• WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
    cenoe





    dezembro 2018
    D S T Q Q S S
    « nov    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  

    editorias






    :: ‘Ensino superior’

    PROFESSORES DÃO DICAS PARA O SEGUNDO DOMINGO DE PROVAS DO ENEM 2018

    Segundo dia de provas do Enem será neste domingo (11)

    O segundo e último dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será neste domingo (11), quando serão aplicadas as questões de Matemática e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Mais uma vez os estudantes terão que ficar atentos para os horários de aplicação das provas em função do horário de verão. Na Bahia, os portões serão abertos às 11h, fechados às 12h e as provas terão início às 12h30min no horário local. O diferencial com relação ao primeiro dia de provas é que neste domingo a aplicação será até às 17h30min.

    Também é importante observar as regras estabelecidas. O candidato deve se dirigir ao local indicado no cartão de identificação e apresentar um documento de identificação original, com foto, a exemplo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e das cédulas de identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal. Caso tenha perdido os documentos, será preciso apresentar um Boletim de Ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação.

    Para fazer as provas, também só é aceita a caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente. É proibido, na hora da prova, o uso de borracha, corretivo, lápis, lapiseira, impressos e anotações, fones de ouvido e dispositivos eletrônicos, a exemplo de relógios, calculadoras, agendas eletrônicas, telefones celulares, smartphones e tablets.

    ORIENTAÇÕES

    Para auxiliar os estudantes nesta reta final de provas, dois professores da rede estadual de ensino destacam algumas dicas importantes e que podem otimizar a resolução das questões. Enoilma Silva, professores de Matemática no Colégio Estadual Luiz Robério de Souza, de Salvador, fala sobre a interpretação das questões.

    “As questões de Matemática vão exigir do candidato um bom hábito de leitura dinâmica, compressão, interpretação e raciocínio lógico. Uma dica importante é que algumas questões podem ser resolvidas sem precisar de cálculos, somente pela lógica”, revelou, ao destacar alguns dos assuntos comuns na prova de Matemática. “Os conteúdos mais cobrados são operações com números racionais, estatística, porcentagem, regra de três, equações e geometria”, enfatizou.

    O professor de Matemática Sérgio Correia Silva, que leciona no Colégio Estadual da Polícia Militar Luiz Tarquinio, localizado no bairro de Boa Viagem, em Salvador, também destaca algumas dicas para os estudantes. “Neste último momento, os estudantes devem fazer pequenas revisões focando em assuntos de Matemática básica como ‘equação do 1° e 2° grau’, ‘as quatro operações’, ‘função do 1° e 2º grau, ‘juros simples e compostos’, ‘geometria espacial e plana’, além de análises de gráficos e tabelas”, ressaltou.

    Para a resolução das questões da prova, o educador também destaca algumas dicas importantes. “O estudante deve ler toda a prova com bastante atenção e responder primeiro as questões mais fáceis para ele, pois as questões mais complexas requerem mais tempo. Uma dica essencial é responder o que de fato a questão pede e, assim, chegar na resposta correta após interpretar o enunciado da questão e aplicar o cálculo correto”, concluiu.

    CERCA DE 500 MIL ALUNOS PODEM RENEGOCIAR DÍVIDAS DO FIES COM PRAZO MAIOR

    Estudantes com parcelas atrasadas poderão renegociar dívidas do Fies|| Foto Divulgação

    O Comitê Gestor do Fundo de Financiamento Estudantil (CG-Fies) aprovou a resolução que permite a renegociação de dívidas com o fundo. A medida deve beneficiar cerca de 500 mil alunos que estão com mais de 90 dias de atraso no pagamento.Atualmente, o saldo devedor do Fies é de R$ 10 bilhões, com mais de 50% de inadimplência.

    De acordo com a resolução, os estudantes poderão aderir à renegociação até 31 de dezembro de 2019. Os contratantes do Fies terão duas opções: o reparcelamento, que permite estender o prazo de pagamento da dívida para até 48 parcelas mensais, além de incluir os estudantes com contratos mais antigos na campanha de renegociação, e o reescalonamento, que possibilita diluir os valores em atraso nas parcelas a vencer.

    O saldo devedor será pago no prazo contratual, sendo o valor da parcela mínima estipulado em R$ 200, com exigência de entrada (maior valor entre 10%, da dívida ou R$ 1 mil) como contrapartida do estudante.A resolução nº 28, que define critérios e procedimentos operacionais e financeiros referentes ao reparcelamento e ao reescalonamento das dívidas no Fies, foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (1º).

    Em 2018, foram ofertadas 100 mil vagas, das quais foram preenchidas 78.859, restando 21.141 vagas remanescentes. “O aporte de R$ 500 milhões no Fundo Garantidor vai assegurar a oferta de 100 mil vagas para o ano que vem na modalidade pública”, explicou o diretor de Gestão de Fundos e Benefícios do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Pedro Pedrosa.

    MEC CRIA LINHA PARA CANDIDATOS DO ENEM DENUNCIAR FAKE NEWS

    O ministro da Educação, Rossieli Soares, e a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, fizeram um alerta para que os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não caiam em notícias falsas, as chamadas fake news, e para que estejam atentos ao horário de verão para não perderem a prova e chegarem após o fechamento dos portões.

    Segundo Maria Inês, nos últimos dias, circulou um boato de que o Enem seria adiado, o que é mentira, o exame está mantido nos dias 4 e 11 de novembro. “A fake news é uma doença social e nesse período de exame em que os participantes estão no grau máximo de ansiedade, elas atrapalham e muito”, diz.

    Para se proteger, os candidatos devem se informar pelos canais oficiais de comunicação.

    Candidatos podem alertar o Inep sobre notícias falsas pela Página do Participante e pelo aplicativo do Enem, disponível para os sistemas Android e IOS. Os participantes podem também entrar em contato com o Inep pelo telefone 0800-616161. Maria Inês pede que os estudantes denunciem as fake news “para que a gente possa desmentir esse tipo de notícia que causa tanto transtorno aos participantes”.

    HORÁRIO DE VERÃO

    Outro alerta do MEC e do Inep foi para que os participantes estejam atentos ao horário de verão, que começa no primeiro dia de prova do Enem, neste domingo (4). “Temos diferença grande nos estados brasileiros em relação ao horário oficial que é o de Brasília. No estado do Amazonas temos alguns municípios que não seguem as demais cidades. É fundamental que os participantes estejam atentos e procurem se informar”, diz Maria Inês. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h, no horário da capital.

    Até a manhã de hoje, cerca 1 milhão de candidatos ainda não tinham acessado o cartão de confirmação de inscrição e não sabiam o local de prova do Enem. O Inep vai enviar e-mail e mensagens SMS para esses candidatos. A orientação é que o participante faça o trajeto até o local de prova antes do dia da prova, para conhecer o caminho e evitar imprevistos. O cartão pode ser acessado pela Página do Participante e pelo aplicativo do Enem. :: LEIA MAIS »

    MEC DESCREDENCIA FACULDADE MONTENEGRO, DE IBICARAÍ

    Faculdade de Ibicaraí é descredenciada pelo Ministério da Educação

    Portaria do Ministério da Educação (MEC) determinou o descredenciamento de uma das mais antigas faculdades particulares do interior da Bahia, a Montenegro, em Ibicaraí, na região sul. A Portaria 763 está publicada na edição desta segunda-feira (29) do Diário Oficial da União.

    O MEC aponta várias irregularidades na instituição de ensino superior e decide, também, pela transferências dos alunos ainda matriculados na Montenegro.  Além do descredenciamento, o MEC determina a desativação de todos os cursos.

    A Faculdade Montenegro oferece os cursos de Pedagogia, Educação Física, Secretariado Executivo e Turismo. Caso não haja possibilidade de transferência dos alunos destes cursos para outras faculdades, a Montenegro será autorizada a continuar em funcionamento até que estes alunos concluam as respectivas graduações.

    A instituição terá 45 dias para envio da lista de alunos com a previsão de conclusão do curso. A Portaria 763 é assinada pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Sílvio José Cecchi.

    HISTÓRICO

    A Faculdade Montenegro é alvo de investigações por irregularidades, desde o início desta década, tanto pelo MEC como pelo Ministério Público Federal (MPF), como em 2012. Já em janeiro do ano passado, o MEC abriu investigação de irregularidades por atuar sem recredenciamento (reveja aqui).

    Oriunda da Academia de Educação Montenegro, a faculdade foi criada nos anos 1980 por Waldir Montenegro Matos, educadora falecida em 2011. A instituição formou milhares de profissionais, sendo referência na graduação em Secretariado Executivo e de professores de Educação Física.

    Por cerca de 20 anos, a Montenegro foi a única faculdade a oferecer curso de Educação Física. Somente nos últimos anos, a oferta nesta área foi ampliada com os cursos da Unime, em Itabuna, e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na Rodovia Ilhéus-Itabuna.

    CURSOS DE ENGENHARIA CIVIL E GEOGRAFIA DA UESC OBTÊM NOTA MÁXIMA NO ENADE

    Cursos de Engenharia Civil e Geografia obtêm conceito máximo no Enade 2017

    Adélia: políticas institucionais e de gestão

    Os cursos de Engenharia Civil (bacharelado) e Geografia (licenciatura) da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) atingiram o conceito 5, nota máxima na escala de avaliação do Enade, que vai de 1 a 5, e se destacaram entre similares na Região Nordeste.

    Os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 foram apresentados pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), juntamente com um perfil dos participantes da edição.

    Na Uesc, além dos destaques de Engenharia Civil e Geografia, outros cursos também alcançaram boa avaliação: Letras, Física, Ciência da Computação, Engenharia Elétrica e Engenharia Química (bacharelados); e Química, Pedagogia, Educação Física, Ciências Sociais (licenciaturas) ficaram com o conceito 4.

    Ciências Biológicas (bacharelado e licenciatura), juntamente com História (licenciatura), Geografia, Engenharia Mecânica e Engenharia da Produção (bacharelados) obtiveram conceito 3. Com o conceito 2 estão os cursos de Filosofia, Física, (licenciatura) e Química (bacharelado). Matemática (bacharelado) obteve conceito 1.

    O Conceito Enade e o IDD são dois dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior calculados anualmente pelo Inep, a partir da combinação do resultado do Exame com outras bases de dados. Enquanto o Conceito Enade é um indicador calculado a partir dos desempenhos dos estudantes concluintes dos cursos de graduação, o IDD busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no Enade e no Enem.

    Para a reitora da Uesc, Adélia Pinheiro, o bom desempenho alcançado pelos cursos avaliados em 2017 decorre de políticas institucionais e de gestão da Universidade; da competência e compromisso do corpo funcional, docentes e técnicos, e da dedicação e protagonismo dos estudantes, resultando em processos formativos de qualidade.

    COM O FTC WEEK, FACULDADE OFERECE ATÉ 65% DE DESCONTO PARA NOVOS ALUNOS

    FTC oferece até 65% de desconto para novos alunos

    Durante a FTC Week, no próximo sábado (11), novos alunos que efetuarem a matrícula terão descontos que podem chegar a 65% do valor da mensalidade dos cursos presenciais.

    Segundo a faculdade, a diferença nesta promoção é o fato de o desconto ser aplicado em todos os semestres da graduação e, a depender do curso e da unidade escolhidos, a primeira mensalidade pode custar R$ 30,00.

    A FTC Week oferece duas formas de ingresso no ensino superior: nota do ENEM (a partir de 2010) e vestibular agendado. Os interessados devem procurar uma das unidades da Rede FTC – Salvador (Comércio e Paralela), Feira de Santana, Jequié, Vitória da Conquista, São Paulo, Itabuna, Petrolina e Juazeiro – para realizar a matrícula. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone 0800 056 6666.

    PRAZO DE MATRÍCULA PARA APROVADOS NO SISU TERMINA HOJE

    Termina hoje (28) o prazo de matrícula dos estudantes que foram selecionados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O resultado está disponível na página do programa. Aqueles que foram aprovados devem ficar atentos aos dias, horários e locais definidos por cada instituição de ensino.

    O Sisu oferece vagas no ensino superior, em instituições públicas. Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas, em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. Puderam se inscrever os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obtiveram nota acima de zero na redação.

    As vagas serão oferecidas no segundo semestre deste ano em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades.

    Na quarta-feira (27) terminou o prazo para que os estudantes que não foram selecionados na chamada regular participassem da lista de espera. A convocação desses candidatos será de 3 de julho a 21 de agosto.

    INSCRIÇÕES NO PROUNI COMEÇAM HOJE; PRAZO VAI ATÉ A PRÓXIMA SEXTA

    As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) começam hoje (26) e vão até sexta-feira (29). As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, na página do programa. O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Ao todo, neste processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições. As bolsas são para o segundo semestre.

    Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, alcançado no mínimo 450 pontos e não ter zerado a redação. Além disso, só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham feito o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.

    Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada, na condição de bolsista, ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa.

    O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos. Quem conseguir uma bolsa parcial e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

    INSCRIÇÃO

    Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada. Uma vez por dia, o sistema do Prouni calcula a nota de corte, que é a menor para ficar entre os potencialmente pré-selecionados de cada curso, com base no número de bolsas disponíveis e no total de candidatos inscritos no curso, por modalidade de concorrência.

    O Ministério da Educação (MEC) esclarece que a nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição. Ela não é garantia de pré-seleção para a bolsa ofertada. A primeira nota de corte será divulgada amanhã (27). :: LEIA MAIS »

    APÓS PARECER DO CEE, CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DA UESC OBTÉM RECONHECIMENTO

    Uesc obtém reconhecimento para o Curso de Engenharia Civil

    O Curso de bacharelado em Engenharia Civil da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) acaba de obter reconhecimento. Assinado pelo governador Rui Costa, o Decreto 18.430 foi publicado na edição desta terça-feira (5), no Diário Oficial do Estado.

    O reconhecimento, conforme a publicação, tem validade de seis anos e já havia obtido parecer favorável do Conselho Estadual de Educação (CEE), em 16 de maio deste ano. O curso foi autorizado pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) em 4 de agosto de 2010, abrindo as primeiras turmas no segundo semestre de 2011.

    INVESTIMENTOS

    O professor Gesil Sampaio Amarante participou do projeto de criação do curso de Engenharia Civil da Uesc, além de outros três cursos na área de Engenharia. Ao PIMENTA, ele disse que o reconhecimento dá maior segurança aos estudantes. Gesil falou da ousadia da Universidade, à época, para aumentar o quadro de professores. Quando a instituição pôde contratar, 80% dessas vagas foram para as Engenharias (Civil, Elétrica, Mecânica e Química).

    “Na época [início desta década], o Brasil crescia bastante e tínhamos carência de profissionais em Engenharia. A gente foi nessa direção”, lembra, ressaltando que a Uesc investiu para viabilizar os cursos, mas, na outra ponta, não houve investimento do governo. “A gente nunca teve, do governo, reconhecimento com aumento de recursos para premiar a universidade”. Atualizado às 12h11min.

    UFSB ABRE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO COM 73 VAGAS E ATÉ R$ 10 MIL DE SALÁRIO

    Inscrições em concurso da UFSB vão até dia 5 de maio

    Com oferta de 73 vagas e até R$ R$ 10.043,67 de salário, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) abriu nesta segunda (16) o prazo de inscrições no concurso público para docentes nos campi de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

    Os interessados têm até o dia 5 de maio para inscrição. A taxa foi definida em R$ 250,00. O prazo para pedido de isenção termina nesta quarta (18), conforme o edital. A inscrição é feita somente pelo site da UFSB.

    CONFIRA EDITAL DO CONCURSO 2018

    O concurso abre vagas em áreas como Ciências Biológicas, Artes Cênicas, Engenharias, Medicina, Comunicação Social, Letras, Psicologia, Oceanografia/Oceanologia e Matemática, dentre outras.

    O concurso terá duas etapas. A primeira consistirá em provas escrita e didática, ambas eliminatórias e classificatórias. Já a segunda, prevê Plano de Trabalho ou Memorial e a prova de títulos.

    A prova escrita está prevista para 20 de maio, nos campi Jorge Amado, em Itabuna; Sosígenes Costa, em Porto Seguro; e Paulo Freire, em Teixeira de Freitas. A prova didática tem previsão de aplicação em 28 de junho.

    POSSE DE OMAR COSTA

    Omar é reconduzido ao cargo na Uesc

    O professor Omar Costa tomará posse para novo mandato como diretor do Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em solenidade na próxima segunda (2), às 10 horas, na Torre Administrativa. A professora Angye Cássia Noia assume como vice-diretora.

    Ainda na solenidade, os professores Carlos Eduardo Ribeiro e Sócrates Guzman tomam posse, respectivamente, como diretor e vice-diretor do Colegiado de Economia.

    FTC ABRE NOVOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ITABUNA

    FTC abre novos cursos de pós-graduação lato sensu

    A FTC Itabuna abriu mais de 10 novos cursos de pós-graduação lato sensu neste semestre. As aulas começam em abril, de acordo com a direção da faculdade. Os novos cursos são das áreas de Saúde, Engenharia, Gestão e Comunicação e Marketing, alem de Direito.

    No campo da Saúde, a novidade é o curso de Enfermagem em UTI Neonatal e Pediátrica. Haverá, ainda, cursos de Comunicação e Marketing em Mídias Digitais, de Gestão de Negócios, de Gestão Integrada em Saneamento e o de Liderança Estratégica e Coaching.

    Para os interessados na área de Engenharia, a FTC Itabuna está com inscrições abertas para os cursos de Engenharia de Segurança do Trabalho, de Engenharia de Estruturas e de Planejamento, Gestão e Controle de Obras. No segmento da Educação, as vagas ofertadas são para a especialização em Docência do Ensino Superior.

    Aos profissionais de Direito estão sendo ofertadas vagas para novos curso pós em Direito Material e Processual do Trabalho com Ênfase em Prática Previdenciária e em Direito Público com Ênfase em Contratos e Licitações. Um dos novos cursos que têm despertado o interesse de profissionais que atuam no segmento da Gastronomia e de Nutrição é a pós-graduação em Gastronomia e Padrões Culinários. :: LEIA MAIS »

    NOVA CHAMADA DO PROUNI SAI HOJE

    O Ministério da Educação divulga hoje (2) a segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). O resultado será publicado no site do ProUni. A lista pode também ser acessada pelo aplicativo do ProUni para o celular.

    Os candidatos convocados têm de hoje até o dia 9, sexta-feira, para comprovar os dados informados na inscrição na universidade que escolheram para estudar.

    Em caso de não aprovação, o prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 16 a 19 de março.

    O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124 parciais.

    De acordo com o MEC, as bolsas integrais foram destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. As  bolsas parciais são para os candidatos cuja renda familiar per capita vai até três salários mínimos.

    Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.

    O estudante também deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

    VOCÊ TERIA UM MINUTINHO PARA A PALAVRA DA CIÊNCIA?

    Felipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

     

    Imagine um professor na praça explicando algum tema polêmico contemporâneo! Aí, com ideias circulando, com a academia enxergando além de seus muros, quem sabe teríamos uma sociedade ainda melhor. Difícil? Sim, com toda certeza! Mas será que cada um de nós, doutos cidadãos, estamos fazendo todo o possível?

     

    Ler o título acima parece estranho, não? Permita-me então contextualizar melhor a questão: dois acontecimentos que presenciei dentro do “mundo acadêmico” nos últimos dias me fizeram pensar um bocadinho sobre exatamente esse tal “mundo acadêmico”.

    No primeiro fato, um jovem estudante postou nas redes sociais seu lamento por ter sido abordado por uma senhora cristã que tentava propagar suas ideias e demonstrou incômodo por ele se declarar ateu. Quando apresentado o contraponto de que aquela senhora estava apenas levando adiante aquilo que ela acreditava ser interessante, ele rebateu: “ah, não saio por aí levando a palavra de Nietzsche”. Não leva? Uma questão: por que não?

    Outro fato foi a leitura de outra postagem nas redes sociais onde professores e estudantes, em sua maioria, debochavam e se escandalizavam com a cantora Anitta ter sido convidada para palestrar num evento na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Soava absurdo a cantora notabilizada no funk, de origem periférica, falar numa das mais prestigiadas universidades do mundo. Uma questão:por que não?

    A academia brasileira, permito-me generalizar com meus pouco mais de oito anos de experiência docente, parece sofrer de um mal que a faz sentir-se como um panteão para poucos. Alguns (poucos) privilegiados devem alcançar esse patamar após demonstrar suas competências em provações diversas. Uma ideia de que aquilo “não é pra qualquer um”. Uma ideia de que aquilo que não está no “mundo acadêmico” não é bom o suficiente.

    Vivemos – faço aí um mea culpa pois, além de ocasionalmente escrever textos me valendo da boa audiência do PIMENTA para atingir uma grande fatia da sociedade, também estou entre os que assim agem – num espaço onde apenas os aplausos e os tapinhas nas costas dos iguais parecem ser interessantes. Por qual motivo as vozes periféricas não são plenamente ecoadas nas universidades? Por qual motivo o grafite nas paredes dos corredores acadêmicos é visto com estranheza? Por qual motivo iniciativas como o Pint of Science, que visa explicar pesquisas científicas em bares, são vistas com certo desdém por alguns? A resposta?

    Arrisco-me a dizer que muitos acadêmicos – aí incluídos professores e estudantes – acreditam que são especiais demais e acabam por esquecer da sociedade que os abriga e, principalmente, financia.

    Se a senhora propagando a fé cristã nas ruas enche sua paciência, será que ao invés de criticá-la não seria possível ver nela uma inspiração? Imagine as praças de Itabuna, de Ilhéus ou de qualquer outra cidade exibindo um filme e um pesquisador conduzindo um debate sobre ele! Imagine um professor na praça explicando algum tema polêmico contemporâneo! Aí, com ideias circulando, com a academia enxergando além de seus muros, quem sabe teríamos uma sociedade ainda melhor. Difícil? Sim, com toda certeza! Mas será que cada um de nós, doutos cidadãos, estamos fazendo todo o possível?

    Felipe de Paula é professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

    ABERTAS INSCRIÇÕES NO PROUNI; VEJA CRITÉRIOS PARA DISPUTAR BOLSAS

    Inscrições abertas para o ProUni|| Foto Divulgação MEC

    Os estudantes interessados em obter uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem fazer sua inscrição na página do programa na internet. O prazo para as inscrições começa hoje (6) e vai  até sexta-feira (9).

    O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Podem concorrer brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e não tenham zerado a prova.

    É necessário, ainda, que o candidato atenda a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

    A bolsa integral é oferecida a candidatos com renda per capita mensal de até 1,5 salário mínimo e bolsa parcial para candidatos cuja renda familiar mensal seja de até três salários mínimos. O processo seletivo é composto por duas chamadas sucessivas. O resultado com a lista dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada deve ser divulgado no dia 14 deste mês, segundo a Agência Brasil. A divulgação do resultado da segunda chamada está prevista para 2 de março.

    INSCRIÇÕES NO PROUNI COMEÇAM NESTA TERÇA

    As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) do primeiro semestre de 2018 estarão abertas do dia 6 a 9 de fevereiro. A inscrição é feita exclusivamente pela internet, no site do ProUni.

    O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 14 de fevereiro e o da segunda no dia 2 de março. O ProUni seleciona estudantes para receber bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de ensino superior com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    Pode participar do programa o candidato que não tenha diploma de curso superior e tenha feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame. Outra condição é ter obtido nota na redação que não seja zero.

    É preciso ainda que atenda a pelo menos uma das condições: ter cursado ensino médio completo em escola pública; ter cursado ensino médio na rede privada com bolsa integral; ter cursado ensino médio parcialmente da rede pública e privada, nesse caso como bolsista integral; ser pessoa com deficiência; ser professor da rede pública no efetivo exercício do magistério da educação básica.

    Poderá concorrer a uma bolsa integral quem tem renda familiar bruta mensal per capita de até um salário mínimo e meio. Pode se inscrever para as bolsas parciais quem tem a renda familiar bruta mensal per capita de até três salários mínimos. Agência Brasil.

    BRUMADO E PORTO SÃO PRÉ-SELECIONADOS PELO MEC PARA FACULDADES DE MEDICINA

    Porto Seguro poderá contar com uma faculdade de Medicina

    Brumado, Irecê, Porto Seguro e Valença estão entre os 29 municípios brasileiros pré-selecionados pelo Ministério da Educação para autorização de criação de cursos de Medicina por instituições privadas de educação superior. O edital de chamamento público foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesse final de semana. A instituição selecionada poderá oferecer 50 vagas.

    O próximo passo é a adesão do município convocado. Cada município que aderir se compromete a oferecer a estrutura de equipamentos públicos, cenários de atenção à rede e programas de saúde necessários para a autorização da criação dos cursos. Até março do ano que vem, uma comitiva da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), do MEC, vai visitar e conferir de perto as estruturas.

    Brumado é pré-selecionado para faculdade de Medicina|| Foto Brumado Urgente

    Para aderir ao processo, o município pré-selecionado deverá acessar o Sistema de Monitoramento, Execução e Controle do MEC (Simec), preencher o requerimento e enviar os documentos. A última etapa é a habilitação das mantenedoras de instituições de educação superior.

    Os municípios que não obtiverem resultados satisfatórios durante as visitas da comissão serão excluídos do processo. A divulgação do resultado será feita pela página da Seres no portal do MEC e a homologação do resultado será publicada no Diário Oficial da União, com a lista final dos municípios contemplados.

    PRAZO DE RENOVAÇÃO DO FIES É PRORROGADO

    Os estudantes poderão renovar os contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 30 de novembro. Originalmente, o prazo terminava hoje (20) e foi estendido por mais 10 dias. De acordo com o Ministério da Educação, esta é a última prorrogação do prazo e chance dos interessados em continuar com o financiamento.

    A portaria com a prorrogação do prazo será publicada amanhã (21) no Diário Oficial da União (DOU).

    Até o dia 30 de novembro, os estudantes poderão fazer a transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitar mais prazo para uso do financiamento.

    O MEC alerta que os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. Inicialmente, o pedido de renovação é feito pelas faculdades e, depois, os estudantes devem validar as informações no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

    “Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir do momento em que o estudante faz a validação no sistema. Já no aditamento não simplificado – quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador –, o estudante precisa levar toda a documentação comprobatória ao agente financeiro”, informa o ministério.

    Conforme levantamento do MEC, do total de 1,28 milhão de contratos previstos para o segundo semestre deste ano, 1.067.568 alunos já haviam feito o aditamento até a última sexta-feira, o equivalente a 83%.(AB)

    “ATIVIDADES [DA UFSB] PERMANECEM NORMALMENTE”, DIZ REITORA EM EXERCÍCIO

    Vice-reitora assume comando da UFSB com saída de Naomar

    Joana assume UFSB após a saída de Naomar

    Reitora em exercício da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), a professora Joana Guimarães emitiu comunicado oficial no qual informa que “as atividades permanecem normalmente na instituição” após a saída do reitor Naomar Almeida do cargo.

    A exoneração, a pedido, foi tornada pública na última sexta (29), como noticiou o PIMENTA. Naomar já havia encaminhado carta de exoneração ao ministro da Educação, Mendonça Filho, dias antes da reunião do Conselho Universitário (Consuni) da UFSB.

    Durante reunião do Consuni, na última sexta (29), Naomar citou planejamento para que a UFSB não sofresse descontinuidade com troca no comando da instituição. Ele também tornou pública uma carta na qual enumera as razões para deixar o cargo (confira em post abaixo).

    Abaixo, confira o comunicado da reitora em exercício.

    À comunidade da UFSB

    Na última reunião extraordinária do Conselho Universitário – CONSUNI, ocorrida em 29 de setembro de 2017, fomos informados sobre o pedido de exoneração do Reitor da nossa universidade. Diante desse fato, na condição de vice-reitora no exercício do cargo de reitora, comunico a todos e todas que as atividades permanecem normalmente na instituição. Todas as decisões tomadas pelo Conselho Universitário serão devidamente encaminhadas e aquelas que ainda não foram deliberadas serão objeto de discussão nas próximas reuniões. Entre as ações urgentes destacam-se;

    1) Encaminhamento do processo de colação de grau dos formandos 2017.2

    2) Encaminhamento do processo de migração para o segundo ciclo

    3) Encaminhamento do cronograma de escolha de dirigentes cuja resolução foi aprovada no último dia 18 de setembro, processo esse iniciado em 2016.

    É importante salientar que todos os esses encaminhamentos tem como base o princípio da legalidade e legitimidade, o primeiro seguindo o que tem sido feito até aqui, onde o CONSUNI, como instância deliberativa máxima da instituição, tem legislado sobre todas as questões acadêmicas e administrativas, através de resoluções que tem regulado uma série de ações da instituição a exemplo da criação de cursos de primeiro, segundo e terceiro ciclo, estabelecimento de Políticas de Ações Afirmativas, Políticas de Sustentabilidade, só para citar algumas. O segundo a partir da constituição de um Conselho onde a ampla maioria dos seus membros foram eleitos por seus pares, seguindo a legislação vigente, passando pelo crivo da comunidade. Continuaremos a trabalhar com a inclusão através da ampliação e aprimoramento dos Colégios Universitários, da política de cotas, que deve ser ampliada e aprimorada. Por fim continuamos a seguir o caminho da universidade inclusiva e inovadora sem mudanças significativas que não passem por uma ampla discussão com a comunidade.

    Itabuna, 02 de Outubro de 2017

    Joana Angélica Guimarães da Luz 
    Vice-Reitora no exercício do cargo de Reitora

    OCDE: MAIS DA METADE DOS ADULTOS BRASILEIROS NÃO CHEGA AO ENSINO MÉDIO

    educação brasileira2Apesar de ter registrado avanços nos últimos anos, a educação no Brasil ainda apresenta resultados insatisfatórios. É o que mostra o relatório Education at a Glance 2017 (Um olhar sobre a educação, em tradução livre), publicado hoje (12) pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

    O documento traz amplo panorama sobre a educação em mais de 45 países. – os 35 da OCDE e vários parceiros (Argentina, Brasil, China, Colômbia, Costa Rica, Índia, Indonésia, Lituânia, Federação Russa, Arábia Saudita e África do Sul). O Brasil, inclusive, já pleiteou sua adesão formal à OCDE (veja abaixo).

    No cenário da educação brasileira, alguns dados chamam a atenção. Em 2015, mais da metade dos adultos, com idade entre 25 e 64 anos, não tinham acesso ao ensino médio e 17% da população sequer tinham concluído o ensino básico. Os números estão muito abaixo da média dos países da OCDE, que têm 22% de adultos que não chegaram ao ensino médio e 2% que não concluíram o básico.

    O relatório, no entanto, mostra um avanço. Entre os adultos de 25 e 34 anos, o percentual de alunos que completou o ensino médio subiu de 53% em 2010 para 64% em 2015.

    Considerando que o ensino médio brasileiro tem duração de 3 anos e deveria ser cumprido entre os 15 e os 17 anos de idade, o Brasil também apresenta taxas muito abaixo da média dos outros países analisados no relatório. Apenas 53% dos alunos de 15 anos estão matriculados no ensino médio. Entre os alunos de 16 anos, 67% estão matriculados no ensino médio e, entre os de 17 anos, 55%. Na média dos países da OCDE, pelo menos 90% dos alunos entre 15 e 17 estão no ensino médio.

    Dos adolescentes brasileiros que têm acesso ao ensino médio, só a metade conclui os estudos em três anos. Se considerados cinco anos de estudo, com duas reprovações, a taxa sobre para 57%, mas permanece abaixo dos 75% de estudantes que concluem o ensino médio nos países que têm dados disponíveis.

    No Brasil, entre os jovens de 18 anos, menos da metade cursa o ensino médio ou superior. A taxa para os países da OCDE é de 75% de alunos de 18 anos, na mesma situação.

    Apesar de o Brasil já ter conseguido colocar praticamente todas as crianças de 5 e 6 anos na escola, a participação de crianças menores ainda está abaixo do esperado, segundo o relatório. Apenas 37% das crianças de 2 anos e 60% das de 3 anos estão na educação pré-escolar, dados inferiores aos das médias da OCDE que estão em 39% e 78%, respectivamente.

    No Brasil, a Emenda Constitucional 59, de 2009, deu prazo para que até 2016 fosse garantida a matrícula escolar a todos os brasileiros com idade entre 4 e 17 anos. De acordo com a pesquisa, em 2015, 79% das crianças de 4 anos estavam na escola, menos do que 87% da média da OCDE, e abaixo de países como o Chile (86%), México (89%), a Argentina (81%) e Colômbia (81%).

    ENSINO SUPERIOR

    Apenas 15% dos estudantes brasileiros entre 25 e 34 anos estão no ensino superior, face a 37% na OCDE, 21% na Argentina e a 22% no Chile e na Colômbia. No entanto, se comparado aos países dos Brics (bloco formado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul), o Brasil está melhor – a China tem 10%, a Índia, 11%, e a África do Sul, 12%.

    No Brasil, 37% das graduações em 2015 eram feitas nas áreas de negócios, administração e direito, índice semelhante ao da maioria dos outros países pesquisados. Em seguida, a preferência dos brasileiros era por pedagogia, com 20% das matrículas – uma das taxas mais altas entre os todos os países. Apenas a Costa Rica e Indonésia têm taxas mais altas de opção por pedagogia (22% e 28%, respectivamente). :: LEIA MAIS »

    CIDADE UNIVERSITÁRIA, ITABUNA GANHA POLO DA UNINASSAU

    Prédio da Uninassau em Recife

    Prédio da Uninassau em Recife

    A Uninassau lançará mais um Polo de Ensino a Distância (EAD). Desta vez, o local escolhido foi Itabuna, na Bahia. A unidade oferece 16 cursos na modalidade e as inscrições para o vestibular podem ser feitas no site http://vestibular.uninassau.edu.br.

    A unidade possui cursos com mensalidades a partir de R$167,20 e matrículas a R$49,90. Os estudantes que escolherem cursar uma graduação a distância terão à disposição cursos nas áreas de humanas, negócios e exatas.

    As opções de curso são Administração, Ciências Aeronáuticas, Ciências Contábeis, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão Hospitalar, Gestão de Qualidade, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Gestão Pública, Logística, Marketing, Processos Gerenciais, Letras, Letras – Espanhol, Letras – Inglês e Pedagogia.

    O coordenador da unidade, José Campos Vieira, destaca a importância da chegada da marca ao local. “Itabuna é um dos principais polos educacionais do interior da Bahia. A instalação da Uninassau é por entender a força que a nossa cidade representa neste segmento e é capaz de oferecer o serviço de educação de qualidade com diferencial”, diz. O Polo EAD Itabuna está localizado na Avenida Amélia Amado, 792, Centro.

    UESC FIGURA ENTRE AS MELHORES UNIVERSIDADES DO PAÍS EM RANKING DO MEC

    Uesc obtém conceito 4 e está entre as melhores do país (Foto Robson Duarte).

    Uesc obtém conceito 4 e está entre as melhores do país (Foto Robson Duarte).

    A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) está entre as melhores instituições de ensino superior do país, de acordo com ranking divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). A universidade sul-baiana atinge conceito 4 (IGC), numa escala que vai de 1 a 5.

    Ficando atrás apenas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que é 28ª colocada, a Uesc é a segunda do ranking no estado e figura entre as 64 melhores do país. A instituição sul-baiana teve 25 cursos avaliados e obteve IGC contínuo 3,1548 ante 3,5603 da UFBA. A melhor colocada no país, Unicamp, alcançou IGC contínuo 4,3714 e conceito 5.

    A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) é a 71ª.  A Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) é a 73ª. A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) é a 80ª. Apenas 89 universidades e institutos federais obtiveram os conceitos máximos (4 e 5).

    Além de estrutura dos cursos e nível dos docentes, as notas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) também é considerado para elaboração do ranking. Confira os resultados no ranking abaixo, que considera apenas Universidades e institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Os dados se referem ao ano de 2015. Clique no “leia mais” e confira tabela completa. :: LEIA MAIS »

    SISU OFERECE 3,9 MIL VAGAS NA BAHIA

    UFBA oferece mais de 1,4 mil vagas pelo Sisu neste semestre.

    UFBA oferece mais de 1,4 mil vagas pelo Sisu neste semestre.

    O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre de 2017 oferecerá mais de 3,9 mil vagas em cursos de níveis técnico e superior na Bahia. As inscrições começam nesta segunda (29) somente pelo site. O prazo encerra-se no dia 1º.

    Para este novo período, o estudante pode disputar vagas no IF Baiano, IFBA, UFBA, Uneb e Uesb. O maior número de vagas é oferecido pela Universidade Estadual da Bahia (1.581), seguido da Universidade Federal da Bahia (1.493). Na sequência, aparecem Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (391 vagas), IFBA (317) e IF Baiano (140).

    MAIS DE 51,9 MIL VAGAS NO PAÍS

    O interessado poderá se inscrever em dois cursos e alterar as opções até o último dia. De acordo com o Ministério da Educação, o Sisu deste segundo semestre oferecerá 51.913 vagas em 1.462 cursos em 63 instituições públicas de ensino (universidades e institutos estaduais e federais).

    As notas para este Sisu são as do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016. O resultado está previsto para 5 de junho. Pimenta com Agência Brasil.

     






    WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia