WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba








junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘DEM’

SALVADOR: VOX POPULI/BAND MOSTRA EMPATE ENTRE ACM NETO E PELEGRINO

ACM Neto e Pelegrino estão empatados (Montagem Google).

– NETO CAIU 8 PONTOS E PELEGRINO SUBIU 11

A mais nova pesquisa Vox Populi/Band revela queda acentuada de ACM Neto(DEM) e subida de Nelson Pelegrino (PT). Neto caiu de 41% para 33% das intenções de voto e Pelegrino pulou de 18% para 29%, configurando empate técnico. A pesquisa tem margem de erro de 2,5 pontos percentuais.

Mário Kertész (PMDB) aparece em terceiro com 7% e Márcio Marinho (PRB) permanece com 4%. Da Luz (PRTB) e Hamilton Assis (PSOL) têm 1% cada.

O número de votos brancos e nulos é de 12% e o universo dos que não souberam ou não responderam atinge 13%. A pesquisa foi feita de 21 a 23 de setembro e ouviu 1,5 mil eleitores soteropolitanos.

Na modalidade espontânea, ACM Neto aparece com 30% ante 27% de Pelegrino. Kertész soma 6% e é seguido por Márcio Marinho (3%), Da Luz (1%) e Hamilton Assis (1%).

O número de votos brancos e nulos atinge 14%. Os que não souberam responder são 18%.

A pesquisa ainda aferiu o percentual de rejeição de cada candidato. ACM Neto viu a rejeição dele aumentar de 18% para 25%. Pelegrino saltou de 20% para 21%.

Da Luiz saiu de 16% para 18% de rejeição. Kertész é rejeitado agora por 9% contra 12% na pesquisa do final de agosto. Chega a 10% o percentual dos que admitem que não votarão em nenhum dos nomes postos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) sob o protocolo BA-00211/2012

SURFISTA AZUL NA CINQUENTENÁRIO

Surfista “tirando onda” na Praia de Oduque.

O prefeito e candidato à reeleição, Capitão Azevedo (DEM), fez caminhada na Avenida do Cinquentenário hoje à tarde e reuniu tipos engraçados no ato político.

Havia casal de democratas zombando de um clone de Juçara Feitosa bem na porta do comitê da petista na avenida – e um “surfista” pegando uma onda em plena Cinquentenário. Era a onda azul, dizia o “Homem Azul”.

O personagem Raimundo Gautão, do Alerta Total, da TV Cabrália, também foi “surfar” na principal avenida do comércio itabunense.

A caminhada de Azevedo abriu grandes eventos da reta final das campanha eleitorais. Na próxima sexta, 21, Juçara Feitosa promove passeata na mesma avenida, às 15h. No sábado, às 10h, Vane do Renascer (PRB) promove carreata, saindo da Vila Olímpica.

Caminhada de Azevedo movimentou centro da cidade puxada por 2 trios elétricos (Foto Pimenta).

JUTAHY VÊ DISPUTA ENTRE AZEVEDO E VANE E DIZ QUE PT ERRA AO NACIONALIZAR ELEIÇÕES

O deputado federal Jutahy Júnior circulou neste final de semana no sul da Bahia em atividades de apoio a candidaturas do arco de alianças do PSDB. Ontem à noite, o parlamentar falou do mensalões do PT e do PSDB mineiro (claro, diferenciando-os), eleições de 2014 e fez avaliação das disputas eleitorais em Ilhéus e Itabuna.

Jutahy vê corrida acirrada pelo voto em Itabuna sendo travada entre o prefeito e candidato à reeleição, Capitão Azevedo (DEM), que tem apoio do PSDB, e Claudevane Leite, Vane do Renascer (PRB).

Para ele, o cenário em Itabuna ficará mais nítido quando o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) liberar o registro de candidatura de Azevedo, barrado em primeira instância por irregularidades insanáveis em licitações e contratos nos anos de 2009 e 2010.

Jutahy disse que, no geral, o PSDB acertou ao abrir mão de candidaturas próprias a prefeito nos grandes municípios baianos em favor de aliados mais viáveis eleitoralmente, a exemplo de Azevedo em Itabuna. E critica a estratégia petista de nacionalizar a disputa de 2012.

PIMENTA – O PSDB, taticamente, agiu certo ao abrir mão de ter candidaturas próprias a prefeito nos principais municípios da Bahia?

JUTAHY JÚNIOR – A estratégia foi exatamente essa: fortalecer as candidaturas aliadas mais viáveis. Mesmo onde abrimos mão, temos chapas fortes para vereador. Esperamos fazer três vereadores em Itabuna, onde tínhamos nome respeitado para disputar a prefeitura, Ronald Kalid. No geral, nossa estratégia é inversa à do PT, que preferiu nacionalizar as campanhas com o “time” de Lula, Dilma e Wagner.

A estratégia do PT é errada?

O PT cometeu maior equívoco. A [estratégia] é completamente furada. Impuseram candidaturas artificiais, esqueceram de propostas com identidades nas cidades. Achava que só o marketing político era suficiente. Mas é indiscutível que houve desgaste do PT com o mensalão. A imagem foi atingida. Somou-se ao erro de estratégia nacionalizada o mensalão.

No plano nacional, o PSDB lidera em duas capitais, mas não aquelas de grande expressão. As estratégias tucanas também não têm sido equivocadas?

Lideramos em Macéio (AL), Teresina (PI), Vitória-ES, Rio Branco (AC) e São Luís (MA).

O que está acontecendo em São Paulo, com José Serra?

A luta é levar o Serra para o segundo turno. E acho que isso é muito provável, que chegue ao segundo turno.

______________

Na cidade de São Paulo, tem quem o quer, mas também tem o petista e quem é próximo ao PT que tem em Serra o antagonista.

 ______________

Mas ele, segundo as pesquisas, tem rejeição superior a 40%. Como se explica essa rejeição?

Serra foi candidato tendo embates muito fortes. Foi para o segundo turno contra a Dilma em 2010. Foi contra Marta Suplicy em 2004, na disputa pela prefeitura. Na cidade de São Paulo, tem quem o quer, mas também tem o petista e quem é próximo ao PT que tem em Serra o antagonista. Tem o que vota e o que não vota nele. A campanha, dessa vez, é acirrada. É impositiva do Lula no apoio a [Fernando] Haddad. Dilma, também [apoia].

Qual a análise do senhor quanto às disputas em Itabuna e Ilhéus?

A questão de Ilhéus eu não tive participação. Estou mais envolvido com os vereadores. [Os deputados] Imbassahy e Augusto Castro que definiram [apoio a Jabes Ribeiro, do PP]. Já em Itabuna, eu participei diretamente na decisão, no convencimento do diretório municipal, de fazer essa aliança.

E a disputa em Itabuna, que cenário o senhor enxerga?

Em Itabuna, é disputa que ainda está em aberto. Acho que a eleição vai ser entre o Capitão [Azevedo] e Vane. Mas na hora que sair o registro [de Azevedo], teremos cenário mais nítido. Existem muitos eleitores indecisos.

______________

Em Itabuna, estamos muito otimistas [quanto à disputa no legislativo], esperamos fazer três vereadores do PSDB.

______________

Mas as sondagens revelam o contrário: o percentual de indecisos é muito baixo.

Acho que [a disputa] vai ser entre Azevedo e Vane, com boas perspectivas para o capitão. Em Itabuna, estamos muito otimistas [quanto à disputa no legislativo], esperamos fazer três vereadores do PSDB.

Como o PSDB sai das urnas na Bahia?

As projeções são razoáveis no quantitativo. No sentido político, será positivo.  Temos o vice em Conquista, abrimos mão em Salvador e em Camaçari [onde o partido renunciou em apoio a Maurício de Tude, do PTN]. Nossa estratégia foi apoiar, eleger prefeitos eficientes para pensar em 2014. O trabalho [de alianças] que o Augusto tem feito ajudou o PSDB a expandir muito aqui na região sul.

O senhor falou de Itabuna. E Ilhéus?

Jabes é favorito. Isso é indiscutível.

:: LEIA MAIS »

SALVADOR: IMBASSAHY DESCE DO MURO

O tucano Imbassahy anunciará apoio a ACM Neto.

Os resultados da última pesquisa Ibope/Rede Bahia levaram o ex-prefeito de Salvador, Antonio Imbassahy (PSDB), a descer do muro e anunciar apoio à candidatura de ACM Neto (DEM). Ontem, o Ibope mostrou salto de 11 pontos de Nelson Pelegrino (PT), que saiu de 16% para 27% ante os 39% de Neto (em 24 de agosto era 40%).

O anúncio de apoio do tucano a ACM Neto será feito em coletiva à imprensa nesta sexta, às 15h, no Hotel Fiesta. O apoio é tratado pela assessoria do prefeiturável como “de grande relevância para a campanha do democrata”.

VÍDEO: GEDDEL DIZ QUE AZEVEDO TEM APOIO FEDERAL

O ex-ministro e hoje vice-presidente Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima, apareceu em dois dos programas eleitorais de Capitão Azevedo (DEM) para reforçar o apoio peemedebista ao candidato à reeleição em Itabuna. O presidente de honra do PMDB baiano afirma que Azevedo tem apoio de seis ministros e do vice-presidente da República, Michel Temer.

Geddel lembra da obra liberada para Itabuna quando ele ainda era ministro, em 2009, e que ainda não foi concluída, a reurbanização da Avenida Amélia Amado e cobertura do Canal Lava-Pés. E, como sempre faz com gosto, aproveita para desferir uns golpes certeiros em Jaques Wagner (PT) ao falar das áreas de saúde e segurança pública.

DEM TURBINA ACM NETO

ACM Neto: descolado dos adversários, democrata é turbinado com R$ 750 mil para campanha.

Os números das doações dos partidos às principais campanhas no País revelam que o DEM privilegia o candidato a prefeito de Salvador, ACM Neto.

O “baixinho” abiscoitou R$ 750 mil do diretório nacional do partido, conforme a primeira parcial das prestações de contas as quais os candidatos são obrigados a fazer.

Por enquanto, ACM Neto lidera com folga a disputa em Salvador: 40% das intenções de voto ante 16% do segundo colocado, o petista Nelso Pelegrino, e 8% de Mário Kertész (PMDB), conforme pesquisa do Ibope feita de 19 a 24 deste mês.

VANE E JAIRO ARAÚJO SÃO VÍTIMAS DE ARMAÇÃO POLÍTICA

Moradores interditaram rua abandonada pela gestão municipal.

Moradores do São Roque e da Caixa D´Água precisaram interferir para evitar o pior, hoje à tarde, durante a caminhada do prefeito e candidato à reeleição Capitão Azevedo (DEM). Os moradores da Rua José Alves Franco recorreram ao dono de um carro de som para realizar protesto contra o abandono da via de acesso ao São Roque, no final da avenida Ilhéus.

Era o segundo protesto (confira o primeiro aqui). Eles se queixam que a prefeitura fechou os olhos para o buraco, a lama e a escuridão no local.

O secretário de Indústria e Comércio, Carlos Veloso Leahy, tentou obrigar os moradores a encerrar a manifestação  para que o prefeito passasse com a caminhada. Houve reação e o secretário reteve o carro de som e chamou agentes da Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna (Setran) para que apreendessem o veículo, um VW Gol, preto.

A confusão terminou quando uma viatura da Polícia Militar foi acionada pelos manifestantes, que temiam ações ainda mais violentas do secretário e de membros do governo. Os policiais militares conferiram a documentação e a licença do veículo e afirmaram que estava tudo legal, não havendo motivo para apreender o VW Gol. 

— Post Atualizado e dando a questão como encerrada!

E AÍ, AZULOU?

O blog Políticos do Sul da Bahia flagrou o cantor Kocó, candidato a vereador pelo PT, na caminhada de Capitão Azevedo, ontem, no Conceição. A prova material do “crime” é o registro fotográfico em que o músico aparece com praguinha e tudo do candidato à reeleição. Kocó diz que continua apoiando Juçara Feitosa e algum espertinho pregou o adesivo no seu (o dele!) peito. Confira aqui o imbróglio.

O fato está sendo explorado largamente pelos azevedistas nas redes sociais.

FRITADA PELO PMDB, LENINHA APOIARÁ VANE

Leninha apoiará Vane do Renascer.

A empresária Leninha Alcântara participará de ato em que anuncia, oficialmente, apoio ao candidato a prefeito de Itabuna pelo PRB, Claudevane Leite (Vane do Renascer). O ato está programado para as 19h desta quinta-feira, 16, no comitê central da campanha de Vane, na avenida Princesa Isabel, Banco Raso.

A empresária sonhava disputar a sucessão de 2012. Para isso, saiu do PPS e ingressou no PMDB, imaginando que ganharia mais musculatura eleitoral em um partido de maior expressão e – claro! – tempo de rádio e TV. O que se viu depois foi um samba em que tanto ela como os demais peemedebistas pretendentes (Edmilton Carneiro, Ruy Corrêa e Maruse Xavier) dançaram.

O partido retirou todos os nomes da disputa e ressuscitou o ex-deputado Renato Costa, hoje integrando a vice na chapa de Capitão Azevedo (DEM). Leninha pediu a terceiros para entregar a carta de desfiliação do PMDB em junho (relembre). Até o início desta semana, ela dizia que iria manter-se distante da sucessão.

A empresária acabou anunciando o apoio a Vane e entrou de cabeça na campanha. Nas redes sociais, circula um vídeo em que ela cita as razões que a levaram a entrar de cabeça na disputa (veja aqui).

JUÇARA CUTUCA AZEVEDO

Juçara lembra “batida” policial na gestão de Azevedo.

A prefeiturável Juçara Feitosa (PT) considerou vergonhoso para o município a “batida” que Polícia, Justiça e Ministério Público deram na prefeitura, na última quarta, 8, em cumprimento a mandado de apreensão de decretos assinados pelo prefeito Capitão Azevedo (DEM).

– Administração pública não é negócio privado e não pode servir para negociatas entre compadres – disse, numa referência ao decreto de reversão assinado pelo prefeito Capitão Azevedo em benefício do amigo e apoiador político Fernando Gomes, que recebe de volta o terreno doado para construção do centro de convenções e do teatro no loteamento Nossa Senhora das Graças.

Há mais de 15 dias que o governo municipal não publica os atos administrativos no Diário Oficial impresso ou online. O Ministério Público estadual desconfiou do negócio e solicitou da Justiça mandado para averiguar o que o prefeito tem ocultado dos cidadãos.

Quanto ao decreto de reversão, a assessoria do prefeito sustenta que Azevedo agiu de forma legal, seguindo parecer da procuradora-geral do Município, Juliana Burgos. A reversão, no entanto, ocorreu após o estado ter investido R$ 17 milhões, segundo o promotor público Inocêncio Carvalho.

FERNANDO PODE SUBSTITUIR AZEVEDO

Azevedo olha para Fernando, o Plano B da coligação (Foto Pimenta/Arquivo).

Cresceu nas últimas horas as especulações em torno do nome do ex-prefeito Fernando Gomes, hoje no PMDB, como substituto da candidatura de Capitão Azevedo (DEM). O prefeito-candidato recebeu informação não muito boa, vinda da Justiça Eleitoral, hoje, em pleno aniversário de Itabuna.

O inteiro teor da decisão judicial será conhecido somente nesta manhã de domingo, 29, ou – no mais tardar – na próxima segunda. Sobre o caso, o Ministério Público Eleitoral já havia impugnado a candidatura de Azevedo por causa das contas rejeitadas nos exercícios de 2009 e 2010.

AGENDA DOS CANDIDATOS (28/07)

Capitão Azevedo (DEM) tem compromisso oficial e gravação de programa hoje.

Capitão Azevedo (DEM)

14h – Gravação para o horário eleitoral.

Zé Roberto (PSTU)

8h – Visita ao Centro Comercial
14h – Reunião com membros do partido

Os demais candidatos não informaram agenda.
@redacao@pimentanamuqueca.com.br

PAPAGAIO DE PIRATA

Candidato a vice-prefeito na chapa de Capitão Mudinho (DEM), o médico e ex-deputado Renato Costa (PMDB) ganhou o apelido de papagaio de pirata. Tudo porque, no material de campanha, ele não aparece ao lado, mas atrás do capitão.

E, para completar, ainda veste camisa verde.

AZEVEDO FAZ “CORPO A CORPO” NO CENTRO

O prefeito e candidato à reeleição Capitão Azevedo (DEM) promove primeira atividade de rua da campanha em 2012. Acompanhado do candidato a vice, Renato Costa, fará corpo a corpo na Avenida do Cinquentenário, neste sábado, às 8h30min.

Azevedo está em coligação composta por 11 partidos (PMDB, PSDB e PR são alguns deles) e 208 candidatos a vereador. Ele será o segundo dos candidatos a participar de atividade na avenida. Nesta semana, Vane do Renascer (PRB) também fez o tradicional “corpo a corpo” na Cinquentenário, principal termômetro de campanha política em Itabuna.

MP E COLIGAÇÃO DE VANE PEDEM IMPUGNAÇÃO DA CANDIDATURA DE AZEVEDO

A coligação do candidato a prefeito Vane do Renascer (PRB) entrou com pedido de impugnação da candidatura à reeleição do prefeito Capitão Azevedo (DEM).

No pedido, a coligação lembra que o prefeito teve duas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e também assumiu o governo no período em que era vice de Fernando Gomes. 

Já o Ministério Público estadual, entrou com pedido de impugnação contra Azevedo pelo fato do prefeito constar na relação de gestores com contas rejeitadas pelo TCM.

TRE LIBERA TUCANO ACUSADO DE TRAIÇÃO

Tuíca tá liberado pelo TRE.

O vereador Antônio Oliveira Matos, de Presidente Tancredo Neves, após seis mandatos consecutivos, quase fica fora da disputa deste ano. Era acusado de infidelidade partidária: deixou o DEM para abrigar-se no ninho do PSDB.

Tuíca, como é conhecido, foi salvo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pelo advogado Frederico Matos.

Frederico sustentou que a “traição” se dava pelo lado do partido, o DEM, que abandonou o cliente. Os juízes seguiram acataram os argumentos da defesa e Tuíca está livre para disputar o… sétimo mandato.

CAMPANHAS VÃO CUSTAR (SÓ?) R$ 5,4 MILHÕES

A previsão de marqueteiros experientes aponta que somente a campanha eletrônica (rádio e televisão) em Itabuna custará –  não menos que – R$ 1 milhão em 2012.

O montante, claro, é o necessário para cobrir despesas de candidatos que possuem maior tempo no horário eleitoral na televisão e no rádio e exigem maior estrutura (contratação de produtora, estúdio, logística, produtores, cinegrafistas, repórteres, apresentadores…).

Mas se o leitor-eleitor acredita em Papai Noel… Em Itabuna, a previsão de gastos em toda a campanha dá exatos R$ 5.425.000.00. Não é pouca grana, mas a realidade aponta para gastos ainda (e bem) maiores.

Vane do Renascer (PRB) fez previsão de gastos de R$ 2 milhões em sua campanha. Juçara Feitosa (PT) pretende gastar a mesma quantia. Já o prefeito Capitão Azevedo (DEM), que terá praticamente metade do horário eleitoral na TV e no rádio, informou previsão de gastos de R$ 900 mil.

Zem Costa (PSOL) definiu em R$ 500 mil o teto de gastos. Zé Roberto (PSTU) prevê R$ 15 mil e Pedro Eliodório (PCB) deverá gastar R$ 10 mil.

SUCESSÃO, PARTIDOS E CANDIDATOS

Marco Wense

Em Itabuna, salvo algum acidente de percurso, teremos uma disputa acirrada entre o prefeito Azevedo, que busca a reeleição pelo DEM, Juçara Feitosa (PT) e Vane do Renascer (PRB).

A primeira conclusão do processo sucessório, também a mais escancarada e inquestionável, é que os diretórios municipais e as comissões provisórias não têm autonomia nenhuma.

Partido político e nada é a mesma coisa. Só na escolha dos candidatos a vereador é que as legendas ainda mostram um pouco de independência, de insubordinação.

Os dirigentes tupiniquins não passam de bonecos de engonço, pobres marionetes do traiçoeiro e movediço jogo político. A ditadura no comando estadual das legendas é monstruosa.

As articulações interioranas são como moedas de troca para alimentar os interesses dos que se acham donos dos partidos. É o vergonhoso toma-lá-dá-cá, quase sempre pecuniário.

Os políticos – com as honrosas e pouquíssimas exceções – são como prostitutas. O pior é que os “homens da lei”, que deveriam impedir todo o lamaçal eleitoral, terminam protegendo os ladrões do dinheiro público, carinhosamente chamados de ficha suja.

O Tribunal Superior Eleitoral autorizou o registro dos candidatos com contas eleitorais rejeitadas. É bom lembrar que esses candidatos tiveram o direito ao contraditório.

A decisão do TSE é, no mínimo, um absurdo. A consequência imediata é a banalização das contas eleitorais. A impunidade, cada vez mais forte e robustecida, causa maior da corrupção, agradece.

Agora vem o pós-convenção, com os candidatos oficialmente lançados e liberados para a campanha de rua, principalmente para o indispensável corpo a corpo.

Em Itabuna, salvo algum acidente de percurso, teremos uma disputa acirrada entre o prefeito Azevedo, que busca a reeleição pelo DEM, Juçara Feitosa (PT) e Vane do Renascer (PRB).

O vereador Vane, que é o candidato da Igreja Universal do Reino de Deus, acredita que vai encarnar o novo. Ou seja, o candidato sem nenhuma ligação com o fernandismo e o geraldismo.

Juçara Feitosa acha que o diferente nessa eleição é a possibilidade de Itabuna ser administrada – pela primeira vez – por uma mulher, dando um chega-pra-lá nos marmanjos.

O democrata José Nilton Azevedo, com o maior tempo no horário eleitoral, aposta todas as fichas no trabalho que vem fazendo na periferia da cidade.

RENATO, ACÁCIA E WENCESLAU

Acácia, Wenceslau e Renato.

O médico Renato Costa, a professora Acácia Pinho e o vereador Wenceslau Júnior são os vices, respectivamente, de Azevedo, Juçara Feitosa e Vane do Renascer.

A escolha do vice não é assentada no desejo e na vontade de quem ocupa a cabeça de chapa. São as circunstâncias políticas que apontam a melhor opção ou a única.

O PRB, por exemplo, não queria Wenceslau como vice de Vane. Republicanos continuam achando que o comunista, em decorrência do imbróglio no Legislativo, pode prejudicar a campanha do representante da IURD.

O PRB já tem um plano B. O ex-vereador Luis Sena, que já foi candidato a vice-prefeito de Renato Costa e Juçara Feitosa, é o nome do PCdoB para substituir Wenceslau.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

VIEIRA DIZ QUE NÃO É SUBSERVIENTE E FALTA CONCORRÊNCIA PARA AZEVEDO

Vieira: falta concorrência.

O vice-prefeito Antônio Vieira afirmou que Capitão Azevedo (DEM) é favorito para ganhar a eleição em Itabuna. “Vai ganhar porque não tem concorrência. A briga da esquerda favorece Azevedo”, disse ao PIMENTA há pouco.

Filiado ao DEM, o médico disse que não é “político subserviente a ninguém” ao explicar os motivos que o levaram a desistir da disputa eleitoral de 2012 na chapa do prefeito e candidato à reeleição.

Além de vice-prefeito de Itabuna, Vieira comandou a Secretaria de Saúde até o final de 2010, quando foi substituído no cargo por Geraldo Magela.

O médico disse que ainda hoje solicitou ao prefeito que promova melhorias nos acessos à concessionária Ville Peugeot, na Avenida J.S.Pinheiro, que passou por reforma e ampliação. “A empresa vai gerar mais 50 novos empregos”, justificou.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia