WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
rota






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Dilma Roussef’

ELE NÃO DISPENSOU O BARBUDINHO DE ONDINA

Dilma, Lula, Lenildo e Wagner.

O prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana, é dos poucos aliados que não dispensaram o apoio do governador Jaques Wagner neste início de campanha eleitoral. As peças publicitárias do candidato à reeleição trazem não apenas o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff entre os seus apoiadores. O “Barbudinho de Ondina” também está lá – bem ao lado do prefeito.

Mas Lenildo, a despeito da fase ruim de Wagner no plano estadual, pode apontar a presença do estado em Ibicaraí nas áreas de urbanização, educação e geração de empregos, além da reconstrução da BR-415, trecho Itabuna (Nova Ferradas)-Ibicaraí.

Bem no sul da Bahia, não se vê o “Barbudinho de Ondina” nas peças de candidatos como Juçara Feitosa (Itabuna) e Professora Carmelita (Ilhéus). Ou até mesmo Nelson Pelegrino, em Salvador.

IBOPE: DILMA APARECE 5 PONTOS À FRENTE DE SERRA

A primeira pesquisa Ibope/Rede Globo após o início da corrida eleitoral aponta Dilma Rousseff (PT) cinco pontos percentuais à frente de José Serra (PSDB). De acordo com o instituto, Dilma tem 39% das intenções de voto e Serra, 34%. Já a ex-ministra Marina Silva (PV) tem 7%. Os demais candidatos têm menos de 1% das intenções de voto, cada.

Em relação à última pesquisa Ibope/Rede Globo, realizado no final de junho, Dilma ganhou três pontos. Serra perdeu dois pontos e Marina, um.

A pesquisa divulgada nesta sexta foi feita de 26 a 29 de julho e ouviu 2.506 pessoas em 174 cidades. O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais.Votos em branco ou nulo representam 7% e indecisos, 12%.

2º TURNO

O Ibope também fez simulações de segundo turno entre Serra e Dilma. A petista bateria o tucano por 46% a 40%. Brancos e nulos somam 6% e indecisos, 8%.

DILMA: “QUEM SENTOU NA CADEIRA PERDEU A ELEIÇÃO”

Dilma concede entrevista ao lado de Wagner (Foto Fábio Roberto/Pimenta)

Fábio Roberto

A petista Dilma Roussef preferiu a sobriedade a comemorar a última pesquisa CNI/Ibope que lhe dá a liderança na corrida sucessória presidencial com vantagem de cinco pontos. “Quem sentou na cadeira, perdeu a eleição”, disse a ex-ministra, que participa neste momento da convenção do PT baiano e confirma o nome do governador Jaques Wagner na disputa pela reeleição.

“O negócio é disputar a eleição, mostrar nossas propostas e, depois, esperar o resultado”, afirmou a presidenciável. A estocada era indireta ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que sentou na cadeira de prefeito de São Paulo e acabou perdendo a eleição na década de 80.

A ex-ministra concedia entrevista coletiva acompanhada de toda a chapa majoritária petista na Bahia (Wagner, o vice Otto Alencar e os candidatos ao Senado, Walter Pinheiro e Lídice da Mata). Um momento de desconforto foi quando lhe perguntaram se ela iria a um debate com o tucano José Serra. A organização tentou encerrar a coletiva.

Dilma também afirmou que é necessário manter o Bolsa-Família, um dos maiores programas de transferência de renda do mundo. “Aliás, tinha gente que o criticava chamando de Bolsa-Esmola. O Bolsa-Familia vai continuar “.

A petista até se saiu bem quando perguntada em que votaria para governador, se Jaques Wagner ou o também aliado Geddel Vieira Lima. Afirmou que como não é eleitora na Bahia não teria como votar em um dos candidatos, provocando risos. Mas lembrou que Wagner é do seu partido e Geddel pertence ao PMDB do seu vice, Michel Temmer.

Dilma também rebateu a ideia de que, por ser mulher, não teria a força necessária para governar. “Já fui acusada de ser a mulher mais forte mandando num governo de homens. Agora sou acusada do oposto. Toda mulher é capaz. Nós podemos ser aquilo que nós queremos”.

NA BA, DILMA TEM 43% CONTRA 31% DE SERRA

Dilma lidera na Bahia (Foto Istoé).

A pesquisa Vox Populi/Band também mediu as intenções de voto para a presidência da República na Bahia. Dilma Roussef (PT), que esteve ontem em Salvador, pontua com 43% ante 31% de José Serra (PSDB). Marina Silva teria 5%.

Já na espontânea, revela a Band, Lula aparece com 19%, mesmo percentual da sua candidata Dilma. Serra tem 11% e Marina 1%. O percentual de indecisos ou brancos e nulos chega a 48% na espontânea.

Numa simulação de segundo turno, Dilma atinge 46% e Serra, 35%. 29% dos baianos rejeitam o nome de Marina Silva, 21% o de Serra e apenas 13% o da ex-ministra Dilma Roussef.

PT USA “FERMENTO LULA” NO BOLO DE DILMA

O PT decidiu usar o “Fermento Lula” no seu programa partidário desta noite de quinta-feira, 13, em socorro da sua candidata a presidente da República, Dilma Rousseff, que estacionou nas últimas pesquisas eleitorais na casa dos 27%, 28%.

O programa de dez minutos vendeu a história da mulher combativa e que enfrentou a ditadura, a mulher competente como secretário das Minas e Energia no Rio Grande do Sul e a mulher tocadora de obras e de programas de forte apelo social no Governo Lula. Dentre estes programas, o “Minha Casa, Minha Vida e o “Luz para Todos”.

E o presidente Lula, bem à vontade (esse sabe vender o peixe!), falou da mulher corajosa, competente e das origens da ex-ministra das Minas e Energia e da Casa Civil. E o fato de ser mulher, também foi explorado. Pelo espírito combativo, a candidata petista também foi apresentada pelo “barbudinho” como uma espécie de “Mandela” de saias.

Na definição de um dos blogueiros da casa, o programa-desespero foi bem concebido, mas Dilma ainda não se mostra à vontade diante das câmeras e no mano-a-mano com o eleitor. Lula vai aumentar os seus problemas de coluna.

Agora, confira o programa:

O SLOGAN DE DILMA ESTÁ PRONTO…

Pescado da coluna Política tem graça, do site Política Hoje

José Serra (PSDB), que deixou o cargo de governador de São Paulo no início do mês, finalmente fez seu discurso como pré-candidato à Presidência da República. Liderando as pesquisas de intenção de voto, Serra está confiante e vai usar um slogan à altura da sua auto-estima eleitoral: “O Brasil Pode Mais”.  A julgar pela sem-cerimônia com que o presidente Lula faz campanha para sua candidata nas barbas do TSE, se Dilma quiser seguir essa linha, o slogan do PT será “O Brasil pode tudo”.

ITABUNA QUER “A COROA”

A ministra Dilma Rousseff vem a Itabuna, no dia 23, acompanhada do presidente Lula, para inaugurar o Gasoduto do Nordeste (Gasene). E, para ela, uma boa notícia: a corrida eleitoral em Itabuna mostra a petista à frente de José Serra (PSDB). A vantagem é de 10 pontos percentuais, segundo informa João Matheus, do Políticos do Sul da Bahia.

BORGES E O SENADO

Marco Wense

Borges e Dilma Rousseff.

O senador César Borges, cria política de Antônio Carlos Magalhães (ACM), presidente estadual do PR, quando questionado sobre sua posição diante da sucessão do governador Jaques Wagner, diz que tem “mais afinidade com o DEM, mas…”.

É esse “mas” que preocupa os democratas e, principalmente, o pré-candidato Paulo Souto. O “mas” de Borges pode ter várias interpretações, mas nenhuma delas a favor do soutismo.

Uma das interpretações é que o “mas” se refere a confortável posição de Wagner nas pesquisas de intenção de voto, com a possibilidade de reeleição já no primeiro turno.

Se esse “mas” diz respeito aos resultados das consultas populares, o senador vai buscar sua reeleição na chapa majoritária encabeçada pelo candidato com mais chances de vitória.

César Borges, ex-governador da Bahia, aquele da “água e óleo não se misturam”, fazendo uma alusão ao então PFL e ao PT, se acha, como diz o ditado popular, o “rei da cocada preta”.

DILMA E O PSDB

O tucanato, infantilmente e ingenuamente, entra no jogo do popular e carismático presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o petista dos petistas. O petista-mor.

É perda de tempo ficar questionando na justiça que o presidente Lula faz campanha antecipada para Dilma Rousseff. Fica parecendo que o PSDB está com medo da ministra (Casa Civil).

Os tucanos erram quando atacam a pré-candidata do PT, chamando a petista de “liderança de silicone”, “ventríloquo” e “Frankenstein”. A impressão, principalmente no eleitorado feminino, é que existe um preconceito contra a figura da mulher na política.

Se os tucanos continuarem com essa política de agressão pessoal, de desqualificar a ministra, a vaca vai para o brejo mais cedo. Depois, a Inês é morta. Não adianta chorar o leite derramado.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

DILMA ‘PEGOU’ O CAMINHO PARA 2010

Empolgada com a subida da ministra Dilma Roussef nas pesquisas, a equipe de marketing mostrou uma prévia de como o prestígio popular do presidente Lula será explorado na campanha eleitoral de 2010 em favor da pré-candidata petista. O vídeo abaixo é da série exibida nos programas nacionais e estaduais do partido Brasil afora.

VOX POPULI APONTA CRESCIMENTO DE DILMA

...

A última pesquisa Vox Populi/Band mostrou que a petista Dilma Roussef tirou quatro pontos do tucano José Serra e aparece agora com 19% das intenções de voto, enquanto o governador paulista caiu para 36%.

O levantamento, realizado em 170 municípios brasileiros, ouviu dois mil eleitores entre os dias 31 de outubro e seis de novembro.

Na pesquisa, Ciro Gomes (PSB) aparece com 13%, seguido de Heloísa Helena (Psol), com 6%. A senadora Marina Silva variou negativamente e caiu de 5% para 3%. Segundo o blog Política e Cidadania, “é grande o número de nulos, em branco e não sabe: 23%”.

Quando Serra é substituído na pesquisa pelo também tucano Aécio Neves, Dilma alcança 20% das intenções de voto, Ciro vai a 19% e Aécio fica com 18%. Heloísa Helena figura com 8% e Marina, 4%. O número de indecisos  e votos branco ou nulos vai às alturas, atingindo 31%.

O levantamento mostra ainda o presidente Lula com aprovação de 68% (era 65% na rodada anterior da Vox Populi/Band). A margem de erro é de 2,4 pontos percentuais. Confira o vídeo da pesquisa aqui.

PMDB DIVIDIDO ENTRE CANDIDATO PRÓPRIO E DILMA

Os peemedebistas que votaram numa enquete do partido sobre a disputa presidencial em 2010 preferem uma candidatura própria a apoiar a petista Dilma Roussef: 41,16% ante 39,9%, segundo a consulta no site.

Neste cenário, 13,29% preferem que o PMDB vá de José Serra (PSDB) e outros 5,65% optaram por liberdade às bases para apoiar quem bem entender. A enquete registrou 4.551 votos.

PT E PMDB SELAM PRÉ-ACORDO PARA 2010

Da Agência Brasil

ptpmdb

Com o aval do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, PT e PMDB acertaram nesta terça (20) a composição da chapa para a disputa presidencial de 2010. Em jantar realizado no Palácio da Alvorada, ficou acertado que o PT ficará com a cabeça da chapa, provavelmente com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o PMDB, com a vice.

Os dois partidos preferiram falar em pré-acordo, que só será sacramentado após as convenções partidárias, a serem realizadas ao longo do ano que vem.

Visto como um dos mais cotados a assumir a vaga de vice-presidente, o presidente licenciado do PMDB, Michel Temer (SP), desconversou em relação a sua indicação de canidato à vice e disse que o nome sairá das convenções dos partidos. “O nome será fruto das circunstâncias políticas a serem definidas no ano que vem”, argumentou, acrescentando que é preciso ouvir, primeiramente, as representações estaduais dos partidos.

O presidente do PT, Ricardo Berzoini, afirmou que a aliança representa “o acúmulo político desse três últimos anos de governo do presidente Lula com uma coalização mais consistente e programática”. Segundo ele, a ideia é ter o PT e o PMDB como cabeça de chapa, mas agregando os diversos partidos que hoje apoiam o governo.

SENSIBILIDADE

....

Imagine o nobre leitor a felicidade do fotógrafo ao captar uma imagem com este enquadramento de amplos, diversos significados. A obra de arte acima se encaixa nesse contexto. Para fazê-la, experiência, atenção nos detalhes, o clique no momento certo. Seu autor é o experiente e premiado Manu Dias, que acompanha a passagem da ministra Dilma Roussef pela Bahia. Neste momento, ela visitava canteiro de obras da Via Expressa Baía de Todos os Santos.

DILMA NA LINHA

Um cidadão de Cipó, que a assessoria de governo não identificou, surpreendeu a ministra Dilma Roussef. Com o celular ligado, aproximou-se da presidenciável petista e pediu pra dar um alô para a mãe dele.

Dilma atendeu o pedido. A mãe do cipoense não acreditou que se tratava da poderosa ministra. “Ela não está acreditando”, sussurrou a ministra.

Parece que os ares baianos estão fazendo muito bem ao marketing da ministra e à própria Dilma…

DILMA POSARÁ AO LADO DE MAMÃE IVETE

Segundo adianta o jornalista Samuel Celestino, do Bahia Notícias, a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, será mais uma a paparicar a nova mamãe do pedaço, a cantora Ivete Sangalo.

A ministra e pré-candidata a presidente estará em Salvador neste final de semana. A visita à cantora mamãe do bebê Marcelo tem a clara intenção de render bela imagem para as emissoras de tevê, jornais e internet. A Dilma aprende rapidinho, hein?

DILMA VISITA A BAHIA EM CLIMA DE CAMPANHA

Wagner recebe presidenciável Dilma Roussef.

Wagner recebe presidenciável Dilma Roussef.

A ministra e presidenciável Dilma Roussef (PT) visita a Bahia neste final de semana. Recuperada de um câncer linfático, ela inicia o périplo participando de uma missa em ação de graças da Igreja do Bonfim, em Salvador.

O roteiro do primeiro dia também prevê vistoria das obras do Hospital da Criança, em Feira de Santana, e assinatura de autorização de concessão da BR-324 e duplicação da BR-116.

Ela ainda visita o município de Cipó, na sexta. O encerramento é por Salvador, no sábado, onde vistoria obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O roteiro é digno de pré-campanha eleitoral. Fazer o que, né? Tem algo a mostrar…

EX-SECRETÁRIO DA RECEITA DIZ QUE CASOS PETROBRAS E DILMA/LINA SÃO “FARSA”

O ex-secretário da Receita Federal durante os anos FHC, Everardo Maciel, concedeu uma entrevista bombástica ao Terra Magazine (confira aqui). Os argumentos e as contestações de Everardo colocam sob suspeição as manobras oposicionistas contra a Petrobras e, ainda, contra a ministra Dilma Roussef.

A pré-candidata petista à presidência da República está no olho do furacão por causa de acusações da ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira. A ex-secretária da Receita é esposa do ex-ministro da Integração Nacional no governo FHC, Alexandre Firmo de Melo Filho.

Confira a entrevista concedida ao jornalista Bob Fernandes, editor do Terra Magazine.

DECIFRA-ME OU…

Wagner e o discurso enigmático.

Wagner e o discurso enigmático.

O discurso do governador Jaques Wagner, ontem, na posse dos novos secretários James Correia (Indústria, Comércio e Mineração) e João Leão (Infraestrutura), foi carregado de frases de efeito, mas uma delas parece ter passado despercebida de muitos. Foi, digamos, enigmática.

Wagner, numa indireta ao ministro Geddel Vieira Lima, disse não ter dúvida de qual será o seu palanque na sucessão presidencial que se aproxima. Será o escolhido pelo presidente Lula. É justamente aí que está o enigma. O governador deixou no ar uma espécie de dúvida em relação ao nome da ministra Dilma Roussef à sucessão de Lula, pelo PT.

– Eu não tenho dúvidas de onde estarei em 2010. Estarei no palanque da sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na figura da ministra Dilma ou de quem ele [Lula] determinar.

À primeira vista, deixa transparecer que as últimas pesquisas de opinião podem ter deixado o PT em dúvida sobre a melhor opção do partido para disputar a sucessão do presidente. Antes, era a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef. O levantamento do Datafolha revelou que ela pouco ou nada cresceu em relação à pesquisa de maio (apenas 1 ponto percentual). Numa análise mais otimista, o discurso de Wagner seria apenas para reforçar a sua lealdade ao presidente Lula.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia