WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






secom bahia








maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: ‘Fernando Gomes’

PREFEITURA DE ITABUNA CONFIRMA APOIO AO MUTIRÃO DO DIABETES 2018

Rafael Andrade, criador do mutirão, com o prefeito Fernando Gomes e o secretário Isaac Nery

A Prefeitura de Itabuna confirmou apoio à 14ª edição do Novembro Azul, que, além do Mutirão do Diabetes, envolve a Pedalada Azul e iluminação de espaços públicos com a cor da campanha de prevenção ao diabetes. O município também cederá infraestrutura para o mutirão e profissionais de saúde, além do engajamento da rede básica na campanha, com atendimento multidisciplinar aos pacientes com diabetes.

O apoio foi confirmado pelo prefeito Fernando Gomes e pelo secretário de Saúde de Itabuna, Isaac Nery. “O Mutirão do Diabetes é uma campanha que mobiliza toda a cidade, daí a importância de apoiar esse evento de grande alcance social, que orgulha Itabuna e o seu povo”, afirmou Isaac.”Esse é um evento muito importante pra Itabuna e está entre nossas prioridades”, disse o prefeito.

O médico Rafael Andrade, idealizador e coordenador do Mutirão, afirmou que a Prefeitura de Itabuna é uma parceira importante, contribuindo para ampliar as ações de prevenção e tratamento da doença, atendendo milhares de pessoas”. Neste ano, o mutirão, criado pelo Hospital de Olhos Beira Rio,  será realizado no dia 10 de novembro.

A ELEIÇÃO DE 1992 QUE EU VI EM ITABUNA

Allah Góes | allah.goes@gmail.com

 

 

Se Ubaldo pudesse ter tido mais uma oportunidade de governar
Itabuna, teríamos uma cidade mais humana e melhor planejada. Faltou-lhe habilidade política, pois administrativa tinha de sobra.

 

 

Uma das primeiras eleições em que tive uma participação mais ativa, e isso com 17 anos, foi a eleição municipal de 1992, uma das mais acirradas e surpreendentes disputas da história política de Itabuna. Muitos pensavam que seria o retorno triunfal do grande gestor Ubaldo Dantas ao cargo de prefeito, mas não foi bem isso que aconteceu. Faltou “combinar com o eleitor”.

Ubaldo Porto Dantas havia governado Itabuna de 1983 a 1988, eleito por uma das sub-legendas do PMDB. Além de ter feito uma gestão proba, reunindo um dos melhores “times” de Secretários Municipais que essa terra já viu, conseguiu mudar a cara da cidade, “abrindo ruas”, criando o Sítio do Menor Trabalhador. Enfim, fazendo gestão e planejando a cidade para ser, de fato, a Capital do Cacau.

Por causa daquilo que fez em seu governo, Ubaldo se apresentava em 1992 como “o candidato a ser batido”. O prefeito de Itabuna era o atual prefeito Fernando Gomes que, por não existir a possibilidade de reeleição, havia escolhido como o seu candidato à sucessão o também ex-prefeito José Oduque Teixeira, de quem havia sido secretário de Administração.

Todos pensavam que a disputa daquele ano se daria entre esses dois personagens. Ledo engano. Correndo por fora, com pouco tempo de televisão – que até hoje é fundamental para se vencer uma eleição, também disputava a peleja o jovem técnico agrícola da Ceplac e, naquela época deputado estadual, Geraldo Simões de Oliveira. Como todos sabem, acabou sendo eleito prefeito.

Ubaldo achava que o conjunto de suas ações, durante o período em que foi prefeito, aliado ao desgaste que naquele momento vivia o prefeito Fernando Gomes, lhe garantiria uma vitória fácil, tanto que impôs como seu vice naquela disputa o seu homem de confiança, Moacir Lima, que, politicamente, nada acrescentava à chapa. A escolha e o tom imperial da decisão levaram a diversas defecções em seu grupo político.

Lembro-me de uma reunião tensa, logo após a convenção, onde fui levado pelo jornalista José Adervan. E pude ver um Nérope Martinelli, que era uma das principais lideranças do grupou ubaldista, transtornado devido à infeliz decisão acerca da escolha do vice, anunciar que estaria “deixando o Grupo”.

Conheci Martinelli quando militávamos no movimento estudantil secundarista e, naquele momento, pude testemunhar a força que o mesmo tinha, não apenas junto ao empresariado local, mas também com os desportistas e estudantes, agregando muito mais que o vice imposto por Ubaldo.

Na época em que iniciamos a reorganização da UESI (União dos Estudantes Secundaristas de Itabuna), juntamente com Adilson José, Josivaldo Gonçalves, Fabio Lima e outros, Martinelli nos ajudou bastante, chegando a incentivar a pré-candidatura de Emanoel Coelho, presidente do Grêmio do CIOMF, a Vereador, candidatura essa que não vingou por conta de sua saída do grupo ubaldista.

E assim, Ubaldo Dantas, contando apenas com seu estafe mais próximo, iniciou a campanha daquele ano em que de inicio até chegou a polarizar com Oduque, dando a entender que seria eleito, mas, por causa do acirramento da campanha televisiva, em que se utilizou de ataques pessoais, de lado a lado, acabou fazendo com que seu eleitor fosse migrando para a candidatura da “zebra” Geraldo Simões, que ali já contava com o significativo apoio de João Xavier e de Martinelli.

O resto, tudo mundo já sabe: Ubaldo e Itabuna perderam. Nada contra Geraldo Simões, o vencedor daquela eleição, e que no final fez uma boa gestão. Mas acredito que, se Ubaldo pudesse ter tido mais uma oportunidade de governar
Itabuna, por conta daquilo que se viu em sua gestão, teríamos uma cidade mais humana e melhor planejada. Faltou-lhe habilidade política, pois administrativa tinha de sobra.

Allah Góes é advogado municipalista, consultor de prefeituras e câmaras de vereadores.

GERALDO FALA DE ELEIÇÕES E ALFINETA FERNANDO: “ITABUNA PARECE QUE FOI BOMBARDEADA”

Foto Pimenta 28.07.2018

(Foto Pimenta)

O ex-deputado e ex-prefeito de Itabuna Geraldo Simões (PT) deverá ter o nome confirmado em convenção do PT, no próximo sábado (4), em Salvador, como um dos nomes do partido na disputa por vagas à Assembleia Legislativa. Ao PIMENTA, ele afirmou que pretende fazer uma campanha regional, focando em Itabuna, Ilhéus e no sul da Bahia. Numa rápida entrevista, o ex-deputado falou de eleições 2018, Lula, gestão do adversário histórico, Fernando Gomes, e de Rui Costa. Confira abaixo.

PIMENTA – O “bloco” já está na rua?

GERALDO SIMÕES – Começamos a andar na última semana, atentos à nova legislação. Vamos levar nosso nome à convenção do partido, no sábado (4), e aí a campanha deslancha. Nossa proposta é de uma candidatura regional. Sempre fui favorável ao voto distrital. Vou centrar minha campanha em Itabuna, Ilhéus e no sul da Bahia.

PIMENTA – Como avalia a gestão em Itabuna?

GERALDO – Estou muito preocupado com violência altíssima, saúde a mesma dificuldade, educação não funciona. A cidade parece que foi bombardeada. Tem buraco em tudo que é lugar. Semana passada um carro caiu em um buraco no centro da nossa cidade. Aquilo é o retrato de uma Itabuna que está sem perspectiva. A administração local está nesse desastre inteiro e não está pior ainda por conta do apoio que o governador Rui Costa está dando à gestão. Apoio é coisa que nunca tive nos meus dois governos, quando o pessoal do DEM governava o Estado.

PIMENTA – Avaliando a disputa nacional e estadual, o PT deve insistir com Lula?

GERALDO – Lula é inocente. Está preso porque a elite não gosta de governos que trabalham pela população. Foi assim com Getúlio Vargas, João Goulart e Juscelino Kubitschek. E, por último, com a presidenta Dilma Rousseff. Nós vamos registrar a candidatura de Lula no dia 15 de agosto e vamos provar que Lula é inocente e, portanto, tem direito a ser candidato.

PIMENTA – Apesar de todos os sinais no Judiciário, o sr. acredita que ele possa disputar e, vencendo, assumir a presidência?

GERALDO – As pesquisas mostram até Lula ganhando em primeiro turno. O meu desejo é que aconteça. O povo está com Lula. Quem está contra? A grande imprensa e o Judiciário.

______________

Rui está sendo um bom governador para a Bahia e o melhor governador da história para a nossa região.

______________

PIMENTA – José Dirceu diz que Wagner seria bom candidato do PT. Há o nome de Fernando Haddad. Não avalia como possíveis substitutos?

GERALDO – Meu candidato é Lula. Se lá na frente tiver alguma coisa, a gente para e analisa.

PIMENTA – E a disputa estadual?

GERALDO – Rui está sendo um bom governador para a Bahia e o melhor governador da história para a nossa região sul da Bahia. Com essas obras importantes, Barragem do Colônia, Hospital da Costa do Cacau, duplicação da estrada Ilhéus-Itabuna, que começa a qualquer momento – nós precisamos romper com essa dificuldade lá no TCU -, a nova ponte nova em Ilhéus e outras ações…. Tudo isso dá a Rui o título de melhor governador que o sul da Bahia já teve.

SANTANA ASSUMIRÁ A SESTTRAN NA QUARTA

Santana deverá assumir a Sestrran na quarta

O ex-deputado Coronel Santana assumirá a Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito de Itabuna (Sesttran) na próxima quarta-feira (13). Ele substituirá Cláudio Dourado na Pasta. Santana é o terceiro nome a ocupar a Pasta na atual gestão do prefeito Fernando Gomes.

Antes de Dourado, Sérgio Gomes foi nomeado para comandar a Sesttran, mas foi exonerado logo em seguida devido à repercussão nacional negativa para Fernando por ter nomeado a esposa, um sobrinho e um dos filhos para o secretariado.

Sérgio Gomes será candidato a deputado estadual e deverá ter entre os seus colaboradores Cláudio Dourado, ex-prefeito de Ibicuí, no médio sudoeste do Estado.

RELAÇÃO TENSA E QUEDA DE ANORINA

Já em outubro, os professores foram para a rua pedir a saída de Anorina (no detalhe)

A professora e ex-vereadora Anorina Smith Lima travou uma tensa relação com os antigos colegas do Sindicato do Magistério Municipal de Itabuna (Simpi) no período em que esteve à frente da Secretaria de Educação de Itabuna. No segundo semestre, o governo retirou o adicional de quase um terço dos educadores. Centenas destes profissionais fizeram barulho nas ruas e dentro do Centro Administrativo Firmino Alves.

O que era ruim piorou, ainda mais, em março deste ano, quando os professores decidiram entrar em greve para cobrar o pagamento do terço de férias de 2017. Anorina disse que o movimento era um “exagero” e lançou suspeitas contra o Simpi, que ajudou a criar.

Anorina, para governistas, demonstrou pouca habilidade ao lidar, externamente, com questões delicadas da Pasta, a exemplo de estrutura física das escolas em maio, quando Itabuna voltou ao noticiário nacional devido à precariedade das escolas. Ontem (7), o prefeito Fernando Gomes decidiu exonerar Anorina. O ato ainda não foi publicado no Diário Oficial.

“TORNEIRA SECA”: RESPOSTA DE FERNANDO A REPÓRTER VIRALIZA NO WHATSAPP

Fernando em entrevista à repórter Luísa Couto, da TV Santa Cruz

Viralizou nas redes sociais entrevista do prefeito Fernando Gomes à TV Santa Cruz, hoje (28). A emissora fazia matéria sobre a falta d´água em Itabuna para o seu principal telejornal, o BA-TV.

A repórter Luísa Couto perguntou ao prefeito como ficaria o abastecimento se a greve dos caminhoneiros perdurar e os insumos usados no tratamento da água não chegarem à Emasa por estes dias. A resposta você confere no vídeo abaixo.

FERNANDO ACUSA A DOM PARKING DE “LEVAR DINHEIRO DE ITABUNA E NÃO PAGAR IMPOSTO”

Fernando Gomes acusa Dom Parking de sonegar impostos || Foto Waldir Gomes

O prefeito Fernando Gomes disse que o município vai recorrer da liminar que obriga o retorno imediato da Zona Azul ainda com a Dom Parking administrando o serviço de estacionamento rotativo pago. “Eu ainda não fui notificado. Se receber, nós vamos, imediatamente, entrar com recurso”, disse ele em entrevista ao Resenha da Cidade, apresentado por Roberto de Souza, na Rádio Nacional, há pouco.

Ainda no programa, Fernando acusou a Dom Parking de “levar dinheiro de Itabuna” sem pagar impostos. “Não pode fazer assim”. Mas ele afirmou que cumprirá decisão judicial, assim que notificado. “Vamos cumprir o que a justiça determinar”. O site não conseguiu contato com a Dom Parking.

Como o PIMENTA noticiou no início da noite de ontem (25), o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Ulysses Maynard, determinou o retorno imediato do serviço, gerido pela Dom Parking. Caso seja descumprida a ordem, a multa diária será de R$ 5 mil até atingir limite de R$ 60 mil.

JUSTIÇA DETERMINA RETORNO DA DOM PARKING E COBRANÇA DA ZONA AZUL EM ITABUNA

FERNANDO DIZ QUE PROIBIR NOVAS FACULDADES DE MEDICINA “É IMORALIDADE”

Fernando Gomes: medida é uma “imoralidade” || Foto Waldir Gomes

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, fez visita ao campus da Faculdade Santo Agostinho, na J.S. Pinheiro, na Nova Itabuna, e considerou “uma imoralidade” a proibição do governo federal em autorizar novos cursos de Medicina pelos próximos cinco anos.

– Esperamos que o próximo governo cancele essa imoralidade. O que o MEC e o Ministério da Saúde devem fazer é fiscalizar os cursos para que sejam implantados com qualidade – disse o prefeito.

A Santo Agostinho não foi atingida pela medida, pois o processo de implantação do curso de Medicina, no âmbito do Programa Mais Médicos, começou em 2015, por edital lançado pela então presidente Dilma Rousseff.

Na semana passada, a faculdade foi credenciada pelo Ministério da Educação e deverá iniciar as atividades em 27 de julho, conforme anúncio feito hoje. O vestibular da instituição está previsto para 17 de junho. Serão oferecidas 85 vagas, 10 das quais para bolsistas. O curso da Santo Agostinho será coordenado pela médica Mércia Margotto, que integra o colegiado de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

COMO FICA A ZONA AZUL?

Serviço de Zona Azul foi suspenso na semana passada || Foto Pedro Augusto

O prefeito Fernando Gomes cancelou o contrato de exploração do serviço de estacionamento rotativo Zona Azul, na semana passada, mas ainda não decidiu o que fazer. Estaria em dúvida se a prefeitura tocaria o serviço, contratando parte dos 92 funcionários do período em que a Dom Parking operou a Zona Azul, ou faria licitação para contratar nova empresa.

O número de veículos em circulação na cidade e a carência de vagas de estacionamento deixam claro que o município não pode mais ficar sem estacionamento rotativo, seja com gestão própria ou terceirizada.

PRESIDENTE DA HAVAN DIZ QUE TEM OBRIGAÇÃO DE ABRIR LOJA EM ITABUNA

Luciano Hang (ao centro) diz que se sente na obrigação de abrir filial em Itabuna

Avançaram as negociações para que uma das maiores lojas de departamento do Brasil, a Havan, finalmente abra uma filial em Itabuna. As conversas foram iniciadas em 2015 (reveja aqui) durante missão do governo baiano ao município de Brusque, em Santa Catarina, integrada pelo vice-governador João Leão e o empresário Roberto Minas Aço, além do consultor Erlon Botelho.

No último sábado (21), a Havan inaugurou loja em Vitória da Conquista. O presidente da empresa disse se sentir na obrigação de abrir uma filial da Havan em Itabuna “diante do grande interesse” demonstrado pelo prefeito Fernando Gomes.

O prefeito foi a Conquista no sábado. Já no ano passado, havia visitado Brusque, quando manteve contato com a direção da rede de lojas de departamento. “Feliz da cidade que tem gestores que vão em busca de empreendimentos para traze-los para sua cidade”, disse Hang. Caso se instale em Itabuna, empreendimento pode gerar até 400 empregos.

Havan tem 109 lojas em todo o país e está em expansão na Bahia

FERNANDO DÁ POSSE A 3º SECRETÁRIO DE SAÚDE EM UM ANO E 4 MESES

O novo secretário de Saúde de Itabuna, Deivis Guimarães, tomará posse nesta segunda-feira (16). A solenidade será no gabinete do prefeito Fernando Gomes, no Centro Administrativo Firmino Alves, no São Caetano. Deivis tomará posse cerca de um mês depois da exoneração de Lísias Miranda.

Além de presidente da Associação Brasileira de Fornecedores de Medicamentos (Abfmed), Deivis foi secretário de Saúde de dois pequenos municípios do Espírito Santo (Anchieta – 2015 a 2016 – e Presidente Kennedy – 2013 a 2014) e consultor das secretarias estaduais de Saúde da Bahia e do Espírito Santo.

Deivis Guimarães será o terceiro nome da Pasta da Saúde em um ano e quatro meses do Governo Fernando Gomes. O primeiro a comandar a secretaria foi Vitor Lavinsky, substituído por Lísias Miranda. Os três foram nomes importados pelo prefeito.

JUSTIÇA SUSPENDE DIREITOS POLÍTICOS DE FERNANDO

Fernando tem direitos políticos suspensos

A Justiça suspendeu os direitos políticos do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, por três anos e proibiu de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais e creditícios por igual período ao ser condenado por improbidade administrativa. O prefeito foi denunciado pelo Ministério Público estadual por realizar contratação de servidor sem concurso durante seu terceiro mandato no município, em 1997.

A decisão é um dos destaques da Coluna Satélite, do Correio. A ação tramitava na 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna há mais de 13 anos e foi assinada pelo então promotor da cidade Márcio Fahel, que recentemente comandou o MP baiano. Fernando pode recorrer da decisão em primeira instância.

FERNANDO, RUI E O “DATACUMA”

Fernando e Rui na contenção da J. Magalhães || Foto Paula Fróes/GovBA

Durante a solenidade de assinatura da ordem de serviço para conclusão do Teatro Municipal de Itabuna, o prefeito Fernando Gomes derretia-se em elogios ao governador Rui Costa, do PT. Falava à plateia de uma “pesquisa” dele sobre as intenções de voto para o governo do Estado:

– Fui em Salvador. Peguei quatro táxis e conversei com 18 pessoas. Não vi um voto para ACM Neto. Todos disseram que vão votar em Rui. Ele é o melhor. Só tem um defeito: a segurança pública no Estado.

E foi assim que surgiu o DataCuma…

Em tempo: Fernando afirmava reconhecer que a segurança é um problema em todo o país. Rui tratou de responder à crítica apontada pelo “DataCuma”. Disse que pouco pode ser feito diante de uma triste realidade: na Bahia, falou Rui, 68% dos presos pela polícia são liberados pela Justiça já nas audiências de custódia. 

TRANSPORTE PÚBLICO EM ITABUNA: A SERVIÇO DE QUE LÓGICA ESTÁ A CIDADE?

Davidson Brito | davidson_brito@yahoo.com.br

 

A surpresa mesmo, para alguns, existe quando a notícia de que o Conselho Municipal de Transporte, órgão representativo que é responsável por fiscalizar e nortear questões relativas ao transporte, assuma determinada posição sem levar em consideração elementos fundamentais para a tomada de uma decisão democrática, legal e transparente. Pior, ainda, é quando a prefeitura, que deveria ser a porta voz da maioria, vai justamente na contramão disso.

O colapso no transporte público deixou de ser uma ameaça há algum tempo e já é uma dura realidade para maioria da população itabunense. Ao passar dos anos, reclamações se acumulam e nada ou muito pouco tem acontecido. Certo mesmo tem sido ao início de cada novo ano a notícia do aumento na tarifa do transporte coletivo urbano e rural.

Não é preciso ser nenhum especialista para ver o óbvio: o transporte público em nossa cidade beira o caos. Tarifa cara, ônibus cheios e passageiros amontoados, desesperados para chegar ao trabalho ou em casa. Número de ônibus insuficientes e horas e horas a fio desperdiçadas diariamente nos pontos. Isso sem mencionar a sujeira acumulada nos veículos, além, é claro, do cotidiano desrespeito ao Estatuto do Idoso. E as principais vítimas, como não poderiam deixar de ser, são os trabalhadores e jovens da periferia que dependem do serviço e são obrigados a viver um inferno diário dentro dos coletivos.

Enquanto isso, o governo municipal de Fernando Gomes, por sua vez, insiste em fazer de conta que tal realidade não existe. E, quando fala sobre o assunto, foge dos reais problemas e tenta a todo custo criminalizar aqueles que buscam denunciar o atual estado do transporte. Longe de discutirem as reais causas para termos chegado a esse ponto, o governo parece tratar o assunto como mera obra do acaso, sem causas ou culpados. A população, por sua vez, é condicionada a se conformar e achar que esse problema não tem solução.

TRANSPORTE PÚBLICO, LÓGICA PRIVADA

Muitas pessoas em algum momento da vida se perguntaram: como o transporte é público se o serviço é restrito devido à cobrança da tarifa? A resposta para tal pergunta é muito simples e tem previsão legal no art. 175º da Constituição Federal, que incumbe ao Poder Público a prestação de serviços públicos, podendo ser de forma direta ou sob regime de permissão ou concessão, sempre através de licitação, como é o caso da situação do transporte em nossa cidade. E é justamente na maneira de como se dá essa concessão que começam nossos problemas.

As companhias públicas de transporte que existiam foram privatizadas nas últimas décadas. Esse processo seguiu o modus operandi das privatizações: primeiro, precariza-se o serviço para, então, passá-lo à iniciativa privada. Os resultados disso os usuários do serviço conhecem bem: tarifas mais caras, serviços piores e redução de direitos e salários dos funcionários.

A opção pelo transporte rodoviário em nosso país se deu devido à pressão e influência do setor privado, através das grandes multinacionais da indústria automobilística, como a Ford. A esse modelo, caro e ineficiente, imposto pelas multinacionais, soma-se o baixo investimento realizado pelos mais diferentes governos. Em Itabuna, a situação não é diferente, onde, segundo os dados do Portal da Transparência da Prefeitura, no ano de 2017 o município sequer chegou a investir o equivalente a 0,3% do PIB local.

Ao mesmo tempo, entregam a cada dia mais a cidade na mão do capital privado, deixando o controle total do serviço de transporte coletivo na mão das grandes empresas, verdadeiras máfias que, junto com os governos de plantão, assaltam o bolso da população e em troca oferecem um serviço precarizado, ineficaz e com tarifas em valores absurdos, que, diga-se de passagem, contam com o respaldo de todo o processo de licitação, que nos tempos atuais mais se parece com um grande acordo político contra o povo. :: LEIA MAIS »

CÂMARA ABRE TRABALHOS DE 2018 EM ATRITO COM FERNANDO

Fernando é aguardado por Chico Reis (à dir) para leitura de mensagem || Foto Pedro Augusto

A Câmara de Vereadores de Itabuna abrirá o período legislativo ordinário de 2018 nesta quinta (15), às 14h, no Plenário Raymundo Lima. A expectativa é grande quanto à presença do prefeito Fernando Gomes.

Pela tradição, o prefeito lê a mensagem do Executivo, mas, além dos atritos na relação com os vereadores, Fernando está de licença por 10 dias. O vice-prefeito Fernando Vita comanda o município desde a semana passada. Ainda não foi confirmada nem mesmo a presença do prefeito em exercício.

Os atritos entre vereadores e Fernando levaram o Legislativo a anunciar autoconvocação na qual foi derrubado o aumento da tarifa de ônibus, no último dia 5. Fernando Gomes decretou tarifa a R$ 3,30 a partir do dia 8 de fevereiro.

As empresas começaram a cobrar o valor, mas o aumento foi suspenso no meio da tarde da última quinta. O prefeito em exercício, Fernando Vita, disse que a suspensão se daria não por causa da decisão da Câmara, mas pelos distúrbios nas ruas, com ruas interditadas e ônibus retidos nas principais vias do Centro.

MANUELA BERBERT ASSUME A COMUNICAÇAO DA PREFEITURA DE ITABUNA

Manuela assume a Ascom

A publicitária e jornalista Manuela Berbert assumiu, nesta manhã de quarta (7), a Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Itabuna.

A posse de Manuela Berbert ocorreu na sala de reuniões, com a presença do vice-prefeito Fernando Gomes Vita e dos secretários Maria Alice Pereira (Governo) e Son Gomes (Administração).

Manu substitui o jornalista Kleber Torres, que agora cuidará de projetos pessoais. A jornalista e publicitária assume a Ascom tendo o desafio de implantar uma nova comunicação institucional e de imagem do prefeito Fernando Gomes.

Formada em Publicidade e Propaganda, colunista e influenciadora digital, Manuela respondia pelo marketing da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e comandava projetos nas áreas de eventos e internet, além de assessoria de comunicação e relações públicas.

DURVAL LELYS E BABADO NOVO ABREM CARNAVAL DE ITABUNA

Durval Lelys abre a folia no circuito da Beira-Rio, na sexta (19)

Durval Lelys, Babado Novo e Duas Medidas vão abrir a primeira noite do carnaval antecipado de Itabuna no circuito das Avenidas Aziz Maron e Mário Padre, na próxima sexta (19). A festa começará na quinta (18), com a Lavagem do Beco do Fuxico, na Travessa Adolfo Leite, animado pelo tradicional banho de cheiro das baianas e blocos tradicionais.

Grade da programação foi anunciada por Fernando nesta segunda

Na sexta, além de Durval, Babado e Duas Medidas, Denis (ex-Timbalada) e Neto LX também agitarão o circuito na Beira-Rio. Ainda de acordo com a programação anunciada pelo prefeito Fernando Gomes em coletiva nesta segunda (15), Saulo Fernandes, Trio da Huanna, Patrulha do Samba e Marcos e Pablo são as atrações do sábado (20). A grade não traz as atrações regionais.

A folia será encerrada na noite de domingo (21) com Cláudia Leitte, Daniel Vieira, Vingadora e Samba no Beco. As atrações se apresentarão em seis trios elétricos. A folia será realizada pelo município e Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), com patrocínio do Governo do Estado, que bancou as maiores atrações, segundo o prefeito. A folia custará R$ 1,6 milhão aos cofres públicos. O estado investirá R$ 1 milhão na contratação das oito principais atrações.

_________

PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL DE ITABUNA SERÁ DIVULGADA NESTA SEGUNDA

Carnaval de Itabuna começa na próxima quinta (18) || Foto Pedro Augusto/Arquivo

A programação oficial do carnaval antecipado de Itabuna será divulgada amanhã (15), às 10h, durante coletiva concedida pelo prefeito Fernando Gomes, no Centro Administrativo Firmino Alves. Governos municipal e baiano divulgaram como atrações já confirmadas Saulo Fernandes, Durval Lelys, Duas Medidas, Vingadora e Cláudia Leitte, além de cantores e bandas regionais.

Serão mais de 20 bandas e seis trios elétricos na folia que começa na quinta (18) e vai até domingo (21), nas avenidas Aziz Maron e Mário Padre (Beira-Rio). O circuito da festa terá, além do camarote oficial, outros três, dentre os quais o Glamour, que terá entre as atrações as bandas Vingadora e Duas Medidas.

ESTADO BANCARÁ FOLIA EM ITABUNA

Carnaval de Itabuna será bancado pelo Estado || Foto Pedro Augusto

A duas semanas do início do carnaval antecipado de Itabuna, a prefeitura ainda não divulgou as atrações para a folia. O prefeito Fernando Gomes tem audiência marcada para hoje (4) com o governador Rui Costa para tratar de temas como retomada das obras do Centro de Convenções e Teatro e as atrações para o antecipado, que começa dia 18.

O governo baiano deverá ser, novamente, o maior patrocinador do carnaval, assim como em 2017. Pelo menos quatro grandes atrações para a folia estão asseguradas pelo governo estadual. Os nomes deverão ser anunciados até amanhã.

OBRAS DO TEATRO RETOMADAS EM FEVEREIRO

Fernando: obras em fevereiro

As obras do centro de convenções e do Teatro Municipal de Itabuna podem ser retomadas ainda em fevereiro, na avaliação do prefeito Fernando Gomes. O governo municipal trabalha com previsão de que as obras sejam concluídas em agosto do próximo ano, de acordo com o gestor.

A conclusão do centro de convenções e do teatro será tocada pelo município por meio de convênio com o Governo do Estado. O governador Rui Costa assegurou cerca de R$ 14 milhões para a conclusão das obras. A licitação deverá ser lançada, no máximo, no início de janeiro.










WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia