WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
unime


março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: ‘crime’

JABES CRITICA MP E DEFENDE EX-SECRETÁRIOS PRESOS NA OPERAÇÃO CITRUS

Jabes defende ex-secretários de seu governo (Foto Pimenta).

Jabes defende ex-secretários de seu governo (Foto Pimenta).

Do Blog do Gusmão

O ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP) concedeu entrevista na manhã desta quarta-feira (22) em Ilhéus ao radialista Gil Gomes, na Rádio Santa Cruz. Em pauta, a Operação Citrus, do Ministério Público do Estado da Bahia, que resultou na prisão de dois ex-secretários do governo anterior, Jamil Ocké e Kácio Brandão.

Ribeiro falou em defesa de Jamil e de Kácio. Segundo o ex-prefeito, ambos conseguirão provar inocência. Afirmou que conhece Jamil há mais de vinte anos, assim como toda a população de Ilhéus. Questionou se havia mesmo a necessidade da prisão temporária.

Também disse que não poderia se acovardar nesse momento. Revelou que as imagens de Jamil e Kácio algemados o atingiram profundamente. Prestou solidariedade aos dois e considerou o uso das algemas desnecessário. Em pelo menos dois momentos, chamou os ex-secretários de “companheiros”.

Em tom crítico, lembrou de episódios em que o Ministério Público se posicionou contra decisões do seu governo. Citou os casos da terceirização da saúde, quando o MP atuou em defesa do concurso de 2016, e da recomendação do órgão contra a distribuição de peixes.

Ao falar sobre as informações do Ministério Público a respeito da Operação Citrus, o ex-prefeito questionou por que o órgão não alertou a prefeitura sobre os indícios de malfeitos, já que a investigação começou em dezembro de 2015.

PROFESSOR É ASSASSINADO EM ITABUNA

Samarone foi executado dentro do próprio carro (Foto Reprodução).

Samarone foi executado dentro do próprio carro (Foto Reprodução).

O professor Samarone Rodrigues foi assassinado a tiros, no início da madrugada desta quinta (9), na Rua Ubaldo Dantas, no Banco Raso, próximo ao Fórum Desembargador Humberto Machado, da Justiça do Trabalho, em Itabuna. A vítima estava dentro do próprio carro, um Fiat Punto, quando levou dois tiros na cabeça.

A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar ao local, constatou que o professor estava morto. O corpo está no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Até o início desta manhã, ninguém havia sido preso.

A polícia trabalha até aqui com duas hipóteses. A primeira é de que o autor conhecia e se relacionava com a vítima. A outra aponta para latrocínio (morte seguida de roubo). A suspeita da polícia é de que o autor dos disparos estivesse dentro do carro, o que reforça a primeira hipótese, a de que o atirador conhecia a vítima.

FELIPE BARROS É CONDENADO PELA MORTE DE PERSONAL TRAINER

Após ouvir sentença, Felipe é levado para presídio.

Após ouvir sentença, Felipe é levado para presídio.

O júri do assassinato do personal trainer Lucas Sousa Dias foi encerrado exatamente às 22h40min desta terça (7), no salão do Fórum Ruy Barbosa, em Itabuna, com a condenação de Felipe Victor Barros a 18 anos de prisão. A pena deverá ser cumprida no Presídio de Itabuna.

Os jurados entenderam que Felipe foi o autor dos disparos que mataram Lucas. O crime ocorreu em 19 de setembro de 2014 em uma lanchonete no Bairro de Fátima.

O julgamento também resultou na detenção de quatro pessoas por falso testemunho, todas encaminhadas para o Complexo Policial. Uma delas disse que estava com Felipe em Ilhéus no momento do crime. Por meio de rastreamento, comprovou-se que a afirmação não era verdadeira.

Testemunhas confirmaram, no júri, que Felipe foi o autor dos disparos naquela noite de 19 de setembro. Lucas havia saído da academia e entrou no estabelecimento para lanchar. Os planos foram interrompidos por disparos fatais.

Embora alegasse não ter envolvimento no crime, Felipe fugiu de Itabuna. Acabou preso, dez dias depois, em São Paulo, numa operação que envolveu as polícias da Bahia e do estado de São Paulo.

Descobriu-se que o agora condenado havia cometido o homicídio por causa do envolvimento do personal trainer com a ex-companheira de Felipe Victor.

Ainda no salão do júri do Fórum Ruy Barbosa, Marcos Bandeira, advogado de Felipe, anunciou que irá recorrer da condenação do seu cliente. Presidido pela juíza Márcia Melgaço, o julgamento teve o promotor Rafael Lima Pithon na acusação.

Parentes de Lucas se emocionaram com o resultado do júri, que foi acompanhado pela mãe da vítima.

POLÍCIA DESVENDA ASSASSINATO DE PROFESSOR APOSENTADO NA BARRA

Jeferson foi preso e confessou crime.

Jeferson foi preso e confessou crime à polícia.

Delegado Ricardo Ribeiro pediu preventiva do acusado.

Delegado Ricardo Ribeiro pediu a prisão preventiva do acusado.

Um trabalho articulado entre as polícias civil e militar levou à elucidação da morte do professor aposentado Joaquim de Oliveira Souza, crime ocorrido nesta segunda-feira (6), e que chocou a população de Barra, no oeste da Bahia, região da 14ª Coorpin (sede em Irecê). De acordo com a investigação, o educador foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte).

O autor do crime foi Jeferson Santos da Silva, vulgo Jefinho, de 25 anos. A polícia chegou ao latrocida depois de obter informações de que ele mantinha relações íntimas com o aposentado em troca de dinheiro. Com o avanço das apurações, descobriu-se que Jeferson reclamava uma dívida de R$ 2 mil que a vítima teria com ele.

O suspeito acabou detido pela Polícia Militar e conduzido para a Delegacia Territorial de Barra, onde foi interrogado pelo delegado Ricardo Ribeiro e assumiu ter matado Joaquim. O crime, no entanto, foi de latrocínio, porque vários objetos – entre eles um aparelho de TV, um de DVD, receptor e botijão, além de diversas folhas de cheque – desapareceram da casa da vítima após o homicídio.

PRISÃO PREVENTIVA

No final da manhã de hoje (7), uma denúncia anônima recebida por uma guarnição do 4º Pelotão da PM, sediado na Barra, levou à localização de alguns dos objetos furtados, em poder de Carlos Henrique Barbosa da Silva, o “Culiê”, e Amando Dias Fidélis Neto, vulgo “Maluquinho”, que foram presos em flagrante pelo crime de receptação. O delegado Ricardo Ribeiro pediu a prisão preventiva de Jefinho à Vara Crime local, pelo latrocínio.

Joaquim de Oliveira Souza, que já foi diretor de esportes da Prefeitura da Barra, foi sepultado com grande acompanhamento na tarde desta terça-feira, no cemitério local.

POLICIAL CIVIL É MORTO EM ITAPARICA; ATIRADOR É IDENTIFICADO

Marcio foi vítima de bala perdida.

Marcio foi vítima de bala perdida.

O investigador da Polícia Civil Márcio de Jesus Santos, de 47 anos, foi morto a tiro, na madrugada desta quarta (1º), na Ilha de Itaparica, na Região Metropolitana de Salvador. O investigador acabou atingido por bala perdida, segundo a Secretaria de Segurança Pública. O disparo atingiu a região das costas de Márcio. Levado ao Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, o policial não resistiu aos ferimentos.

Márcio morava no Alto do Santo Antônio, em Itaparica. O crime ocorreu quando ele buscava a filha em uma festa. Ele e outras duas pessoas foram atingidas. As outras vítimas levaram tiros no abdôme e na mão, sendo socorridas no Hospital Geral de Itaparica.

Ainda segundo a Secretaria de Segurança Pública, o autor dos disparos havia discutido com uma das pessoas baleadas. Após a discussão, o atirador se dirigiu à residência e retornou, armado, efetuando os disparos.

O caso está com a 19ª Delegacia Territorial (DT/Itaparica), cujas esquipes fazem diligências na região para localizar o criminoso.

TRAFICANTE É EXECUTADO EM BUERAREMA

O traficante José Roberto Silva Sampaio, conhecido como Beto de Tereza, de 45 anos, foi executado no centro de Buerarema, nesta segunda (27). De acordo com a Polícia Militar, ele levou cinco tiros. Quatro atingiram a região do coração e um, o pescoço.

Beto chegou a ser levado para o Hospital de Base de Itabuna em uma ambulância, mas não resistiu aos ferimentos. O crime ocorreu em frente ao cemitério central. Segundo a PM, ele já havia sido preso por tráfico de drogas. Os autores dos disparos ainda não foram identificados.

POLÍCIA PRENDE SUSPEITO DE LIDERAR CHACINA EM PORTO SEGURO

"Du Reis" é apontado como líder da chacina.

“Du Reis” é apontado como líder da chacina.

A Polícia Civil prendeu, ontem (13), em Buerarema, no sul da Bahia, o homem suspeito de liderar a chacina que resultou em oito mortes em Porto Seguro, no último dia 5. Antônio dos Reis de Jesus, o Du Reis, 30 anos, foi encaminhado para a 1ª Delegacia da Polícia Civil em Porto Seguro.

A operação para prendê-lo envolveu as coordenadorias da Polícia Civil em Itabuna e Eunápolis, comandada pelo delegado Moisés Damasceno. De acordo com a coordenadoria regional da Polícia Civil em Eunápolis, havia dois mandados de prisão em aberto contra Du Reis.

Armas, munições, cerca de R$ 2,6 mil e mais de 600 gramas de cocaína, maconha e crack foram encontrados em um imóvel usado pelos autores da chacina.

PRESO NO BAIANÃO

Também como resultado da operação, a Polícia Civil prendeu Makis de Jesus Santos, de 18 anos, no Baianão, em Porto Seguro. Com ele, a polícia apreendeu quase 12 quilos de drogas, sendo nove quilos e meio de maconha, 439 gramas de cocaína e 832 gramas de crack.

Armas de uso restrito foram apreendidas no imóvel, além de extrato de contas bancárias e R$ 3.215,00 em espécie. A polícia suspeita que uma das armas apreendidas, uma pistola PT 938, foi usada pelos criminosos na chacina.

AS VÍTIMAS

A chacina ocorrida em Porto Seguro teve repercussão nacional. Das oito vítimas, quatro eram filhas de policiais. Os mortos foram identificados como Gabriel Lobo Fernandes, 22 anos, filho do falecido Policial Militar Sidinei dos Santos Fernandes, Igor Lelis dos Santos Santana, 20, filho do PM Josenilton dos Santos Santana, os irmãos Victor Cláudio do Nascimento Bispo, 20 anos, e Caio Felipe Nascimento Bispo, 17, filhos do Policial Civil Cláudio dos Santos Bispo.

Além deles, também foram mortos Vinicius Bispo dos Santos, que era cabo da Aeronáutica, os irmãos Gabriel de Jesus Feitosa, 25, e Leandro de Jesus Feitosa, 21, e Felipe Ricardo Lopes Borges, 27. Uma nona vítima sobreviveu e estava internada em estado grave no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro.

Mortos na chacina ocorrida na noite de domingo em Porto Seguro (Fotomontagem).

Mortos na chacina ocorrida na noite de domingo em Porto Seguro (Fotomontagem).

INTEGRANTES DA TORCIDA BAMOR FRAUDAVAM PROGRAMA DE SÓCIOS DO BAHIA

Pablo, Ricardo, Gilson, Jailson e Gabriel são acusados de fraudar programa sócio-torcedor do Esquadrão (Fotomontagem).

Pablo, Ricardo, Gilson, Jailson e Gabriel integram quadrilha (Fotomontagem).

Uma quadrilha que fraudava o programa de sócios do Esporte Clube Bahia foi desarticulada, nesta quinta-feira (9), em Salvador, por equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Polícia Civil. Foram presos Gabriel Pereira Silva, de 21 anos, Ricardo Henrique Almeida da Silva, 25, Pablo Rodrigo Barral dos Santos, 22, Gilson Silva de Almeida Junior, 22, e Jailson Conceição dos Santos Junior, 22.

Todos eles, segundo a polícia civil, integravam a torcida organizada Bamor e possuíam mandado de prisão temporária expedido pela Justiça, por organização criminosa e estelionato. Segundo o delegado Alexandre Narita, do Draco, o grupo aparecia nos arredores do estádio e até na casa dos torcedores com uma identificação falsa. “Eles ofereciam uma espécie de promoção para integrar o Esquadrão Torcedor, que é o clube de sócios do Bahia, e, com isso, possuir as vantagens de ser associado por um valor muito abaixo do real”, explicou o delegado.

O grupo utilizava cartões de crédito de pessoas desconhecidas para se cadastrar no clube, de modo online, e embolsava o valor pago pelo torcedor. Quando o dono do cartão percebia, solicitava o estorno da cobrança, mas o novo membro acabava permanecendo como sócio por um bom tempo. Ainda de acordo com Narita, cerca de 400 pessoas foram enganadas pela quadrilha.

A investigação, que durou cerca de seis meses, identificou também a participação de mais duas pessoas – Rodrigo Carvalho Teixeira, 25, e de Geovane Lima Silva, 23, este último integrante da torcida organizada Jovem do Galo, do Esporte Clube Treze, da Paraíba. Ambos possuem mandado de prisão em aberto. Todos os presos possuem passagem pela polícia por briga em estádios, sendo que Gilson também já foi preso por furto. Eles estão à disposição da Justiça.

JOVEM É ASSASSINADO NO JARDIM PRIMAVERA

O jovem Vitor Ferreira foi assassinado a tiros, nesta noite de terça (7), no Bairro Jardim Primavera, em Itabuna. O crime ocorreu em um campo de futebol.

Os disparos atingiram a cabeça do jovem. O atirador estava em uma moto, segundo testemunhas. Suspeita-se que a vítima tinha ligação com o tráfico de drogas.

POLÍCIA IDENTIFICA SUSPEITOS DE PROMOVER CHACINA EM PORTO SEGURO

Mortos na chacina ocorrida na noite de domingo em Porto Seguro (Fotomontagem).

Mortos na chacina ocorrida na noite de domingo em Porto Seguro (Fotomontagem).

Do Ibahia.com

A Polícia Civil em Porto Seguro já identificou os suspeitos pela morte de oito homens, incluindo quatro filhos de policiais, no município na noite de domingo (5). Uma nona vítima sobreviveu o ataque e segue internado em estado grave no Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães. Athos Moura foi baleado na cabeça.

Segundo o delegado Moisés Nunes Damasceno, titular da 23ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis), tanto a identificação quanto a motivação dos crimes não serão divulgados para não atrapalhar o andamento das investigações.

Equipes coordenadas por Damasceno trabalham agora na localização dos bandidos. “O sobrevivente segue entubado. Mas já ouvimos várias testemunhas e ainda faltam algumas com quem vamos conversar. Não achei nenhum registro criminal contra as vítimas”, disse o coordenador da 23ª Cooprin/Eunápolis.

Nesta segunda-feira (6), o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Porto Seguro), o major Anacleto Silva França, disse ao CORREIO que apenas duas pessoas eram alvos da chacina e que as demais foram mortas por conta “do descontrole”. O delegado Moisés Damasceno negou a versão.

MORTES
O crime aconteceu no bairro Porto Alegre I,  dentro de uma casa. Morreram na ação Gabriel Lobo Fernandes, 22 anos, filho do falecido Policial Militar Sidinei dos Santos Fernandes, Igor Lelis dos Santos Santana, 20, filho do PM Josenilton dos Santos Santana, os irmãos Victor Cláudio do Nascimento Bispo, 20 anos e Caio Felipe Nascimento Bispo, 17, filhos do Policial Civil Cláudio dos Santos Bispo.

Além deles, também foram mortos Vinicius Bispo dos Santos, que era cabo da Aeronáutica, os irmãos Gabriel de Jesus Feitosa, 25, e Leandro de Jesus Feitosa, 21, e Felipe Ricardo Lopes Borges, 27. Uma nona vítima sobreviveu e está internada em estado grave no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, lá mesmo em Porto Seguro.

ITACARÉ REGISTRA 5 HOMICÍDIOS EM 2017

Corpo de Anaildo foi encontrado numa estrada vicinal (Foto Taboquinhas Informa).

Corpo de Anaildo foi encontrado numa estrada vicinal (Foto Taboquinhas Informa).

A população de Itacaré, no sul da Bahia, está assustada com o avanço da criminalidade em um dos principais destinos turísticos do Estado. Ontem (5), o corpo do trabalhador rural Anaildo Chagas Ferreira foi encontrado em uma estrada vicinal na Região dos Cuiudos, a cerca de 5 quilômetros de Taboquinhas, distrito de Itacaré.

A vítima foi morta a tiros. Segundo relatos, a vítima foi fazer feira em Taboquinhas, no sábado, e retornou para casa no final do dia. Populares encontraram o corpo de Anaildo por volta das 5h da manhã de ontem (5), de acordo com o site Taboquinhas Informa.

O município alcançou 5 homicídios em 2016, segundo a polícia. Ainda não se sabe a motivação para o crime ocorrido ontem.

DUPLA ROUBA CARRO E FAZ MOTORISTA REFÉM NO ZILDOLÂNDIA

Carro roubado no Zildolândia e

Carro roubado no Zildolândia e o assaltante Paulo Sérgio, preso pela PM.

Dois assaltantes roubaram um carro e fizeram o motorista refém, nesta terça (31), no Bairro Zildolândia, em Itabuna. O crime ocorreu por volta das 9h30min, quando a vítima foi rendida pelos criminosos e levada no veículo, um Volkswagen Gol.

Os assaltantes liberaram o dono do Gol na região do Serrado, às margens da BR-101, e seguiram em direção a Buerarema. Um policial, que estava de folga, avisou colegas que estavam de plantão. O veículo foi localizado pelo cabo Luciano Silva e o soldado Ricardo Valadares, durante ronda da PM na região central de Buerarema.

Um dos assaltantes tem apenas 16 anos, morador do Pontalzinho, em Itabuna. O outro, Paulo Sérgio da Conceição Souza, reside em Ilhéus. Com eles, a polícia apreendeu um revólver. Os dois foram encaminhados para o Complexo Policial de Itabuna.

JUSTIÇA PROLONGA DOR DE FAMILIARES DE PROFESSORA ASSASSINADA EM ITABUNA

Grávida, Rayluciene foi morta dentro de casa.

Grávida, Rayluciene foi morta dentro de casa.

Familiares e amigos de Rayluciene Castro Nery convivem há oito anos com a dor da perda – e a impunidade. A professora foi morta na tarde de 25 de janeiro de 2009, no Bairro Alto Mirante, em Itabuna, dentro da própria casa, grávida de 4 meses.

O marido, Everaldo Marques, então com 27 anos, havia deixado a residência para, supostamente, comprar pão. As investigações da Polícia Civil apontaram para Everaldo como autor do crime. Rayluciene levou um tiro no rosto.

O marido  da professora passou a morar em Ipiaú logo após o crime. O acusado alega que saiu para comprar pão e, ao voltar, encontrou a esposa morta. A polícia desconstruiu a versão, pois, de acordo com as investigações, não havia sinais de arrombamento na residência – nem evidências de que se tratasse de um caso de latrocínio.

À polícia, Everaldo disse ter trancado o portão da casa e levado as chaves do cadeado, quando saiu à padaria. Os dois estavam casados há cerca de dois anos.

JÚRI SUSPENSO HÁ 6 ANOS

Everaldo é acusado da morte de Rayluciene.

Everaldo: acusado.

Já em 2011, a justiça decidiu que Everaldo Marques seria levado a júri popular em Itabuna. A defesa do acusado recorreu ao Tribunal de Justiça da Bahia e conseguiu suspender o julgamento. Seis anos depois da decisão do TJ baiano, a família de Rayluciene ainda aguarda um desfecho para o caso.

A Justiça tarda e prolonga uma dor que começou naquele janeiro de 2009 e aumentou ainda mais no início deste ano. A família recebeu informação de que o caso está sem juiz que o analise e tome as decisões necessárias para encaminhar o julgamento. Várias varas da Comarca de Itabuna contam apenas com juízes substitutos.

EX-PREFEITO DE PAU BRASIL É EXECUTADO

Ex-prefeito de Pau Brasil foi assassinado em Camacan.

Ex-prefeito de Pau Brasil foi assassinado em Camacan.

Marcos Rocha, empresário e ex-prefeito de Pau Brasil, foi assassinado a tiros, na manhã desta terça (24), em Camacan. Populares ainda levaram Rocha para a Fundação Hospitalar de Camacan, mas ele já estava sem vida. O ex-prefeito de Pau Brasil foi morto com três tiros na cabeça.

O corpo do empresário deverá ser encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna, segundo o Políticos do Sul da Bahia. Rocha é irmão do ex-prefeito de Pau Brasil, Dr. Alberto (PDT), que governou o município no período 2013-2016.

O político e empresário foi acusado de ser um dos mandantes do assassinato do vereador Valderlins Pinheiro Matos, “Pinho”, em 1º de fevereiro de 2012. Linho presidia a Câmara à época (relembre aqui).

Marcos chegou a ser preso, cinco meses depois, pela morte do vereador. Morto nesta terça, o empresário assumiu a gestão em Pau Brasil em 1992, quando o prefeito Acácio Cardoso foi assassinado a tiros. A polícia suspeitou da participação do então vice no crime.

PF INVESTIGA FURTO NO MUSEU IMPERIAL E CUMPRE MANDADOS NA BAHIA

Peças foram furtadas do Museu Imperial (Foto Divulgação).

Peças foram furtadas do Museu Imperial (Foto Divulgação).

A Polícia Federal deflagrou hoje (18) a Operação Antiquários, que investiga o furto de obras de arte pertencentes ao Museu Imperial, no Rio de Janeiro. Policiais cumprem três mandados de busca e apreensão nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia.

A polícia busca localizar as peças e aprofundar as investigações do crime de furto qualificado. Os mandados foram expedidos pela 6º Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

No ano de 1999, houve uma doação por escritura pública de um imóvel e de aproximadamente 4.000 obras ao Museu Imperial. As investigações do inquérito policial apontam que, no ano de 2014, parentes dos próprios doadores possam ter se aproveitado dessa condição para subtrair diversos itens doados, antes da incorporação definitiva das peças ao acervo do Museu e, após o falecimento do último doador, que permanecia com a propriedade dos bens na condição de usufrutuário.

As investigações contam com o apoio do próprio Museu Imperial. As obras subtraídas encontravam-se na Casa Geyer, no Cosme Velho. Suspeita-se que os investigados faziam de suas residências e escritórios, galerias privadas com o acervo desviado.
As penas do furto qualificado podem chegar a 8 anos de reclusão e multa.

LADRÕES “BATEM PONTO” NO CASTÁLIA

violencia1Assaltantes continuam a fazer do bairro Castália, em Itabuna, um de seus locais preferidos para atacar. Na rua Major Dórea e travessa Henrique Alves, os bandidos agem praticamente todos os dias e normalmente bem cedo, entre 6h30 e 7h30 da manhã. As vítimas quase sempre são mulheres.

Um dos larápios que batem ponto nesse trecho usa uma moto vermelha e costuma intimidar as vítimas apontando com a mão por baixo da camisa, como se estivesse com uma arma. Moradores dizem que os ladrões têm preferido agir durante o dia, já que à noite há vigilância privada e a polícia costuma fazer rondas.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia