WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘economia’

RESTAURANTES PARTICIPAM DE CONSULTORIA EM SEGURANÇA ALIMENTAR

Da Agência Sebrae

Empresários de Itabuna estão recebendo uma consultoria do Programa de Alimentos Seguros, especialmente focado no setor de restaurantes e por isso denominado PAS-Mesa. A ação, que será desenvolvida até outubro, é fruto de parceria do Sebrae com o Senai e o Senac, com o objetivo de adequar os procedimentos do setor às normas técnicas que preveem os requisitos de boas práticas higiênico-sanitárias e controles operacionais essenciais nos serviços de alimentação (NBr 15.635).

A consultoria em Itabuna envolve os restaurantes Grill a Kilo, Codornas e Nego Novo, com a participação de gestores e funcionários. As empresas envolvidas fazem parte do programa Agentes Locais de Inovação (ALI), mas a iniciativa está aberta a todos os empreendedores do setor de alimentos e o custo da consultoria é subsidiado em 80% pelo Sebraetec. De acordo com Jocelma Reis, consultora em Segurança de Alimentos que está à frente do PAS-Mesa em Itabuna, esse mesmo trabalho já foi realizado com outros empresários do ramo na cidade.

A consultora explica que o PAS fomenta boas práticas também nos setores agrícola e industrial, e ainda na distribuição dos alimentos. “O Brasil já tinha normas técnicas para diversas áreas, como a farmacêutica, a hospitalar e a engenharia civil, e hoje dispõe de normas que disciplinam a questão da segurança alimentar”, salienta. São requisitos importantes, por exemplo, devido às exigências do comércio internacional.

:: LEIA MAIS »

JABES NÃO DESCARTA DEMITIR CONCURSADOS

Jabes: "centenas de demissões".

Jabes: “centenas de demissões”.

Jabes Ribeiro, prefeito de Ilhéus, criou uma comissão e deu prazo de 15 dias para que a mesma apresente soluções para ajustar a despesa com folha de pagamento à receita do município. O prefeito fala em demissão de centenas de servidores (400, conforme os cálculos do ano passado), caso não haja saída.

Por meio de sua assessoria, o prefeito disse ter tentado estabelecer um pacto com os sindicatos, mas, ressaltou, “muitos dos seus dirigentes não querem compreender a conjuntura econômica de Ilhéus”.

Jabes diz ter sido orientando até a demitir servidores concursados, caso não consiga o ajuste. “Esse não é o interesse do governo, mas se não houver entendimento, não teremos outra opção”, assinala. Hoje, a despesa estaria em 68%, quando a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estabelece o limite de 54% de despesa com pessoal.

O prefeito disse ter deixado o governo, em 2004, com índice de despesa de pessoal em 44% e recebeu em 78%.

ACUSADO DE ASSÉDIO MORAL

A posição do prefeito foi criticada por, pelo menos, um dos sindicatos. A Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI/APLB-Sindicato) emitiu nota na qual acusa Jabes de praticar assédio moral contra os servidores.

A presidente da APPI, Enilda Mendonça, diz que o gestor municipal intimidou e ameaçou professores durante seminário realizado na Faculdade de Ilhéus, na última terça (10). O seminário foi realizado para discutir novos parâmetros curriculares da Educação Infantil, mas o prefeito apareceu e, no seu discurso, disse da ameaça de demissão de centenas de servidores.

FEIRA TERÁ NOVO SHOPPING

Feira de Santana ganhará um novo shopping com capacidade para gerar 5,5 mil empregos, conforme anúncio feito ontem (9). De acordo com o projeto, serão R$ 310 milhões em investimentos para o empreendimento que deverá contar com 150 lojas e oito salas de cinema, segundo o empresário Edson Piaggio.

A previsão é de que o segundo centro de compras feirense seja inaugurado no segundo semestre de 2016. O município já conta com o Boulevard (ex-Iguatemi).

UMA RICA REGIÃO RICA

Ricardo RibeiroRicardo Ribeiro | ricardorib.adv@gmail.com

 

É inegável que a região mudou seus paradigmas, depois de muito chorar pela vassoura espalhada.

 

O sociólogo Selem Rashid Asmar costuma definir o sul da Bahia como “uma pobre região rica”. Paradoxo constatado ainda no tempo em que o cacau sustentava praticamente sozinho a economia desta ponta do território baiano. A riqueza então existente estava concentrada nas mãos de poucos, o que explica a interessante definição rashidiana.

Pensamento semelhante é externado pelo professor Alessandro Fernandes, economista e pró-reitor de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz. Segundo ele, há 40 anos a região era considerada próspera em função do bom momento da cacauicultura. No entanto, afirma o professor, os indicadores sociais de hoje são melhores que os daquela época, o que à primeira vista é difícil de compreender.

Como se sabe, houve uma praga chamada vassoura-de-bruxa no meio do caminho, que destruiu lavouras, expulsou 250 mil trabalhadores do campo, desvalorizou terras. Em cidades como Ilhéus e Itabuna, assistiu-se ao crescimento de favelas, ampliação da miséria, surgimento de contingentes sem perspectiva.

Acontece que, além do estrago, a vassoura deixou como legado uma região que se reinventou. Da monocultura de cacau, para a diversidade produtiva e a fabricação de chocolate; da riqueza nas mãos de poucos, para uma melhor distribuição da terra, com o fortalecimento da agricultura familiar. Hoje, existem novas políticas públicas que ajudam a fixar o homem no campo.

É inegável que a região mudou seus paradigmas, depois de muito chorar pela vassoura espalhada. Presenciei recentemente, na arena virtual, um debate de temperatura elevada sobre a questão, com o nosso amigo Gerson Marques defendendo a melindrosa tese de que a vassoura-de-bruxa foi boa para o sul da Bahia. Entendi o argumento como uma defesa da mudança de mentalidade em uma região até então presa a um modelo produtivo atrasado.

Não chegaria a classificar a vassoura como algo positivo para a região, pois o preço foi demasiadamente alto, principalmente para os milhares de desempregados e suas famílias, ainda hoje atingidos pelas consequências da praga em múltiplas formas. A aplaudida mudança de paradigmas, que ocorreu “pela dor”, nada mais é do que uma reação necessária de uma região que chegou ao fundo do poço, mas tem plenas condições de se recuperar em novas bases, e seguir em frente.

Nosso desejo é de que esta venha a ser, futuramente, uma “rica região rica”. E os caminhos estão traçados para que assim seja.

Ricardo Ribeiro é advogado e editor do BA24Horas.

PIB BAIANO DEVE CRESCER 3% NO ANO

Produção de grãos e cereais puxou alta na agropecuária.

Produção de grãos e cereais puxou alta na agropecuária.

A Bahia deve fechar 2014 com aumento de 3% do seu Produto Interno Bruto (PIB) em relação ao ano anterior, segundo projeções da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan).

De acordo com a SEI, o estado teve expansão de 2% do PIB no primeiro trimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2013, com destaque para a agropecuária (alta de 17%) e serviços (2,6%). Já a indústria, apresentou retração de 0,8%.

A Bahia teve alta de 0,7% do PIB no primeiro trimestre deste ano, quando comparado ao último trimestre de 2013 (outubro, novembro e dezembro). No mesmo período, a alta do PIB nacional foi de apenas 0,2%.

PASCOWITCH DIZ QUE LULA SERÁ CANDIDATO

lula620Jornalista das mais bem informadas do país, Joyce Pascowitch publica no site Glamurama que o candidato do PT à presidência da República não será Dilma Rousseff, que iria à reeleição, mas o popstar Lula. Eis a íntegra da nota:

O alto empresariado brasileiro, que tinha dificuldade em dialogar com o Planalto, pode começar a ficar mais tranquilo. O candidato do PT à Presidência da República deverá ser mesmo Lula. Ele já deu como certa nesse fim de semana, para amigos mais próximos, sua intenção de voltar ao posto. No PT, a decisão é vista com bons olhos, já que o partido não concorda com várias posições da presidente Dilma Rousseff.

GOVERNO ESTIMA SALÁRIO MÍNIMO EM R$ 779 EM 2015

dinheiro3Da Agência Brasil

Com estimativa de crescimento da economia de 3% e inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 5% para 2015, o governo encaminhou nesta terça-feira (15) ao Congresso Nacional, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015 (LDO-2015). Pelo projeto, o salário mínimo será reajustado em 7,71% e vai ficar em R$ 779,79 em 2015.

O governo estima que o superávit primário para o setor público consolidado será de R$ 143,3 bilhões, valor que corresponde a 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Com o abatimento dos R$ 28,7 bilhões destinados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a meta do superávit primário fica em R$ 114,7 bilhões (ou 2% do PIB).

Superávit primário é a poupança para pagar os juros da dívida que o governo tem com outros países e outros credores. Na medida em que o país consegue alcançar as metas de superávits primários, indica que tem condições de pagar suas dividas.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) tem como principal finalidade orientar a elaboração dos orçamentos fiscais e da seguridade social e de investimento dos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, das empresas públicas e das autarquias.

Com a LDO, o governo estabelece as metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro do ano seguinte.

A LDO tem de ser enviada pelo Executivo ao Congresso até 15 de abril e aprovada pelo Legislativo até 30 de junho. Se não for aprovada nesse período, o Congresso não pode ter recesso em julho. A aprovação da LDO é a base para elaborar o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), que deve ser apreciada pelo Congresso Nacional até agosto.

:: LEIA MAIS »

NATURA PERDE LIDERANÇA EM PERFUMARIA PARA O BOTICÁRIO

natura e o boticárioO Boticário assumiu a liderança no mercado de perfumaria no Brasil, ano passado, superando a Natura, segundo a empresa de pesquisa Euromonitor.

O Boticário obteve participação de 28,8% ante 27,7% da Natura, segundo pesquisa da consultoria Euromonitor. Cada ponto percentual equivale a R$ 150 milhões em vendas.

O segmento representa 60% das vendas do Boticário. Como estratégia para avançar ainda mais no mercado, o grupo investiu R$ 155 milhões em um centro de distribuição em São Gonçalo dos Campos, na Bahia.

O CD começou a operar, ainda em fases de testes, na última quinta (10), e atenderá as regiões Norte e Nordeste do Brasil.

ÚLTIMO DIA PARA QUITAR IPTU COM ATÉ 20% DE DESCONTO

Pagamento de IPTU em cota única até hoje dá direito a 15% de desconto (Foto Gabriel Oliveira/PMI)

Pagamento de IPTU em cota única até hoje dá direito a 15% de desconto (Foto Gabriel Oliveira/PMI)

Os contribuintes de Itabuna e Ilhéus têm até hoje (31) para quitar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em cota única e obter descontos na faixa de até 20%. Hoje também vence o prazo para quem fizer a opção pelo pagamento parcelado em Itabuna.

O desconto em cota única para o contribuinte ilheense é de 20%. De acordo com a Secretaria da Fazenda de Ilhéus, foram distribuídos 23 mil carnês do imposto. O contribuinte ilheense terá descontos menores caso pague em abril. Até dia 14, o abatimento é de 15% ao pagar em cota única. Depois dessa data e até o dia 30, o desconto cai para 10%.

Quem ainda não recebeu o carnê pode solicitar, presencialmente, no Departamento de Tributos, no térreo do Palácio Paranaguá. O horário de atendimento é das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h. Pela internet, a segunda via pode ser retirada no site do município (confira aqui).

EM ITABUNA, IPTU PREMIADO

O desconto oferecido aos contribuintes itabunenses é menor, mas quem pagar o imposto em dia concorre a prêmios, dentre eles dois carros e cinco motos novos. O abatimento no valor do imposto para quem pagar até hoje é de 15%.

De acordo com o Departamento de Tributos, são 50.877 imóveis que devem pagar IPTU neste ano em Itabuna.  Quem ainda não recebeu o carnê, pode comparecer ao Centro Administrativo Firmino Alves, no São Caetano, e solicitar a impressão da via. O atendimento vai até as 14h.

A opção mais cômoda é a retirada pela internet. Basta acessar o site da Prefeitura e clicar no quadro “IPTU Premiado”, na parte superior do site.

DILMA CRITICA “JULGAMENTOS APRESSADOS” SOBRE A ECONOMIA BRASILEIRA

dilmaApesar do rebaixamento da nota do Brasil pela agência Standard & Poor’s, o país tem compromisso com o controle da inflação e a diminuição da dívida pública, disse hoje (29) a presidente Dilma Rousseff. Em evento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), na Bahia, ela ressaltou que a economia do país continua com bons fundamentos, mas tem o desafio de melhorar os serviços públicos e aumentar a produtividade.

Sem se referir diretamente à decisão da agência de classificação de risco, Dilma declarou que os números mostram que a economia brasileira continua sólida. “Não nos abalaremos com julgamentos apressados, com conclusões precipitadas que a realidade desmentirá. Todos sabemos que, em economia, a realidade sempre se impõe”, disse.

A presidente lembrou que, nos últimos dez anos, a inflação tem ficado dentro da meta. Segundo ela, a dívida líquida do setor público, atualmente em 33,7% do Produto Interno Bruto (PIB), encerrará o ano em queda e o país tem reservas de quase US$ 380 bilhões, que fornecem lastro para lidar com qualquer volatilidade internacional.

Dilma destacou ainda que o país acumula investimentos estrangeiros diretos de US$ 65 bilhões nos últimos 12 meses e que o programa de concessões de rodovias, aeroportos e portos e os leilões de energia elétrica, petróleo e gás trarão investimentos de US$ 80 bilhões para o Brasil nos próximos cinco anos. Informações da Agência Brasil.

HOTEL DE ITABUNA É UM DOS 4 REPRESENTANTES DA BAHIA NO MPE BRASIL

Hotel itabunense é finalista em prêmio do Sebrae na edição estadual.

Hotel itabunense é finalista em prêmio do Sebrae.

Renata Lima | Agência Sebrae

A etapa nacional do Prêmio MPE Brasil (Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas), que acontece nessa terça-feira, 25, em Brasília, terá a presença dos empresários Eduardo Fontes Neto e Josefina Vervloet, proprietários do Tarik Fontes Plaza Hotel.

Localizado em Itabuna, no sul do estado, o empreendimento foi o vencedor estadual da premiação na categoria Turismo.

O Tarik Fontes Plaza integra o seleto grupo de quatro hotéis baianos certificados pelo selo ISO 9001, pela excelência dos serviços ao consumidor, atendendo aos viajantes do segmento turismo de negócios.

Nessa etapa nacional, 23 estados concorrem ao prêmio. “Hoje, no setor de hotelaria, se você não investe em conhecimento, não chega a lugar nenhum”, afirma Eduardo.

”O exemplo de sucesso da Rede Tarik de hotéis é uma comprovação de que investimentos em capacitação e tecnologia são fundamentais para a competitividade e sucesso das empresas”, destaca a gerente da Unidade Regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo. “Merecidamente, eles concorrem na etapa nacional do MPE, cujos indicadores avaliados são excelência na prática de gestão, em conformidade com a Fundação Nacional de Qualidade (FNQ)”, completa.

DEPUTADO QUER INDÚSTRIA NO INTERIOR

A falta de estímulo à industrialização no interior da Bahia, é, na opinião do deputado estadual Augusto Castro (PSDB), fator que dificulta o desenvolvimento do Estado.

O tucano cita números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, segundo os quais o sul da Bahia teve saldo negativo na geração de postos de trabalho em 2013. Foram 534 demissões a mais que o total de admissões.

A afirmação do deputado foi feita durante visita à empresa Laticínios Boa Hora, que gera 70 empregos diretos em Itabuna. “Se recebermos outras fábricas, nossos jovens terão mais oportunidade de trabalho”, conclui.

TURISTAS GASTARAM MAIS DE R$ 1 BILHÃO NA FOLIA EM SALVADOR, SEGUNDO SETUR

Carnaval de Salvador atraiu mais de 550 mil turistas, segundo a Setur (Foto Manu Dias/GovBA).

Carnaval de Salvador atraiu mais de 550 mil turistas, segundo a Setur (Foto Manu Dias/GovBA).

Cálculos da Secretaria Estadual de Turismo (Setur) apontam que Salvador recebeu 550 mil turistas durante o período do carnaval, sendo 13% deles estrangeiros, vindos principalmente de Argentina, Estados Unidos, Itália, Alemanha, Franca e Reino Unido.

Dos turistas brasileiros, a maioria veio de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Sergipe. A estimativa é de que cada turista tenha gasto, em média, R$ 2 mil em Salvador, movimentando mais de R$ 1 bilhão.

Nos cálculos, segundo o secretário estadual de Turismo, Pedro Galvão, estão incluídos hospedagem, passagem, compra de abadás, acesso a camarote e alimentação. O gasto médio diário ficou em R$ 373,00.

RENDA DOS NEGROS NÃO CHEGA A 60% DA DOS BRANCOS

desigualdadeVinícius Lisboa | Agência Brasil

De 2003 a 2013, a renda da população preta e parda cresceu 51,4%, enquanto a da população branca aumentou 27,8%, divulgou hoje (30) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar disso, a renda dos negros ainda corresponde a apenas 57,4% da dos brancos, percentual maior que os 48,4% de 2003. Nesse período, a renda média geral da pesquisa subiu 29,6%.

Enquanto a população de cor branca teve rendimento médio de R$ 2.396,74 em 2013, a população preta e parda recebeu em média R$ 1.374,79 por mês. O valor médio para toda a população das seis regiões metropolitanas pesquisadas no ano passado foi de R$ 1.929,03. Para a técnica da Coordenação de Emprego e Renda do IBGE, Adriana Araújo Beringuy, que apresentou a pesquisa, a retrospectiva dos 11 anos da Pesquisa Mensal do Emprego mostra que houve ganhos importantes para grupos historicamente mais vulneráveis:

“De fato melhorias têm ocorrido, mas a diferença ainda é muito importante. A melhoria pode ser atribuida a questões como escolaridade da população como um todo que vem aumentando, permitindo que as pessoas obtenham empregos com maiores rendimentos, assim como também ao aumento do poder aquisitivo da população, que gera um aumento de vagas no comércio, por exemplo”, explicou.

Leia mais

DONA DO MAGAZINE LUIZA VIRA SUCESSO NAS REDES SOCIAIS AO REBATER MAINARD

email luizaA empresária Luiza Trajano virou febre no Twitter – e no Facebook -, após rebater com dados a críticas do colunista Diogo Mainardi, no Manhattan Conection (Globo News). Mais que isso, prometeu enviar email ao colunista da Veja com os dados completos do varejo. E enviou nesta terça (21), o que gerou, também nas redes sociais, esse pedido ao lado.

Mainardi fala de suposta crise no varejo brasileiro e de aumento de inadimplência. Trajano disse que era o contrário (“o varejo brasileiro não está em crise”) e a inadimplência caiu ano passado. A reação de Mainardi foi um desrespeitoso “me poupe”.

Dados da Serasa comprovaram o que disse Luiza Trajano. A inadimplência recuou, o que não ocorria desde 2000. A empresária fala quantos empregos o varejo gerou no ano passado e explica porque a rede Magazine Luiza não está sendo vendida a americana Amazon.

O embate pode ser visto, na íntegra, no vídeo abaixo.

SETOR IMOBILIÁRIO BUSCA RECUPERAÇÃO

Residencial Jardim Gabriela: aposta no reaquecimento do setor

Residencial Jardim Gabriela: aposta no reaquecimento do setor

A valorização do setor imobiliário no Brasil atingiu um índice médio de 30% em 2013, de acordo com dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) . Para 2014, a tendência é de que o mercado continue em alta, com ganhos bem acima da inflação. Em Itabuna, após um período de incertezas e estagnação, gerado por problemas em alguns empreendimentos, o mercado dá sinais de recuperação, com a implantação de condomínios para as classes B e C, justamente as que tiveram maior ganho de poder aquisitivo na última década.

Apostando nesse mercado, foi lançado em Itabuna o Residencial Jardim Gabriela, com um conceito que procura conciliar conforto, segurança e respeito ao meio ambiente. O empreendimento, construído pela GTR Engenharia, está na fase das obras de infraestrutura, com a abertura de ruas e posteriormente a implantação da rede de saneamento básico e sistema de energia elétrica.

Em sua primeira fase, comercializada por corretores credenciados e pela Central de Imóveis, o Jardim Gabriela terá 376 lotes a partir de 242 metros quadrados. Em breve, será implantado um estande decorado no local do empreendimento, no semianel rodoviário, próximo à churrascaria Los Pampas.

O Residencial Jardim Gabriela oferece equipamentos de lazer que incluem parque infantil, salão de festas, fitness, salão de jogos, piscina, deck molhado, quiosques, quadras de tênis, quadra poliesportiva, campo de futebol e pista de cooper. O condomínio também terá sistema de segurança 24 horas.

 

O DESENVOLVIMENTO EMPOBRECEDOR DE ITACARÉ

O turismo em Itacaré tem se caracterizado por ser ecologicamente predatório, economicamente concentrador, socialmente iníquo e culturalmente alienante”.

 

Economista aponta danos causados pelo turismo sem planejamento em Itacaré (foto Pimenta)

Economista aponta danos causados pelo turismo sem planejamento em Itacaré (foto Pimenta)

O aumento do fluxo turístico ocorrido nos últimos anos em Itacaré, no litoral sul da Bahia, e a falta de planejamento da atividade turística, têm provocado um desenvolvimento “empobrecedor”, que ameaça o ciclo turístico na região. Esse é o diagnóstico do economista Elton Silva Oliveira, que é mestre em cultura e turismo, pesquisador independente e socioambientalista. A conclusão está em sua tese desenvolvida no Mestrado em Cultura e Turismo, do extinto programa da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) / Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Ex-integrante do Núcleo Temático de Turismo para o Desenvolvimento Regional da Uesc (NTT/UESC), o economista aponta os impactos socioambientais e econômicos do turismo em Itacaré e seus reflexos no desenvolvimento local. Para Oliveira, “o turismo em Itacaré tem se caracterizado por ser ecologicamente predatório, economicamente concentrador, socialmente iníquo e culturalmente alienante”.

O pesquisador observa que houve melhora sensível no IDH de Itacaré, mas, por outro lado, condena a forma como a atividade turística  se estabeleceu no município, gerando aumento do custo de vida, degradação ambiental, elevação dos índices de criminalidade, prostituição, tráfico de drogas, violência, especulação imobiliária, importação de mão-de-obra e ocupação urbana desordenada.

:: LEIA MAIS »

ASSAÍ ATACADISTA EM ITABUNA

Assaí AtacadistaA propósito da polêmica em torno da área onde será construída a loja do Assaí Atacadista, do Grupo Pão de Açúcar, o fotógrafo e pesquisador José Nazal elimina a dúvida.

De acordo com a lei que definiu os novos limites territoriais de municípios baianos, a área adquirida pelo Pão de Açúcar para construir o novo atacadão, a antiga Fazenda Santo Antônio, fica em solo itabunense.

Em tempo: Nazal lança nesta quinta-feira (9), às 18h30min, no Espaço Cultural Bataclan, a terceira edição do histórico Minha Ilhéus, pela Via Litterarum. O livro é um passeio pela história recente da bela Ilhéus, recheado de fotos históricas (confira mais aqui), e também trata dos limites da antiga capitania.

CIGARROS, EDUCAÇÃO E ALIMENTOS ELEVAM CUSTO DE VIDA

Marli Moreira | Agência Brasil

O ano de 2014 começou com mais pressão sobre o bolso do consumidor, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), que apresentou alta de 0,73% na primeira prévia do mês ante um aumento de 0,69% na última apuração de 2013.  O levantamento feito nas principais capitais do país pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que três dos oito grupos pesquisados tiveram acréscimos.

A maior influência partiu do grupo educação, leitura e recreação que passou de 0,47% para 1,03%. Esse avanço foi puxado pelos cursos formais, com elevação de 1,41% ante 0,02%. Também ocorreram acréscimos nos grupos alimentação (de 0,93% para 1,04%), com destaque para as frutas (de 3,66% para 5,31%), e despesas diversas (de 0,38% para 0,70%), sob o efeito dos cigarros que ficam 1,26% mais caros ante um aumento anterior de 0,55%.

O IPC-S só não subiu mais porque o ritmo de remarcações foi mais contido nos grupos habitação (de 0,51% para 0,43%); vestuário (de 0,50% para 0,37%); comunicação (de -0,07% para -0,10%); saúde e cuidados pessoais (de 0,53% para 0,47%) e transportes (de 1,20% para 1,16%).

Os itens que mais contribuíram para o aumento do índice foram: gasolina (de 3,93% para 3,20%); aluguel residencial (de 1,15% para 1,07%); etanol (de 4,12% para 4,59%); refeições em bares e restaurantes (de 0,41% para 0,57%) e tarifa de táxi (de 8,34% para 5,87%).

GOVERNO LANÇA EDITAL E ASSINA CONTRATO DO PORTO SUL

Wagner assina contrato que permite construção de terminais em Ilhéus (Foto Manu Dias/GovBA).

Wagner assina contrato que permite construção de terminais em Ilhéus (Foto Manu Dias/GovBA).

O governador Jaques Wagner e o ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República, Antônio Henrique Silveira, assinaram nesta manhã (6) o contrato de adesão dos terminais do Porto Sul, em Salvador.

O ato permite que os terminais privados do Porto Sul e da Bahia Mineração (Bamin) sejam construídos. As autorizações por parte da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) em dezembro de 2013.
Wagner considera o Porto Sul “o maior investimento logístico da Bahia”.

– Esse licenciamento do Porto Sul se tornou referencial para o Ibama. Todo mundo sabe que um porto é um prenúncio de capacidade industrial e energética de um estado.

Hoje o governo também lançou edital que selecionará empresas acionistas na construção do segundo terminal de utilização privada do Porto Sul. O outro pertencerá à Bamin. A movimentação de cargas com os dois portos, de acordo com o governo, pode atingir volume de exportação de 100 milhões de toneladas/anuais de minérios e grãos, escoados pela Ferrovia Oeste-Leste.

VENDA DE VEÍCULOS CAIU EM 2013

veiculos

Marli Moreira | Agência Brasil

As vendas de veículos automotores por concessionárias ao mercado interno caíram 2,29% em 2013, na comparação com 2012, totalizando 5,458 milhões unidades no ano. A queda foi puxada pelo fraco desempenho do segmento automóveis, com recuo de 3,05%, na comparação com o ano anterior. Já a comercialização de caminhões e ônibus cresceu em média 14,36%.

O resultado ficou acima do previsto pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave que previa queda nas vendas da ordem de 1,52%.

Apesar do recuo, o desempenho de dezembro foi bom, com crescimento de 16,03% sobre novembro e com estabilidade na comparação com dezembro de 2012. No último mês do ano, muitos consumidores anteciparam as compras de veículos, diante da expectativa de gradual redução dos descontos do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI).








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia