WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba










novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘Frankvaldo’

RADIALISTA MUDA PARA A JORNAL

Impedido sem maiores explicações de continuar apresentando o programa Show de Notícias na Rádio Nacional de Itabuna, o comunicador Frankvaldo Lima encontrou abrigo na Rádio Jornal. Lima passa a apresentar um programa semanal, aos sábados, das 9 às 10 horas, um espaço bem menor do que aquele que ocupava na emissora anterior, onde ele comandava o seu Show de Notícias de segunda a sexta, das 7 às 9 horas.

Segundo o radialista, a Jornal deverá promover mudanças em sua grade de programação, permitindo que o Show de Notícias tenha presença equivalente à da Rádio Nacional.

NACIONAL JÁ SUBSTITUIU FRANKVALDO

Como não recebeu informação oficial de desligamento da Rádio Nacional, o comunicador Frankvaldo Lima retornou na manhã desta quarta-feira, 1º, à emissora, e foi mais uma vez barrado na porta. Ordens da direção.

Frankvaldo vem sendo impedido de entrar na rádio desde a última segunda-feira, 30.  Hoje, a emissora escalou um pastor para o horário das 7 às 9 horas, em que até a última sexta-feira, 27, era apresentado o programa Show de Notícias.

O radialista teria sido alvo de retaliação do governo municipal, por fazer denúncias reiteradas à administração. Dinailson Gomes, filho do dono da Nacional, ocupa cargo de confiança no município, presidindo a Fundação Marimbeta.

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Rádio e TV de Itabuna (Stert), Frankvaldo entrará na justiça contra a rádio. “Eles têm todo o direito de me demitir, mas não da forma que estão fazendo. É um desrespeito”, protesta.

RADIALISTA É BARRADO NO PRÓPRIO PROGRAMA

O radialista Frankvaldo Lima foi impedido, na manhã desta terça-feira, 31, de apresentar o programa Show de Notícias, que comanda há dois anos na rádio Nacional de Itabuna. Segundo o profissional, que é presidente do Sindicato dos Profissionais de Rádio e TV de Itabuna, os seguranças da emissora receberam ordem para barrá-lo.

Mesmo assim, Frankvaldo conseguiu entrar na rádio e ocupou o estúdio, afirmando que somente sairia às 9 horas, quando – em condições normais – se encerraria o seu programa. Enquanto isso, a rádio ficou fora do ar, provavelmente até a chegada do radialista Cacá Ferreira, dono do próximo horário.

Frankvaldo afirma não ter recebido nenhum comunicado oficial de demissão, mas explica que a ordem para que não o deixassem entrar na Nacional partiu do diretor Barbosa Filho. Sem entrar em detalhes, o radialista diz que a ação de Barbosa tem “razões políticas”.

Além de Frankvaldo, a ordem do diretor também incluiu a comunicadora Kelly Dourado, esposa do primeiro e que atuava como apresentadora e operadora de áudio na Nacional.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia