WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘crime’

LÍDER DE FACÇÃO CRIMINOSA DE ILHÉUS É PRESO EM CANAVIEIRAS

“Marquinhos” tirou a barba para fugir da polícia || Montagem Pimenta

Líder de facção criminosa em Ilhéus e 4 de Espadas no “Baralho do Crime” da Bahia, Marcos Santos Rosa, de 24 anos, foi preso na manhã deste domingo (23), no município de Canavieiras, no sul da Bahia, com visual diferente do sempre conhecido.

Para tentar livrar-se de investigadores, “Marquinhos” não mais estava usando barba. Policiais do Pelotão Especial Tático Ostensivo (Peto) prenderam o acusado de homicídio e tráfico de drogas durante ronda no Jardim Burundanga.

Durante abordagem a Marquinhos, os policiais encontraram revólver calibre 38, munições e drogas. A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) havia incluído “Marquinhos” no baralho no qual constam os criminosos mais perigosos do Estado.

MÃE QUE CONFESSOU TER ESQUARTEJADO E ENTERRADO BEBÊ EM ITABUNA É SOLTA

Justiça solta mulher acusada de esquartejar filho

A mulher acusada de esquartejar o próprio filho, um bebê de um mês, e enterrar as partes embaixo de uma árvore num terreno na região da “Volta da Cobra”, próximo ao Hospital de Base, em Itabuna, foi beneficiada com a liberdade provisória concedida pela justiça. Rosemare de Oliveira, de 39 anos, estava presa no Complexo Policial de Itabuna desde sábado (25) e foi solta depois de participar da audiência de custódia na 2ª Vara Crime, na segunda-feira (27).

Foi determinado que Rosemare de Oliveira, que é ré primária, seja submetida a exame de sanidade mental, pois há suspeitas de que esteja sofrendo de depressão pós-parto. Depois do resultado do exame, a justiça decidirá se a acusada será presa no Conjunto Penal de Itabuna ou encaminhada para tratamento num hospital de custódia em Salvador.

Rosemare de Oliveira foi presa no sábado depois de ser denunciada pelos próprios familiares, que perceberam que ela tinha retornado para casa sem a criança. Pressionada, a mulher decidiu levar os policiais até o local onde enterrou cabeça, mãos, pés e pernas do bebê. Antes de enterrar as partes em uma cova rasa, a mãe tentou queimá-las, segundo o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna.

JUSTIÇA DECRETA PRISÃO DE ACUSADO DE USAR CARRO PARA ESMAGAR MULHER EM PORTO

Admilson teve a prisão preventiva decretada pela justiça|| Foto Redes sociais

O juiz da 1ª Vara Crime de Porto Seguro, André Marcelo Strogenski, atendeu o pedido da Polícia Civil e decretou, na tarde de sexta-feira (17), a prisão preventiva do pedreiro Admílson Pereira da Silva, de 33 anos. Ele é acusado de atropelar e esmagar, internacionalmente, a vendedora autônoma Michelle Leite Dias, de 32 anos, na madrugada de quinta-feira (16), no distrito da Arraial D’Ajuda.

Admílson Pereira está sendo procurado pela polícia desde o dia que a mulher foi covardemente atropelada duas vezes, ao sair de casa, após mais uma discussão do casal, segundo informou a polícia. De acordo com testemunhas, o crime ocorreu por volta das 3h30min depois de uma crise de ciúmes do acusado. O casal estava junto há cerca de três anos.

Michelle Leite ainda foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Porto Seguro, mas não resistiu aos graves ferimentos. Ela deixou dois filhos pequenos de outro relacionamento. O corpo da mulher foi sepultado na sexta-feira no distrito de Arraial D’Ajuda. O crime é investigado pelo delegado Sinézio Vieira.

POLÍCIA CAÇA MARIDO ACUSADO DE USAR CARRO PARA ESMAGAR MULHER EM PORTO

Admílson é acusado de matar Michelle|| Foto Redes sociais

A polícia tenta localizar e prender o pedreiro Admílson Pereira da Silva, de 33 anos, acusado de atropelar e esmagar, internacionalmente, a vendedora autônoma Michelle Leite Dias, de 32 anos, na madrugada desta quinta-feira (16), no distrito da Arraial D’ Ajuda, em Porto Seguro, no extremo sul do estado. O suspeito e a vítima moravam juntos há cerca de três anos.

De acordo com testemunhas, o crime ocorreu por volta das 3h30min depois de uma crise de ciúmes do acusado. A polícia encontrou eletroeletrônicos e móveis destruídos no imóvel onde o casal morava. Michelle Leite ainda foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos graves ferimentos.

O pedreiro Admílson Pereira é acusado de empurrar a mulher e passar por cima dela com o carro duas vezes, na rua Evaldo Clímaco, no Bairro Santiago, onde o casal morava com duas crianças. Em seguida, segundo testemunhas, o homem pegou roupas e documentos e fugiu no mesmo veículo usado no atropelamento.

ESTILISTA É ASSASSINADO COM REQUINTES DE CRUELDADE EM ITABUNA

Estilista foi morto com requintes de crueldade em Itabuna

Na manhã desta quarta-feira (8), o estilista Mar Ramos foi encontrado morto na sua residência, localizada no Centro de Itabuna. A secretária do profissional, ao chegar à residência, encontrou o corpo bastante machucado.

Segundo o repórter Wadson Santos, da Rádio Difusora, Mar Ramos teria sido morto com golpes de pá. O corpo estava bastante machucado. A polícia foi acionada e já se encontra no local. O corpo continua na residência, aguardando a equipe da polícia técnica. Com Politicos do Sul da Bahia.

POLÍCIA INVESTIGA DUPLO HOMICÍDIO EM ILHÉUS

Wellington e Tarcísio foram executados na zona norte de Ilhéus

O Núcleo de Homicídios da Polícia Civil de Ilhéus investiga um duplo homicídio ocorrido entre a noite de segunda e a madrugada desta terça-feira (24) em São Domingos, em Ilhéus. As vítimas teriam parado para consertar o veículo em que estavam, um GM Corsa hatch, chegando a acionar amigos para socorro. Um dos amigos foi ao local, mas encontrou o carro com as portas abertas, mas nada de Wellington dos Santos de Souza e Tarcísio Lucas de Jesus.

Já no início da manhã de hoje, os corpos de Wellington e Tarcísio foram encontrados a cerca de mil metros de onde estava o carro. Os criminosos usaram arma de grosso calibre para matar os jovens. Wellington era dono de oficina e Tarcísio era frentista. As características do crime são de execução, possivelmente resultando de acerto de contas. As vítimas eram moradoras do Vilela.

Corsa foi encontrado depenado na manhã desta terça || Reprodução

“VIÚVA NEGRA”: MULHER É PRESA ACUSADA DE ENVENENAR E MATAR NAMORADOS EM ITABUNA

Wane Brenda e as vítimas, Evandro e Edvaldo, mortos por envenenamento || Montagem Pimenta

Uma mulher foi presa nesta segunda-feira (11), em Itabuna, acusada de matar dois namorados por envenenamento. A polícia cumpriu o mandado de prisão preventiva contra Wane Brenda Gonçalves de Oliveira nesta tarde. As investigações das mortes de Evandro Bomfim de Sousa e Edvaldo Araújo Alves apontaram que ambos foram mortos por envenenamento por “chumbinho” e apontaram Brenda Gonçalves como autora dos crimes.

De acordo com a polícia civil, a primeira vítima da “Viúva Negra” foi Edvaldo Araújo Alves. Ele se sentiu mal no final da noite de 16 de abril do ano passado. Pálido, contorcendo-se e suando muito, Edvaldo chegou ao Hospital de Base de Itabuna em um táxi, levado pela namorada com quem vivia há um ano, acompanhada por um sobrinho e um cunhado da vítima. Edvaldo ainda foi reanimado, mas morreu pouco tempo depois no Hospital de Base.

Conforme a polícia, a família da vítima tinha dúvidas sobre a causa da morte, pois a namorada era ciumenta e possessiva. Edvaldo queria o fim do namoro. A família, informa a polícia, não tinha provas de que a morte havia sido provocada por Brenda.

Wane Brenda não demorou muito a engatar outro namoro, agora com Evandro Bomfim de Sousa, que viria a ser a segunda vítima da Viúva Negra. Evandro passou mal ao ingerir medicamento dado por Brenda em 12 de novembro do ano passado, sete meses depois da morte de Edvaldo.

Evandro passou mal e foi encaminhado para o pronto-atendimento do Hospital Calixto Midlej Filho, também em Itabuna. Chegou vomitando e suando muito, segundo testemunhas. O médico disse que Evandro apresentava sintomas de envenenamento. A vítima passou por lavagem estomacal.

Evandro deixou o Centro de Terapia Intensiva (CTI) quatro dias depois, quando foi transferido para apartamento. Próximo de receber alta médica, ele teve uma parada cardíaca. A equipe médica tentou reanimação e colocou uma sonda gástrica, “por onde saía um material escuro parecido com chumbinho”. Retornou para o CTI e teve morte cerebral confirmada no dia 28 de novembro, tendo parada cardíaca em 3 de dezembro do ano passado. O teste toxicológico confirmou o que se suspeitava. Evandro havia sido vítima de envenenamento por chumbinho.

Depois da comprovação de que Evandro faleceu por envenenamento, informa a polícia, as famílias das duas vítimas se juntaram para investigações, sendo instaurados dois inquéritos policiais para apurar as circunstâncias das mortes de Edvaldo e Evandro. Após exumação do corpo de Edvaldo e coleta de amostra, os exames deram positivo para envenenamento.

“Foi detectada a presença de Terbufós…agrotóxico pertencente ao grupo químico dos organofosforados, com ação inibidora irreversível da enzima acetilcolinesterase e está classificado como de nível toxicológico 1 (extremamente tóxico) Anvisa.”. Com os fortes indícios, Wane Brenda foi presa na tarde de hoje, após mandado de prisão expedido pela Vara do Júri da Comarca de Itabuna.

POLICIAL TEVE CORPO MUTILADO ANTES DE SER MORTO POR TRAFICANTES EM SALVADOR

PM sofreu tortura e teve corpo mutilado antes de ser morto por traficantes

“O que fizeram com ele não se faz nem com um gado de abate”. A frase é de um amigo do policial militar Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, assassinado na madrugada do sábado (9) por traficantes no bairro da Santa Cruz, em Salvador.

Gonzaga estava voltando para casa depois do trabalho e dava carona para um amigo de infância, identificado como “Jai”, quando foi abordado por três traficantes. Os autores do crime foram identificados como Choquito, Keka e Leno.

O PM foi torturado e teve o corpo mutilado antes de ser morto pelos criminosos, informa o Correio24h. Gonzaga ainda recebeu vários tiros na cabeça. “Eu nunca vi isso. Tem gente que tá há mais de 30 anos na polícia e nunca viu alguém ser morto dessa forma”, diz um colega do policial.

Os autores do crime chegaram a arrancar o coração da vítima e deixaram o órgão na região do Nordeste de Amaralina, em uma localidade conhecida como Boqueirão, a mais de 1 km onde Gonzaga foi morto.

‘Jai’, que estava com Gonzaga, teria fugido no momento do crime e ainda não apareceu para prestar depoimento. “Era uma grande amigo dele, a família toda conhece. Ele que tava junto. Ele tem que falar”, diz um familiar do policial.

“O cara sumiu. Abriu um buraco no chão e desapareceu”, reclama um amigo da vítima, que não aponta Jai como participante do crime, mas quer que ele preste depoimento. “Está tudo muito estranho”. Mesmo questionando o sumiço, amigos e policiais militares ouvidos pelo CORREIO acreditam que Jai não participou do crime. :: LEIA MAIS »

VÍTIMA DE TRAGÉDIA EM ÔNIBUS, MULHER MORRE NO HOSPITAL DE BASE

Maria Aparecida (no detalhe)_ foi baleada e esfaqueada pelo ex-companheiro

A comerciária Maria Aparecida Reis faleceu, há pouco, no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital de Base de Itabuna. Ela havia sido baleada e esfaqueada pelo ex-companheiro dentro de um ônibus urbano, na Alameda da Juventude (Beira-Rio), em Itabuna, na manhã desta sexta-feira (8), quando se preparava para descer do ônibus e ir para o trabalho.

O crime foi cometido por Francisco Bento Rodrigues Neto, o Neto da Farinha, com quem a vítima conviveu por cerca de um ano. Os dois estavam separados há cerca de quatro meses e ele insistia para que reatassem a relação e fez ameaças à vítima, resultando em queixa policial no último dia 4. Maria Aparecida deixa três filhos.

PERSEGUIDA

Neto da Farinha tinha histórico de agressões

A vítima era perseguida por Neto da Farinha desde quando ela decidiu pôr fim à relação. Ela tomou alguns cuidados que incluiu férias antecipadas do trabalho e chegou a desativar aplicativo de mensagem tamanha a perseguição sofrida.

Hoje, armado com faca e revólver, o ex-companheiro tomou o mesmo ônibus que Maria Aparecida. Eles discutiram dentro do ônibus. Quando ela se preparava para descer, no ponto em frente à Praça Olinto Leone, Neto atirou em Maria Aparecida e desferiu golpe de faca na parte alta do tórax. Na sequência, tirou a própria vida.

Ambulâncias do Samu foram acionadas. As equipes prestaram os primeiros atendimentos. Neto faleceu ainda no local. Maria Aparecida passou por cirurgia no Hospital de Base e, na sequência foi levada para o CTI, onde faleceu por volta das 17h.

Médico que atendeu a vítima, Carlos Eduardo Santos, socorrista do Samu, disse em entrevista que o quadro de Maria Aparecida era muito delicado, com lesões na face e no tórax  causadas pelos disparos e golpe de faca. A comerciária chegou consciente ao Hospital de Base, mas havia perdido muito sangue.

HISTÓRICO DE AGRESSÕES A MULHERES

Neto tinha histórico de agressões a mulheres. Ele agrediu uma ex-companheira, mais velha que ele, conforme relatou ao PIMENTA, hoje à tarde, um membro da família da outra vítima. O agressor era comerciário, chegou a ser gerente de uma loja de jeans no centro da cidade. Tornou-se mototáxi e, ultimamente, era feirante na Califórnia.

Veja também

HOMEM ATIRA EM MULHER E TIRA A PRÓPRIA VIDA DENTRO DE ÔNIBUS EM ITABUNA

PRESO, ACUSADO DE MATAR CASAL DE COLOMBIANOS EM ILHÉUS CONFESSA CRIME

Magno Rodrigues se apresentou à polícia nesta quarta (6)

O comerciante Magno Rodrigues Silva se entregou à Polícia Civil em Ilhéus, hoje (6), e confessou participação no assassinato dos colombianos Diana Paola Zuluaga Grisales e Yorleth Andres Alban Tenório. O crime foi cometido em 18 de maio, em Aritaguá, zona norte de Ilhéus, quando Diana e Andres foram mortos e enterrados em cova rasa.

Andres e Diana foram mortos e enterrados em cova rasa

Diana e Andres, de acordo com investigação, teriam ido até Magno para cobrar dívida de R$ 50 mil. Acabaram mortos. Magno diz que os tiros foram disparados por Cosme Santana Nunes, funcionário do comerciante. Magno disse que Cosme reagiu ao ver que o casal estava armado.

Segundo depoimento à delegada Andréa Oliveira, Magno ligou para Diana e Andres. A intenção era sequestrar e matar as vítimas para saldar débito de R$ 50 mil com um cigano de prenome Aldo. Atraíram o casal dizendo que saldaria dívida de R$ 7 mil.

As vítimas deixaram a moto em que estavam e saíram em um carro de Magno, um Mitsubish. Em Aritaguá, conforme a Polícia, Magno entrou em um ramal e seguiu até a beira do Rio Almada, onde o casal foi assassinado a tiros.

Os corpos de Diana e Andres foram deixados no local, enquanto Cosme e Magno seguiam até o lava jato para pegar ferramentas para abrir covas. Os dois corpos foram lançados um em cima do outro no cemitério de Aritaguá.

Após denúncia anônima, policiais militares chegaram ao local, sendo recebidos a tiros. Magno e Cosme tentaram fugir no carro Mitsubishi ASX, placa OZM-5151, passando por cima de túmulos. Ao se aproximarem da mata, abandonaram o veículo e fugiram a pé pela vegetação.

A apresentação do acusado do crime ocorreu hoje pela manhã. O advogado de Magno pediu que o acusado fosse transferido para o Conjunto Penal de Itabuna, pois estava sendo ameaçado de morte. A transferência para o presídio itabunense foi autorizado pela Justiça. Segundo a delegada Andréa Oliveira, Magno já está no presídio da cidade vizinha.

CORPO DE MUNIZ É VELADO NO SAF; ONG COBRA APURAÇÃO RIGOROSA DE ASSASSINATO

Corpo de Muniz será enterrado em Itabuna nesta terça

O corpo do ex-assessor parlamentar Antônio Muniz está sendo velado no SAF, em Itabuna, e deverá ser enterrado nesta terça (5), às 10h, no Cemitério Campo Santo. Muniz tinha 49 anos e foi assassinado no final da noite deste domingo (3), no Semianel Rodoviário, próximo ao Condomínio Jardim América.

O corpo estava ao lado do carro da vítima e apresentava sinais de estrangulamento, de acordo com a Polícia Militar, que foi comunicada por volta das 22h50min de ontem, de acordo com o comandante do 15º Batalhão da PM, Daniel Riccio. Nenhum suspeito havia sido preso até esta noite de segunda.

De acordo com testemunhas, Muniz estava em um forró promovido por uma emissora de TV local, na Avenida Manoel Chaves (Kennedy), ontem à noite, de onde saiu com destino à residência, no Jardim América. O ex-assessor pode ter sido morto por uma pessoa a quem ele deu carona.

Muniz era figura querida tanto no meio político, quando assessorou por vários anos o ex-vereador Roberto de Souza (PSD) e continuou com ele, agora sendo produtor do Programa Resenha da Cidade, antes apresentado na Difusora e hoje na Rádio Nacional. Em 2016, Muniz também foi assessor da Prefeitura de Itabuna.

ONG COBRA APURAÇÃO RIGOROSA E JUSTIÇA

Antônio Muniz também foi fundador e era membro da ONG Acari. A instituição emitiu nota lamentando a morte do administrador de empresas. A ONG cobrou “apuração rigorosa” e informou que os seus membros estão “acompanhando o caso, para que os autores sejam devidamente punidos”.

Os dirigentes da ONG Acari também lembram do cidadão e do profissional Muniz. “Vítima da crescente onda violência urbana que grassa em nosso município, Muniz foi um cidadão que – como líder estudantil, assessor parlamentar, servidor municipal e produtor radiofônico – pregou a solidariedade, o valor da dignidade humana e o respeito ao semelhante; fez da atividade profissional instrumento de transformação social e lutou por uma Itabuna mais justa, igualitária e fraterna”, manifestou-se a diretoria da Acari, por meio de nota

EX-ASSESSOR PARLAMENTAR É ASSASSINADO EM ITABUNA

Muniz foi morto por asfixia próximo à residência || Foto Álbum Familiar

A polícia investiga o assassinato do ex-assessor parlamentar Antônio Muniz, de 49 anos. O corpo foi encontrado com marcas de estrangulamento ao lado do carro da vítima, na via de acesso ao Condomínio Jardim América, em Itabuna, no final da noite deste domingo (4). A hipótese é de que tenha sido assassinado por estrangulamento por um carona.

Muniz era assessor de Roberto de Souza e trabalhava na produção do programa apresentado pelo ex-vereador itabunense na Rádio Nacional, o Resenha da Cidade. O corpo da vítima estava até há pouco no Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Itabuna. Atualizado às 09h50min.

LADRÕES PEDEM CORRIDA E ROUBAM TÁXI EM ITABUNA

Taxistas foi assaltado no Santo Antônio

Um taxista foi assaltado na noite desta quinta-feira de Corpus Christi, no Bairro Santo Antônio, em Itabuna. Por volta das 21h30min desta quinta (31), três homens e uma mulher solicitaram uma corrida, na Praça Simão Fitermann, no Bairro São Caetano.

O taxista foi surpreendido ao chegar na Avenida Itajuípe, no Santo Antônio, quando os criminosos anunciaram o assalto e levaram o Corsa Classic, placa OLI-8957. Nenhum dos quatro envolvidos havia sido preso até o início desta manhã.

SUSPEITO DE ROUBAR MALOTE DA MIRASUL VOLTA A SER PRESO EM ITABUNA

Acusado de roubo de malote da Mirasul

Policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) em Itabuna prenderam no sábado (26), no bairro Nova Ferradas, Lucas Ferreira Santos, o “Luquinhas”, 22 anos. Ele foi detido em cumprimento de mandado de prisão pelo roubo do veículo usado pelos bandidos que levaram o malote com cerca R$ 100 mil da Mirasul, no bairro Santo Antônio, na tarde de segunda-feira (21).

O titular da DRFR, delegado Miguel Cicerelli, informou ao PIMENTA que Lucas Ferreira foi reconhecido pelo dono do Volkswagen Voyage, placa ODR-7834, de Vitória (ES), como um dos envolvidos no roubo do veículo, em Arataca. O outro suspeito é Wallas Souza Damasceno, de 29 anos, que também teria participado do roubo do malote da loja de ferro e aço em Itabuna.

O Voyage usado pelos criminosos foi localizado no bairro Nova Ferradas na terça-feira (22), um dia após o roubo do malote no Santo Antônio. Naquela data, Wallas Souza e Lucas Ferreira chegaram a ser conduzidos e ouvidos pelo delegado, mas liberados porque não foram reconhecidos por testemunhas.

FLAGRADOS PELAS CÂMARAS DE SEGURANÇA

O roubo do malote da empresa de ferro e aço foi registrado por câmeras de segurança. As imagens mostram os bandidos chegando ao local em um carro preto, três deles descem, um caminha em direção ao funcionário da loja e toma o malote de sua mão. O rapaz ainda tenta correr para a loja, mas é dominado e jogado no chão.

Segundo a polícia, pelo menos quatro homens participaram do roubo. O Voyage aprendido na semana passada numa garagem, na Travessa São José, no bairro Nova Ferradas, passará por  perícia para identificação dos demais acusados. Os bandidos teriam levado cerca de R$ 100 mil, além de documentos da loja.

O delegado Miguel Cicerelli informou ao PIMENTA que Lucas Ferreira tem várias passagens pela polícia por roubo e tráfico de drogas. Se condenado, ele poderá pegar até 17 anos de prisão. No sábado, o acusado foi detido na companhia de outros três comparsas. Com eles, os policiais apreenderam uma quantidade de cocaína e maconha.

BANDIDOS ROUBAM CARRO E CORTAM DEDOS DE TAXISTA EM SALVADOR

Taxista teve dedos da mão cortados por bandidos || Foto Correio24h

Mais um crime contra taxistas em Salvador assustou a categoria nesta terça-feira (1º), dia do Trabalhador. A vítima, que havia aceitado a corrida para transportar um casal – mãe e filho, afirmou que teve os dedos cortados pelo criminoso e o carro,um Prisma, roubado na Avenida Bonocô.

A dupla abordou o taxista no bairro do Comércio. O ataque ocorreu minutos depois, na região da Bonocô, quando o homem anunciou o assalto. Após a ação, os dois conseguiram fugir e a vítima foi encaminhada a uma unidade de saúde não divulgada. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do motorista. O carro, no entanto, já foi localizado pela polícia, no Morro do Gato, Barra.

Este é o 10º assalto, em um período de doze dias, que ocorre contra taxistas na capital baiana, segundo o presidente da Presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT), Ademilton Paim. Os assaltos aconteceram nas regiões do Aeroclube (Boca do Rio), Dois Leões, BR-324, Bonocô, além dos bairros de Valéria, Rio Vermelho e Centro. O último, no dia 24 de abril, aconteceu no Alto do Cabrito.

O motorista, Bruno Araújo, 36 anos, relatou os minutos de terror, quando precisou guiar o próprio táxi na mira de um revólver: “Quando olhei, tinha uma arma apontada para a minha cabeça. Já no Alto do Cabrito, eles levaram todos os meus pertences, mas continuaram no táxi, pedindo para que eu entrasse em várias ruas”. O caso será investigado pela Polícia Civil. Do Correio24h.

ASSALTANTES ROUBAM PASSAGEIROS E COBRADOR DE ÔNIBUS NA NOVA ITABUNA

Transporte coletivo é alvo de assaltantes em Itabuna || Foto Pimenta

Dois criminosos assaltaram um ônibus da Viação São Miguel que fazia a linha Centro-Ferradas na noite desta segunda-feira (23), por volta das 19h40min. Armados com uma faca, os criminosos começaram a render os passageiros quando o ônibus entre o Lomanto e a Nova Itabuna.

Um passageiro ouvido pelo PIMENTA relatou que a dupla de criminosos assaltou o cobrador e tomou dinheiro e celulares de, ao menos, cinco passageiros. Após assaltar os alvos mais fáceis dentro do ônibus, a dupla desceu no ponto do Campo Formoso, ao lado da Trifil.

O assalto, de acordo com registros, também teve a participação de uma mulher. Um dos criminosos usou bicicleta na fuga, conforme a Polícia Militar.

AGRESSÕES A PASSAGEIROS 

Este é o segundo assalto que ocorre no região da Nova Itabuna nos últimos dias. No sábado (21), três criminosos invadiram um ônibus da Viação Sorriso e fizeram a “limpa”. Eles agrediram um rapaz e uma moça e renderam cerca de 20 passageiros, descendo no Bairro Maria Matos, conhecido como Rua de Palha. Dos participantes do assalto, a polícia prendeu um maior e apreendeu um adolescente. Atualizado às 10h11min (24.04).

IRMÃ DE VEREADORA É EXECUTADA EM CASA NOTURNA DE GUANAMBI

Suzimaura foi executada dentro de casa noturna

Dois criminosos executaram Suzimaura Mesquita, a tiros, na noite deste domingo (22), em uma casa noturna no município de Guanambi. Natural de Palmas de Monte Alto, também no sudoeste baiano, Suzimaura era bastante conhecida na região da Terra do Algodão, segundo o Blog do Rodrigo Ferraz.

Os atiradores chegaram à casa noturna em uma mota. O carona desceu do veículo, entrou na casa noturna e atirou seis vezes contra a mulher. O corpo de Suzimaura foi encontrado despido.

Uma guarnição da Polícia Militar acionou o Departamento de Polícia Técnica. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi para ser necropsiado. Suzimaura era irmã da vereadora de Palmas de Monte Alto, Rosemaura Mesquita.

MOTOTAXISTA É EXECUTADO NA MANGABINHA

Mototaxista William foi executado a tiros na Mangabinha || Reprodução

O mototaxista William Xavier, de 19 anos, foi assassinado a tiros, nesta noite de terça-feira (17), na Mangabinha, em Itabuna. O crime ocorreu próximo às Casinhas e atraiu uma multidão ao local. A vítima sofreu, ao menos, seis tiros de pistola 380.

William trabalhava como mototaxista com o pai dele e participava de movimento da juventude católica. O corpo da vítima foi levado, há pouco, para o Departamento de Polícia Técnica.

Até agora, não há informações sobre os atiradores, mas as características do crime são de execução. Nada foi levado da vítima. A moto foi localizada a poucos metros do corpo.

unisa






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia