WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘CUT’

VOX POPULI: HADDAD LIDERA DISPUTA PRESIDENCIAL QUANDO NOME É ASSOCIADO A LULA

Haddad tem recorrido à imagem de Lula para convencer eleitorado || Foto Ricardo Stuckert

Uma pesquisa do Instituto Vox Populi, encomendada pela CUT, mostra o petista Fernando Haddad liderando a corrida presidencial, quatro pontos percentuais à frente de Jair Bolsonaro (PSL), quando associado ao ex-presidente Lula. O levantamento foi divulgado nesta quinta (13), dois dias depois de Haddad ser anunciado como o candidato do PT. O presidenciável visitará a Bahia no próximo sábado (15), quando deverá fazer caminhadas em Vitória da Conquista e Jequié, ambos no sudoeste do Estado.

Haddad chega a 22% das intenções de voto quando colocado como apoiado por Lula, enquanto Bolsonaro atinge 18%. Terceiro, Ciro Gomes (PDT) atinge 10% neste cenário, enquanto Marina Silva (Rede) vai a 5% e Geraldo Alckmin (PSDB) atinge 4%. Os demais candidatos, somados, atingem 5%, conforme o instituto. O percentual de brancos e nulos chega a 21% e o de indecisos 16%.

A pesquisa ouviu 2.000 eleitores em 121 municípios, no período de 7 a 11 de setembro, segundo o Vox Populi, e tem margem de erro de 2 pontos percentuais. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01669/2018.

TRABALHADORES FECHAM BR-101 EM ITABUNA

protestoSindicalistas e estudantes interditaram a BR-101, em Itabuna, nesta terça-feira (10), num  protesto contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. A manifestação foi organizada pela Frente Brasil Popular, juntamente com a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), sindicatos e a União da Juventude Socialista (UJS). A rodovia ficou interditada por três horas: das 6 às 9 da manhã.

Além de protestar contra o impedimento da presidente, os trabalhadores atacaram o Projeto de Lei 257/2016, que estabelece o Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal e medidas de estímulo ao reequilíbrio fiscal. A proposta impõe restrições aos Estados, principalmente a redução de gastos com pessoal.

Para o vereador e presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, Jairo Araújo (PCdoB), está em curso um golpe contra os trabalhadores. “Querem acabar com os direitos da classe trabalhadora, não podemos permitir que Temer assuma e implemente seu projeto de ataque às conquistas trabalhistas”, disse ele.

As mobilizações de trabalhadores contra o impeachment acontecem hoje em cinco Estados e em Brasília.

PROTESTO CONTRA PL DA TERCEIRIZAÇÃO

Manifestação da CTB e da CUT travou o trânsito no centro de Itabuna.

Manifestação da CTB e da CUT travou o trânsito no centro de Itabuna.

Sindicatos filiados à Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e à Central Única dos Trabalhadores (CUT) de Itabuna realizaram uma série de manifestações, nesta sexta-feira (29), para marcar o Dia Nacional de Paralisação e Manifestações.  O principal foco dos protestos foi o Projeto de Lei da Terceirização, além da revogação as Medidas Provisórias 664 e 665.

Por volta de 4h, foram realizadas manifestações nas fábricas da Penalty e Trifil, seguido de atos na Adei (Administração dos Estádios de Itabuna) e Codeti (Central Operacional de Transporte), órgãos da Prefeitura Municipal de Itabuna.

Os protestos foram encerrados com uma grande manifestação no centro de Itabuna. Os trabalhadores fizeram barreiras humanas, bloqueando o acesso à Ponte do Marabá. O ato teve duração de duas horas.

Impedidos de trafegar, os motoristas dos ônibus desceram dos veículos e se juntaram aos manifestantes. O Sindicato dos Rodoviários é filiado à Força Sindical, que apoia o projeto de terceirização, e não participou das manifestações das centrais em Itabuna. Os bancos aderiram à paralisação e só retornaram as atividades às 13 horas.

Apesar de ligados à Força Sindical, Rodoviários aderiram à manifestação de outras centrais.

Apesar de ligados à Força Sindical, Rodoviários aderiram à manifestação de outras centrais.

PARALISAÇÃO NACIONAL

:: LEIA MAIS »

REDE BAHIA É UM DOS ALVOS DE PROTESTO DAS CENTRAIS SINDICAIS EM SALVADOR

Os ônibus urbanos e interurbanos não circularão em Salvador, no Dia Nacional de Luta, próxima quinta-feira (11), das 4h às 8h30min. As rodovias federais e estaduais também serão bloqueadas pelos manifestantes.

A partir das 11h, haverá concentração no Campo Grande e, às 15h, caminhada até a Praça da Sé. Ainda pela manhã, haverá um protesto pela “Democratização da Comunicação”. Este ato será em frente à TV Bahia, afiliada da Rede Globo.

A manifestação é convocada pelas centrais sindicais CUT, Força e CTB. Na pauta de reivindicações, dentre outros itens, 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação, 10% do Orçamento da União para a saúde.

A pauta ainda inclui redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, fim do Fator Previdenciário, reforma agrária, suspensão dos leilões do petróleo e transporte público de qualidade.

PROTESTOS EM ITABUNA

Além de Salvador, haverá protestos em quase todo o país. Em Itabuna, o ato principal será no centro da cidade. Às 14h, movimentos sociais começam a concentração no Jardim do Ó. A passeata está prevista para as 15h, tendo como percurso a Avenida do Cinquentenário e encerramento na Praça Adami. Marival Guedes, de Salvador.

CRIAÇÃO DE SINDICATO VIRA CASO DE POLÍCIA

Polícia usa microfone para tentar acalmar os ânimos entre sindicalistas.

A tentativa de membros da Central Única dos Trabalhadores (CUT) de criar um sindicato regional exclusivo para servidores municipais da área da Saúde acabou em guerra, hoje, em Itabuna. Homens e viaturas da Polícia Militar foram acionadas para acalmar os ânimos entre os membros do SindservSaúde e representantes da CTB e Força Sindical.

Os defensores da criação do sindicato regional de servidores municipais da área da saúde marcaram assembleia para as 13h na sede do Sindicato dos Servidores Federais (Sintsef), na rua Floriano Peixoto.

A CTB e a Força Sindical se uniram para “melar” a assembleia. Sindicalistas das duas centrais acamparam antes da assembleia na porta do Sintsef. Parte deles invadiu a sede da entidade. A polícia militar foi acionada e conseguiu evitar o pior.

Servidora municipal, Maria das Graças Souza defende a criação do SindservSaúde e afirma que foi ameaçada durante a guerra entre membros das três centrais sindicais.

Membros da CTB e da Força Sindical dizem que a criação do SindservSaúde tem apenas objetivos políticos. Já os defensores do sindicato afirmam que os sindicatos de servidores municipais, como o Sindserv Itabuna, atendem a várias categorias dentro da área pública e não conseguem se ajustar às demandas específicas dos profissionais em saúde.

A votação estava marcada para as 13h. Os sindicalistas “invasores” acabaram realizando votação sem a presença dos idealizadores da nova entidade. E, coincidência!, o Sindserv Saúde foi rejeitado pela maioria da assembleia.

Atualizado às 23h50min

FORMAÇÃO SINDICAL

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) promove neste sábado e domingo (10 e 11) o terceiro módulo do curso de formação sindical. A abertura do seminário será ás 9h deste sábado, no Tarik Plaza Hotel (Beira-Rio), em Itabuna.

O evento reunirá nomes como Manoel Messias do Vale, da Executiva-Nacional da CUT, e Martiniano Costa. João Evangelista, da CUT-BA, diz que o objetivo é promover atualização dos sindicalistas e formar novos líderes. O seminário é aberto a todos os sindicatos da base da CUT.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia