WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Facebook’

ESTUDO RELACIONA USO DE REDES SOCIAIS A DESORDENS COMPORTAMENTAIS

Estudo relaciona redes sociais a desordens comportamentais || Reprodução

Estudo de pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos (EUA), mostrou relações entre o uso de redes sociais, mais especificamente o Facebook, e o comportamento de pessoas viciadas. A pesquisa foi divulgada no Periódico de Vícios Comportamentais.

Segundo os autores, a lógica de oferta de “recompensas” por esses sites e aplicativos dificulta a tomada de decisões e estimula atitudes de retorno contínuo ao uso do sistema, assim como no caso de outras desordens ou de consumo de substâncias tóxicas.

De acordo com os pesquisadores, os estudos sustentam um paralelo entre usuários com grande tempo dispendido em redes sociais “e indivíduos com uso de substâncias [drogas] e desordens decorrentes do vício”. O excesso de redes sociais afetaria a capacidade de julgamento das pessoas no momento de escolhas mais benéficas.

“Nossos resultados demonstram que um uso mais severo de sites de redes sociais é associado com maior deficiência na tomada de decisões. Em particular, nossos resultados indicam que usuários em excesso de sites de redes sociais podem tomar decisões mais arriscadas”, dizem os autores.

ESCALA

O estudo aplicou uma escala utilizada para medir níveis de vício no facebook (Bergen Facebook Addiction Scale), problemas na tomada de decisões e propensão a depressão em 71 pessoas em uma universidade alemã. A amostra, portanto, é importante para cuidados no momento de generalizar os resultados para o conjunto da sociedade, mas não inviabiliza as conclusões importantes da análise. :: LEIA MAIS »

ÁRVORE DE NATAL DE 8 METROS DA BURITI É ATRAÇÃO NA AVENIDA JURACY MAGALHÃES

Árvore de Natal de 8 metros de altura é atração na Juracy Magalhães

Uma árvore de Natal de 8 metros de altura rapidamente está se transformando em atração da filial das Lojas Buriti na Avenida Juracy Magalhães, no Alto Maron, em Itabuna, antes mesmo de ser concluída a montagem. A árvore está sendo montada e decorada no estacionamento da loja e ainda tem a Casinha de Papai Noel. O trabalho deve ser concluído neste domingo (9).

O diretor comercial das Lojas Buriti, Mauro Ribeiro, diz que a árvore e o espaço ambientado foi pensado para envolver o comércio de Itabuna e região no clima natalino, época que aquece as vendas e favorece as confraternizações.

– Nós somos responsáveis pela cidade e região que vivemos, e pensamos em fazer a nossa parte. A árvore está ficando linda e gigantesca. Proporcionaremos um Natal com mais beleza e esperamos que seja um espaço visitado por todas as famílias. O clima do Natal, por si, já é contagiante – destaca Mauro.

Nas redes sociais, a árvore é um dos assuntos neste domingo. Quem passa em frente à loja, fotografa, filma e compartilha em mídias digitais como o WhatsApp ou mesmo Facebook e Instagram.

FACEBOOK PERDE USUÁRIOS PARA O YOUTUBE NOS ESTADOS UNIDOS, APONTA PESQUISA

Facebook perde usuários para o YouTube || Foto Agência Brasil

O Facebook perdeu a preferência entre jovens, sendo ultrapassado por YouTube, Instagram e Snapchat. A conclusão é de uma pesquisa divulgada nesta semana pelo Centro de Pesquisas em Internet e Sociedade Pew Research Center, grupo de investigação sediado nos Estados Unidos e famoso internacionalmente.

O levantamento ouviu 743 adolescentes entre 13 e 17 aos e mais de  mil pais norte-americanos entre março de abril. Os dadoss são uma indicação mas não refletem a situação de outros países do mundo, muitos com índices de acesso à internet e a redes sociais diferentes dos EUA.

De acordo com o estudo, o YouTube é a plataforma mais popular, usada por 85% dos entrevistados. Em seguida, estão Instagram (72%), Snapchat (69%), Facebook (51%) e Twitter (32%). Entre aqueles que usam frequentemente, o Snapchat assume a liderança (35%), seguido pelo YouTube (32%), Instagram (15%) e Facebook (10%).

Na edição anterior da pesquisa, realizada em 2015, o Facebook foi a plataforma preferida dos adolescentes, sendo acessada por 71% dos entrevistados. Na sequência, Instagram (52%), Snapchat (41%) e Twitter (32%). Nessa rodada, o YouTube não era considerado nas entrevistas com meninos e meninas.

No recorte por renda, o Facebook ganha popularidade entre os menos abastados. Do total de entrevistados, o Facebook faz parte do dia a dia de 70% daqueles com renda anual por lar abaixo de US$ 30 mil. Entre aqueles com receita total da família acima de US$ 75 mil, o índice cai para 36%.

Na distribuição por gênero, o Snapchat foi mais popular entre meninas (42%) do que entre meninos (29%). Já o YouTube teve mais registros entre rapazes (39%) do que moças (25%).

EFEITO DAS REDES SOCIAIS

Quanto ao efeito das redes sociais, a divisão é equilibrada. Dos participantes do levantamento, 31% as classificaram como positiva, 24% como negativa e 45% tiveram uma postura mais neutra, comentando que não veem impactos predominantes, benéficos ou prejudiciais.

Entre os que avaliam positivamente a presença das redes sociais, a maior contribuição seria viabilizar a conexão com amigos e com membros da família (40%), seguida pela facilidade na busca de informações (16%) e a interação com pessoas com interesses semelhantes (15%).

Os mais pessimistas sobre essas plataformas indicam como principais problemas o bullying e a difusão de rumores (27%), relacionamentos prejudiciais e a falta de contato humano (17%) e a produção não realista de imagem das pessoas sobre suas vidas (15%).

CONEXÃO CONSTANTE

O levantamento também procurou entender os hábitos online dos adolescentes. Entre os entrevistados, 95% disseram possuir um smartphone e quase metade (45%) afirmou estar conectado praticamente durante todo o tempo, informa a Agência Brasil.

FACEBOOK CONDENA ATAQUES A AGÊNCIAS BRASILEIRAS DE CHECAGEM DE DADOS

Facebook condenou ataques a agências de checagem de dados || Foto Agência Brasil

Uma semana após iniciar uma parceria com agências brasileiras de checagem de dados, o Facebook divulgou uma nota criticando os “ataques” que as organizações têm sofrido de movimentos autointitulados de direita. Segundo a rede social, as agências Aos Fatos e Lupa, verificadoras das chamadas fake news, são certificadas e auditadas por uma instituição internacional apartidária. Nos últimos dias, após entrar em vigor a parceria, grupos como o Movimento Brasil Livre (MBL) criticaram a iniciativa, classificada por eles como “censura”.

O acordo foi assinado no último dia 10 de maio entre o Facebook e as agências Lupa e Aos Fatos. Se uma notícia compartilhada no perfil de um usuário é denunciada por internautas e confirmada como falsa pelas agências, o Facebook automaticamente reduz sua distribuição no Feed de Notícias e impede o impulsionamento dela.

Em vídeo divulgado na última quarta-feira (16), o coordenador do MBL, Kim Kataguiri, disse que as agências são de esquerda e fazem a checagem de dados com “viés ideológico”. “Quando você vai ver quais são esses checadores, você vai ver que são pessoas absolutamente esquerdistas. Na verdade, todas as publicações com viés mais liberal, conservador e de direita, vão ser censuradas e ter seu alcance cortado e ninguém vai poder falar absolutamente nada”, afirmou.

No vídeo, Kataguiri chegou a criticar nominalmente um ex-integrante da Agência Pública. A organização, no entanto, não faz parte da parceria com o Facebook. Sátiras foram publicadas também em outros perfis como o Carta Capitalista com ironias à Agência Lupa, na qual o mascote aparece alterado, portando um boné do MST, e a organização é denominada Agência Lula, em referência ao ex-presidente.

Publicado nesta sexta-feira (18), o comunicado do Facebook diz que a rede social está comprometida em combater a desinformação, motivo pelo qual lançou a ferramenta. Segundo a nota, as agências de checagem de dados fazem parte da International Fact-Checking Network (IFCN), organização que atesta o compromisso dos checadores com a “imparcialidade” e “transparência” de suas metodologias.

“O Facebook é um espaço para todas as ideias, mas não para a disseminação de notícias falsas. Nos últimos dias, nossos parceiros no Brasil têm sido alvo de ataques pelo trabalho que estamos fazendo para ajudar a construir uma comunidade melhor informada. O trabalho deles é checar fatos, não ideias. Condenamos essas ações e seguimos comprometidos em trabalhar com organizações reconhecidas pela IFCN no nosso programa de verificação de notícias. Porque as pessoas não querem a disseminação de notícias falsas no Facebook. E nós também não”, disse o Facebook.

Durante a semana, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) também repudiou as reações à checagem dos fatos. Segundo a organização, os colaboradores das agências de fact-checking têm tido seus perfis “vasculhados e expostos em montagens” com o objetivo de vinculá-los a uma ideologia.

“Os conteúdos e falas incitam o público a ‘reagir’. Em alguns casos, fotos de cônjuges e pessoas próximas aos profissionais também foram disseminadas junto a afirmações falsas e ofensivas. Para a Abraji, a crítica ao trabalho da imprensa é válida e necessária. Ao incitar, endossar ou praticar discurso de ódio contra jornalistas, porém, aqueles que reprovam as iniciativas de checagem promovem exatamente o que dizem combater: o impedimento à livre circulação de informações”, criticou a associação.

PARCERIA

Ao aderir à iniciativa, a agência Aos Fatos explicou aos internautas como eles podem reportar o conteúdo supostamente falso que, se confirmado, teria o seu alcance diminuído. Segundo a organização, a ferramenta já funciona nos Estados Unidos, onde foi possível cortar em 80% a distribuição de informações consideradas falsas por agências de verificação.

As agências esclarecerem que não haverá censura dos conteúdos, já que os usuários que quiserem compartilhar as notícias falsas receberão apenas um alerta de que a veracidade da informação foi questionada. “Notícias consideradas falsas pelas plataformas de checagem não poderão ser impulsionadas no Facebook. E as páginas que publicarem com frequência tais conteúdos não terão mais a opção de usar anúncios para construir suas audiências”, informou a Aos Fatos.

De acordo com o Facebook, a ferramenta já alcançou “resultados encorajadores” nos primeiros dias de lançamento e que a parceria tem contribuído para melhorar a “qualidade das notícias da plataforma”.

“Em sua primeira checagem de conteúdo no Facebook, nossos parceiros na Agência Lupa atestaram que era falsa uma notícia de que uma vacina contra gripe estaria causando um ‘surto mortal’ nos Estados Unidos. No momento da verificação, o conteúdo já tinha milhares de interações na nossa plataforma. O exemplo acima é uma demonstração da importância do trabalho feito pelos verificadores de fatos. Eles funcionam muitas vezes como um serviço de utilidade pública”. Da Agência Brasil.

“PEEEGA ESSE VIADO”: JUNINHO ESPOLIANO BOMBA NA INTERNET COM VÍDEOS HILÁRIOS

Juninho e Victor bombam nas redes sociais

Os bordões que surgem durante conversas de vizinhos e as histórias de moradores da periferia de Aurelino Leal, no sul da Bahia, transformadas em pequenos vídeos tiraram José Bispo dos Santos Junior da lista de brasileiros anônimos. Juninho Espoliano Martinelli, como tornou-se conhecido nas redes sociais, teve seus vídeos visualizados por mais 4 milhões de pessoas em oito meses.

Ele já ultrapassou 200 mil seguidores nas redes sociais e seus bordões ganharam as ruas de cidades do interior da Bahia. Peeega esse viado! e Não estou boa nem tenho previsão de melhora! tornaram-se familiares de internautas sul-baianos e até de outros estados.

Os vídeos são sucesso garantido no FacebookInstagram e YouTube. O mais famoso deles – sobre uma briga entre vizinhos por causa do suposto furto de uma galinha – já possui mais de 2,1 milhões de visualizações e 25 mil curtidas somente na página oficial do artista no Facebook. As transmissões diárias ao vivo nas redes sociais reúnem, em média, três mil seguidores.

O sucesso é tanto que o novo humorista das redes sociais assina o seu primeiro contrato com empresário neste mês e prepara stand up para iniciar carreira no teatro.  Enquanto isso, curte a fama e posa para fotos com os fãs, como ocorreu na última quarta-feira (6), durante passeio no Shopping Jequitibá, em Itabuna, foi cercado várias vezes por pessoas para uma pose e ouviu repetidas vezes o bordão Peeega esse viado! Em vídeo, a entrevista concedida ao PIMENTA, na Carmen Steffens.

QUANTO VALE NEYMAR? EIS UMA RESPOSTA

A alemã Deutsche Welle lançou um vídeo que mostra o poder da marca Neymar. Os números do jogador brasileiro para o campo dos negócios/mercado de consumo explicam o porquê de o francês PSG pagar mais de R$ 800 milhões pelo jogador. Confira a tuitada da DW e entenda um pouco dessa máquina de negócios.

AS 100 MARCAS MAIS VALIOSAS DO MUNDO

Anuário traz as marcas mais valiosas do mundo (Reprodução).

Anuário traz marcas mais valiosas do mundo.

Do Comunique-se

A WPP e a Millward Brown divulgaram o ranking BrandZTM Top 100 marcas globais mais valiosas de 2016. Divulgada na terça-feira, 7, a lista mostra que o Google recuperou a primeira colocação perdida para a Apple ano passado, graças a inovação contínua, aumento da receita de publicidade e o crescimento dos negócios em nuvem.

De acordo com os organizadores do ranking, o valor da marca Google cresceu 32% e atingiu US$ 229 bilhões, enquanto a Apple, vencedora em 2015, caiu para a 2ª posição, com queda de 8% e US$ 228 bilhões. A Microsoft permanece como terceira colocada, com crescimento de 5% e atingiu US$ 122 bilhões de dólares.

As marcas Marlboro e Coca Cola deixaram o Top 10 pela primeira vez desde 2006, desbancadas pelo Facebook – que ocupou o 5º lugar, com crescimento de 44% — e Amazon, em 7º lugar, com 59%, que integram o Top 10 pela primeira vez.

Desde sua entrada no ranking, em 2011, a empresa de Mark Zuckerberg aumentou seu valor de marca em 246%. Já a Amazon tem mantido expansão constante, como resultado de transformação global e a experiência multicanal.

“A queda de ícones do Top 10 que observamos esse ano é mudança de paradigma que as marcas não podem ignorar: a existência de consumidor cada vez mais preocupado com seu bem-estar. Daí surge a importância das marcas promoverem inovações disruptivas que as permitam satisfazer a necessidade que os consumidores possuem de cuidar mais de sua mente e corpo”, declara o CEO da Kantar Consumer Insights na América Latina, Gabriel Castellanos.

Segundo a Millward Brow, vale destacar que nos últimos 11 anos o valor das marcas incluídas no BrandZ ™ Top 100 cresceu 132%, atingindo um total de US $ 3,4 bilhões, 3% a mais do que em 2015.

Diretor-geral da Kantar Vermeer, Eduardo Tomiya afirma que a importância de marcas de tecnologia é evidente, uma vez que elas estão entre as mais valiosas em 2016, mas o sucesso futuro dependerá de sua capacidade de se encaixar no cotidiano dos consumidores. “O desafio é oferecer experiência real para seus clientes, seja através da construção de proximidade, onipresença e customização ou adquirindo um papel ativo nas categorias tradicionais”, diz o executivo.

Vice-presidente comercial da Millward Brown Brasil, Silvia Quintanilha declara que as marcas que se desenvolvem, independentemente do setor, e que podem enfrentar os desafios e mudar os padrões atuais são aquelas que implementam inovação para além dos seus produtos e serviços, se concentrando na criação de experiências significativas para os consumidores.

“Nos últimos 10 anos, as marcas identificadas como inovadoras cresceram nove vezes mais que as empresas que inovaram menos. Neste sentido, as marcas latino-americanas têm duplo desafio para chegar ao ranking global: inovar disruptivamente e aumentar seu alcance”, completa Silvia.

O relatório BrandZ Top 100 marcas globais mais valiosas oferece resultados, rankings e outros insights de marcas de diversas regiões no mundo. Os 14 diferentes setores abordados estão disponíveis online na plataforma dos organizadores do ranking. Além disso, novo aplicativo interativo está disponível de maneira gratuita para iOS e Android no site Brandz, bem como para download na Apple Store e no Google Play.

ADVOGADOS SE MOBILIZAM EM DEFESA DE COLEGA

Anderson Sá está preso há 24 dias em Itabuna (Foto Reprodução).

Anderson Sá está preso há 24 dias em Itabuna (Foto Reprodução).

A situação do advogado Anderson Sá, acusado de associação ao tráfico e de ameaça a uma juíza carioca, complicou-se após a ordem de transferência dele para ser interrogado no Rio de Janeiro. Ontem (08), o presidente da subseção local da OAB, Edmilton Carneiro, e cerca de dez advogados fizeram manifestação em frente ao Conjunto Penal de Itabuna, onde Anderson está preso há 24 dias (confira).

O advogado foi alvo de mandado de prisão temporária, que expira em 30 dias, mas pode ser renovado pela justiça. É grande a possibilidade de que a ordem de transferência seja cumprida hoje.

Carneiro chegou a solicitar que o interrogatório do advogado ocorresse por meio de videoconferência, ressaltando a existência de uma sala equipada com essa finalidade no Conjunto Penal de Itabuna. Segundo informações, o pedido foi negado.

Diante dessa situação, advogados que se mobilizaram para defender o colega utilizam as redes sociais para reforçar os apelos em favor de Anderson Sá. A advogada Jurema Cintra, que faz parte dessa mobilização, divulga no Facebook uma conta bancária para recebimento de doações, que serão utilizadas com a finalidade de custear os gastos para acompanhamento jurídico do acusado.

CAOS EM ITABUNA É MOTIVO DE PIADA NAS REDES

Cidade enfrenta crise e população sofre, mas ainda brinca (Foto Pedro Augusto).

Cidade enfrenta crise e população sofre, mas ainda brinca (Foto Pedro Augusto).

Um sentimento de fim de mundo paira em Itabuna há alguns meses. Seja pelas epidemias de dengue, zika e chikungunya, seja pela falta de água ou por ter que se contentar com a água salgada que goteja uma vez por mês, o fato é que nunca se viu esta cidade em situação de equivalente desordem.

O quadro dramático é tratado com bom humor por alguns itabunenses nas redes sociais, bem naquela linha do “rir pra não chorar”.

No Facebook, um sofredor anuncia: “Quer fazer um estágio que lhe dará uma boa noção de como deverá ser o fim do mundo? Venha passar uns dias em Itabuna!”. E, para não pensarem que estamos sozinhos nesse interminável episódio de The Walking Dead, um vizinho responde: “Depois do estágio (em Itabuna), venha fazer um MBA em Ilhéus”.

A resenha inclui até sugestão de que o caos seja usado como estratégia de marketing. Já tem até o mote: “Venha para Itabuna e experimente o privilégio de ter uma visão do Apocalipse”.

Tem ainda quem dê uma de Poliana e veja o lado positivo de toda essa bagaça. Para uma sobrevivente, “sem água, nós diminuímos os banhos e aumentamos o uso de perfume, o que é um bom treinamento para ir a Paris”. E prossegue com o mesmo otimismo: “com água, porém salgada, estamos tomando muitos banhos de descarrego, treinando para enfrentar a situação política do país”.

E segue a vida na base do humor. Porque sem ele tá difícil encarar o sofrido dia-a-dia desse lugar.

“PREFEITA INDELICADA”

Fernanda ou "Mamãe" tem fake no Facebook.

Fernanda ou “Mamãe” tem fake no Facebook.

Perfis fakes (falsos) de políticos nas redes sociais tornaram-se quase uma regra. Pode ser para levantar a figura. Ou simplesmente criticá-la. Começou com Dilma Bolada – que se tornou case sucesso mundial com presença no Twitter e no Facebook – e avançou com perfis como o de ACM Neto (Prefeito Netinho, já extinto). Agora, é Netinho Barril Dobrado.

No sul da Bahia, até que tentaram com um perfil falso do ex-prefeito Capitão Azevedo, de Itabuna. Não vingou. A estratégia de marketing deve proliferar em ano eleitoral. O fake mais recente por estas bandas é o da prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva. Prefeita Indelicada reúne postagens com atividades cotidianas da “Mamãe”, estocadas na oposição e até as agruras da petista, que tentará reeleição.

Numa das mensagens da Prefeita Indelicada, “Fernanda Silva” ou “Mamãe” aparece admitindo que atrasou o salário do funcionalismo (Pior que atrasar salário, é dar calote, ainda bem que meus filhos já estão com salário em dia.), mas aproveita para fazer troça de adversários que deixaram funcionalismo com até 3 meses de salário atrasado. Ainda “agradece” opositores que compartilham as postagens do seu perfil. Tinha pouco mais de 750 seguidores nesta manhã.

Na cidade já se comenta que a página é atualizada no gabinete da Mamãe. Especulação, especulação…

Postagem do perfil da Mamãe, a Prefeita Indelicada.

Postagem do perfil da Mamãe, a Prefeita Indelicada.

SENADOR BAIANO SOFRE AMEAÇA DE MORTE PELO FACEBOOK

Otto sofre ameaças pelo Facebook (Foto Divulgação).

Otto sofre ameaças pelo Facebook (Foto Divulgação).

A Polícia do Senado apura ameaças de morte contra o senador Otto Alencar (PSD-BA) em função de emenda por ele apresentado ao projeto de lei (PLS 138/2012). O projeto trata do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida).

O senador apresentou emenda ao projeto na qual propõe a exigência de residência médica para formandos em medicina no exterior por período mínimo de dois anos, no país do curso concluído ou em um terceiro país. As ameaças e ofensas tiveram início nesta semana, segundo o senador.

O projeto de lei a princípio era previsto para ser votado, na última terça-feira (13 ), na Comissão de Educação, Cultura e Esporte. Otto Alencar é titular na comissão e relator do projeto de lei. Ele apresentou parecer favorável a proposta do ex-senador Paulo Davim (PV-RN), além de apresentar a emenda que exige a comprovação da residência médica como condição para se fazer o Revalida.

Numa das ameaças pela rede social Facebook, o autor da mensagem direta que se intitula Guisepe Mercedes Arias faz xingamentos, profere ofensas e afirma: “…E se prepara se este projeto passar eh (sic) melhor o senhor aumentar a quantidade de seguranças a sua volta e olhe la (sic) ainda!”.

Em outro trecho da mensagem, diz: “…não serão poucas as milícias formadas por médicos de origem brasileira formados no exterior que irão se originar querendo lhe matar e será bem feito, porque de políticos como o senhor o povo brasileiro está de saco cheio, e agora a população está prestes a começar a queimar vivo imundícias como o senhor…”.

“Durante a minha vida inteira nem pressão e nem ameaças me intimidaram a fazer aquilo que considero correto e melhor para os brasileiros”, disse o senador.

Otto Alencar ressaltou que o sentimento de ódio e de vingança são negativos e não combinam com o exercício da medicina, com profissionais que lidam com vidas.

:: LEIA MAIS »

PACIENTE CORRE RISCO DE FICAR PARAPLÉGICO

Jurandir aguarda por cirurgia há quase um mês.

Jurandir aguarda por cirurgia há quase um mês.

O publicitário e radialista Carlos Santiago publicou um desabafo que é, ao mesmo tempo, um pedido de ajuda ao seu irmão Jurandir Santiago. Há quase um mês, o irmão do publicitário está internado no Hospital de Base de Itabuna à espera de uma cirurgia. Jurandir caiu de uma laje e sofreu lesão na coluna.

Carlos diz ter sido informado que médicos especialistas do hospital em Itabuna não fazem a cirurgia por não receberem do estado pelo procedimento. E, assim, preferem empurrar o problema para Salvador, a fim de que a cirurgia seja feita na capital baiana. Porém, a Central de Regulação do Estado se nega a transferir o paciente por que Itabuna, no entendimento da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), tem capacidade para realizar o procedimento.

O jogo de empurra já dura semanas e, com o passar do tempo, aumenta ainda mais o risco de Jurandir ficar paraplégico. Carlos questiona: “Se meu irmão não andar mais, a culpa é de quem?

A situação é desumana, desalentadora. O desabafo de Carlos foi publicado por ele mesmo em uma rede social. Por lá, muita gente revela sua indignação e solidariza-se com o radialista e o irmão dele que sofreu acidente. Até quando essa situação vai perdurar?

Com a palavra, o secretário de Saúde de Itabuna, Eric Ettinger.

 

FACEBOOK FORA DO AR

O Facebook está fora do ar, pelo menos no Brasil. Quem tenta acessar a rede social recebe a mensagem de que o Facebook está fora para “manutenção obrigatória”. Não há previsão relativa ao tempo de duração da manutenção.

Facebook está fora do ar nesta tarde de sexta (Reprodução Pimenta).

Facebook está fora do ar nesta tarde de sexta (Reprodução Pimenta).

COSTA DIZ QUE OBRAS DE NOVO HOSPITAL EM ILHÉUS COMEÇAM EM MARÇO

Costa bateu papo com internautas pelo Facebook (Foto Amanda Oliveira).

Costa bateu papo com internautas pelo Facebook (Foto Amanda Oliveira).

A convocação de concursados das polícias Civil e Militar, a ação da PM na Estrada das Barreiras (Cabula) em Salvador e as ações nos 41 primeiros dias de governo dominaram o bate-papo do governador Rui Costa com internautas, via Facebook, ontem à tarde (confira aqui).

O bate-papo começou por volta das 16h e teve mais de 1,2 mil perguntas de internautas. Rui prometeu concurso para a área de Educação ainda neste ano e disse esperar que novos policiais civis sejam nomeados ainda em 2015, após superar “obstáculos judiciais”.

O governador também foi questionado sobre a ação da PM que resultou em 13 mortos e um policial ferido com tiro de raspão na cabeça. Para quem atacou a corporação, Rui enfatizou que, somente neste ano, 178 jovens perderam a vida por dívida com o tráfico de drogas ou por enfrentar traficantes. Ele voltou a falar da apuração das circunstâncias do confronto.

Rui prometeu, ainda, assinar a ordem de serviço para construção, em Ilhéus, do Hospital da Costa do Cacau. As obras começam, segundo ele, em março, com a assinatura da ordem de serviço. A unidade hospitalar será construída na região do Banco da Vitória, na Rodovia Ilhéus-Itabuna. O secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, reforçou, está convocando as empresas responsáveis pela construção de Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e hospitais para a retomada das obras.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia