WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






secom bahia








maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: ‘Ensino superior’

PROUNI: ADESÃO À LISTA DE ESPERA TERMINA HOJE

Termina hoje (29) o prazo para adesão à lista de espera dos candidatos que ficaram de fora das duas convocações do Programa Universidade para Todos (ProUni). A adesão online está aberta no site do ProUni.

A lista estará disponível para consulta pelas instituições de educação superior integrantes do programa em 1º de agosto. No dia seguinte, será feita a primeira convocação dos estudantes pelas instituições. O candidato selecionado terá até o dia 7 para comprovar a documentação e fazer a matrícula. Em 12 de agosto, será feita a segunda convocação. O prazo para confirmação dos dados e matrícula vai até o dia 15.

O ProUni foi criado em 2005 e oferece bolsas de estudos integrais e parciais no ensino superior em instituições particulares a estudantes do ensino médio da rede pública. Também são atendidos bolsistas integrais da rede particular. Informações da Agência Brasil.

SOBRE A SIGLA DA NOVA UNIVERSIDADE

Naomar MonteiroNaomar de Almeida Filho

A Universidade Federal do Sul da Bahia terá signos modernos e ritos inovadores, representativos dos valores sociais e políticos da contemporaneidade e, para isso, deve superar pautas e normas estabelecidas.

A lei de criação da Universidade (Lei 12.808, de 5/6/2013), sancionada pela Presidenta Dilma Roussef, incluiu a sigla UFESBA como designativo oficial. Originalmente, esta sigla teria sido usada no projeto de criação da Universidade Federal do Extremo Sul da Bahia, com sede em Porto Seguro, de autoria do Deputado Jânio Natal, com base em proposta anterior do Deputado Zezéu Ribeiro.

Todos os projetos indicativos de universidades federais no Extremo Sul foram arquivados com a aprovação do PL 2.207/11 no Congresso Nacional, conforme Parecer do Relator na CCJ, Deputado Geraldo Simões, pois constitucionalmente a criação de órgão federal é prerrogativa do Executivo e não pode ser objeto de Projeto de Lei proposto por parlamentares.

Entretanto, no corta-e-cola da elaboração do projeto de Executivo pelo MEC, a sigla UFESBA foi inadvertidamente mantida, mesmo depois da definição da sede da Universidade no município de Itabuna que, incontestavelmente,não se encontra no território do Extremo Sul.

Em função dessa inadequação, a Comissão de Implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia propôs modificar a sigla designativa da instituição em todo o seu material de divulgação, mantendo-a exclusivamente nos documentos oficiais, onde couber no cumprimento da Lei. Além disso, em consulta a vários especialistas em construção de marcas, encontramos largo consenso em relação ao caráter disfônico da sigla. Duas alternativas (UFSBA e UFSB) foram inicialmente propostas e divulgadas no site provisório da nova instituição. Em resposta, leitores se queixaram da ausência da sigla oficial na enquete realizada e alguns comentários chamaram a atenção para mais uma sigla – UFSULBA, que teria sido usada nas primeiras audiências públicas sobre o tema.

Para auscultar a opinião majoritária da população da Região Sul sobre o tema, reforçando nosso compromisso com a transparência e a governança participativa, propusemos submeter a questão a uma Consulta Pública, mediante enquete eletrônica no nosso site institucional provisório: www.ufsba.ufba.br. Nesse site, cada sigla é submetida ao escrutínio,por ordem de data de proposição, conforme as seguintes justificativas:

a)    UFSULBA – Esta sigla foi proposta nos primeiros momentos de discussão para a implantação de uma universidade federal em Itabuna. Não se trata de acrônimo nem consta de projetos ou documentos oficiais.

b)    UFESBA – A sigla UFESBA foi proposta no projeto de criação da [U]niversidade [F]ederal do [E]xtremo [S]ul da [BA]hia, com sede em Porto Seguro, mas permaneceu no texto do PL 2.207/11 de criação da UniversidadeFederal do Sul da Bahia, mesmo depois da ampliação do seu território de abrangência para além do Extremo Sul.

c)    UFSBA – A sigla UFSBA remete foneticamente à UFBA (Universidade Federal da Bahia) instituição tutora da nova universidade e alma mater de todas as universidades baianas. Consta das primeiras minutas do Plano Orientador,elaborado pela Comissão de Implantação.

d)    UFSB: Esta sigla compreende um acrônimo composto por cada inicial donome [U]niversidade [F]ederal do [S]ul da [B]ahia. Esta é a sigla mais simples e intuitiva; gramaticalmente, trata-se de um acrônimo perfeito. Ademais, com essa designação, a UFSB terá equivalência semântica com suas co-irmãs UFOB (Universidade Federal do Oeste da Bahia) e UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia).

Sabemos da enorme importância dos signos institucionais (marca, sigla, brasão, rituais e graus acadêmicos) para a consolidação de instituições do conhecimento do porte de uma universidade pública. Porém, os símbolos de uma instituição nova, comprometida com a excelência acadêmica e socialmente engajada não devem expressar mera tradição suntuosa e conservadora. A Universidade Federal do Sul da Bahia terá signos modernos e ritos inovadores, representativos dos valores sociais e políticos da contemporaneidade e, para isso, deve superar pautas e normas estabelecidas.

Esperamos contar com a participação expressiva e engajada da comunidade sul-baiana nesse esforço coletivo de construção institucional, principalmente no plano simbólico. Os resultados do processo democrático e transparente da consulta em curso poderão gerar importantes subsídios para os planos de comunicação social da mais nova instituição baiana de educação superior pública, vinculada desde o nascimento ao desenvolvimento econômico, social e humano da Região Sul da Bahia.

Naomar de Almeida Filho é presidente da Comissão de Implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia, ex-reitor da UFBA e pesquisador I-A do CNPq.

INSCRIÇÕES NO SISU TERMINAM HOJE

Terminam hoje (14), às 23h59, as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que devem ser feitas pela internet, na página do Sisu. Podem se inscrever os estudantes que participaram da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012 e que não tenham zerado a redação. Por meio do sistema, o estudante concorre a vagas em cursos de graduação em universidades e institutos federais de ensino superior.

Até essa quinta-feira (13) o total de inscritos era 644.473. O número superou as inscrições do segundo semestre do ano passado: 642.878. Nesta edição, são ofertadas 39.724 vagas em 1.179 cursos de 54 instituições.

Na página do sistema de seleção estão disponíveis as etapas da inscrição para orientar os candidatos. Antes de começar é preciso ter em mãos o número de inscrição e a senha no Enem 2012. A primeira coisa a fazer é confirmar os dados pessoais – é por eles que o Sisu entrará em contato com o candidato. Informações da Agência Brasil.

ALUNOS DA UESC SOFREM COM ATRASOS DE ATÉ 3 MESES DO BOLSA-PERMANÊNCIA

Campus da UESCEstudantes que têm direito à Bolsa-Permanência na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) estão há dois meses sem receber o benefício. O programa de permanência atende a 900 alunos com bolsa no valor de R$ 270,00.

Desde março, apenas um mês foi pago. “O semestre letivo acaba dia 21 e até agora nada. A cada contato com os responsáveis pelo programa, há uma história diferente”, diz um dos alunos prejudicados.

O auxílio mensal é destinado a alunos de baixo poder aquisitivo e tem como objetivo evitar a evasão. “O valor já não dá nem para os gastos com a universidade”, complementa o aluno. E atrasando, então…

ENEM 2013 JÁ TEM 6,3 MILHÕES DE CANDIDATOS; PRAZO DE INSCRIÇÃO ACABA HOJE

Uesc (foto) e Ufesba vão utilizar notas do Enem em 2014.

Uesc (foto) e Ufesba vão utilizar notas do Enem em 2014.

Os estudantes que desejam participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano têm até as 23h59min de hoje para fazer inscrição, no site do Enem (confira aqui). São exigidos dados do CPF e da carteira de identidade do participante. A edição deste ano já é a que possui o maior número de candidatos (6.342.250).

A taxa de inscrição custa R$ 35,00 e deve ser paga até a próxima quarta, 29. Ficam isentos os concluintes do Ensino Médio em 2013 ou inscritos que possuam renda per capita de até um salário mínio e meio (veja edital).

As provas do exame deste ano serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro. As notas do Enem são usadas por instituições de ensino superior para acesso pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou Programa Universidade para Todos (Prouni). O Sisu é utilizado pelas instituições públicas, e o Prouni pelas faculdades privadas.

UESC E UFESBA UTILIZARÃO NOTAS DO ENEM

Os estudantes que desejam ingressar na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) ou na Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba) terão que fazer o Enem. Desde o ano passado, a Uesc já utiliza as notas do exame como forma de ingresso nos cursos de graduação.

A coordenação de implantação da Ufesba publicou nota oficial, no início deste mês, orientando a inscrição no Enem para aqueles que planejam estudar na universidade. O projeto de lei da Ufesba foi aprovada pelo Congresso Nacional no início deste mês e aguarda sanção da presidente Dilma Rousseff. A coordenação trabalha para que a aula inaugural ocorra já em 2014.

Após a sanção presidencial, começarão os trâmites para realização de concurso a fim de contratar professores e servidores administrativos para a Ufesba, num total de 1,2 mil funcionários. A universidade terá campi em Itabuna, onde funcionará a reitoria, Porto Seguro e Teixeira de Freitas. A área do campus de Itabuna ainda não foi definida.

PREFEITURA X FTC DE ITABUNA

Prédio está localizado na região central de Itabuna.

Prédio está localizado na região central de Itabuna.

A gestão do prefeito Claudevane Leite avalia a possibilidade de reaver o prédio hoje utilizado pela FTC de Itabuna, na Praça José Bastos, centro. A avaliação interna é de que o município poderia economizar dinheiro (e tempo) utilizando estrutura já existente e não precisaria alugar imóveis para a sede da reitoria da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), além do Instituto de Tecnologia ligado à universidade em processo de instalação.

A questão é séria. A briga foi parar na Justiça, e promete rounds . A prefeitura, por exemplo, cobra da faculdade pagamento pelo uso da estrutura de seis andares. Informalmente, representantes da faculdade alegam que o município rejeitou “dindin” já na atual gestão.

A rejeição, pelo apurado, teria a ver com o baixo valor proposto pela instituição. A faculdade também alega ter cedido terreno à prefeitura, na região da Bananeira. O imóvel atua em valores abaixo dos preços de mercado seria, então, uma espécie de compensação.

Vai render.

ENEM 2013: INSCRIÇÕES COMEÇAM HOJE

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam nesta segunda, 13, somente pela internet, e encerram-se em 27 de maio. O candidato poderá se inscrever somente pela internet, na página http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem. Neste ano, as provas serão aplicadas um pouquinho mais cedo, nos dias 26 e 27 de outubro.

O resultado do Enem é usado para acesso a várias instituições de ensino superior ou tecnológico, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (Prouni) e Ciências sem Fronteiras, além de meio para obter financiamento de estudo pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

INGRESSO NA UESC SÓ PARA QUEM FAZ ENEM

Quem deseja ingressar em curso de graduação da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), deve ficar atento, pois, a instituição aboliu o vestibular. O acesso agora se dá somente pelo Sisu, o que exige que o interessado faço o Enem.

A inscrição custará R$ 35,00. Mas o Ministério da Educação ampliou a faixa dos que ficam isentos da taxa: aqueles que concluírem o ensino médio em escolas públicas neste ano e quem tenha renda per capita de até 1,5 salário mínimo, mas, para isso, deverá comprovar a renda.

Segundo o Ministério da Educação, o Enem 2013 será mais rigoroso que a edição de 2012. Ao anunciar as mudanças no edital, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, fez um pedido: “Apelo para aqueles que se inscreverem para que realmente façam o Enem. Os custos levam em conta os inscritos e temos tido uma diferença importante”. No ano passado, foram 5,8 milhões de inscritos. Desses, 4,3 milhões fizeram a prova. Com informações da Agência Brasil.

SENADO INVERTE PAUTA E APROVA CRIAÇÃO DA UFESBA

Senadores baiano e o deputado Geraldo Simões na sessão que aprovou a criação da Ufesba (Foto Victor Soares).

Senadores e o deputado Geraldo Simões na sessão que aprovou a Ufesba (Foto Victor Soares).

A criação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba) acaba de ser aprovada pelo plenário do Senado Federal. O projeto agora segue para sanção da presidente Dilma Rousseff. A rápida tramitação no Senado vai permitir ao governo instalar a faculdade já em 2014, segundo o relator do projeto da Ufesba nas comissões, senador Walter Pinheiro (PT-BA).

A Ufesba terá campi em Teixeira de Freitas, Porto Seguro e Itabuna, onde funcionará a reitoria da instituição.  “Com a aprovação do projeto de lei, damos um passo significativo para a implantação de mais uma universidade na Bahia”, disse Pinheiro.

O relator disse que o projeto foi votado hoje graças a mobilização de parlamentares baianos e citou o empenho dos senadores Lídice da Mata e João Durval e o deputado Geraldo Simões. O senador baiano solicitou ao presidente da Casa, Renan Calheiros, a inversão de pauta para que o projeto fosse votado ainda hoje. O projeto seria o 15º na ordem do dia a ser discutido no plenário.

Há pouco, o prefeito Claudevane Leite, que está em Brasília, entrou em contato com o senador Walter Pinheiro e agradeceu a mobilização para que o projeto fosse votado ainda hoje. Já o deputado federal Geraldo Simões disse que foi dado um grande passo para que a região sul conte com universidade federal já em 2014.

PREAFRO TEM AULA INAUGURAL HOJE

A aula inaugural do curso Pré-Universitário para Afrodescendentes (PreAfro) será nesta sexta-feira, 3, às 19h, no auditório do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, na Avenida do Cinquentenário.

As aulas do PreAfro serão ministradas de segunda à sexta, das 19h às 21h30min, nos núcleos da Escola Ubaldo Dantas (Califórnia) e Escola Dom Ceslau Stanula (Maria Pinheiro).

Egnaldo França, do Grupo Encantarte e idealizador do pré-universitário, diz que todos os educadores do PreAfro são voluntários, a maioria ex-alunos do projeto. O PreAfro aprovou 125 estudantes na Universidade Estadual de Santa  Cruz (Uesc), além de aprovação em mestrados na Uesc, Unicamp e Ufba.

 

UESC DIVULGA NOVA LISTA DO SISU

Campus da UESCA Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) divulgou a nona lista de aprovados pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O convocado deve confirmar matrícula na próxima quinta, 2, no horário das 8h às 12h e das 13h às 16h no colegiado do curso no qual foi aprovado, no campus da universidade.

A lista traz aprovados nos cursos de Ciência da Computação, Biologia, Economia (matutino e noturno), Comunicação, Engenharia de Produção, Medicina e Medicina Veterinária. Confira a relação completa clicando no “leia mais”, abaixo.

:: LEIA MAIS »

UEFS ABRE INSCRIÇÕES PARA VESTIBULAR

Encerra-se em 3 de maio o prazo para inscrição no vestibular da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). A taxa cobrada é de R$ 90,00 e a inscrição deve ser feita somente pela internet, no site www.uefs.br.

São oferecidas 920 vagas em 25 cursos de graduação.  A previsão é de que as provas do vestibular de meio de ano sejam aplicadas no período de 14 a 16 de julho.

DONA DA UNIME, KROTON ANUNCIA FUSÃO COM ANHANGUERA

Pavilhão da Unime em Itabuna.

Pavilhão da Unime em Itabuna.

A Kroton, dona das faculdades Unime, anunciou fusão com a Anhanguera. As duas marcas vão formar o maior grupo educacional do mundo, com valor de R$ 12 bilhões, conforme estimativa de mercado. Juntas, elas possuem 45% do número de alunos de cursos a distância.

O faturamento anual da nova gigante do setor atinge R$ 4,3 bilhões. São 800 faculdades em todo o país e, aproximadamente, 1 milhão de alunos, envolvendo os cursos presenciais e a distância.

Pelo divulgado, 57,48% dos acionistas do novo negócio são da Kroton e o restante, da Anhanguera. A fusão ainda será submetida ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

PROFESSORES DE UNIVERSIDADES ESTADUAIS PARAM SEGUNDA E COBRAM REAJUSTE DE 28%

Docentes pressionam por aumento de 28% e param na segunda, dia 15 (Foto Adusc).

Docentes pressionam por aumento de 28% e param na segunda, dia 15 (Foto Adusc).

Os docentes das quatro universidades estaduais baianas vão fazer paralisação de 24h na próxima segunda-feira, 15, para pressionar o governo a negociar aumento salarial. Os professores exigem reajuste de 28%. Há possibilidade de greve na rede, o que vai depender das negociações em Salvador e das decisões tomadas em assembleias previstas para a próxima semana.

De acordo com os dirigentes da Associação de Docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz (Adusc), Carlos Vitória e Marcelo Lins, o percentual exigido fará com que os salários pagos na Bahia se equiparem aos recebidos pelos docentes do Ceará, considerado os de melhor remuneração no Nordeste. Os da Bahia, segundo as associações docentes, estão entre os piores.

– É preciso que esse governo, que alardeia o crescimento da arrecadação do estado, encare as universidades como investimento – afirma o primeiro secretário da Adusc, professor Marcelo Lins.

A campanha salarial dos docentes também tem como ítem de pauta a incorporação da gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET). A gratificação foi prometida na greve de dois meses, em 2011. Os profissionais exigem o pagamento da CET ainda em 2013.

No dia de paralisação dos educadores, na segunda, representantes das Associações Docentes das quatro universidades baianas participam de nova rodada de negociações com secretários estaduais da Educação, das Relações Institucionais e da Administração. A reunião será às 10h, na Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), em Salvador.

ELES CHEGARAM LÁ

Seis operários de indústrias moageiras de cacau em Ilhéus conseguiram acesso ao ensino superior em instituições sul-baianas e em São Paulo. Em comum, os industriários fizeram o pré-vestibular do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Moageiras de Cacau de Ilhéus e Itabuna (Sindicacau).

Segundo o presidente do Sindicacau, Luiz Fernandes, o acesso ao ensino superior foi obtido devido ao rendimento no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O pré-vestibular é executado numa parceria do sindicato com o Sesi.

O SABER FORA DO PEDESTAL

Felipe de PaulaFelipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

Duas alunas minhas, do sertão alagoano, estão em Portugal, na Universidade de Coimbra. Outros tantos pensam em pós-graduações. Vislumbram ser professores da casa, em sua região, revolucionar escolas, seus espaços. Enxergam novos horizontes.

Vivemos um período de reconfiguração da noção de educação e conhecimento. Há um tempo, não muito distante, a oportunidade de possuir conhecimento era para muito poucos. Pierre Lévy, filósofo tunisiano radicado no Canadá, faz perfeita analogia: antes, a busca pelo conhecimento assemelhava-se a escalada de uma pirâmide. De uma base larga, iam estreitando os espaços e, consequentemente, o acesso. Poucos chegavam ao topo. Hoje, complementa ele, a busca pelo saber é semelhante ao surfe, onde em meio a um mar revolto, repleto de informações, devemos nos equilibrar e fazer guinadas de direção em busca daquilo que nos serve. E, o principal, aí já reflexão nossa, o mar possibilita espaço amplo, acesso irrestrito.

Vive-se o tempo do conhecimento livre. Como Thomas Friedman afirmou em recente artigo: todo conhecimento está no Google. Não importa o que você sabe, mas o que você pode fazer com o que você sabe. Disso concluímos que o papel do educador também se reformula. Não se admite mais a ideia de um professor soberano, dono de todo o conhecimento. Este deve ser um mediador, um debatedor, um monitor no direcionamento do aluno rumo ao saber – construído em conjunto, em debates, em diálogos.

Essa nova configuração da educação oferece alguns incômodos. Aqueles que estavam habituados a dispor de diferencial na sociedade por possuírem o monopólio do conhecimento passam a conviver com a sensação de ter seu domínio ameaçado. Aí, observamos o professor que não sabe lidar com as questões de seu aluno. Aí, observamos também o incômodo com a ampliação do acesso às universidades, com a sua interiorização, com as cotas.

Os rumos das políticas públicas da educação superior brasileira é assunto incendiário. Vozes se levantam contra a inserção de alunos oriundos de escolas públicas através da reserva de vagas. Baixarão o nível da universidade brasileira! Criarão um sistema bi-racial! Os cotistas não conseguirão acompanhar o nível! Isso não se confirmou.

Tomando o exemplo da UFBA, já se vão oito anos da implantação e os índices quali-quantitativos da universidade só têm crescido. Já no primeiro vestibular com as cotas (2005), a diferença de índice não chegou nem a cinco décimos. Nível mantido, porém com inclusão. E o mesmo ocorre se observarmos qualquer universidade.

:: LEIA MAIS »

MEC SUSPENDE VESTIBULAR PARA CURSOS DE DIREITO COM AVALIAÇÃO RUIM

Mercadante anuncia suspensão temporária de autorizações de novos cursos em direito.

Mercadante anuncia suspensão temporária de autorizações de novos cursos em direito e vestibular em faculdades mal avaliadas (Foto Abr).

Lourenço Canuto | Agência Brasil

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou ontem, 22, o fechamento temporário de autorização para novos cursos de direito e o cancelamento de vestibulares para todos os cursos cujos alunos formados tenham tirado nota até 3 no Conceito Preliminar de Curso (Indicador CPC, do MEC). Ele lembrou que o ministério já determinou a suspensão de vestibular para os cursos de medicina que tiveram baixa avaliação de qualidade.

O MEC fechou parceria com a OAB para a realização de trabalho conjunto visando estabelecer um marco regulatório para os cursos de direito. O presidente da entidade, Marcus Vinícius Coêlho, disse que a reprovação de 93% dos estudantes de direito na última prova da ordem indica que está havendo no país um “estelionato educacional”. “O professor faz que ganha bem, faz que ensina; o estudante faz que aprende e quem está sendo prejudicada é a sociedade”.

:: LEIA MAIS »

ESTUDANTES DA UNEB PROTESTAM CONTRA DESCASO DA REITORIA EM VALENÇA

Apesar de pronto, prédio do campus da Uneb continua sem serventia.

Apesar de pronto, prédio do campus da Uneb continua sem serventia.

Os estudantes dos cursos de Pedagogia e Direito da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), em Valença, ainda não tiveram aulas em 2013. O semestre deveria começar na última segunda, 18. O prédio onde o campus funcionava “provisoriamente” foi devolvido, mas as instalações próprias não teriam condições de receber os alunos. Um laudo técnico, no entanto, contradiz a reitoria da Uneb.

Revoltados, os alunos iniciaram protesto pelo início imediato das aulas. Além de abaixo-assinado na internet (clique aqui), também mudaram as fotos de seus perfis nas redes sociais. Agora, todos os alunos aparecem com “nariz de palhaço” em sinal de desaprovação à reitoria e ao diretor do campus, Pedro Sabino.

O prédio do campus XV começou a ser construído há seis anos, segundo os alunos. “No entanto, o prédio não foi entregue e já ultrapassou os valores iniciais destinados à obra”, denuncia a comissão discente. Os alunos dizem que o reitor Lourisvaldo Valentim esteve pela primeira vez em Valença em dezembro do ano passado, quando garantiu a entrega do prédio no dia 13 de janeiro.

Até hoje…

Alunos da Uneb em Valença colocam nariz de palhaço em protesto.

Alunos da Uneb em Valença colocam nariz de palhaço em protesto.

MEC AUTORIZA NOVOS CURSOS NA BAHIA. FACULDADE DE ILHÉUS OFERECERÁ ODONTOLOGIA

Milanesi.

Milanesi: odontologia em Ilhéus.

Portaria publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União autoriza a implantação do curso de Odontologia na Faculdade de Ilhéus. A instituição poderá oferecer até 100 vagas de graduação, conforme ato assinado pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Jorge Rodrigo Araújo Messias.

A faculdade já implantou os laboratórios e gabinetes dentários exigidos para o funcionamento do curso e o vestibular para a primeira turma será aberto dentro dos próximos dias, segundo Almir Milanesi, diretor da instituição.

Milanesi ressalta que o curso de Odontologia da Faculdade de Ilhéus será o primeiro da macrorregião sul-baiana. O curso mais próximo é da área pública, oferecido pela Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (Uesb), em Jequié.

ENGENHARIA DE PETRÓLEO

O Ministério da Educação também autorizou novos cursos na Faculdade Regional de Alagoinhas: Engenharia de Petróleo e Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Já na Faculdade Hélio Rocha, em Salvador, foi autorizado o curso de Engenharia de Produção.

Por meio de outra portaria, a 121, o MEC reconheceu o curso de Filosofia, da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB).

UFSBA OU UFESBA?

Na discussão – secundária, claro – sobre qual será a sigla da Universidade Federal do Sul da Bahia, há quem prefira ir de encontro ao projeto de lei, agora em análise no Senado.

No projeto, está Ufesba. Ex-reitor da Ufba e hoje coordenador de implantação da universidade sul-baiana, Naomar Almeida defende que seja Ufsba.

Professor ilheense que perde o amigo, mas não a piada, diz que tanto faz ser Ufsba ou Ufesba.

– Pelo menos, não será Ufoba… – graceja.

Em tempo: Ufoba não é nada do que o leitor pode estar pensando. É só a sigla escolhida para a Universidade Federal do Oeste Baiano, também ainda dependente de análise no Congresso Nacional.

SEM BECA

Uma formanda do curso de Enfermagem da Faculdade de Ilhéus passou por grande constrangimento, no final de semana, exatamente quando deveria ser momento de grande felicidade ao realizar um sonho – a formatura.

A vítima teve que colar grau totalmente fora dos padrões da cerimônia, porque a empresa contratada pela turma esqueceu da beca da formanda. Revoltada e aos prantos, a nova enfermeira usou o microfone para soltar o verbo contra a falta de profissionalismo da empresa.










WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia