WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia





abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

editorias






:: ‘fisioterapia’

SHOPPING JEQUITIBÁ ABRE O “ESTAR BEM” NESTA TERÇA; ATIVIDADES SÃO GRATUITAS

O Shopping Jequitibá promove, nos dias 12 e 20 de fevereiro, o projeto Estar Bem, evento voltado para o mundo fitness. Já na quarta edição, a ação busca incentivar os clientes e visitantes do shopping a cuidar da saúde física, alimentação e estética.

A programação vai das 10h30min às 20h30min no Jequitibá, com crossfit, aulas de luta, dança e de zumba e pilates dance. O Estar Bem terá, ainda, acompanhamento com nutricionistas, aferição de pressão, teste de glicemia, massagem e outras atividades voltadas para uma vida saudável.

Nesta terça-feira (12), na abertura, o projeto Estar Bem começará às 10h30min com pilates dance, balé de rua, Andressa Dance, Studio S Dance (Zumba), Prime Dance, Academia Simetria, Academia W3, Alfa Team e Academia Performance. Também haverá a participação de alunos de Fisioterapia da Unime, profissionais da Farmácia Bompreço, nutricionistas da Clínica Mais, equipe do Day Horc, Bio Mundo e da Depyl Action. Todas as atividades do Estar Bem no Shopping Jequitibá são gratuitas.

FISIOTERAPIA AUXILIA NA REABILITAÇÃO VISUAL

Renato

Renato: fisioterapia para alterações e desvios nos movimentos oculares.

A reabilitação visual por meio da fisioterapia ocular é uma das especialidades que o Day Horc passou a oferecer, em Itabuna, para pacientes que apresentam alterações nos movimentos dos olhos. A terapia motora dos olhos trata as deficiências da visão sensorial e da motricidade dos olhos através do treino da musculatura ocular com estímulo visual e exercícios dinâmicos proprioceptivos, que visam corrigir distúrbios da visão e recuperar a funcionalidade visual.

O fisoterapeuta Renato Barreto explica o princípio da fisioterapia ocular. “Baseia-se em exercícios monitorados para o fortalecimento e o equilíbrio da musculatura do olho, reeducação da postura, prevenindo complicações ortopédicas, [além de] promover uma melhor realização das atividades profissionais e de vida diária para o paciente”.

Ainda de acordo com o especialista, os exercícios são indicados principalmente nos casos de alterações e desvios nos movimentos oculares, bem como nos casos de desconforto aos esforços visuais. Reabilitam pessoas com disfunções músculos-oculares como estrabismo, insuficiência de convergência, queda das pálpebras, paralisia facial e quadro de tonturas decorrentes de disfunções labirínticas, a labirintite.

“As alterações dos movimentos oculares podem ser detectadas através do Exame de Motilidade Ocular, e estas podem causar visão dupla, dificuldade ou sonolência durante a leitura, perda de concentração e diminuição da aprendizagem nos estudos, cansaço visual e dor de cabeça”, diz o fisioterapeuta.

SONO MELHOR, VIDA MELHOR

AdilzeAdilze de Mendonça Rodrigues

 

Existem tratamentos específicos para distúrbios do sono como o ronco e a apneia. Os tratamentos podem variar de simples mudanças de hábitos a procedimentos cirúrgicos.

 

 

Dormir bem não é apenas uma necessidade de descanso mental. É muito mais além.  Durante esse momento, ocorrem processos metabólicos essenciais para garantir um bom desempenho funcional e uma boa qualidade de vida. E isso só é possível se tivermos uma boa noite de sono.

Existem tratamentos específicos para distúrbios do sono como o ronco e a apneia. Os tratamentos podem variar de simples mudanças de hábitos a procedimentos cirúrgicos. O que vai determinar esse tratamento são as causas do ronco e/ou apneia, tipo e intensidade dos sintomas, alterações anatômicas, a gravidade da doença, dados antropométricos, presença de doenças associadas e outros.

:: LEIA MAIS »

ITABUNA TERÁ CURSOS DE ODONTOLOGIA E MEDICINA EM 2016

Curso será oferecido na Unime Itabuna.

Curso será oferecido na Unime Itabuna.

O primeiro curso superior de Odontologia será oferecido por uma faculdade particular em Itabuna em 2016. A Unime anunciou o lançamento do curso, além da oferta de vagas em Biomedicina, antes disponível apenas na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Madre Thaís na região cacaueira.

Serão 320 vagas anuais no campus itabunense da faculdade com as primeiras turmas formadas já no primeiro semestre.

Os dois cursos de bacharelado integrarão a área de saúde. A faculdade oferece, na mesma área, cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, Educação Física e Farmácia da instituição.

FACULDADE DE MEDICINA

O número de vagas de ensino superior na área de saúde, no município, aumentará ainda mais em 2016, quando Itabuna ganha primeira faculdade de Medicina.

Serão 80 vagas por semestre, oferecidas pelas Faculdades Santo Agostinho, que venceu o edital do Programa Mais Médicos. Das vagas, dez por cento serão reservadas a bolsistas.

PORQUE “DEL” EMOCIONA – E DÁ EXEMPLO

Del e a diretora da faculdade, Odília Moliterni.

Del e a diretora da faculdade, Odília Moliterni.

A história de comprometimento e superação do massoterapeuta Adevaldo Sarmento (Del), de 37 anos, sempre emocionou quem tem ou já teve contato com ele e conhece sua história. Massoterapeuta há 14 anos, Del perdeu a visão em um acidente de carro. A tragédia não o impediu de dar mais um passo à frente. Hoje, está entre os 12 novos bacharéis de Fisioterapia da 10ª turma do curso da Unime Itabuna.

Ele enfrentou todas as etapas da graduação com afinco e determinação, conforme colegas de academia e professores. A deficiência visual não o impediu de realizar o seu sonho.

O massoterapeuta decidiu cursar Fisioterapia por incentivo dos clientes, colegas de trabalho e familiares e fascínio pela profissão. “A fisioterapia é uma carreira linda por nos permitir cuidar das pessoas e acompanhar a recuperação delas, e para a qual, é necessário apenas ter o conhecimento nas mãos”, disse ele.

Del afirma identificar-se muito com o curso. E há um detalhe a mais na escolha feita. “Essa profissão me concede certa liberdade, porque em determinadas áreas o deficiente visual consegue atuar com total independência”.

Del entre colegas e professores na formatura em Fisioterapia.

Del (ao fundo) entre colegas e professores na formatura em Fisioterapia.

SEM TRATAMENTO DIFERENCIADO

Del nunca teve a pretensão de receber tratamento diferenciado, na universidade, por causa de sua condição. Buscava, afirma, ser tratado como um aluno comum e ter suas limitações respeitadas. E, assim, fez o possível para demonstrar a sua capacidade e obter resultados positivos por mérito próprio.

– Eu não faltava às aulas, os professores disponibilizavam todo o material utilizado em sala de aula. Sempre estive em dia com os assuntos para não acumular conteúdo e eu também escaneava os livros das disciplinas e estudava com o auxílio de programas de voz.

Já com o “canudinho” em mãos, Del não se esquece do universidade acadêmico. Afirma sentir-se grato pelo apoio recebido dos professores, da instituição e dos amigos. Emocionou-se ao ouvir os aplausos na cerimônia de colação de grau. Felicidade ainda maior ao saber que todos aplaudiram, de pé, o exemplo de determinação e superação.

MEC AUTORIZA 5 NOVOS CURSOS NA MADRE THAÍS E UNIME

Madre Thaís oferecerá três novos cursos.

Madre Thaís oferecerá três  novos cursos.

O Ministério da Educação autorizou três novos cursos na Faculdade Madre Thaís, de Ilhéus. A instituição oferecerá bacharelado em Fisioterapia e os cursos tecnológicos de Gestão Comercial e de Gestão de Recursos Humanos.

As portarias com as autorizações foram publicadas no Diário Oficial da União do dia 28.

Segundo o diretor-geral da Madre Thaís, os novos cursos serão oferecidos após análise das características regionais e da realidade socieconômica de Ilhéus e municípios de influência.

UNIME

O MEC também autorizou novos cursos superiores em Itabuna. A Unime já pode oferecer vagas para os cursos de Logística e Gestão de Recursos Humanos. As autorizações para a Unime foram publicadas na edição de sexta do DOU.

PROUNI OFERECE 657 BOLSAS EM ITABUNA E ILHÉUS. INSCRIÇÃO JÁ COMEÇOU

Prouni 2014

______________________________________________

Arquitetura e Urbanismo, Enfermagem, Farmácia
Logística e Odontologia estão entre opções de curso

As inscrições no Programa Universidade para Todos (Prouni), do Ministério da Educação, começaram nesta madrugada de segunda (13) com a oferta de 657 bolsas  integrais e parciais em faculdades privadas em Ilhéus e Itabuna. O prazo de inscrição encerra-se na sexta (17). O resultado da primeira chamada está previsto para dia 20.

O programa federal oferece 590 bolsas integrais e 67 parciais em faculdades das duas maiores cidades do sul da Bahia. As bolsas parciais são oferecidas apenas por instituições de ensino superior em Ilhéus.

A maioria das vagas está em Itabuna, onde são disponibilizadas 439 bolsas, todas elas integrais e divididas por 21 cursos nas faculdades Unime, Unopar, Uniasselvi e Unisa, de acordo com levantamento feito pelo PIMENTA com base nos dados do MEC. As instituições privadas ilheenses oferecem total de 218 bolsas, boa parte na modalidade ensino a distância, em 20 cursos.

CLIQUE AQUI PARA INSCRIÇÃO NO PROUNI

Para a inscrição, o MEC solicita o número de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, além da senha.

Além de ter participado do Enem 2013, o candidato precisa ter obtido nota média igual ou superior a 450 para poder se inscrever no Prouni. Outra condição é ter cursado o ensino médio em escola pública ou ter sido bolsista em escola particular e ainda não ter curso superior completo.

BOLSA INTEGRAL OU PARCIAL?

O candidato pode disputar bolsa integral no Prouni caso a renda bruta familiar mensal por pessoa seja igual ou inferior a um salário mínimo e meio (R$ 1.086,00). Já para concorrer à bolsa parcial, a renda bruta familiar deve ser de, no máximo, três salários mínimos (R$ 2.172,00) por pessoa. No leia mais, confira a oferta de cursos e de vagas em Ilhéus e Itabuna. :: LEIA MAIS »

JUSTIÇA AUTORIZA ALUNO DA UNIME A COLAR GRAU ANTES DE CONCLUIR CURSO

Pavilhão da Unime em Itabuna.

Pavilhão da Unime em Itabuna.

Um aluno da Unime Itabuna conseguiu, na Justiça, o direito a participar da colação de grau, embora ainda não tenha concluído o curso de Fisioterapia. Em sua decisão, a juíza federal Maizia Carvalho Pamponet autorizou a colação simbólica.

A Unime até apresentou recurso à decisão, mas foi entendido como medida protelatória. O mandado de segurança foi impetrado pelo estudante Jeudes Alves de Oliveira. A decisão da juíza restringiu a participação de Jeudes à colação de grau.

No recurso, a direção da Unime apontava que a sentença não informava da obrigação do aluno de concluir o curso, mesmo participando da colação.

Disse a magistrada que o pedido de Jeudes era pela “participação simbólica na colação de grau sem qualquer efeito legal daí advindo, e neste sentido foi concedida a liminar por este Juízo”.

SIMULAÇÃO TESTA SOCORRO EM ACIDENTES DE TRÂNSITO

"Vítimas" e "parentes" em simulação de acidente nesta tarde (Foto Pimenta)

Uma simulação de socorro em acidente de trânsito atraiu as atenções de centenas de pessoas que passavam pelas imediações da praça José Bastos e avenida Amélia Amado, no centro de Itabuna, hoje à tarde. A atividade envolveu alunos e professores dos cursos de nutrição e de fisioterapia da FTC, além de profissionais do Corpo de Bombeiros e Samu 192.

A simulação começou às 15h23min e testou a habilidade dos alunos em primeiros socorros e serviu como treinamento para as equipes de profissionais do Corpo de Bombeiros e do Samu 192.

Bombeiros e socorristas do Samu avaliam "paciente" na simulação (Foto Pimenta).

A atividade comprovou a eficiência do sistema de socorro em Itabuna (Samu 192 e Corpo de Bombeiros) e a qualidade dos profissionais habilitados em primeiros socorros, além de colocar em prática o conteúdo passado aos alunos em sala de aula, na avaliação do professor Sérgio Augusto Farias. “Os alunos tiveram a oportunidade de aplicar a teoria numa simulação muito próxima do real”, observou.

Sérgio Augusto é sargento do Corpo de Bombeiros e enfatiza que o atendimento em primeiros socorros pode ser feito por qualquer pessoa, bastando conhecimento básico para a ação de resgate.

Priscila e Sérgio avaliam simulação (Foto Pimenta).

Na avaliação da coordenadora do curso de Fisioterapia da FTC, Priscila Moutinho, a simulação foi o mais próximo possível do real, com a presença de “familiares” e do corre-corre em situação de socorro a 20 vítimas. A simulação era de acidente com dois carros de passeio e uma moto em área urbana.

A maquiagem dos alunos tão próxima de situações de lesões e fraturas expostas impressionou de crianças a pessoas mais experientes. “Estou trêmulo. Até de perto, parece de verdade”, disse Seu Jonas Souza, 70 anos.

O sargento Moreira da Cruz, do Corpo de Bombeiros, disse que a simulação serve como treinamento para os homens da corporação. “Quanto mais se aprende, o atendimento é mais eficaz”. A simulação permitiu ao Corpo de Bombeiros e ao Samu 192 também avaliar o tempo de socorro às “vítimas” da simulação.

SIMULAÇÃO: "Vítimas" aguardam socorro do Samu e Corpo de Bombeiros(Foto Pimenta).

CURSO RECONHECIDO

Por meio da portaria de número 422, publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira, 18, o MEC reconheceu o curso de fisioterapia da FTC de Itabuna, que foi implantado no ano de 2005. A portaria de reconhecimento está assinada pelo secretário de Educação Superior do MEC, Luiz Cláudio Costa.

O curso de fisioterapia da FTC já formou três turmas, com um total de 80 profissionais graduados.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia