WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Fernando Mawéze’

ESCRITOR ANGOLANO MANTINHA JOVEM EM CÁRCERE PRIVADO

Nágila: cárcere privado e maus-tratos em Campos.

A jovem maranhense que vivia há um ano em Itabuna e viajou para Campos de Goytacazes (RJ) em companhia de um contador de histórias e escritor angolano foi vítima de maus-tratos e estava sendo mantida em cárcere privado, segundo a Polícia Federal. N.P.S., 18, viajou com Fernando Serrote Gonga para atuar como assistente nas palestras.

A Polícia Federal prendeu o angolano, que usa o nome artístico Fernando Mawéze, por desacato quando da abordagem no local onde N. era mantida.

O escritor e palestrante confirmou à polícia que “iria matar” N. caso a jovem fugisse e afirmava que não poderia ser preso pois era “Rei de Angola”. A estudante encontra-se sob os cuidados da polícia e a mãe dela viajou do Maranhão a Campos, ontem, para buscá-la.

De acordo com amigos de N., o angolano a seduziu com proposta de trabalho, mas já no domingo anterior ao sumiço teria feito ameaças caso a estudante não viajasse para o Rio de Janeiro. O escritor dizia que era “rei de Angola” e ela, “a prometida”. N. seria levada a força para o país africano.

Familiares de Fernando Mawéze confirmaram à Polícia Federal que o escritor e sofre de esquizofrenia.  A jovem foi mantida sob cárcere privado no Rio de Janeiro. Ela teria afirmado que estava bem por causa das ameaças de Fernando. O quadro real somente foi descoberto quando a polícia entrou em ação. O escritor conheceu a jovem em Itabuna e chegou a dar palestra em escolas estaduais sobre História da Cultura Africana.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia