WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

editorias






:: ‘denúncia’

NEGOCIAÇÕES PARA SEGURAR TEMER NO CARGO ENVOLVEM R$ 12 BILHÕES

Temer promove gastança para se manter no poder|| Foto Antonio Cruz/Agência Brasil

Temer promove gastança para se manter no poder|| Foto Antonio Cruz/Agência Brasil

As negociações do presidente Michel Temer com os deputados para garantir que a segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República seja sepultada na Câmara esta semana envolveram pelo menos R$ 12 bilhões — além de cargos e benesses de valor inestimável, como a mudança no combate ao trabalho escravo.

Só de emendas parlamentares pagas desde o início de setembro foram R$ 881 milhões. Mas houve ainda uma frustração de receita com o novo Refis, estimada até o momento em R$ 2,4 bi; a desistência de privatizar Congonhas no ano que vem, cuja outorga era estimada em R$ 6 bi, e, por fim, a possibilidade de abdicar de R$ 2,8 bi com a anistia de parte das multas ambientais prevista no decreto editado na segunda-feira, revela O Globo.

PREFEITURA DIZ QUE “CEMITÉRIO DE ÔNIBUS” RECEBE VISTORIA SISTEMÁTICA

A respeito da nota publicada há pouco pelo PIMENTA, sobre uma área que seria potencial foco do mosquito Aedes aegypti na Rua Alício de Queiroz, a Prefeitura de Itabuna informou que tem ciência do problema e desde janeiro realiza um monitoramento sistemático do terreno.

De acordo com a Secretaria de Comunicação, as vistorias ocorrem a cada quinze dias, desde que o governo recebeu denúncia de moradores do condomínio Jorge Amado, situado na mesma rua.

Além da área onde estão abandonadas sucatas de ônibus e entulho, os agentes da Vigilância Epidemiológica têm vistoriado outros terrenos na mesma vizinhança, que também representariam ameaça de se tornar criadouros do mosquito transmissor da dengue, da zika e da febre chikungunya.

Informações e denúncias sobre possíveis focos podem ser transmitidas à Vigilância por meio do telefone 3612-8324.

DIRETORA PROMETE APURAR DENÚNCIA

Claudiana Correia, da Secretaria de Saúde de Itabuna, por meio de assessoria, diz não ter recebido reclamação relativa a perseguições a servidores na Unidade Básica de Saúde Roberto Santos, no Santo Antônio. Porém, diante da denúncia feita no blog, prometeu apurar o caso “com o rigor exigido”. Servidores reafirmam a denúncia e ter comunicado, verbalmente, à diretora.

O secretário de Saúde, Eric Ettinger, também tem sido colocado a par da situação. O espaço está aberto para que a diretora da unidade apresente, caso queira, a sua versão.

RUI PEDE QUE PF APRESSE RETORNO DE DALVA SELE “PARA PROVAR DENÚNCIA”

Rui pede que PF apresse retorno de Dalva Sele ao Brasil (Foto Vaner Casaes).

Rui pede que PF apresse retorno de Dalva Sele ao Brasil (Foto Vaner Casaes).

Rui Costa, candidato petista ao governo baiano, disse em comício em Santo Amaro, no recôncavo baiano, que a oposição contratou pessoas para atingi-lo com mentiras e calúnias. Para ele, os ataques de agora, um deles envolvendo o seu nome com recebimento de mensalinho, via Instituto Brasil, são evidência do seu crescimento nas pesquisas.

“Meus pais me ensinaram que a única coisa que o pobre não pode perder é a vergonha na cara. Esse aprendizado eu tive”, disse ele ao lembrar do seu passado na Liberdade, bairro pobre de Salvador. Rui disse que pedirá à Polícia Federal para apressar a chegada de Dalva Sele Paiva, ex-presidente do Instituto Brasil ao país. Ela viajou para Barcelona, Espanha, logo após conceder entrevista à Revista Veja.

Rui diz ser vítima de uma farsa montada pela oposição e Dalva e o apoio da revista da Editora Abril. Para ele, “as coisas no Brasil precisam ser tratadas com seriedade”. E, na sequência, completou: “Não é admissível que uma revista publique acusações tão graves feitas por uma mulher sem que ela apresente nenhuma prova documental e a denunciante ainda viaje para o exterior antes mesmo da publicação, impedindo que lhe sejam cobradas as provas do que afirmou”.

O candidato apelou a um tom mais emocional para dizer que não se verga. “O que me empurra para frente é que nessas veias corre sangue de gente que nasceu na encosta, superou todas as dificuldades enfrentadas pelo povo pobre. Povo que eles esqueceram Se acham que me atacar através da televisão vai me esmorecer, estão enganados. Não vai não”, concluiu.

Sem deixar de lado o tom emocional, Rui, acompanhado da esposa, Aline, e da filha de um ano, Marina, disse que a família o motiva.”A única coisa que quero é chegar no fim do governo e olhar para meus três filhos e dizer: vocês podem se orgulhar do pai que têm. É isso que vou levar comigo como patrimônio”

RUI: “PEÇO AJUDA AO MINISTÉRIO PÚBLICO E À JUSTIÇA PARA ESCLARECER ESSA FARSA”

 

Rui Costa diz querer ajuda do MP e Justiça (Foto Vaner Casaes).

Rui Costa diz querer ajuda do MP e Justiça (Foto Vaner Casaes).

Citado pela presidente do Instituto Brasil, Dalva Sele Paiva, como beneficiário no esquema de construção de moradias na Bahia, o candidato ao governo pelo PT, Rui Costa, disse que tem pressa na apuração das denúncias. Ele comentou a disposição do Ministério Público Estadual, por meio da promotora Rita Tourinho, de ouvir imediatamente a Dalva Sele.

– É preciso que esta senhora prove tudo o que disse. Ela citou o meu nome. Agora, peço ajuda ao Ministério Público e à Justiça para que esclareçam toda esta farsa que tem motivações eleitorais – reforçou.

Rui ainda lembrou da sua indignação diante da denúncia.

– Antes de ser político, sou filho, sou esposo, sou pai. Todos na minha família estão sofrendo e indignados. Todos nós sabemos exatamente de onde partiu a maldade, fruto da ganância eleitoral. Mas confiamos na justiça.

Para o candidato petista, a matéria é “inescrupulosa e a serviço do velho coronelismo baiano”. E pediu “severa investigação” por parte das autoridades.

– Eu quero muito ser governador e no final do mandato quero que meus filhos olhem nos meus olhos e me digam que se orgulham do pai ter ocupado cargos públicos com máxima integridade e dignidade. Envolver meu nome neste assunto faz parte de uma estratégia leviana e suja. Agora, eu quero que provem o meu o envolvimento nesta caso. É um desafio.

O candidato considera estar claro que adversários decidiram usar uma revista aliada, a Veja, “para fazer denúncias caluniosas, com único objetivo de repercutir no horário eleitoral gratuito”.

SUJOU, VAI TER QUE LIMPAR

Empresa terá que retirar entulho despejado na pista do aeroporto (foto Wilson Oliveira / Ascom)

Empresa terá que retirar entulho despejado na pista do aeroporto (foto Wilson Oliveira / Ascom)

Fiscais da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) confirmaram a denúncia de que uma empresa de construção estava descartando entulho na pista do aeroporto de Itabuna. A informação foi publicada no sábado (1º), pelo PIMENTA.

A empresa responsável pela irregularidade se comprometeu a fazer a limpeza da pista e o nivelamento do entulho que foi colocado nas laterais. O compromisso foi firmado com a prefeitura e representes do Aeroculube de Itabuna. Segundo nota do governo municipal, o nivelamento atende a uma necessidade do aeroclube, que já havia reivindicado a terraplenagem da área.

Segundo o presidente do aeroclube, Francisco de Assis Lima Menezes, nenhuma empresa está autorizada a descartar material naquela área. O descarte de material em qualquer área de Itabuna só pode ser feito mediante autorização do poder público e seguindo as diretrizes do Código de Obras e de Posturas e da Lei nº 2.195/2011, que estabelece a Política Ambiental do Município. Os dispositivos preveem multa e outras punições contra o descarte irregular de entulho.

PISTA DE AEROPORTO VIRA DEPÓSITO DE ENTULHO

Caminhões de construtora descarregavam entulho no aeroporto

Caminhões de construtora descarregavam entulho no aeroporto

Material despejado irregularmente ameaça assorear um córrego

Material despejado irregularmente ameaça assorear um córrego

O finado aeroporto de Itabuna, que um grupo luta para ressuscitar, vem sendo usado como depósito de entulho por uma construtora da cidade. Caminhões foram flagrados esta semana descarregando material indevidamente na pista e às margens de um córrego situado nas imediações.

A diretoria do Aeroclube de Itabuna denunciou o fato à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e aguarda providências para que a irregularidade seja combatida. Sete dos 23 hectares da ocupados pelo terminal desativado pertencem ao aeroclube,enquanto o restante da área ainda é objeto de disputa entre Prefeitura e Derba.

O aeroclube trabalha para viabilizar o aeroporto, que seria destinado à aviação executiva e serviço de UTI aérea.

VEREADOR PEDE QUE MP APURE GASTOS COM DIÁRIAS

magal entregando representação ao MP

Magal diz que Jabes desrespeita a Câmara

A suspeita de uso excessivo e indevido de diárias pagas pelos cofres públicos levou a uma representação contra o prefeito de Ilhéus junto ao Ministério Público Estadual.

A iniciativa é do vereador Fábio Magal (PSC), que em outubro do ano passado apresentou requerimento para que o prefeito Jabes Ribeiro justificasse o uso das diárias perante a Câmara Municipal. A proposta foi aprovada pelo legislativo, mas ainda assim o gestor não deu satisfações sobre os gastos com viagens.

Magal acusa Ribeiro de transgredir a lei e desrespeitar as prerrogativas da Câmara. “Jabes desrespeita a Lei Municipal n° 3.520, que obriga o gestor a apresentar relatórios das viagens realizadas em nome do município”, aponta o vereador.

Sobre o desrespeito às atribuições do legislativo, o denunciante afirma que “isso fica claro toda vez que ele ignora uma solicitação da Câmara e fere a Lei Orgânica do Município, em seu artigo 33”.

SAÚDE TEVE RECESSO EM UNA

Unidades de saúde, como se sabe, prestam serviço essencial e que, portanto, não pode sofrer interrupção. Na cidade de Una, porém, essa regra óbvia vem sendo descumprida.

Segundo denúncia do blog Atitude em Una, alguns postos de saúde do município permaneceram de portas fechadas no período de 20 de dezembro a 6 de janeiro. Entre esses dias, parte da população ficou sem atendimento e impossibilitada de agendar consultas e exames.

O blog informa que encaminhará representação ao Ministério Público.

VEREADOR APONTA “COINCIDÊNCIA” EM LICITAÇÃO

Há muito não se ouvem mais as marchas na Avenida Soares Lopes, mas até hoje o Desfile de Sete de Setembro repercute em Ilhéus. O motivo é a denúncia, feita pelo vereador Lukas Paiva (PMN), de que houve fraude na contratação da empresa responsável pela montagem da estrutura utilizada no evento.

O contrato da empresa TMais Serviços, Locações e Eventos custou R$ 37 mil aos cofres do município. Um detalhe curioso é que houve uma inversão na ordem natural das coisas, pois a montagem de palanque para as autoridades e de outras estruturas para o desfile ocorreu no dia 5, enquanto a empresa vencedora na licitação foi conhecida somente no dia 6.

Para o vereador, “há sinais claros de que a empresa sabia que venceria a licitação e se adiantou para prestar o serviço à Prefeitura”. Paiva também já afirmou que, na verdade, a montagem foi feita por por funcionários de outras empresas e a TMais entrou apenas para receber o pagamento (relembre).

A Prefeitura encaminhou documentos referentes à licitação à Câmara de Vereadores. De acordo com o vereador, a documentação revela outras irregularidades, como o fato da TMais e outra empresa que participou da mesma licitação funcionarem no mesmo endereço.

BICALHO EXPLICA PAGAMENTO À EMPRESA DO DIRETOR-MÉDICO DO HOSPITAL DE BASE

Presidente da Fasi diz que salário dos servidores vai pra conta logo após repasse da Sesab (foto Wilson Oliveira)

Presidente da Fasi afirma que pagamento à empresa foi feito para cobrir salário de médica (foto Wilson Oliveira)

O diretor-presidente da Fundação de Assistência à Saúde (Fasi), Paulo Bicalho, esclareceu denúncia feita pelo vereador Geraldo Barbosa Filho (PMN),  envolvendo o nome do médico Archibaldo Daltro Barreto Filho, que exerce o cargo em comissão de diretor-médico do Hospital de Base desde junho deste ano.

A uma comitiva de vereadores que o procurou nesta quinta-feira para tratar do assunto, o presidente da Fasi afirmou que não procede a acusação de que o médico recebe para prestar serviço como cardiologista, pois Daltro não exerce qualquer outra atividade no hospital, além da diretoria clínica.

Bicalho disse que o pagamento feito em nome da empresa Patury Barreto Serviços Médicos Ltda. destinou-se a um repasse para remunerar os serviços prestados por uma plantonista médica, que trabalhou por 60 dias no Base, mas que, “por problemas técnicos”, não teve como receber o salário.

Paulo Bicalho informou aos vereadores que já havia mandado sustar outros pagamentos em condição parecida nos últimos meses. “Infelizmente, havia uma tradição de pagamentos a profissionais feitos por meio de empresas de terceiros”, informou o diretor-presidente da Fasi. Ainda segundo ele, “o próprio vereador Geraldo Barbosa Filho conhece a situação e, com certeza, sabe que o pagamento feito via a empresa do Dr. Archibaldo ocorreu somente para evitar prejuízo à profissional que, efetivamente e com eficiência, prestou o serviço ao Hospital de Base e à população”.

DIRETOR MÉDICO DO HOSPITAL DE BASE É ACUSADO DE RECEBER SEM TRABALHAR

Vereador acredita em esquema para engordar salário do diretor clínico do Base

Vereador acredita em esquema para engordar salário do diretor clínico do Base

O vereador Geraldo Barbosa Filho (PMN), de Itabuna, apresentou nesta quarta-feira (30) uma denúncia envolvendo a Fundação de Assistência à Saúde de Itabuna (Fasi), que administra o Hospital de Base. Segundo Barbosa, a entidade estaria fazendo pagamentos indevidos ao diretor-clínico do Base, Archibaldo Daltro Barreto Filho.

O vereador obteve uma nota fiscal, correspondente ao pagamento de R$ 5 mil à empresa Patury Barreto Serviços Médicos Ltda. O valor, segundo a descrição constante na nota, seria para remunerar “serviços médicos prestados pelo Dr. Archibaldo Daltro Barreto Filho”. Os atendimentos teriam sido feitos no ambulatório do hospital e a remuneração era relativa a um mês de serviço. O médico já teria feito o empenho de cinco notas do mesmo valor junto à contabilidade da Fasi.

Barbosa diz que o médico estaria recebendo os pagamentos para dar plantões como cardiologista, mas – segundo ele – a escala de serviços do hospital denuncia que Barreto Filho não realizou os atendimentos pelos quais recebeu. O vereador afirma ter conversado com funcionários do Base, que igualmente negam a presença do médico nos plantões.

Como diretor-clínico do Hospital de Base, Barreto Filho recebe R$ 4,5 mil mensais. Para o denunciante, a Fasi pode ter simplesmente buscado uma fórmula para engordar” o salário do diretor, pagando-lhe por um serviço inexistente. Barbosa propõe a instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) na Câmara de Vereadores para apurar o fato.

Pela manhã, o PIMENTA solicitou posicionamento do diretor-presidente da Fasi, Paulo Bicalho, sobre a denúncia do vereador. Até este momento, o blog não obteve resposta.

TRE AFASTA SERVIDOR SUSPEITO DE CORRUPÇÃO

A Tarde

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargadora Sara Brito, determinou que o servidor público do órgão Joseph Rodrigues, acusado de extorsão pelo deputado estadual Angelo Coronel (tesoureiro do PSD), seja dispensado da função comissionada de chefe da seção de contas partidárias. A informação foi divulgada, nesta sexta-feira, 25, pelo TRE. A desembargadora também determinou o afastamento preventivo de Joseph por 60 dias.

O TRE informou que já instituiu comissão de processo administrativo disciplinar para apurar a denúncia feita contra Rodrigues. Ainda de acordo com o órgão, a comissão responsável pelas investigações dedicará tempo integral aos trabalhos de apuração e serão adotadas todas as providências, dentro da legalidade e do princípio da transparência, para esclarecimento do fato.

Leia mais

SERVIDOR DO TRE ACUSADO DE PEDIR PROPINA

Deputado Ângelo Coronel, autor da denúncia

Deputado Ângelo Coronel, autor da denúncia

O deputado estadual Ângelo Coronel acusa o servidor Joseph Rodrigues, do TRE-BA, de cobrar propina para facilitar a aprovação das contas do PSD referentes às eleições de 2012. Rodrigues atua no setor que emite parecer sobre as contas das legendas, antes das mesmas serem levadas a julgamento no pleno do tribunal.

Em um vídeo encaminhado pelo deputado ao Ministério Público Federal nesta quinta-feira (24), o servidor aparece recebendo dinheiro – R$ 28 mil, segundo o parlamentar – supostamente para preparar a prestação de contas do partido.

Na gravação, é possível ouvir o funcionário do TRE dizer: “Se você me der 10 mil, mais um pouquinho, eu fico satisfeito. E o resto a gente pode diluir. Em dezembro, até fevereiro, mais uns 4 mil”.

Além de facilitar a aprovação, Rodrigues também oferecia uma espécie de consultoria. “Se vocês quiserem fazer comigo, a partir de janeiro, R$ 2 mil mensais, e a gente vai tomar conta”, explica o servidor em outro trecho. Outra gravação mostra um assessor do PSD entregando R$ 5 mil ao funcionário, que faz questão de conferir as notas duas vezes.

Segundo o jornal A Tarde, Rodrigues nega as acusações. Ele ficou de se manifestar, por escrito, nesta sexta-feira (25).

ILHÉUS: VEREADOR DENUNCIA FRAUDE EM LICITAÇÃO

O vereador Lukas Paiva (PMN), de Ilhéus, denunciou nesta terça-feira, 10, no plenário da Câmara, uma suposta fraude na licitação por meio da qual foi escolhida a empresa TMais Serviços, Locações e Eventos para montar a estrutura e organizar o desfile de 7 de Setembro na cidade.

Paiva disse ter recebido, na semana passada, informações de que haveria irregularidades na licitação, na modalidade carta convite, e que a TMais seria a vencedora. Antes da divulgação do resultado, que ocorreria no dia 6, o vereador comunicou a situação à promotora Karina Cherubini, do Ministério Público Estadual.

Segundo o vereador, a TMais é a mesma empresa que montou a estrutura para o projeto “Viva Ilhéus”, por R$ 240 mil. Para organizar o desfile da Independência, o custo ficou em R$ 37 mil, mas Paiva afirma que todo o trabalho foi feito por outras empresas, que já prestam serviços à Prefeitura.

O denunciante diz ter havido um esquema para destinar o dinheiro ao pagamento de despesas assumidas pelo prefeito Jabes Ribeiro durante a campanha eleitoral do ano passado.

Na tarde desta quarta-feira, 11, a presidente da Comissão de Licitação da Prefeitura, Daniele Martins, se pronunciou por meio da Secretaria de Comunicação do Município. Sem dar detalhes, ela disse que a contratação da TMais seguiu a legislação e informou que apresentaria os documentos referentes ao processo licitatório para o Ministério Público, embora não tenha havido solicitação.

VEREADOR DENUNCIA DESCASO NO ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO EM ITABUNA

Gegéu cobra explicações do governo sobre falta de atendimentos em odontologia

O vereador Gegéu Rocha Filho (PMN) fez uma denúncia grave na sessão plenária da Câmara de Vereadores de Itabuna na tarde desta quarta-feira, 11. Segundo ele, o serviço de odontologia prestado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Itabuna se encontra praticamente paralisado, embora já tenham sido gastos, em 2013, cerca de R$ 2 milhões somente com a folha de pagamento dos odontólogos.

Segundo o vereador, que é cirurgião dentista, os 59 profissionais lotados nas unidades básicas de saúde estão recebendo sem trabalhar. Não por culpa dos mesmos, mas por problemas que chegam a ser ridículos, como o da unidade básica de saúde Alberto Teixeira Barreto, no bairro Califórnia, onde o gabinete odontológico está desativado por causa de uma tomada.

Nas demais unidades, apesar dos equipamentos estarem funcionando, não há atendimento desde a gestão passada porque ainda não foi realizada licitação para a compra de materiais básicos, como gaze e luvas cirúrgicas. “De todo o quadro de odontólogos do município, há apenas de dez a treze trabalhando no Odontocentro, mas só para não dizer que está tudo completamente parado”, afirma o vereador.

Gegéu apresentou requerimento no qual pede explicações ao governo sobre essa situação. A denúncia gerou forte repercussão na Câmara, mas nem mesmo os vereadores da base do prefeito Claudevane Leite (PRB) o defenderam. Jairo Araújo, do PCdoB, apenas observou que a Secretaria da Saúde, controlada por seu partido, não é responsável pelas licitações. Sobre este setor, ele disse que de fato há problemas “seríssimos”.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia