WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘educação’

FTC ABRE INSCRIÇÕES PARA MEGA REVISÃO ENEM 2019; AULÕES SÃO GRATUITOS

Aulões gratuitos em cinco municípios da Bahia e um de Pernambuco em outubro || Foto Pedro Augusto

A maior e mais tradicional revisão do Norte e Nordeste para o Exame Nacional do Ensino Médio, a Mega Revisão ENEM FTC, deve reunir 15 mil estudantes em seis unidades da Rede FTC na Bahia e em Pernambuco nesta quinta edição. Os eventos gratuitos vão ocorrer em outubro e os interessados já podem fazer as inscrições por meio do site megarevisao.ftc.br. No site, também é possível conhecer os professores participantes, além da programação completa.

A Mega Revisão ENEM FTC busca proporcionar gratuitamente aos estudantes a oportunidade de tirar suas dúvidas com professores que possuem grande experiência na preparação para provas dos principais vestibulares do país, sobretudo o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O diferencial do evento, que se tornou referência, é a abrangência dos conteúdos tratados.

Os participantes recebem dicas de todas as disciplinas fundamentais – História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Química, Biologia, Física, Matemática, Língua Portuguesa e Redação. “Na Mega Revisão ENEM FTC, há um projeto pedagógico por trás das aulas e o time de professores é montado com cuidado para levar aos participantes os melhores conteúdos com uma metodologia realmente eficaz”, ressalta o mestre em Educação professor Ricardo Carvalho, coordenador pedagógico das Mega Revisões FTC.

O aulão 2019 da Mega Revisão ENEM FTC será realizado em Itabuna no dia 23 de outubro. Antes, ocorre em Petrolina (PE) no próximo dia 17. No dia 19, é a vez de Jequié, no sudoeste baiano, receber o evento. Já no dia 24, os estudantes de Vitória da Conquista poderão participar dessa grande revisão. Em Salvador, a atividade está programada para o dia 29. A última cidade a receber a Mega Revisão é Feira de Santana, no dia 30 de outubro.

Ao se inscrever, o estudante receberá por e-mail um código de barras que vai funcionar como um ingresso para o evento. Para entrar nos espaços, será necessário apresentar esse documento impresso ou na tela do celular, além do documento de identificação.

CONHECIMENTO EM MOVIMENTO

Em 2019, a Rede FTC celebra seus 20 anos de experiência educacional voltada para a formação de profissionais colaborativos, inovadores, empreendedores e conscientes de seu papel social. Em ações como a Mega Revisão, a Instituição estende seu compromisso com a movimentação do conhecimento àqueles que estão buscando uma oportunidade para começar seu curso de graduação.

“A Mega já entrou nos calendários de alunos e educadores das regiões onde o evento é realizado. E muito nos orgulha saber que nosso trabalho pode significar uma porta de entrada para a realização dos propósitos profissionais das mais de 50 mil pessoas que participaram dessas 4 edições da Mega Revisão ENEM”, comemora Milena Oliveira, Diretora de Marketing da Rede FTC.

Além de ser aplicada no Sistema de Seleção Unificado, o disputado Sisu, uma boa nota no ENEM pode também ser utilizada para entrar em instituições privadas, como a Rede FTC. A Instituição oferece 40 opções de cursos de graduação em suas 10 unidades. Além das unidades em Salvador (Paralela, Comércio e Lapa), a Rede também atua em diversas cidades do Brasil – Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Jequié, Eunápolis, Juazeiro (BA), São Paulo (SP) e Petrolina (PE).

SERVIÇO
O quê: Mega Revisão ENEM FTC
Datas: 29/10 (Salvador) | 17/09 (Petrolina), 19/10 (Jequié), 23/10 (Itabuna), 24/10 (Vitória da Conquista), 30/10 (Feira de Santana)
Horário: 13h (Jequié) e 17h (demais unidades)
Inscrições: megarevisao.ftc.br

SESI ANUNCIA AMPLIAÇÃO DA REDE DE EDUCAÇÃO NO INTERIOR DA BAHIA

Após expandir a rede de Ensino Médio para o interior, o
SESI agora vai ampliar presença do Ensino Fundamental II

Escola deve estimular os estudantes a viverem novas experiências em sala de aula, no SESI, alunos têm contato desde cedo com a iniciação científica || Foto Valter Andrade/Coperphoto/Sistema FIEB

Nos últimos cinco anos, o Serviço Social da Indústria na Bahia (SESI Bahia) ampliou a oferta de vagas de ensino médio no interior. A partir de 2020, a instituição também passará a oferecer o ensino fundamental, a partir do 6º ano (clique aqui e saiba mais). A expansão do ensino fundamental começou em 2019, na Escola SESI João Ubaldo Ribeiro, do município de Luís Eduardo Magalhães, quando foram abertas 134 vagas do 6º ao 9º ano.

No próximo ano letivo, haverá novas vagas também em Barreiras, Vitória da Conquista, Ilhéus e Feira de Santana, totalizando 560 novos alunos de ensino fundamental. Atualmente, o SESI Bahia tem mais de 7.000 estudantes matriculados na capital e interior.

A gerente de Educação do SESI Bahia, Cléssia Lobo, explica que a ampliação da rede atende a uma demanda dos pais que conhecem a metodologia educacional do SESI. “Nossa intenção é levar para o ensino fundamental todo o referencial de educação que o SESI oferece, incluindo educação tecnológica com robótica, ambientes de aprendizagem inovadores, com laboratórios, metodologias ativas e atividades de cultura, já a partir do 6º ano do ensino fundamental. No 9º ano, os alunos também começam a ter aulas de iniciação científica, o que é um diferencial do SESI”, destaca a gerente de Educação.

Laís Cerqueira, de 11 anos, vem descobrindo novas formas de aprendizagem com uso de metodologias inovadoras || Foto Valter Andrade/Coperphoto/Sistema FIEB

DESAFIOS EM EDUCAÇÃO

O modelo de educação do SESI é a síntese de mais de 50 anos de tradição em educação na Bahia com base em um programa nacional que é adotado em todo o país. Aliado a isso, um processo de formação contínua das equipes pedagógicas assegura uma atualização constante dos profissionais de educação.

Na avaliação de Cléssia Lobo, a escola enfrenta um grande desafio nos dias atuais que é tornar-se atrativa aos olhos de uma juventude hiperconectada e que tem vários focos de interesse mediados pela tecnologia. “Entender o que pensam as novas gerações e conquistar o interesse dos jovens pelos estudos é um desafio que permeia todo o processo pedagógico nos dias atuais. Atento a isso, o SESI Bahia tem apostado em novas tecnologias e metodologias em sala de aula, de forma a tornar mais interessante a experiência de aprendizagem, colocando o estudante como protagonista do seu aprendizado”, reitera Cléssia.

SESI oferece ensino fundamental na sua rede há mais de 50 anos na Bahia || Foto Valter Andrade/Coperphoto/Sistema FIEB

A estudante Laís Apoena Miranda de Cerqueira, de 11 anos, aluna do 7º ano, da Escola SESI Bernardo Martins Catharino, ingressou na rede SESI em 2019. “Conhecia alunos que faziam parte da escola SESI e queria muito estudar aqui. Ao chegar, vi que a escola me oferecia muitas possibilidades e que me desafia a aprender”, sintetiza a estudante, que elogia a instituição. “Fiquei impressionada com a estrutura da escola e com a forma de ensinar dos professores, que utilizam materiais diferentes e tornam as aulas mais interessantes”, detalha.

Laís, que passou por outras escolas, enxerga que o SESI pode oferecer a ela várias oportunidades. “Aqui eu vejo que posso ampliar meus estudos e experimentar outras possibilidades para aprender”, complementa.

IF BAIANO OFERECE 86 VAGAS EM CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TRÊS CAMPI

IF Baiano abre inscrições para pós em três campi

O Instituto Federal Baiano (IF Baiano) está com inscrições abertas para três cursos de pós-graduação, sendo dois Lato Sensu e um Stricto Sensu.São 86 vagas para os campi de Itapetinga, Catu e Serrinha, com períodos diferentes para inscrição, que são gratuitas.Do total, 30 vagas são para a região do sudoeste da Bahia.

Para o curso de Mestrado Profissional em Ciências Ambientais (MPCA) do campus Serrinha, o candidato pode se inscrever até o dia 7 de outubro.  O curso MPCA oferta 16 vagas e tem como público-alvo graduados ou graduandos que irão concluir o curso até a data prevista para matrícula, em curso superior reconhecido pelo MEC, na área de Ciências Ambientais ou área correlata à área de concentração do curso pretendido.

MAIS VAGAS EM ITAPETINGA E CATU

O período de inscrição para os cursos de especialização em Ensino de Ciências Naturais e Matemática do campus de Itapetinga e o de Educação Científica e Popularização das Ciências do campus DE Catu é de 3 a 13 de setembro e 5 de setembro a 4 de outubro, respectivamente.

:: LEIA MAIS »

UFSB SUSPENDE VIAGENS DE ALUNOS E DESLIGA AR-CONDICIONADO, APÓS CORTES DO MEC

UFSB sofre com o cortes feitos pelo MEC

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) suspendeu viagens de alunos, aquisição de materiais de consumo e desligou ar-condicionado dos campi após os contingenciamentos do orçamento da Educação. A instituição tem campus nas cidades de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

As informações foram divulgadas após um levantamento feito pelo G1. Conforme a UFSB, a medida foi tomada após o dia 5 de agosto, quando a universidade recebeu cerca de 6% do custeio discricionário. O valor equivale a R$ 868.927 e não atende às demandas contratuais da instituição.

Segundo a instituição, os materiais de consumo que tiveram as compras suspensas, como carteiras, quadros, itens de limpeza, atendem laboratórios, capacitação de servidores entre outros serviços.

O desligamento do ar-condicionado foi feito para evitar possíveis cortes de energia por falta de pagamento.

A UFSB informou que, atualmente, funciona em unidades adaptadas, locadas e cedidas pelos governos federal, estadual e municipal. As reformas e manutenções prediais, além das construções de novas salas de aulas e laboratórios, estão suspensas em todos os campi.

A Universidade Federal do Sul da Bahia tem uma dívida de mais de R$ 6,2 milhões. Conforme a instituição, a dívida é relacionada a obras de infraestrutura, como manutenção de salas de aulas e laboratórios, que foram licitadas e iniciadas em 2017, algumas têm mais de 50% de execução.

Ainda de acordo com a UFSB, para que a universidade consiga cumprir as obrigações contratuais, ela necessita de cerca R$ 1,2 milhões ao mês. Em agosto deste ano, a instituição fechará o mês com aproximadamente R$ 350 mil com notas fiscais em aberto. A situação não deve mudar nos próximos dois meses, afirmou a instituição.

A universidade ressaltou que, passados 8 meses do ano, foram liberados apenas 20% do orçamento de investimento previsto para o ano inteiro. O orçamento de emendas, também relativo a investimento, continua 100% bloqueado, informou a instituição. As informações são do G1-BA.

ALUNO DE ESCOLA PÚBLICA BAIANA VENCE MOSTRA NACIONAL DE CIÊNCIAS DA SBPC

Maicon e o professor Jorge: prêmio nacional na SBPC

Maicon Douglas dos Santos, de 17 anos, aluno do 3º ano no Colégio Estadual Edvaldo Brandão Correia, em Salvador, conquistou o 1º lugar na área de Ciências Exatas e da Terra, na I Mostra Nacional de Feiras de Ciências, que integrou a programação da 71ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O evento foi realizado até sábado (27), na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul (MS). A conquista foi pelo projeto “Razão celeste: um jogo sobre Astronomia”, que alia tecnologia e astronomia.

A reunião da SBPC é considerada o principal evento na área de pesquisa acadêmica do país, no qual são apresentados trabalhos e debates realizados por professores, estudantes e cientistas de todo o Brasil. O jogo desenvolvido por Maicon Douglas, no âmbito Projeto Ciência na Escola da Secretaria da Educação do Estado, teve o objetivo de inserir no contexto escolar uma ferramenta didático-lúdica que abordasse a Astronomia como um tema transversal por meio de seus conceitos e os da Física.

Maicon falou sobre o significado da premiação. “Eu estou muito feliz, não só pelo prêmio, mas por um conjunto de coisas que me aconteceram, como apresentar meu trabalho na SBPC, trocar experiências com outras pessoas e mostrar o valor da escola pública. Agora, sinto-me no dever de levar aos meus colegas um incentivo e a motivação de que nós podemos ir mais além”, afirmou no clima de comemoração.

O jogo premiado foi criado com o software Game Maker Studio. Nele, o participante joga em interfaces que ilustram, em 2D e 3D, o Sistema Solar, facilitando o entendimento das relações entre seus astros, da sua fragmentação e da sua movimentação. O jogador explora os planetas por meio de espaçonaves que podem ser melhoradas com a obtenção da moeda Astrocoim e que são recebidas como recompensa pelos acertos nas respostas do quiz presente no jogo.

O professor e orientador Jorge Lucio dos Santos também destacou a importância do projeto e do evento. “Com este jogo, outros estudantes poderão se preparar melhor para a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) através do acesso por computador ou celular com sistema Android. Estou muito contente por esta conquista e pela oportunidade do meu aluno poder ter contato com outros jovens que desenvolvem pesquisas de alto nível, e com o reconhecimento internacional”, comentou.

RECONHECIMENTO

Esta não é a primeira vez que o projeto ganha destaque em feiras científicas de nível nacional. O jogo já foi apresentado no Encontro de Jovens Cientistas da Bahia (CJC), que aconteceu na Universidade Federal da Bahia (UFBA), em 2018, no qual conquistou o 2º lugar na modalidade jogos e rendeu uma credencial para participar da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE) e, também, da SBPC.

O projeto também conquistou este ano o 2º lugar em competição de jogos digitais no Simpósio de Jogos Eletrônicos em Educação (SJEEC), sendo o único estudante da Educação Básica participante. Já na Expo Nacional MILSET Brasil 2019, realizado em Fortaleza, o projeto ganhou o 1º lugar na categoria Ciências Exatas e da Terra, no qual recebeu credencial para participar da MILSET AMLAT, que será realizada na Argentina, em 2020.

ENEM 2018: PIEDADE E GALILEU LIDERAM RANKING EM ILHÉUS E ITABUNA; VEJA MÉDIA POR ESCOLA

Ciomf aparece entre os melhores da rede pública no sul da Bahia || Foto Pimenta

O Instituto Nossa Senhora da Piedade puxa o pelotão dos melhores colégios do eixo Ilhéus-Itabuna em desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. Fundado há 103 anos, o colégio ilheense obteve média 637,27. É seguido de perto pelo Galileu, de Itabuna, com 632,31.

Logo após, vêm Colégio Vitória, de Ilhéus, com 624,83, e Ação Fraternal de Itabuna (AFI), com 624,00. A média é o resultado das notas obtidas nas provas com questões objetivas e de Redação.

ESCOLAS PÚBLICAS

O Colégio da Polícia Militar de Itabuna é o de melhor desempenho entre as escolas públicas, com 595,19. O campus ilheense do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia  (IFBA) é o segundo entre as unidades públicas do eixo, com 592,75. Ainda há o CPM de Ilhéus, com 531,39.

Ainda dentre as escolas públicas em Itabuna, aparece o Ciomf em segundo, com 516,12, e o Colégio Modelo, com 512,54.  Em Ilhéus, vêm o Eduardo Catalão, com 522,25, e o Colégio Modelo, com 518,20, todos eles da rede estadual.

BAHIA E BRASIL

Na Bahia, o ranking é liderado pelo Bernoulli, da rede particular, com média 743,83. Com 767,76, o Farias Brito, de Fortaleza, Ceará, é o líder no ranking nacional. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é aplicado anualmente, pelo Ministério da Educação, e envolve as escolas públicas e particulares de todo o país.

O PIMENTA montou o ranking a partir das médias divulgadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Clique no “Leia Mais”, a seguir, e confira as médias das escolas em Ilhéus e em Itabuna. :: LEIA MAIS »

CONSELHO DE EDUCAÇÃO PRESTARÁ HOMENAGEM À EX-REITORA DA UESC RENÉE ALBAGLI

Renée Albagli será homenageada pelo Conselho de Educação

A professora Renée Albagli, reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) no período de 1996 a 2003, será homenageada pelo Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE/BA) no próximo dia 30. Ela vai receber a Comenda de Honra Professor Felipe Serpa, em solenidade às 14h, no Museu Eugênio Teixeira Leal, na Rua do Açouguinho, nº1, no Pelourinho, em Salvador.

A Comenda de Honra Professor Felipe Serpa é concedida em reconhecimento público às relevantes contribuições para o desenvolvimento da Educação no Brasil e no Estado da Bahia. Além de reitora da Uesc, a professora Renée foi presidente do Conselho Estadual de Educação do Estado da Bahia por dois mandatos e membro do conselho no período de 2004 a 2012.

Na mesma Portaria nº 27/2019, o CEE/BA outorga a Comenda de Honra Professor Felipe Serpa, além da professora Renée Albagli Nogueira, aos professores Edvaldo Machado Boaventura e Iraci Silva Picanço (ambos post mortem). Todos nomes foram eleitos pelos votos dos conselheiros, de acordo com os critérios da Resolução CEE, Nº 144, de 22 de agosto de 2017.

URUÇUCA: PREFEITURA INVESTE EM FORMAÇÃO E CAPACITAÇÕES DE PROFESSORES

Educadores participam de curso de formação da rede municipal em Uruçuca

A Prefeitura de Uruçuca, no sul-baiano, investe na formação e capacitação continuada dos professores da rede municipal. Nesta última semana, a Secretaria de Educação de Uruçuca promoveu, no Salão Paroquial, uma formação direcionada aos educadores das áreas de Geografia e História.

A formação teve como foco as Regiões Brasileiras e foi ministrada pela professora Tereza Genoveva Nascimento Torezzani, coordenadora do Colegiado de Geografia da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Segundo a Secretaria de Educação, a formação teve como objetivo o fortalecimento de metodologias e práticas em sala de aula e um suporte para o Projeto Cultural da Rede sobre as Regiões Brasileira, que terá a culminância em setembro.

MORRE A PROFESSORA RITA FONTES, AOS 100 ANOS

Professora Rita Fontes faleceu na madrugada desta quinta

A professora Rita Fontes, de 100 anos, faleceu por volta das 2h da madrugada desta quinta-feira (11), em Itabuna. Um dos maiores ícones da educação do município sul-baiano, Tia Rita, como também era conhecida, estava internada no Hospital Calixto Midlej Filho, onde faleceu.

Maria Rita de Almeida Fontes, nome de batismo de Tia Rita, completou 100 anos em 6 de maio passado. A educadora manteve por muitos anos uma das principais referências em educação no município, o Colégio Gato de Botas (Nossa Senhora da Glória), foi colunista social e também vereadora de Itabuna. A família ainda divulgará local de velório e horário de sepultamento do corpo da educadora itabunense.

BAHIA ABRE MAIS DE 20 MIL VAGAS PARA CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO

Inscrições em cursos técnicos de nível médio vão até o próximo dia 14 || Foto Claudionor Jr.


A Secretaria da Educação do Estado abriu inscrições, nesta quinta-feira (4), para mais de 20 mil vagas de cursos técnicos de nível médio. As vagas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas na capital e em mais 97 municípios dos 27 Territórios de Identidade, entre os quais estão Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Gandu, Ipiaú, Ilhéus e Jequié. As inscrições seguem até dia 14 de julho.

Ao todo, são 45 cursos disponibilizados nas formas de oferta Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada à Educação de Jovens e Adultos (Proeja Médio) e Subsequente ao Ensino Médio (para quem já concluiu o Ensino Médio na rede pública e quer voltar a estudar).

Entre os cursos estão Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agropecuária, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Contabilidade, Farmácia, Química, Cozinha, Alimentos, Panificação, Recursos Humanos, Edificações, Desenho da Construção Civil, Rede de Computadores, Secretariado, Conservação e Restauro, Artes Visuais, instrumento Musical, Documentação Musical e Regência.

Do total ofertado, 12.510 vagas são para os cursos na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio. Neste caso, os estudantes devem acessar o Portal da Educação (link ao final) para fazer a inscrição no sorteio eletrônico. O resultado será divulgado no dia 16 de julho e os contemplados devem comparecer às unidades escolares para as quais se inscreveram para efetuar a matrícula no período de 18 e 19 de julho.

As demais 7.720 vagas são para cursos na forma de articulação PROEJA Médio, direcionada a jovens com mais de 18 anos, que concluíram o Ensino Fundamental. Para este público, a matrícula é feita diretamente nas unidades escolares ofertantes de Educação Profissional, com vagas disponíveis, no período de 18 e 19 de julho. No ato da matrícula, o estudante deve apresentar documentos como o original do histórico escolar; originais e cópias da cédula de identidade ou certidão de registro civil, do CPF e do comprovante de residência. Nos dois casos, as aulas serão iniciadas no dia 29 de julho.

O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Ezequiel Westphal, falou sobre o impacto destas ofertas na formação dos jovens e adultos. “Estes cursos dão oportunidades para estudantes que concluíram o Ensino Médio na rede pública e buscam uma formação profissional e aos alunos que buscam um curso profissional articulado à Educação de Jovens e Adultos”, destacou. Acesse o edital e as unidades ofertantes com os respectivos números de vagas no Portal da Educação, o www.educacao.ba.gov.br.

SÃO JOÃO É TEMA DE ENCERRAMENTO DE SEMESTRE DO “SARAHDO” NO COSTA DO CACAU

Atividades do Sarahdo contemplam pacientes estudantes internados no HRCC

Durante a última semana que antecedeu o São João, o programa Sarahdo (Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares) encerrou suas atividades do primeiro semestre de 2019, no Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, com o tema sobre os festejos juninos.

O projeto da Secretaria de Educação do Estado da Bahia desenvolve ações pedagógicas voltadas para o Ensino Médio e o público do EJA (Educação de Jovens e Adultos) para pacientes e acompanhantes de hospitais. No HRCC, a iniciativa começou em setembro de 2018, de segunda a quinta-feira, todas as tardes. Na sexta, os professores realizam o planejamento das aulas.

De acordo com Aline Gomes, professora de apoio do hospital, este mês as festividades juninas foram escolhidas para trabalhar em diferentes áreas do conhecimento. “A gente escolhe um tema de interesse coletivo, independente da série e idade, para que a pessoa possa falar sobre, compreender, e, a gente faz abordagem a partir das diversas disciplinas, todo tema é eleito a partir de uma intenção pedagógica”, disse.

Pacientes do Costa do Cacau no Sarahdo têm atividades de fechamento do semestre

A docente ainda relata que as atividades do Sarahdo têm influência sobre a reação dos pacientes. “Temos vários casos aqui, por exemplo, que são emblemáticos, de pessoas deitadas enroladas nas cobertas e depois do nosso encontro, o paciente já está mais animado, senta, conversa sobre outras coisas, a gente acredita que isso tenha um impacto positivo na recuperação desses pacientes”, afirmou.

A equipe que atua no HRCC conta com mais três professores – Daniela Oliveira, de Língua Inglesa e Artes; Mário Bastos, de Português de Literatura; e Samira Bueno, de Matemática, Ciências da Natureza, que engloba Química, Física e Biologia.

FIES ABRE MAIS DE 46 MIL VAGAS EM CURSOS SUPERIORES EM FACULDADES PRIVADAS

Mais de 46 mil vagas são abertas

Desta terça-feira (25) até o dia 1º de julho, os interessados em concorrer a uma vaga em curso superior presencial por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) podem se inscrever no site do programa. A segunda edição de 2019 oferta 46.600 vagas em instituições de ensino privadas de todo país, segundo o Ministério da Educação (MEC).

Para participar do processo seletivo, o candidato precisa ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, e ter alcançado média igual ou superior a 450 pontos nas questões. Também deve ter tido nota superior a zero na redação.

Entre as condições, é necessário possuir renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos, além de estar matriculado em um curso superior cadastrado no programa e que seja reconhecido pelo Ministério da Educação. Candidatos inadimplentes ou que já tenham sido contemplados anteriormente não podem participar.

:: LEIA MAIS »

ITABUNA: ALUNOS DO CETEP FAZEM CAMPANHA PARA QUE ESTADO RECONTRATE PROFESSOR

Adelson Menezes é referência pelo amor à educação e projetos desenvolvidos

Domingos Matos || O Trombone

O fim do contrato de um professor com o Estado está comovendo a comunidade escolar do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) do Litoral Sul II e do Colégio Estadual Presidente Médici. Contratado pela modalidade Regime Especial de Direito Administrativo, o chamado Reda, o professor Adelson Menezes teve o vínculo encerrado no último dia 13, após o período de quatro anos.

Ocorre que, para os alunos, Adelson Menezes não é “um” professor, mas “o” professor. Apesar de ser contratado para lecionar disciplinas ligadas à área de Ciências da Natureza (as famosas Exatas), ele conseguiu unir toda a escola em torno de diversos projetos de leitura, interpretação, escrita e reescrita de textos, no sentido amplo.

Mais que isso, ajudou, diretamente, a diversos estudantes a ingressar no ensino superior, com seu método extensivo – e encantador. “Gosto de trabalhar com projetos. Desenvolvemos o de leitura, que teve uma grande repercussão, um de matemática e, recentemente, desenvolvi outro, voltado para a afetividade, buscando melhorar as relações intra e interpessoais dos alunos, minimizando episódios de violências na escola”, afirma Menezes.

Os futuros profissionais em formação no Cetep não compreendem – e não aceitam – a interrupção desse sonho que é adquirir o conhecimento de forma prazerosa, em razão do que eles imaginam ser apenas uma formalidade burocrática. O que, por sua vez, pode ser encarado como mais um indicativo do poder que adquiriram com o conhecimento a que tiveram acesso: o questionamento cidadão faz parte do amadurecimento intelectual.

Adelson: projetos e premiações

Os projetos desenvolvidos pelo professor Adelson são “Leitura vai, escrita vem: colhendo produções no chão da escola” (Língua Portuguesa e Redação); “Matematizando o cotidiano com qualidade e ousadia” (Matemática); e “Promoção de vivências e afetos como ferramentas de valorização das relações sociais e das individuais do aluno” (promoção da saúde emocional).

O professor ganhou prêmios e certificações por seu trabalho, mas diz que o envolvimento dos alunos, o carinho que tem demonstrado e a forma como eles tem demonstrado esse carinho, compensa todo esforço. “Valeu a pena tudo que investi, de livros a materiais, tudo que me dediquei, quando vejo que despertei nesses alunos a vontade de conhecimento e, até, quando vejo a qualidade do que eles têm escrito, nessas mensagens que passam ao governador e que também me mandam. Na verdade, fico emocionado com tudo isso”.

Confira a íntegra n´O Trombone

A OUSADIA DE SONHAR

Vinícius Alcântara

 

A ideia de alfabetizar alguém parecia fácil no começo. Bastava mostrar as letrinhas que o milagre aconteceria. Só me esqueci de considerar os problemas de visão, de dicção por falta dos dentes, do cansaço de um dia inteiro de trabalhos braçais, de fome (pasmem!) e dos vícios que impediam alguns de permanecer no desafio de conhecer um novo mundo de possibilidades.

 

A ousadia de sonhar com uma escola do campo instalada na delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Itabuna começou no final de 2017.

Antes disso, eu só “sabia” que nossos vizinhos haviam “invadido” a faixa de domínio para morar, há mais de 40 anos. Desconhecia a condição de extrema pobreza e as tragédias pessoais que os obrigaram a viver em condições tão desumanas, por tanto tempo.

Excluídos da dinâmica econômica e invisíveis às políticas públicas, levantar barracos à beira da rodovia era a única e desesperadora solução para aquelas famílias.

Ainda hoje, algumas dessas habitações não têm energia elétrica. Quase todas não têm água encanada. Acesso à saúde? Imagine… Escola? Pais analfabetos e crianças que andam quatro quilômetros, todos os dias, no sol do meio dia.

Quem aguenta?

Só quem tem a fome batendo na porta e não tem outra alternativa de alimentação, senão a merenda escolar. Sem falar nas desavenças mortais originadas de fatos incrivelmente fúteis dentro da comunidade.

Divididos, abandonados, esfomeados e desinformados. Que realidade absurda era aquela e quais suas consequências?! E o que dava para fazer?

A ideia de alfabetizar alguém parecia fácil no começo. Bastava mostrar as letrinhas que o milagre aconteceria. Só me esqueci de considerar os problemas de visão, de dicção por falta dos dentes, do cansaço de um dia inteiro de trabalhos braçais, de fome (pasmem!) e dos vícios que impediam alguns de permanecer no desafio de conhecer um novo mundo de possibilidades.

Assim, foram as 50 primeiras aulas e nossos 13 primeiros alunos. Mas poderíamos fazer mais por eles, muito mais.

Com a ajuda do chefe da delegacia, Marcus Vinícius Rodrigues, foi estabelecida uma parceria com a Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria Municipal da Educação de Itabuna; e no dia 16 de maio de 2019 deu-se início às aulas da turma infantil e adulta na Escola Municipal do Campo João Café, na sede da delegacia.

Nossa estrutura completamente à disposição: auditório climatizado, cadeiras acolchoadas, acesso à internet, data show, armários, banheiro, cozinha e pátio. Por sua vez, a prefeitura disponibilizou a competentíssima professora Sílvia, o material didático e a alimentação para mais de 30 matriculados.

Estamos só começando e teremos mais vitórias. Levar dignidade a quem precisa também é uma forma de SALVAR VIDAS! PRF, BAHIA, BRASIL!

Vinícius Alcântara é inspetor da delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Itabuna (BA).

TERMO DE COMPROMISSO É ASSINADO PARA O FIM DA GREVE NAS UNIVERSIDADES BAIANAS

Reunião desta noite de segunda resultou em assinatura de compromisso || Foto Suami Dias

Representantes do governo baiano, da Assembleia Legislativa (Alba) e do Fórum das Associações dos Docentes assinaram, hoje à noite, termo de compromisso para encerrar a greve dos professores das universidades estaduais, segundo o governo estadual. A gestão se compromete a enviar para a Assembleia Legislativa projeto de lei de reestruturação do quadro de vagas da carreira de professor e R$ 36 milhões para que as quatro universidades apliquem em investimentos. As propostas do governo serão votadas em assembleias nas universidades.

O acordo foi assinado pelos secretários Cibele Carvalho (Relações Institucionais) e Jerônimo Rodrigues (Educação), o líder do Governo, Rosemberg Pinto, e representantes da Comissão de Educação da Alba, Fabíola Mansur e Hilton Coelho, além dos representantes do Fórum das Associações Docentes, conforme o governo.

Outro ponto acordado, segundo o governo, foi o pagamento dos salários mediante reposição das aulas, “devendo o plano de reposição ser submetido a Reitoria da Instituição de Ensino e à Secretaria da Administração do Estado (SAEB)”.

Segundo o governo, a proposta é que a greve seja encerrada, pelo menos, até dia 14 para que o Estado pague, integralmente, o salário de junho. Mediante execução do plano de reposição das aulas, será pago o mês de maio junto com o mês de julho, e, em sequência, os dias de greve do mês de abril serão pagos no mês de agosto mediante execução do plano de reposição de aulas. O termo de compromisso será analisado durante assembleias nas quatro universidades estaduais – Uesc, Uesb, Uefs e Uneb.

Representantes do governo, da Alba e dos docentes assinam termo de compromisso || Foto Suami Dias

Além disso, até 72 horas após o encerramento da greve, será instalada uma nova mesa para negociação de outros pontos colocados pelas Associações Docentes (ADs) envolvendo as outras secretarias de Estado, a exemplo da Fazenda (Sefaz) e Administração (Saeb).

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destaca os avanços da negociação. “A intermediação da ALBA foi muito importante desde o início, com a presença do líder do governo e da Comissão de Educação nesta mediação para o acordo assinado aqui. E longe da gente querer extrapolar o nosso papel, nós sabemos que as ADs irão para as assembleias e, com toda a autonomia, irão pautar e negociar isso com seus pares”.

Jerônimo disse avaliar o momento desta noite de segunda “como muito positivo”. Segundo ele, a discussão “serviu para ponderar aquilo que a gente acha importante, mas não abrimos mão de reconhecer a importância das universidades para o desenvolvimento da Bahia. Em momento algum, o governador ou qualquer órgão de governo duvidou disso. E estamos confiantes com os pontos pactuados”.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia