WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: ‘gestão pública’

JABES CONFIRMA DEMISSÕES EM 2016 E DIZ QUE REFORMA AUMENTOU RECEITAS EM 50%

Jabes confirma demissões e pode disputar reeleiçao (Foto Pimenta).

Jabes confirma demissões (Foto Pimenta).

O prefeito Jabes Ribeiro confirmou ontem (30) que demitirá uma leva de funcionários no próximo ano e insistiu em atribuir a responsabilidade aos sindicatos dos servidores municipais. Numa entrevista ao Jornal Bahia Online, Jabes disse que demitirá logo no início de 2016.

– O que está sendo pedido ao prefeito é para fazer o concurso. Mas, para fazer isso, primeiro terei que fazer exonerações. Não tenho saída. Janeiro tenho que tomar providência. Não tenho saída.

DRAMA PESSOAL E AUMENTO DE RECEITAS

Ele falou de drama pessoal – ao afirmar que perdeu a visão de um olho por dez dias – e comemorou o fato de a reforma tributária render ao município um aumento de 50% nas receitas próprias. “Saímos de uma arrecadação em 2014 de R$ 40 milhões e chegamos este ano a mais de R$ 60 milhões. Esses R$ 20 milhões de reais a mais foram fundamentais para que a cidade pudesse avançar”.

O prefeito também faz críticas à oposição e admitiu que pode concorrer a um novo mandato. “Pode acontecer, mas não pertence ao meu momento, ao meu desejo e à minha vontade”, disse. Jabes também aborda a sua peleja pessoal com o diretor do Hospital Geral Luiz Viana Filho, Cláudio Moura, e o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas. Clique aqui e confira a íntegra da entrevista.

SERVIÇO DE ILUMINAÇÃO É TERCEIRIZADO

Serviço de manutenção em rede pública será feito por empresa (Foto Gabriel Oliveira).

Serviço de manutenção em rede pública será feito por empresa (Foto Gabriel Oliveira).

A Prefeitura de Itabuna terceirizou o serviço de iluminação pública. A Ghia Engenharia Ltda abocanhará quase R$ 2 milhões para executar serviços de manutenção e correção na rede pública, de acordo com contrato publicado no Diário Oficial do município.

O contrato terá duração de 12 meses e custará exatos R$ 1.988.581,92 aos cofres municipais, média de R$ 165.715,16 ao mês. A empresa de Salvador levou o contrato ao vencer um pregão presencial.

PROJETO REDUZ SALÁRIO E NÚMERO DE VEREADORES EM TEIXEIRA DE FREITAS

Gilberto Leme quer reduzir número de vereadores e salários.

Gilberto Leme quer reduzir número de vereadores e salários.

Teixeira de Freitas poderá reduzir salário e número de vereadores para a próxima legislatura, se aprovado projeto de emenda à Lei Orgânica do Município. A proposta foi apresentada pelo vereador Gilberto Leme Soares (Gilberto do PT) na sessão de ontem (18), mas até agora conta apenas com 4 das 7 assinaturas necessárias para começar a tramitar.

O número de vereadores cairia de 19 para 13. Hoje, cada um deles recebe R$ 10.021,22. O valor equivale a 50% do que recebia um deputados estadual da legislatura passada (R$ 20.042,44). A proposta é reduzir  esse percentual para 30%. Ou seja, o salário de vereador de Teixeira de Freitas para a próxima legislatura cairia para R$ 7.596,75, tendo em vista que parlamentar estadual hoje recebe R$ 25.322,50.  Os colegas de Gilberto, claro, querem manter os 50%, exatos R$ 12.661,25.

O vereador ainda não calculou o impacto financeiro da proposta, porém, se aprovada da maneira que está, a economia anual superaria a faixa de R$ 1 milhão. Para ele, é natural a resistência da maioria dos vereadores ao projeto, já que quase todos disputarão novo mandato em 2016. “Se reduz número de vereadores, a dificuldade para reeleição aumenta”, disse ao Pimenta.

Para valer para a próxima legislatura, a proposta de Gilberto do PT terá que ser aprovada até 60 dias antes da eleição de 2016, marcada para 2 de outubro. O vereador sabe das dificuldades para tramitação da proposta, mas tem fé que a proposta seja aprovada. “A esperança é a última que morre”, completa.

CÂMARA DE ITABUNA CONVOCA APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO

Câmara faz primeira convocação de aprovados em concurso (Foto Pedro Augusto).

Câmara faz primeira convocação de aprovados em concurso (Foto Pedro Augusto).

A Câmara de Vereadores de Itabuna divulgou nesta quinta (29) convocação dos primeiros nomes aprovados em concurso público. As provas foram aplicadas em 7 de junho e participaram mais de 8 mil candidatos às 47 vagas.

Os convocados têm um prazo de 30 dias, a contar da data de publicação do Edital, para comparecer ao Setor de Recursos Humanos da Câmara, no Espaço Cultural Professor Josué Brandão, Avenida Mário Padre, Conceição.

De acordo com o edital, o não comparecimento no prazo previsto implicará na renúncia do candidato, que será substituído por seu sucessor na ordem constante na Lista Classificatória.

Há 15 dias, o presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira, anunciou que convocaria pessoal ligado à área contábil. Além de analistas de controle interno, técnico em licitação e assistente administrativo, também foram convocados motorista e recepcionistas.

Nova convocação somente deve ocorrer entre fevereiro e março do próximo ano, com o início das atividades legislativas de 2016. Clique no “leia mais” e confira os nomes convocados, além da documentação exigida.

:: LEIA MAIS »

TCM REPROVA CONTAS DE 2014 DE JABES

TCM reprova contas de 2014 de Jabes Ribeiro (Foto Pimenta).

TCM reprova contas de 2014 de Jabes Ribeiro (Foto Pimenta).

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, teve as suas contas do exercício de 2014 reprovadas, nesta tarde de terça (27), pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). De acordo com a corte, o mandatário ilheense não adotou medidas para reduzir o gasto com pessoal ao limite de 54%, como determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

As contas de Jabes tiveram o conselheiro Fernando Vita como relator. A maioria votou pela rejeição das contas do prefeito. O conselheiro Mário Montenegro absteve-se por causa da sua relação político-partidária com Jabes, que também é secretário-geral do PP.

Jabes também foi ulado em 75.050,00 por causa da irregularidade, sendo R$ 67.050,00 por não ter reduzido a despesa de pessoal a 54% das receitas líquidas.

O prefeito também deverá ressarcir, do próprio bolso, R$ 54.893,75, referente a ocorrência de despesas com multas e juros por atraso no pagamento de contas (R$ 29.226,06), processo de pagamento não encaminhado (R$ 18.001,00) e pagamentos de multas junto ao DETRAN sem o respectivo reembolso (R$ 7.663,69).

Sobre as despesas com pessoal, no terceiro quadrimestre de 2012, os gastos alcançaram o percentual de 69,39% da receita corrente líquida, sendo o município advertido a eliminar pelo menos 1/3 do percentual excedente no segundo quadrimestre de 2013 e o restante (2/3) no primeiro quadrimestre de 2014.

O resultado obtido pelo prefeito não foi considerado suficiente para descaracterizar a irregularidade, já que no primeiro quadrimestre de 2014 os gastos representaram 65,28% da RCL. “Desse modo, verifica-se que a despesa de pessoal não foi reconduzida ao limite de 54%, não observando o que estabelecem os artigos 23 e 66 da Lei de Responsabilidade Fiscal”, anota o relatório.

Ao final do exercício de 2014, a despesa com pessoal da prefeitura alcançou o montante de R$ 169.758.768,92, correspondendo a 63,2% da receita corrente líquida de R$ 268.614.691,59, ultrapassando mais uma vez o índice de 54%. O prefeito pode recorrer da decisão.

ESCOLA QUE FUNCIONAVA EM BAR É DESPEJADA; ALUNOS FICAM SEM AULA

Alunos foram despejados de bar (acima), após 70 dias (Fotos Blog Agravo).

Alunos foram despejados de bar (acima), após 70 dias (Fotos Blog Agravo).

Do Blog Agravo

A Escola Nucleada de Aritaguá II, de Ponta do Ramo, que estava funcionando temporariamente graças à sensibilidade do dono de um bar, que cedeu o espaço por 70 dias para que os alunos não ficassem sem aulas, foi despejada novamente.

Com isso os alunos já estão há 15 dias sem aulas, com previsão de retorno somente na semana que vem, por conta da bondade do avô de um aluno que cedeu uma casa na localidade para que seu neto não seja ainda mais prejudicado e consiga dessa forma concluir o ano letivo.

A Escola Nucleada de Aritaguá II – Sala Almiro Vinhais, está abandonada, com sérios problemas em sua estrutura. Para que os alunos não ficassem sem aulas, o dono do bar cedeu o espaço.

A Prefeitura se comprometeu a, inclusive com entrevista em uma emissora de TV, nesse período de 70 dias realizar a recuperação da sala para que os alunos voltassem a estudar, o que não aconteceu.

Confira matéria completa no site

NA BAHIA, METADE DAS PREFEITURAS ATRASA SALÁRIO

sem-dinheiroCerca de metade dos municípios baianos estão com salários atrasados. Segundo levantamento da União dos Municípios da Bahia (UPB), quase 200 prefeituras não estão pagando o salário do servidor em dia.

A maioria dos prefeitos adiantou que provavelmente não pagará o 13º salário no final do ano. Eles reclamam que a arrecadação nos municípios caiu mais de 30% neste ano, comparado com o mesmo período de 2014.

Os prefeitos dizem que estão adotando medidas para amenizar o impacto da crise econômica do país. Muitos estão demitindo contratados, reduzindo diárias, gratificações, horas extras, os próprios salários e dos secretários.

A estimativa é que mais de 4 mil pessoas serão demitidas pelos municípios nos próximos meses. Somente em Itabuna serão 200 desempregados a partir de primeiro de outubro.

Entre os prefeitos com salários reduzidos estão os de Itabuna, Ilhéus, Camaçari, Bom Jesus da Lapa, Lauro de Freitas e Cairu. O de Itabuna, Claudevane Leite, desde 2013 abriu mão de 30% do salário. Informações do Jornal das Sete, da Morena FM.

PREFEITURA DEMITIRÁ 200 CONTRATADOS E FARÁ CONCURSO PÚBLICO, DIZ VANE

Vane anuncia demissões, concurso público e desistência da reeleição (Foto Marcos Japa/Pimenta).

Vane anuncia demissões, concurso público e desistência da reeleição (Foto Marcos Japa/Pimenta).

Após afirmar que a Prefeitura de Itabuna não é cabide de emprego e reduziu de 82,82% para 66,36% os gastos com a folha de pessoal, Vane do Renascer anunciou em entrevista coletiva, hoje (25), a demissão de, pelo menos, 200 contratados. “A crise nos deixou numa situação muito ruim”, assinalou.

Ele iniciou a entrevista afirmando ter assumido “uma cidade inviável, com mais de R$ 376 milhões em dívidas. As demissões atingirão principalmente a área de infraestrutura. Devido à crise nacional, o prefeito paralisará várias obras, o que justifica, em parte, as demissões.

Ao mesmo tempo, Vane previu para outubro o lançamento do edital de contratação da empresa para realizar o concurso público. Por meio do concurso, segundo ele, serão contratados entre 300 e 400 servidores. O certame deverá ocorrer somente em 2016.

CORTE DE SALÁRIO

Vane também comentou decisão de prefeituras regionais no pós-crise. “Nós cortamos salários do prefeito, vice e secretários logo no primeiro mês de governo. Economizamos R$ 65 mil por mês e (quase) R$ 3 milhões por ano”. Ainda sobre a crise, o gestor lamentou a redução do ritmo de obras. Eram 36 antes da crise, caiu para 26 e será reduzido ainda mais, segundo ele.

O prefeito acredita que sairá deixando legado de austeridade. Para isso, antecipou que será homenageado como entre as 10 melhores gestões públicas pela respeitada Fundação Getúlio Vargas. Noutra ponta, após analisar vários indicadores, diz, sua gestão ficou em 12º entre as melhores do país, segundo estudos da Austin Ratings.

BICALHO FICA

O prefeito fez balanço geral da administração. Ao responder pergunta do PIMENTA quanto à situação de Paulo Bicalho no Hospital de Base (confira aqui), Vane assegurou que o médico continuará à frente da fundação mantenedora da unidade médico-hospitalar.

Bicalho reivindica aumento de 10% no volume de repasses para o hospital. O prefeito disse que buscará o estado para fazer esta complementação. Os 10%, de acordo com o secretário da Fazenda, Marcos Cerqueira, significam incremento de R$ 280 mil ao mês.

CANDIDATO DE VANE

Apesar de ter informado em reunião interna que seu candidato à prefeitura será Davidson Magalhães (PCdoB), Vane não disse em entrevista quem será o seu nome na disputa de 2016. Ele não disputará reeleição. “Não vou tirar para mim nem para ninguém (para disputar a prefeitura). Da prefeitura, não sai um santinho”, acrescentou.

Quanto às várias pré-candidaturas dentro do governo, Vane avisou:

– Não teremos disputa interna. Quem quiser outra candidatura, sairá do governo.

Vane ainda disse ser difícil para ele, como prefeito, ir para a reeleição e ter as mesmas fontes de financiamento eleitoral de 2012. “Não tenho (mais) esses apoios”, disse, referindo-se à contribuição de eleitores para a sua campanha.

LEVY: MANUTENÇÃO DE VETOS EVITA NOVOS IMPOSTOS

Para Levy, manutenção de vetos evita novos impostos (Foto Valter Campanato/Agência Brasil).

Para Levy, manutenção de vetos evita novos impostos (Foto Valter Campanato/Agência Brasil).

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse hoje que a manutenção – pelo Congresso Nacional – dos vetos da presidenta Dilma Rousseff a projetos que aumentavam gastos do governo evitaram a introdução de novos impostos no bolso do contribuinte. “[A presidenta] vetou porque era [preciso] evitar novos impostos”, disse Levy, ao fazer uma palestra no Fórum de Segurança Jurídica e Infraestrutura, na sede do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, em Brasília.

Deputados e senadores mantiveram na madrugada de hoje (23) os vetos a projetos que tratavam do fim do Fator Previdenciário e ao que acaba com a isenção do PIS/Cofins para o óleo diesel. Foram mantidos também outros 22 vetos. Eles constam da pauta de 32 vetos da presidenta Dilma Rousseff a diversos projetos de lei.

Segundo Levy, o Brasil – por meio do Congresso Nacional, “deu uma mostra de maturidade com a votação”.

O ministro da Fazenda disse também que o sucesso da votação se deveu ao empenho da presidenta Dilma Rousseff em favor da manutenção dos vetos. Segundo Levy, se os vetos fossem derrubados, haveria o risco de o aumento de gastos onerar “o bolso do contribuinte”.

O ministro disse a sociedade brasileira tem de ter consciência de que, sempre que há uma despesa, é necessário aumentar os impostos para manter a estabilidade fiscal. Segundo ele, é importante que o Brasil obtenha avanços em favor da diminuição da desigualdade de renda, mas é necessário também que haja atenção para os custos custos tributários decorrentes dessa decisão.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinícius Furtado Coelho, criticou – durante o seminário – o ajuste proposto pelo governo que inclui a proposta de aprovação da nova Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) para custear a Previdência Social. Em resposta, Levy disse que comunga com as palavras do presidente da OAB, mas acrescentou que é preciso que o Brasil tenha uma estratégia para quitar despesas.

:: LEIA MAIS »

NA BAHIA, 86% DAS PREFEITURAS NÃO TERÃO CAIXA PARA QUITAR 13º SALÁRIO

sem-dinheiroDo Tempo Presente, d´A Tarde

Más notícias para a maioria dos 417 municípios baianos. Reunidos nesta quinta-feira, 17, em Guarajuba, mais de 300 prefeitos previram um cenário financeiro para o fim de ano desalentador: 86% dos municípios não terão condições de pagar o 13º salário, segundo a presidente da UPB e prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria.

O pior é que as saídas articuladas geram mais expectativas simbólicas do que efetivas: eles dizem que, da mesma forma que o povo bate nas portas deles, vão bater na porta do governador Rui Costa.

Os prefeitos dizem que já vivem sufocados. E, com a crise e a consequente queda da arrecadação, irão para a insolvência.

Leia coluna na íntegra

 

ESTADOS AUMENTAM ARRECADAÇÃO, MAS GASTAM MAIS E SE ENDIVIDAM, DIZ LEVY

Joaquim Levy aponta endividamento dos estados (Foto Valter Campanato/Agência Brasil).

Joaquim Levy aponta endividamento dos estados (Foto Valter Campanato/Agência Brasil).

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse ontem (1°) que os estados tiveram aumento de arrecadação, mas aumentaram gastos com pessoal e endividamento nos últimos quatro anos. Segundo Levy, a situação também é motivo das dificuldades financeiras do Rio Grande do Sul, cujos recursos foram bloqueados em razão do não pagamento da dívida com a União. Levy participa de audiência pública na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados.

De acordo com dados apresentados pelo ministro, entre 2011 e 2014, a arrecadação de receitas próprias pelos estados cresceu 47%. Além disso, foram contraídas novas dívidas. Enquanto isso, segundo o ministro, o estoque da dívida da União teve crescimento nominal de cerca de 10%, que ele considera próximo da estabilidade. “Em compensação, os estados começaram a ter uma série de outras dívidas. Houve criação de dívidas da ordem de R$ 100 bilhões [entre 2011 e 2014]”.

Joaquim Levy disse também que, apesar do aumento do investimento no período, a relação entre investimento e Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas do país) dos estados, caiu. Na prática, disse, isso significa que os recursos não contribuíram para o crescimento econômico.

De acordo com Levy, isso ocorreu porque boa parte dos valores captados pelos estados foi usada no pagamento de folha de pessoal. “[Houve] aumento de receita, [mas] aumento de despesas maior do que de receitas. Um maior endividamento e enfraquecimento fiscal. Há estados em que [o fenômeno] foi mais forte e em outros menos”, afirmou o ministro. Ele reconheceu que a União também enfrenta problemas.

:: LEIA MAIS »

SEBRAE ABRE INSCRIÇÕES PARA O PRÊMIO PREFEITO EMPREENDEDOR

Gestores municipais que implantaram projetos de estímulo ao surgimento e desenvolvimento dos pequenos negócios e à modernização da gestão pública já podem se inscrever na IX edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. O mesmo projeto poderá concorrer em duas categorias e é necessário que a ação tenha resultados comprovados, mesmo que parciais.

Gratuita, a inscrição pode ser feita via internet e cada município poderá inserir até dois projetos, sendo um em cada uma das oito seguintes categorias: Melhor Projeto, Implementação e Institucionalização da Lei Geral, Compras Governamentais de Pequenos Negócios, Desburocratização e Formalização, e Pequenos Negócios no Campo, além das novas modalidades de Inovação e Sustentabilidade, Municípios Integrantes do G100, e Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária.

A gerente de Políticas Públicas do Sebrae Bahia, Maria Thereza Andrade, ressalta que, além de reconhecer os gestores que incentivam e valorizam os pequenos negócios em suas cidades, o prêmio tem a intenção de estimular a implementação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nos municípios.

“Para sensibilizar os gestores públicos na abordagem da Lei Geral, também estamos desenvolvendo um programa com estratégias de apoio junto às prefeituras”, destaca a gerente. A lei, entre outros objetivos, favorece a desburocratização do processo de legalização dos empreendimentos e o incentivo à participação das micro e pequenas empresas nas licitações municipais.

Na Bahia, as inscrições podem ser feitas até 30 de novembro de 2015. A premiação estadual será realizada no dia 31 de março de 2016.

Na última edição, realizada em 2013-2014, representantes de 64 municípios baianos fizeram a pré-inscrição no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, sendo 31 deles concorrentes efetivos. Ao total, 18 prefeituras ficaram como finalistas da etapa estadual, quatro delas vencedoras, com destaque para o prefeito de Guanambi, Charles Fernandes, que também venceu a etapa nacional com o projeto “Cidade Empreendedora”, na categoria Desburocratização.

ETAPAS DA PREMIAÇÃO

Na fase estadual serão premiados o primeiro colocado de todas as categorias em que houver inscritos, respeitado o critério de pontuação mínima exigida. Os vencedores receberão selos e troféus de Melhor Projeto e de Vencedor Estadual.

:: LEIA MAIS »

ESTADO GASTA R$ 15 MILHÕES COM SERVIDORES “SUMIDOS”

dinheiro3O governo bloqueou o pagamento do salário de 7.723 servidores da Saúde, Educação e Segurança que não se recadastraram até o dia 13, e que custam, no total, R$ 15 milhões mensais aos cofres do Estado.

De acordo com a Secretaria de Administração (Saeb), os que não regularizaram a situação equivalem a cerca de 7% dos quase 124 mil servidores estaduais ativos das secretarias de Saúde (Sesab), Educação (SEC) e Segurança (SSP). O Estado tem, no total, 150.427 servidores.

Entre os “sumidos”, que não fizeram o recadastramento no prazo original, a maioria está lotada na Secretaria de Educação (69,2%). Em seguida, está a Secretaria da Saúde, onde estão 19,8% dos 7.723 servidores ocultos.

Em fevereiro, o governador Rui Costa publicou decreto instituindo o recadastramento de servidores e empregados públicos a cada dois anos, em meio a uma série de medidas adotadas para sanear supostas sangrias financeiras, em um ano de crise econômica.

O recadastramento é obrigatório até para servidores em cargo comissionado ou em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), em férias, licença médica, licença prêmio e licença maternidade, entre outras.

SEGUNDA CHANCE

Quem não se recadastrou tem até o dia 30 para preencher o formulário disponível no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br). Aqueles que não se recadastrarem até esta data responderão a processo administrativo, além de continuarem sem receber salário.

Leia a íntegra n´A Tarde

GOVERNO BAIANO LICITARÁ NOVOS TRECHOS DO METRÔ

Salvador foi apontada por uma pesquisa holandesa, dia 30, como a quinta cidade no mundo em engarrafamento. Rio de Janeiro e Recife também figuram na lista. Nesta terça (7), o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou outra licitação para novo trecho das obras do metrô de Salvador. As obras, segundo ele, serão concluídas até 2017.

Costa ainda falou das novas vias da capital baiana, num total de 21 quilômetros de corredores urbanos (Linhas Vermelha e Azul), e o VLT. Confira no Digaí, Governador, programa elaborado pela coordenação de radialismo da Secretaria de Comunicação e apresentado por Edmundo Filho. O gestor também presta homenagem aos profissionais de comunicação. Hoje é o Dia do Jornalista.

GAGA DE ILHÉUS: “ITABUNA ESTÁ LARGADA”

Gaga diz que está na hora de Vane acordar (Reprodução).

Gaga diz que está na hora de Vane acordar (Reprodução).

A folclórica Solange Damascena, a Gaga de Ilhéus, reapareceu. O alvo da vez foi Itabuna. O vídeo circula nas redes sociais e faz grande sucesso no WhatsApp. Para ela (e não só ela!), “Itabuna está largada”. “Procura os artistas, faz show na rua, bota segurança, meu“, ensina a humorista ao prefeito Vane.

Segundo Solange, “quase ninguém” conhece Itabuna. Ela pede que o prefeito “acorde” para fazer uma “cidade maravilhosa, alegre”. E, para encerrar, manda um beijo “da Gaguinha de Ilhéus, chique de doer”. Confira a pérola:

PÃOZINHO DE OURO…

Extrato de contrato revela o quanto prefeitura pode gastar por um pãozinho de queijo.

Extrato de contrato revela o quanto prefeitura pode gastar por um pãozinho de queijo.

A Prefeitura de Itaju do Colônia parece não ter sentido os reflexos da crise financeira que abala a maioria das administrações municipais no País. Pelo menos, a julgar pelo que é publicado no Diário Oficial eletrônico de lá.

Deu-se que em 15 de dezembro o município assinou contrato em que se compromete a pagar R$ 4.750,00 por 400 pãezinhos de queijo. Ou seja, cada pãozinho sai por R$ 11,87. No mercado, a unidade custa, na média, R$ 0,75.

Ainda de acordo com o contrato 361/2014, os pães seriam destinados a um projeto de leitura do Centro Educacional de Palmira, distrito de Itaju.

Edinaldo Martins, prefeito do pequeno município sul-baiano, consegue, assim, inverter o milagre da multiplicação dos pães…

WAGNER NA COORDENAÇÃO POLÍTICA DO GOVERNO DILMA

Wagner confirma ministério na área política (Foto Pimenta).

Wagner confirma ministério na área política (Foto Pimenta).

Jaques Wagner trabalhará na coordenação política do futuro governo da presidente Dilma Rousseff. Foi o que ele disse hoje, em Buerarema. Embora não tenha dito em qual ministério, Wagner assim se pronunciou:

– Vou trabalhar na coordenação política.

Hoje, ele visitou os municípios de Buerarema, São José da Vitória e Almadina, onde entregou ônibus escolares novos e assinou ordem de serviço para reforma e cobertura da feira livre de Buerarema.

Wagner aproveitou para dizer que, se governo fosse olimpíada, o dele levaria medalha de ouro em praticamente todas as áreas. Citou programas e números como recuperação ou construção de estradas (8 mil quilômetros), construção de moradias populares (160 mil entregues e 100 mil em fase de conclusão), construção de cinco hospitais regionais e um em conclusão, redução do analfabetismo e aumento de 4 para 30 escolas técnicas.

DENÚNCIA SACODE BUERAREMA

Guima (à esq.) é alvo do oposicionista Geraldão.

Guima (à esq.) é alvo do oposicionista Geraldão.

Geraldo Aragão (Geraldão), presidente da Câmara de Vereadores de Buerarema, fez uma denúncia que causou alvoroço na pequena cidade sul-baiana.

Segundo ele, a esposa do prefeito Guima Barreto, Ione Cabral, recebe R$ 2.180,00 como professora leiga, mas não pisa os pés no trabalho faz tempo. Traduzindo para o bom português, seria funcionária fantasma.

A denúncia foi feita em plenário. Geraldão exibiu documentos e o nome de Ione na folha de pagamento. Questionou em que escola a primeira-dama leciona.

O secretário de Educação, Samuel Chaves, foi procurado pelo Jornal das Sete, da Morena FM, mas preferiu nada comentar. Passou a bola.

O prefeito, ouvido pelo jornalístico da Morena, contestou a denúncia do opositor. Segundo ele, a esposa bate o ponto na secretaria da Escola Rotary. Não explicou, porém como ela recebe como professora, mas cumpre função administrativa na escola.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia