WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘duplo homicídio’

POLÍCIA INVESTIGA DUPLO HOMICÍDIO EM ITACARÉ; MULHER ESCAPA AO SE FINGIR DE MORTA

Dois homens são assassinados em Itacaré neste final de semana

A polícia tenta descobrir o que motivou o assassinato de dois homens, por volta das 4h30min da madrugada de domingo (12), em Itacaré. Os mortos foram identificados como Tailan Sergio Alves Santos, de 25, e Wildiney Avilez Pereira do Carmo. Uma mulher conseguiu escapar.

As primeiras informações são de que Wildiney Avilez, e a namorada dele, Michelly Aguiar de Souza, 20 anos, estavam passeando no município. Wildiney Avilez e Michelly teriam encontrado Tailan Sergio, que era conhecido do casal e morador de Itacaré, que teria se oferecido para abrigá-los na casa dele.

Os três foram a uma festa e, quando retornavam para casa de Tailan, foram cercados, na localidade conhecida como Ladeira Grande, por quatro homens em outro veículo. Os criminosos aproveitaram que Wildiney Avilez reduziu a velocidade do carro ao passar no quebra-molas para fazer vários disparos em direção ao veículo.

Wildiney Avilez e Tailan Sergio morreram na hora. Michelly Aguiar, que estava no banco traseiro do veículo, GM/Celta, placa NTE-7690, de Itabuna, fingiu-se de morta e conseguiu escapar. Wildiney Avilez era morador de Itabuna e teria ido passar o fim de semana em Itacaré com a namorada.

POLÍCIA INVESTIGA DUPLO HOMICÍDIO EM ILHÉUS

Wellington e Tarcísio foram executados na zona norte de Ilhéus

O Núcleo de Homicídios da Polícia Civil de Ilhéus investiga um duplo homicídio ocorrido entre a noite de segunda e a madrugada desta terça-feira (24) em São Domingos, em Ilhéus. As vítimas teriam parado para consertar o veículo em que estavam, um GM Corsa hatch, chegando a acionar amigos para socorro. Um dos amigos foi ao local, mas encontrou o carro com as portas abertas, mas nada de Wellington dos Santos de Souza e Tarcísio Lucas de Jesus.

Já no início da manhã de hoje, os corpos de Wellington e Tarcísio foram encontrados a cerca de mil metros de onde estava o carro. Os criminosos usaram arma de grosso calibre para matar os jovens. Wellington era dono de oficina e Tarcísio era frentista. As características do crime são de execução, possivelmente resultando de acerto de contas. As vítimas eram moradoras do Vilela.

Corsa foi encontrado depenado na manhã desta terça || Reprodução

PRESO, ACUSADO DE MATAR CASAL DE COLOMBIANOS EM ILHÉUS CONFESSA CRIME

Magno Rodrigues se apresentou à polícia nesta quarta (6)

O comerciante Magno Rodrigues Silva se entregou à Polícia Civil em Ilhéus, hoje (6), e confessou participação no assassinato dos colombianos Diana Paola Zuluaga Grisales e Yorleth Andres Alban Tenório. O crime foi cometido em 18 de maio, em Aritaguá, zona norte de Ilhéus, quando Diana e Andres foram mortos e enterrados em cova rasa.

Andres e Diana foram mortos e enterrados em cova rasa

Diana e Andres, de acordo com investigação, teriam ido até Magno para cobrar dívida de R$ 50 mil. Acabaram mortos. Magno diz que os tiros foram disparados por Cosme Santana Nunes, funcionário do comerciante. Magno disse que Cosme reagiu ao ver que o casal estava armado.

Segundo depoimento à delegada Andréa Oliveira, Magno ligou para Diana e Andres. A intenção era sequestrar e matar as vítimas para saldar débito de R$ 50 mil com um cigano de prenome Aldo. Atraíram o casal dizendo que saldaria dívida de R$ 7 mil.

As vítimas deixaram a moto em que estavam e saíram em um carro de Magno, um Mitsubish. Em Aritaguá, conforme a Polícia, Magno entrou em um ramal e seguiu até a beira do Rio Almada, onde o casal foi assassinado a tiros.

Os corpos de Diana e Andres foram deixados no local, enquanto Cosme e Magno seguiam até o lava jato para pegar ferramentas para abrir covas. Os dois corpos foram lançados um em cima do outro no cemitério de Aritaguá.

Após denúncia anônima, policiais militares chegaram ao local, sendo recebidos a tiros. Magno e Cosme tentaram fugir no carro Mitsubishi ASX, placa OZM-5151, passando por cima de túmulos. Ao se aproximarem da mata, abandonaram o veículo e fugiram a pé pela vegetação.

A apresentação do acusado do crime ocorreu hoje pela manhã. O advogado de Magno pediu que o acusado fosse transferido para o Conjunto Penal de Itabuna, pois estava sendo ameaçado de morte. A transferência para o presídio itabunense foi autorizado pela Justiça. Segundo a delegada Andréa Oliveira, Magno já está no presídio da cidade vizinha.

CASAL É ENTERRADO EM COVA RASA EM ILHÉUS; EMPRESÁRIO É O PRINCIPAL SUSPEITO

Casal é morto e enterrado em cova rasa em Ilhéus

Um casal foi executado e enterrado no cemitério de Aritaguá, em Ilhéus, às margens da BA-001, Rodovia Ilhéus-Itacaré, na noite desta sexta-feira (18). Policiais militares chegaram ao local, após denúncias anônimas, e encontraram criminosos enterrando as vítimas em uma cova rasa. Os criminosos conseguiram fugir pelo mato, mas deixaram um carro para trás, informa o Blog Agravo.  

Na mesma noite, compareceu ao plantão policial um amigo informando que, também na sexta-feira (18), o casal Andres Aluan Rey e Diana Paola Zuluaga, amigos seus, de nacionalidade colombiana, saíram de sua residência em uma moto Honda CG, vermelha, placa OKR-1186, com destino a um lava jato no Malhado, em Ilhéus.

Segundo este amigo, o casal iria encontrar uma pessoa de prenome Magno, de quem receberia um pagamento, mas até aquele momento não se tinha nenhuma notícia sobre o paradeiro do casal. E, afirmou, os telefones de ambos estariam fora de área.

A Polícia Civil foi acionada juntamente com o Departamento de Polícia Técnica (DPT), realizando a perícia no local, no veículo e, após o levantamento cadavérico, identificaram o casal de colombianos como sendo as vítimas.

Ao puxar a documentação do veículo MMC/ASX, marca Mitsubishi, placa OZM-5151, que foi abandonado no local do crime, a polícia chegou ao endereço na rua do Cano, bairro do Malhado. Quem reside no local é o pai do homem citado pela amigo do casal, como Magno. No local foi recolhida uma conta de água com o nome do suspeito, Magno Rodrigues.

Principal suspeito, Magno Rodrigues é comerciante, proprietário de uma distribuidora de bebida na zona norte de Ilhéus. A delegada  Andrea Oliveira, que comanda as investigações, informou que as equipes de policiais já estão nas ruas buscando os homicidas e que o casal de colombianos emprestava dinheiro a juros. A delegada não quis dar mais detalhes para não atrapalhar as investigações em curso.

CASAL É ASSASSINADO EM FESTA NO BANCO DA VITÓRIA, EM ILHÉUS

Fabinho e Talita foram assassinados durante briga em festa (Reprodução).

Fabinho e Talita foram assassinados durante briga em festa (Reprodução).

Um casal de namorados foi brutalmente assassinado na madrugada desse domingo (11), quando participava de uma festa no Bar da Boa, no Bairro Banco da Vitória, em Ilhéus.

Segundo as investigações, houve um principio de discussão entre dois homens no evento. Ambos saíram da festa e continuaram a briga. Uma terceira pessoa surgiu e começou atirar em um dos homens, identificado como Fabinho. A jovem, na tentativa de evitar a morte do namorado, ficou como espécie de escudo, sendo também atingida pelos disparos.

Identificada apenas como Talita, a mulher de 21 anos e o namorado, Fabinho, de idade não revelada, ainda receberam os primeiros socorros do Samu no local do crime, porém não resistiram. O corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica em Ilhéus.

A polícia realizou diligências na localidade, mas ninguém foi preso. Mais duas mortes trágicas que entram na estatística policial e que serão investigadas pelo Núcleo de Homicídios de Ilhéus, comandado pela delegada Andréa Oliveira.  Informações do Fábio Roberto Notícias.

DUPLO HOMICÍDIO EM FERRADAS

Dois homens foram executados a tiros, às 2h20min da madrugada deste sábado (17), na Rua do Cajueiro, no Nova Ferradas, em Itabuna. De acordo com a central da Polícia Militar, homens chegaram atirando contra Sérgio Alves dos Santos, de 32 anos, e um outro homem que o acompanhava.

A segunda vítima não foi identificada pela polícia. Ainda segundo a PM, Sérgio Alves residia no Loteamento 101 da Roça do Povo.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia