WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: ‘Floresta Azul’

BAHIA: MAIS DE 900 MIL TÍTULOS PODEM SER CANCELADOS POR FALTA DE BIOMETRIA

Prazo termina no dia 18 de fevereiro

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia pretende alcançar 100% de eleitores com biometria até o prazo final para a conclusão da última etapa para o procedimento no estado. Atualmente, 242 municípios estão em processo de cadastramento e têm até o dia 18 de fevereiro para a conclusão dos trabalhos.

De acordo com a Justiça Eleitoral, mais de 900 mil títulos podem ser cancelados, caso os eleitores não regularizem a situação. Para participar e votar nas Eleições 2020, todo o eleitorado baiano deve estar identificado por biometria. No sul da Bahia, o processo está em andamento em municípios como Almadina, Camacan, Ibicaraí, Floresta Azul, Santa Luzia, Coaraci e Itacaré.

O TRE-BA alerta que, além de não poder votar, com o título cancelado, o cidadão estará sujeito a uma série de implicações previstas no Código Eleitoral. Entre os prejuízos estão: impossibilidade de obter empréstimos em instituições públicas; dificuldade para tirar ou renovar passaporte; não tomar posse em concurso público ou ser impedido de renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Para fazer a biometria ou regularizar a situação, o eleitor não precisa enfrentar filas. Basta agendar o serviço por site ou telefone e escolher hora e local que deseja ser atendido. O agendamento é feito no site agendamento.tre-ba.jus.br ou pelos números 0800 071 6505 ou (71) 3373-7223 (também whatsapp).

11 CIDADES DO SUL DA BAHIA PODEM TER SURTO DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA

Itabuna e outros 10 municípios podem enfrentar surto de dengue

Dados divulgados nesta terça-feira (30) pelo Ministério da Saúde indicam que pelos menos 11 cidades do sul da Bahia correm sério risco de enfrentar surto das doenças dengue, zika e chikungunya. O PIMENTA verificou que são localidades com índices de infestação do Aedes aegypti  que variam de 4,3% a 10,7%, considerandos preocupantes pelas autoridades de saúde.

O primeiro Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2019 indica que a pior situação no sul da Bahia foi verificada em Ibicaraí. Lá, de cada 100 imóveis visitados pelos agentes de combate às endemias, 10,7 estavam infestados com larvas do mosquito transmissor das três doenças.

O levantamento apontou altos índices de criadouros do mosquito e situação preocupante também nas cidades de Barro Preto (5,1%), Coaraci (5%), Floresta Azul (5%), Gongogi (7,7%), Ilhéus (10%), Itabuna (8,3%), Itororó (4,3%), Mascote (4,4%), Santa Luzia (5,7%) e Uruçuca (5,5%).

Entre as cidades com bons resultados estão Almadina (zero), Camacan (0,3%), Dário Meira (0,5%), Itaju do Colônia (0,9%), Pau Brasil (0,4%) e Una (0,8%). Para o Ministério da Saúde, índice de infestação predial inferior a 1% é considerado satisfatório. Os dados, aos quais o PIMENTA teve acesso, mostram que cerca de 30 cidades do sul da Bahia estão em situação de alerta, com índices variando de 1% a 3,9%.

:: LEIA MAIS »

COMEÇA EM MAIO A BIOMETRIA DOS ELEITORES DE CAMACAN, SANTA LUZIA E PAU BRASIL

Biometria começa dia 16 de maio em mais de 280 municípios baianos

A partir do próximo dia 13 de maio, 281 municípios baianos, muitos dos quais no sul e extremo-sul do estado, vão iniciar a revisão biométrica obrigatória. O anúncio foi feito pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador Jatahy Júnior, na tarde desta quinta-feira (11).

No sul da Bahia, a biometria será obrigatória para os eleitores dos municípios de Almadina, Barro Preto, Coaraci, Camacan, Mascote, Firmino Alves, Gandu, Floresta Azul, Itapitanga, Itaju do Colônia, Ibicuí, Iguaí, Itacaré, Itajuípe, Santa Luzia, Pau Brasil e Uruçuca.

Dentre as principais novidades desta etapa, que deverá ser a última fase da revisão extraordinária no estado, o destaque é a priorização do serviço de agendamento, que garante maior comodidade ao eleitor. Com o processo de agendamento, o eleitor poderá realizar o procedimento em data e hora previamente marcadas.

:: LEIA MAIS »

ACIDENTE MATA MULHER NA BR-415, EM FLORESTA AZUL

Elizabete faleceu em acidente na BR-415 || Imagens Plantão Itabuna

Um acidente envolvendo um veículo GM Cobalt, placa OZM-5781, resultou na morte de uma mulher, na manhã desta terça-feira (13), no quilômetro 85 da BR-415, trecho entre Floresta Azul e Santa Cruz da Vitória. A vítima foi identificada como Elizabete Nogueira Ribeiro, 34 anos, moradora de Salvador. Ela viajava com o marido, que nada sofreu.

De acordo com testemunhas, Everaldo da Silva Ribeiro, 39, perdeu o controle do carro, que rodou na pista e desceu uma ribanceira. O carro colidiu com vários obstáculos antes de cair em um riacho. O airbag do veículo foi acionado, mas não evitou que a mulher recebesse pancada na cabeça e morresse na hora.

Carro despencou de mais de 10 metros de altura || Foto PRE-BA

MILTON CERQUEIRA COBRA ASFALTAMENTO DO TRECHO ALMADINA-FLORESTA AZUL DA BA-262

Milton Cerqueira é recebido por Josias Gomes na Serin || Foto Divulgação

Milton Cerqueira é recebido por Josias Gomes na Serin || Foto Divulgação

Durante audiência concedida pelo secretário de Relações Institucionais da Bahia (Serin), Josias Gomes, o prefeito de Almadina, Milton Cerqueira, pediu o asfaltamento do trecho da BA-262 que liga o município a Floresta Azul. O trecho da rodovia possui 18 quilômetros de extensão.

Cerqueira foi recebido por Josias Gomes, titular da Serin, em audiência na qual estava acompanhado do secretário de Administração de Almadina, Tarcísio Cardoso, e pelo assessor do deputado estadual Rosemberg Pinto, Vital Bento.

O prefeito sul-baiano solicitou a reforma do estádio municipal, uma ambulância – por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Rosemberg Pinto –, um ônibus escolar e um trator com implementos agrícolas.

“Também pedi a perfuração de dois poços artesianos, um na Fazenda Pancadinha e o outro no Vale do Amaral. Nesse encontro produtivo com o secretário Josias Gomes – que reforça a nossa parceria com o governo do Estado -, também solicitei a visita do governador Rui Costa para inaugurar obras em nosso município”, afirmou Milton Cerqueira, prefeito de Almadina.

IBGE: ITABUNA ATINGE 221 MIL HABITANTES; ILHÉUS REGISTRA NOVA QUEDA

Itabuna tem mais de 221 mil habitantes; Ilhéus cai para 176 mil moradores

Itabuna tem mais de 221 mil habitantes; Ilhéus cai para 176 mil moradores

Maior município do sul da Bahia em número de habitantes, Itabuna manteve ritmo de crescimento populacional nos últimos 12 meses. Já Ilhéus, continua em queda acentuada, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

O órgão federal divulgou hoje (30) as novas estimativas populacionais. Os números são utilizados para definir políticas públicas e repasses constitucionais, a exemplo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal fonte de receita da maioria dos municípios brasileiros.

Segundo o IBGE, Itabuna chega a 221.046 habitantes. Eram 220.386 no ano passado. Com esse ritmo, caiu da quinta para a sexta posição dentre os mais populosos do Estado, superado por Juazeiro (220.253 ano passado e 221.773 agora). Localizado no Vale do São Francisco, o município sempre aparece entre os campões de geração de empregos no Brasil nos últimos anos.

ILHÉUS EM QUEDA

Panorâmica de Coaraci, no sul da Bahia || Imagem Infosaj

Coaraci, no sul da Bahia || Imagem Infosaj

Ilhéus tinha 180.213 habitantes em 2015, caiu para 178.210 no ano passado. E manteve ritmo de queda populacional, chegando a 176.341 moradores em 2017, conforme cruzamento de dados feito pelo PIMENTA.

Mais da metade dos municípios do centro-sul e do extremo-sul da Bahia acompanhou Ilhéus e registrou decréscimo populacional, conforme as estimativas oficiais.

Santa Luzia está entre as quedas significativas na região. Caiu de 13.508 para 13.398 habitantes entre 2016 e 2017. Coaraci está à frente, no quesito, com redução de 19.383 para 19.022 agora.

SALVADOR É 4ª MAIS POPULOSA

Salvador é quarta cidade mais populosa do país || Foto GovBA

Salvador é quarta cidade mais populosa do país || Foto GovBA

A estimativa do IBGE também aponta que Salvador se mantém como a quarta capital mais populosa do país, com 2.953.986 habitantes. Feira de Santana é o segundo município baiano (627.477). Vitória da Conquista 346.069 saltou de para 348.718. Quarta maior, Camaçari saiu de 292.074 para 296.893 moradores.

Ainda segundo o IBGE, o Brasil superou a marca de 207,6 milhões de habitantes em 2017. A Bahia chegou a 15.344.447 moradores ante 15.276.566 em 2016.

OS MAIS POPULOSOS DA BAHIA*

1º Salvador – 2.953.986
2º Feira de Santana – 627.477
3º Vitória da Conquista – 348.718
4º Camaçari – 296.893
5º Juazeiro – 221.773
6º Itabuna – 221.046
7º Lauro de Freitas – 197.636
8º Ilhéus – 176.341
9º Jequié – 162.209
10º Teixeira de Freitas – 161.690
11º Barreiras – 157.638
12º Porto Seguro – 149.324
13º Simões Filho – 136.050
14º Paulo Afonso – 120.706
15º Eunápolis – 115.290
16º Santo Antônio de Jesus – 103.342

_______________________________________
* Fonte: IBGE (Estimativa populacional)
Ubaitaba é dos municípios que tiveram decréscimo populacional || Foto Aleilton Oliveira

Ubaitaba é dos municípios que tiveram decréscimo populacional || Foto Aleilton Oliveira

POPULAÇÃO (CENTRO-SUL E EXTREMO-SUL)

Almadina – 6.062 (2016) | 5.985 (2017) –
Arataca – 11.697 | 11.661 –
Aurelino Leal – 12.891 | 12.706 –
Barra do Rocha – 6.338 | 6.258 –
Barro Preto – 6.367 | 6.251 –
Belmonte – 23.891 | 24.013 +
Buerarema – 19.269 | 19.256 –
Camacan – 33.257 | 33.310 +
Camamu – 36.543 | 36.644 +
Canavieiras – 33.130 | 33.002 –
Caravelas – 22.646 | 22.740 +
Coaraci – 19.383 | 19.022 –
Dário Meira – 11.864 | 11.716 –
Eunápolis – 114.275 | 115.290 +
Firmino Alves – 5.804 | 5.822 –
Floresta Azul – 11.279 | 11.244 –

Clique no leia mais e confira os dados dos demais municípios :: LEIA MAIS »

FLORESTA AZUL: GOVERNO DUPLICARÁ PONTE SOBRE O RIO SALGADO

Secretário recebe prefeita e deputado (à direita) em audiência.

Secretário recebe prefeita e deputado (à direita) em audiência.

A liberação da obra de duplicação da ponte sobre o Rio Salgado em Floresta Azul foi tratada em audiência, hoje (8), com o secretário estadual de Infraestrutura Marcus Cavalcanti, o deputado estadual Rosemberg Pinto e a prefeita de Floresta Azul, Gicélia de Garrafão.

O processo licitatório da obra, considerada vital para o tráfego no município e para o escoamento de produção em Floresta Azul, já foi finalizado. Segundo o secretário Marcus Cavalcanti, a ordem de serviço deverá ser assinada dentro de 10 dias com a empresa Paineiras Engenharia.

A Seinfra estima investir mais de R$ 2 milhões no serviço, que vai beneficiar 10 mil habitantes. “O alargamento da ponte sobre o rio Salgado era uma reivindicação antiga da população. Após a obra, a mobilidade urbana irá melhorar e o acesso a BR-415 vai fluir melhor”, destaca Rosemberg.

A prefeita Gicélia reivindicou ainda melhorias para a entrada da cidade, em uma operação tapa buracos. Para esse pleito, o secretário informou que existia uma pendência jurídica, mas já solucionada. Segundo ele, a operação será retomada em toda região sul da Bahia.

:: LEIA MAIS »

TIO DE VÍTIMA CONFESSA HOMICÍDIO EM FLORESTA AZUL

Ricardo, vulgo "Pretinho", é o principal suspeito do homicídio

Ricardo, vulgo “Pretinho”, é o principal suspeito do homicídio

O homem identificado como “Ricardo”, tio de Edson de Jesus, 19 anos, confessou o homicídio do rapaz e da namorada dele, Isabela Régis Lima, 18, em Floresta Azul. As vítimas foram agredidas a pauladas e depois asfixiadas.

Ricardo chegou a acompanhar a polícia nas buscas, mas começou a ser tratado como suspeito depois de uma informação de familiares de Isabela, que foram impedidos de entrar na casa em que Edson morava com o tio. O casal foi enterrado no quintal da residência.

A polícia ainda desconhece a motivação do crime e uma das hipóteses é de que o duplo assassinato tenha ocorrido em um surto do criminoso, que é usuário de drogas. O caso é investigado pela delegada Ana Paula Gomes.

O homicídio provocou comoção na cidade, que tem apenas 11 mil habitantes e ainda não convive com a rotina de violência comum em cidades maiores da região.

Crime bárbaro provocou comoção na cidade

Crime bárbaro provocou comoção na cidade

ITABUNA É GOLEADA, MAS SE CLASSIFICA. IBICARAÍ APLICA 10 A 0 EM CAMACAN

Uruçuca foi a primeira do grupo do Itabuna (Fotos José Nazal/Arquivo).

Uruçuca foi a primeira do grupo do Itabuna (Fotos José Nazal/Arquivo).

Apesar da goleada sofrida hoje (21), a Seleção de Itabuna garantiu classificação à próxima fase do Intermunicipal 2014 em terceiro lugar no Grupo 14. Jogando em Coaraci, Itabuna perdeu por 5 a 1. Para avançar, contou com uma forcinha de Uruçuca, que despachou Ilhéus: 4 a 0.

O destaque da rodada foi a Seleção de Ibicaraí. Em casa, o time da Velha Palestina aplicou goleada sonora na Seleção de Camacan, impiedosos 10 a 0.

Após seis rodadas, apenas Santo Amaro e Itapetinga continuam com 100% de rendimento. A seleção santamarense fez 29 jogos e legou apenas 3. Itapetinga foi mais econômica. Fez 11, mas tomou só 2.

SEGUNDA FASE

A segunda fase do Intermunicipal começa no domingo (28). Itabuna enfrentará Jitaúna, no Estádio Luiz Viana Filho, às 15h. A decisão será na casa da equipe adversária. Uruçuca enfrentará Ubaitaba, enquanto Ibicaraí pegará Iguaí. Tanto Uruçuca quanto Ibicaraí decidem a vaga na terceira fase em casa.

Buerarema, classificada em terceiro lugar na chave de Ibicaraí e Itajuípe, enfrentará Ibicuí. Itajuípe enfrentará Floresta Azul.

Confira a classificação por grupo clicando no “leia mais”, abaixo.

:: LEIA MAIS »

PROCURADOR RECOMENDA QUE TRE REVOGUE LIMINAR QUE MANTÉM DRA. SANDRA NO CARGO

Prefeita é acusada de compra de votos e abuso de poder econômico.

Prefeita é acusada de compra de votos e abuso de poder econômico.

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) recomendou revogar liminar que mantém no cargo a prefeita de Floresta Azul, Sandra Maísa Cardoso (Dra. Sandra), e o seu vice Jaconias Gusmão. Sandra foi cassada, no final de março, pelo juiz titular da 29ª Zona Eleitoral, Alysson Camilo Floriano da Silva, por abuso de poder econômico e compra de votos (relembre aqui).

O parecer é do procurador eleitoral substituto Sidney Madruga, para quem os recursos eleitorais não têm efeito suspensivo. O caso será julgado no pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) na próxima quinta-feira (22). “O efeito suspensivo do recurso (liminar)”, diz Madruga, “representa crescente e progressiva ameaça ao regime democrático.

Alegando fragilidade nas provas que levaram à sua cassação e que a decisão foi tomada por um magistrado diferente do que julgava o processo, a prefeita recorreu ao TRE-BA logo em seguida. O tribunal suspendeu a decisão até que a ação fosse analisada em segunda instância (reveja).

A ação de cassação foi movida pelo segundo colocado nas eleições de Floresta Azul, Carlos Amilton, o Garrafão. Os advogados eleitorais Marcos Alpoim e Frederico Matos sustentaram que a vitória de Sandra foi obtida mediante compra de votos e uso da máquina municipal.

FLORESTA AZUL: TRE MANTÉM PREFEITA NO CARGO

Prefeita é mantida no cargo até julgamento no TRE.

Prefeita é mantida no cargo até julgamento no TRE.

A prefeita de Floresta Azul, Sandra Cardoso (DEM), conseguiu efeito suspensivo para manter-se no cargo. Ela foi cassada por compra de votos, na semana passada, pelo juiz da 29ª Zona Eleitoral, Alysson Camilo Floriano da Silva.

A decisão que mantém a prefeita no cargo é do juiz Saulo Casali, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), e já era esperada, pois o tribunal adotou procedimento de só afastar o gestor em decisão de segunda instância.

Sandra, porém acumulou outra derrota: os embargos contra a decisão de Alysson Camilo foram julgados improcedentes. Na decisão em primeira instância, tanto Sandra como o vice, Jaconias Gusmão (PMDB), perderam os direitos políticos por oito anos.

PREFEITA DE FLORESTA AZUL É CASSADA POR COMPRA DE VOTOS

sandracardosoA prefeita de Floresta Azul, Sandra Cardoso (Dra. Sandra), foi cassada pela Justiça Eleitoral por compra de votos no pleito de 2012. A decisão é do juízo da 29ª Zona Eleitoral.

A justiça acatou as denúncias formuladas pelo Ministério Público Eleitoral e pelo candidato derrotado, Carlos Amilton (Garrafão), defendido pelos advogados Marcos Alpoim e Frederico Matos.

Na análise do MPE, Sandra Cardoso (Dra. Sandra) “arrecadou recursos e efetuou despesas, para fins eleitorais, em desacordo com as normas da Lei n. 9.504/ 1997 e de Resoluçäo do TSE e teve suas contas reprovadas”.

Apesar de cassada, Sandra terá o direito de recorrer ou apresentar embargos ainda no cargo. Caso seja cassada em definitivo, o município sul-baiano terá de realizar novas eleições, já que Sandra obteve mais de 50% dos votos em 2012. Ela também teve os direitos políticos cassados por oito anos. A decisão também atinge o vice, Jaconias Gusmão.

CANDIDATO, LENILDO DEFENDE AMURC “SEM PARTIDARIZAÇÃO E PERSONALISMO”

lenildo-santana1A voz pausada e o perfil conciliador do prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana (PT), levaram à construção de candidatura única à presidência da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc). Mas foi a proposta de uma entidade “sem partidarização e personalismo” que fortaleceu a candidatura do petista.

A postura equilibrada e de consenso do prefeito é elogiada pelo governador Jaques Wagner. “Lenildo se revelou grande prefeito e a sua reeleição demonstra isso”, disse o governador, que escolheu Ibicaraí como primeiro município do sul da Bahia a ser visitado em 2013, quando entregou as obras de reforma da BR-415.

Lenildo assume mais um desafio. É o candidato de consenso à presidência da Amurc. O pleito ocorrerá no dia 31. Atualmente, o prefeito de Ibicaraí é tesoureiro da entidade.

O candidato à presidência da Amurc conversou com o PIMENTA na redação do blog e falou de projetos e como os municípios podem se beneficiar dos projetos estruturantes e da chegada da Universidade Federal do Sul da Bahia.

 

BLOG PIMENTA – Quais são os projetos e metas mais importantes da sua campanha?

Lenildo Santana – Temos que incorporar, de forma muito clara e segura, os projetos macros mais importantes para a nossa região: o Complexo Intermodal Porto Sul e a Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsba). Eles estão na linha de frente do debate.

BP – E nas questões “macro”, que dizem respeito à situação dos municípios?

LS – Temos que batalhar pela melhoria das receitas dos municípios. E aí a gente tem algo importante que é a redistribuição dos royalties, além da reposição do IPI [Imposto sobre Produto Industrializado] e das perdas do FPM [Fundo de Participação dos Municípios]. Outro ponto importante é a capacitação dos servidores e gestores municipais.

BP – Qual dimensão dessas perdas com redução de IPI e queda do FPM?

LS – A Amurc participou do debate na CNM [Confederação Nacional dos Municípios], em Brasília, em quatro encontros, e tratou destes assuntos e o consequente encaminhamento deles. As perdas com redução de IPI e queda do FPM em Itabuna, Ilhéus e região ultrapassam R$ 10 milhões.

BP – Como interferir para que os municípios tenham gestões com melhor qualidade?

LS – A qualificação dos servidores dos municípios associados está entre as nossas metas. Há um outro fator interessante que é o trabalho articulado de comunicação, divulgando as ações positivas dos municípios. Existe hoje uma marginalização do gestor. Virou prefeito, já é ladrão. Nem todo mundo possui esse perfil. E isso [a estigmatização] é ruim por que pode desestimular quem entra na política buscando fazer o correto.

_______________

Nossa ideia é desenvolver diagnósticos, identificar as necessidades de cada município e montar os projetos.

_______________

BP – Como a Amurc pode fazer o papel de articulação com os municípios?

LS – Nossa ideia é desenvolver diagnósticos, identificar as necessidades de cada município e montar projetos. O gestor fará o acompanhamento na Amurc. Vamos trabalhar para garantir captação de projetos de R$ 300 mil a R$ 500 mil, como exemplo, permitindo soluções para cada município. Não são 20, 30 projetos para cada cidade. Por isso, define-se as prioridades. Algumas cidades não puderam ter acesso a dinheiro dos governos federal e estadual nem puderam apresentar projetos. A ideia é trabalhar com projetos para atender a quem também está, por questões judiciais, de certidões, excluído deste momento. Para quê isso? Os prefeitos estão distantes da entidade por que eles param para pensar e questionam: o que é que eu ganho com a Amurc? Hoje a gente já tem uma realidade muito melhor. As reuniões acontecem. Prefeito vai lá. A gente trabalha, auxilia. A gente mostra que a entidade pode, tem potencial para auxiliar, intervir.

BP – O senhor pertence a uma corrente política. Como conciliar interesses numa entidade suprapartidária?

LS – Localmente, temos o exemplo de Floresta Azul. A prefeita Sandra Cardoso é do DEM e possuímos ótimo relacionamento Floresta Azul-Ibicaraí. Fazemos cooperação em saúde, infraestrutura, assistência social. Quando a demanda ocorre e a solução pode ser feita, de forma legal, pelo município vizinho, é feita. Isso independe da bandeira partidária. Eu tenho isso com Jackson [Bonfim], que é do PP. Nós queremos fortalecer esse trabalho articulado, levar essa proposta para a Amurc.  Ou seja, queremos administrar a Amurc sem partidarizá-la e sem personalismo. Isso fortalecerá a entidade.

_______________

E A Ufsba vai proporcionar qualificação diferenciada que vai acabar alterando os ambientes onde esses alunos estão inseridos.

_______________

BP – Como os pequenos municípios poderão se beneficiar do Complexo Intermodal e da Ufsba?

LS – No caso da Ufsba, tenho o exemplo de Santa Cruz da Vitória. Talvez não chegue a dez o número de pessoas do município formadas em uma universidade federal. Agora, isso muda com a seleção de estudantes por meio dos colégios universitários da Ufsba. É um modelo altamente inclusivo. E A Ufsba vai proporcionar qualificação diferenciada que vai acabar alterando os ambientes onde esses alunos estão inseridos.

:: LEIA MAIS »

MULHERES VÃO COMANDAR 14 PREFEITURAS NA REGIÃO CACAUEIRA

Josefina, Ângela e Dra. Sandra foram reeleitas (Montagem Pimenta).

O número de mulheres eleitas prefeitas em municípios da região sul, incluindo o baixo-sul, saltou de cinco para 14 no comparativo de 2008 e 2012.

Cinco prefeitas da Região Cacaueira sul-baiana disputaram reeleição e três acabaram reconduzidas: Dra. Sandra (DEM), de Floresta Azul, Ângela Castro (PP), de Camacan, e Josefina Castro (PT), de Coaraci.

As prefeitas Neone Cordeiro (PP), de Jussari, e Ioná Queiroz (PT), de Camamu, não obtiveram êxito. Ioná comandou o município por quase todo o mandato, mas foi “ejetada” pela Justiça Eleitoral no início deste ano. Outra mulher foi eleita prefeita, Emiliana de Zequinha da Mata (PP). Em Jussari, foi eleito Valnio Muniz (PT).

A participação das mulheres nas prefeituras regionais teve aumento de 180%, mas em vários casos a eleita substituiu, de última hora, o candidato – geralmente o esposo ou pai da eleita, a exemplo de Almadina, onde Valtencir ficou impedido de disputar e colocou a esposa, Gleide de Val. Confira a relação:

Almadina – Gleide de Val (PSD)
Aurelino Leal – Liu Andrade (PP)
Barra do Rocha – Vera (PSC)
Barro Preto – Jaqueline Mota (PT)
Camacan – Ângela Castro (PP)
Camamu – Emiliana de Zequinha da Mata (PP)
Coaraci – Josefina Castro (PT)
Uruçuca – Fernanda Silva (PT)
Itajuípe – Gilka Badaró (PSB)
Floresta Azul – Dra. Sandra (DEM)
Maraú – Gracinha (PP)
Valença – Jucélia Nascimento (PTN)
Ubatã – Simeia de Expedito (PSB)
Una – Diane (PSD)

F. AZUL: GARRAFÃO É LIBERADO PELO TRE

Carlos Amilton Garrafão (PSB), candidato a prefeito de Floresta Azul, conseguiu ter o pedido de registro deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). O julgamento do recurso especial 6456 ocorreu nesta tarde.

A candidatura foi liberada por unanimidade: 4 votos a 0. O relator do processo de Garrafão, Saulo Casali, votou pelo registro da candidatura do político e foi seguido pelos demais juízes.

Os advogados do prefeiturável, Marcos Alpoim e José Carlos Costa Júnior, argumentaram que as contas de 2005 do ex-prefeito foram aprovadas pela Câmara e a Justiça comum havia anulado o julgamento das prestações de contas dos exercícios de 2007 e 2008.

A linha da defesa foi aceita pelo tribunal e Garrafão está garantido na disputa, tendo como adversária a prefeitura Sandra Cardoso (DEM). Garrafão havia sido barrado em primeira instância e recorreu ao TRE.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia