WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Engenharia’

A APOSENTADORIA DE SAULO PONTES

Saulo: aposentadoria em março?

O engenheiro Saulo Pontes fez promessa pública de se aposentar tão logo começassem as obras de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna. A promessa tem janeiros. Saulo possui mais de 40 anos de serviço público estadual. Começou no extinto Derba, onde tornou-se diretor. Desde 2015, comanda a Superintendência de Infraestrutura de Transporte da Bahia (SIT).

Na última sexta, ele acompanhava o Rui Costa em Ilhéus. O governador falava de prazo para início das obras da rodovia, quando a reportagem do PIMENTA questionou se a construção da nova pista na margem direita começaria em 20 fevereiro, data que constava anteriormente. Rui disse que preferia não cravar, mas, otimista, apostava em começo das obras em março.

O repórter se dirigiu a Saulo e brincou:

– Pelo jeito, a aposentadoria vai demorar…

Ele, sorridente, seguiu o chefe:

– Nada! [A obra] começa em março.

MINISTRO CONFIRMA SEGUNDA EDIÇÃO DO FIES

Renato Janine MECO ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, anunciou na noite de ontem (8) pela página do Facebook que haverá uma segunda edição do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) este ano. De acordo com o ministro, será priorizada a formação de professores, além de cursos da área de saúde e engenharia.

Janine disse que estabelecer prioridades “não significa excluir outros cursos! As prioridades partem do reconhecimento de nossas necessidades mais prementes”.

O programa deverá seguir critérios adotados na primeira edição deste ano, de acordo com o ministro, vai priorizar os cursos com notas 4 e 5 nas avaliações do Ministério da Educação (MEC). As notas vão até 5. Além disso, as regiões Norte e Nordeste “por suas necessidades especiais, serão também priorizadas”, diz a publicação.

A pasta vai anunciar em breve “datas e todos os detalhes, de forma transparente, o que é nosso dever e prazer”. A publicação teve mais de 1,3 mil curtidas em pouco mais de uma hora.

O Fies oferece cobertura da mensalidade de cursos em instituições privadas de ensino superior a juros de 3,4% ao ano. O estudante começa a quitar o financiamento 18 meses após a conclusão do curso. O programa acumula 1,9 milhão de contratos e abrange mais de 1,6 mil instituições. Na primeira edição deste ano, foram firmados 252 mil contratos. Com informações da Agência Brasil.

SETOR DA CONSTRUÇÃO EM ILHÉUS ESPERA MOVIMENTAR R$ 300 MILHÕES EM 2013

Dirigentes de construtoras analisam números e cobram política de solo em Ilhéus.

Dirigentes de construtoras analisam números e cobram política de ocupação do solo em Ilhéus.

Empresas ligadas ao segmento da construção civil esperam movimentar em torno de R$ 300 milhões em Ilhéus neste ano. Os dados foram apresentados, hoje, por donos de construtoras ao prefeito Jabes Ribeiro. Eles cobram do município uma política clara na ocupação e uso do solo para que tenham mais segurança nos investimentos feitos na Terra de Gabriela.

Vicenzo Morelli, da Construtora Morelli, diz que a política de ocupação do solo “preocupa a todos os setores da economia”. Roque Lemos, da Cicon, afirma enxergar no govenro municipal um parceiro. “Por isso, estamos abertos ao diálogo, ao debate franco do que deve ser melhor para o desenvolvimento da cidade”.

Para Roque, a definição da política de ocupação beneficia não apenas a iniciativa privada, como também o governo. Ele cita investimentos feitos nos últimos dez anos numa área central de Ilhéus, o bairro Cidade Nova, onde foram construídos 14 edifícios residenciais e 319 apartamentos, resultando em maior arrecadação de IPTU, por exemplo.

– A realidade mudou sem que a Prefeitura tivesse mexido em sua estrutura básica de serviço, já que não houve a necessidade de ampliação do sistema de iluminação pública, sistema de esgoto ou de água – lembra.

NOVOS EMPREENDIMENTOS E QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Essa realidade faz de Ilhéus um dos atrativos regionais para lojas regionais e varejistas, a exemplo da Dadalto e da Buriti. A Dadalto abrirá loja em Ilhéus na próxima segunda, 18 (confira aqui), enquanto a Buriti anuncia investimentos de R$ 2 milhões em lojão no Malhado, próximo à Central de Abastecimento (leia aqui entrevista de Mauro Ribeiro, da Buriti).

Os investimentos na construção civil, destaca os empresários, geram também oportunidades de trabalho e atraem cursos técnicos e de nível superior para a região, a exemplo dos cursos de Engenharia Civil, na Uesc e na FTC Itabuna, e Arquitetura e Urbanimos, na Unime, em Itabuna.

FTC OFERECE PÓS NA ÁREA DE ENGENHARIA

A unidade da FTC em Itabuna dará início, nesta sexta-feira, 30, às aulas de um novo curso de pós-graduação, com foco na área de engenharia civil. A pós em Sistemas Construtivos e Edificações vem atraindo, de acordo com a instituição de ensino, o interesse de engenheiros, arquitetos e urbanistas.

O coordenador de Pós-Graduação e Extensão da FTC, professor Antônio Fontes Filho, explica que a nova especialização capacita os profissionais para atuar nos diversos campos da engenharia e adotar procedimentos gerenciais mais eficientes e sustentáveis.

VESTIBULAR 2011 DA UESC TERÁ 5 CURSOS DE ENGENHARIA

Uesc oferecerá 4 novos cursos.

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) oferecerá quatro novos cursos na área de Engenharia. Conforme a instituição, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) aprovou para a instituição os cursos de Engenharia Química, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Engenharia Civil.

Cada um dos cursos oferecerá 40 vagas já no vestibular de 2011 e as aulas começam no segundo semestre do próximo ano. A instituição já possui curso de Engenharia de Produção e Sistemas.

As inscrições ao vestibular devem ocorrer entre setembro e outubro, conforme tradição da Uesc. Os novos cursos também atendem futuras necessidades do sul da Bahia, prestes a ganhar investimentos de grande porte.

O trabalho que assegura os novos cursos foi tocada por uma comissão. Os professores Gesil Sampaio Amarante Segundo (olha ele aí!!!), João Pedro de Castro Nunes, Maria Lícia Sílvia de Queiroz e Ricardo de Carvalho Alvim tocaram o projeto de Engenharia Civil.

Álvaro Afonso Leite foi o autor do projeto de Engenharia Elétrica e Danilo Barquete, o de Engenharia Mecânica. Evandro Sena Freire, Flávio Pietrobon, Francisco Bruno Oliveira, Franco Dani Amado são os autores do projeto de Engenharia Química.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia