WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Derba’

A APOSENTADORIA DE SAULO PONTES

Saulo: aposentadoria em março?

O engenheiro Saulo Pontes fez promessa pública de se aposentar tão logo começassem as obras de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna. A promessa tem janeiros. Saulo possui mais de 40 anos de serviço público estadual. Começou no extinto Derba, onde tornou-se diretor. Desde 2015, comanda a Superintendência de Infraestrutura de Transporte da Bahia (SIT).

Na última sexta, ele acompanhava o Rui Costa em Ilhéus. O governador falava de prazo para início das obras da rodovia, quando a reportagem do PIMENTA questionou se a construção da nova pista na margem direita começaria em 20 fevereiro, data que constava anteriormente. Rui disse que preferia não cravar, mas, otimista, apostava em começo das obras em março.

O repórter se dirigiu a Saulo e brincou:

– Pelo jeito, a aposentadoria vai demorar…

Ele, sorridente, seguiu o chefe:

– Nada! [A obra] começa em março.

TRÂNSITO LENTO NA ILHÉUS – ITABUNA

Trecho próximo ao Atacadão tem fluxo em apenas uma pista (foto Pimenta)

Trecho próximo ao Atacadão tem fluxo em apenas uma pista (foto Pimenta)

O motorista que trafega hoje pela rodovia Jorge Amado, ligação entre Ilhéus e Itabuna, tem que redobrar a atenção e a paciência. Devido  a uma obra de recapeamento realizada pela Superintendência de Infraestrutura de Transportes (antigo Derba), nas imediações do acesso ao supermercado Atacadão e ao condomínio Cidadelle, o trânsito naquele trecho se dá em apenas uma pista, no chamado “pare/siga”.

A operação, que é necessária e bem vinda, gera filas tanto na saída como na chegada a Itabuna.

Em um trecho mais próximo à Ceplac, é preciso reduzir a velocidade, pois homens do Dnit trabalham na retirada do mato da margem da rodovia.

TESOURA DE TEMER PODE COMPROMETER BARRAGEM DO RIO COLÔNIA

Temer "Mãos de Tesoura"

Temer “Mãos de Tesoura”

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) assumiu hoje (12) o comando do país e incluiu, como uma das partes principais de seu discurso de posse, o aviso de que cortará gastos do governo. A advertência causa temor de redução de repasses e prejuízo no andamento de obras, como a da barragem do Rio Colônia, que foi retomada recentemente.

A barragem, que é a esperança de solução para a crise de abastecimento em Itabuna, teve até o momento apenas 5% de seu projeto concluído. Dos R$ 35 milhões que correspondem à parcela dos recursos federais na obra, apenas R$ 1,9 milhão foi liberado. Já o Estado liberou R$ 2 milhões da contrapartida de R$ 12 milhões.

Além da verba para a construção da barragem, o projeto exigirá recursos para a construção de uma nova estrada entre Itapé e Itaju do Colônia, a cargo do Derba. Nos bastidores, circula a informação de que o órgão estadual também prevê dificuldades para viabilizar os R$ 16 milhões que deverão ser destinados à rodovia.

RUI CONDENA “QUANTO PIOR, MELHOR” E COBRA RESPONSABILIDADE DE POLÍTICOS

Rui em evento com prefeitos baianos em Salvador, ontem (Foto Manu Dias-GovBA).

Rui em evento com prefeitos baianos em Salvador, ontem (Foto Manu Dias-GovBA).

O governador Rui Costa disse que o acirramento do clima político no país e a aprovação de projetos com a intenção clara de desgastar a presidente Dilma Rousseff prejudicará a população. A avaliação é feita um dia antes de encontro de governadores com a presidente da República, em Brasília.

A reunião tratará de pacto federativo, mas também abordará o acirramento da política nacional. Para ele, governadores, deputados, senadores e a presidente devem pensar em suas respectivas responsabilidades com o destino do país.

– Quando o clima político se acirra e se começa a aprovar projetos com a intenção de desgastar o governo, ou na linha de quanto pior melhor, quem vai pagar um preço alto por isso é a população. Portanto, eu acho que a presidente Dilma acerta e acerta muito quando resolve chamar os governadores para que juntos possamos discutir os destinos do nosso País – disse.
O mandatário baiano defende agenda permanente para discutir temas de relevância para o país. “Por exemplo, segurança pública. Acho que a presidenta precisa se reunir com os governadores para discutir formas de inserção do governo federal no tema segurança pública”, ressaltou.
Rui defendeu, ainda, a criação de novas fontes de financiamento na saúde. “O povo clama e tem urgência pela melhoria dos serviços de saúde. Então, juntos, governadores de todos os partidos políticos e a presidente, podemos ir construindo uma agenda para o Brasil e para o povo brasileiro”.
As declarações foram dadas pelo governador durante assinatura do convênio de cooperação técnica para cessão de 174 bens móveis e 194 servidores do Derba, realizada na sede da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), ontem à tarde.

SAULO PONTES DEIXA O DERBA

saulo pontesO Diário Oficial da Bahia publica na edição de hoje (10) a exoneração do engenheiro Itabunense Saulo Pontes da diretoria geral do Derba (Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia).

Na mesma edição do D.O., está publicada a nomeação do engenheiro como diretor-superintendente da Superintendência de Infraestrutura de Transportes do Estado. O Derba será extinto, conforme lei de reforma administrativa aprovada em dezembro passado.

A publicação ocorre após ajustes políticos entre o governo e o PR, partido de Saulo Pontes. Atualizada às 10h01min.

SAULO REAFIRMA QUE OBRA DA PONTE DE ILHÉUS NÃO FOI PARALISADA

saulo pontesO diretor do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), Saulo Pontes (foto), reafirmou que as obras de construção da nova ponte que ligará o centro de Ilhéus à zona sul não sofreram paralisação.

A Secretaria de Comunicação do Estado liberou a todos os veículos sul-baianos áudio de uma entrevista feita pela equipe com o dirigente do Derba, que se encontrava em Brasília.

Na terça (9), um executivo da UTC Engenharia afirmou a um site de Salvador que as obras foram paralisadas por falta de licença ambiental. Confira clicando no play.

APÓS OBRAS, AEROPORTO DE CANAVIEIRAS PODERÁ RECEBER VOOS COMERCIAIS

Vista aérea de Canavieiras com aeroporto ao fundo.

Vista aérea de Canavieiras, que busca retomada de voos regulares.

Sinalização da pista do aeroporto de Canes (Foto Walmir Rosário).

Sinalização da pista do aeroporto de Canes (Foto Walmir Rosário).

As obras de reforma do Aeroporto de Canavieiras devem ser concluídas em até 60 dias, segundo o prefeito Almir Melo, que visitou o terminal aeroportuário nesta quinta. Elas permitirão a retomada de voos particulares e comerciais e estão sendo tocadas pelo Departamento de Infraestrutura de Transporte da Bahia (Derba), com o apoio da Prefeitura de Canavieiras.

De acordo com Almir Melo, as obras contemplam construção de nova estação de passageiros, muro no entorno do aeroporto, sinalização e balizamento para receber voos noturnos. O terminal poderá receber voos regulares ligando o município a Salvador, Vitória (ES), Rio de Janeiro e São Paulo, segundo o prefeito de Canavieiras.

– Nossa aeroporto possui localização estratégica e por isso todo o esforço para reativar este importante equipamento, pois em muito breve esperamos contar com os voos comerciais aqui em Canavieiras – ressalta Almir, enfatizando que os voos no aeroporto foram interrompidos há 10 anos. O terminal tem pista de 1.360 metros de comprimento.

DNIT E INEMA AUTORIZAM DUPLICAÇÃO DA ILHÉUS-ITABUNA

Ainda sem informar quando começam as obras, o pré-candidato ao governo baiano pelo PT, Rui Costa, ex-secretário da Casa Civil, disse que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) autorizou o Estado a executar as obras de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna. A obra já conta, também, com autorização do órgão ambiental estadual, o Inema.

A duplicação ocorrerá com a construção de nova pista à margem direita do Rio Cachoeira. O trecho de 17,98 quilômetros terá três pontes de interligação, na região da Ceplac, Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e no Banco da Vitória.

Nesta nova configuração, o Dnit e o Derba desistiram de uma quarta ponte, que interligaria o Semianel Rodoviário, na região da Churrascaria Los Pampas, à nova pista.

De acordo com o pré-candidato petista, a obra já conta com recursos de R$ 68 milhões dos R$ 180 milhões previstos. O início da duplicação ainda será anunciado pelo governador Jaques Wagner, o que poderá ocorrer até o aniversário de Itabuna, em 28 de julho, ou ainda nesta semana, nos festejos do aniversário de Ilhéus (28 de junho).

Abaixo uma projeção feita por Pablo Joaquim e Wallace Silva para o PIMENTA em setembro do ano passado.

Plotagem aponta o traçado da nova pista (Projeção Projeção traz o traçado da nova pista (confira seta) da Rodovia Ilhéus-Itabuna (Projeção Pablo Joaquim e Wallace Silva).

Plotagem aponta o traçado da nova pista (Projeção de Pablo Joaquim e Wallace Silva para o Pimenta).

PISTA DE AEROPORTO VIRA DEPÓSITO DE ENTULHO

Caminhões de construtora descarregavam entulho no aeroporto

Caminhões de construtora descarregavam entulho no aeroporto

Material despejado irregularmente ameaça assorear um córrego

Material despejado irregularmente ameaça assorear um córrego

O finado aeroporto de Itabuna, que um grupo luta para ressuscitar, vem sendo usado como depósito de entulho por uma construtora da cidade. Caminhões foram flagrados esta semana descarregando material indevidamente na pista e às margens de um córrego situado nas imediações.

A diretoria do Aeroclube de Itabuna denunciou o fato à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e aguarda providências para que a irregularidade seja combatida. Sete dos 23 hectares da ocupados pelo terminal desativado pertencem ao aeroclube,enquanto o restante da área ainda é objeto de disputa entre Prefeitura e Derba.

O aeroclube trabalha para viabilizar o aeroporto, que seria destinado à aviação executiva e serviço de UTI aérea.

DECRETO DEFINE ÁREA DO NOVO AEROPORTO DE ILHÉUS

O Diário Oficial do Estado publica em sua edição desta quarta-feira (8) o decreto que define a área onde será construído o futuro aeroporto regional do Sul da Bahia. O documento declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, uma faixa de terra de 979 hectares, à margem da rodovia Ilhéus – Itabuna. O levantamento do sítio aeroportuário foi realizado pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba).

O mesmo decreto, assinado pelo governador Jaques Wagner, autoriza o Derba a promover os atos administrativos e judiciais, “se necessário em caráter de urgência”, para executar a desapropriação dos imóveis existentes na área.

DIRETOR DO DERBA DIZ QUE PROJETO DE DUPLICAÇÃO DA ILHÉUS-ITABUNA ESTÁ MANTIDO

Pista atual da rodovia terá ações de preservação ambiental e recuperação (Foto Pimenta/Arquivo).

Pista atual da rodovia terá ações de preservação ambiental e recuperação (Foto Pimenta/Arquivo).

Pontes afirma que projeto está mantido (Foto Pimenta/Arquivo).

Pontes afirma que projeto está mantido (Foto Pimenta/Arquivo).

O diretor-geral do Departamento de Infraestrutura de Transportes (Derba), Saulo Pontes, disse em entrevista exclusiva ao PIMENTA que o projeto de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415) está mantido com a construção da nova pista na outra margem – a direita – do Rio Cachoeira.  Segundo ele, a desapropriação de terras ao longo da estrada atual, à esquerda do rio, visa à preservação de áreas verdes.

A confusão se deu, ontem (12), com a publicação de decreto assinado pelo governador Jaques Wagner. O documento falava apenas em desapropriações de imóveis na faixa de 50 metros em cada margem da pista atual, não citando desapropriações à margem direita do rio.

– Houve apenas uma adequação do projeto original visando preservar as Áreas de Preservação Permanente do Rio Cachoeira – enfatizou Pontes ao PIMENTA.

De acordo com o diretor-geral do Derba, após a publicação do decreto de áreas a 50 metros de cada margem da pista atual, “o próximo passo será a avaliação das áreas, imóveis e benfeitorias existentes” na margem esquerda do rio. Logo após, o governo dará início às desapropriações. A longo da pista existente estão instituições de ensino, como a Universidade Estadual de Santa Cuz (Uesc), três atacadões e áreas residenciais.

Questionado quanto à divergência sobre a extensão atual do trecho da BR-415, de 26 quilômetros ante os 33,1 quilômetros do decreto, Saulo disse que se trata de integração com as BAs 262 e 001. Não há, no entanto, prazo confirmado para a construção da nova estrada. O novo decreto seria parte das exigências para licenciamento ambiental da obra.

DUPLICAÇÃO: GOVERNO INICIARÁ DESAPROPRIAÇÃO DE ÁREAS À MARGEM DA RODOVIA ILHÉUS-ITABUNA

Decreto autoriza o Derba a tocar a desapropriações em caráter de urgência

O Governo da Bahia publicou na edição desta quinta-feira, 12, do Diário Oficial do Estado, decreto que declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, das áreas à margem da rodovia Ilhéus-Itabuna. De acordo com o decreto, o objetivo é promover a “duplicação, melhoramento e restauração da Rodovia BR-415”.

A desapropriação será feita em uma faixa de 100 metros de largura, sendo 50 metros em cada margem da rodovia, conforme projeto básico elaborado pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba). O decreto autoriza a autarquia, vinculada à Secretaria da Infraestrutura do Estado, a “promover os atos administrativos, se necessário em caráter de urgência”, para executar as desapropriações.

A duplicação da Ilhéus-Itabuna é uma das promessas feitas pelo governador Jaques Wagner ao Sul da Bahia. Em junho, o diretor do Derba, Saulo Pontes, manifestou temor de que a demora na obtenção das licenças ambientais retirasse a obra da lista de projetos que contariam com recursos do PAC em 2013.

EMPRESÁRIOS QUEREM REABRIR AEROPORTO

Empresários buscam apoio político a favor da reabertura do aeroporto (toto Ascom/ACI)

Empresários buscam apoio político a favor da reabertura do aeroporto (toto Ascom/ACI)

Fechado há nove anos, o aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho, de Itabuna, poderá ser reativado. Tudo começa com um sonho de empresários locais, mas é a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que dará a palavra final sobre o assunto.

Os empresários, liderados pela Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, têm defendido que o funcionamento do aeroporto pode impulsionar investimentos esperados pela cidade, como a instalação da Universidade Federal do Sul da Bahia. Com essa ideia, eles já conseguiram o apoio do governo local, da Câmara de Vereadores e da Associação dos Municípios do Sul e Extremo-Sul da Bahia (Amurc).

Até o final de agosto, o grupo aguarda a realização de levantamento topográfico pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), o qual será utilizado em avaliação da Anac. A intenção é de que o terminal, com pista de 1.522 metros de extensão por 30 metros de largura,  volte a operar com aeronaves de pequeno e médio porte.

A DUPLICAÇÃO QUE PODE GORAR

Pontes: retorno ao Derba (Foto Pimenta).

Saulo Pontes teme que duplicação fique fora do PAC (Foto Pimenta).

Como acelerar  o cumprimento das etapas de um projeto é algo raríssimo na área pública, é muito provável que o duplicação da rodovia Ilhéus – Itabuna seja mais um sonho sul baiano que acaba  não se tornando realidade.

Segundo já publicado há vinte dias no Blog Tempo Presente e aqui reproduzido, o engenheiro Saulo Pontes, diretor do Departamento Estadual de Infraestrutura de Transportes (Derba), alertou que a demora na obtenção da licença ambiental pode tirar a duplicação da lista de investimentos do PAC em 2013. E há risco da perda de recursos, caso a licitação não ocorra até agosto.

A situação, preocupante, será tratada pelo próprio Saulo Pontes em Ilhéus, no próximo dia 27. O diretor falará sobre o tema com os integrantes do Fórum Permanente em Defesa de Ilhéus, em reunião marcada para as 14 horas, na Associação Comercial.

Para não dizerem que não se falou das flores, no mesmo dia o governador Jaques Wagner também estará na cidade para anunciar a data em que terão início as obras da nova ponte entre o centro e a zona sul de Ilhéus.

RODOVIA ILHÉUS-ITABUNA SEM POLICIAMENTO

Rodovia está sem policiamento e radar instalado em 2007 não funciona (Foto Pimenta/Arquivo).

Rodovia está sem patrulhamento e radares não funcionam (Foto Pimenta/Arquivo).

A indefinição entre as polícias rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF) deixou uma das principais rodovias do Estado, a Ilhéus-Itabuna (BR-415), sem patrulha há quase um ano.

Desde o final de 2011, o policiamento rodoviário desta BR nos trechos entre as duas maiores cidades do sul da Bahia e de Itabuna ao entroncamento de Itapé passou das mãos do Derba (Estado) para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), órgão federal.

A mudança visou criar as condições para que o Governo Federal operasse as obras de recapeamento asfáltico da rodovia que tem tráfego, médio, de 5 mil carros por dia. As obras foram concluídas, embora quem trafegue por ela observe locais em que não houve manutenção. Não custa lembrar, a rodovia está entre as mais perigosas do estado.

Há vários meses a BR-415 nos trechos citados está sem patrulhamento efetivo. Como o policiamento rodoviário da Ilhéus-Itabuna passou a ser responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal, a ela cabe o trabalho de monitoramento e abordagens. Não é o que vem ocorrendo. As ações limitam-se a blitzen em feriadões, como a ocorrida no domingo passado.

Por isso, quem trafega no trecho mais intenso da BR-415 deve estar estranhando, há quase um ano, a falta de policiamento. Embora os postos policiais estejam ainda sendo ocupados pela Polícia Rodoviária Estadual, esta encontra limitações para atuar.

As abordagens, registro de ocorrências e até aplicação de multas não são mais legais se forem feitas pela PRE. Para isso, deveria haver convênio entre os governos estadual e federal. Até agora, nada.

A Polícia Rodoviária Federal, segundo fontes consultadas pelo PIMENTA, tem alegado falta de efetivo para patrulhar os dois trechos da BR-415. Pobre de quem anda pela rodovia. Mas há quem agradeça a essa indefinição. Sim, a bandidagem.

RISCO NA RODOVIA ILHÉUS-ITABUNA

O Derba parece ter esquecido de vez a manutenção e conservação da rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415). O mato avançou muito sobre a pista em vários pontos da estrada, aumentando ainda mais os riscos de acidente.

Uma das regiões mais perigosas é a curva em frente à estação de tratamento da Embasa, no quilômetro 4 da rodovia. O avanço foi tão grande que impede até que o motorista que trafega no sentido Ilhéus-Itabuna tenha visão da mão contrária.

Motoristas ainda alertam para o risco de acidentes nas margens da BR-415 no trecho que corta o Banco da Vitória, onde os comerciantes, ignorando os riscos, invadem acostamento e quebra-molas para montar barracas para venda de frutas e pescado. A estes problemas, junta-se outro: as conhecidas crateras ao longo dos 25 quilômetros da estrada.

RODOVIA INAUGURADA NO EXTREMO-SUL

O governo baiano inaugurou nesta manhã as obras de recuperação da rodovia BA-290, que liga Medeiros Neto a Itanhém, no Extremo-Sul do Estado. Com isso, a Secretaria Estadual da Infraestrutura (Seinfra) calcula já ter recuperado 3 mil quilômetros de estradas na Bahia nos últimos cinco anos.

A inauguração foi realizada pelo governador Jaques Wagner e o vice-governador e titular da Seinfra, Otto Alencar. O trecho ganhou cobertura em asfalto e sinalização, um investimento de R$ 4,4 milhões, numa ação executada pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), vinculado à secretaria.

BURACOS TOMAM CONTA DA BA-130

Buracos na rodovia são tapados com cascalho ou barro.

A rodovia que liga Ipiaú a Dário Meira, no sul da Bahia, a BA-130, mais parece tábua de pirulito devido à quantidade de buracos. Motoristas que trafegam pela estrada que também serve de acesso a Itagibá apelam à proteção Divina para chegar ao destino.

Moradores da região sugerem que o Estado aproveite da receita gerada pela exploração de níquel em Itagibá para aplicar uns “centavos” na recuperação da rodovia. Por lá, o asfalto é só lembrança – e dificulta a vida de quem produz e tem pressa.

E o Derba, o que diz?

OBRAS DE REPAVIMENTAÇÃO DA BR-415 AVANÇAM

Trecho de 28,5 quilômetros será repavimentado pelo Derba (Fotos Antônio Lima).

As obras de repavimentação da BR-415, trecho Itabuna-Ibicaraí, avançaram nos últimos dias. A obra executada pela Paviservice deve ser concluída em dezembro e custará aproximadamente R$ 19,5 milhões aos cofres estaduais.

Na primeira fase da obra, está sendo aplicada camada de asfalto para nivelamento, seguida de camada de pedra, brita e pó de brita e, na fase final, camada de asfalto. A obra é supervisionada pelo Departamento de Infraestrutura de Transporte da Bahia (Derba). O trecho a ser recuperado tem 28,5 quilômetros de extensão.

CAVALO APODRECE NA BR-415

Derba não providenciou remoção do animal (foto Blog do Thame)

Mesmo depois de informados pela mídia, nem o Derba nem a Polícia Rodoviária Estadual providenciou remoção do corpo de um cavalo, que há dias se encontra no acostamento da rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), próximo ao Atacadão.

Enquanto se decompõe, o animal serve ao apetite de urubus e exala um forte mau-cheiro, percebido a dezenas de metros de distância.

Haja descaso!

RECUPERAÇÃO DE RODOVIAS

O deputado federal Geraldo Simões (PT) reuniu-se nesta sexta-feira, 17, com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), José Lúcio, com quem tratou sobre a recuperação de rodovias que cortam o sul do Estado. Ontem,  o petista abordou o assunto com o diretor do Derba, Saulo Pontes, com quem também conversou sobre a previsão para o início das obras de duplicação da rodovia Ilhéus – Itabuna.

As obras de recuperação solicitadas pelo deputado contemplariam a BR-030, no trecho Ubatã – Maraú, e o acesso da cidade de Itajuípe à BR-101.

Segundo Simões, a expectativa para o início das obras é positiva. Ele afirmou que a ação tem como objetivo melhorar a infraestrutura de transporte na região, favorecendo o desenvolvimento econômico, inclusive com o incentivo ao turismo.

PAI DA CRIANÇA

A relação Derba-Prefeitura de Ilhéus periga cair em desgaste com as seguidas “bolas nas costas” por parte do Palácio Paranaguá.

A última está relacionada à recuperação da ponte da estrada Pontal-Buerarema. A direção do Derba alega ter feito o trabalho, mas os homens da prefeitura ilheense fizeram questão de sair sozinhos na foto.

A história pode não terminar bem…








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia