WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘Ferlu’

TCM APROVA CONTAS DE ARATACA

ferluPela primeira vez em três anos, a Prefeitura de Arataca tem suas contas aprovadas pelo TCM-BA. O parecer prévio favorável à gestão municipal foi emitido nesta quinta-feira (23) pelo conselheiro Paolo Marconi, e acatado por sete votos a zero.

As contas aprovadas são as de 2013, quebrando uma série de dois anos (2011 e 2012) nos quais o tribunal procedeu a tomada de contas especial da gestão. O prefeito Fernando Mansur (Ferlu), do PMDB, comemora o resultado no TCM e diz que tem procurado realizar uma gestão que “prima pela aplicação rigorosa dos recursos públicos”.

JUSTIÇA ORDENA QUE FERLU PAGUE SALÁRIO DE VICE-PREFEITA

Ferlu foi condenado a pagar salário de vice-prefeita.

Ferlu foi condenado a pagar salário da vice.

A Justiça determinou ao prefeito de Arataca, Fernando Mansur, o Ferlu (PMDB), que retome o pagamento de salário da vice-prefeita Juliana Chagas (PP) a partir de outubro.

O juiz da Vara Cível da Comarca de Camacan, Fábio Mello Veiga, impôs multa de R$ 100 mil ao prefeito, caso descumpra a liminar em mandado de segurança impetrado pelo advogado de Juliana, Marcos Alpoim Andrade.

Ferlu suspendeu o pagamento do salário da vice-prefeita desde junho deste ano por perseguição política.

Outra ação será movida contra o prefeito para que ele pague os salários atrasados, segundo disse ao PIMENTA o advogado Marcos Alpoim.

O magistrado também determinou abertura de investigação por crime cometido por Ferlu, caso ele insista em não pagar os subsídios da vice-prefeita. A decisão foi tomada ontem.

Ferlu não foi encontrado para informar se seguirá a decisão judicial.

FROTA MAIOR , CONSUMO MENOR

Criticado por opositores em função de gastos supostamente excessivos com a compra de combustíveis, o prefeito de Arataca, Fernando Mansur, o Ferlu (PMDB), defendeu-se apresentando uma comparação entre números de sua gestão e da anterior, que tinha à frente Agenor Birschner.

Segundo a planilha apresentada por Mansur, os gastos com combustíveis na gestão passada oscilaram de R$ 810.000,00 a R$ 966.775,00 por ano, enquanto em 2013, primeiro ano de seu mandato, as despesas com o abastecimento da frota ficaram em R$ 739.300,00.

O prefeito diz que há dois detalhes a serem considerados: a redução dos gastos ocorreu mesmo com o aumento da frota e dos preços dos combustíveis.

CARGO DEFINIDO NO VOTO

Os administradores de distritos da pequena Arataca, no sul da Bahia, foram definidos por meio do voto. Os cargos são de livre nomeação, de confiança.Só que o gestor de lá, Fernando Mansur, conhecido como Ferlu, quis fazer diferente. Com muita gente de olho em um salário de R$ 1,1 mil, ele passou a decisão para os moradores de Anuri, Prata e Vila Jequié.

A escolha no voto foi à moda antiga, na cédula. Nada de urna eletrônica. Por enquanto, ninguém reclamou de compra de voto ou favorecimento. Ferlu diz que a forma de escolha dá legitimidade aos novos administradores. José Zózimo de Oliveira, o Zé de Sota, foi eleito em Anuri, Elias Reis de Matos levou em Pratas e em Vila Jequié o Cláudio da Silva, o Dingola, foi o ungido.

VENCEDORES E PERDEDORES

A conquista da União dos Municípios da Bahia (UPB) pela prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB), mereceu comemorações e também provocou lamentos no sul da Bahia.

Entre os prefeitos da região que festejaram o resultado, estão a de Uruçuca, Fernanda (PT); o de Ibicaraí, Lenildo Santana (PT); e o de Itabuna, Vane do Renascer (PRB).

No time dos perdedores, estão, entre outros, Gilka Badaró (PSB), de Itajuípe, Almir Melo (PMDB), de Canavieiras, e Ferlu (PMDB), de Arataca. Eles apoiaram Wilson Cardoso (PSB), prefeito de Andaraí, que bateu chapa com Quitéria.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia