WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘educação’

AZEVEDO GANHA NOTA TRÊS NA “ESCOLINHA DE TIA MIRALVA”

Tia Mimi: Três para Azevedo.

Na Escolinha da Professora Tia Miralva, o aluno Capitão Azevedo (DEM) seria reprovado com um sonoro três. Nesta tarde, a educadora participou do programa Patrulha Geral (rádio Nacional) e falou sobre governo municipal, Geraldo Simões e fez críticas ao secretário municipal de Educação, Gustavo Lisboa.

Dirigente da Direc 7 e presidenta do PT itabunense, Miralva Moitinho justificou a péssima nota de Azevedo. “Tem secretário que manda mais que o prefeito. Ele não tem pulso”. Como falta comando, o governo não anda e a cidade sofre.

Na entrevista ao apresentador do Patrulha Geral, Fábio Roberto, a educadora ainda criticou a falta de organização na obra da avenida do Cinquentenário. O piso é ruim, disse, e os empresários estão sofrendo com as vendas baixíssimas por conta do cenário de caos na principal artéria do comércio de Itabuna.

“Tia Mimi” ainda bateu nos vereadores (que não têm fiscalizado o governo, segundo ela), mas defendeu seu líder político, o deputado federal Geraldo Simões. Quem critica o parlamentar, avalia ‘Mimi’, é porque não conhece quem é Geraldo. Ao mesmo tempo, anunciou que o seu candidato à Assembleia Legislativa baiana é o parlamentar Jota Carlos.

Sobrou até bordoada no secretário de Educação de Itabuna, Gustavo Lisboa, criticado por ter ido aos microfones da rádio Nacional afirmar que, diz Miralva, o Mais Educação seria um projeto único da prefeitura local. A petista reagiu e lembrou que o Mais Educação é uma iniciativa do Governo Lula, tendo estados e municípios como parceiros.

CONCURSO “THE FLASH” NA UESC

A empresa Concepção Consultoria Técnica Especializada Ltda foi a responsável pela aplicação das provas do concurso público da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), para os cargos de analista e de técnico universitário. Ontem, os candidatos se depararam com provas mal-elaboradas e questões extraídas integralmente na internet.

Mas o que se sabe, via páginas valiosas do Diário Oficial do Estado, é que o resumo do contrato da empresa vencedora da licitação foi publicado apenas 16 dias antes das provas (20 de maio). E o contrato foi assinado no dia 18. Só assim para entender o porquê das provas com questões “emprestadas” da internet.

Afora a bagunça na elaboração das questões, candidatos de pelo menos duas salas reclamavam que o lacre dos malotes das provas chegaram rompidos às salas. Pelo belo serviço, a empresa recebeu (ou receberá) a bagatela de R$ 193.365,00.

A Uesc ainda não se pronunciou, oficialmente, a respeito da barbeiragem.

“RAIO X” DA EDUCAÇÃO NA BAHIA

Em entrevista ao Jornal Bahia Online, o secretário de Educação da Bahia, Osvaldo Barreto, apresenta um “raio x” da rede pública de ensino no Estado. Além de investimentos com o intuito de melhorar o desempenho do setor, Barreto aborda o tema que é um dos fatores de preocupação na atualidade: a violência nas escolas. Mas faz questão de classificar como preconceituosa a ideia de que a violência e o tráfico estão limitados aos jovens que estudam em estabelecimentos públicos. “Achar isso é o fim”, resume.

Leia a íntegra.

ESCOLA DE ITABUNA É EXEMPLO NO COMBATE À VIOLÊNCIA

O Grupo Escolar Inácio Tosta Filho, em Itabuna, está entre as ações exitosas no combate à violência e tráfico de drogas em todo o país, segundo avaliação do Ministério da Educação. Ontem, a estratégia da escola foi exibida no Jornal Hoje, da rede Globo.

A Inácio Tosta deflagrou ação para reprimir o tráfico de drogas na porta e dentro da escola. Setenta parceiros são envolvidos no projeto. Em 2006, o professor Anselmo Rebouças foi assassinado ao chegar em casa, no bairro Conceição. Ele lecionava na Inácio Tosta e sua morte estaria relacionada às ações enérgicas contra o tráfico na unidade de ensino. Confira o vídeo com a reportagem.

FALTAS ESCOLARES PODERÃO SER INFORMADAS À JUSTIÇA

A turma que finge ir para a escola e desvia o rumo para os mais diversos afazeres poderá enfrentar sérios problemas, caso seja aprovado um projeto de lei de autoria do deputado estadual baiano Sérgio Passos (PSDB). Sua proposta é de que as faltas escolares sejam comunicadas aos juizados da infância e adolescência e conselhos tutelares, a fim de que estes órgãos tomem as medidas cábíveis.

A intenção do deputado é de que esse controle tenha caráter preventivo. Ou seja, os relatórios de frequência deverão propiciar medidas que evitem uma repetência, por exemplo.

Passos observa que a evasão escolar vem aumentando consideravelmente, pelos mais variados motivos, entre os quais falta de recursos da família, desinteresse pelos estudos e uso de tóxicos e bebidas. O deputado acrescenta que, em grande parte dos casos, os pais afirmam desconhecer a conduta indevida dos filhos.

OLHA O EXEMPLO!

Segundo a empresa responsável pela coleta de resíduos sólidos em Itabuna, uma das maiores dificuldades para a realização desse serviço é o hábito de muitos moradores de deixar o lixo na via pública fora do horário, além de mal-acondicionado.

Pois vejam o exemplo da própria Câmara de Vereadores. Nesta sexta-feira  (14), havia pilhas de caixas, cadernos, livros e papeis soltos, tudo esparramado em um ponto da área externa do prédio.

O flagrante é do fotógrafo Waldir Gomes, que identificou até obras da literatura no meio do “lixo” da Câmara.

PROFESSORES ACEITAM 8% DE REAJUSTE

Os professores aceitaram os 8% de reajuste salarial oferecidos pela prefeitura de Itabuna e acabaram com a ameaça de greve na rede municipal. Cerca de 30 mil alunos ficaram sem aula nesta quinta-feira, 6. A categoria parou a fim de pressionar o governo, mas acabou aceitando a proposta de reajuste.

Na assembleia de hoje, realizada no plenário da Câmara de Vereadores, foram submetidas à votação as propostas de 8% (do governo) e 12% de reajuste (da categoria). Venceu a do governo.

JEQUIÉ

Enquanto em Itabuna a greve foi descartada, os professores de Jequié entraram nesta quinta em seu décimo primeiro dia de paralisação. Os educadores do município do sudoeste querem reajuste de 15,96%.

PARALISAÇÃO DEIXA 30 MIL SEM AULA EM ITABUNA

Os professores da rede municipal de Itabuna paralisaram as atividades por 24 horas nesta quinta-feira, 6. Trinta mil alunos estão sem aula nas mais de 110 escolas da rede. Os professores já aprovaram indicativo de greve na última terça (reveja aqui).

Daqui a pouco, a categoria volta a analisar a proposta de 8% de reajuste, no plenário da Câmara de Vereadores. Será às 14h30min. A categoria pede aumento de 15%, mas a Secretaria Municipal de Educação alega dificuldades financeiras para acatar o pedido.

EM ITABUNA, PROFESSORES PARAM NA QUINTA

Os professores da rede municipal de ensino, em Itabuna, ameaçam cruzar os braços. A categoria está insatisfeita com a proposta inicial de 8% de reajuste salarial para os níveis II e III.

Os professores haviam aprovado, em assembléia, reajuste de 15% para todos os níveis. A Secretaria Municipal de Educação não apresentou nenhuma contraproposta. A rede tem cerca de 1.400 professores concursados.

Na assembleia ao final da tarde de hoje, os educadores aprovaram indicativo de greve. A categoria também decidiu realizar paralisação de advertência na próxima quinta-feira, 6, dia em que não haverá aula nas escolas municipais.

PROFESSORA QUE SOFREU AMEAÇA É TRANSFERIDA

A Secretaria Municipal de Educação informou ao Alerta Total, da TV Cabrália, que a professora de matemática agredida verbalmente e ameaçada por sete alunos, na semana passada, será transferida. A educadora leciona no Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam) e pediu para ser remanejada para outra escola.

As ameaças foram feitas pelos alunos na porta da escola, na última quinta-feira, 29. Os alunos eram das escolas General Osório, Imeam e Josué Brandão. O caso foi abordado aqui no Pimenta no último final de semana (relembre aqui) e também nesta segunda (3) em artigo assinado pelo jornalista e blogueiro Daniel Thame (post abaixo).

PROTESTO FECHA UNIVERSIDADES ESTADUAIS AMANHÃ

Paralisação de 24h afeta Uesc.

Os professores das quatro universidades estaduais baianas cruzam os braços, nesta quarta (28), para forçar o governo a sentar à mesa e discutir a campanha salarial 2010. Está programada uma manifestação no Centro Administrativo da Bahia, onde fica a sede do governo baiano.

De acordo com relatório da associação dos docentes da Uesc (Ilhéus), a Bahia paga, na média, o segundo pior salário aos professores universitários do Nordeste. Caso os representantes do governo não se abram ao diálogo, a categoria promete greve, conforme anuncia o professor Valter Silva, da associação de docentes da Uesc.

O governador Jaques Wagner e o secretário de Educação, Oswaldo Barreto, por certo, estarão mais sensíveis neste ano… eleitoral.

UNIVERSIDADE PARA TODOS TEM INSCRIÇÃO SÓ ATÉ HOJE

O prazo de inscrições ao pré-vestibular Universidade para Todos se encerra nesta terça-feira, 27, para os municípios do polo da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). O programa oferece 3.020 vagas, sendo 880 para Itabuna e outras 880 para Ilhéus.

O restante é dividido entre Barro Preto (60 vagas), Buerarema (60), Camacan (60), Canavieiras (120), Floresta Azul (60), Gandu (120), Ibicaraí (60), Itacaré (60), Itajuípe (120), Itapé, Jussari (60), Pau Brasil (60), São José da Vitória (60), Ubaitaba (60), Uruçuca (60) e Una (60).

A inscrição pode ser feita na Uesc e secretarias municipais de Educação. No caso de Ilheus, a matrícula pode ser feita no Instituto Municipal de Ensino (IME), Colégio Estadual de Ilhéus e Colégio Militar. Já em Itabuna, os colégios Polivante, Luís Eduardo Magalhães e Maria de Lourdes Veloso são os locais de inscrição, no horário das 8h às 12h e das 14h às 17h.

DESAFIO NA EDUCAÇÃO ILHEENSE

O advogado Senildo Paulino integrou-se à equipe de educação da prefeitura de Ilhéus já faz alguns dias. O município sonha em adotar a gestão plena da educação e Senildo coordenará esse processo. Com experiências em educação popular e ex-coordenador do programa Integrar no estado, ele diz que dois dos ganhos para o sistema educacional com a gestão plena é a “maior clareza na aplicação dos recursos e aprimorar os mecanismos de controle social na área de ensino”.

Com a plena, os recursos vão diretamente para conta específica da educação. Hoje, embora seja verba carimbada, os recursos da educação vão direto para o tesouro municipal. Assim, a depender do gestor, sua aplicação pode ter outro destino. A mudança também propicia o aprimoramento de mecanismos de controle, com a criação de departamentos de auditoria e licitação, por exemplo.

PULSEIRA DO SEXO É PROIBIDA NAS ESCOLAS DO ESTADO

O uso das chamadas “pulseiras do sexo” está proibido nas escolas da rede estadual de ensino da Bahia. A vedação foi determinada pela Superintendência de Acompanhamento e Avaliação Educacional, que teme a exposição das adolescentes.

As pulseiras coloridas indicam, a depender da cor, atos que vão de abraços a relações sexuais. Neste último caso, a pulseira indicativa é a de cor preta.

Há menos de quinze dias, uma estudante de Londrina-PR foi estuprada por quatro rapazes (três menores e um de 18 anos). O atrativo para o crime teria sido o uso das tais pulseiras do sexo.

No caso da rede estadual de ensino, estão valendo as seguintes regras: a aluna que for flagrada usando as pulseiras será convencida a entregá-las; caso ela se recuse, os pais serão informados e convidados a comparecer no dia seguinte ao estabelecimento de ensino.

Se ainda assim não houver jeito, a aluna terá o seu acesso à escola proibido.

FACSUL/UNIME É VENDIDA A GRUPO MINEIRO

A mineira Kroton desembolsou R$ 422 milhões pela aquisição das faculdades Iuni/Unime, de Mato Grosso. O grupo é detentor da Facsul/Unime, em Itabuna. Trata-se de uma das maiores transações do ensino superior no Brasil.

A unidade de Itabuna vai para o terceiro dono em aproximadamente cinco anos de existência.

PROFESSORES ESTADUAIS PARAM NA 5ª

Puxada pela APLB-Sindicato, uma paralisação na rede estadual, nessa quinta-feira (25), vai protestar contra o ‘enrolation’ do governo para pagar a reposição da URV. Todos os profissionais da Educação que entraram na rede estadual desde 1994 têm direito.

A paralisação tem o objetivo de alertar o governo para a luta dos servidores. A APLB já ganhou a ação em primeira instância (6ª Vara da Fazenda Pública, em Salvador) e deve levar também na segunda. O problema é que o governo do estado “não gosta” de pagar esse tipo de ação enquanto houver possibilidade de recursos.

Leia mais no Trombone

UESC DIVULGA SEXTA CHAMADA DO VESTIBULAR

Saiu a sexta chamada do vestibular de 2010 da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Os aprovados devem efetivar matrícula no colegiado do curso na próxima quarta-feira, 24. O atendimento é das 8h às 12h e das 13h às 16h.

A lista tem aprovados para cursos como medicina, direito, biomedicina e filosofia. Clique no link “leia mais”, que segue logo abaixo, e confira a relação de convocados.

:: LEIA MAIS »

CGU ENCONTRA IRREGULARIDADES NA EDUCAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL

A auditoria que técnicos da Controladoria-Geral da União fizeram nas pastas de Assistência Social e Educação em Itabuna deu pano para manga.

O relatório da CGU informa que a rede municipal não realizou licitação para a aquisição da merenda, alimentos foram comprados em endereços comerciais inexistentes e só uma escola emitiu, pelo menos, três cheques sem fundos para quitação de compras para a merenda.

Observou-se, ainda, que monitores de programas sociais, como o Peti, davam como presentes alunos que não compareciam às atividades. O relatório completo está disponível na página da CGU (clique aqui). Ele também condena os prejuízos gerados na construção e reforma do Restaurante Popular e observa irregularidades no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

COOPEDI ATINGE A MAIORIDADE

Alunos do CPM participa de projeto da Coopedi.

Uma experiência cooperativista na área de educação no interior da Bahia completou 18 anos de existência. A Cooperativa Educacional de Itabuna (Coopedi) marca a maioridade com um projeto interessante: alunos do Colégio da Polícia Militar foram convidados para revisão de conteúdos, gratuitamente.

De acordo com a direção da Coopedi, a iniciativa visa assistir aos pré-universitários que não dispõem de recursos para ingressar em cursinhos. O Coopedi Convida, de acordo com a coordenação pedagógica da cooperativa, visa atingir o maior número possível de alunos de instituições públicas.

PROJETO DE FÉLIX MENDONÇA CRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA

Félix defende universidade federal em Itabuna.

O deputado Félix Mendonça (DEM-BA) destacou em plenário, nesta semana, a importância da aprovação de projeto de lei de sua autoria (7533/2006) que dota a região cacaueira de uma universidade federal. O projeto já obteve aprovação unânime nas comissão de Trabaho, Administração e Serviço Público e de Educação e Cultura da Câmara Federal.

Félix Mendonça observa a condição sul-baiana de “importante polo industrial e agrícola com participação significativa na formação do PIB estadual que, por sua vez, é o sexto maior do país”. O projeto prevê a construção do campus da universidade federal em Itabuna. A instituição atenderá aproximadamente 40 municípios da mesorregião cacaueira, caso aprovada.

A instituição federal de ensino superior impulsionará o desenvolvimento regional, ressalta o parlamentar. “O desenvolvimento de novas tecnologias na indústria, pecuária e agricultura necessitam de pesquisam avançadas. A importância das universidades na busca de novos conhecimentos é de vital importância para o sucesso desses segmentos da economia”.

Félix pontuou que a região já possui condições favoráveis à implantação da Universidade do Sul da Bahia, a exemplo de hospitais terciários, Instituto Biofábrica de Cacau e Centro de Pesquisa do Cacau (Cepec-Ceplac). “A pesquisa e a formação superior nos segmentos do turismo, agricultura e da pecuária, constituiriam frentes a serem desenvolvidas nessa nova universidade, que estaria vinculada à realidade regional”.

O projeto está tramitando na Comissão de Finanças e Tributação, segundo Félix Mendonça. Após aprovação, será submetido à Comissão de Constituição e Justiça e, também, ao Senado Federal.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia