WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
unime


março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: ‘eleições 2016’

MANGABEIRA

marco wense1Marco Wense

 

Não sei por que tanto espanto com o secretariado de Fernando Gomes. Ora, FG desafiou e venceu a Lei da Ficha Limpa, pelo menos no TRE. Agora vai peitar o Ministério Público em relação ao nepotismo. Qual é a novidade?

 

Depois de uma campanha assentada na ética, sem a preocupação de ganhar de qualquer jeito, sendo referência do PDT em todo país, o médico Antônio França Mangabeira não quer disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado.

Membros do diretório municipal, na última reunião do partido, animados com a expressiva votação do então candidato a prefeito, defenderam o nome do doutor para concorrer a uma vaga no Parlamento estadual.

O pedetista, que não fez coligação com nenhum partido, teve quase 19 mil votos, dando poeira em figuras carimbadas da política de Itabuna, como Davidson Magalhães, Augusto Castro e os ex-prefeitos Geraldo Simões e José Nilton Azevedo.

Sem prometer nada, com um tempo de televisão de 23 segundos, com o slogan de campanha “Nossa Coligação é Com Você”, Mangabeira se transforma em uma grande liderança de Itabuna. Sem dúvida, o opositor-mor do governo FG. Antônio França Mangabeira faz parte da banda da política que ainda não apodreceu.

Para o militante Nilson Oliveira, mais conhecido como Nilson da Vendamax, a candidatura de Mangabeira “é uma boa opção para fortalecer a nossa desnutrida representação política”.

MESMA COISA

Francamente, como diria o saudoso e inesquecível Leonel Brizola, não sei por que tanto espanto com o secretariado de Fernando Gomes. Ora, FG desafiou e venceu a Lei da Ficha Limpa, pelo menos no TRE. Agora vai peitar o Ministério Público em relação ao nepotismo. Qual é a novidade? Fernando continua o Fernando de sempre, aquele Fernando de priscas eras. O seu eleitorado também.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

À ESPERA DO TRE-BA, FERNANDO COMEÇA A MONTAR SECRETARIADO

Mais votado, Fernando ainda depende do TRE.

Mais votado, Fernando ainda depende do TRE.

Fernando Gomes (DEM) acredita que não terá mais dificuldades para derrubar, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), decisão em primeira instância que o julgou inelegível para a disputa eleitoral em Itabuna. Como se sabe, ele recorreu e acabou sendo o mais votado na disputa (32,4% dos votos válidos). A fé vem das vitórias acumuladas nos tribunais de contas do Estado (TCE) e da União (TCU), após obter efeito suspensivo contra todas as decisões que o mantinham na lista dos fichas-sujas.

À espera do julgamento no TRE, o que deve ocorrer na próxima semana, Fernando reuniu-se com seu grupo, ontem (9), para discutir a montagem de secretariado. A pretensão é montar primeiro escalão com nomes novos. Um grande empresário está sendo sondado por ele, mas detalhes como salário de secretário e afastamento dos negócios são empecilhos para o “sim”.

No plano político, Fernando, por ora, descarta ir para a base do governador Rui Costa. A mais chegados, nega que esteja conversando neste sentido. No início da campanha – e após ter brigado com ACM Neto, o candidato a prefeito mais votado de Itabuna recebeu uma ligação do Palácio de Ondina. Até aqui, o secretário de Relações Institucionais do Estado, Josias Gomes, mantém linha direta na tentativa de seduzir o democrata, trazendo-o para o campo governista. Poderia ir pro PSD. O namoro mais forte é com o PMDB, que indicou o vice em sua chapa, Fernando Vita.

Do outro lado, há quem ainda aposte que Fernando Gomes ainda poderá sofrer derrota no TRE. A aposta é do grupo político ligado ao segundo colocado na disputa, Antônio Mangabeira (PDT). O médico pedetista ainda vê possibilidade de Fernando perder no TRE e no TSE. Mangabeira ainda sonha em assumir o comando do Centro Administrativo Firmino Alves sem necessidade de nova eleição.

RADIALISTA PÕE FIM A 20 ANOS DO PT NO COMANDO DE CONQUISTA

Herzem venceu a eleição com mais de 25 mil votos de frente (Foto Divulgação).

Herzem venceu a eleição com mais de 25 mil votos de frente (Foto Divulgação).

Por volta das 20h deste domingo (30), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decretou o resultado da eleição a prefeito de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. O terceiro maior colégio eleitoral do Estado será governado pelo deputado estadual e radialista Herzem Gusmão (PMDB), de 68 anos.

O peemedebista venceu o também deputado estadual Zé Raimundo (PT), por 95.710 a 70.513 votos. Percentualmente, obteve 57,58% dos votos válidos ante 42,42% do adversário.

Herzem chega ao poder na terceira tentativa. Havia disputado em 2008 e 2012, perdendo para o invicto Guilherme Menezes, que iniciou o ciclo de 20 anos do PT no poder em Vitória da Conquista, em 1996.

O prefeito eleito prometeu gestão sem perseguições e de diálogo, “ouvindo todos”. Segundo colocado na disputa, Zé Raimundo, que já governou Conquista, disse que não tinha o sentimento de derrotado e reafirmou que irá trabalhar por grandes obras para o município.

MULHERES SÃO APENAS 5,3% DOS CANDIDATOS NO SEGUNDO TURNO

Mulheres têm participação ainda mais reduzida na disputa deste turno (Foto Agência Brasil).

Mulheres têm participação ainda mais reduzida na disputa deste turno (Foto Agência Brasil).

Dos 114 políticos que disputam hoje (30) o segundo turno para o cargo de prefeito, apenas seis são mulheres, o que representa 5,3% do total. Nos 57 municípios de 20 estados onde haverá o segundo turno, as mulheres encabeçam a chapa para o Executivo municipal em cidades de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e São Paulo.

Das 18 capitais em que haverá a disputa do segundo turno, as mulheres lideram a chapa em duas: em Florianópolis, com Ângela Amin (PP), e em Campo Grande, com Rose Modesto (PSDB). Elas enfrentam Gean Loureiro (PMDB) e Marquinhos Trad (PSD), respectivamente.

Das 13 cidades com mais de 200 mil eleitores em que a eleição não foi decidida no dia 2 de outubro e haverá a disputa no segundo turno, apenas em Guarujá uma mulher concorre como candidata a prefeitura. Primeira colocada no primeiro, com 43,17% dos votos, Haifa Madi (PPS) – que substituiu o marido com a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral – enfrenta Valter Suman, que obteve 23,70% dos votos.

No Rio de Janeiro, onde haverá segundo turno em oito cidades, não há nenhuma mulher como cabeça de chapa.

Já em Minas Gerais, onde eleitores de quatro cidades voltam às urnas, apenas em Juiz de Fora há representação feminina como cabeça de chapa. Segunda colocada no primeiro turno com 22,38% dos votos, Margarida Salomão (PT) enfrenta Bruno Siqueira (PMDB), que teve 39,07% dos votos no dia 2 de outubro.

Com quatro cidades decidindo as eleições hoje, as mulheres em Pernambuco estão na corrida à prefeitura em Caruaru, com Raquel Lyra (PTN). Ela ficou em segundo lugar no primeiro turno, com 26,08% dos votos, enquanto Tony Gel terminou o pleito em primeiro, com 37,10% dos votos.

A situação é semelhante à do estado do Rio Grande do Sul. Lá, quatro cidades decidem as eleições municipais e em apenas uma delas há participação de mulheres à frente da chapa. Beth Colombo (PRB), que teve 45,79% dos votos no primeiro turno, enfrenta Busato (PTB), que teve 37,30% dos votos em 2 de outubro. Da Agência Brasil.

ELEIÇÕES 2016: PROCURADORIA OPINA PELA IMPUGNAÇÃO DE FERNANDO E CONTRA PDT EM AÇÃO

Procuradoria eleitoral se manifesta contra PDT e por indeferimento de Fernando.

Procuradoria eleitoral se manifesta contra PDT e por indeferimento de Fernando.

Fernando tem opinião contrária da PRE.

Fernando tem opinião contrária da PRE.

Nesta segunda (17), o Ministério Público Eleitoral manifestou-se contra os candidatos mais votados na disputa pela Prefeitura de Itabuna. No entendimento do procurador regional eleitoral Ruy Bastos Bastos Melo, Fernando Gomes (DEM) cometeu “ato doloso de improbidade administrativa” já apontado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) – acórdãos 446/2010 e 2260/2015.

Já contra Antônio Mangabeira, o procurador interpretou que o PDT não poderia ingressar nesta fase do processo, pois houve tempo hábil para pedido de impugnação, ainda na primeira instância. Assim, Bastos Melo manifestou-se “pelo indeferimento do pedido do PDT” para entrar como parte interessada no processo.

O procurador também manifestou-se pela manutenção da sentença da juíza da 27ª Zona Eleitoral, Rosineide Andrade, “que indeferiu o registro de candidatura de Fernando Gomes de Oliveira”. O julgamento da ação é aguardado para a tarde da próxima quinta (20).

 

 

ERRADICAÇÃO DO ANALFABETISMO É DESAFIO PARA PREFEITO ELEITO

Caçulo, de Gongogi, fala em metas para gestão (Reprodução).

Caçulo durante entrevista à TV Cabrália (Reprodução).

Prefeito eleito de Gongogi com 59,05% dos votos válidos, Edvaldo dos Santos, Caçulo (PR), disse hoje que um dos desafios a serem superados no município sul-baiano é a erradicação do analfabetismo, ainda alto.

Caçulo afirma ter estipulado, como compromisso, 20 metas na área educação. A erradicação do analfabetismo é uma delas. O futuro gestor de Gongogi também elencou dentre suas prioridades investimentos em segurança, saúde e segurança, além  do tratamento e abastecimento de água em dois distritos do município.

Nesta quinta (13), Caçulo visitou Itabuna, onde concedeu entrevista e visitou dirigentes da Associação dos Municípios da Região Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc).

ELEITO VEREADOR, COSME ANÃO PENSA EM PROJETOS PARA OS PEQUENOS

Cosme (Foto Tyrone Perrucho).

Cosme foi o oitavo mais votado para uma das 11 vagas em Canavieiras (Foto Tyrone Perrucho).

Tyrone Perrucho

Aos 53 anos de idade, solteiro e apreciador da literatura de cordel, Cosme Costa dos Santos, o Cosme Anão, acaba de ser eleito vereador em Canavieiras com 461 votos.

Cosme Anão viveu largado no mundo até uns cinco anos atrás, conforme ele mesmo conta. Foi quando tomou a decisão de parar de beber, começar a estudar e curvar-se aos ensinamentos do Cristo, ingressando numa igreja evangélica

Daí para cá ele cresceu aos olhos das pessoas que até então o viam apenas como uma miniatura de gente, exótica e engraçada, pelos seus exíguos 0,84 centímetros de estatura com fisionomia e modos de homem feito.

A consagração veio neste 2 de outubro, quando Cosme Anão saiu das urnas como um pequeno gigante, com votação bem maior que a de outras 114 pessoas que concorriam a uma vaga na Câmara Municipal de Canavieiras. Ele nem ficou tão distante assim dos candidatos mais votados, Ricardo Dantas, 561 votos, e Tiago Medrado, 637 votos.

“Um dia ele apareceu aqui dizendo que, com o estudo que estava fazendo, pensava em deixar de ser trabalhador rural e procurar um emprego de escritório”, recorda Talmo de Roxinho, mecânico de automóveis da Oficina Esperança.

O projeto ganhava corpo entre os amigos quando o próprio Cosme, ao ir votar em eleição passada, pensou que ele próprio poderia se candidatar um dia a alguma coisa e sair pedindo que votassem nele, quem sabe daria certo.

A professora Flávia Modesto da Silva afirma que Cosme Anão foi um dos mais dedicados alunos do Projeto de Alfabetização Mova Brasil, que é patrocinado pelo Instituto Paulo Freire e Petrobras, e que funcionou em Canavieiras até o ano passado.

“Ele foi um dos 12 aprovados de uma turma de 18 alunos”, informa professora Flávia. “Cosme fez comigo da 1ª à 4ª série, já sabe ler, escrever e interpretar um texto razoavelmente. As naturais dificuldades serão superadas com a continuidade do estudo, sobretudo com o exercício da leitura”.

VOTO DE PROTESTO – E DE GRATIDÃO

Catalisador do voto de protesto de uns, Cosme Anão ganhou também muitos votos de reconhecimento e gratidão, de eleitores que viram nele um humilde brasileiro lutando pela sobrevivência e merecedor de apoio.

Para Cosme, valeu muito o incentivo que teve dos amigos, como Sargento Vitorino, candidato a vereador que ficou como suplente, com 423 votos, e Edmar Luz, 2º colocado na eleição de prefeito, com 5.509 votos. Vários outros amigos e familiares também colaboraram, seja com o material de propaganda e estratégias de campanha, seja para seus discursos em palanque e visita aos eleitores.

Nos últimos dias, Cosme Anão está se familiarizando com o Regimento Interno da Câmara, lendo-o com alguma dificuldade, mas com gosto, o mesmo gosto com que já vinha lendo livros que, nos últimos tempos, retirava por empréstimo na Biblioteca Pública Afrânio Peixoto. Ele tem pensado também em projetos que poderá apresentar na Câmara, sempre preocupado em “incentivar os pequenos e fracos, que nem eu, a melhorar de vida”.

TERNO DA POSSE

Preocupação adicional, por exigência do protocolo, tem sido com a confecção, sob medida, do terno da posse, prometido por um amigo. Ele quer que paletó, calça, camisa, gravata e sapatos sejam sem muito aperto. “Sofro de pressão alta e sou muito calorento, e parece que o calor faz subir ainda mais minha pressão”, explica.

SOMA DE VOTOS BRANCOS, NULOS E ABSTENÇÕES “VENCERIA” 1º TURNO EM NOVE CAPITAIS

urna_ELEIÇÕESDa Agência Brasil

Em nove capitais, o número de votos brancos, nulos e de eleitores que não compareceram foi maior do que do candidato que ficou em primeiro lugar. A situação aconteceu nos dois maiores colégios eleitorais do país. Em São Paulo, João Dória (PSDB) ganhou a eleição no 1º turno com 3.085.187 votos. O número é menor do que a soma de votos brancos e nulos e ausências: 3.096.304.

No Rio de Janeiro, a situação também se repetiu. Mesmo que fossem somados os votos dos dois candidatos que passaram para o 2º Turno, o número ainda é menor do que votos inválidos e ausências. O total de brancos, nulos e abstenções no Rio é 1.866.621. Marcelo Crivella (842.201) e Marcelo Freixo (553.424) somam 1.395.625 votos.

Além de São Paulo e Rio de Janeiro, Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Belém (PA), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS) e Aracaju (SE) também tiveram mais votos inválidos do que o primeiro colocado nas eleições. Confira lista:

Aracaju (SE)

Eleitores: 397.228

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 139.723

1º lugar: Edvaldo Nogueira (PCdoB) 99.815

Belém (PA)

Eleitores: 1.043.219

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 365.731

1º lugar Zenaldo Coutinho (PSDB) 241.166

Belo Horizonte (MG)

Eleitores: 1.927.456

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 741.915

1º lugar João Leite (PSDB) 395.952

Campo Grande (MS)

Eleitores: 595.172

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 167.922

1º lugar Marquinhos Trad (PSD) 147.694

Cuiabá (MT)

Eleitores: 415.098

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 127.987

1º lugar Emanuel Pinheiro (PMDB) 98.051

Curitiba (PR)

Eleitores: 1.289.204

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 360.348

1º lugar Rafael Greca (PMN)356.539

Porto Alegre (RS)

Eleitores: 1.098.517

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 382.535

1º lugar Nelson Marchezan Júnior (PSDB) 213.646

Porto Velho (RO)

Eleitores: 319.941

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 106.844

1º lugar Dr. Hildon (PSDB) 57.954

Rio de Janeiro (RJ)

Eleitores: 4.898.044

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 1.866.621

1º lugar Crivella 842.201

São Paulo (SP)

Eleitores: 8.886.195

Soma de votos brancos, nulos e abstenções: 3.096.304

1º lugar João Dória 3.085.187

GERALDO: “REAFIRMO MINHA FÉ EM ITABUNA”

geraldosimoes3Geraldo Simões foi o primeiro dos candidatos a prefeito de Itabuna a se pronunciar, oficialmente, quanto ao resultado das eleições. Por meio das redes sociais, ainda ontem (2), agradeceu a votação obtida e, também, ao PT e ao PSL.

Prefeito de Itabuna por dois mandatos, ele também se comprometeu a continuar trabalhando por Itabuna. “Reafirmo minha fé em nosso município, na força de nosso povo”. Abaixo, a íntegra da mensagem.

Num momento em que o país vive um quadro de descrença na política e nos políticos, quero agradecer aos milhares de amigos e amigas que acreditaram em nossas propostas e nos honraram com seu voto. Agradeço ao Partido dos Trabalhadores e ao PSL, que formaram nossa coligação, e reafirmo minha fé em nosso município, na força de nosso povo. Vamos fazer o que sempre fizemos: trabalharemos por Itabuna onde quer que estejamos.

FERNANDO GANHA, MAS NÃO LEVA

Fernando Gomes é um prodígio. Quase octogenário, de fala ininteligível e indeferido pela justiça eleitoral, ele conseguiu ser o mais votado entre os nove candidatos à Prefeitura de Itabuna. É preciso reconhecer, o homem é um fenômeno, que só perdeu eleição em Itabuna quando todos os adversários se uniram em um “power-bazuca” contra ele. Hoje, com a tal “marreta do 25”, Cuma esmagou a concorrência e agora deve estar dando boas gargalhadas, como menino curtindo sua última travessura.

Eleito, Fernando não leva, o que foi antecipado pelos adversários e especialistas em direito eleitoral. Contra estes, o candidato do DEM aplicou a pecha de mentirosos e seguiu em frente, convencendo seu eleitorado fiel de que era ele quem falava a verdade. Só agora a torcida do FG Futebol Clube começa a perceber quem é o mentiroso, mas a ficha caiu tarde demais.

Fernando usou a mesma receita utilizada por ele em 2004, quando sofreu impugnação e se transformou em vítima, acusando o petista Geraldo Simões de tentar vencê-lo no “tapetão”. Vestiu mais uma vez o disfarce de injustiçado, do homem que é atacado porque “só faz o bem às pessoas”.

A torcida do FG Futebol Clube aceitou docilmente o argumento fernandista, sem nem por um segundo pensar que o piloto do tapetão dessa vez era o próprio candidato do DEM. Foi ele quem utilizou recursos protelatórios para se manter em uma disputa da qual não poderia fazer parte.

Fernando Gomes tem condenações no Tribunal de Contas da União e no Tribunal de Contas do Estado que o tornaram inelegível. Segundo especialistas, a situação jurídica que tornou o ex-prefeito ficha suja é praticamente irreversível e seus recursos na seara eleitoral são meramente protelatórios. Isso foi exaustivamente repetido durante a campanha, mas muitos não entenderam.

Hoje, enquanto muitos municípios já sabem quem os governará a partir de 1º de janeiro, Itabuna dá um salto no escuro e torce para que o próximo presidente da Câmara de Vereadores seja alguém à altura de assumir o governo como prefeito-tampão. Cuma passou a campanha cantando “Foram me chamar, eu estou aqui o que é que há?”. O que há é uma grande confusão, com um pleito que termina sem que a cidade saiba quem irá governá-la a partir do dia 1º de janeiro.

PT ESPERA FAZER 60 PREFEITOS NA BAHIA

Everaldo, de boné, durante caminhada de Geraldo Simões, neste sábado (Foto Pimenta).

Everaldo, de boné, durante caminhada de Geraldo Simões, neste sábado (Foto Pimenta).

O presidente do PT baiano, Everaldo Anunciação, projeta que o seu partido faça, no mínimo, 60 prefeitos em todo o estado amanhã (2). “Devemos ganhar em 60 municípios e crescer nas 35 maiores cidades. Nós temos um processo muito mais de qualidade do que de quantidade”, disse Everaldo em entrevista ao PIMENTA. Já em 2012, a legenda havia conquistado 93 prefeituras.

O dirigente estadual do PT esteve em Itabuna para participar da caminhada do candidato do partido, Geraldo Simões, hoje, na Avenida do Cinquentenário, região central da cidade. Everaldo estava acompanhado do deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) e do secretário de Relações Institucionais da Bahia, Josias Gomes.

Everaldo ainda fala em expectativa de segundo turno em Vitória da Conquista, tendo Zé Raimundo (PT) contra Herzem Gusmão (PMDB). Porém, os últimos dados apontam para definição ainda neste domingo, no município do sudoeste, podendo sair vencedor Herzem ou Zé Raimundo. O cenário era mais favorável ao peemedebista. A candidatura de Fabrício Falcão (PCdoB) desidratou-se, acelerando a definição em turno único.

Otimista, Everaldo aposta que a base aliada do Governo Rui Costa vencerá a disputa em, pelo menos, 70% dos municípios. A avaliação difere da feita pelo secretário de Relações Institucionais da Bahia, Josias Gomes, tambem durante entrevista que será publicada pelo blog nas próximas horas.

Ato reuniu milhares de pessoas na Cinquentenário hoje.

Ato reuniu milhares de pessoas na Cinquentenário hoje.

LIMINAR CAI E MOACIR FICA INELEGÍVEL NOVAMENTE

Moacyr sofre nova derrota judicial.

Moacyr sofre nova derrota judicial.

A juíza substituta Adriana Sales Braga cassou liminar que suspendia sessão da Câmara de Vereadores, que reprovou as contas de 2010 do ex-prefeito Moacyr Leite (DEM), de Uruçuca, no sul da Bahia. Com a decisão da magistrada de Segundo Grau, o candidato democrata volta a ficar inelegível.

A decisão foi publicada hoje. A juíza Adriana Sales Braga revogou liminar obtida pelo ex-prefeito no último dia 20, após recurso da Procuradoria-Geral do Município contra Moacyr.

As contas de 2010 do ex-prefeito também foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Em 2014, o legislativo de Uruçuca seguiu parecer da corte, tornando-o inelegível.

Parte da decisão da juíza Adria

Parte da decisão da juíza Adriana Sales Braga.

FG É CHAMADO DE FICHA SUJA NO HORÁRIO ELEITORAL

Horário Eleitoral ItabunaHá alguns dias, o médico e candidato a vice-prefeito de Itabuna pelo PSDB, João Otávio Macedo, usava parte do tempo de TV para falar de ficha-suja. Era uma referência indireta ao ex-prefeito Fernando Gomes (DEM). Hoje, Davidson Magalhães (PCdoB) foi direto. Ancorado em notícias de jornais e sites, apontou eventuais riscos para o município se Fernando for o mais votado. “Poderá não tomar posse e a eleição ser anulada. Vamos ficar seis meses sem saber quem é o prefeito. É a justiça quem afirma”.

O candidato do PCdoB abriu o horário eleitoral de hoje, seguido de Capitão Azevedo (PTB), que falou em informatização das unidades de saúde e a decisão de colocar administradores para comandá-las. Agora, a promessa é rever o cadastro de usuários do SUS, hoje com mais de 320 mil pessoas.

Com 9 segundos de programa, Cuca (PSOL) citou compromisso com a educação. “Lugar de criança é na escola”. Mangabeira (PDT) apresentou propostas para o esporte e o lazer e Zé Roberto (PSTU) repetiu o bordão “Chega de todos eles”.  Lazer também foi tema do programa de Augusto Castro (PSDB). Geraldo fez uma convocação para a sua caminhada, no sábado (1º), na Avenida do Cinquentenário, enquanto Fernando repetiu programa. “Só Fernando faz e o povo conhece”, afirmava o locutor.

UM CANDIDATO SINCERO…

O ator e comediante baiano Alan Miranda, que já se apresentou várias vezes em Itabuna, está fazendo sucesso no Facebook com a sua interpretação de um candidato que foge ao script. O candidato é “Broder”…

DAVIDSON FALA EM VITÓRIA APÓS ATO NA CINQUENTENÁRIO

Davidson é carregado por correligionários durante caminhada na Cinquentenário.

Davidson é carregado por correligionários durante caminhada na Cinquentenário.

Davidson Magalhães (PCdoB) falou em vitória na disputa pela Prefeitura de Itabuna e prometeu gestão “competente e com experiência”, hoje, durante caminhada na Avenida do Cinquentenário. Ele foi o primeiro candidato a prefeito a fazer grande ato na principal artéria do comércio de Itabuna neste ano. “Tivemos a coragem de ser o primeiro porque somos ficha limpa”, ressaltou.

Ao lado de Leninha, Davidson defendeu valorização do comércio.

Ao lado de Leninha, Davidson defendeu valorização do comércio.

A caminhada reuniu cerca 3 mil pessoas, na avaliação de um dos coordenadores da campanha de Davidson, José Carlos Ettinger, em entrevista ao PIMENTA. Durante o ato, na manhã de hoje, Davidson prometeu “recuperar a cidade, promovendo o comércio e os serviços com a segurança de um gestor que sempre fez o melhor para Itabuna”.

A mobilização começou por volta das 9 horas, mas a caminhada somente teve início por volta das 10h30min. Davidson discursava em cima de um carro de som, acompanhado da candidata a vice-prefeita, Leninha da Autoescola (PPS).

AGENDA DOS CANDIDATOS (QUINTA, 15)

eleicoes 2016Antônio Mangabeira (PDT)
7h – Gravação de programa de rádio e TV
9h – Corpo a Corpo no Santa Catarina, saindo da quadra de esportes
14h – Corpo a Corpo na Travessa dos Vianas e Parque Verde, saindo da Igreja Adventista
17h30min – Reunião com grupo de profissionais da área de ortopedia
19h – Reunião para apresentação do Plano de Governo no São Pedro

Augusto Castro (PSDB)
8h – Corpo a corpo no São Lourenço
12h45min – Visita à Trifil
14h – Corpo a corpo no Pedro Jerônimo
19h – Seminário Políticas Públicas para a Juventude

Capitão Azevedo (PTB)
9h30min – Reunião com apoiadores de campanha
14h – Visita ao Santa Inês, saindo da praça do bairro
18h50min – Entrevista à TV Cabrália
19h30min – Reunião no Santa Inês
20h30min – Reunião na Califórnia

Coronel Santana (PTN)
8h – Entrevista à TVI
9h – Reunião com a coordenação de campanha
14h – Visita ao Novo Horizonte e ao Corbiniano Freire
19h – Diálogo Políticas públicas com instituições filantrópicas

Davidson Magalhães (PCdoB)
8h – Reunião com a coordenação politica
15h – Corpo a corpo no Nova Itabuna
18h – Reunião com a Coordenação de campanha

Fernando Gomes (DEM)
8h30min – Gravação de programa eleitoral
10h – Visita aos comerciantes
15h – Visita ao Vale do Sol
19h – Reunião com lideranças da J.S. Pinheiro

Geraldo Simões (PT)
8h – Debate na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna
14h – Caminhada no Maria Pinheiro (Baixa Fria)
18h – Reunião com equipe de futebol feminino, no Pedro Jerônimo
19h30min – Reunião com lideranças políticas no São Caetano

Zé Roberto (PSTU)
9h – Panfletagem em pontos de ônibus do centro
16h – Panfletagem na região central
19h – Reunião com coordenação política da campanha

ILHÉUS

Cacá Colchões (PP)
9h – Visita ao Alto do Coqueiro
15h – Caminhada na Conquista, da Coelba até a 19 de Março
19h – Debate sobre cultura

Gurita (PSC)

8h – Visita a Banco do Pedro e Castelo Novo
15h – Caminhada Rua do Cano



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia