WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Fieb’

SECTI E FIEB PROPÕEM AÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO DE INDÚSTRIAS NA BAHIA

Durante reunião na Fieb, Adélia expôs planos e metas da Secti para a indústria

Com o objetivo de identificar oportunidades e propor ações que possam beneficiar as indústrias locais, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) esteve presente na reunião do Conselho de Inovação e Desenvolvimento Industrial (CIDIN), no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), na última quinta-feira (6). A secretária Adélia Pinheiro expôs metas e compromissos com o cenário de desenvolvimento local.

A revisão do Marco Legal da Ciência e Tecnologia, que busca, dentre outras coisas, adaptar a legislação para que possa melhor atender as demandas atuais dos setores de Ciências,Tecnologia e Inovação, também foi pauta do encontro. Outro tema tratado se refere à necessidade de estreitar laços entre indústrias e os atores da área de inovação, por meio de uma plataforma que identifique as necessidades das empresas baianas.

A titular da Secti, Adélia Pinheiro, destacou questões que envolvem a infraestrutura nas unidades de tecnologia que servem ao ecossistema de ciência no estado. “É necessário fortalecer a rede de laboratórios, melhorar o acesso à banda larga e buscar financiamento público direcionado para a produção de conhecimento em ciência e tecnologia”.

A união entre Fieb e Secti busca cenários estimuladores para dar o devido destaque à produção científica estadual, transformando os serviços para potencializar desde os microempreendedores até as grandes empresas. Segundo Adélia, a Secti propõe uma realidade em que o empresário baiano não tenha que buscar recursos tecnológicos fora da Bahia e possa encontrar meios de se desenvolver por meio de uma produção completa dentro do próprio estado.

SABRINA DE BRANCO ASSUME PRESIDÊNCIA DO SINDPACEL NESTA QUINTA

Sabrina assumirá presidência do Sindpacel nesta quinta (19) || Foto AloaloBahia

Gerente de Relações Institucionais e Sustentabilidade da Bahia Specialty Celuluse (BSC), a jornalista Sabrina de Branco assumirá a presidência do Sindpacel, entidade que representa as indústrias de papel, celulose e papelão no Estado.

A solenidade de posse será na próxima quinta (19), às 19 horas, na Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), em Salvador. O evento também celebrará os 65 anos da entidade. Sabrina será a primeira mulher a comandar o Sindpacel.

PRESIDENTE DA FIEB REÚNE-SE COM EMPRESÁRIOS E RECEBE TÍTULO DE CIDADÃO ILHEENSE

Ricardo Alban, presidente da Fieb || Foto Pimenta

Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Ricardo Alban participará de reunião com empresários sul-baianos, nesta quinta (26), às 17h, na Associação Comercial de Ilhéus, na Praça J.J. Seabra, centro da cidade.

Logo após, Alban receberá o título de cidadão ilheense, concedido pela Câmara de Vereadores. O presidente da Fieb ficará na região até amanhã (27), quando terá encontro com líderes regionais, na Unidade Integrada do Sistema Fieb, na Rodovia Ilhéus-Itabuna.

 

SEMINÁRIO DA FIEB DISCUTE IMPACTOS DA REFORMA TRABALHISTA NAS EMPRESAS

Seminário será realizado na sede do Sistema Fieb em Ilhéus || Foto Pimenta

Seminário será realizado na sede do Sistema Fieb em Ilhéus || Foto Pimenta

A Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) promoverá, no dia 17 de outubro, em Ilhéus, o seminário Reforma Trabalhista e seu Impacto nas Empresas. O evento terá a participação do coordenador do Conselho de Relações Trabalhistas da FIEB, Homero Arandas.

Arands explicará as mudanças que entrarão em vigor a partir de novembro. Após a palestra será realizada uma mesa de debates. O evento é gratuito, com vagas limitadas.

As inscrições podem ser efetuadas pelo portal do Sistema FIEB (www.fieb.org.br). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (71) 3343-1479 ou pelo email capacitacaosindical@fieb.org..

ELEIÇÃO CONFIRMA ALBAN NA FIEB ATÉ 2022

Ricardo Alban é mantido na presidência da Fieb por mais 4 anos

Ricardo Alban é mantido na presidência da Fieb por mais 4 anos

O empresário Ricardo Alban será reconduzido à presidência da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) depois de vencer eleição, nesta segunda (2), em chapa única. Alban será mantido no comando da Fieb até 2022, após obter 40 dos 42 votos possíveis no pleito.

O industrial enumerou quais serão as prioridades estratégias do Sistema Fieb pelos próximos quatro anos. Alban apontou o estímulo à inovação e o apoio à interiorização industrial e às pequenas e médias indústrias. O empresário chegou à presidência da Fieb no final de 2014, com a morte de Carlos Gilberto Farias, do qual era vice.

Com Alban na presidência, a nova diretoria será composta pelos vice-presidentes Alexi Pelágio, Angelo Calmon de Sá Jr., Carlos Henrique Passos, Eduardo Catharino Gordilho, João Baptista Ferreira, Josair Bastos, Juan Lorenzo e Sergio Pedreira de Oliveira. Há, ainda, os diretores titulares e suplentes, membros do Conselho Fiscal e delegados junto ao Conselho de Representantes da Confederação Nacional da Indústria.

NA SEDE DA FIEB, DAVIDSON, BELUZZO E ALBAN DEBATEM CRISE E SAÍDAS PARA ECONOMIA

Davidson promove debate em Salvador

Davidson promove debate em Salvador

O deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB-BA) promove, nesta sexta-feira (7), em Salvador, um debate sobre a crise econômica e as perspectivas de desenvolvimento para o país. O evento será na sede da Federação das Indústrias do Estado (Fieb), no Stiep, a partir das 9h, e vai reunir professores, gestores e setores da indústria e dos movimentos sociais.

Entre os palestrantes, estarão Luiz Gonzaga Belluzzo, economista e professor da Unicamp; Jaques Wagner, secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE) do governo do Estado; o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban; o presidente nacional da Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo; e a presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Marianna Dias.

Além deles, também participarão o reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Carlos Salles, e o presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon), Gustavo Casseb Pessoti. A entrada para o evento é gratuita e aberta ao público, segundo o parlamentar.

EM ILHÉUS, PRESIDENTE DA CNI DIZ QUE PAÍS ESTÁ “SAINDO DE UMA CRISE MUITO FORTE”

Robson Andrade discursa observado por Ricardo Alban, à direita (Foto Pimenta).

Robson Andrade discursa observado por Ricardo Alban, à direita (Foto Pimenta).

O crescimento da economia em 1% no primeiro trimestre de 2017 sinaliza que o Brasil está “praticamente saindo de uma crise econômica muito forte”, na opinião do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade. O país volta a crescer, observou o dirigente, “depois de três anos de profunda recessão”. Junto com o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban, Robson inaugurou a Unidade Integrada na Rodovia Ilhéus-Itabuna, nesta manhã de sexta (2).

Andrade fez coro pela aprovação das reformas trabalhista e previdenciária. Para ele, o país está “criando ambiente muito mais favorável para o desenvolvimento e crescimento econômico. Citou, ainda, pautas como refinanciamento das dívidas tributárias de empresas e pessoas físicas como pontos deste novo momento positivo para o empresariado.

O presidente da CNI também fez questão de separar o joio do trigo no quesito ética. “Empresários se uniram aos políticos [para atos antiéticos], mas não representam a maioria dos empresários brasileiros”, observou, reforçando que estas práticas precisam ser revistas.

Robson também defendeu as investigações dos malfeitos que uniram empresários e políticos. No campo industrial, o nome mais forte envolvido com corrupção é o conglomerado dos Irmãos Batista, da JBS. Durante entrevista ao PIMENTA, Andrade evitou abordar o tema corrupção.

SEM SOLUÇÃO DE CONTINUIDADE

O presidente da Fieb, Ricardo Alban, reforçou a necessidade de reformas. “Espero que as reformas não sofram solução de continuidade [por causa da crise política]”, disse.

Para ele, há consciência nacional da necessidade de agilizar as relações trabalhistas e fazer a reforma previdenciária. “Precisamos garantir desenvolvimento e crescimento econômico”. Alban concedeu entrevista exclusiva ao PIMENTA e aborda cenário econômico, crise política e investimento em educação e tecnologia.

HOMENAGENS

Unidade da Fieb funciona na Rodovia Ilhéus-Itabuna (Foto Pimenta).

Unidade da Fieb funciona na Rodovia Ilhéus-Itabuna (Foto Pimenta).

A Unidade Integrada da Fieb, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, teve homenagens ao presidente da CNI, que dá nome ao complexo que abriga estruturas do Senai, Sesi e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). A Escola do Senai receberá o nome de Osvaldo Moscozzo Barreto de Araújo, enquanto a Escola do Senai leva o nome de um dos principais escritores baianos, Adonias Filho. Familiares dos homenageados participaram da inauguração da Unidade da Fieb. O investimento na estrutura atinge R$ 19 milhões, segundo a Fieb.

ESTRADA DO CONHECIMENTO
O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, elogiou a postura da CNI e da Fieb, e sugeriu batizar a Rodovia Ilhéus-Itabuna como Estrada do Conhecimento. A proposta deverá ser apresentada, na Assembleia Legislativa, pela deputada Ângela Sousa, que participou da solenidade.

A rodovia que liga as duas maiores cidades sul-baianas, além da Unidade Integrada, conta com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolocia (Ifba), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e a Ceplac. Parte do campus itabunense da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) está sendo construída numa das margens da rodovia federal. Do Pimenta. Atualizado às 15h/03.06.

AOS 67 ANOS, MORRE PRESIDENTE DA FIEB

Carlos Gilberto Farias faleceu em São Paulo.

Carlos Gilberto Farias faleceu em São Paulo (Foto Rafael Martins).

O presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Carlos Gilberto Farias, de 67 anos, faleceu nesta quarta-feira (5). O empresário sofreu complicações após cirurgia corretiva. Ele sofria de câncer e tratava quadro infeccioso. O procedimento foi feito no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Antonio Carlos Alban assumirá a presidência da entidade.

Políticos e líderes empresariais lamentaram a perda do diretor da Agrovale, indústria do Vale do São Francisco. “É com pesar que recebemos a notícia do falecimento do empresário e presidente da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), Carlos Gilberto Farias. Aos familiares, nossos sinceros sentimentos e a certeza de que Deus dará forças para superar esse momento”, disse, em nota, o governador eleito da Bahia, Rui Costa.

FEIRA DE ESTÁGIO

Estudantes que buscam uma oportunidade de estágio para aprimorar conhecimentos e estar mais próximo do mercado de trabalho terão uma boa oportunidade neste fim de semana. No sábado, 14, acontece no Sest/Senat, em Itabuna, a III Feira de Estágio do Sul da Bahia.

O evento começa às 8 horas, com credenciamento, seguido de exposição de empresas e de núcleos de atendimento à comunidade. Na programação, está incluída palestra da consultora Maria Lúcia Guimarães de Macêdo, do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), e do case “Estágio, seu futuro começa aqui”. À tarde, haverá oficinas e entrega de certificados.

A Feira de Estágio é uma iniciativa do Sistema Fieb (Federação das Indústrias do Estado da Bahia) e do IEL. Para participar, basta comparecer ao local com um quilo de alimento não perecível.

ESTUDO SUGERE DESCENTRALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA

Um estudo que deverá orientar o desenvolvimento industrial baiano aponta a necessidade de distribuir melhor a presença das indústrias pelo interior do Estado. A proposta está incluída no documento “Política industrial da Bahia – Estratégias e Proposições”, lançado nesta segunda-feira, 21, em Salvador, com a presença do governador Jaques Wagner.

O estudo é uma parceria da Secretaria Estadual de Indústria, Comércio e Mineração, Petrobras e Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) e propõe a criação de condições favoráveis para o fortalecimento da atividade industrial.

O presidente da Fieb, José de Freitas Mascarenhas, diz que “a proposta é que o documento representasse uma necessidade baiana”. Ele confirma que “um dos focos principais desse estudo é a descentralização da indústria, que exerce uma pressão muito grande na capital e no seu entorno”.

WORKSHOP SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) promove nesta quarta-feira, 10, a partir das 18h30min, na Faculdade de Ilhéus, a segunda edição do Workshop sobre Licenciamento Ambiental e a Indústria Baiana. A intenção é capacitar representantes da indústria no sul da Bahia na orientação das demandas e inovações em projetos para o licenciamento. A iniciativa conta com as parcerias da Petrobras e da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração.

As inscrições para o workshop são gratuitas e quem tiver interesse deve informar os dados pessoais pelo email projetoalianca@fieb.org.br. Os formulários de inscrição também poderão ser preenchidos no local do evento.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia