WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





maio 2018
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘Direc 7’

DIREC 7: TCE REPROVA CONTAS DE RITA DANTAS

Rita Dantas teve contas de 2012 reprovadas pelo TCE.

Rita Dantas teve contas de 2012 reprovadas pelo TCE.

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE) desaprovou, em sessão plenária desta terça-feira (9), as contas da Diretoria Regional de Educação de Itabuna (Direc 7), gerida à época pela professora Rita Dantas. A ex-diretora foi multada em R$ 3 mil. A Direc foi extinta no início deste ano e transformada em Núcleo Regional de Educação.

As contas foram rejeitadas pelo TCE devido “à ocorrência de diversas e graves irregularidades no período de 30 de janeiro a 31 de dezembro de 2012”. Já as contas da Direc 7, referentes ao período de 1º a 29 de janeiro do mesmo ano, tendo como gestora Miralva Moitinho, foram aprovadas, seguindo-se as recomendações dos órgãos técnicos.

O plenário do TCE decidiu, também, encaminhar recomendações à atual gestão da Direc e à Secretaria Estadual de Educação para a adoção de providências que evitem repetir as irregularidades encontradas. Na mesma sessão, os conselheiros aprovaram com ressalvas as contas de administrador da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), referentes ao ano de 2013, tendo como responsável o então reitor José Carlos Barreto de Santana, que foi multado em R$ 1 mil.

FINALMENTE, A POSSE

Solange posseA professora Solange Sampaio, finalmente, pôde assumir o cargo de diretora do Núcleo Regional de Educação (NRE5), da Secretaria Estadual de Educação. A solenidade de posse ocorreu nesta tarde de sexta (27), em Salvador.

Ontem, Professora Solange, como é mais conhecida, foi induzida a tomar posse em uma cerimônia na sede do NRE (antiga Direc 7), na Beira-Rio, em Itabuna. Ela acabou sendo desautorizada pelo secretário estadual de Educação, Osvaldo Barreto, que a convocou para solenidade em Salvador (confira o rebu aqui).

A educadora apresenta-se no NRE na próxima segunda.

Solange foi indicada para o cargo pelo deputado estadual Rosemberg Pinto. Ela deve ficar à frente do núcleo regional de forma interina. A professora Miralva Moitinho, de acordo com fontes do governo, assume o cargo em até três meses.

RITA DANTAS É AFASTADA DA DIREC 7

rita dantasA professora Rita Dantas foi afastada da Diretoria Regional de Educação (Direc 7) por meio de portaria publicada nesta quinta (29), no Diário Oficial do Estado.

A portaria é assinada pelo secretário estadual de Educação, Osvaldo Barreto, com validade desde o dia 1º.

As Direcs foram extintas pela lei de reforma administrativa estadual, dando espaço a 27 Núcleos Regionais de Educação (NREs).

O governador Rui Costa já definiu titulares de vários núcleos, a exemplo de Itapetinga e Bom Jesus da Lapa. Ainda não foi definido o nome do diretor do NRE do Território Litoral Sul, que englobará Ilhéus e Itabuna.

CALENDÁRIO APERTADO FORÇOU MUDANÇA EM DATA DE JORNADA, DIZ RITA DANTAS

rita dantasA diretora da Direc 7, Rita Dantas, esclareceu que a mudança de data na Jornada Pedagógica em Itabuna se deve ao fato de que, em algumas escolas da rede, o ano letivo de 2013 ter sido finalizado somente hoje. Segundo ela, o adiamento da jornada para março (veja matéria aqui) foi um pedido dos diretores de escola.

De acordo com a diretora do órgão regional da Secretaria Estadual de Educação, como a greve dos professores em 2012 em Itabuna se prolongou mais do que em outros municípios da Direc 7, o ano letivo de 2013 só teve início em 3 de abril daquele ano. “Isso refletiu no calendário atual, e ainda há escolas que estão concluindo o ano letivo 2013 hoje com a entrega do resultado final”.

Rita Dantas explica que, por este motivo, “a Secretaria da Educação nos facultou o direito de começar a jornada em outra data, mais adequada do ponto de vista pedagógico e operacional”, afirma.

A mudança, de acordo com ela, foi consensual entre dirigentes escolares. “É importante ressaltar, também, que a nova data não prejudicará ninguém. Nem o professor, que já não estará em férias – programadas para o mês de fevereiro. Também é importante informar que em todos os outros municípios da Direc-7 a jornada ocorre na data prevista no calendário oficial da SEC”.

TERCEIRIZADOS DA DIREC 7 RECLAMAM DE CALOTE DA WORLD SERVICE

dinheiroOs mais de 500 funcionários terceirizados da Secretaria Estadual de Educação da área da Direc 7 (Itabuna) reclamam de calote da World Service. A empresa de Lauro de Freitas teve contrato rompido unilateralmente pelo Governo Baiano e os funcionários que prestavam serviços administrativos à Educação estão sem receber o salário de julho e o aviso-prévio de agosto, além de auxílios transporte e alimentação.

A World Service foi substituída pela Pech Service, também de Lauro de Freitas, que já iniciou a contratação dos funcionários terceirizados que vão trabalhar na Educação. Além do calote, as vítimas da World Service estão temendo uma “peneira” da diretora da Direc 7, Rita Dantas, como retaliação às denúncias de precarização das relações trabalhistas.

SEC CONVOCA APROVADOS EM CONCURSO

Professores e coordenadores pedagógicos aprovados em concurso público da Secretaria Estadual de Educação (SEC) estão sendo convocado – em última oportunidade – para contratação. Os sete educadores têm até hoje, dia 8, para se apresentar ao setor de recursos humanos da Direc 7, na Avenida Fernando Cordier (Beira-Rio), 30, centro, Itabuna.

Os coordenadores convocados são Emília Costa de Santana, Iramaia Rocha de Souza e Jaqueline Amaral Firmato de Almeida. Também foram convocados professores de Geografia (Lucivânia Nascimento dos Santos e Silmara Borges da Hora), Educação Física (Maria Antonieta de Assis Mesquita) e Biologia (Hugo Henrique Ribeiro de Almeida). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (73) 3215-2577.

PERSEGUIÇÃO NA DIREC 7

Deusdélia foi demitida em retaliação a denúncia do Blog do Ricky.

Deusdélia: demitida, apesar de ser funcionária exemplar.

A diretora da Direc 7, Rita Dantas, é acusada de promover perseguição contra a servidora Deusdélia Pinto Mascarenhas, que trabalhava no Colégio Inácio Tosta Filho, no Fátima, e era contratada do Estado há seis anos.

A direção do colégio tentou evitar a demissão de Deusdélia, descrita como servidora exemplar e solidária. O apelo dos dirigentes escolares não adiantou. Rita manteve a decisão.

Agora, o que parece ser o real motivo da demissão: Deusdélia é mãe de Rick Mascarenhas, editor do Blog do Ricky. O site denunciou há alguns dias o sumiço de notebooks na sede da Direc, na Beira-Rio (veja aqui). A publicação causou irritações no comando regional da Secretaria Estadual de Educação.

Até o momento, a diretora da Direc 7 não chamou Deusdélia para explicar a retaliação. Apenas usou o poder da caneta. A indignação é grande não apenas no Colégio Inácio Tosta Filho, mas também no PT, partido ao qual Deusdélia é filiada faz mais de 20 anos, além de forte atuação na área social.

A LAMBANÇA SEM FIM DA SEC

Os trabalhadores terceirizados da Secretaria Estadual de Educação (SEC) na região da Direc 7 receberam novo aviso prévio, após serem readmitidos pela World Service, em outubro. É lambança sem fim.

A SEC informou, por meio de nota, que os trabalhadores devem cumprir o aviso até 30 de novembro.

As vítimas da lambança, conforme a nota, serão contratadas quando for definida a empresa substituta da World Service – o que deve ocorrer em fevereiro.

ATRASO DE SALÁRIO NA SEC

Trabalhadores da World Service completaram dois meses sem saber o que é salário. O mês de julho ainda não foi pago. E já estamos em setembro. São aproximadamente 500 trabalhadores da região da Direc 7, em Itabuna. Por enquanto, silêncio por parte da empresa e da dirigente da Direc, Rita Dantas. A Secretaria Estadual de Educação também não se pronuncia.

Em clima de revolta, os terceirizados prometem resposta daqui a um mês… nas urnas.

“NÃO É A MINHA MÃE”

Afonso e a mãe dele, Professora Ritinha.

A publicação da nota relativa aos atrasos de salários de terceirizados da Direc 7 (Itabuna) criou uma situação inusitada. A gestora do órgão estadual em Itabuna é homônima da ex-primeira-dama itabunense, Rita Dantas,  esposa do ex-prefeito Ubaldo Dantas.

O publicitário Afonso Dantas recebeu ligações e logo fez questão de esclarecer. “Essa Ritinha não é a minha mãe, Ritinha Dantas, esposa do ex-prefeito Ubaldo Dantas”.

Aliás, não é mãe nem parente.

Em tempo: Saiu hoje o salário dos barnabés da Direc, reprimidos pela outra Ritinha Dantas, a da Direc 7. Ficam faltando os vales refeição e transporte de junho dos terceirizados (e desrespeitados) da World Service.

LENINHA ASSUME EDUCAÇÃO EM COARACI

Do Cena Bahiana

O município de Coaraci tem nova gestora na área de educação. A prefeita Josefina Castro (PT) acaba de nomear para o cargo de secretária da pasta a professora Rosilene Vilanova Cavalcanti, mais conhecida como Leninha, que atuou como chefe de gabinete da Direc 7 na gestão de Miralva Moitinho.

A mudança demonstra força do deputado federal Josias Gomes junto ao governo local.

PROFESSORES GREVISTAS OCUPAM DIREC 7

Professores protestam em frente à sede da Direc em Itabuna (Foto Luiz Conceição/Pimenta).

Professores estaduais em greve invadiram a 7ª Diretoria Regional de Educação (Direc 7) na manhã desta segunda-feira, 23, em protesto contra o que consideram manobra do Governo do Estado para retirar direitos da categoria. Segundo o professor João Rodrigues, delegado sindical da APLB/Sindicato, o governador Jaques Wagner descumpre acordo feito ano passado.

Os grevistas tomaram todas as salas da Direc 7, mas desistiram de ficar no interior do imóvel na Avenida Fernando Cordier. Para dar mais visibilidade ao protesto e chamar a atenção da população, ocuparam a margem esquerda do Rio Cachoeira em frente à sede do órgão ligado à Secretaria Estadual de Educação (SEC).

Com faixas e cartazes e distribuição de panfletos, os professores fizeram barulho e em carro-de-som se revezaram em discursos inflamados contra a sensibilidade das autoridades que estariam prejudicando mais que garantindo conquistas.

O governo estadual, segundo a APLB/Sindicato, fez opção pelo projeto que será votado pelos deputados na Assembleia Legislativa que, conforme a entidade, prejudicará milhares de professores primários, de licenciatura curta e não-licenciados, ativos e aposentados. No panfleto é descrita situação de professor primário, com 25 anos de serviço, cujos vencimentos ficariam em R$ 2.902,00, com os 22,22% reivindicados. Mantidas as regras que o governo impôs no projeto que será votado na assembleia, cai para R$ 2.375,96.

Amanhã, no Pontalzinho, às 9 horas, haverá ato público com a participação de várias entidades sindicais em apoio aos professores no dia que deve ser votado o projeto pelos deputados.

WAGNER EXONERA MIRALVA E EDNEI MENDONÇA

Saiu no Diário Oficial deste final de semana as exonerações dos diretores das Direcs 6 e 7 (Ilhéus e Itabuna), Ednei Mendonça e Miralva Moitinho, respectivamente. Confirmando o que antecipou este blog, a professora Rita Dantas substituirá Miralva.

Já a cadeira até ontem ocupada por Ednei Mendonça ficará vaga, por enquanto. Mas quem deve assumir o cargo é a dirigente sindical Ana Maria Oliveira (confira).

MIRALVA “PEGOU AR”

A professora Miralva Moitinho promoveu almoço de despedida do cargo na Secretaria Estadual de Educação. Reuniu cerca de 200 pessoas na Churrascaria Los Pampas, ontem, e lá mesmo concedia entrevista a Maria Luísa Couto, do site Radar.

Tudo ia muito bem até a repórter perguntar sobre a substituta no comando da Direc 7.

Bem ao seu jeito, Miralva não poupou “elogios”:

– Ela em nenhum momento falou [que iria assumir o cargo]. Ela fazia parte da equipe, embora desenvolvendo um trabalho muito tímido ao lado da professora Ivone [Miranda], na coordenação de Educação Básica. Como minha subordinada, ela não levou ao meu conhecimento – resmungou.

Ou seja, “pegou ar” rapidinho.

Em tempo: Os preferidos do deputado Geraldo Simões para o cargo eram a Professora Nildinha e o diretor do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, Denelísio Nobre. Nildinha entendeu que poderia acirrar os ânimos no PT se aceitasse o cargo. Declinou. Denelísio é pré-candidato a vereador e não pôde aceitar o convite.

E aí, amigo leitor, a bola sobrou nem tão redondinha para Rita Dantas, nome que, se não é unanimidade no partido, conta com a simpatia do casal Juçara Feitosa e Geraldo Simões.

GS DIZ QUE MIRALVA AGORA TERÁ TEMPO PARA FAZER CAMPANHA

Encerrado seu período à frente da Diretoria Regional de Educação (Direc) 7, a professora Miralva Moitinho terá tempo para cuidar da campanha da pré-candidata do PT à Prefeitura de Itabuna, Juçara Feitosa. Foi essa a mensagem que o deputado federal Geraldo Simões transmitiu à Miralva, que é presidente do diretório petista no município. A exoneração foi antecipada pelo PIMENTA (confira aqui).

Num encontro que teve hoje com a professora, Simões passou anestésico no machucado, fazendo elogios à gestão de Miralva na Direc 7, que – segundo ele – é uma das melhores da Bahia. “Ela cumpriu seu papel com êxito e agora vamos contar com um novo nome à frente da instituição”, anunciou o deputado, antecipando-se ao Diário Oficial.

Segundo o Blog do Thame, a substituta de Miralva Moitinho será a também professora Rita Dantas.

MIRALVA SERÁ EXONERADA DA DIREC 7

Miralva perde força no grupo de Geraldo e será exonerada.

A presidente do PT de Itabuna, Miralva Moitinho, será exonerada do cargo de diretora da Direc 7. O decreto será publicado amanhã (24) ou, no máximo, em 30 dias.

O decreto sairia neste final de semana, mas o secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto, ligou para a dirigente e afirmou que não tem como prática “exonerar sem antes informar” à vítima.

Miralva se reúne com diretores aliados na região da Direc 7 para decidir se aceita a “exoneração a pedido” ou tira, imediatamente, 30 dias de férias e sai assim que retornar.

A exoneração, conforme fontes petistas, foi pedida pelo deputado federal Geraldo Simões após receber “um bilhão” de queixas contra Miralva. O parlamentar também seguiu orientações de sua esposa, Juçara Feitosa, para que exonerasse Miralva para não ter prejudicar ainda mais os projetos políticos do grupo.

A leitura interna, no PT, é de que Miralva cai mesmo porque, há muito, vinha agindo e negociando como uma outra força dentro do PT.

Pelo decreto que seria publicado no último sábado, sabe-se que a professora Rita Dantas, muito próxima ao casal Simões, foi escolhida como substituta.

Um grupo de petistas tentará salvar Miralva. Puro pragmatismo, nada de solidariedade à “companheira”. O próprio gesto do secretário Osvaldo Barreto vai nesse sentido. Ele é de grupo antagônico ao do deputado Geraldo Simões.

DIREC 7 NEGA ATRASO DE SALÁRIO MAS CONFIRMA FALTA DE VALES

Por meio da assessoria de comunicação, a Diretoria Regional de Educação (Direc 7) confirmou que a empresa World Service ainda não concedeu vale-transporte e auxílio-alimentação aos funcionários contratados para prestar serviço à Secretaria Estadual de Educação. O pagamento de vales e auxílios, segundo a nota, será feito neste fechamento de folha de novembro.

– A terceirização é gradativa e como é um processo novo na administração, a empresa tem procurado organizar a vida dos seus servidores -, afirma a dirigente da Direc 7, Miralva Moitinho.

Miralva Moitinho diz que as carteiras de trabalho dos terceirizados já foram assinadas pela World Service, que as encaminhará ao órgão regional de educação. Ainda na nota, a professora diz que “nunca houve por parte” da Direc 7 “perseguição política/administrativa para questiona a falta do pagamento”. Clique no “leia mais” e confira a nota.

:: LEIA MAIS »

ELEIÇÃO NOS COLÉGIOS ESTADUAIS

Comunidades de 15 colégios da rede estadual de ensino em Itabuna vão às urnas nesta quarta (16) para escolher os novos dirigentes escolares. A votação ocorre sem incidentes tanto em Itabuna como nas outras 20 escolas em municípios da área de abrangência da Direc 7, conforme a Secretaria Estadual de Educação (SEC). A comunidade escolar pode ir às urnas até as 20h30min.

A área possui 55 escolas estaduais, mas em 20 delas não ocorrerão eleições porque professores não participaram do curso de gestão (exigência para o candidato) ou não formaram chapa. Nestas unidades escolares, a SEC definirá como os atuais dirigentes serão substituídos.

A substituição poderá ocorrer, também, por indicação do colegiado escolar. Osvaldo Barreto, secretário de Educação, avaliará a escolha. Neste caso, o dirigente não precisa pertencer à unidade para a qual foi escolhido. Em outras regiões do estado, a escolha dos novos dirigentes escolares será amanhã (17) ou no próximo dia 21.

PT X PC DO B EM ITABUNA

O clima de disputa entre PT e PCdoB chegou à gerência regional da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) em Itabuna. O comunista Franklin Passos deu lugar ao petista Wagner Ayres, indicado pelo deputado federal Geraldo Simões.

Em Itabuna, o PCdoB, por enquanto, só conseguiu um cargo na dança das cadeiras – este, na Direc 7. E só. Até mesmo a indicação para a Ciretran, periga. O sargento Gilson Nascimento ainda espera assumir o cargo, embora este esteja mais próximo do ex-deputado Capitão Fábio.

DIREC 7 INVESTIGARÁ FOLHA FANTASMA

A assessoria de comunicação da Diretoria Regional de Educação (Direc 7) informou que o órgão estadual investigará denúncia aqui reproduzida sobre a folha fantasma do colégio General Osório. O blog Cia da Notícia revela que três pessoas estão na folha de servidores do estabelecimento de ensino, mas não comparecem para trabalhar (relembre aqui).

“A Diretoria Regional de Educação (Direc 7) informa que apurará a informação postada nesse blog e tomará as devidas providências , caso seja constatado o fato. Esclarecemos que a Diretora do Colégio General Osório, Cátia Deveras, é uma pessoa idônea e deverá ter todo o cuidado e respeito nas acusações postadas nesse canal de comunicação”.

A denúncia mostra que entre os fantasmas da escola está uma sobrinha da diretora da escola, que trabalha numa loja no shopping, mas aparece ainda recebendo salário como funcionária do General Osório, localizado no Conceição, em Itabuna.

CISO DEMITE 11 FUNCIONÁRIOS. ESTADO NÃO PAGA ALUGUEL HÁ CINCO MESES

Ciso atende 2.790 alunos da rede estadual, mas sofre com calote do governo.

O Colégio Sesquincenteário (Ciso), uma das mais tradicionais instituições de ensino da Bahia, teve que dar aviso prévio a 11 funcionários hoje por causa de um calote do estado. A instituição teria entrado em dificuldades financeiras após a Secretaria Estadual de Educação (SEC) não pagar pelo aluguel de salas de aula, auditório, biblioteca, ginásio de esporte e parque aquático.

O PIMENTA entrou em contato com a direção do Ciso. Marcos Brandão confirmou a dívida, mas disse que preferia negociar com o estado a falar sobre o calote nesse momento. Ele, no entanto, afirmou que o atraso de cinco meses gerou estrangulamento financeiro do colégio e a necessidade de demitir funcionários, principalmente da parte de apoio.

A escola deu aviso prévio a 11 funcionários contratados para manutenção das instalações e atenção aos 2.790 alunos da rede estadual. O repasse mensal do estado era destinado ao pagamento dos funcionários. “Tive que dar aviso prévio”, afirma Marcos Brandão, sem, no entanto, querer se aprofundar no assunto.

Conforme este blog apurou, estado e direção do Ciso mantinham uma parceria de quase 30 anos. O repasse pelo uso da estrutura física era feito nos últimos cinco anos, mas “travou” no início de 2011.

Nos 25 anos iniciais do contrato a escola oferecia a estrutura e o estado, apenas os professores. A dívida alcança R$ 50 mil. O colégio foi fundado há 48 anos por Josué Brandão e sempre foi referência tanto no ensino como na revelação de talentos no esporte. Há vários anos a estrutura é dividida entre Ciso Particular, Ciso Estadual e Municipal.

A Secretaria Estadual de Educação (SEC) informou a renovação do contrato depende da palavra final da equipe de engenharia civil, que vistoriou a estrutura física de toda a escola. Foram duas vistorias feitas neste ano. A primeira não recomendou a renovação de contrato. O parecer da última deverá ser entregue nos próximos dias.

Ao PIMENTA, a SEC não reconheceu que haja calote por parte do estado, pois a pendência ocorre devido a problemas estruturais da escola. A escola será indenizada pelo uso do espaço físico nestes cinco meses.

REDISTRIBUIÇÃO DE CARGOS PROVOCA ATRITOS NO PT SULBAIANO

Edinei Mendonça sai do comando da Direc 6.

Os principais líderes do PT no sul da Bahia engalfinham-se nos bastidores pela redistribuição dos principais cargos que cabem ao partido na região. A briga está mais acirrada no município de Ilhéus no sul da Bahia. O governo estadual aplicou a estratégia do “leva quem tem mais votos” nos territórios de identidade.

No Território Litoral Sul, que compreende municípios como Ilhéus e Itabuna, o deputado federal Geraldo Simões foi o mais votado entre os petistas, seguido pelo estadual Rosemberg Pinto.

Por esse novo mecanismo de redistribuição de cargos, a Direc 6 mudaria de mãos. Rosemberg passaria a ter o direito de indicar o substituto de Edinei Mendonça, um quadro alçado ao posto pelo grupo do deputado federal Josias Gomes.

Este mesmo mecanismo dá ao deputado federal Geraldo Simões a indicação do novo dirigente da Direc 7 (em Itabuna). O parlamentar reeleito pode optar pela manutenção de Miralva Motinho, apesar das fortes resistências no próprio grupo político devido às críticas à gestão da ex-comunista.

A nova dinâmica da redistribuição tira o geraldista João Marcos de Lima da Sétima Dires. O ex-vereador Edson Dantas (PSB), que foi candidato a deputado federal, será o responsável pela indicação do substituto. Ao deputado Josias Gomes, talvez caiba a indicação do regional da Empresa Baiana de Defesa Agropecuária (EBDA). Isso porque, ele foi o quarto petista entre os mais votados no Território Litoral Sul, atrás de Geraldo, Rosemberg e o ex-rodoviário J. Carlos.

Sendo assim, o leitor não estranhe uma briga acirrada e troca de amabilidades entre os petistas – contando com lavagem de roupa suja em público.

UM FILME QUE SE REPETE

Passado quase um ano de quando se começou a falar em reforma das escolas estaduais, parece que há uma turma de gestores meteu os pés pelas mãos em algumas unidades. Alunos do Colégio Estadual General Osório, por exemplo, denunciam a gestão da diretora Kátia Deveras.

No rosário de reclamações, destaque para a administração pouco transparente de verbas públicas e má gestão de projetos que seriam a menina dos olhos da Direc 7, como o Mais Educação.

Causa estranheza, por exemplo, como foi usado o dinheiro do contribuinte destinado para a reforma do prédio. Alunos reclamam que ninguém consegue ver melhorias na estrutura da escola, e alguns dizem que a reforma a deixou em pior estado do que estava, antes da intervenção.

Se não pior, pelo menos mais barato era manter o antigo caos: teriam sido gastos mais de R$ 100 mil, mas a reforma é um mistério a ser desvendado. “Ficou pior, sim. Temos medo de ficar na sala nesses dias de chuva, porque alaga tudo, e a água escorre pela fiação elétrica”, descreve uma aluna, que tem mais medo de se identificar – por possíveis represálias – do que de encarar o risco de choque elétrico no espaço insalubre que se tornou sua sala de aula.

O blog apurou que a escola é o que se pode chamar de um ambiente inóspito, mesmo. O banheiro dos alunos, mesmo depois da tal reforma, continua sem descarga. No banheiro das alunas, a porta sequer fecha. Sem falar na tal inundação de salas, quando chove. Chamados a opinar sobre as denúncias, alguns professores disseram que não falariam. Não declararam, mas também temem sofrer represálias da direção.

O caso do projeto Mais Educação é outro mistério. Apesar de o programa – que tem por objetivo levar o aluno à escola no turno oposto ao que estuda – estar em funcionamento desde o ano passado, estudantes reclamam que nada funciona como foi prometido.

“Era pra gente receber almoço, pra ter aula de dança, essas coisas. Mas não tem nada. A gente vai pra escola de manhã e tem que ir pra casa, pra almoçar, antes de voltar à tarde, pra estudar”, revela a aluna, lembrando que sempre faltam professores para o projeto (monitores das oficinas). Não custa lembrar, há verbas específicas para o projeto, que incluem contratação de monitores, almoço e lanche para os estudantes.

:: LEIA MAIS »






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia