WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Difusora’

AS CRÍTICAS DE ROBERTO DE SOUZA

Roberto-289x300Chova ou faça sol, o radialista e ex-vereador Roberto de Souza não deixa de abordar um assunto em seu programa na rádio Difusora. Aliás, ele não deixa de atacar uma pessoa: o presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB).

O mais recente ataque de Roberto tem como alvo o concurso público que se encontra em gestação na Câmara. A casa, como se sabe, tem sido há muitos anos um belo cabide de emprego, chegando a ter mais de 90% de seu quadro formado por indicados políticos.

A aberração tende a acabar após o concurso público, cujo edital está para ser publicado. Procurado para se manifestar sobre as críticas de Roberto de Souza, Aldenes disse estranhar que uma medida que visa moralizar a Câmara seja condenada pelo ex-vereador.

“Esse moço foi vereador por três mandatos, sempre fez parte da mesa diretora, mas nunca sugeriu que se fizesse um concurso público ou que se promovesse qualquer outra medida para organizar a Câmara. Talvez esse nervosismo todo seja despeito”, afirma Aldenes.

DIREÇÃO DA DIFUSORA OUVE FUNCIONÁRIOS

Funcionários da rádio se uniram em defesa de colega

Após deflagrar uma paralisação contra a demissão do operador de áudio Iran Roberto, os funcionários da rádio Difusora de Itabuna foram ouvidos pelo diretor geral da emissora, Tiago Feitosa, e retornaram ao trabalho. Os comunicadores reclamaram não da demissão em si, mas sobretudo da forma escolhida pela diretora de programação e jornalismo Cátia Gomes, que teria sido desrespeitosa com o profissional.

Cátia informou a Iran Roberto que ele estava demitido, no momento em que o operador trabalhava na mesa de áudio durante a transmissão do programa O Crime não Compensa. No ar, espantado com a atitude da diretora, o apresentador Oziel Aragão manifestou solidariedade ao colega.

As manifestações de apoio a Iran Roberto e de crítica à diretora se seguiram na manhã desta sexta (7), durante o programa Panorama 640. O mesmo Oziel voltou a comentar o fato no ar, com indignação, após divulgar notícias de polícia.  Em  seguida, teve apoio do experiente Orlando Cardoso e de Silmara Sousa, que também apresenta o programa. Silmara chegou a chorar, lembrando à direção da Difusora que os profissionais da rádio “são seres humanos”.

Segundo o Plantão Itabuna, a direção geral da rádio se comprometeu a rever o relacionamento com os funcionários. Não foi divulgado o motivo da demissão do operador de áudio, nem se o desligamento seria revisto.

RÁDIO SAI DO AR NA HORA DA ENTREVISTA COM O GOVERNADOR E CASO VAI PARAR NA POLÍCIA

A diretora da Rádio Difusora de Itabuna, Cátia Gomes, registrou noticia-crime na Polícia Civil e na Polícia Federal, depois que a transmissão da emissora foi interrompida nesta terça-feira (5), por volta do meio-dia. A interrupção ocorreu no momento em que seria iniciada uma entrevista ao vivo, no estúdio, com o governador Jaques Wagner.

A direção da rádio suspeita de que houve ato de vandalismo e um ex-funcionário da Difusora pode estar envolvido. Mesmo sem transmissão, a entrevista com o governador foi realizada para ser levada ao ar posteriormente.

A rádio somente voltou ao normal por volta das 17 horas, após reparos feitos por técnicos da própria Difusora e da operadora de telefonia Oi. Segundo a emissora, houve confirmação da sabotagem porque um fio de sua linha de transmissão foi cortado.

MARCELO SOARES DEIXA A DIFUSORA

Soares é um dos melhores profissionais do rádio sul-baiano

Radialista dos mais competentes e completos do sul da Bahia, além de ser humano da melhor qualidade, Marcelo Soares encerrou nesta semana um longo período de atuação na rádio Difusora de Itabuna. Os motivos específicos não foram divulgados, mas a saída tem a ver com posturas da direção da emissora.

Pelo menos é isso que o radialista dá a entender, em uma carta de despedida postada em seu blog, Nas Ondas do Rádio. No texto, Soares afirma que saiu da Difusora por ter decidido “não conviver com a falsidade, a mentira e a perseguição gratuita por parte de quem deveria concentrar seus esforços em produzir e agregar e não difundir a discórdia e o descontentamento”.

O profissional disse ainda que está com “a consciência tranquila e o sentimento de dever cumprido.

Leia abaixo a íntegra da mensagem escrita por Marcelo Soares, em tom sincero e emocionado:

“Soou o apito, fim de jogo. É com esta frase esportiva que comunico aos meus amigos, colegas de profissão e aos meus ouvintes a minha saída da Rádio Difusora Sul da Bahia LTDA. Se encerra uma jornada vitoriosa de aproximadamente oito anos (Outubro de 2005 a Julho de 2013), na minha querida RD. Saio com a consciência tranquila e o sentimento do dever cumprido.
 
Seja narrando futebol, criando e produzindo vinhetas e chamadas, apresentando programas ou utilizando a minha voz nos textos comercias da emissora, tive a oportunidade de contribuir com o sucesso da Difusora durante esse tempo.
 
Aqueles que conhecem a minha conduta moral, espiritual e de caráter sabem que não sou de guardar mágoas ou rancores, pois são sentimentos que só servem para envenenar o próprio coração. Apenas decidi não conviver com a falsidade, a mentira e a perseguição gratuita por parte de quem deveria concentrar seus esforços em produzir e agregar e não difundir a discórdia e o descontentamento.
 
Deixo muitos amigos na casa ao mesmo tempo que agradeço a todos que me ajudaram na realização do meu trabalho. Não me despeço com um adeus, mas sim com um até logo, mesmo por que nesta vida tudo é passageiro e vivemos num mundo de idas e voltas.
.
Agora dou uma pequena pausa para um breve descanso merecido e aproveito para planejar o futuro. Amante do rádio como sou é provável que logo, logo apareço por aí NAS ONDAS DO RÁDIO”.

PAULO LEONARDO E OSVALDO BISPO AGORA NA JORNAL

Osvaldo Bispo e Paulo Leonardo, quando eram entrevistados por Gilvan Lima, da Jornal

Após cerca de 30 anos na Rádio Difusora, os comunicadores Paulo Leonardo e Osvaldo Bispo, que apresentavam o programa “O Crime não compensa”, mudaram de casa. A estreia na Rádio Jornal acontece nesta segunda-feira, 22, quando a dupla passa a conduzir o programa “Ronda Policial”, das 16 às 18 horas.

Além do programa vespertino, Leonardo e Osvaldo Bispo participam como repórteres em outras atrações da Jornal. O primeiro com informes gerais das ruas e o segundo com notícias da área policial.

Tudo como dantes, só que em outra emissora.

MUDANÇA NA DIFUSORA

Oziel é o novo apresentador do programa “O Crime não Compensa”

O programa policial “O Crime Não Compensa”, exibido à tarde na Rádio Difusora de Itabuna, terá novos apresentadores. Sai a dupla Paulo Leonardo e Osvaldo Bispo, dando lugar a um time comandado por Oziel Aragão.

Há oito anos na Difusora, Oziel assume a missão como mais um desafio em sua carreira. Uma tarefa que ele vai dividir com Luísa Couto,  Ray Nascimento, Tamires Santana e Luiz Carlos Barroso.

O novo âncora adianta que “O Crime não Compensa” terá outras alterações, como novos quadros e vinhetas. A destacar que o programa é o de maior audiência no rádio itabunense.

BRINQUEDO NOVO

Elevado à condição de todo poderoso da rádio Difusora de Itabuna, o empresário Tiago Feitosa comemorava na última semana uma pesquisa que atestou o reconhecido poder de fogo da emissora. Como se sabe, a rádio tem a maior audiência na cidade e a pesquisa apenas confirma o que não é segredo para ninguém.

É também óbvio que o filho do deputado Geraldo Simões vê a Difusora como um forte instrumento para ajudar a candidatura da mãe, Juçara Feitosa, nome que representará o PT na disputa  pela Prefeitura de Itabuna.

E a família segue feliz…

 

O VERMELHINHO DA DIFUSORA

Tornou-se famoso em Itabuna o carro vermelho no qual o repórter Paulo Leonardo faz suas reportagens para a rádio Difusora AM, de tal forma que o veículo é chamado carinhosamente de “O vermelhinho da Difusora” e dá nome ao blog onde o Leonardo destaca o noticiário policial.

Porém, enquanto a viatura do repórter sempre foi vermelha, a rádio era toda azul, desde a identificação política histórica com o carlismo até a fachada, na qual a cor chamava atenção. Mas não chama mais.

Quem observou a mudança foi o blog Políticos do Sul da Bahia. Depois que a rádio Difusora foi adquirida por gente do deputado federal Geraldo Simões (PT), uma das primeiras providências foi tirar aquele azul com a cara do DEM e estampar uma faixa vermelha sobre um fundo branco, mais ao gosto dos novos donos.

E a rádio, para não perder a essência, muda de cor, mas segue a serviço do jogo político.

OUVINTE NÃO

O deputado federal Geraldo Simões (PT), que se tornou figurinha carimbada na rádio Difusora de Itabuna, deu entrevista há pouco no programa de estreia de Gerdan Rosário. Em resumo, o tema se restringiu às eleições municipais com a candidatura da esposa de Geraldo, Juçara Feitosa, e críticas ao governo Azevedo.

Alguns ouvintes reclamaram do veto do programa à participação do público.

Quem ligou na intenção de dar um pitaco ou fazer alguma pergunta ao entrevistado, ficou na vontade.

ROBERTO SAI MAGOADO DA DIFUSORA

Roberto disse que saiu da Difusora por questões políticas

O vereador e radialista Roberto de Souza foi desbancado de seu horário (12 às 13h) na Rádio Difusora, onde apresentava de segunda a sexta-feira o programa Resenha da Cidade. A mesma atração vai ao ar aos sábados, na Rádio Jornal, e foi nesta emissora que Roberto se queixou da dispensa, alegando que saiu da Difusora em função de questões políticas.

O vereador estava se referindo ao seu apoio ao prefeito de Itabuna, José Nilton Azevedo (DEM), já que a rádio agora “tem forte influência” do deputado federal Geraldo Simões (PT). O Resenha da Cidade dará lugar a um programa apresentado pelo radialista Gerdan Rosário, que vai preencher o horário das 12 às 14 horas.

Em seu desabafo na Jornal, Roberto de Souza ironizou o fato de Rosário ter sido “desmoralizado” por Geraldo Simões em 2003, quando o então prefeito de Itabuna teria dito que o radialista o atacava porque ele não lhe dava dinheiro.

DE BEM COM GERALDO

Gerdan Rosário leva sua marreta para a Difusora

Um dos momentos mais lembrados na história de Gerdan Rosário como comunicador foi um bate-boca com o então prefeito de Itabuna Geraldo Simões, lá pelos idos de 2003, quando Gerdan, conhecido como “o homem da marreta”, apresentava um programa na TV Cabrália.

Numa entrevista ao vivo, o apresentador provocou com agressividade e Geraldo revidou na mesma linha, tipo “do pescoço pra baixo é canela”. A coisa chegou ao ponto de assessores do prefeito, que acompanhavam tudo no estúdio, irem pra cima de Gerdan e quase o negócio descambava para as vias de fato. Tudo ao vivo, para deleite do público apreciador do bom e velho “barraco”.

Pois bem, o tempo passou e os dois personagens principais daquele MMA verbal na Cabrália já voltaram às boas. Tanto que Gerdan está sendo contratado pela rádio Difusora AM – onde Geraldo, por assim dizer, exerce “forte influência” – para comandar um programa no horário das 12 às 14 horas.

E tome-lhe marreta!

“TEJE PRESO!”

O repórter Hélio Fonseca, da rádio Difusora de Itabuna, entrevistava o acompanhante de um paciente do Hospital de Base na manhã desta quinta-feira, 9, quando foi abordado pelo médico Cristiano Conrado. Este solicitou que o radialista abortasse a entrevista, mas não foi atendido e reagiu de forma inusitada.

Segundo Fonseca, Conrado, que é também tenente do Exército, deu-lhe voz de prisão e solicitou que dois policiais que se encontravam no local (apesar da greve) detivessem o repórter. Passados alguns minutos, os policiais liberaram o funcionário da Difusora sem necessidade de habeas corpus. O médico-tenente, é óbvio, quis apenas dar um susto no rapaz, muito embora sua atitude tenha caráter abusivo.

Em tempo: circulam rumores de que Conrado será candidato a vereador em Itabuna. Como o legislativo municipal tem sido  um frequente cenário de malfeitos, o homem faria bem se exercitasse a prática do “teje preso” entre seus possíveis futuros colegas. Faria o maior sucesso!

GERALDO DIZ QUE NÃO TERÁ CAÇA ÀS BRUXAS NA DIFUSORA

Deputado não esconde que terá forte influência na administração da rádio Difusora

O deputado federal Geraldo Simões reuniu ontem (27) militantes de sua tendência no PT – a Articulação CNB – para definir estratégias da campanha eleitoral que se avizinha. Em conversa com o PIMENTA, o parlamentar afirmou que tem três motivos principais para agradecer a Deus nos últimos dias: a posse do vereador Júnior Brandão (ex-PR e hoje no PT), pesquisas eleitorais que colocariam Juçara Feitosa em situação confortável e a compra da rádio Difusora “por pessoas que têm relações com a gente”.

No que diz respeito à Difusora, as “relações” com o novo proprietário são tão próximas, que Geraldo se sente à vontade  para dizer como será a administração da rádio. Segundo ele, “não haverá caça às bruxas e de vez em quando vou dar minha palavrinha para falar o que tenho feito por esta cidade e esta região”.

O petista afirmou que antes a rádio só fazia “elogiar o prefeito, como se a cidade estivesse um céu, e não me deixava falar, assim como ninguém do PT”. Ele disse ainda que a rádio continuará a dar espaço à gestão municipal e até elogiar o governo do prefeito Capitão Azevedo “quando merecer”.

ALIANÇAS – O deputado falou também sobre as articulações para reunir partidos em torno da candidatura de Juçara Feitosa. Indicou ter pretensões de congregar todas as legendas que apoiam Wagner e Dilma, num arco que incluiria PCdoB e até mesmo o PMDB, que só apoia a presidente, mas faz oposição ao governador. Questionado se o vereador Vane do Renascer (PRB) poderia ser o vice na chapa petista, respondeu: “tudo é possível”.

 

“A CRUZ QUE EU CARREGO”

Logo em seguida ao programa “Na Boca do Povo”, em que Fernando Gomes anunciou a venda da rádio Difusora ao empresário João Lourenço Botti, a presidente local do DEM, Maria Alice Pereira, abriu a atração que comanda na mesma emissora tendo como fundo musical a música “A cruz que eu carrego”, antigo sucesso do saudoso Evaldo Braga.

A overdose de melancolia foi percebida pelo jornalista Daniel Thame, que registrou em seu blog a tristeza de Alice. Clique aqui para conferir.

“CUTI-CUTI” ENTRE TIAGO FEITOSA E FERNANDO GOMES

Detalhe curioso e interessante da operação que envolveu a venda da rádio Difusora a um desconhecido soteropolitano chamado João Lourenço Botti. Quando este foi apresentado como o novo proprietário da emissora, no início desta tarde, quem estava ao seu lado era o jovem empresário Tiago Feitosa, filho do deputado federal Geraldo Simões (PT).

Quem viu Feitosa, Gomes e Botti em descontraído bate-papo na Difusora ficou surpreso com o clima fraterno entre o filho de GS e o agora ex-dono da rádio, já que este e o deputado petista são – ou eram – inimigos figadais.

Esta é mais uma prova de que em política não existem desafetos eternos nem situações incontornáveis… Ainda mais quando há R$ 3 milhões na parada.

GERALDO NEGA NEGÓCIO COM FG

“Imaginário de alguns escribas da região”. É assim que o deputado federal Geraldo Simões (PT) descreve a notícia de que ele estaria adquirindo, por intermédio de terceiros, o controle da Rádio Difusora de Itabuna. A informação foi publicada na coluna “De Rodapés e de Achados”, que o advogado Adylson Machado mantém no blog “O Trombone”.

De acordo com a nota de Machado, a Difusora estaria “sendo adquirida por Geraldo Simões ou por interposta pessoa a ele vinculada”. Diz ainda que as tratativas seriam “consolidadas” nesta segunda-feira. Ou seja, hoje.

Ao PIMENTA, Simões afirmou não ter capital para adquirir a Difusora, que segundo o colunista seria vendida por R$ 3 milhões. Acrescenta o deputado que a única conversa que mantém com Fernando Gomes é sobre as inconclusas obras do Centro de Convenções de Itabuna, que ficam em loteamento pertencente a FG.

Então tá…

RÁDIO VIRA COMITÊ PRÓ-SERRA

Da fachada à programação, Difusora mergulhou na campanha tucana (foto Pimenta)

Em Itabuna, a Rádio Difusora AM foi transformada em comitê avançado da campanha do tucano José Serra. Além de ostentar uma grande imagem do candidato na fachada do prédio onde funciona o seu estúdio, a Difusora recheou sua programação com referências ao presidenciável: algumas abertas e escrachadas e outras subliminares.

Quem tem sintonizado a rádio por esses dias certamente já ouviu algum apresentador proclamando que, no dia 31 de outubro, “vamos subir a serra”, ou coisa parecida. A música “Serra do Jequitibá”, do macuco Marcelo Ganem, também nunca foi tão executada na rádio do ex-prefeito Fernando Gomes.

A valorização do artista regional é altamente louvável, mas a intenção de repetir o nome do candidato evidencia claramente a propaganda indevida. É crime eleitoral com todas as suas características.

NA DIFUSORA, É PROIBIDO FALAR MAL DE GEDDEL

Segundo informações obtidas pelo Pimenta, passou a ser terminantemente proibido na Rádio Difusora de Itabuna alguém falar mal do peemedebista Geddel Vieira Lima, candidato ao Governo da Bahia. Coordenador da campanha do PMDB no sul do Estado e dono da bola (ou melhor, da rádio), o ex-prefeito Fernando Gomes baixou a ordem em caráter irrevogável.

Gente que segue outras correntes políticas, como o vereador e apresentador do Conexão Direta, Ricardo Bacelar (ver nota abaixo) já está deixando a emissora. Outro que deve bater em retirada é Milton Gramacho, também vereador, que apresenta programa nas manhãs de sábado na Difusora. Gramacho apoia Paulo Souto (DEM).

Quem também apoia Souto  e já cogita deixar a rádio, por não ter como seguir o “decreto”, é Maria Alice, âncora de um sonolento programa vespertino na rádio de Cuma.

DIFUSORA ESTÁ PRATICAMENTE VENDIDA

Fernando Gomes está negociando a Difusora por R$ 1,5 milhão

No reino dos boatos, a Rádio Difusora de Itabuna já foi “vendida” umas 20 vezes. Mas dessa vez, a história é verdadeira. Segundo fontes de alta confiabilidade, a emissora de rádio está sendo transferida pelo atual proprietário, o ex-prefeito Fernando Gomes, para uma igreja evangélica. Especula-se que o deputado federal e pré-candidato do PMDB ao governo baiano, Geddel Vieira Lima, esteja participando da transação.

FG está em Salvador desde o início da semana, para tratar dos últimos detalhes do negócio. Não há informações sobre como será resolvida a questão do passivo trabalhista da empresa, que giraria em torno de R$ 1 milhão, mas já se sabe que os novos proprietários deverão promover mudanças na programação da Difusora, a rádio AM de maior audiência em Itabuna.

Nos bastidores políticos, a versão é de que a transferência da rádio faz parte do “pacote” que inclui o apoio de Fernando Gomes à candidatura de Geddel. O anúncio do engajamento do ex-prefeito na campanha do PMDB foi feito em abril e levou FG a desfiliar-se esta semana do DEM.

“O CARA” E OS NOVOS PROJETOS

Silmara comanda o Bola na Mesa.

Silmara comanda o Bola na Mesa.

O sempre correto e respeitado repórter Oziel Aragão decidiu afastar-se do comando do programa de debate “Bola na Mesa”, que comandava na Rádio Difusora de Itabuna, das 20h às 22h.

A mudança tem a ver com os projetos pessoais. Além de focar o seu trabalho na área policial e na direção do Xilindroweb, o cara vai encarar faculdade.

A dona da bola no debate esportivo, agora, é Silmara Souza. “O programa está entregue a uma excelente profissional”, afirma Oziel.

Oziel deixa o comando do Bola na Mesa e foca atuação na área policial.

Oziel: noticiário policial e foco em projetos pessoais.

A TORRE CAIU, MAS DIFUSORA CONTINUA “DANADINHA”

A Rádio Difusora de Itabuna voltou a operar com uma antena improvisada, após a queda de sua torre na semana que passou. O sinal está ruim, bem fraquinho, mas a promessa é de que dentro em breve a normalidade se restabeleça.

O que surpreende é que, mesmo com as atuais dificuldades, a Difusora continue atraindo alguns dos melhores profissionais do rádio. Quem está prontinho para estrear na emissora é Cacá Ferreira, atualmente na Nacional e dono de uma das maiores audiências do rádio itabunense.

Cacá vai ocupar o horário hoje preenchido pelo Programão do Amigão, do ex-pastor Reginaldo Silva, que estará na Nacional a partir do dia 31. É provável que no mesmo dia “Seu Ricardo Ferreira” também estreie na Difusora.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia