WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
rota






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘governo baiano’

GOVERNO ADIA LEILÃO DA EBAL/CESTA DO POVO

Leilão da Ebal/Cesta do Povo é remarcado para março

A Comissão Especial constituída para conduzir o processo de alienação da participação acionária do Estado no capital da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal/Cesta do Povo) decidiu adiar o leilão da empresa para 15 de março.

Segundo comunicado distribuído neste sábado (24), o “objetivo do Governo do Estado e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) é garantir aos interessados mais tempo para se prepararem para apresentar as propostas”. O que, traduzindo, pode significar baixo interesse do mercado na aquisição da Cesta do Povo

Antes previsto para a próxima segunda (26), o leilão ocorrerá a partir das 9h do próximo dia 15, no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), 4ª Avenida, nº 415. O Edital de licitação pode ser encontrado no site da SDE.

OBRAS DA BARRAGEM DO COLÔNIA ENTRAM EM NOVA FASE

Obras da Barragem do Colônia ganharam novo ritmo, segundo governo.

Obras da Barragem do Colônia ganharam novo ritmo, segundo governo.

A Barragem do Rio Colônia deverá ficar pronta no segundo semestre de 2017, conforme previsão do governo baiano, que decidiu acelerar as obras. A barragem, em Itapé, beneficiará em torno de 350 mil pessoas.

As obras foram iniciadas em março com a construção dos canteiros administrativo e industrial, agora seguido da explosão de relevo rochoso (veja aqui) no entorno da região onde haverá represamento de água. A barragem, de acordo com o governo, acumulará mais de 60 bilhões de litros de água.

O governo também fará desvio de até 37 quilômetros da BA-120, que liga Itapé e Itaju do Colônia. O custo da obra do novo trecho da rodovia estadual é orçado em até R$ 20 milhões.

– Para a barragem acumular água e cumprir suas funções de regularidade do abastecimento, será necessária a construção de um novo trecho da rodovia BA 120, pois a rodovia existente será afetada com o enchimento do lago da Barragem – ressalta o secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Cássio Peixoto.

A construção da barragem representa investimento de R$ 36 milhões, recursos provenientes do PAC 2 e do Governo do Estado.

SERVIDORES FAZEM PROTESTO CONTRA CONGELAMENTO DE SALÁRIO

Servidores estaduais durante caminhada no CAB, em Salvador (Foto Divulgação).

Servidores estaduais durante caminhada no CAB, em Salvador (Foto Divulgação).

Servidores do estado realizaram na manhã desta quinta (7) uma caminhada no Centro Administrativo da Bahia, contra o congelamento salarial. O movimento busca mobilizar o funcionalismo, que prepara um dia de luta, em 13 de abril, junto com servidores federais, com ato público na Assembleia Legislativa.

O movimento de hoje começou às 9h com uma concentração na Assembleia Legislativa. Logo depois, por volta das 10h30min, os mais de 3 mil servidores, segundo a organização, saíram em passeata pelo CAB. A primeira parada aconteceu na Secretaria da Fazenda (Sefaz).

A ida à Sefaz se deve ao fato de ali estar o secretário Manoel Vitório, que os servidores avaliam como sendo o capitão do arrocho salarial, o homem que comanda a tesoura do corte de direitos e dos salários.

Após a parada para o ato na Fazenda, os manifestantes se dirigiram à Governadoria. Lá, uma comissão foi recebida pelo secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes. Os servidores reivindicaram a convocação da Mesa Central de Negociação para discussão sobre o reajuste salarial de 2016. A representação do funcionalismo deixou claro ao titular da Serin que não aceitarão congelamento salarial.

Para o auditor fiscal Cláudio Meirelles, diretor de Organização do Sindsefaz, o governo não respeitou a data-base do servidor, que foi em 1º de janeiro e tenta criar o fato consumado com sua proposta de reajuste zero. Para ele, é necessário abrir o processo de negociação imediatamente.

:: LEIA MAIS »

EBDA E FUNCIONÁRIOS PRÓXIMOS DE ACORDO

Acordo entre EBDA e funcionários pode sair nesta terça (27).

Acordo entre EBDA e funcionários pode sair nesta terça (27).

Governo da Bahia e funcionários da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) estão próximos de fechar acordo, após ação movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) que resultou na anulação das demissões na empresa e na obrigatoriedade de negociação coletiva. A conciliação é o último recurso antes que o Tribunal Regional do Trabalho decida o caso, após diversas rodadas de negociação que não haviam chegado a consenso entre as partes. O acordo pode sair hoje (27).

Na última quinta-feira, em audiência de conciliação com a presença do presidente do TRT5, desembargador Valtércio Oliveira e do procurador regional do trabalho Antônio Messias Bulcão, a proposta de acordo foi previamente aceita. Para o encontro da tarde desta terça-feira (27) ficaram pendentes apenas alguns detalhes.

Trabalhadores e representantes do governo avaliaram e aceitaram a nova proposta formulada pelo TRT para evitar o dissídio coletivo. O impasse para a negociação vem desde janeiro, quando o governo resolveu liquidar a EBDA, demitindo cerca de 1.200 funcionários sem justa causa. Ao ser acionado por um grupo de funcionários, insatisfeitos com a postura do sindicato, o MPT iniciou um processo de mediação solicitando que estado e trabalhadores chegassem a um acordo garantindo direitos extras para os demitidos.

A EBDA, no entanto, se negou a apresentar ou concordar com qualquer proposta. Com isso, a mediação foi encerrada e o MPT ingressou com ação civil pública na Justiça do Trabalho pedindo liminar para que fossem revogadas as demissões dos concursados até que um acordo coletivo entre empresa e funcionários fosse fechado. Com a determinação da Justiça, foram iniciadas novas negociações, desta vez diretamente entre empresa e funcionários. Mais uma vez o acordo não foi possível e foi feito um pedido para que o TRT decidisse o impasse.
:: LEIA MAIS »

MPF RECOMENDA AO ESTADO E A MUNICÍPIOS ELABORAR PLANOS DE EDUCAÇÃO

Sede do Ministério Público Federal em Ilhéus.

Sede do Ministério Público Federal em Ilhéus.

O Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus/BA expediu, na última segunda-feira, 06 de abril,, recomendações ao governador do Estado da Bahia e aos prefeitos dos municípios que compõem o pólo Ilhéu/Itabuna para que elaborem os Planos Estaduais e Municipais de Educação até o dia 24 de junho de 2015, prazo estabelecido na Lei nº 13.005/2014, que aprova o Plano Nacional de Educação.

Além da elaboração dos planos, as recomendações, de autoria da procuradora da República Cristina Melo, propõem a inclusão da educação escolar indígena e quilombola, de forma compatível com as estratégias nacionalmente estabelecidas e a ampla participação de representantes das comunidades educacional, indígenas e quilombolas no processo de elaboração dos planos.

O Estado e os municípios ainda não realizaram consultas públicas necessárias, e alguns municípios sequer possuem comissão coordenadora instituída, o que motivou o MPF a expedir as recomendações”, afirma a procuradora da República Cristina Melo. Os governantes devem, ainda, informar ao MPF data e local das consultas públicas a serem realizadas no processo de elaboração dos referidos planos, assim que as datas forem fixadas.

Ainda segundo a procuradora,“sem os planos municipais e estaduais o plano nacional de educação perde efetividade e legitimidade. Os entes federativos devem se atentar para a importância dos planos de educação que valerão por dez anos, o que os faz ultrapassar governos.”

Além disso, a não realização dos Planos de Educação pelo Estado da Bahia e pelos Municípios poderá trazer dificuldades na obtenção de repasses voluntários a título de Planos de Ações Articuladas (PAR) junto à União.

O controle social relativo ao andamento da elaboração dos planos educacionais pode ser feito por qualquer pessoa interessada pelo site do Ministério da Educação.

Segundo a assessoria do MPF, os municípios de Ilhéus, Aurelino Leal, Cairu, Camamu, Canavieiras, Gandu, Igrapiúna, Itacaré, Ituberá, Maraú, Piraí do Norte, Presidente Tancredo Neves, Taperoá, Teolândia, Ubaitaba, Una, Uruçuca, Valença, Wenceslau Guimarães, Itabuna, Almadina, Arataca, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Ibicaraí, Ibicuí, Iguaí, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Jussari, Mascote, Nova Canaã, Pau Brasil, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória e São José da Vitória receberam a recomendação.

ASSEMBLEIA APROVA REFORMA ADMINISTRATIVA DO GOVERNO BAIANO

Rui terá estrutura mais enxuta.

Rui terá estrutura mais enxuta.

Sob protestos de funcionários da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), o projeto de lei da reforma administrativa do Governo Baiano foi aprovado pela Assembleia Legislativa, ontem à noite (10). O projeto reduz de 27 para 24 o número de secretarias e gera economia, segundo o governo, de R$ 200 milhões anuais.

A estimativa é de que 1.696 cargos serão extintos com a reforma administrativa proposta a partir do estudo do Grupo de Trabalho de Transição Governamental. A gestão passa a ter indicadores e metas e, com a reforma, reforço nos controles internos das secretarias.

O governo estadual será pressionado pelos funcionários de órgãos e empresas como a Ebal, que administra a Cesta do Povo. Até agora, não ficou claro o que acontecerá com os mais de 2 mil funcionários, quase metade concursados. Parte da empresa, a da Cesta do Povo, será privatizada. Os funcionários cobram respostas do governador eleito, Rui Costa.

RUI DEVE ECONOMIZAR R$ 200 MILHÕES AO ANO COM EXTINÇÃO DE 5 SECRETARIAS

rui costa transiçãoO governador eleito, Rui Costa, anuncia hoje a sua proposta de reforma da estrutura administrativa do Estado. A ideia é economizar até R$ 200 milhões, por ano, com a extinção de, pelo menos, três ou quatro secretarias, antecipou o diário soteropolitano A Tarde.  O governo baiano possui 27 secretarias.

O anúncio está programado para as 14h30min, na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia. Uma reunião está programada para esta manhã de segunda, quando Rui antecipa a deputados estaduais da base aliada detalhes da proposta.

“Rui deve reduzir em cinco secretarias, provavelmente, e se reuniu com a equipe para fechar. Ele discute muito também  essa coisa de agrupar em uma mesma secretaria”, afirmou o presidente do PT baiano, Everaldo Anunciação.

Outro ponto importante da proposta é a extinção da Cesta do Povo, que deixaria de existir dentro dos moldes atuais. A venda de filiais da Cesta está na pauta.

A TESOURA DE RUI COSTA

rui costa transiçãoRui Costa vai bater o martelo na reforma da máquina administrativa do estado esta semana e, após reunir partidos e deputados aliados para apresentá-la, na segunda-feira da próxima semana, divulgará ao público.

Ele diz que vai haver extinção de secretarias e órgãos, a fusão de outros e a mudança, em alguns casos, a troca de comando, de uma secretaria para outra, o que vai implicar a supressão de cargos, mas ressalva:

– Eu não cheguei para a equipe e pedi cotas de cortes. A essência da questão é redefinir o modo de fazer as coisas, de forma que seja mais rápida, melhor e a um custo menor. Temos formas operacionais de mais de 50 anos. É evidente que quando se propõe isso a tendência é o enxugamento.

Uma coisa é certa: a proposta vai sacudir a administração estadual. Rui diz que a reforma será mais profunda do que se imagina.
Ele passa o fim de semana em reuniões.

Leia mais na coluna Tempo Presente, d´A Tarde.

NA RETA FINAL, A AGENDA DOS CANDIDATOS AO GOVERNO BAIANO

Da Luz, Rui Costa, Renata Mallet, Marcos Mendes, Lídice da Mata e Paulo Souto.

Da Luz, Rui Costa, Renata Mallet, Marcos Mendes, Lídice da Mata e Paulo Souto.

Panfletagem, caminhadas e carreatas são as estratégias dos candidatos ao governo baiano para conquistar o voto do indeciso nesta reta final. Lídice da Mata (PSB) participa de atos em Porto Seguro e Teixeira de Freitas e tem bate-papo, às 18h, com internautas no Facebook.

Paulo Souto (DEM)  fará carreata em vários municípios hoje. Nesta manhã, passa por Barreiras e Luís Eduardo Magalhães. À tarde, a agenda prevê mais carreatas em Jacobina, Capim Grosso, Ponto Novo e Filadélfia, além de Itiúba.

Rui Costa concentra suas atividades em Salvador nesta sexta. Abriu a agenda com a caminhada de Fé, no Bonfim. Na sequência, mais caminhada, agora na Baixa dos Sapateiros. Encerra as atividades de rua à tarde, às 14h, em Cajazeiras.

Renata Mallet (PSTU) participa de atividades de apoio à greve dos bancários. Hoje, Marcos Mendes (PSOL) faz corpo a corpo em Itabuna e se reúne com lideranças. Da Luz (PRTB) participa de atos em Candeias e Feira de Santana.

CANDIDATOS AO GOVERNO BAIANO PARTICIPAM DE DEBATE NA RECORD

Da Luz, Rui Costa, Renata Mallet, Marcos Mendes, Lídice da Mata e Paulo Souto.

Da Luz, Rui Costa, Renata Mallet, Marcos Mendes, Lídice da Mata e Paulo Souto participam de debate.

Os seis candidatos ao governo baiano participam hoje, a partir das 22h40min, de debate na Record Bahia, em Salvador. O confronto envolverá Lídice da Mata (PSB), Marcos Mendes (PSOL), Paulo Souto (DEM), Renata Mallet (PSTU), Rogério da Luz (PRTB) e Rui Costa (PT).

O debate, de acordo com a Record Bahia, será mediado pela jornalista Christina Lemos, repórter especial do Jornal da Record e especializada em política.

A previsão é de que o debate dure duas horas. A atração será retransmitida pelo site R7 Bahia, Rádio Sociedade e TV Cabrália (Itabuna).

O confronto de hoje será o único, na televisão baiana, com a participação de todos os candidatos. Na Band e na TV Bahia, foi vetada a participação da candidata Renata Mallet (PSTU) porque o partido não possui representação na Câmara dos Deputados.

BABESP APONTA SEGUNDO TURNO NA BAHIA

Rui Costa, Paulo Souto e Lídice da Mata: 28%, 37% e 9% em pesquisa.

Rui Costa, Paulo Souto e Lídice da Mata: 28%, 37% e 9% em pesquisa.

Nova pesquisa do Instituto Babesp aponta que a eleição na Bahia poderá ser decidida apenas no segundo turno. Levantamento feito de 16 a 21 de setembro traz Paulo Souto (DEM) com 37%, Rui Costa (PT) com 28% e Lídice da Mata (PSB) com 9%.

O percentual dos candidatos Renata Mallet (PSTU), Marcos Mendes (PSOL) e Da Luz (PRTB) não foi divulgado. Como a soma dos candidatos Rui e Lídice dá, exatamente, o percentual de Souto (37%), haveria segundo turno, levando-se em conta intenções de voto nos demais adversários.

Na modalidade espontânea, Souto aparece com 20,1% e Rui com 14%. Lídice tem 2,1%, segundo o Babesp.

SEGUNDO TURNO

O instituto testou cenário de segundo turno entre Paulo Souto e Rui Costa. O democrata venceria por 42% a 36%.

O Babesp também aferiu intenções de voto à disputa presidencial. Dilma Rousseff (PT) aparece com 53% e Marina Silva (PSB) com 26%. Aécio Neves (PSDB) atinge 10%. Pastor Everaldo (PSC) soma 1%, enquanto Luciana Genro, Rui Pimenta e Eduardo Jorge têm, cada um, menos de 1%.

A pesquisa ouviu 2 mil eleitores e foi registrada sob protocolo BA-00021/2014.

SÓ DE MENTIRINHA…

O candidato à presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, estará em Itabuna na próxima quinta (18). Nas ruas de Itabuna, carros de som convocam o eleitor simpático ao presidenciável para participar da caminhada com Neves, Paulo Souto (DEM) e Geddel Vieira Lima (PMDB)

“Venha para, juntos, mudarmos a Bahia e o Brasil…”, anuncia o locutor com uma voz, digamos, sem firmeza.

Detalhe: Aécio pouco aparece na propaganda e no programa eleitoral tanto de Paulo Souto como do candidato ao Senado, Geddel Vieira Lima. O peemedebista, aliás, acionou a justiça eleitoral contra Otto Alencar, porque o adversário liga-o ao presidenciável tucano no programa eleitoral na televisão. Queria tirar a vinhetinha do ar. A justiça rejeitou o pedido de Geddel.

CONHECIDAS PROPOSTAS PARA CONSTRUÇÃO DE HOSPITAL REGIONAL EM ILHÉUS

O governo baiano conheceu nesta terça-feira (9) as propostas apresentadas para a construção do Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, durante abertura dos envelopes entregues pelas cinco empresas interessadas. O projeto arquitetônico, de engenharia e a construção da primeira etapa serão contratados através de Regime Diferenciado de Contratação (RDC).

A unidade médico-hospitalar de média e alta complexidade em urgência, emergência, internamento e atendimento ambulatorial trabalhará com diversas especialidades, a exemplo de Clínica Geral, Cirurgia Geral, Pediatria, Ortopedia, entre outras. Funcionará 24 horas e será centro de referência em saúde, beneficiando 780 mil habitantes em Ilhéus, além da população de 27 municípios da Região Sul do estado.

Com o investimento previsto de cerca de R$ 80 milhões, o Hospital Regional Costa do Cacau terá 43 mil metros quadrados de área construída. Na primeira etapa de construção, estão previstos 120 leitos de internação para adultos, 29 pediátricos, 20 de UTI adulto e mais 10 infantil; 30 leitos de observação na urgência e emergência e 16 leitos de internação pós-anestésico.

CONVENÇÃO HOMOLOGA NOME DE RUI COSTA, QUE FALA EM VITÓRIA NO 1º TURNO

Rui Costa, João Leão e Otto Alencar observam participantes de convenção.

Rui Costa, João Leão e Otto Alencar observam participantes de convenção.

Um clima de euforia tomou conta do PT baiano com a convenção que homologou tanto a candidatura de Rui Costa a governador como as de João Leão (PP) a vice e Otto Alencar (PSD) a senador. No Parque de Exposições de Salvador, o partido conseguiu reunir mais de 10 mil pessoas, dentre elas Jaques Wagner, Lula e Dilma Rousseff.

Além dos partidos dos membros da chapa majoritária, o evento também garantiu o apoio do PCdoB, PDT e PTB à candidatura de Rui. O PR ainda fará convenção no dia 30, mas o governador Jaques Wagner assegura que os republicanos marcharão com o nome governista. O presidente do PT baiano, Everaldo Anunciação, disse que o evento reforçava a confiança na vitória do projeto governista.

Rui Costa, apesar de aparecer em terceiro na única pesquisa registrada até agora, a do Ibope, feita em maio, fala em vitória no primeiro turno. Disse que as mais de 10 mil pessoas foram ao evento sem receber dinheiro, o que seria uma estocada no adversário. Souto reuniu 1,2 mil pessoas em sua convenção, na semana passada (veja aqui).

A confiança em vitória no primeiro turno, diz Rui, estaria nas realizações do governo federal no período de Lula e Dilma e nas gestões de Jaques Wagner (1997 a 2014) no governo baiano.

O candidato citou programas como o Água para Todos, que levou água para cerca de 4 milhões de baianos, segundo as contas do ex-secretário da Casa Civil, cinco novas universidades federais, dentre elas a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), mais de 8 mil quilômetros de novas estradas ou de rodovias recuperadas e a construção de mais de 180 mil residências.

 

....

Wagner, Otto, Dilma, Leão, Lula e Rui Costa na convenção nesta sexta.

LULA E DILMA

A presidente Dilma Rousseff defendeu “bom combate”, sem xingamentos, e disse que os adversários apelam para o ódio e a mentira.

– Eles disseram que não ia ter Copa, que os estádios não ficariam prontos, que o povo não conseguiria chegar aos estádios e que os aeroportos iriam se transformar num caos. E nada disso aconteceu, nada disso está acontecendo. Eles subestimaram até o povo brasileiro, que está dando um show de bola, dentro e fora dos estádios – afirmou.

O ex-presidente Lula citou números dos governos do PT na União e na Bahia e disse que é preciso fazer comparações, para convencer o eleitor. “Porque não temos o direito de permitir retrocessos”, completou. “Nós nos acostumamos a comer contrafilé e agora queremos passar a comer filé. Nós deixamos de viajar de pau de arara e precisamos nos acostumar a viajar de avião”.

GOVERNO BAIANO DIZ QUE CUMPRE ACORDO: “DECISÃO FOI TOMADA PELA JUSTIÇA FEDERAL”

O governo baiano emitiu nota em que nega ter relação com a prisão do líder das greves de 2012 e deste ano, o vereador Marco Prisco (PSDB). “A Secretaria da Segurança Pública (SSP) assegura o cumprimento de todos os itens do acordo firmado com as associações representativas da Polícia Militar (PM), quando do final da paralisação, no último dia 17 de abril”, cita a nota.

O governo baiano, ainda por meio de nota, esclarece que nada teve a ver com o cumprimento do mandado de prisão. “A ação de prisão atendeu pedido do Ministério Público Federal e foi executada pela Polícia Federal”, aponta.

E continua: “A decisão foi tomada pela Justiça Federal, no último dia 15 de abril, e se refere a diversos crimes praticados durante a greve realizada entre os dias 31 de janeiro e 10 de fevereiro de 2012”.  Prisco foi transferido hoje à tarde para o Presídio da Papuda, no Distrito Federal. Confira a íntegra da nota clicando no “leia mais”.

:: LEIA MAIS »

RUI MULTADO

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) multou o pré-candidato a governador da Bahia, Rui Costa, o governo baiano e o jornal A Tarde por propaganda eleitoral antecipada. A multa foi de R$ 10 mil para cada um, motivada por uma representação da Procuradora Regional Eleitoral.

Rui Costa apareceu em entrevista em um caderno especial d´A Tarde como um dos destaques do ano. Para o procurador José Alfredo Silva, a entrevista induzia à promoção indevida do pré-candidato e secretário da Casa Civil da Bahia. Rui, o governo baiano e o jornal podem recorrer.

CARNEIRO ASSUME AGRICULTURA

Carneiro assume a Seagri na próxima segunda, 20.

Carneiro assume a Seagri na próxima segunda, 20.

O ex-deputado federal Jairo Carneiro assumirá a Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri) na próxima segunda (20), às 15h30min, em solenidade no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Até então chefe de gabinete da Seagri, Carneiro substituirá o agrônomo Eduardo Salles. A chefia de gabinete será ocupada pelo atual superintendente de Atração de Negócios, Jairo Vaz.

Eduardo Salles deixa a secretaria porque vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa baiana. Além dele, outros quatro secretários do Governo Wagner que disputarão eleições em outubro devem deixar o governo até o final deste mês.

Apenas os secretários Rui Costa (Casa Civil), Otto Alencar (Infraestrutura) e Robinson Almeida (Comunicação) vão permanecer no cargo até o limite do prazo final de desincompatibilização (5 de abril) para secretários que vão disputar cargos eletivos.

 

GOVERNO BAIANO LANÇA EDITAL DO PORTO SUL

Do Valor e Photossíntese

O governo da Bahia vai lançar na segunda-feira o edital para consulta pública referente à construção do segundo terminal do Porto Sul, que será erguido no município de Ilhéus. Também será assinado o contrato de adesão do porto à SEP, formalidade prevista na legislação.

O processo licitatório vai definir as empresas que formarão a Sociedade de Propósito Específico que ficará responsável pela construção, operação e exploração do terminal. “Caberá ao grupo vencedor definir se eles mesmo vão operar o terminal ou se vão terceirizar”, disse o secretário de portos da Bahia, que está à frente do projeto.

A expectativa do governo baiano é que a licitação seja concluída até junho. A consulta pública vai durar 60 dias. Segundo Costa, para viabilizar o segundo terminal do Porto Sul serão necessários investimentos próximos dos R$ 2 bilhões. O custo total do porto está estimado em R$ 5,6 bilhões.

Pelo modelo de negócios proposto, o governo baiano será sócio minoritário, mas com direito a uma golden share, tipo de ação que resguarda ao governo determinados poderes de veto em decisões. A escolha de parceiros privados para construir o Porto Sul é uma das etapas que o empreendimento precisa vencer para sair do papel.

CISO E ESTADO MANTÊM CONVÊNIO PARA 2014

Ciso atenderá a, pelo menos, 1.500 alunos da rede estadual em 2014.

Ciso atenderá a, pelo menos, 1.500 alunos da rede estadual em 2014.

O governo baiano, por meio da Secretaria de Educação, e a direção do Centro de Integração Social (Ciso) assinaram aditivo de contrato de aluguel da estrutura do colégio por mais um ano letivo. Extrato do contrato foi publicado no último dia 26 no Diário Oficial do Estado.

A manutenção do convênio arrastou-se por quase todo este ano. O contrato é retroativo ao início de 2013 e tem valor total de R$ 319.648,32. Cerca de 1,5 mil alunos da rede estadual estudam na estrutura alugada pelo Estado ao Ciso.

PIB DA BAHIA CRESCE 3,3% NO SEMESTRE E SUPERA MINAS E SP

James Correia comemora números (Foto Aristeu Chagas).

James Correia comemora números (Foto Aristeu Chagas).

O Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia no primeiro semestre deste ano registrou crescimento superior ao de estados como Minas Gerais, Pernambuco e São Paulo, conforme os números divulgados pelo IBGE.

Enquanto o PIB baiano cresceu 3,3% no período, Minas Gerais registrou somente 0,8%. São Paulo teve aumento de 1,8% e Pernambuco, 2,7%.

Segundo o secretário estadual de Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, o crescimento baiano foi puxado pelo setor da indústria de transformação, que registrou crescimento de 10,6%.

Na projeção do PIB feita pelo Banco Central, por meio do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), o crescimento é de 6,1%. O percentual poderia ser maior não fossem os números até negativos da construção civil em regiões como o Sul da Bahia.

Correia destaca que, desde 2007, o estado atraiu quase R$ 50 bilhões em investimentos. Ele fala em descentralização, mas a maior parte desse investimento teve como alvo o Polo Petroquímico de Camaçari.

A REJEIÇÃO A JABES E A NOTA DA SECOM

A Secretaria de Comunicação de Ilhéus emitiu nota em que um preposto do governo baiano, o secretário Cezar Lisboa (Relações Institucionais), aparece negando que o Palácio de Ondina tenha encomendado a pesquisa que apontou os 82% de rejeição ao Governo Jabes.

Este blog mantém a informação e lamenta que, devido a cláusulas contratuais da pesquisa, não possa informar o nome do instituto. Mas traz aqui a questão levada aos eleitores ilheenses:

– Você aprova ou reprova a gestão municipal?

A esta pergunta, 82% responderam que reprovavam a gestão.

Por questões legais, o governo baiano não admitiria publicamente ter usado dinheiro público para avaliar a gestão de Jabes.

O prefeito, aliás, ao contrário do que dizem as ruas, disse ter estranhado o que revelou este blog. Afirma que tem percebido nos levantamentos (“consultas informais”) “um sentimento positivo da população em relação ao seu governo”.

PRESIDENTE DA BAMIN NA AL-BA

Viveiros confirma ida à comissão especial na Assembleia Legislativa.

Viveiros confirma ida à comissão especial na Assembleia Legislativa.

O presidente da Bahia Mineração (Bamin), José Francisco Viveiros, aceitou convite da Comissão Especial do Porto Sul da Assembleia Legislativa baiana e estará no legislativo baiano na próxima quarta, 3. Até ontem, o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, não havia confirmado presença.

Os membros da comissão especial querem ouvir os dois lados (governo e empresa) para saber o porquê da lentidão no andamento das obras do Porto Sul, em Ilhéus. A Bamin cobra a cessão da área do terminal de uso privativo, mas o Estado alega necessidade de cumprimento de condicionantes do projeto.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia