skip to Main Content
16 de fevereiro de 2020 | 07:01 pm

INSCRIÇÕES NO PROUNI COMEÇAM NESTA TERÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) do primeiro semestre de 2018 estarão abertas do dia 6 a 9 de fevereiro. A inscrição é feita exclusivamente pela internet, no site do ProUni.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 14 de fevereiro e o da segunda no dia 2 de março. O ProUni seleciona estudantes para receber bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de ensino superior com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Pode participar do programa o candidato que não tenha diploma de curso superior e tenha feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame. Outra condição é ter obtido nota na redação que não seja zero.

É preciso ainda que atenda a pelo menos uma das condições: ter cursado ensino médio completo em escola pública; ter cursado ensino médio na rede privada com bolsa integral; ter cursado ensino médio parcialmente da rede pública e privada, nesse caso como bolsista integral; ser pessoa com deficiência; ser professor da rede pública no efetivo exercício do magistério da educação básica.

Poderá concorrer a uma bolsa integral quem tem renda familiar bruta mensal per capita de até um salário mínimo e meio. Pode se inscrever para as bolsas parciais quem tem a renda familiar bruta mensal per capita de até três salários mínimos. Agência Brasil.

BRUMADO E PORTO SÃO PRÉ-SELECIONADOS PELO MEC PARA FACULDADES DE MEDICINA

Tempo de leitura: 2 minutos

Porto Seguro poderá contar com uma faculdade de Medicina

Brumado, Irecê, Porto Seguro e Valença estão entre os 29 municípios brasileiros pré-selecionados pelo Ministério da Educação para autorização de criação de cursos de Medicina por instituições privadas de educação superior. O edital de chamamento público foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesse final de semana. A instituição selecionada poderá oferecer 50 vagas.

O próximo passo é a adesão do município convocado. Cada município que aderir se compromete a oferecer a estrutura de equipamentos públicos, cenários de atenção à rede e programas de saúde necessários para a autorização da criação dos cursos. Até março do ano que vem, uma comitiva da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), do MEC, vai visitar e conferir de perto as estruturas.

Brumado é pré-selecionado para faculdade de Medicina|| Foto Brumado Urgente

Para aderir ao processo, o município pré-selecionado deverá acessar o Sistema de Monitoramento, Execução e Controle do MEC (Simec), preencher o requerimento e enviar os documentos. A última etapa é a habilitação das mantenedoras de instituições de educação superior.

Os municípios que não obtiverem resultados satisfatórios durante as visitas da comissão serão excluídos do processo. A divulgação do resultado será feita pela página da Seres no portal do MEC e a homologação do resultado será publicada no Diário Oficial da União, com a lista final dos municípios contemplados.

PRAZO DE RENOVAÇÃO DO FIES É PRORROGADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os estudantes poderão renovar os contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 30 de novembro. Originalmente, o prazo terminava hoje (20) e foi estendido por mais 10 dias. De acordo com o Ministério da Educação, esta é a última prorrogação do prazo e chance dos interessados em continuar com o financiamento.

A portaria com a prorrogação do prazo será publicada amanhã (21) no Diário Oficial da União (DOU).

Até o dia 30 de novembro, os estudantes poderão fazer a transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitar mais prazo para uso do financiamento.

O MEC alerta que os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. Inicialmente, o pedido de renovação é feito pelas faculdades e, depois, os estudantes devem validar as informações no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

“Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir do momento em que o estudante faz a validação no sistema. Já no aditamento não simplificado – quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador –, o estudante precisa levar toda a documentação comprobatória ao agente financeiro”, informa o ministério.

Conforme levantamento do MEC, do total de 1,28 milhão de contratos previstos para o segundo semestre deste ano, 1.067.568 alunos já haviam feito o aditamento até a última sexta-feira, o equivalente a 83%.(AB)

“ATIVIDADES [DA UFSB] PERMANECEM NORMALMENTE”, DIZ REITORA EM EXERCÍCIO

Tempo de leitura: 2 minutos
Vice-reitora assume comando da UFSB com saída de Naomar

Joana assume UFSB após a saída de Naomar

Reitora em exercício da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), a professora Joana Guimarães emitiu comunicado oficial no qual informa que “as atividades permanecem normalmente na instituição” após a saída do reitor Naomar Almeida do cargo.

A exoneração, a pedido, foi tornada pública na última sexta (29), como noticiou o PIMENTA. Naomar já havia encaminhado carta de exoneração ao ministro da Educação, Mendonça Filho, dias antes da reunião do Conselho Universitário (Consuni) da UFSB.

Durante reunião do Consuni, na última sexta (29), Naomar citou planejamento para que a UFSB não sofresse descontinuidade com troca no comando da instituição. Ele também tornou pública uma carta na qual enumera as razões para deixar o cargo (confira em post abaixo).

Abaixo, confira o comunicado da reitora em exercício.

À comunidade da UFSB

Na última reunião extraordinária do Conselho Universitário – CONSUNI, ocorrida em 29 de setembro de 2017, fomos informados sobre o pedido de exoneração do Reitor da nossa universidade. Diante desse fato, na condição de vice-reitora no exercício do cargo de reitora, comunico a todos e todas que as atividades permanecem normalmente na instituição. Todas as decisões tomadas pelo Conselho Universitário serão devidamente encaminhadas e aquelas que ainda não foram deliberadas serão objeto de discussão nas próximas reuniões. Entre as ações urgentes destacam-se;

1) Encaminhamento do processo de colação de grau dos formandos 2017.2

2) Encaminhamento do processo de migração para o segundo ciclo

3) Encaminhamento do cronograma de escolha de dirigentes cuja resolução foi aprovada no último dia 18 de setembro, processo esse iniciado em 2016.

É importante salientar que todos os esses encaminhamentos tem como base o princípio da legalidade e legitimidade, o primeiro seguindo o que tem sido feito até aqui, onde o CONSUNI, como instância deliberativa máxima da instituição, tem legislado sobre todas as questões acadêmicas e administrativas, através de resoluções que tem regulado uma série de ações da instituição a exemplo da criação de cursos de primeiro, segundo e terceiro ciclo, estabelecimento de Políticas de Ações Afirmativas, Políticas de Sustentabilidade, só para citar algumas. O segundo a partir da constituição de um Conselho onde a ampla maioria dos seus membros foram eleitos por seus pares, seguindo a legislação vigente, passando pelo crivo da comunidade. Continuaremos a trabalhar com a inclusão através da ampliação e aprimoramento dos Colégios Universitários, da política de cotas, que deve ser ampliada e aprimorada. Por fim continuamos a seguir o caminho da universidade inclusiva e inovadora sem mudanças significativas que não passem por uma ampla discussão com a comunidade.

Itabuna, 02 de Outubro de 2017

Joana Angélica Guimarães da Luz 
Vice-Reitora no exercício do cargo de Reitora

OCDE: MAIS DA METADE DOS ADULTOS BRASILEIROS NÃO CHEGA AO ENSINO MÉDIO

Tempo de leitura: 5 minutos

educação brasileira2Apesar de ter registrado avanços nos últimos anos, a educação no Brasil ainda apresenta resultados insatisfatórios. É o que mostra o relatório Education at a Glance 2017 (Um olhar sobre a educação, em tradução livre), publicado hoje (12) pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O documento traz amplo panorama sobre a educação em mais de 45 países. – os 35 da OCDE e vários parceiros (Argentina, Brasil, China, Colômbia, Costa Rica, Índia, Indonésia, Lituânia, Federação Russa, Arábia Saudita e África do Sul). O Brasil, inclusive, já pleiteou sua adesão formal à OCDE (veja abaixo).

No cenário da educação brasileira, alguns dados chamam a atenção. Em 2015, mais da metade dos adultos, com idade entre 25 e 64 anos, não tinham acesso ao ensino médio e 17% da população sequer tinham concluído o ensino básico. Os números estão muito abaixo da média dos países da OCDE, que têm 22% de adultos que não chegaram ao ensino médio e 2% que não concluíram o básico.

O relatório, no entanto, mostra um avanço. Entre os adultos de 25 e 34 anos, o percentual de alunos que completou o ensino médio subiu de 53% em 2010 para 64% em 2015.

Considerando que o ensino médio brasileiro tem duração de 3 anos e deveria ser cumprido entre os 15 e os 17 anos de idade, o Brasil também apresenta taxas muito abaixo da média dos outros países analisados no relatório. Apenas 53% dos alunos de 15 anos estão matriculados no ensino médio. Entre os alunos de 16 anos, 67% estão matriculados no ensino médio e, entre os de 17 anos, 55%. Na média dos países da OCDE, pelo menos 90% dos alunos entre 15 e 17 estão no ensino médio.

Dos adolescentes brasileiros que têm acesso ao ensino médio, só a metade conclui os estudos em três anos. Se considerados cinco anos de estudo, com duas reprovações, a taxa sobre para 57%, mas permanece abaixo dos 75% de estudantes que concluem o ensino médio nos países que têm dados disponíveis.

No Brasil, entre os jovens de 18 anos, menos da metade cursa o ensino médio ou superior. A taxa para os países da OCDE é de 75% de alunos de 18 anos, na mesma situação.

Apesar de o Brasil já ter conseguido colocar praticamente todas as crianças de 5 e 6 anos na escola, a participação de crianças menores ainda está abaixo do esperado, segundo o relatório. Apenas 37% das crianças de 2 anos e 60% das de 3 anos estão na educação pré-escolar, dados inferiores aos das médias da OCDE que estão em 39% e 78%, respectivamente.

No Brasil, a Emenda Constitucional 59, de 2009, deu prazo para que até 2016 fosse garantida a matrícula escolar a todos os brasileiros com idade entre 4 e 17 anos. De acordo com a pesquisa, em 2015, 79% das crianças de 4 anos estavam na escola, menos do que 87% da média da OCDE, e abaixo de países como o Chile (86%), México (89%), a Argentina (81%) e Colômbia (81%).

ENSINO SUPERIOR

Apenas 15% dos estudantes brasileiros entre 25 e 34 anos estão no ensino superior, face a 37% na OCDE, 21% na Argentina e a 22% no Chile e na Colômbia. No entanto, se comparado aos países dos Brics (bloco formado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul), o Brasil está melhor – a China tem 10%, a Índia, 11%, e a África do Sul, 12%.

No Brasil, 37% das graduações em 2015 eram feitas nas áreas de negócios, administração e direito, índice semelhante ao da maioria dos outros países pesquisados. Em seguida, a preferência dos brasileiros era por pedagogia, com 20% das matrículas – uma das taxas mais altas entre os todos os países. Apenas a Costa Rica e Indonésia têm taxas mais altas de opção por pedagogia (22% e 28%, respectivamente).

Leia Mais

CIDADE UNIVERSITÁRIA, ITABUNA GANHA POLO DA UNINASSAU

Tempo de leitura: < 1 minuto
Prédio da Uninassau em Recife

Prédio da Uninassau em Recife

A Uninassau lançará mais um Polo de Ensino a Distância (EAD). Desta vez, o local escolhido foi Itabuna, na Bahia. A unidade oferece 16 cursos na modalidade e as inscrições para o vestibular podem ser feitas no site http://vestibular.uninassau.edu.br.

A unidade possui cursos com mensalidades a partir de R$167,20 e matrículas a R$49,90. Os estudantes que escolherem cursar uma graduação a distância terão à disposição cursos nas áreas de humanas, negócios e exatas.

As opções de curso são Administração, Ciências Aeronáuticas, Ciências Contábeis, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão Hospitalar, Gestão de Qualidade, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Gestão Pública, Logística, Marketing, Processos Gerenciais, Letras, Letras – Espanhol, Letras – Inglês e Pedagogia.

O coordenador da unidade, José Campos Vieira, destaca a importância da chegada da marca ao local. “Itabuna é um dos principais polos educacionais do interior da Bahia. A instalação da Uninassau é por entender a força que a nossa cidade representa neste segmento e é capaz de oferecer o serviço de educação de qualidade com diferencial”, diz. O Polo EAD Itabuna está localizado na Avenida Amélia Amado, 792, Centro.

UESC FIGURA ENTRE AS MELHORES UNIVERSIDADES DO PAÍS EM RANKING DO MEC

Tempo de leitura: 7 minutos
Uesc obtém conceito 4 e está entre as melhores do país (Foto Robson Duarte).

Uesc obtém conceito 4 e está entre as melhores do país (Foto Robson Duarte).

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) está entre as melhores instituições de ensino superior do país, de acordo com ranking divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). A universidade sul-baiana atinge conceito 4 (IGC), numa escala que vai de 1 a 5.

Ficando atrás apenas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que é 28ª colocada, a Uesc é a segunda do ranking no estado e figura entre as 64 melhores do país. A instituição sul-baiana teve 25 cursos avaliados e obteve IGC contínuo 3,1548 ante 3,5603 da UFBA. A melhor colocada no país, Unicamp, alcançou IGC contínuo 4,3714 e conceito 5.

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) é a 71ª.  A Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) é a 73ª. A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) é a 80ª. Apenas 89 universidades e institutos federais obtiveram os conceitos máximos (4 e 5).

Além de estrutura dos cursos e nível dos docentes, as notas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) também é considerado para elaboração do ranking. Confira os resultados no ranking abaixo, que considera apenas Universidades e institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Os dados se referem ao ano de 2015. Clique no “leia mais” e confira tabela completa.

Leia Mais

SISU OFERECE 3,9 MIL VAGAS NA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
UFBA oferece mais de 1,4 mil vagas pelo Sisu neste semestre.

UFBA oferece mais de 1,4 mil vagas pelo Sisu neste semestre.

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre de 2017 oferecerá mais de 3,9 mil vagas em cursos de níveis técnico e superior na Bahia. As inscrições começam nesta segunda (29) somente pelo site. O prazo encerra-se no dia 1º.

Para este novo período, o estudante pode disputar vagas no IF Baiano, IFBA, UFBA, Uneb e Uesb. O maior número de vagas é oferecido pela Universidade Estadual da Bahia (1.581), seguido da Universidade Federal da Bahia (1.493). Na sequência, aparecem Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (391 vagas), IFBA (317) e IF Baiano (140).

MAIS DE 51,9 MIL VAGAS NO PAÍS

O interessado poderá se inscrever em dois cursos e alterar as opções até o último dia. De acordo com o Ministério da Educação, o Sisu deste segundo semestre oferecerá 51.913 vagas em 1.462 cursos em 63 instituições públicas de ensino (universidades e institutos estaduais e federais).

As notas para este Sisu são as do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016. O resultado está previsto para 5 de junho. Pimenta com Agência Brasil.

 

UFSB ABRE 280 VAGAS PARA LICENCIATURAS; ESTUDANTE DEVE TER FEITO ENEM

Tempo de leitura: 2 minutos
UFSB oferece 280 vagas para Licenciaturas (Foto Gabriel Oliveira).

UFSB oferece 280 vagas para Licenciaturas (Foto Gabriel Oliveira).

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) abriu processo seletivo para preencher 280 vagas em Licenciaturas Interdisciplinares (área básica de ingresso). O alunos deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 ou 2016 para concorrer às vagas em colégios universitários (CUNI) da instituição.

Metade das vagas será para o campus Jorge Amado, em Itabuna. As aulas serão ministradas nos colégios universitários de Itabuna, Ilhéus, Ibicaraí e Coaraci (35 vagas por localidade).

Os campi de Porto Seguro e Teixeira de Freitas terão 70 unidades cada um (veja edital).

As inscrições começam nesta quinta (18) e o prazo encerra-se no dia 23 de maio. De acordo com o edital, a seleção será dividida em duas modalidades de concorrência – vagas reservadas a estudantes oriundos de escolas públicas e as de ampla concorrência.

A inscrição deverá ser feita pelo site http://selecao.ufsb.edu.br/abi/.

Quem for aprovado na seleção, terá de comprovar a conclusão do Ensino Médio no momento da matrícula na UFSB, programada para o período de 7 a 9 de junho, das 14h às 21h.

Leia Mais

INSCRIÇÕES NO ENEM 2017 COMEÇAM NESTA 2ª

Tempo de leitura: < 1 minuto

enem 2015Começam amanhã (8) as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017. Os candidatos poderão acessar o sistema a partir das 10h. O prazo para se inscrever termina às 23h59min do dia 19 de maio, pelo site do Enem. A prova será realizada em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro.

A taxa de inscrição para o Enem 2017 é R$ 82, que deve ser paga até o dia 24 de maio. Pelas regras do edital, estão isentos de pagamento os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza.

Os resultados das provas poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil.

Back To Top