WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘DEM’

ATÉ O SALOBRINHO…

Velha raposa da política grapiúna, o ex-prefeito Fernando Gomes costuma divertir os amigos com seus prognósticos eleitorais. Outro dia, em uma roda de bate-papo sobre o assunto do momento, alguém lhe pediu que avaliasse as chances de eleição do Capitão Azevedo, candidato do DEM a deputado estadual.

Gomes deu risada e disse que Azevedo só tem votos em Itabuna e no bairro ilheense do Salobrinho, o que dificulta uma vitória nas urnas…

De fato, levantamentos encomendados pelos partidos, para consumo interno, apontam que o demista tem tudo para ser o mais votado em Itabuna para a Assembleia Legislativa. Porém, tirando o Salobrinho, onde sempre fez piseiro, o desempenho de Azevedo fora da cidade deixa a desejar.

CÁLCULO ELEITORAL

urna_ELEIÇÕESO candidato petista ao governo baiano conseguiu reduzir a vantagem de Paulo Souto (DEM) nas intenções de voto na capital baiana, mas, ao mesmo tempo, Rui Costa ligou o sinal de alerta. Isso, porque parte do crescimento se deve à migração de votos de Lídice da Mata (PSB) para o candidato governista. Essa migração é, relativamente, ruim para quem espera forçar um segundo turno, pois ele precisava fisgar dos indecisos ou das intenções de voto ainda não consolidadas do adversário mais direto.

Como isso não ocorreu, o temor é de que Lídice vá ainda mais firme para cima de Rui, repetindo estratégia do Debate da Band, em agosto, quando a senadora deixou Souto surfando e preferiu atacar o ex-aliado. O outro temor é desidratar demais Lídice. Neste cenário, Rui teria de crescer o suficiente para levar no primeiro turno – uma tarefa árdua.  Não por acaso, o petista vai reforçar a estratégia de regionalizar a campanha na TV, mostrando o que Wagner fez (e as promessas do candidato) em cada macrorregião. O sul do estado é um dos principais focos.

SOUTO DIVULGA MEDIDAS PARA SEGURANÇA PÚBLICA

Paulo_SoutoA Tarde

O democrata Paulo Souto disse nesta segunda-feira, 15, que pretende frear o crescimento da violência na Bahia com base em quatro passos: “reconquistar a relação de confiança com a polícia; aumentar contingente (mas também redistribuir melhor); ampliar a integração entre as Polícias Militar a Civil e criar Companhias Especiais no interior (mas sobretudo dar maior capacidade operacional as existentes)”.

De acordo com ele, “essas medidas tendem a reduzir ou controlar a violência” no Estado. Souto afirmou, em entrevista à TV Record, que o governador deve participar diretamente da gestão da segurança pública.

Além das ações diretas no setor, o ex-governador também defende a realização de projetos sociais nas áreas com maior índice de criminalidade para evitar que os jovens sejam atraídos pelo tráfico de drogas. Segundo o democrata, essas regiões devem ser prioritárias na instalação de escolas de tempo integral, por exemplo.

ROSEMBERG DIZ QUE CRÍTICA DO DEM AO BABESP ERA “MEDO” DO CRESCIMENTO DE RUI

Rosemberg Pinto: DEM sabia do crescimento de Rui Costa.

Rosemberg Pinto: DEM sabia do crescimento de Rui Costa.

O líder do PT na Assembleia Legislativa, Rosemberg Pinto, disse ter ficado claro, agora, o motivo pelo qual o DEM ataca o Instituto Babesp desde o último sábado (6). “Era a tentativa [do DEM] de aplicar uma vacina por medo do resultado, pelo desespero de ver Rui mais próximo da vitória”, disse.

O instituto apontou Rui com 27% das intenções de voto – tinha 15% na pesquisa passada. Souto apareceu com 39%. O DEM antecipou-se ao resultado da pesquisa, avalia, porque sondagens internas – da própria oposição, já apontavam crescimento do candidato petista ao governo baiano.

– É claro que as pesquisas internas deles já registravam este crescimento de Rui, colocando-o num patamar mais próximo daquilo que estamos vendo nas ruas e logo trataram de tentar descredenciar o Babesp, querendo tapar o sol com a peneira e apostando no desacreditado DataNeto – disse ele numa clara referência ao Ibope, contratado pela TV Bahia para fazer pesquisas ao governo baiano.

SOUTO PROMETE INDÚSTRIAS EM ITAPETINGA

Souto prometeu atrair indústrias para a região calçadista em Itapetinga (Foto Valter Pontes).

Souto prometeu atrair indústrias para a região calçadista em Itapetinga (Foto Valter Pontes).

A atração de novas indústrias para municípios da região de Itapetinga, caso eleito, foi prometida pelo candidato ao governo baiano pelo DEM, Paulo Souto, durante visita ao município do sudoeste neste final de semana. O ex-governador reuniu em seu palanque os ex-prefeitos José Otávio (DEM) e Michel Hage (PMDB) em seu palanque.

Souto criticou o Governo Wagner por causa da crise das indústrias calçadistas no país e que provocou a redução de empregos no entorno de Itapetinga. Para ele, a união de adversários históricos no município onde está instalada a Azaleia “engrandece a política”.

– A política se faz pelo embate de ideias, mas também pela união em prol de interesses maiores, que são o futuro de Itapetinga e da Bahia – citou.

PRE-BA ACIONA RUI COSTA, SOUTO E GEDDEL

Souto, Geddel e Rui Costa podem ser multados.

Souto, Geddel e Rui Costa podem ser multados.

A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA) acionou três candidatos ao governo baiano e ao Senado Federal por terem cometido propaganda eleitoral antecipada. Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT), candidatos ao governo, e Geddel Vieira Lima (PMDB), candidato ao Senado, sofreram representação por parte da PRE, além dos seus respectivos partidos.

A propaganda antecipada, de acordo com a procuradoria, foi cometida por meio de vídeos exibidos em inserções comerciais veiculadas em maio na TV Bahia. O espaço era reservado aos partidos, mas foi usado para promover os então pré-candidatos.

Na propaganda do PMDB, ACM Neto aparece exaltando supostas qualidades de Geddel Vieira Lima, fazendo o mesmo em vídeo do DEM em que o prefeito de Salvador elogia Paulo Souto, companheiro de partido. O vídeo do PT traz o ex-presidente Lula sugerindo Rui Costa como o melhor nome para o governo baiano.

As representações são do procurador André Batista. Para ele, “em nenhuma medida os segmentos apresentados se destinam à divulgação de ideias, atuações, metas ou programas dos partidos em relação a temas políticos comunitários, conforme dita o art. 45 da Lei nº 9.096/95. Esta prática, diz Batista nos documentos, provoca desmedido prejuízo ao equilíbrio do pleito, revelando-se absolutamente reprovável em todos os aspectos”.

O procurador pede multa de R$ 203 mil para o DEM e Paulo Souto, R$ 49,8 mil para o PMDB e Geddel Lima e de R$ 144,3 mil para o PT e Rui Costa. Os valores são para cada um dos acionados e levam em conta a quantidade de inserções exibidas pela emissora. A multa para propaganda eleitoral antecipada, segundo a Lei nº 12.034/2009, é de cinco a R$ 25 mil ou, se for maior, o valor da propaganda.

DEM E PSB EM DOBRADINHA CONTRA PESQUISA

Antes de impugnar Babesp, Lídice comemorou números do Ibope.

Antes de impugnar Babesp, Lídice comemorou números do Ibope.

O DEM de Paulo Souto e o PSB de Lídice da Mata se uniram para impugnar a pesquisa do Instituto Babesp sobre a sucessão estadual baiana. O levantamento foi encomendado pelo deputado Marcelo Nilo (PDT).

O DEM já havia exposto os seus motivos. Já a maior zanga do PSB é que o instituto não tenha colocado entre os apoiadores de Lídice a ex-senadora e ex-ministra Marina Silva, candidata a vice-presidente da República na chapa de Eduardo Campos. Para a coligação da socialista, a pesquisa busca “induzir” o eleitor.

Rodrigo Hita, secretário-geral do PSB baiano, diz, em nota, considerar “ridículas” as pesquisas feitas pelo PT (Vox Populi e Babesp) e pelo DEM (Ibope).

Apesar de considerar os levantamentos superficiais, a cúpula do PSB entrou com pedido de impugnação apenas contra o Babesp. Lídice até comemorou os últimos números do Ibope, divulgados em julho e que apontavam a candidata com 11% ante 42% de Paulo Souto e 8% de Rui Costa (PT).

DEM CORRE RISCO DE SE TORNAR “NANICO”

dem-perde-forca-1406919106847_600x248Em março de 2007, o então PFL deixava de existir e se remodelava para se transformar no DEM (Democratas). A mudança de nome marcou, porém, uma queda vertiginosa de força e número de candidatos do partido, como pode ser vista nas bancadas e quantidade de candidatos nas eleições 2014.

Em 2014, o DEM registrou 657 candidatos a todos os cargos (2,6% do total) em disputa, quase um terço a menos que o número de inscritos em 2010, quando 863 nomes estavam na disputa.

Os dados de 2014 ainda não são definitivos, já que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ainda segue incluindo informações de candidatos, mas os números devem sofrer poucas alterações.

O número de candidaturas a governador entre 2010 e 2014 caiu pela metade: de quatro para duas. O partido possui 25 deputados federais, ou seja, menos de 5% do total da casa. Em 2010, o partido chegou a eleger 76 deputados federais –40 a menos que o antigo PFL, em 2006. Informações e Gráfico do Uol.

No quadro majoritário a situação é parecida: a única governadora do partido, Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte, tem a pior avaliação do país entre a população e sequer concorrerá à reeleição — no Estado, o DEM não terá candidato majoritário.

Confira mais

SOUTO NO EXTREMO-SUL

O candidato a governador pela coligação “Unidos pela Bahia”, Paulo Souto (DEM) cumpre agenda no extremo-sul do Estado nesta sexta-feira (1º).

Souto participará de caminhada em Teixeira de Freitas, programada para as 9 horas. À tarde, o candidato da oposição estará em carreata pelas cidades de Caravelas, Alcobaça, Prado e Itamaraju.

DEM QUER PROIBIR VOX POPULI NA BAHIA

Aleluia: na Bahia, só Ibope.

Aleluia: na Bahia, só Ibope.

A cúpula do DEM informou hoje que tentará impedir qualquer pesquisa Vox Populi na Bahia. O porta-voz da mensagem foi o ex-deputado José Carlos Aleluia, e ocorre dias após a divulgação da pesquisa Ibope/TV Bahia que gerou ranger de dentes entre opositores e desconfiança entre analistas políticos.

A TV Aratu havia anunciado intenção de contratar pesquisa Vox Populi para aferir as intenções de voto na corrida ao Palácio de Ondina. Aleluia diz que a coligação do candidato a governador Paulo Souto (DEM) trabalhará para impedir qualquer pesquisa Vox Populi por considerá-la “suspeita”.

Uma nova tentativa de pesquisa do Vox Populi será alvo de ação judicial – anuncia o democrata.

A suspeição decorre de uma questão que buscava aferir a importância dos apoios de Lula, Jaques Wagner e Dilma Rousseff ao candidato do PT ao governo baiano, Rui Costa.

Baseando-se em análises, a coligação de Rui acredita que as intenções de voto no petista podem até triplicar, mesmo em início de campanha, se o eleitor associar o petista aos principais nomes do partido no cenário nacional. Daí o temor democrata de novas pesquisas – que não sejam a do Ibope.

SOUTO ATACA DE COMENTARISTA DE FUTEBOL

Para Souto, CBF precisa mudar (Foto Valter Pontes).

Para Souto, CBF precisa mudar (Foto Valter Pontes).

O ex-governador Paulo Souto (DEM) concedeu entrevista hoje à Rádio 100, de Salvador, quando voltou a atacar de comentarista de futebol, como fazia nos tempos de Rádio Sociedade.

O candidato ao governo baiano preferiu falar de Seleção Brasileira. Para ele, Felipão não é um técnico moderno e “talvez seja a hora de um técnico estrangeiro na seleção”.

O democrata acredita que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) “tem que mudar bastante” e o “resultado ruim” da seleção na Copa do Mundo “impõe mudanças”.

Souto apontou defasagem do futebol brasileiro em relação, por exemplo, ao europeu. “Ficamos para trás na preparação física e no aspecto tático. Os dirigentes brasileiros precisam abrir os olhos”.

SÓ SE VÊ NA BAHIA…

Régis vaiou Paulo Souto.

Régis vaiou Paulo Souto.

Do BA24horas

Os rumores de mudança no cenário político podem estar produzindo nervosismo entre os apoiadores de Paulo Souto, candidato a governador da Bahia pelo DEM. Sinais de tensão foram percebidos na quarta, durante o cortejo do Dois de Julho.

Em um dos momentos mais curiosos do desfile, o deputado estadual Sandro Régis (DEM) foi flagrado vaiando Paulo Souto, acreditando que se tratava de Rui Costa. As diferenças são gritantes, mas para quem anda a ver fantasmas, tudo pode ficar muito confuso.

Régis chegou a ser advertido de que emitia apupos para o candidato errado, mas não quis conversa. A coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, registrou a derrapagem.

Leia mais

EVERALDO COSTURA RETORNO DE VANE AO PT

Everaldo trabalha pelo retorno de Vane ao PT.

Everaldo trabalha pelo retorno de Vane.

Silenciosamente, a direção estadual do PT trabalha pelo retorno do prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, ao partido. O gestor deixou a legenda, em 2011, para disputar o governo municipal, já que o comando do partido trabalhava a candidatura da esposa de Geraldo Simões, Juçara Feitosa. Encontrou abrigo no PRB, mas não esperava que, na última hora, o partido fosse cair nos braços adversários. A legenda de Bispo Marinho apoiará o democrata Paulo Souto.

Ontem, o presidente do PT baiano, o ilheense-itabunense Everaldo Anunciação, tomou café da manhã com Vane. O PIMENTA apurou que o retorno de Vane não é descartado e pode ocorrer no período pós-eleições de 2014. Este, aliás, é o sonho de Everaldo. E, também, do deputado federal Josias Gomes.

Não se sabe se dependerá do resultado das urnas, mas a eleição do nome petista na disputa ao Palácio de Ondina, Rui Costa, reforçaria essa possibilidade.

A BOCA DO JACARÉ

paulosoutoOs bastidores da sucessão na Bahia começam a ficar agitado com as definições políticas em período de convenções partidárias. Se antes Paulo Souto destacava sua tropa de choque para responder às alfinetadas do governista Rui Costa, hoje é o candidato a governador democrata quem cumpre a missão.

A mudança de atitude de Souto tem a ver com as últimas sondagens eleitorais. O jacaré começou a movimentar a boca em velocidade indesejada, principalmente quando o adversário é associado a três cabos eleitorais: Jaques Wagner, Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula.

Abandonando a passividade, Souto esperaria evitar surpresas em período de fechamento de alianças eleitorais e no iniciar da campanha, em julho. O ex-governador lidera com folga a única pesquisa registrada até aqui, a do Ibope, em maio, na qual aparece com 42% ante 9% de Rui Costa. Lídice da Mata (PSB) somou 11%.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia