WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘DEM’

DEM TURBINA ACM NETO

ACM Neto: descolado dos adversários, democrata é turbinado com R$ 750 mil para campanha.

Os números das doações dos partidos às principais campanhas no País revelam que o DEM privilegia o candidato a prefeito de Salvador, ACM Neto.

O “baixinho” abiscoitou R$ 750 mil do diretório nacional do partido, conforme a primeira parcial das prestações de contas as quais os candidatos são obrigados a fazer.

Por enquanto, ACM Neto lidera com folga a disputa em Salvador: 40% das intenções de voto ante 16% do segundo colocado, o petista Nelso Pelegrino, e 8% de Mário Kertész (PMDB), conforme pesquisa do Ibope feita de 19 a 24 deste mês.

VANE E JAIRO ARAÚJO SÃO VÍTIMAS DE ARMAÇÃO POLÍTICA

Moradores interditaram rua abandonada pela gestão municipal.

Moradores do São Roque e da Caixa D´Água precisaram interferir para evitar o pior, hoje à tarde, durante a caminhada do prefeito e candidato à reeleição Capitão Azevedo (DEM). Os moradores da Rua José Alves Franco recorreram ao dono de um carro de som para realizar protesto contra o abandono da via de acesso ao São Roque, no final da avenida Ilhéus.

Era o segundo protesto (confira o primeiro aqui). Eles se queixam que a prefeitura fechou os olhos para o buraco, a lama e a escuridão no local.

O secretário de Indústria e Comércio, Carlos Veloso Leahy, tentou obrigar os moradores a encerrar a manifestação  para que o prefeito passasse com a caminhada. Houve reação e o secretário reteve o carro de som e chamou agentes da Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna (Setran) para que apreendessem o veículo, um VW Gol, preto.

A confusão terminou quando uma viatura da Polícia Militar foi acionada pelos manifestantes, que temiam ações ainda mais violentas do secretário e de membros do governo. Os policiais militares conferiram a documentação e a licença do veículo e afirmaram que estava tudo legal, não havendo motivo para apreender o VW Gol. 

— Post Atualizado e dando a questão como encerrada!

E AÍ, AZULOU?

O blog Políticos do Sul da Bahia flagrou o cantor Kocó, candidato a vereador pelo PT, na caminhada de Capitão Azevedo, ontem, no Conceição. A prova material do “crime” é o registro fotográfico em que o músico aparece com praguinha e tudo do candidato à reeleição. Kocó diz que continua apoiando Juçara Feitosa e algum espertinho pregou o adesivo no seu (o dele!) peito. Confira aqui o imbróglio.

O fato está sendo explorado largamente pelos azevedistas nas redes sociais.

FRITADA PELO PMDB, LENINHA APOIARÁ VANE

Leninha apoiará Vane do Renascer.

A empresária Leninha Alcântara participará de ato em que anuncia, oficialmente, apoio ao candidato a prefeito de Itabuna pelo PRB, Claudevane Leite (Vane do Renascer). O ato está programado para as 19h desta quinta-feira, 16, no comitê central da campanha de Vane, na avenida Princesa Isabel, Banco Raso.

A empresária sonhava disputar a sucessão de 2012. Para isso, saiu do PPS e ingressou no PMDB, imaginando que ganharia mais musculatura eleitoral em um partido de maior expressão e – claro! – tempo de rádio e TV. O que se viu depois foi um samba em que tanto ela como os demais peemedebistas pretendentes (Edmilton Carneiro, Ruy Corrêa e Maruse Xavier) dançaram.

O partido retirou todos os nomes da disputa e ressuscitou o ex-deputado Renato Costa, hoje integrando a vice na chapa de Capitão Azevedo (DEM). Leninha pediu a terceiros para entregar a carta de desfiliação do PMDB em junho (relembre). Até o início desta semana, ela dizia que iria manter-se distante da sucessão.

A empresária acabou anunciando o apoio a Vane e entrou de cabeça na campanha. Nas redes sociais, circula um vídeo em que ela cita as razões que a levaram a entrar de cabeça na disputa (veja aqui).

JUÇARA CUTUCA AZEVEDO

Juçara lembra “batida” policial na gestão de Azevedo.

A prefeiturável Juçara Feitosa (PT) considerou vergonhoso para o município a “batida” que Polícia, Justiça e Ministério Público deram na prefeitura, na última quarta, 8, em cumprimento a mandado de apreensão de decretos assinados pelo prefeito Capitão Azevedo (DEM).

– Administração pública não é negócio privado e não pode servir para negociatas entre compadres – disse, numa referência ao decreto de reversão assinado pelo prefeito Capitão Azevedo em benefício do amigo e apoiador político Fernando Gomes, que recebe de volta o terreno doado para construção do centro de convenções e do teatro no loteamento Nossa Senhora das Graças.

Há mais de 15 dias que o governo municipal não publica os atos administrativos no Diário Oficial impresso ou online. O Ministério Público estadual desconfiou do negócio e solicitou da Justiça mandado para averiguar o que o prefeito tem ocultado dos cidadãos.

Quanto ao decreto de reversão, a assessoria do prefeito sustenta que Azevedo agiu de forma legal, seguindo parecer da procuradora-geral do Município, Juliana Burgos. A reversão, no entanto, ocorreu após o estado ter investido R$ 17 milhões, segundo o promotor público Inocêncio Carvalho.

FERNANDO PODE SUBSTITUIR AZEVEDO

Azevedo olha para Fernando, o Plano B da coligação (Foto Pimenta/Arquivo).

Cresceu nas últimas horas as especulações em torno do nome do ex-prefeito Fernando Gomes, hoje no PMDB, como substituto da candidatura de Capitão Azevedo (DEM). O prefeito-candidato recebeu informação não muito boa, vinda da Justiça Eleitoral, hoje, em pleno aniversário de Itabuna.

O inteiro teor da decisão judicial será conhecido somente nesta manhã de domingo, 29, ou – no mais tardar – na próxima segunda. Sobre o caso, o Ministério Público Eleitoral já havia impugnado a candidatura de Azevedo por causa das contas rejeitadas nos exercícios de 2009 e 2010.

AGENDA DOS CANDIDATOS (28/07)

Capitão Azevedo (DEM) tem compromisso oficial e gravação de programa hoje.

Capitão Azevedo (DEM)

14h – Gravação para o horário eleitoral.

Zé Roberto (PSTU)

8h – Visita ao Centro Comercial
14h – Reunião com membros do partido

Os demais candidatos não informaram agenda.
@redacao@pimentanamuqueca.com.br

PAPAGAIO DE PIRATA

Candidato a vice-prefeito na chapa de Capitão Mudinho (DEM), o médico e ex-deputado Renato Costa (PMDB) ganhou o apelido de papagaio de pirata. Tudo porque, no material de campanha, ele não aparece ao lado, mas atrás do capitão.

E, para completar, ainda veste camisa verde.

AZEVEDO FAZ “CORPO A CORPO” NO CENTRO

O prefeito e candidato à reeleição Capitão Azevedo (DEM) promove primeira atividade de rua da campanha em 2012. Acompanhado do candidato a vice, Renato Costa, fará corpo a corpo na Avenida do Cinquentenário, neste sábado, às 8h30min.

Azevedo está em coligação composta por 11 partidos (PMDB, PSDB e PR são alguns deles) e 208 candidatos a vereador. Ele será o segundo dos candidatos a participar de atividade na avenida. Nesta semana, Vane do Renascer (PRB) também fez o tradicional “corpo a corpo” na Cinquentenário, principal termômetro de campanha política em Itabuna.

MP E COLIGAÇÃO DE VANE PEDEM IMPUGNAÇÃO DA CANDIDATURA DE AZEVEDO

A coligação do candidato a prefeito Vane do Renascer (PRB) entrou com pedido de impugnação da candidatura à reeleição do prefeito Capitão Azevedo (DEM).

No pedido, a coligação lembra que o prefeito teve duas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e também assumiu o governo no período em que era vice de Fernando Gomes. 

Já o Ministério Público estadual, entrou com pedido de impugnação contra Azevedo pelo fato do prefeito constar na relação de gestores com contas rejeitadas pelo TCM.

TRE LIBERA TUCANO ACUSADO DE TRAIÇÃO

Tuíca tá liberado pelo TRE.

O vereador Antônio Oliveira Matos, de Presidente Tancredo Neves, após seis mandatos consecutivos, quase fica fora da disputa deste ano. Era acusado de infidelidade partidária: deixou o DEM para abrigar-se no ninho do PSDB.

Tuíca, como é conhecido, foi salvo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pelo advogado Frederico Matos.

Frederico sustentou que a “traição” se dava pelo lado do partido, o DEM, que abandonou o cliente. Os juízes seguiram acataram os argumentos da defesa e Tuíca está livre para disputar o… sétimo mandato.

CAMPANHAS VÃO CUSTAR (SÓ?) R$ 5,4 MILHÕES

A previsão de marqueteiros experientes aponta que somente a campanha eletrônica (rádio e televisão) em Itabuna custará –  não menos que – R$ 1 milhão em 2012.

O montante, claro, é o necessário para cobrir despesas de candidatos que possuem maior tempo no horário eleitoral na televisão e no rádio e exigem maior estrutura (contratação de produtora, estúdio, logística, produtores, cinegrafistas, repórteres, apresentadores…).

Mas se o leitor-eleitor acredita em Papai Noel… Em Itabuna, a previsão de gastos em toda a campanha dá exatos R$ 5.425.000.00. Não é pouca grana, mas a realidade aponta para gastos ainda (e bem) maiores.

Vane do Renascer (PRB) fez previsão de gastos de R$ 2 milhões em sua campanha. Juçara Feitosa (PT) pretende gastar a mesma quantia. Já o prefeito Capitão Azevedo (DEM), que terá praticamente metade do horário eleitoral na TV e no rádio, informou previsão de gastos de R$ 900 mil.

Zem Costa (PSOL) definiu em R$ 500 mil o teto de gastos. Zé Roberto (PSTU) prevê R$ 15 mil e Pedro Eliodório (PCB) deverá gastar R$ 10 mil.

SUCESSÃO, PARTIDOS E CANDIDATOS

Marco Wense

Em Itabuna, salvo algum acidente de percurso, teremos uma disputa acirrada entre o prefeito Azevedo, que busca a reeleição pelo DEM, Juçara Feitosa (PT) e Vane do Renascer (PRB).

A primeira conclusão do processo sucessório, também a mais escancarada e inquestionável, é que os diretórios municipais e as comissões provisórias não têm autonomia nenhuma.

Partido político e nada é a mesma coisa. Só na escolha dos candidatos a vereador é que as legendas ainda mostram um pouco de independência, de insubordinação.

Os dirigentes tupiniquins não passam de bonecos de engonço, pobres marionetes do traiçoeiro e movediço jogo político. A ditadura no comando estadual das legendas é monstruosa.

As articulações interioranas são como moedas de troca para alimentar os interesses dos que se acham donos dos partidos. É o vergonhoso toma-lá-dá-cá, quase sempre pecuniário.

Os políticos – com as honrosas e pouquíssimas exceções – são como prostitutas. O pior é que os “homens da lei”, que deveriam impedir todo o lamaçal eleitoral, terminam protegendo os ladrões do dinheiro público, carinhosamente chamados de ficha suja.

O Tribunal Superior Eleitoral autorizou o registro dos candidatos com contas eleitorais rejeitadas. É bom lembrar que esses candidatos tiveram o direito ao contraditório.

A decisão do TSE é, no mínimo, um absurdo. A consequência imediata é a banalização das contas eleitorais. A impunidade, cada vez mais forte e robustecida, causa maior da corrupção, agradece.

Agora vem o pós-convenção, com os candidatos oficialmente lançados e liberados para a campanha de rua, principalmente para o indispensável corpo a corpo.

Em Itabuna, salvo algum acidente de percurso, teremos uma disputa acirrada entre o prefeito Azevedo, que busca a reeleição pelo DEM, Juçara Feitosa (PT) e Vane do Renascer (PRB).

O vereador Vane, que é o candidato da Igreja Universal do Reino de Deus, acredita que vai encarnar o novo. Ou seja, o candidato sem nenhuma ligação com o fernandismo e o geraldismo.

Juçara Feitosa acha que o diferente nessa eleição é a possibilidade de Itabuna ser administrada – pela primeira vez – por uma mulher, dando um chega-pra-lá nos marmanjos.

O democrata José Nilton Azevedo, com o maior tempo no horário eleitoral, aposta todas as fichas no trabalho que vem fazendo na periferia da cidade.

RENATO, ACÁCIA E WENCESLAU

Acácia, Wenceslau e Renato.

O médico Renato Costa, a professora Acácia Pinho e o vereador Wenceslau Júnior são os vices, respectivamente, de Azevedo, Juçara Feitosa e Vane do Renascer.

A escolha do vice não é assentada no desejo e na vontade de quem ocupa a cabeça de chapa. São as circunstâncias políticas que apontam a melhor opção ou a única.

O PRB, por exemplo, não queria Wenceslau como vice de Vane. Republicanos continuam achando que o comunista, em decorrência do imbróglio no Legislativo, pode prejudicar a campanha do representante da IURD.

O PRB já tem um plano B. O ex-vereador Luis Sena, que já foi candidato a vice-prefeito de Renato Costa e Juçara Feitosa, é o nome do PCdoB para substituir Wenceslau.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

VIEIRA DIZ QUE NÃO É SUBSERVIENTE E FALTA CONCORRÊNCIA PARA AZEVEDO

Vieira: falta concorrência.

O vice-prefeito Antônio Vieira afirmou que Capitão Azevedo (DEM) é favorito para ganhar a eleição em Itabuna. “Vai ganhar porque não tem concorrência. A briga da esquerda favorece Azevedo”, disse ao PIMENTA há pouco.

Filiado ao DEM, o médico disse que não é “político subserviente a ninguém” ao explicar os motivos que o levaram a desistir da disputa eleitoral de 2012 na chapa do prefeito e candidato à reeleição.

Além de vice-prefeito de Itabuna, Vieira comandou a Secretaria de Saúde até o final de 2010, quando foi substituído no cargo por Geraldo Magela.

O médico disse que ainda hoje solicitou ao prefeito que promova melhorias nos acessos à concessionária Ville Peugeot, na Avenida J.S.Pinheiro, que passou por reforma e ampliação. “A empresa vai gerar mais 50 novos empregos”, justificou.

AÇÃO PARA ANULAR CONTRATO DO ESTADO COM JORGE PORTUGAL

Portugal: na mira do DEM.

O diretório estadual do DEM na Bahia entrou com ação para anular o contrato de R$ 1,59 milhão entre Governo do Estado e a empresa Abais Conteúdo Educativos e Produção Cultural Ltda, do professor e poeta Jorge Portugal. O contrato permite ao estado oferecer 384 aulões aos alunos do 3º ano do Ensino Médio.

O presidente do DEM, José Carlos Aleluia, diz que é “inaceitável” que o estado pague R$ 8,40 por hora/aula ao professor concursado e R$ 250,00 a um professor da iniciativa privada por meio de contrato sem licitação. “É um ato ilegal que desmoraliza e humilha os professores da rede estadual”. Os educadores da rede estadual estão em greve há 86 dias.

Portugal justificou o valor do contrato ao afirmar que os professores envolvidos nos “aulões” são “de ponta”. Em artigo, o professor considerou a reação aos valores do contrato “descompensada, cruel e absurda”.

JABES: “PTZINHO” VAI TOMAR SURRA DE VOTOS

Jabes-Convenção-PRB-foto2-PIMENTA.jpg

Jabes aproveita convenção em Itabuna para atacar o PT ilheense (Foto Pimenta).

O pré-candidato a prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, atacou o PT de Ilhéus durante convenção do PRB itabunense, nesta quarta, 27. Jabes chamou o partido da pré-candidata e adversária Professora Carmelita de “PTzinho” e disse que a legenda “vai tomar uma surra de votos” em Ilhéus.

Secretário-geral do PP na Bahia, o ex-prefeito de Ilhéus e pré-candidato discursou na convenção da Frente Partidária que homologa os nomes de Vane do Renascer (PRB) a prefeito e Wenceslau Junior (PCdoB) a vice (confira mais abaixo).

Para Jabes, a candidatura de Vane representa o novo na política de Itabuna. “Os dois do lado de lá (Capitão Azevedo e Juçara Feitosa) se preparem para perder, porque as pesquisas apontam que o povo quer o novo e o novo é Vane”, disse.

Quem também fez críticas aos candidatos do DEM e do PT foi o deputado federal Márcio Marinho (PRB-BA), que também é pré-candidato a prefeito de Salvador. “O prefeito não tem poder nem para organizar a Saúde e administrar essa cidade que está dando pena”, discursou.

LÍDERES DO DEM ELEGEM GOVERNO WAGNER E PT COMO ALVOS

Aleluia ataca governador e diz que Wagner traiu professores e policiais (Foto Pimenta).

Os discursos dos deputados estaduais e principais líderes políticos do DEM e de partidos aliados miraram o Governo do Estado e o PT como alvo. Os deputados Sandro Régis (PR) e ACM Neto (DEM) fizeram críticas ao governador Jaques Wagner por, segundo eles, abandonar Itabuna, município onde foi bem votado.

“O governador é um ingrato. O povo de Itabuna não merecia ter sido esquecido nestes cinco anos”, disse o presidente estadual do DEM, José Carlos Aleluia. “Aliás, o deputado federal do PT, Geraldo Simões é outro. Em vez de fazer negociata com emendas com o deputado João Bacelar, em Casa Nova, onde sempre é bem votado, deveria ter aplicado os R$ 3 milhões em beneficio de Itabuna”, complementou.

Aleluia foi ainda aplaudido quando disse que Wagner foi reeleito com os votos de professores e policiais e “traiu” as duas categorias. “O que se vê agora é o governador jogar a população contra as duas categorias de servidores públicos em campanha de mídia na TV contra as greves por melhores salários”, afirmou. “Wagner é um traidor”.

Por volta das 19h30min, as pessoas começaram a deixar a Usemi, onde se realizou a convenção para homologar a chapa à reeleição do Capitão Azevedo. Muitos convencionais se disseram cansados pela longa espera para o evento, inicialmente programado para as 15 horas.

CANDIDATURA DE AZEVEDO É HOMOLOGADA. FRENTE DEVE IR DE VANE E ACÁCIA

Azevedo tem candidatura homologada e Renato na vice.

O DEM promete grande festa para comemorar a grande aliança em torno do prefeito e candidato à reeleição, José Nilton Azevedo, nesta quinta-feira, 21, no Clube Usemi. A previsão é de que o prefeito consiga atrair apoio de, pelo menos, 11 legendas em sua tentativa de reeleição.

A convenção do DEM e de outros sete partidos começará nesta manhã, mas reunirá os “chefões” das legendas somente a partir das 15h. O vice de Azevedo já foi anunciado. Será o ex-vice prefeito e ex-deputado estadual Renato Costa (PMDB).

O comando da pré-campanha anunciou as presenças do deputado federal ACM Neto e do ex-governador Paulo Souto (ambos do DEM), o deputado federal e presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima, e o irmão e vice-presidente Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima, além do vice-presidente da República, o também peemedebista Michel Temer.

Azevedo anunciou que terá apoios de PMDB, PSDB, PTC, PTN, PMN, PSDC, PRTB e PSL. Outro partido com quem está negociando é o PR, do vereador Roberto de Souza. Ao PIMENTA, o vereador disse que somente não apoiará o prefeito se não conseguir uma boa coligação. Inicialmente, a coordenação de pré-campanha do prefeito queria ver o PR coligado com o DEM, o que foi rechaçado pelo comando do Partido Republicano.

VANE E ACÁCIA NA FRENTE

A Frente Partidária decidirá hoje a formação de chapa com a qual pretende derrubar favoritismos do prefeito Capitão Azevedo e da ex-candidata Juçara Feitosa (PT). Neste momento, líderes dos partidos da frente e os prefeituráveis Acácia Pinho (PDT), Vane do Renascer (PRB) e Wenceslau Júnior (PCdoB) devem estar reunidos em Brasília para a escolha.

Devido a pressões, a chapa antes pensada como Vane prefeito e Wenceslau na vice poderá ser desfeita para evitar defecções. A formação final deverá ser Vane acompanhado de Acácia Pinho. Uma pesquisa feita pela Dataqualy ajudará na definição que ocorre longe dos olhos itabunenses.

CÂMARA APROVA CONTAS DE GERALDO POR 11 A 1

Geraldo: contas aprovadas.

Se vive inferno astral com as denúncias de negociata com emendas parlamentares, o petista Geraldo Simões, pelo menos, tem algo a comemorar. Por 11 votos a 1, a Câmara de Vereadores aprovou as contas do exercício 2002 do período em que ele foi prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT). A votação foi encerrada há pouco.

Apenas o vereador Raimundo Pólvora (DEM) apresentou votou contra, justificando irregularidades elencadas no parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que acatou pedido de reconsideração do ex-gestor.

O único ausente da sessão que votou as contas do petista foi o vereador Solon Pinheiro (DEM), que sequer apresentou justificativa ou licença médica, conforme informações da Mesa Diretora.

JULGAMENTO POLÍTICO

Mesmo em conflito político com o PT, em razão das eleições desse ano, o vereador Wenceslau Júnior (PCdoB) disse que seus pares deveriam agir como julgadores isentos e imparciais e ter discernimento de homens públicos. “O julgamento aqui é político e assim sempre será”, rebateu o vereador Roberto de Souza (PR).

FRENTE DEFINE CANDIDATO ATÉ QUINTA. AZEVEDO OFICIALIZA CHAPA NO MESMO DIA

Magalhães anuncia o dia D, de definição.

A frente integrada por cinco partidos da base aliada do governo Wagner definirá candidato a prefeito de Itabuna na próxima quinta, 21, afirmou o comunista e presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, ao Política Livre.

A frente, segundo o também vice-presidente do PCdoB na Bahia, ganhou o apoio do PP e do PPS. Ao site soteropolitano, Davidson afirmou que o Conselho Político do Governo Wagner não estabeleceu consenso em torno da candidatura da petista Juçara Feitosa, o que faz descartar aliança com a “estrelinha”.

Para o comunista, o PT está desgastado em Itabuna e Juçara não seria nome para ganhar a eleição na disputa contra o DEM. O candidato da frente – e o vice – sairá dentre os seguintes nomes: Acácia Pinho (PDT), Vane do Renascer (PRB) e Wenceslau Júnior (PCdoB). Pesquisas auxiliarão na escolha. Vane e Wenceslau são, até agora, os favoritos.

CONVENÇÃO DO DEM

Azevedo terá Renato Costa na vice.

A data escolhida pela Frente Partidária para anunciar o seu candidato é a mesma da convenção do DEM e de outros seis partidos que vão apoiar a reeleição do prefeito Capitão Azevedo. Ele terá como vice o médico Renato Costa (PMDB), ex-deputado que já foi vice-prefeito de Itabuna entre 1989 e 1992. A convenção será na Usemi, em frente à Vila Olímpica.

Segundo anunciou a presidente do DEM, Maria Alice Pereira, o evento contará com a participação dos deputados federais ACM Neto e Lúcio Vieira Lima e dos deputados estaduais Pedro Tavares (PMDB), Augusto Castro (PSDB) e Deraldo Damasceno (PSL). O ato também deve atrair, de acordo com Maria Alice, o presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia, e o ex-ministro Geddel Vieira Lima.

JUÇARA FEITOSA: “NOSSO ADVERSÁRIO É O DEM”

A suplente de senadora e petista Juçara Feitosa disputará a prefeitura de Itabuna pela segunda vez. A convenção que confirmará a candidatura ocorre no próximo dia 30.

Ela acredita que o atual modelo de administração em Itabuna “está esgotado” e defende que os partidos da base aliada se juntem à sua candidatura “pelo desenvolvimento da cidade”.

Juçara também crê que a alta aprovação popular da presidente Dilma Rousseff ajudará a quebrar resistência do itabunense em eleger uma mulher prefeita.

Nesta entrevista, a ex-secretária de Desenvolvimento Social desfere estocada no Capitão Azevedo (DEM). Para ele, o prefeito enganou o eleitor com promessa de “20 mil bolsas renda, carteiras de motorista gratuita, terra pra todo mundo e prefeitura móvel”

PIMENTA – A senhora teve 42 mil votos em 2008, mas perdeu a eleição para seu oponente por 12 mil fotos de frente. Por que manter sua candidatura?

JUÇARA FEITOSA – Itabuna e região estão recebendo grandes investimentos. É importante que o município esteja próximo dos governos federal e estadual, pois o modelo que administra a cidade, o DEM, está esgotado, sem criatividade e sem capacidade de gestão. Por isso, sou candidata.

Mas esse discurso de proximidade com os governos federal e estadual já não deu certo, não é? 

Os governos Dilma e Wagner são do PT e vão nos ajudar a colocar Itabuna no contexto do desenvolvimento. Estamos vivendo isso com o Brasil e queremos que seja assim também com a nossa cidade.

A presidente Dilma pode ajudar sua campanha?

A presidente Dilma se mostra grande gestora, faz excelente trabalho e é respeitada mundialmente por isso. O Brasil, após Lula e com Dilma, só tem boas notícias. Acredito que podemos fazer o mesmo com Itabuna. Ter boas notícias em vez de ser apontada como campeã da dengue, campeã da mortalidade infantil, campeã em índices de violência.

Como está a sua pré-campanha?

Tenho conciliado apoios e conversado com as pessoas. Tenho visto de perto as carências de famílias mais humildes de nossa cidade. Percebo o desejo de mudança para vida digna, de qualidade e compromisso com a saúde, infraestrutura dos bairros e o social.

A saúde é das áreas mais criticadas em Itabuna. O que fazer?

Defendo que é urgente reformular a política de saúde, aplicando além dos 15% exigidos pela Constituição, e reforçar os recursos federais e estaduais que vêm para o município. Reorganizar os hospitais e recuperar e melhorar as unidades básicas de saúde com mais cotas de exames, médicos, remédios, equipamentos. Defendo ainda criar centros especializados de saúde da mulher e da criança.

 

RECURSOS FEDERAIS: As obras começam, mas não terminam, ou fazem obra de qualidade duvidosa.

 

A senhora fala em afinidades do seu partido e de seu projeto com os governos estadual e federal. Mas a cidade tem tido muitas obras.

É verdade, mas são obras estruturantes previstas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal, que não mede esforços em repassar recursos para cidades acima de 200 mil habitantes. Os projetos chegam, as ações são importantes, mas os recursos não são aplicados como deveriam pela prefeitura. As obras começam, mas não terminam ou se faz obra de qualidade duvidosa.

Um dos grandes debates nesta eleição será o avanço da criminalidade. Qual seria a solução para a violência?

É preciso ação firme no combate à violência que afeta crianças, jovens e toda a sociedade. O combate não pode ter somente repressão, mas políticas públicas inclusivas. Defendo a criação da Secretaria da Segurança Pública e Trânsito e ações coordenadas com o Ministério Público e polícias Civil e Militar, além de programas sociais para jovens de 15 a 29 anos, a faixa mais vulnerável, inserindo-os no grupo de população economicamente ativa da sociedade.

Como está o quadro de alianças para sustentação de sua candidatura a prefeita?

Já temos um número significativo de partidos, mas isso será definido até o dia 30 de junho, dia de nossa convenção.

As conversas com os partidos da base aliada do governo estão em que nível?

Estamos conversando com todos. O PT trabalha pela união e defesa do povo, independente das vaidades das lideranças. O nosso adversário é o DEM.

 

O VICE: Não definimos ainda. Será uma grande surpresa que iremos apresentar na nossa convenção.

 

Quem será o candidato a vice de sua chapa?

Não definimos ainda. Será uma grande surpresa que iremos apresentar na nossa convenção, no dia 30.

O PCdoB se mantém ressentido com o PT pelo episódio envolvendo o vereador Wenceslau Junior. Há diálogo com os comunistas?

Itabuna deve estar acima desses sentimentos. Caminhamos para fortalecer a cidade, que não pode perder tempo nem oportunidades.

A militância petista está animada com sua nova pré–candidatura?

A militância do partido está firme e confiante.

As eleitoras de Itabuna estão dispostas a mudar de opinião e votar na senhora?

A mulher tem papel importante na sociedade e sente mais as dificuldades dos serviços públicos de saúde, educação, infraestrutura, má-qualidade de vida e a violência. Tenho certeza que as mulheres de Itabuna responderão a esse chamamento.

A imagem da presidente Dilma pode contribuir para reforçar sua campanha nessa direção?

A presidenta Dilma será um dos nossos exemplos. Queremos convencer as mulheres que, mais próximos dos governos federal e estadual, poderemos realizar os investimentos na infraestrutura dos bairros, na saúde, na educação e na qualificação das pessoas.

 

ESTOCADA EM AZEVEDO: Não nos utilizaremos de mentiras nem falsas promessas, a exemplo de 20 mil bolsas renda, carteiras de motorista gratuita, terra pra todo mundo e prefeitura móvel…

 

Como a senhora acha que será a campanha no rádio e na TV?

Vamos fazer uma campanha de alto nível. Não nos utilizaremos de mentiras nem falsas promessas, a exemplo de 20 mil bolsas renda, carteiras de motorista gratuita, terra pra todo mundo e prefeitura móvel e de portas abertas… Itabuna não quer mais essa enganação. Mostraremos projetos concretos para provar a nossa real intenção em priorizar o cuidado com a cidade.

A senhora foi secretária municipal de Assistência Social como avalia o setor atualmente?

Quando dirigi a Assistência Social, fizemos ou trouxemos vários programas como Viva Maria, Grapiúna Cidadão, Alimenta Itabuna e Bolsa-Família. Muitos desses meninos conseguiram o primeiro emprego na Coelba, Banco do Brasil e na Prefeitura. Os projetos já não oferecem as mesmas oportunidades e caiu em qualidade. Poderia hoje estar atendendo a 30 mil famílias, mas não passa de 19 mil. Isso mostra a falta de prioridade e descaso com os mais humildes.

O Rio Cachoeira está morrendo. O que fazer para recuperá-lo?

A barragem do Rio Colônia é uma forma de recuperar o nosso Rio Cachoeira e irá melhorar o fornecimento de água e garantir abastecimento para mais de 50 anos. O Inema já concedeu a licença prévia e ajustes estão sendo feitos para que a licença definitiva saia. Além disso, o Governo Wagner está elaborando um plano diretor de saneamento básico em Itabuna que irá coletar e tratar 100% do esgoto.

As ações de saneamento que a senhora fala incluiria devolver o patrimônio, fundir a Emasa com a Embasa ou a privatização?

Está fora de cogitação a transferência da Emasa ao Estado ou à iniciativa privada. A empresa é municipal e precisa ser fortalecida e reestruturada para que continue cuidando das ações de saneamento. Pena que se tenha se transformado em cabide de emprego. A Emasa é essencial para continuar a atender a população carente com tarifas diferenciadas de água e esgoto e até isenções tarifárias.

TUCANO CRITICA “LEILÃO” NO DIRETÓRIO DE ITABUNA; JOSÉ ADERVAN REBATE

Tucanos ampliam guerra no diretório de Itabuna (Montagem Pimenta).

O tesoureiro do diretório municipal do PSDB, João Piton, abriu guerra contra o presidente do partido, José Adervan, e o deputado estadual Augusto Castro. Ao tentar esclarecer o conflito partidário dos últimos dias, Pithon disse ao PIMENTA que o diretório é soberano e não foi informado sobre as possíveis alianças.

Ele também afirma que não foi discutido com o presidente José Adervan a possibilidade de o partido não ter candidatura própria a prefeito. O diretório, disse Piton, também não foi convocado para definição da data de sua convenção, que deverá ocorrer, no máximo, até 30 de junho.

Para o ex-vereador, o PSDB tem responsabilidade com o futuro de Itabuna. Por isso, defende a candidatura de Ronald Kalid. “Mantemos a palavra de apoiá-lo em convenção municipal”, afirmou, apesar de o arquiteto e urbanista ter anunciado sua desistência em entrevista ao PIMENTA. Piton diz estar havendo um jogo de interesses. E arremata:

– Vejo aí um leilão dos 2min6seg [tempo de tevê] garantidos ao partido pela lei eleitoral. Até então, não sabemos se este leilão está sendo feito pelo senhor José Adervan ou pelo deputado Augusto Castro. O que dá para perceber é que existem diversos interesses e a maioria deles antagônicos aos do diretório – sustenta Pithon.

ADERVAN RESPONDE

Ouvido pelo PIMENTA, o presidente do diretório, José Adervan, diz que Piton não tem poderes de falar ou agir em nome da agremiação. “O regime é presidencialista”, cutucou. Para o líder tucano, “é preciso sentar e discutir o assunto sem murros na mesa e sem xingamentos ao telefone”.

Ele ainda esclareceu que o diretório do PSDB se reúne na terça-feira, 19. Na pauta, a homologação da data da convenção municipal, dia 28, e outros assuntos, incluindo o rumo a seguir.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia