WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba








novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘futebol’

DILMA APOIA NEYMAR E VIRA ALVO DE BRINCADEIRA NAS REDES SOCIAIS

Dilma homenageia Neymar nas redes sociais (Reprodução Facebook).

Dilma homenageia Neymar nas redes sociais (Reprodução Facebook).

O punho da mão direita colado no antebraço esquerdo formando um ‘T’. Dessa forma Neymar comemorou muitos de seus gols ao longo da carreira, representando a expressão ‘É Tois’. Também foi com esse gesto que a presidente Dilma Rousseff resolveu demonstrar o seu apoio ao jogador por ter que ficar de fora do restante da Copa do Mundo.

A presidente divulgou uma foto fazendo o ‘T’ com os braços durante bate papo na página do Palácio do Planalto no Facebook. O perfil fake de Dilma Rousseff, o Dilma Bolada, sugeriu na rede social que ela fizesse uma homenagem ao jogador da seleção brasileira dessa forma. Pouco depois foi postada uma imagem dela fazendo o gesto.

A imagem fez sucesso nas redes sociais. Na página Dilma Bolada, ela foi curtida por mais de 11 mil pessoas e compartilhada por mais de 600 usuários. A foto também foi postada no perfil oficial da presidente no Twitter com a legenda “É TOIS para @NeymarJr”. No microblog, o ela foi retuitada mais de 4 mil vezes.

A homenagem da presidente também rendeu montagens brincando com o gesto nas redes sociais. Confira algumas:

Gesto de Dilma, repetindo Neymar, vira meme (Reprodução/Correio).

Gesto de Dilma, repetindo Neymar, vira meme (Reprodução/Correio).

NEYMAR: “O SONHO NÃO ACABOU”

O atacante Neymar Jr. foi desligado da Seleção Brasileira, após constatação de que não poderia mais jogar a Copa do Mundo. Na partida contra a Colômbia, o brasileiro recebeu uma falta duríssima que provocou fratura de uma das vértebras. Ficará em torno de quatro a seis semanas em recuperação.

O jogador gravou um vídeo para a torcida e avisa: “O sonho não acabou”. Neymar deixa a copa como vice-artilheiro, com 4 gols. A artilharia é de James Rodríguez, da Colômbia, eliminada pelo Brasil na última sexta (4), por 2 a 1.

ALEMANHA À ESPERA DO BRASIL. OU…

Gol de Hummels contra a França (Foto Getty Images-Fifa).

Gol de Hummels contra a França (Foto Getty Images-Fifa).

A Alemanha bateu a França por 1 a 0, gol feito no primeiro tempo, e garantiu vaga na semifinal da Copa do Mundo. Vai encarar o vencedor do confronto Brasil x Colômbia, que se enfrentam às 17h, no Castelão, em Fortaleza (CE). A partida da semifinal será disputada na próxima terça (8), às 17 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

UMA PAUSA PARA A FANTASIA

celina artigoCelina Santos | celinasantos2@gmail.com

Ao mesmo tempo em que vibra, aplaude, vaia, chora, grita, a nação deixa claro que é hora de devanear. Já que não foi acionado novamente o “botão” da realidade, segue a festa, o batuque, a contagem para o apito final do juiz.

Nas gigantescas “arenas” construídas em 12 capitais, é um espetáculo à parte o “brado retumbante do heroico povo brasileiro” ao entoar o Hino Nacional à capela; torna-se difícil não se emocionar, ainda que do outro lado do televisor, quando a torcida canta “eu sou brasileiro/ com muito orgulho/ com muito amor…”.

Definitivamente, a Copa do Mundo envolve na redoma da fantasia, onde a maioria das pessoas é simbolicamente transportada para um universo regido pelo mais puro ufanismo. É como se a carinhosamente chamada camisa “canarinho” fizesse cair por terra qualquer sentimento negativo em relação ao país.

O momento, vivenciado a cada quatro anos, lembra uma célebre frase atribuída ao filósofo Georg Hegel, para quem “nada existe de grandioso sem paixão”. A despeito de preferências pessoais, não há como negar: Um dos mais inquestionáveis componentes da identidade brasileira é a paixão pelo futebol.

Neste ano de 2014, em especial, a mobilização é incomparavelmente maior. Afinal, a “terra adorada” é a anfitriã da maior competição do esporte mundial. Cerca de 600 mil visitantes vieram para assistir aos jogos, muitos ávidos por conhecer as tão alardeadas maravilhas do país. Em enquetes, eles já destacam a culinária diversa, a cordialidade e alegria dos “donos da casa”. Além, é claro, de testemunhar o quão forte é a ligação entre a torcida e a Seleção Brasileira.

Como bem definiu o jornalista Tino Marcos, a Seleção é uma instituição cultural para o Brasil. Através dos dribles geniais dos jogadores, parecemos dizer: que venham os obstáculos, porque somos brilhantes o suficiente para derrubá-los. Ilusão? Alienação? Por ora, nada importa! As vitórias nas “quatro linhas” chegam como uma catarse, a expurgar toda espécie de frustração lá do mundo real.

Enquanto o lugar de torcedor se sobressai em relação aos demais papéis, o brasileiro cria uma espécie de carapaça, de modo a impedir que qualquer discussão sociopolítica (ou algo que o valha) invada o sagrado cantinho do sonho. Aliás, está aí a razão pela qual de nada adiantam as tentativas de atrelar política a futebol.

Ao mesmo tempo em que vibra, aplaude, vaia, chora, grita, a nação deixa claro que é hora de devanear. Já que não foi acionado novamente o “botão” da realidade, segue a festa, o batuque, a contagem para o apito final do juiz. Espera-se, porém, que a torcida possa desembarcar do “planeta fantasia” dando passes acertados na relação com o próximo (família, amigos, patrões, empregados, vizinhos, desconhecidos…) e, principalmente, levando a bola do voto para longe do gol contra.

Celina Santos é chefe de Redação do Diário Bahia, pós-graduada em Jornalismo e Mídia e membro da Academia de Letras de Itabuna (Alita).

“GARFADA”? FIFA NEGA COMPLÔ CONTRA O BRASIL

Do Valor

A Fifa negou neste domingo (29) a existência de um complô para prejudicar a seleção brasileira na Copa do Mundo e disse que não “vale a pena” comentar as declarações feitas pelo técnico Luiz Felipe Scolari e o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira.

Os dois afirmaram após a vitória nos pênaltis sobre o Chile, sábado (28), pelas oitavas de final, que para muitas pessoas a possibilidade de o time nacional conquistar pela sexta vez o título mundial é um incômodo.

“Não vale a pena comentar o que é dito no calor da emoção. Temos confiança nos nossos árbitros. Tivemos 32 grandes times e agora caminhamos para ficar com oito grandes equipes na competição”, disse a porta-voz da Fifa, Delia Fischer.

As críticas mais pesadas foram feitas por Parreira. O coordenador técnico disse que se “existe um complô, é contra o Brasil”, e que “está incomodando alguém que a gente seja hexacampeão”.

Já Felipão cobrou que a arbitragem seja “igual para todo mundo” e que “não querem” que o Brasil fique com o título.A principal reclamação da comissão técnica brasileira é quanto à anulação de um gol marcado por Hulk. O árbitro alegou que o atacante dominou a bola com o braço e invalidou o lance.

FIFA SUSPENDE LUIS SUÁREZ POR 9 JOGOS

Suárez, de branco, levou gancho de 9 jogos por morder Chiellini (Foto Ricardo Mazalan AP-Ag. Brasil).

Suárez, de branco, levou gancho por morder Chiellini (Foto Ricardo Mazalan AP-Ag. Brasil).

Da Agência Brasil

O Comitê Disciplinar da Federação Internacional de Futebol (Fifa) suspendeu da seleção uruguaia, por nove partidas oficiais, o atacante Luis Suárez. A punição valerá a partir da próxima partida do Uruguai, que enfrenta a Colômbia no próximo sábado (28), às 17h, no Maracanã. Dessa forma, o atacante está fora da Copa do Mundo.

O comitê decidiu também que Suárez estará suspenso por quatro meses de qualquer atividade relacionada ao futebol. Ele deu uma mordida no ombro do zagueiro italiano Giorgio Chiellini, na partida da terça-feira passada (24), na Arena das Dunas, em Natal, quando o Uruguai venceu a equipe italiana por 1 a 0 e garantiu uma vaga para as oitavas de final.

Além da punição, Luis Suárez foi condenado a pagar multa no valor de 100 mil francos suíços, o equivalente a R$ 247 mil, e fica proibido de entrar nos limites de qualquer estádio de futebol durante o período de suspensão.

COPA JÁ É TERCEIRA EM MÉDIA DE PÚBLICO

Copa  no  Brasil  tem terceira maior média de público (Getty Image).

Copa no Brasil tem terceira maior média de público (Getty Image).

Da Agência Brasil

A média de público nos jogos da Copa do Mundo 2014, até agora, é a terceira maior de todas as edições do Mundial. Em 26 jogos disputados, 1.314.735 pessoas pagaram ingressos, com uma média de 50.566 pagantes por jogo.

Em todas as copas, a maior média é a de 1994, nos Estados Unidos, com 68.991 pagantes. Essa média não pode ser alcançada pela Copa 2014 devido à menor capacidade dos estádios brasileiros. A segunda maior média, de 52.491 pagantes por jogo, foi registrada em 2006, na Alemanha. Esse resultado poderá ser ultrapassado no Mundial do Brasil.

Na primeira Copa realizada no Brasil, em 1950, a média de público foi 47.511 pagantes por jogo. A Copa de 50 tem um recorde que dificilmente será batido. Na partida final entre o Brasil e o Uruguai, no Maracanã (Rio de Janeiro), o público pagante oficial chegou a 173.815 pessoas. Hoje a prioridade na construção dos estádios tem sido o conforto dos torcedores, e a capacidade máxima não passa dos 100 mil lugares.

Nesta Copa, quatro países já garantiram vagas para as oitavas de final: Holanda, Chile, Colômbia e Costa Rica. Outros quatro estão sem qualquer chance e cumprem apenas a tabela na terceira rodada: Espanha, Austrália, Camarões e Inglaterra.

A partir de segunda-feira (23), quando começa a terceira rodada da fase de grupos, haverá quatro jogos por dia em apenas dois horários. Os jogos do mesmo grupo serão disputados no mesmo horário para definição do primeiro e segundo lugares. Na segunda-feira, às 13h, os dois jogos do Grupo B são Holanda x Chile, em São Paulo, e Austrália x Espanha, em Curitiba. Às 17h, jogam pelo Brasil e Camarões, em Brasília, e Croácia e México, no Recife, pelo Grupo A.

TITANIC ESPANHOL

YASUYOSHI CHIBA

Iniesta e Casillas deixam campo desolados (Reprodução Yasuyoshi Chiba/Fifa).

José Sámano | El País

O futebol é amnésico, e amanhã é ontem. Quatro anos depois de Johanesburgo, e apenas dois depois da Eurocopa de Kiev, a Copa do Brasil foi o Titanic espanhol.

A Espanha que mais merecia um adeus honroso encerrou seu conto de fadas de forma espantosa, com uma decepção mundial. Um torneio que ficará gravado para sempre como um pesadelo, assim como seus triunfos também prevalecerão. Contra o Chile, o campeão continuou na lona, completamente atordoado depois do desabamento monumental perante a Holanda.

Não houve gongo que a salvasse, e o borrão é de tal calibre que a Roja, rota e desbotada, se tornou a primeira seleção a ser eliminada no Brasil, junto com a irrelevante Austrália. Desde a França-98, a seleção não deixava uma Copa pela porta de trás, na primeira fase. Naquela ocasião, a Espanha havia metabolizado o pessimismo crônico até a medula. Agora, parecia impensável uma pancada semelhante, mas o futebol é amnésico, e amanhã é ontem. Quatro anos depois de Johanesburgo, e apenas dois depois da Eurocopa de Kiev, a Copa do Brasil foi o Titanic espanhol.

Como o futebol não tem alma, para desgraça espanhola precisou ser o Maracanã o palco escolhido para que a seleção virasse a página sem consolo algum. Um desengano absoluto para uma geração que pôs a Espanha no topo, de onde caiu de forma sísmica. Uma casta para a lembrança infinita, e uma Copa para o esquecimento. A essa geração o futebol espanhol deve a conquista não só dos seus melhores troféus, mas também de um legado único, o pensamento próprio em um país onde o futebol só era definido pela diversidade dos clubes.

Clique aqui e leia na íntegra

————

Além da queda da Espanha, ontem (18), a Copa do Mundo no Brasil registrou a goleada aplicada pela Croácia. Bateu Camarões por 4 a 0. Antes, a Holanda venceu a Austrália, com dificuldades: 3 a 2.

Jogos de hoje (19)

Colômbia x Costa do Marfim, às 13h, em Brasília (DF).
Uruguai x Inglaterra, às 16h, em São Paulo (SP).
Japão x Grécia, às 19h, em Natal (RN).

POR ORA, GOVERNO VENCE A COPA

Comentário do jornalista Ricardo Noblat em seu site, aqui reproduzido abaixo, faz uma análise da primeira semana de Copa do Mundo no Brasil. A avaliação é de que as coisas estão andando bem e, para o humor não mudar, a Seleção Brasileira precisa avançar à próxima fase.

SOUZA DEIXA O VITÓRIA

Hugo foi apresentado em 10 de março. Hoje, anunciou despedida.

Souza (à esq.) foi apresentado em 10 de março. Hoje, anunciou despedida.

O atacante Souza pediu para rescindir seu contrato e está de saída do Vitória. O clube confirmou a informação através de e-mail enviado à imprensa.

O jogador vai dar uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (18) para explicar os motivos que o levaram a romper o acordo com o rubro-negro. Informações do Correio.

ESTRATÉGIA MEXICANA CONTRA O BRASIL

"Meme" na internet explica porque o Brasil parou no México.
“Meme” na internet explica porque o Brasil parou no México. A partida terminou 0 a 0,  e abriu a segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo 2014, em um Castelão lotado.

FUTEBOL, CAPOEIRA…

João Moutinho e Lahm no jogo Alemanha x Portugal (Foto Pool/Getty Images-Fifa).

João Moutinho e Lahm no jogo Alemanha x Portugal (Foto Pool/Getty Images-Fifa).

A Copa do Mundo rende belas imagens e o site da Fifa oferece um resumo com fotos que revelam a plástica que há no futebol. A atualização é constante. Nessa foto, pode-se ver um gingado semelhante ao da prática da capoeira no chocolate (4 a 0) oferecido pela Alemanha a Portugal, hoje, na Fonte Nova, em Salvador. A foto é da Getty Images-Fifa.

Para conferir o show de imagens, clique aqui.

JOAQUIM BARBOSA CLASSIFICA DE BAIXARIA XINGAMENTOS CONTRA DILMA

Joaquim Barbosa defende presidente da República.

Joaquim Barbosa defende presidente da República.

Do UOL

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, classificou nesta segunda-feira (16) de “baixaria” os xingamentos recebidos pela presidente Dilma Rousseff no jogo de abertura da Copa do Mundo, na semana passada.

“Baixaria. Foi um horror”, disse ao chegar para a última sessão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o qual também preside. Barbosa anunciou recentemente que irá se aposentar até o final deste mês.

Durante o jogo de estreia entre Brasil e Croácia, em São Paulo, na quinta passada (12), torcedores entoaram xingamentos à Dilma em quatro momentos. Em um deles, podia se ouvir: “Ei, Dilma, vai tomar no c…”.

No dia seguinte ao episódio, a presidente rebateu as vaias e disse que não iria se abater com “agressões verbais”. Barbosa foi ao jogo a convite da presidente Dilma.

ITABUNENSE ESTRELA COMERCIAL DA COCA-COLA

Gabriel é protagonista do comercial (Reprodução).

Gabriel é protagonista do comercial da Coca (Reprodução).

O ator itabunense Gabriel Querino é a estrela de um comercial da Coca-Cola rodado em emissoras de televisão e nas redes sociais e internet, na última quinta-feira.

A publicitária e articulista Manuela Berbert comemorou o sucesso do seu ex-aluno: – Gabriel começou no Galileu, nas peças de teatro de Tia Rita Veloso.

O comercial foi ao ar no dia de abertura da Copa do Mundo. Gabriel aparece com as cores do Brasil, cercado de brasileiros e croatas, que dividem a “pretinha”. Confira.

FRANÇA E ARGENTINA ESTREIAM HOJE

Zebrinha começou a pintar na Copa das Copas.

Zebrinha começou a pintar na Copa das Copas.

Após um sábado cheio e com zebrinha pintando na “Copa das Copas”, o domingo reserva estreias de campeãs mundiais. A França enfrenta Honduras e a Argentina terá a Bósnia e Herzegovina pela frente.

Ontem (14), os torcedores puderam assistir a quatro jogos, dentre eles um dos melhores deste início de jornada, o confronto entre Itália 2 x 1 Inglaterra. A Colômbia estreou com pé direito ao bater a Grécia por 3 a 0.

Na sequência, a Costa Rica surpreendeu a bicampeã Uruguai, sapecando 3 a 1. E, nos “embalos de sábado à noite”, a Costa do Marfim venceu o Japão por 2 a 1.

Jogos de hoje (15)

Suíça x Equador, às 13h, em Brasília (DF)
França x Honduras, às 16h, em Porto Alegre (RS)
Argentina x Bósnia, às 19h, no Rio de Janeiro (RJ)

COPA 2014: O DIA DO MASSACRE HOLANDÊS

Van Persie e Robben marcaram duas vezes cada um (Foto Alex Grimm/Getty Image-Fifa).

Van Persie e Robben marcaram duas vezes cada um (Foto Alex Grimm/Getty Image-Fifa).

A sexta-feira, 13!, foi daqueles dias para espanhol esquecer quando o tema é futebol. Foi uma tarde-noite de três jogos na Copa do Mundo e inacreditáveis 11 gols. Não pela quantidade do todo, mas de uma das partes, a que diz respeito ao confronto Espanha x Holanda. Agora, um resumo. Na sequência, o que temos para hoje.

México 1 x 0 Camarões, em Natal [Melhor em Campo: Giovani dos Santos].
Espanha 1 x 5 Holanda, em Salvador [Melhor em Campo: Robin van Persie].
Chile 3 x 1 Austrália, em Cuiabá [Melhor em Campo: Alexis Sánchez].

Neste sábado (14), a Copa 2014 terá:

Colômbia x Grécia, às 13h, em Belo Horizonte (MG);
Uruguai x Costa Rica, às 16h, em Fortaleza (CE);
Inglaterra x Itália, às 18h, em Manaus (AM); e
Costa do Marfim x Japão, às 22h, em Recife (PE).

ESPANHA E HOLANDA SE ENFRENTAM EM SALVADOR

Fonte Nova será palco de Espanha x Holanda hoje (Foto Manu Dias).

Fonte Nova será palco de Espanha x Holanda hoje (Foto Manu Dias).

Três partidas serão jogadas nesta sexta-feira (13) pela Copa do Mundo. Pelo Grupo A, o mesmo do Brasil, se enfrentarão México e Camarões, às 13h em Natal (RN). Pelo Grupo B se enfrentarão Espanha e Holanda, às 16h, em Salvador (BA); e Chile e Austrália jogarão às 18h, em Cuiabá (MT).

Apesar de ser o atual campeão olímpico, tendo derrotado o Brasil pelo placar de 2 a 1 na final, o México ocupa apenas a 20ª posição no ranking da Fifa. O selecionado mexicano tenta, nesta Copa, superar sua melhor campanha na competição, que foi chegar às quartas de final – feito obtido nas duas edições em que sediou a Copa (1970 e 1986).

Camarões é a nação africana que inaugurou uma nova fase para o futebol de seu continente em copas do Mundo, após ter saído invicta da Copa de 1982, disputada na Espanha. Na oportunidade, conseguiu um histórico empate em 1 a 1 com a Itália, campeã daquela edição. Oito anos depois, no jogo de abertura da Copa de 1990, disputada na Itália, fez outro registro histórico: derrotou a Argentina, campeã da Copa de 86 no México.

O jogo de abertura do Grupo A foi ontem e terminou com uma vitória do Brasil sobre a Croácia pelo placar de 3 a 1.

Atual campeã mundial e líder no ranking da Fifa, a Espanha enfrenta a Holanda, pelo Grupo B, reeditando a final da Copa de 2010, disputada por essas duas tradicionais seleções. Em seguida, jogarão Chile e Austrália, completando a rodada do grupo.

É HOJE!!!

Jogadores comemoram gol marcado pelo atacante Fred (Foto Rafael Ribeiro-CBF/Arquivo).

Jogadores comemoram gol marcado pelo atacante Fred (Foto Rafael Ribeiro-CBF/Arquivo).

O Brasil começa nesta quinta (12) a caminhada rumo ao hexacampeonato mundial. Em casa. Às 17 horas, no Itaquerão (SP), a Seleção Brasileira estreia contra a Croácia. Será em casa, com o apoio ainda maior da torcida. É, indiscutivelmente, uma das favoritas ao título. Joga em seus domínios, tem história a favor e a seleção está no nível das melhores, como Alemanha e Espanha, de quem ganhou a Copa das Confederações, por 3 a 0, no ano passado. Mas não há como comparar. Agora é outro campeonato, outra história. É Copa do Mundo. Rumo ao Hexa, pois.

DE ÔNIBUS, “ORANJE FANS” CRUZAM A BAHIA ATRÁS DA SELEÇÃO DA HOLANDA

Ônibus holandês circula em Itabuna e faz paradinha em Ilhéus (Foto Marcos Souza).

Ônibus holandês circula em Itabuna e faz paradinha em Ilhéus (Foto Marcos Souza).

Há pouco, torcedores fanáticos da Holanda cruzaram Itabuna a caminho de Salvador em um ônibus de dois andares nas cores da seleção europeia. Os “Oranje Fans” assistirão ao jogo de estreia da Holanda na Copa 2014 na Arena Fonte Nova, na sexta (13). Partida duríssima contra a campeã mundial Espanha.

Antes de chegar a Salvador, os holandeses farão uma parada no litoral ilheense. A passagem por Itabuna foi flagrada pelo fotógrafo Marcos Souza. Na paradinha próximo à Praça José Bastos, o Ônibus Laranja Holandês (Dutch Orange Bus) atraiu olhares curiosos.

SALVADOR

A seleção holandesa desembarcou em Salvador nesta quarta (11). Os fans holandeses chegam à capital baiana nesta quinta (12).

A CAMINHO DE PORTO

Ônibus que atenderá à Seleção da Suíça em Porto Seguro foi flagrado em Itabuna por Alan Feitosa. O selecionado suíço ficará hospedado no Hotell

Ônibus que atenderá à Seleção da Suíça em Porto Seguro foi flagrado em Itabuna, nesta tarde de sexta (6), por Alan Feitosa. O selecionado suíço ficará hospedado no extremo-sul do Estado. O centro de treinamento da seleção europeia será o Estádio Municipal de Porto Seguro.

A seleção suíça utilizará o Porto Seguro Praia Resort, no litoral norte, como centro de mídia. Uma delegação do federação europeia visitou as instalações do resort nesta sexta. “Ficamos impressionados com o que vimos”, disse o gerente de futebol da Federação Suíça, Philipp Ebneter.

Philipp, da Federação Suíça, elogiou estrutura de centro de mídia em Porto.

Philipp, da Federação Suíça, elogiou estrutura de centro de mídia em Porto.

CROÁCIA BATE AUSTRÁLIA EM SALVADOR

Equipe da Croácia minutos antes do jogo contra a Austrália (Foto FCF)

Equipe da Croácia minutos antes do jogo contra a Austrália em Pituaçu (Foto FCF).

A Croácia venceu a Austrália por 1 a 0, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, nesta noite de sexta (6). O gol foi marcado por Jelavic, aos 13 minutos da etapa final.

A partida também ofereceu a oportunidade do itabunense Sammir, do Getafe/Espanha, entrar em campo, aos 14 minutos do segundo tempo.

A Croácia fará o jogo de abertura da Copa 2014 contra o Brasil, na próxima quinta (12), no Itaquerão, em São Paulo.

Para a partida, uma possível baixa: o lateral esquerdo Pranjic torceu o tornozelo e deixou a partida aos prantos. Ele é o único jogador da posição no selecionado croata.

TORCIDA ESPECIAL EM PITUAÇU

Uma torcida especial fez a festa em Pituaçu: familiares do jogador naturalizado croata saíram de Itabuna hoje cedo para assistir ao jogo – e torcer por Sammir.

Amigos também se juntaram à torcida, dentre eles o treinador Amaral, lenda entre a gurizada itabunense que sonha com uma carreira de sucesso no futebol. Sammir começou na escolinha de Amaral, aos 9 anos.

1 A 0: FELIPÃO DIZ QUE TESTE CONTRA SÉRVIA “FOI MUITO BOM”

Jogadores comemoram gol marcado pelo atacante Fred (Foto Rafael Ribeiro-CBF).

Jogadores comemoram gol marcado pelo atacante Fred (Foto Rafael Ribeiro-CBF).

O Brasil venceu a Sérvia por 1 a 0, no Estádio do Morumbi, hoje (6). O gol foi marcado no segundo tempo pelo centroavante Fred, no último amistoso da seleção antes da estreia na Copa do Mundo, na próxima quinta (12), quando enfrentará a Croácia. Para o treinador Luiz Felipe Scolari, o jogo foi muito disputado e difícil para o Brasil superar a marcação sérvia.

– É difícil sair dessa marcação. Mas o jogo foi muito bom. Foi um bom teste – acrescentou.

O técnico da seleção disse que os jogadores estão prontos e ansiosos para o início da Copa do Mundo, na Arena Corinthians (Itaquerão), em São Paulo.

– Estamos ansiosos para começar. Tudo o que tinha de ser feito de planejamento foi feito, ou está sendo feito. Agora, no vestiário, disse para eles [jogadores] ‘aproveitem bem’. De agora em diante, o sacrifício será muito grande.

SACRIFÍCIO E GLÓRIA

Segundo Felipão, que citou uma palestra proferida ontem à noite (5) pelo ex-treinador Rubens Minelli, o recado que foi dado aos jogadores é que o sacrifício pode durar 30 dias [tempo que dura a competição], mas a comemoração “pode durar 1.430 dias [quatro anos, até a próxima Copa do Mundo]”.

O técnico também considerou normal as vaias de torcedores que apareceram durante o jogo de hoje; principalmente na saída para o intervalo. “É normal [as vaias]. Apareceu em Goiânia também. Não foi problema para nenhum dos nossos jogadores. Eles estão bem preparados e sabem que se não jogam bem, pode acontecer. Dos 67 mil torcedores, 65 mil saíram satisfeitos. Foi um cartão de visita bem legal”, disse Felipão.

De acordo com o técnico, fisicamente a seleção está pronta para começar a Copa do Mundo, mas taticamente ainda pode melhorar. “Podemos fazer alguma coisa, principalmente com bola parada”, disse ele. Com informações da Agência Brasil.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia