skip to Main Content
16 de fevereiro de 2020 | 07:16 pm

INSTITUTOS E UNIVERSIDADES CONVOCAM CANDIDATOS DA LISTA DE ESPERA DO SISU

Tempo de leitura: < 1 minuto

As instituições de ensino convocam, a partir de hoje (16), os candidatos da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Estudantes que confirmaram interesse em participar da lista devem acompanhar as informações junto às instituições, já que elas são as responsáveis pela convocação nessa fase.

A lista de espera é válida para os candidatos não selecionados em nenhuma das opções na chamada regular e aqueles selecionados na segunda opção, independentemente de terem efetuado a matrícula. A participação na lista de espera estava restrita à primeira opção de vaga do candidato.

Ao todo, o Sisu ofertou 238.397 vagas em 131 instituições públicas, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde que não tenham tirado nota zero na redação. Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016.

PROUNI OFERECE 476 BOLSAS EM FACULDADES DE ILHÉUS E ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
Inscrições no Prouni vão até dia 3 (Foto Pimenta).

Inscrições no Prouni vão até a próxima sexta-feira (Foto Pimenta).

Estudantes que fizeram o último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e desejam disputar bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni) terão 43 opções de cursos superiores em faculdades de Itabuna e outras 25 opções em Ilhéus. No total, são 476 bolsas integrais e parciais, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). As inscrições para concorrer às vagas começaram hoje (31) e terminam no próximo dia 3.

As faculdades em Itabuna oferecem 327 bolsas integrais e 6 bolsas parciais pelo programa. Dentre as instituições com vagas pelo Prouni, estão a FTC e a Unime. Dentre os novos cursos oferecidos em Itabuna pelo Prouni, está Medicina Veterinária, na FTC, com 2 bolsas, ambas integrais.

Já em Ilhéus, as instituições particulares de ensino superior disponibilizam 69 bolsas integrais e 74 parciais, conforme levantamento feito pelo PIMENTA. As opções são para aulas presenciais e a distância.

Administração e Direito são os cursos que oferecem mais bolsas pelo Prouni em Itabuna, com 31 e 30 vagas, respectivamente. Outras opções bastante concorridas e com bom número de bolsas são os cursos de Enfermagem (23), Engenharia Civil (22) e Psicologia (14).

As maiores ofertas de bolsas em faculdades de Ilhéus são para Enfermagem (15), Direito (14) e Administração (13). Dos cursos mais caros, Odontologia (Faculdade de Ilhéus) tem oferta de 4 bolsas, todas integrais. A mensalidade deste curso custa R$ 1.891,00, segundo informado pela instituição ao MEC.

CRITÉRIOS DO PROUNI

 

Para participar do Prouni, o estudante precisa ter obtido 450 pontos, na média, no Enem, e não ter zerado a prova de redação.

O candidato precisa, ainda, ter estudado o Ensino Médio em escola pública ou ter sido bolsista integral na rede particular. Pessoas com deficiência podem disputar bolsa, independente da escola em que tenha estudado.

Professores da rede pública e que estejam no exercício da profissão também podem concorrer, sem precisar comprovar renda.

RENDA

A renda bruta familiar mensal não pode ser superior a um salário mínimo e meio para bolsas integrais. Para disputar bolsa parcial, a renda não deve superar três salários mínimos.

SISU TEM QUASE 800 MIL INSCRIÇÕES EM POUCAS HORAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Uesc é uma das instituições que oferecem vagas pelo Sisu (Foto Robson Duarte).

Uesc é uma das instituições que oferecem vagas pelo Sisu (Foto Robson Duarte).

No primeiro dia de inscrições abertas, o Sistema de Seleção Unificada recebeu, até as 13 horas, 773.341 inscritos e 1.483.554 inscrições. Cada candidato pode escolher até duas opções de curso. Os candidatos poderão se inscrever até sexta-feira (27). Ao todo, são 238.397 vagas em 131 instituições públicas, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota 0 na redação do exame. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016. O resultado será divulgado no dia 30. O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro.

Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes. Da Agência Brasil.

IF BAIANO OFERECE 380 VAGAS DE NÍVEL SUPERIOR PELO SISU; 70 SÃO EM URUÇUCA

Tempo de leitura: < 1 minuto
IF Baiano em Uruçuca oferece 70 vagas neste semestre.

IF Baiano em Uruçuca oferece 70 vagas neste semestre.

O Instituto Federal Baiano (IF Baiano) oferecerá 380 vagas para cursos superiores pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) neste primeiro semestre. As inscrições poderão ser feitas de 24 a 27 de janeiro. Quem participou do Enem 2016 e não zerou a redação pode disputar vaga.

O estudante pode fazer opção por até dois cursos. As notas de corte vão sendo divulgadas durante o período de inscrição para que o candidato analise suas chances e, caso queira, alterar opções de curso.

As matrículas serão nos dias 3, 6 e 7 de fevereiro, conforme o cronograma do Sisu, para os selecionados na chamada regular, que será divulgada no dia 30 de janeiro. Os candidatos não contemplados na chamada regular, poderão participar da Lista de Espera, inscrevendo-se entre os dias 30 de janeiro e 10 de fevereiro.

VAGAS

São 380 vagas para o primeiro semestre de 2017, distribuídas em oito cursos no graus tecnológicos, bacharelados e licenciatura, nos campi Uruçuca, Guanambi, Catu e Senhor do Bonfim. Confira quadro de vagas em http://sisu.mec.gov.br/cursos?tipo=ies&valor=14509

NO SISU, UFSB AINDA É UFESBA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Sigla da UFSB ainda é desconhecida pelo sistema Sisu (Foto Gabriel Oliveira).

Sigla da UFSB ainda é desconhecida pelo sistema Sisu (Foto Gabriel Oliveira).

O Ministério da Educação abriu consulta às vagas disponíveis no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para quem fez o Enem 2016. Mas o estudante deve ficar atento, caso deseje disputar vaga na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Para localizá-las o candidato deverá digitar o nome completo da universidade ou, simplesmente, Ufesba. Outra opção é por município. A sigla designativa UFSB ainda não é reconhecida pelo sistema.

A propósito, a universidade está oferecendo total de 480 vagas para cursos de graduação pelo Sisu, sendo 160 para cada um dos campi da instituição – Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

As inscrições no sistema de seleção começam na terça (24). No eixo Ilhéus-Itabuna, também oferecem vagas a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Atualizado às 11h17min.

MEC AUTORIZA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA NA FMT

Tempo de leitura: < 1 minuto
Campus da Madre Thaís, na Avenida Itabuna, em Ilhéus (Foto Divulgação).

Campus da Madre Thaís, na Avenida Itabuna, em Ilhéus (Foto Divulgação).

O Ministério da Educação (MEC) autorizou o funcionamento do curso de Engenharia Elétrica na Faculdade Madre Thaís (FMT) em Ilhéus. A Portaria 768/2016 está publicada na edição do Diário Oficial da União da última sexta (2).

O diretor-geral da FMT, Eusínio Lavigne Gesteira, anunciou para janeiro o vestibular de formação da primeira turma do curso. A faculdade está autorizada a oferecer até 100 vagas.

Segundo Eusínio, a FMT atende a uma demanda regional por engenheiros eletricistas, pois o sul da Bahia, afirma, “chega a absorver mão de obra especializada de outros estados”.

MEC AUTORIZA CURSO DE ODONTOLOGIA NA FTC ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
FTC de Itabuna oferecerá curso de Odontologia em 2017 (Foto Divulgação).

FTC de Itabuna oferecerá curso de Odontologia em 2017 (Foto Divulgação).

O Ministério da Educação (MEC) autorizou a implantação do curso de Odontologia na FTC Itabuna. A Portaria 739 foi publicada no Diário Oficial da União do dia 25 passado e autoriza a abertura de 75 vagas.

Omena anuncia curso em Itabuna.

Omena anuncia curso em Itabuna.

As inscrições para o vestibular do curso em Itabuna estão abertas até o dia 9 de dezembro. O vestibular está programado para dia 11. “A implantação do curso de Odontologia é uma clara demonstração de que o plano de expansão da FTC Itabuna não se trata de um projeto estático, mas sim dinâmico”, diz Omena.

Novo diretor da FTC Itabuna, Luiz Alfredo Omena assegurou que o curso de Odontologia no sul da Bahia seguirá padrões acadêmicos e de qualidade das unidades da FTC em Salvador, Feira de Santana, Jequié e Vitória da Conquista. O curso de Odontologia da FTC Salvador foi implantado há 14 anos.

Segundo o diretor, o plano de expansão busca atender às demandas reprimidas em várias áreas de conhecimento. A FTC de Itabuna, após 15 anos de instalação, frisa Omena, já oferta 20 cursos de graduação, tecnólogos e de pós-graduação.

CRÉDITO PARA O FIES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bebeto: crédito para o FIES.

Bebeto: crédito para o FIES.

O deputado federal Bebeto Galvão (PSB) defendeu, nesta quinta (6) a liberação de crédito suplementar de R$ 1 bilhão, dos quais R$ 702 milhões para o FIES. Sem a suplementação, avalia o deputado, pode haver um “travamento da liberação de crédito para os estudantes”.

– Os estudantes já não suportam mais a pressão que têm sofrido, estudantes que podem perder seus anos letivos. Eu próprio estive presente num debate com jovens estudantes na Faculdade de Ilhéus, que clamaram para que esta Casa tivesse uma decisão a favor do Brasil – disse ele.

EMPRESAS DE ENSINO ACIONAM O TCU E COBRAM R$ 700 MILHÕES PARA O FIES

Tempo de leitura: < 1 minuto

FiesAs companhias de ensino superior privado acionaram o Tribunal de Contas da União (TCU) pedindo que uma liberação de crédito suplementar para o Fies possa ser feita via medida provisória. Conforme antecipou o Broadcast (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado), essa hipótese vinha sendo discutida no Ministério da Educação após reuniões com representantes de empresas, as quais estão há três meses sem receber pelas mensalidades de alunos do Fies.

Em ofício enviado ao TCU, o Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular considera que há urgência na liberação de cerca de R$ 700 milhões necessários para destravar o programa de financiamento estudantil. A ideia é tentar obter previamente uma autorização do TCU para conceder o crédito suplementar por meio de medida provisória. Com isso, o entendimento é de que o governo evitaria o risco de que a medida viesse a ser questionada no futuro.

Leia mais no Uol Educação

PROJETO DA UESC LEVA ALUNOS AOS JOGOS OLÍMPICOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Equipe da Uesc vai acompanhar Jogos e participar de arbitragem na Rio-16 (Foto Divulgação).

Equipe da Uesc vai acompanhar Jogos e participar de arbitragem na Rio-16 (Foto Divulgação).

Um projeto criado pelos professores Alberto Kruschewsky e Maria Morel, do Colegiado de Educação Física da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), levará alunos do curso à Olimpíada do Rio 2016.

O Vivenciando Olimpíada e Paralimpíada  prevê como ação, neste ano, um ônibus disponível para que os alunos possam vivenciar a Olimpíada no Brasil. Os alunos sairão da Uesc para o Rio de Janeiro no próximo dia 12, ficando na capital fluminense até o dia 22. Os alunos não terão despesas com o transporte, ficando responsáveis pela sua hospedagem e mobilidade no Rio.

Segundo Alberto, a ideia nasceu em 2007, quando era estudante do curso e foi aos Jogos Panamericanos do Rio. “Quando retornei, entendi o quanto os momentos vividos influiriam e influenciariam minha atividade profissional. Desde então, estive praticamente em todos os grandes eventos esportivos, Londres 2012, Toronto 2015, sempre constatando a riqueza que é poder presenciar esses eventos”, disse Alberto.

A ideia para os Jogos Olímpicos 2016 foi fortalecida em conversa com colegas do curso, inclusive a professora Marcia Morel, ex-atleta de alto nível. “Além disso, temos contado com o apoio da Reitoria, Colegiado de Educação Física, Departamento de Ciências da Saúde, Proad, Setor de Transportes e diversas outras áreas que se sensibilizaram com o Projeto”. A professora Morel salientou que também estão previstas ações voltadas para a área de organização e gestão de eventos esportivos.

A seleção dos alunos incluiu a presença de acadêmicos que já se certificaram como árbitros de modalidades esportivas, como acontece com o triathlon, e aqueles que participam voluntariamente de outros eventos esportivos. Segundo o professor, a Uesc tem atuado desde 2012 junto à Confederação Brasileira de Triathlon, abrindo certificações para os alunos do curso, no intuito de proporcionar uma formação ampliada, conectada com a prática esportiva. Outras áreas, como Letras, abriram curso de inglês, que reforçou a presença de egressos da universidade na arbitragem do triathlon olímpico, nos dias 18 e 20/08, e 10 e 11/09.

Back To Top