WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Dilma Rousseff’

DATAFOLHA: MARINA SILVA JOGARIA ELEIÇÃO PARA SEGUNDO TURNO

Dilma, Marina e Aécio: quem será o eleito?

Dilma, Marina e Aécio: quem será o eleito?

A nova pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda (18) revela que a eleição presidencial poderá ser decidida apenas no segundo turno no novo cenário com a entrada de Marina Silva (PSB-Rede) no papel de cabeça de chapa. Após a tragédia com a morte de Eduardo Campos (PSB), Marina deverá ser escolhida a candidata a presidente em lugar do ex-governador de Pernambuco.

Na pesquisa feita nos dias quinta e sexta-feiras (14 e 15), no calor da comoção pela morte de Campos, Marina Silva empata, tecnicamente, com Aécio Neves (PSDB) no primeiro turno e com Dilma Rousseff (PT) no segundo turno, mas numericamente à frente dos dois nestes cenários.

Os números do primeiro turno são os seguintes: Dilma Rousseff tem 36%, Marina Silva vai a 21% e Aécio Neves soma 20%. Pastor Everaldo (PSC) fica com 3% e Zé Maria (PSTU) e Eduardo Jorge aparecem com 1% cada um. Os demais candidatos não chegam a 1%.

Os percentuais de brancos e nulos e indecisos caem consideravelmente com a entrada de Marina em cena. Antes, somavam 27% (13% de brancos e nulos e 14% de indecisos). Agora, representam 17% (8% de brancos e nulos e 9% de indecisos).

O Datafolha aferiu, ainda, cenário sem Marina. Nele, Dilma sai de 36% para 41%; enquanto Aécio vai de 20% para 26%. Os demais candidatos juntos têm 8%.

SEGUNDO TURNO

A pesquisa Datafolha também apurou que Marina Silva é surpresa no segundo turno. Empatada com Dilma Rousseff dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais, Marina surge à frente da presidente: 47% a 43%.

Dilma, no entanto, ampliou a sua vantagem em relação a Aécio Neves em um hipotético segundo turno. Se antes a situação era de empate (44% a 40% em 15 e 16 de julho), agora a petista aparece oito pontos à frente do tucano: 47% a 39%.

A pesquisa não testou confronto entre Marina Silva x Aécio Neves em um segundo turno. Foram consultados 2.843 eleitores em 176 municípios brasileiros. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 386/2014.

BABESP: NA BAHIA, DILMA VAI A 60% E AÉCIO, 13%

Corrida presidencial: Campos, Dilma e Aécio.

Campos vai a 6%, Dilma tem 60% e Aécio atinge 13% na Bahia.

Além da corrida ao Palácio de Ondina, a pesquisa Babesp (DataNilo) também aferiu as intenções de voto dos baianos para a presidência da República. Candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT) aparece com 60% ante 13% de Aécio Neves (PSDB) e 6% de Eduardo Campos (PSB).

Pastor Everaldo (PSC) atinge 2% e Luciana Genro (PSOL) chega a 1%. Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Rui Pimenta (PCO), Levy Fidélix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Zé Maria (PSTU) atingem menos de 1% cada um deles.

A pesquisa consultou 2.000 eleitores em 84 municípios baianos no período de 5 a 11 de agosto. Ela está registrada com o número BA-99998/2014. O levantamento foi encomendado à Babesp pelo deputado estadual Marcelo Nilo.

INFLAÇÃO CAI, PETROBRAS CRESCE E PESSIMISTAS PADECEM

josias gomesJosias Gomes

E assim, caminha o povo brasileiro, em marcha batida contra o caminho que lhe procura traçar os oposicionistas, para, enfim, em outubro próximo, reconduzir a presidenta Dilma Rousseff ao Palácio do Planalto.

Retomando a mania que a oposição brasileira adquiriu, nos últimos tempos, de brigar com a realidade, optando pelo lado pessimista na projeção econômica, novos fatos estão se encarregando de desmoralizar os arautos da desgraça.

Os novos fatos de ontem e hoje detonam a aversão que têm os oposicionistas com as evidências reais. Para desconsolo tucano, a inflação oficial de julho subiu insignificantes 0,01%, ficando bem abaixo do que esperava o mercado. Bom para o Brasil. Péssimo para os oposicionistas.

Com isso, a inflação volta a ficar dentro da meta anual projetada pelo governo, não devidamente levada em conta pela oposição. E, aos poucos, vai se firmando a convicção da presidenta Dilma sobre os rumos positivos da economia brasileira.

Nesta quinta-feira (7), ainda, outra boa notícia, a pulverizar os maus fluidos dos que insistem nas teses pessimistas: a Petrobras voltou a ser a empresa com maior valor de mercado na América Latina. Mesmo com todo o bombardeio das oposições contra a empresa.

A Petrobras atingiu o valor de mercado de US$ 110,896 bilhões, ultrapassando a Ambev, segunda colocada com valor de mercado de US$ 107,046 bilhões. A liderança no ranking de valor de mercado é resultado da valorização das nossas ações desde o início de 2014.

Deveria despertar mais a curiosidade das oposições, e de seus aliados na mídia nacional, o fato de a presidente Dilma Rousseff continuar liderando com boa margem de diferença a corrida presidencial deste ano, no país. Se mais curiosos fossem, perceberiam que o pessimismo deles não está dando certo, mesmo.

Mais uma informação: Nesta quinta-feira (7), mais uma rodada Ibope revela que Dilma, pelos números de hoje, venceria a disputa presidencial já no primeiro turno, apesar de toda a artilharia pesada que busca transformar bobagens em escândalos.

É que mais além da propaganda oposicionista, o povo brasileiro aprendeu bem claramente a fazer a separação entre a mentira e a verdade, entre os pregões falsos e a força da realidade que, no Brasil, graças aos governos Lula-Dilma, e ao povo, é uma realidade bastante positiva.

E assim, caminha o povo brasileiro, em marcha batida contra o caminho que lhe procura traçar os oposicionistas, para, enfim, em outubro próximo, reconduzir a presidenta Dilma Rousseff ao Palácio do Planalto.

Afinal de contas, é pra frente que a gente caminha.

Josias Gomes é deputado federal pelo PT-BA.

RADIOGRAFIA DA PESQUISA DATAFOLHA

Maia analisa números do Datafolha (Foto O Globo).

Maia analisa números do Datafolha (Foto Divulgação CM).

César Maia, ex-prefeito do Rio de Janeiro, é aficionado em leitura mais aprofundada de pesquisas de intenção de voto. Na edição de hoje do seu boletim enviado a assinantes, o democrata destrincha números do último levantamento do Datafolha (reveja aqui) sobre a corrida presidencial. A pesquisa traz Dilma Rousseff com 38%, Aécio Neves com 20% e Eduardo Campos com 9%. Abaixo, a íntegra da análise:

1. Na verdade, o que de fato mudou nessa pesquisa foi o “Não Voto” (abstenção+brancos+nulos). O Não Voto de julho voltou a ser o mesmo de maio. Com isso, Dilma teve agora 38% e em maio 37%. Aécio repetiu os 20% e os demais 18% agora e em maio 16%.

2. Os que não têm interesse na eleição são 36%. Mas no cruzamento com o ruim+péssimo se Dilma são 45%. Um número que ajuda Dilma, pois gera uma transferência potencial de votos hoje de quem a rejeita para o Não Voto e não para seus adversários.

3. O Não voto entre os homens são 18% e entre as mulheres 29%. A soma dos adversários de Dilma entre os homens é de 43% e entre as mulheres é de 34%. A oposição deve apontar para as mulheres com seus compromissos e símbolos.

4. Em nível regional e social os vetores são os mesmos das últimas pesquisas. No Nordeste, Dilma dispara sobre Aécio: 55% x 10%. No Sudeste a intenção de voto está empatada: 28% x 27%. Renda até 2 SM Dilma tem 45% x 13% de Aécio. Mais de 10 SM Dilma tem 30% e Aécio 39%. Até ensino fundamental Dilma tem 47% e Aécio 14%. Nível superior Dilma tem 25% e Aécio 36%. Entre as mulheres Aécio tem 17% e entre os homens 24%.

5. Dilma tem 38% das intenções de voto. Mas entre os jovens (até 24 anos) tem 33% e nas RMs (incluindo as capitais) 32%. Ótimo+Bom de Dilma 35% e Ruim+Péssimo 26%, números semelhantes a maio e junho,

6. Entre os eleitores que se dizem simpatizantes do PT, Dilma tem 78%%. Entre os que se dizem simpatizantes do PSDB, Aécio tem 61%. Entre os que não têm simpatia por partidos Dilma tem 31% e Aécio 20%. Entre os que acham Dilma ruim+péssimo Aécio tem apenas 34%. Polarização ainda não ocorreu.

7. Entre os que são contra a Copa, Dilma e Aécio empatam com 25%. Entre os que são a favor, Dilma vence 45% x 19%.  Aécio fica com a mesma intenção de voto, mas Dilma sobe.

CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA PODEM GASTAR MAIS DE 916 MILHÕES

Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos vão gastar mais.

Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos vão gastar mais.

Os 11 candidatos à Presidência da República que concorrem às eleições deste ano informaram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que devem gastar juntos R$ 916,7 milhões durante a campanha eleitoral. O número expressa o limite de despesas que eles pretender ter, informação que candidatos que concorrem a todos os cargos  em disputa devem informar obrigatoriamente à Justiça Eleitoral, ao pedirem os registros de candidatura.

De acordo com as informações entregues ao TSE, a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), declarou que o limite de gastos de sua campanha será R$ 298 milhões. Aécio Neves (PSDB) pretende gastar R$ 290 milhões. Eduardo Campos (PSB) previu limite de R$ 150 milhões.  Eduardo Jorge (PV) gastará até R$ 90 milhões.

O limite de gastos do candidato Pastor Everardo (PSC) é R$ 50 milhões. José Maria  Eymael (PSDC) declarou R$ 25 milhões e Levy Fidelix (PRTB) informou gastos  de até R$ 12 milhões. Os candidatos à Presidência que devem gastar menos na campanha são  José Maria de Almeida (PSTU), R$ 400 mil; Luciana Genro (Psol), 900 mil; Rui Costa Pimeira (PCO), R$ 300 mil, e Mauro Iasi (PCB), R$ 100 mil.

:: LEIA MAIS »

FIFA ANUNCIA QUE DILMA ENTREGARÁ TAÇA A SELEÇÃO CAMPEÃ DA COPA

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, anunciou nesta sexta-feira que a presidente Dilma Rousseff vai entregar a taça à seleção campeã da Copa do Mundo de 2014 após a final do torneio, no dia 13 de julho, no Maracanã.

Segundo Valcke, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e representantes da federação de futebol campeã também participarão da cerimônia de entrega do troféu.

Ele falou sobre o assunto em entrevista coletiva concedida na manhã desta sexta-feira, no Maracanã, estádio que será palco da final. Ele ressaltou que a cerimônia do Mundial do Brasil seguirá os moldes adotados em outras Copas do Mundo já realizadas em outros países. A decisão está marcada para o dia 13 de julho, em um domingo. Leia mais no Uol.

CNI/IBOPE: DILMA ATINGE 39% ANTE 21% DE AÉCIO. CAMPOS VAI A 10%

Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos.

Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos.

A primeira pesquisa da série encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) ao Ibope traz a presidente Dilma Rousseff (PT) com 39% das intenções de voto. Aécio Neves (PSDB) atinge 21% e Eduardo Campos (PSB), 10%.

O levantamento ainda traz Pastor Everaldo (PSC) com 3%, Magno Malta (PR) com 2% e José Maria (PSTU) com 1%. A soma de intenções de voto nos demais candidatos dá 3%.

A pesquisa aponta segundo turno na corrida presidencial, pois Dilma tem 39% e a soma dos adversários dá 40%. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores no período de 13 a 15 de junho. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00171/2014.

SEGUNDO TURNO

A presidente Dilma Rousseff bate os dois principais adversários no segundo turno. A petista tem 43% e Aécio atinge 30%. Já no embate com Eduardo Campos, Dilma tem 43% e Campos, 27%.

O levantamento também aferiu a rejeição aos candidatos: Dilma tem 43%, Aécio vai a 32% e Campos soma 33%.

QUEM XINGOU DILMA

Dilma Rousseff em foto Celso Júnior.

Dilma Rousseff em foto Celso Júnior.

Da Redação

A abertura da Copa do Mundo teve cenas memoráveis e algo para esquecer: o xingamento, impublicável, direcionado à presidente Dilma Rousseff.

O negócio foi tão vergonhoso para o país que o site da BBC Brasil preferiu dizer que parte da torcida gritava “slogans” contra a presidente e à cúpula do futebol mundial no Itaquerão, em São Paulo.

As vaias sempre foram da política e não há político que diga que foi surpreendido por ela, a temida e temível.

Hoje, a Folha publica matéria que descreve quem foi que, de forma grosseira, mandou a presidente ir lá para o “monossílabo da cobra”.

Sim, eram os endinheirados de Sampa – e do Brasil, que ganham acima de dez salários mínimos. Receberam cortesias ou pagaram, no mínimo, R$ 1.000,00 para estar na ala “VIP” do estádio (muitos preferem “Arena”, o que vem a calhar nesses dias tão estranhos).

Baseando-se em números do Datafolha, o diário paulistano “justifica” que, na capital paulista, a presidente é aprovada por apenas 19% da população e este percentual cai para 11%, quando considera apenas os que recebem acima de dez salários mínimos.

Comentaristas (de política ou futebol – ou ambos) como Juca Kfouri, Josias de Souza e José Trajano classificaram o episódio de lamentável e típico de futebol de várzea.

Houve quem, no calor dos acontecimentos, tenha preferido surfar na estupidez.

O tucano Aécio Neves, que um dia foi vaiado no Mineirão em um Brasil x Argentina e comparado (em coro) a Maradona na arte de aspirar, está neste grupo. Disse que a presidente colhia o que plantou e ficou “sitiada” no Itaquerão. Foram estas as palavras do presidenciável:

– O que fica para a história é que nós tivemos depois de algumas décadas no mundo, uma Copa do Mundo onde o chefe de Estado não se vê em condições de se apresentar à população. Isso é reflexo do que está acontecendo no Brasil. Nós temos hoje uma presidente sitiada, uma presidente que só pode aparecer em eventos públicos protegida

Ficou feio para ele. Quase um dia depois, após a repercussão negativa e até opositores saírem em defesa da presidente, Aécio buscou se redimir. Disse o aspirante a presidente.

– Por mais compreensível que seja o sentimento dos brasileiros, acredito que a sua manifestação deve se dar no campo político, sem ultrapassar os limites do respeito pessoal. No que depender de mim, o debate eleitoral se dará de forma democrática e respeitosa.

Dizem que nunca é tarde para uma desculpa. Esta veio após o ex-governador mineiro sentir que os xingamentos/agressões acabaram por transformar o alvo em vítima.

E a vítima era não menos que a presidente da República, não por acaso a sua adversária nas urnas em outubro próximo. A vítima era, antes de tudo, uma mulher. E o palco dos xingamentos/agressões foi não uma arena, mas um estádio, onde, como lembrou Dilma Rousseff, estavam crianças e famílias. Mas estúpidos não escolhem local ou hora para os seus desatinos.

FUNCIONAMENTO DO METRÔ É “VITÓRIA DA PERSEVERANÇA”, DIZ RUI COSTA

Metrô de Salvador começa a funcionar hoje, gratuitamente (Foto Manu Dias).

Metrô de Salvador começa a funcionar hoje, gratuitamente (Foto Manu Dias).

Rui Costa: vitória da perseverança.

O pré-candidato ao governo baiano, Rui Costa (PT), disse que a entrada em operação do metrô de Salvador, hoje, é “dívida quitada” e “superação de dificuldades”, além de “vitória da perseverança e do trabalho”.

Tido pela presidente Dilma Rousseff e pelo ex-presidente Lula como um dos responsáveis por fazer o metrô circular, Rui Costa, ex-secretário estadual da Casa Civil, diz ter sentimento de dever cumprido ao “destravar o metrô, parado há 14 anos”.

– Tenho muito orgulho de cumprir essa determinação, mas minha meta agora é fazer o metrô chegar até Cajazeiras e Lauro de Freitas – comprometeu-se.

O sistema será inaugurado em instantes (previsto para a faixa das 10h) com uma primeira viagem oficial no trajeto Acesso Norte / Campo da Pólvora / Acesso Norte. Da viagem, participam o governador Jaques Wagner e a presidente Dilma Rousseff. O sistema metroviário está sob administração do estado desde abril do ano passado.

COPA 2014: DILMA DIZ QUE “PESSIMISTAS” FORAM DERROTADOS

A presidente Dilma Rousseff fez pronunciamento em cadeia de televisão nesta terça (10) às vésperas da Copa do Mundo. Após lembrar do carinho com que são recebidos os brasileiros nas copas realizadas em outros países, pediu ótima receptividade aos turistas estrangeiros.

Dilma aproveitou para cutucar quem “trabalhou” contra a competição mundial no país.

– No jogo que começa agora, os pessimistas já entram perdendo. Foram derrotados pela capacidade de trabalho e a determinação do povo brasileiro, que não desiste nunca – disse.

A candidata à reeleição elencou feitos relacionados à copa do mundo de futebol. “Nossos estádios estão prontos. Disseram que não teríamos copa porque não teríamos aeroportos. Praticamente dobramos a capacidade dos nossos aeroportos”, acrescentou, enfatizando, mais adiante, que a copa não só “gera gastos” e prometeu análise minuciosa dos gastos.

A presidente também aproveitou para negar qualquer risco de racionamento de energia elétrica. “Nosso sistema [elétrico] é robusto”, disse. A mandatária ainda falou de boatos sobre epidemia de dengue no país e citou investimentos em segurança pública e em redes de transmissão. Confira vídeo.

PDT E PMDB CONFIRMAM APOIO A DILMA

O PMDB decidiu apoiar a candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), por 398 a 275, em convenção nacional. Michel Temer será, novamente, candidato a vice em uma dobradinha com a petista.

Além do PMDB, o PDT também confirmou apoio à reeleição de Dilma. A convenção da legenda foi realizada nesta terça (10) na capital federal.

A presidente aguarda, agora, decisão de outros aliados com tempo considerável de televisão: PP, PR e PSD. Apesar da batalha na internet ser considerada fundamental em tempos de redes sociais, o tempo de propaganda na TV ainda dita as alianças eleitorais.

ENTRA EM VIGOR LEI QUE ESTABELECE COTA PARA NEGROS EM CONCURSOS PÚBLICOS

Dilma durante sanção da lei (Foto Fabio Pozzebom/ABr).

Dilma durante sanção da lei (Foto Fabio Pozzebom/ABr).

Começou a valer nesta terça (10) a lei que determina reserva aos negros 20% das vagas em concursos públicos federais, após sanção da presidente Dilma Rousseff. A mandatária disse esperar que a medida sirva de exemplo para adoção de normas similiares tanto nos estados e municípios como na iniciativa privada.

– Esta é a segunda lei que eu tenho a honra de promulgar com ações afirmativas, para fechar um fosso secular de direitos e oportunidades engendrados pela escravidão e continuados pelo racismo, ainda existente entre negros e brancos em nosso país –  disse em referência à Lei de Cotas para as universidades federais.

A lei terá validade por dez anos. Poderão concorrer na reserva para candidatos negros todas as pessoas que se autodeclararem pretas ou pardas na inscrição para o concurso público, seguindo o quesito de cor ou raça utilizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os candidatos negros concorrerão concomitantemente às vagas reservadas e às vagas destinadas à ampla concorrência, de acordo com a sua classificação no concurso.

“MÉRITO É CONDIÇÃO NECESSÁRIA”

Dilma enfatiza que o sistema que está sendo implantado “assegura que o mérito continua a ser condição necessária para ingresso dos candidatos”, sendo que a lei altera “apenas a ordem de classificação, privilegiando os candidatos negros”.

De acordo com a ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros, a mudança é um passo importante na superação das desigualdades raciais e vai garantir a participação da população negra em funções mais valorizadas.

Ela citou como exemplo a Lei de Cotas nas universidades, que determinou que, a partir de 2013, parte das vagas em universidades federais sejam ocupadas por ex-estudantes de escolas públicas, com reserva de vagas para estudantes pretos, pardos e indígenas.

DATAFOLHA: DILMA E CAMPOS CAEM; AÉCIO OSCILA 1 PONTO

Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos.

Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos.

A nova pesquisa Datafolha não traz boas notícias para os três principais candidatos à presidência da República. Dilma Rousseff (PT) aparece com 34%, Aécio Neves (PSDB) soma 19% e Eduardo Campos (PSB) com 7%, no levantamento divulgado hoje pela Folha.

Enquanto as intenções de voto em Dilma Rousseff (PT) caem três pontos percentuais em um mês (tinha 37% em maio), a queda de Campos é de quatro pontos (saiu de 11% para 7%). Aécio oscila de 20% para 19%.

A pesquisa traz, em outro pelotão, o Pastor Everaldo (PSC) com 4% e Magno Malta (PR) com 2%. Eduardo Jorge (PV) tem 1%, assim como José Maria (PSTU) e Denise Abreu (PEN).

A pesquisa de hoje detectou recorde de eleitores que não têm candidato: 30%, conforme o instituto. São 13% que não sabem em quem votar e 17% de eleitores que pretendem votar em branco ou anular o voto.

A pesquisa foi feita terça, quarta e ontem em 207 municípios brasileiros. De acordo com o instituto, foram ouvidos 4.337 eleitores e o levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais. O registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está sob o número BR-00144/2014.

AÉCIO EVITA BRIGA COM PERFIL QUE O ASSOCIA AO USO DE COCAÍNA

Aécio Neves diz que busca campanha limpa (Foto Orlando Brito/D. do Poder).

Aécio Neves diz que busca campanha limpa (Foto Orlando Brito/D. do Poder).

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) descartou, a princípio, processar o dono de um perfil no Twitter que sugere campanha para “desmistificar” que o tucano é “viciado em cocaína”. O perfil “Dilma Bolada” é um dos mais famosos do microblog no país. Quem o mantém é Jefferson Monteiro, ganhador de prêmios mundiais com os perfis fakes bem-humorados relacionados à presidente, tanto no Twitter como no Facebook.

– Me deixem em paz e foquem na campanha de vocês em desmistificar a fama do seu candidato de viciado em cocaína – respondeu o responsável pelo perfil ao ser provocado sobre corrupção e suposto uso de dinheiro público para treinar petistas a reagir a acusações nas redes sociais. A provocação foi feita pelo perfil “@AecioDigital”, que pode ser processado pelo tucano.

Pré-candidato à presidência da República, Aécio disse ter recomendado a retirada do posto no Twitter com acusações a Dilma Rousseff. “Não é esse o debate e a pré-campanha que eu quero fazer”, disse ele ao Diário do Poder, do jornalista Cláudio Humberto.

AOS 45 MINUTOS DO SEGUNDO TEMPO

Lorena Guimarães artigoLorena Guimarães |lolik25@hotmail.com

Para muitos, é a primeira Copa que irão assistir naquela casa que eles podem chamar de “minha”. Vou te contar que com isso tudo me senti agora na primeira parte do jogo, sabe, naquela hora que o juiz joga a moedinha para cima

Hoje, conversando com um amigo, que é daqueles politicamente “Direita ao Extremo”, sobre a Copa do Mundo, eu,  na maior empolgação, já querendo saber a tabela dos jogos para ver os dias em que o “amarelinho canário” irá jogar, ele com um tom de revolta, me solta essa:  “Quero mais que o Brasil perca a Copa, que durante o mundial se instale por aqui o caos nunca visto, porque aí o povo se revolta contra o Governo, e tira Dilma e o PT fácil, fácil…”

Nunca fui da turma do politicamente correto. Na escola fazia parte da turma do fundão, sempre tive medo das pessoas que se dizem donos da verdade, pois na prática são as que mais nos decepcionam nas ações. Então não disse nada, pois com pessoas radicais demais não tem saliva que chegue. Não concordo com a opinião dele, mas respeito. Acho que não é por aí, e não é desse jeito que se resolve as coisas. Mas, no meu pensamento, um filmezinho passou em mente e que foi me deixando muito intrigada com o final dessa história.

Ah, se tudo fosse fácil assim… E se os problemas da nação pudessem ser resolvidos no período da Copa, só porque os olhos do mundo estarão voltados para cá. Aí querem resolver tudo aos 45 minutos do segundo tempo. Acho que é esse o mal de nós, brasileiros. Se no período da preparação que era para acontecer as grandes mudanças na infraestrutura, na educação, na saúde não ocorreram, e em nenhum momento vi ninguém se manifestar, não é agora que tudo se resolverá. Já saímos perdendo nisso tudo. Aí, sair do Mundial sem a taça do Hexa, não dá, né?

Os times levam para o campo toda a raça, até o último segundo da partida. No futebol até o time mais desacreditado, aquele que vem só pra cumprir tabela, chega com bagagem repleta de raça.  Na partida a torcida aflita espera roendo as unhas por cada drible, cada jogada, falta, escanteio, cobrança de pênalti… Até já deu para ouvir o Galvão Bueno gritando: “Aguenta Coração…”. E quando chegamos aos acréscimos e o bendito juiz enrola para soprar aquele bendito apito…  Eita jogo sofrido, meu Deus!
Tá bem que muitos de vocês não curtem a narração do Galvão Bueno, mas vamos respeitar.

Mas deixa eu prosseguir, eu aqui contagiada com a magia da Copa e doida para dizer ao revoltado a minha opinião e que o resultado do jogo não irá mudar os resultados nas urnas. O Governo está blindado, boa parte da população vai assistir à Copa 2014 com sua boa SmarthTV de 42 polegadas…

:: LEIA MAIS »

PASCOWITCH DIZ QUE LULA SERÁ CANDIDATO

lula620Jornalista das mais bem informadas do país, Joyce Pascowitch publica no site Glamurama que o candidato do PT à presidência da República não será Dilma Rousseff, que iria à reeleição, mas o popstar Lula. Eis a íntegra da nota:

O alto empresariado brasileiro, que tinha dificuldade em dialogar com o Planalto, pode começar a ficar mais tranquilo. O candidato do PT à Presidência da República deverá ser mesmo Lula. Ele já deu como certa nesse fim de semana, para amigos mais próximos, sua intenção de voltar ao posto. No PT, a decisão é vista com bons olhos, já que o partido não concorda com várias posições da presidente Dilma Rousseff.

JW NEGA QUE TENHA TENTADO CALAR GABRIELLI NO CASO PASADENA

Wagner discursa em evento em Santa Cruz da Vitória (Foto Pimenta).

Wagner discursa em evento em Santa Cruz da Vitória (Foto Pimenta).

O governador Jaques Wagner negou que, junto com Lula, tenha tentado calar o ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, quanto à defesa no caso da compra de uma refinaria nos Estados Unidos. “Eu não estou me metendo nisso”, disse durante visita a Santa Cruz da Vitória, no sul da Bahia, neste final de semana.

A suposta tentativa foi publicada no site do jornalista Cláudio Humberto, na última quinta (24). A compra é objeto de Comissião Parlamentar de Inquérito (CPI) no congresso. Além de negar a censura, Wagner elogiou a linha de defesa do hoje secretário de Planejamento da Bahia. “Gabrielli já foi ao Congresso Nacional, vai de novo e está muito seguro para esclarecer as coisas. Quanto ao presidente Lula [interferir], eu não sei”.

O governador baiano integrava o conselho administrativo da Petrobras à época da compra da Refinaria de Pasadena. A aquisição, defende, “era uma decisão correta” pelos dados apresentados. “Tanto que foi votado por unanimidade”, acrescentou. “Acho que essas coisas vão se esclarecer, até por que a Justiça americana negou uma das cláusulas que poderia ser prejudicial à Petrobras”.

O governador ainda defendeu investigação irrestrita ao afirmar que “tudo tem que ser esclarecido, investigado”. “Na verdade, você não encontra nenhum economista, conhecedor profundo do mercado de petróleo, que consiga fazer uma crítica definitiva e dizer que [a compra] foi um erro. Tudo é aposta”, disse, citando, por exemplo, investimentos em perfuração.

CRÍTICAS À OPOSIÇÃO

Wagner ressalta que a presidenta Dilma tem razão ao reclamar, como presidente do conselho da Petrobras, que naquela data não foram apresentadas todas as cláusulas do contrato. “É claro que, numa reunião do conselho, você recebe um resumo [do contrato]. Não vou prejulgar, dizer que foi de má-fé”.

A oposição, diz Wagner, está fazendo muita poeira agora por 2014 ser um ano eleitoral. “A oposição adora ter um assunto para falar. Alguns tentam aproveitar isso para desgastar, como se eles fossem partidos puros”.

Questionado pelo PIMENTA quanto aos prejuízos eleitorais do caso, Wagner relativizou. “Vamos medir isso adiante, por que nós já tivemos o mesmo problema ou tão grave em 2005, que foi o Mensalão, e o desempenho eleitoral em 2006 e 2010 foi muito bom”, afirmou.

DILMA SANCIONA MARCO CIVIL DA INTERNET

Dilma InternetA presidenta Dilma Rousseff sancionou hoje (23) o Marco Civil da Internet durante a abertura do Encontro Global Multissetorial sobre o Futuro da Governança da Internet – NET Mundial, em São Paulo, que reúne representantes de governos, sociedade civil, técnicos e usuários da rede de vários países. A nova lei será publicada em edição extra do Diário Oficial ainda hoje.

O marco civil, aprovado pelo plenário do Senado na noite de ontem (22), define os direitos e deveres de usuários e provedores de serviços de conexão e aplicativos na internet. A aprovação abre caminho para que os internautas brasileiros possam ter garantido o direito à privacidade e à não discriminação do tráfego de conteúdos.
Após assinar a sanção, Dilma iniciou seu discurso defendendo o respeito aos direitos humanos, à privacidade e à liberdade de expressão na internet. “Os direitos que as pessoas têm offline também devem ser protegidos online”, comparou.

:: LEIA MAIS »

ESCANDALIZAÇÃO DA POLÍTICA

marco wense1Marco Wense

Cabe aos senhores pré-candidatos à presidência da República a espinhosa tarefa de provar que suas legendas, no caso o PT de Dilma, o PSDB de Aécio Neves e o PSB de Eduardo Campos, não têm culpa no cartório.

Não à toa que estudos apontam um crescente descrédito na classe política: apenas 3% dos brasileiros acreditam que deputados e senadores representam e defendem os interesses da sociedade.

O pior é que tudo caminha para uma situação preocupante, já que os homens de bem se afastam do processo político como o diabo da cruz. Sem falar no desabafo popular de que “todo político é ladrão”.

O duelo entre quem quer permanecer no poder e quem quer tomar o poder é de uma baixaria inominável. O debate de ideias cede lugar para acusações mútuas de corrupção.

Fazendo uma alusão ao pega-pega entre petistas e tucanos, o jornalista Miguel Martins lembra que a rinha entre o PTB de Getúlio Vargas e a UDN de Carlos Lacerda resultou em duas décadas de uma ditadura que nos tirou do trilho da modernidade.

A preocupação agora é com a eleição presidencial, com a política nacional mergulhada em um “mar de lama”. A disputa assentada na criminalização da política, em um pilar “que fez, faz e sempre fará mal à democracia”.

Mas abrir mão da apuração dos fatos em nome de uma eleição civilizada, deixando os larápios do dinheiro público sem punição, é alimentar a impunidade, que fez, faz e sempre fará mal à democracia.

Que sejam todas elas instaladas: CPI da Petrobras, com a compra da refinaria de Pasadena no Texas (EUA), CPI do Metrô de São Paulo, com as licitações fraudulentas, e a CPI do Porto de Suape (PE).

Cabe aos senhores pré-candidatos à presidência da República a espinhosa tarefa de provar que suas legendas, no caso o PT de Dilma, o PSDB de Aécio Neves e o PSB de Eduardo Campos, não têm culpa no cartório.

A dureza da lei não é só para os descamisados.

Ex-presidente Lula ao lado da presidente Dilma Rousseff.

Ex-presidente Lula ao lado da presidente Dilma Rousseff.

PLANO B

Só os incautos e desinformados continuam achando que o plano B do PT é uma invencionice da oposição para enfraquecer a candidatura da presidente Dilma Rousseff (reeleição).

O plano B, que é Luis Inácio Lula da Silva como candidato, se tornando imbatível e ganhando a eleição logo no primeiro turno, já foi comentado aqui em duas oportunidades.

Com efeito, o plano B se fortalece na medida em que a presidente cai nas pesquisas de intenção de votos. Dilma só será candidata se não houver nenhum risco do PT perder o comando do cobiçado Palácio do Planalto.

O GATO COMEU

Um grupo de vereadores está fornecendo uma recompensa de R$ 3 mil para quem oferecer alguma informação sobre o sumiço de três respiradores pulmonares do Hospital de Base.

A curiosidade fica por conta de como os R$ 3 mil foram divididos, se algum edil deu mais do que o outro. Se o grupo fosse de 21, com todos dando a mesma quantia, caberia R$ 142,85 para cada.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

DATAFOLHA: DILMA APARECE COM 38%, MAS VENCERIA NO 1º TURNO

Dilma: queda de seis pontos percentuais.

Dilma: queda de seis pontos percentuais.

As intenções de voto na presidente Dilma Rousseff registrou queda de seis pontos percentuais, segundo o Instituto Datafolha.

Enquanto em fevereiro a candidata à reeleição pontuava com 44%, na pesquisa de hoje apresenta 38%. Apesar da queda, a petista venceria no primeiro turno.

Ela aparece bem à frente de Aécio Neves (PSDB), que tem 16%, e Eduardo Campos (PSB), com 10%.

Os demais candidatos somam 6%, sendo que, entre os nanicos, quem melhor pontua é Pastor Everaldo (PSC), com 2%.

A mesma pesquisa registrou até aqui 20% de intenções de voto em branco ou nulo e 9% de quem não saberia em quem votar. O pleito ocorre em outubro.

O Instituto ouviu 2.637 pessoas em 162 municípios nos dias 2 e 3 (quarta e quinta). A margem de erro é de dois pontos percentuais. Os dados foram divulgados nesta tarde na Folha. Confira o cenário principal, com todos os pré-candidatos até aqui:

– Dilma Rousseff (PT): 38%
– Aécio Neves (PSDB): 16%
– Eduardo Campos (PSB): 10%
– Pastor Everaldo (PSC): 2%
– Denise Abreu (PTN): 1%
– Eduardo Jorge (PV): 1%
– José Maria (PSTU): 1%
– Levy Fidélix (PRTB): 1%
– Eymael (PSDC): 0%
– Mauro Iasi (PCB): 0%
– Randolfe Rodrigues (PSOL): 0%
– Brancos – nulos: 20%
– Não sabe: 9%

DILMA: EM MEMÓRIA ÀS VÍTIMAS DO REGIME MILITAR, GOLPE NÃO PODE SER ESQUECIDO

Luana Lourenço | Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff lembrou hoje (31) os 50 anos do golpe militar que deu início à ditadura no Brasil, em 1964, e disse que as atrocidades cometidas no período não podem ser esquecidas, em memória dos homens e mulheres que foram mortos ou desapareceram enquanto lutavam pela democracia.

“O dia de hoje exige que lembremos e contemos o que aconteceu. Devemos aos que morreram e desaparecerem, devemos aos torturados e aos perseguidos, devemos às suas famílias. Devemos a todos os brasileiros”, disse a presidenta em discurso no Palácio do Planalto, durante a assinatura de contrato para construção da segunda ponte sobre o Rio Guaíba. Confira, no vídeo abaixo, o discurso da presidente.

WAGNER E A PESQUISA NÃO REGISTRADA

Durante entrevista, Wagner cita pesquisa não registrada (Foto José Nazal).

Durante entrevista, Wagner cita pesquisa não registrada (Foto José Nazal).

O governador Jaques Wagner pode ter cometido crime eleitoral numa entrevista à Rádio Metrópole, de Salvador, quando citou dados de uma pesquisa encomendada pelo grupo governista, mas ainda não registrada.

O levantamento mostraria, segundo Wagner, situação confortável para os seus candidatos, principalmente a presidente Dilma Rousseff. Na sucessão estadual, a pesquisa mostraria cenário embolado.

HELINTON, O DESAFINADO

helinton ceplacO diretor geral da Ceplac, Helinton Rocha, pode pensar em não fazer muito piseiro por essas bandas de agora em diante.

O homem, que também se faz conhecer pela alcunha de “Tom”, assumiu o cargo dizendo que tinha linha direta com a presidenta Dilma, “profunda conhecedora da Ceplac”, nas palavras dele, pisou feio na bola com os ceplaqueanos na semana passada. Mais uma vez.

Foi durante uma reunião com lideranças das diversas entidades de defesa dos funcionários do órgão, formadas por aliados dos deputados Josias Gomes e Geraldo Simões.

Para elogiar Geraldo, disse que Josias era um deputado “que não opera, e se porta de forma ambígua nas demandas da Ceplac”.

A declaração do diretor causou mal-estar para todos. “Para os aliados de Geraldo, que não precisa de uma puxada dessas, e para os de Josias, que têm consciência de que a luta pelos interesses da Ceplac fazem parte da agenda constante do parlamentar”, afirma um dos presentes à reunião.

Só para ilustrar, segundo esse ceplaqueano, foi Josias quem agendou a única reunião que o diretor teve com o ministério do Planejamento, quando ainda se falava em concurso para a Ceplac. “Logo ele, tão próximo da presidenta Dilma, não consegue sequer agendar uma reunião dessas”.

Os comentários dão conta de que, aos poucos, o diretor que chegou com a licença 007 – numa referência ao espião britânico James Bond –, vai se tornando um Zero Um, como na cena antológica do filme Tropa de Elite, de José Padilha. “Não demora e ele ‘pede pra sair’”, prevê o ceplaqueano indignado.

O problema é que na obra de Padilha, o Zero Um foi “desistido” pelo impiedoso Capitão Nascimento. Relembre a cena…

CERIMÔNIA DO VATICANO OFICIALIZA BRASILEIRO COMO CARDEAL

Presidente Dilma cumprimenta o cardeal brasileiro Orani Tempesta (Foto: Roberto Stuckert Filho)

Dilma cumprimenta o cardeal brasileiro Orani Tempesta (Foto: Roberto Stuckert Filho)

A presidente Dilma Rousseff participou na manhã de hoje (22) da oficialização de dom Orani Tempesta como cardeal na cerimônia do Consistório, realizada na Basílica de São Pedro, no Vaticano. O evento foi acompanhado por autoridades, delegações oficiais, fiéis e teve a presença do papa emérito de Francisco, Bento XVI.

A presidente também cumprimentou o cardeal arcebispo Dom Orani Tempesta. Os 19 novos cardeais receberam do papa um anel, que é símbolo do compromisso universal com a igreja. Informações da Agência Brasil.

DILMA VENCERIA EM PRIMEIRO TURNO, SEGUNDO PESQUISA CNT/MDA

Dilma venceria no primeiro turno, mas vantagem é menor que em novembro.

Dilma venceria no primeiro turno, mas vantagem é menor que em novembro.

A mais nova pesquisa da corrida presidencial traz Dilma Rousseff com ampla vantagem sobre os adversários. A petista alcança 43,7% em cenário no qual aparecem Aécio Neves (PSDB) com 17% e Eduardo Campos (PSB) com 9,9%. O levantamento da Confederação Nacional de Transporte (CNT) com a MDA foi divulgado hoje.

Na pesquisa CNT de novembro, Dilma chegou a 43,5%  ante 19,3% do senador tucano e 9,5% do governador de Pernambuco. Como os adversários somam apenas 28,8%, a presidente venceria no primeiro turno.

No cenário no qual a candidatura do PSB é substituída por Marina Silva, Dilma vai a 40,7% contra 20,6% da ex-ministra e 15,1% de Aécio. Mesmo neste cenário, Dilma seria reeleita em primeiro turno.

O levantamento revela que a avaliação do governo caiu, assim como, discretamente, as intenções de voto na presidente da República.

A pesquisa ouviu 2 mil eleitores em 137 municípios de 24 estados, no período de 9 a 14 de fevereiro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. Clique aqui e confira a íntegra da pesquisa.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia