (Bamin), na qual o mesmo prestava assessoria de imprensa. Naturalmente, o fato é negado tanto pela empresa (que se vê muito dependente dos humores dos políticos), como pelo deputado (que faz de tudo para não figurar como coronel fora de época).

Clique no player para ouvir o comentário do radialista Gil Gomes e do blogueiro Emílio Gusmão sobre o assunto:

QUATRO FALTOSOS NA BERLINDA

Carletto está entre os mais ausentes na Assembleia

Da coluna Tempo Presente (A Tarde)

Há quem esteja de olho bem aberto para a lista de faltosos na Assembleia Legislativa, por um detalhe: quem perder um terço das sessões, dança.

Veja o que diz a Constituição da Bahia:

Art. 86 – Perderá o mandato:

Inciso III – Quem deixar de comparecer à terça parte das reuniões ordinárias realizadas em cada período de sessão legislativa, salvo por licença ou desempenho de missão autorizada pela Assembleia.

Fátima Nunes (PT), Rogério Andrade (PSD), Ângelo Coronel (PSD) e Ronaldo Carletto (PP) que se cuidem. Os quatro integram a lista dos que passaram de um terço.

No mínimo, vão ter que se explicar.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia