WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘handebol’

ITABUNA: SUPER DESAFIO DO CACAU ESPERA MAIS DE MIL ATLETAS EM 2019

Super Desafio inclui prova de mountain bike entre as modalidades esportivas

Um das maiores competições esportivas do sul da Bahia, o Super Desafio do Cacau, abrirá inscrições na próxima segunda-feira (15), com a expectativa de reunir mais de mil atletas em novembro. O evento multidesportivo terá ciclismo – Mountain bike e Speed -, handebol, corrida de rua e kids (corrida e bike).

Será um final de semana intenso com atividades esportivas, de 8 a 9 de novembro, com promoção e organização do Pedal Bom. Segundo a organização, o evento é aberto e terá categorias especialmente preparadas para mulheres e crianças, além de inscrições subsidiadas para atletas de baixa renda, já o Super Desafio busca, também, promover a inclusão esportiva.

Organizadores do SD-2019 esperam cerca de mil participantes nesta edição

A competição que envolve atletismo, ciclismo e handebol promove qualidade de vida, sustentabilidade ambiental e conscientização para compartilhamento do espaço urbano e a inclusão das crianças na prática esportiva. O lançamento da edição 2019 ocorreu no último final de semana.

O Super Desafio busca firmar Itabuna como polo de prática esportiva e construção de uma cidadania mais digna. A competição de Mountain Bike, de acordo com a organização, já integra o calendário anual da Federação Baiana de Ciclismo.

LENDA DO HANDEBOL, “CHICO” CONDUZIRÁ TOCHA OLÍMPICA EM ITABUNA

"Chico" exibe parte das suas conquistas em 25 anos de handebol (Foto Pimenta).

“Chico” exibe parte das suas conquistas em 35 anos de handebol (Foto Pimenta).

O handebol pintou na vida de Antônio Francisco Araújo quando ele estava com 19 anos de idade. Havia decidido assistir a um jogo da modalidade no ginásio do Grapiúna Tênis Clube. Gostou e não parou mais. Já são 35 anos de história nas quadras da Bahia e de Minas Gerais, onde viveu por 10 anos. Colecionou centenas de medalhas e troféus.

Antônio Francisco Araújo é mais conhecido como Chico. O atleta é considerado uma das lendas do handebol baiano e um dos melhores pontas da história do esporte na Bahia. Títulos estaduais e nacionais estão na bagagem do atleta veterano.

A passagem da tocha olímpica pelo estado será emblemática para ele, que decidiu encerrar a carreira. No próximo sábado (21), Chico será um dos mais de 20 condutores da chama em solo itabunense. A história vitoriosa nas quadras foi selecionada por um dos patrocinados dos Jogos Rio 2016, a Nissan.

– Chorei quando recebi a confirmação de que conduziria a tocha. É uma realização para mim. Será um presente de despedida, aposentadoria. Representar o meu esporte e a minha cidade será uma grande honra. Estou muito feliz – emociona-se, lembrando ter decidido parar em 2015 e retornar atendendo a apelo de amigos.

MESTRES NO ESPORTE

Chico começou a jogar handebol pelo Colégio Estadual de Itabuna, com o professor Geraldo Caçolinha, outra lenda do esporte grapiúna, e aí se apaixonou pelo esporte. O atleta não só aprendeu os fundamentos como também as lições do esporte.

Transformou-se numa das referências em quadra e passou a integrar a seleção itabunense de handebol já em 1988, período em que conheceu professores como Samuel Guimarães e Júvia Dantas. “Júvia foi a minha grande técnica e, até hoje, a pessoa que mais estimula o handebol em Itabuna”.

PERCURSO DA TOCHA

A tocha passará por 27 municípios baianos, sete dos quais escolhidos como “cidades-celebração”, onde a tocha pernoitará. A chama olímpica percorre a Bahia a partir de hoje (19), iniciando por Teixeira de Freitas. O revezamento no estado será encerrado no dia 27, em Paulo Afonso. Em todo o país, serão mais de 300 cidades envolvidas e cerca de 12 mil condutores.

 

ITABUNA É CAMPEÃO ESTADUAL DE HANDEBOL

Jogador itabunense prepara arremesso em partida vencida por 32 a 26.

Jogador itabunense prepara arremesso em partida vencida por 32 a 26.


O Clube Handebol de Itabuna (CHbI) faturou o Campeonato Baiano, ontem (21) à noite, na Vila Olímpica, ao derrotar o Olímpico, de Salvador. A equipe comandada pelo treinador Berto Júnior levou o título ao bater a equipe soteropolitana por 32 a 26.

Itabuna sagrou-se campeão, pela primeira vez, do Baiano de Clubes na categoria júnior masculino. O clube itabunense foi criado há sete anos e possui, também, equipes femininas em várias categorias. O CHbI foi sétimo colocado no Brasileiro Juvenil feminino, em outubro.

Atletas do CHbI exibem troféu de campeão baiano júnior (Foto FBHb).

Atletas do CHbI exibem troféu de campeão baiano júnior (Foto FBHb).

ITABUNA DECIDE ESTADUAL DE HANDEBOL NA VILA OLÍMPICA

Elenco do Itabuna que disputará final do baiano de handebol júnior.

Elenco do Itabuna que disputará final do baiano de handebol júnior.

O Clube Handebol de Itabuna (CHbI) decidirá contra o Olímpico, de Salvador, o título de campeão baiano de handebol na categoria júnior masculino. A equipe contará com o apoio da torcida na finalíssima deste sábado (21), às 21 horas, na Vila Olímpica de Itabuna.

O Professor Berto ressalta a união e a cumplicidade da equipe como determinantes para a equipe sul-baiana chegar à finalíssima. E dentro de casa. A equipe chega à final pouco mais de sete anos após ser fundada. “Disputaremos mais uma vez um título”, acrescenta, ressaltando que este tem sabor especial por ser o de campeão estadual.

ITABUNA É CAMPEÃ DA COPA CACAU DE HANDEBOL

Copa Cacau de Handebol reuniu equipes de Sergipe, Minas e Bahia (Foto Wilson Oliveira).

Copa Cacau de Handebol reuniu equipes de Sergipe, Minas e Bahia (Foto Wilson Oliveira).

O fim de semana foi marcado por jogos emocionantes e integração entre atletas da Bahia, Sergipe e Minas Gerais, que disputaram a 3ª edição da Copa Cacau Interestadual de Handebol. A competição reuniu atletas nas categorias adulto e júnior, Vila Olímpica de Itabuna.

As equipes locais conquistaram três títulos, um deles com o Clube de Handebol (CHBI), que venceu a Seleção de Itabuna na categoria feminina (adulto), enquanto a seleção masculina de Itabuna sagrou-se campeã ao derrotar o CHBI.  No masculino júnior, o A-Gente venceu Araçuaí (MG) na final. A seleção de Estância (Sergipe) ficou com o título no júnior feminino ao vencer o CHBI. Com os resultados, Itabuna somou a maior pontuação no conjunto e conquistou título também na geral.

O coordenador da Copa, professor Ascendino Montenegro (Dino), fez um balanço positivo da competição que reuniu 30 equipes masculinas e femininas nas duas categorias (adulto e júnior). “Além de revelar talentos para handebol nacional, a competição promoveu a integração entre os jovens da Bahia e outros estados”, conta Dino, que também é treinador da equipe feminina do Itabuna (adulto).

Foi exatamente a Seleção de Itabuna que fez uma das partidas mais emocionantes da Copa Cacau, ao derrotar o Olímpico, de Salvador, por 13 a 12 na semifinal.  Além de Itabuna, Olímpico, CHBI, A-Gente, Araçuaí e Estância, a competição trouxe equipes dos municípios de Luís Eduardo Magalhães, Guarantiga, Jequié, Itagibá, Santa Luzia e Itajuípe.

A competição também teve a participação de outras equipes de Araçuaí (Minas Gerais) e Estância (Sergipe). A Secretaria de Esportes e Recreação de Itabuna premiou com troféus os campeões, vices em cada categoria e o município campeão no geral. Já os melhores atletas, artilheiros e artilheiras goleiros e goleiras receberam medalhas.

AFI CONQUISTA ESTADUAL DE HANDEBOL

Handebol feminino da AFI é campeão estadual (Foto Divulgação).

Handebol feminino da AFI é campeão estadual (Foto Divulgação).

O Colégio Ação Fraternal de Itabuna (AFI) venceu hoje (28) o Colégio Salesiano de Salvador, por 27 a 23, e conquistou o título de campeão baiano de handebol juvenil feminino (até 17 anos). Com o título, a equipe carimbou o passaporte para representar a Bahia nos Jogos Escolares da Juventude na Paraíba.

A caminhada até o título teve confrontos contra o Colégio Luís Eduardo Magalhães, de Feira de Santana, com vitória por 16 x 15. No sábado, venceu o Luís Eduardo Magalhães de Juazeiro, por 30 x 08.

A AFI agora junta-se ao CISO que foi duas vezes campeão baiano de futsal e campeão de voleibol feminino, representando a Bahia em Brasília-DF (2006) em Londrina-PR (2009) e Curitiba-PR (2011). O transporte aéreo e a hospedagem na Paraíba serão custeados pelo Governo Federal (Ministério do Esporte). Informações de Vladstone Menezes, Itabuna

ITABUNA FATURA A COPA CACAU DE HANDEBOL

Itabuna conquistou o título de campeã geral da Copa Cacau de Handebol, disputada neste domingo (25), na Vila Olímpica. As seleções masculina e júnior foram campeãs em suas categorias, enquanto a feminina ficou com a vice.

Tanto a seleção masculina como a júnior bateram as representantes de Luís Eduardo Magalhães.

A final no masculino adulto foi emocionante. O time da casa levou o título da Copa Cacau ao vencer Luís Eduardo por apenas um gol de diferença: 38 a 37.

A seleção feminina ficou com o vice ao ser derrotada pela forte equipe de Teixeira de Freitas. “O resultado geral e os títulos são resultado de treinamento árduo”, diz o técnico Ascendino Montenegro.

INVICTO, BRASIL FATURA MUNDIAL DE HANDEBOL FEMININO

Brasil bate a Sérvia por 22 a 21 na final do Mundial Feminino (Foto Reprodução).

Brasil bate a Sérvia por 22 a 20 na final do Mundial Feminino (Foto Reprodução).

O Brasil acaba de ser campeão mundial de handebol feminino ao bater a Sérvia por 22 a 20, na casa dos adversários. O título inédito foi conquistado após a seleção superar grandes seleções do esporte de quadra e bater a própria Sérvia na fase de classificação.

O jogo começou com o Brasil sempre superior à Sérvia. Nos 30 minutos da etapa final, a equipe chegou a impor cinco gols de diferença e permitir o empate. Próximo ao fim da partida, a equipe conseguiu fazer dois de diferença e garantir o título, além de ter a jogadora Duda como a melhor do Mundial. A campanha até o título.

Fase de Classificação
Brasil 36 x 20 Argélia
Brasil 34 x 21 China
Brasil 25 x 23 Sérvia
Brasil 24 x 20 Japão
Brasil 23 x 18 Dinamarca

Oitavas-de-final
Brasil 29 x 23 Holanda

Quartas-de-final
Brasil 33 x 31 Hungria

Semifinal
Brasil 27 x 21 Dinamarca

Final
Brasil 22 x 20 Sérvia

ESPORTE ITABUNENSE PERDE GUTEMBERG ASSIS

Figura das mais queridas do esporte sul-baiano, Pica Pau faleceu neste sábado, em Itabuna.

Figura das mais queridas do esporte sul-baiano, Pica Pau faleceu neste sábado, em Itabuna.

O esporte itabunense perdeu neste sábado (14) o professor Gutemberg Assis (“Pica-Pau”). O educador faleceu vítima de cirrose hepática. O corpo será velado no Santa Fé, ao lado do cemitério Campo Santo, onde será sepultado neste domingo (15), às 8h.

Conhecido como Pica-Pau, Gutemberg Assis foi professor de handebol e futsal de colégios como o Imeam e encantava pelo prazer em ensinar, além de comandar as seleções amadoras de handebol de Itabuna por vários anos. Junto com professores como Júvia Dantas e Paulo Rezende, ajudou o handebol itabunense a figurar como um dos melhores da Bahia.

Atletas novos e veteranos e amigos divulgaram mensagem resgatando o legado de “Pica-Pau”:

– Com suas ações, sempre será lembrado por nós como uma pessoa que fez muita diferença e ajudou decisivamente para que o Handebol de Itabuna transformasse em referencia estadual . A Família Handebol sente a dor da perda, a falta e a saudade da sua presença física.

ITABUNA VENCE A COPA BAHIA DE HANDEBOL

Atleta da Seleção de Itabuna ataca durante jogo da Copa Bahia (Foto Divulgação).

Atleta da Seleção de Itabuna ataca durante jogo da Copa Bahia (Foto Divulgação).

A seleção masculina de Itabuna sagrou-se campeão da Copa Bahia de Handebol, ontem (20), na Vila Olímpica, ao bater o Esporte Clube Vitória por 28 a 24. Já a seleção feminina, ficou em terceiro lugar da competição realizada pela Federação Baiana de Handebol (FBHb). As equipes se preparam para a disputa das finais dos Jogos Abertos do Interior em novembro.

COM A CHANCELA DA FBH, MASTER DE HANDEBOL COMEÇA DIA 24 EM ITABUNA

Competição começa no próximo sábado (Foto Pimenta/Arquivo).

Competição começa no próximo sábado (Foto Pimenta/Arquivo).

A quinta edição do Torneio Master de Handebol de Itabuna começa no próximo sábado (24), às 8 horas, na Vila Olímpica, com a participação de equipes da Bahia e de outros estados. Neste ano, a competição prestará homenagem a Noilma Novais.

A novidade do Master deste ano é a chancela da Federação Baiana de Handebol (FBHb). O evento foi incluído no calendário anual da entidade máxima do esporte no estado, feito que é comemorado pelas organizadoras, Eliana Santos e Júvia Dantas, da Associação Regional de Handebol em Itabuna. Os atletas têm idade média de 30 anos no feminino e 35 no masculino.

A organização decidiu limitar a 10 em cada modalidade (feminina e masculina) o número de equipes que vão disputar o Master de Handebol deste ano. A inscrição por equipe custa R$ 200,00, mas cai para R$ 150,00 quando inscritas duas equipes de forma conjunta. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (73) 9198-5010, 8819-4858, 9154-7736 e 3212-5975 (horário comercial) ou 3613-0227 (noite).

MASTER DE ITABUNA NO CALENDÁRIO DA FEDERAÇÃO BAIANA DE HANDEBOL

Professora Júvia comemora inclusão do torneio no calendário da FBHb (Foto Pimenta/Arquivo).

Professora Júvia comemora inclusão do torneio no calendário da FBHb (Foto Pimenta/Arquivo).

A edição 2013 do Torneio Master de Handebol de Itabuna será realizada, em agosto, na Vila Olímpica. A competição anual, idealizada pelas professoras Júvia Dantas e Eliana Santos, agora faz parte do calendário da Federação Baiana de Handebol (FBHb).

A inclusão no calendário havia sido uma promessa da federação, após constatar o nível de organização do evento nas quatro primeiras edições. A novidade reforça ainda mais a competição que atrai times de todas as partes da Bahia, inclusive da Região Metropolitana de Salvador.

CLIQUE E CONFIRA CALENDÁRIO COMPLETO

As professoras Eliana e Júvia festejam a inclusão no calendário (divulgado neste mês) e afirmam que a data dos jogos será definida ainda neste semestre.

TORNEIO DE HANDEBOL EM ITABUNA

handebolNa preparação para a Copa Cactus de Handebol, que acontece nos dias 9 e 10 de março, em Feira de Santana, a seleção itabunense da modalidade organiza no próximo domingo, 3, a partir das 8 horas, na sede local da AABB, o I Torneio Super 4 x 4 de Handebol. O objetivo é angariar recursos para bancar a presença na competição feirense.

O torneio, que cobra taxa de inscrição de R$ 70,00, reunirá no máximo 16 equipes. Segundo o técnico da seleção itabunense, Ascendino Montenegro, até esta sexta-feira, 22, já havia nove times confirmados.

Mais informações, pelos telefones 73.9157-0560 ou 73.8805-3007.

ITABUNA: MASTER DE HANDEBOL INTEGRARÁ CALENDÁRIO DA FEDERAÇÃO BAIANA

Atletas do Olímpicos e de Itabuna (camisa azul e vermelha) na premiação (Foto Pimenta).

O Torneio Master de Handebol de Itabuna fará parte do calendário de eventos anuais da Federação Baiana de Handebol (FBHb), a partir de 2013, conforme anúncio feito pelo diretor de arbitragem da entidade, Vitor Camarão Paiva, no final de semana. A competição interestadual organizada pelas treinadoras Júvia Dantas e Eliana Santos entrou no quarto ano em 2012 e reúne atletas com idade mínima de 35 anos no masculino e 28 anos no feminino.

A chancela da FBHb é reconhecimento ao esforço da organização em promover a modalidade esportiva no interior baiano. A decisão ocorre justamente no ano em que o evento teve de ser adiado por duas vezes (em agosto e setembro) por causa de um acidente com a treinadora Júvia Dantas. Ela ficou internada por quase 80 dias no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, devido a queimadura numa das mãos.

Eliana Santos define o evento de 2012 como “o mais difícil de ser realizado, porém, o mais prazeroso” pelo sucesso obtido ao final. Itabuna está entre as principais praças desta modalidade esportiva.

ITABUNA CAMPEÃ

O duelo Itabuna e Olímpicos, de Salvador, marcou a quarta edição do Master de Handebol. Itabuna levou a melhor pelo saldo de gol nos dois jogos e levantou o troféu desta edição no masculino. No feminino, o troféu foi para a Seleção de Santa Cruz da Vitória.

O torneio deste ano prestou homenagem a um dos ícones do handebol baiano, o ex-atleta e treinador Carlos da Silva, Carlão, do Olímpicos. Idealizadora do torneio, Júvia Dantas reforçou a contribuição do treinador para o esporte. Carlão atualmente treina o Olímpicos e o Salesiano, ambos de Salvador.

A competição marcou o retornou de atletas itabunenses às quadras, como o publicitário Linho Costa, da Costha Fera, também homenageado pela contribuição ao esporte e apoio ao master em 2012. O Pimenta recebeu troféu pela contribuição ao handebol regional.

ITABUNA VENCE NA ABERTURA DO MASTER DE HANDEBOL

Competição reúne atletas baianos a partir dos 35 anos (Foto Pimenta/Arquivo).

O Torneio Master de Handebol começou ontem, na Vila Olímpica, em Itabuna, com dois jogos. No masculino, Itabuna bateu o Olímpicos por 37 a 31. Já no feminino, a Seleção de Itabuna derrotou Santa Cruz da Vitória por 20 a 8.

A competição tem sequência nesta noite de sexta, 16, com três jogos. Às 18h30min, Itabuna enfrenta o Poli, no masculino. O Olímpicos encara o selecionado de Itapetinga, às 19h45min. Logo após, Itabuna e Santa Cruz da Vitória voltam a se enfrentar no feminino.

As semifinais e finais serão disputadas amanhã, na Vila Olímpica. A competição idealizada pela professora Júvia Dantas e a atleta Eliana Santos entra na quarta edição e atrai equipes baianas e de outros estados.

MASTER DE HANDEBOL COMEÇA NO DIA 15

Simões Filho e Olímpicos, campeã e vice em 2011, participam da edição deste ano (Foto Pimenta).

A quarta edição do Torneio Interestadual de Handebol Master já tem data definida. Equipes masculinas e femininas da Bahia e de outros estados se enfrentam na Vila Olímpica no feriadão de 15 a 18 de novembro, em Itabuna.

O torneio já entrou para o calendário de eventos esportivos baianos e neste ano apresenta uma mudança: o limite de idade para o feminino caiu de 35 para 27 anos. “A mudança foi um pedido de equipes e permitirá que mais atletas participem da competição”, diz uma das coordenadoras do evento, Eliana Santos.

A regra de idade das edições passadas foi mantida para o masculino (35 anos). Eliana antecipa que a edição deste ano prestará homenagem ao atleta Carlos José da Silva, Carlão. Em 2011, a grande homenageada foi a professora Júvia Dantas, uma das responsáveis pela difusão do handebol no sul da Bahia.

TREINAMENTOS

Equipes itabunenses que vão participar do Master de Handebol intensificam os treinamentos a partir desta semana, na Vila Olímpica, às terças e quintas, a partir das 19h30min. Estreante em 2011, a equipe Poli confirmou participação neste ano sob o comando da treinadora Júvia Dantas. Os telefones para contato com a organização do torneio são (73) 9154-7736 / 8819-4858 (Eliana Santos).

ITABUNA É VICE NO INTERESTADUAL DE HANDEBOL

Meninas do handebol itabunense conquistaram vice no Interestadual em Prado.

Itabuna ficou em segundo lugar na classificação geral da quarta edição da Copa Prado de Handebol, disputa de 10 a 12 de agosto no município do extremo-sul baiano.

A equipe masculina foi vice ao perder para a forte Seleção de Guaratinga por 18 a 15, depois de ter superado Caravelas, Luís Eduardo Magalhães e o time B de Itabuna.

O time feminino fez partida muito disputa contra a Seleção de Teófilo Otoni. A equipe mineira ficou com o título, conquistado apenas na prorrogação: 22 a 20.

– O nível do handebol de Itabuna tem superado as expectativas de todos – afirma o técnico Ascendino Montenegro. Neste ano, as duas seleções, diz, ganhou praticamente todas as competições das quais participou. O treinador também destaca o apoio do secretário de Esporte, Alcântara Pellegrini.

Equipe masculina também faturou o vice na copa de nível alto.

HANDEBOL DE ITABUNA É CAMPEÃO EM FEIRA

Seleções A e B de Itabuna deram show em Feira de Santana.

A Seleção Masculina de Handebol de Itabuna sagrou-se campeã da Copa Cactus, disputada neste final de semana em Feira de Santana e que envolveu as equipes da Bahia e de Sergipe. Na final, a equipe bateu a forte seleção de Simões Filho, por 25 a 23. Ainda no masculino, a equipe B de Itabuna levou o terceiro lugar da copa.

Seleção feminina, campeã dos Jogos Abertos, ficou em 3º.

No feminino, Itabuna ficou em terceiro lugar ao perder para a Minha Banda Handebol, de Salvador. “Foi uma das melhores equipes da competição”, justifica o técnico Ascendino Montenegro.

O secretário de Esporte de Itabuna, Alcântara Pellegrini, elogiou o desempenho de Itabuna na Copa Cactus e destacou o esforço dos atletas para representar bem o município nas competições regionais.

Pellegrini também destacou a dedicação do técnico Ascendino Montenegro, que comanda as equipes masculina e feminina de Itabuna. As equipes contaram com apoio da UBI e da Inforlaser, além dos dirigentes Léo Teixeira e Dinamar Guimarães.

VITÓRIA HISTÓRICA DO BRASIL

O Brasil conseguiu vitória histórica diante da França na terceira rodada do Mundial de Handebol Feminino, disputado em São Paulo. Após derrota por 17 a 10 no primeiro tempo, as meninas imprimiram ritmo forte e viraram para 26 a 22, batendo as vice-campeãs mundiais.

A goleira Chana fez defesas incríveis e foi grande responsável pela virada. As brasileiras já estão garantidas em Londres-2012 (venceram o Pan 2011) e esperam ficar entre as melhores deste mundial. Confira os lances selecionados pelo canal Esporte Interativo.

SELEÇÕES DE HANDEBOL DE ITABUNA SÃO CAMPEÃS DOS JOGOS ABERTOS

Seleção feminina massacrou a equipe da casa, Vitória da Conquista, na finalíssima.

As seleções masculina e feminina de handebol de Itabuna foram campeãs da edição 2011 dos Jogos Abertos do Interior, em Vitória da Conquista. Na finalíssima, ontem, as meninas bateram Vitória da Conquista por 37 a 17 e a seleção masculina faturou o título ao golear Feira de Santana por 40 a 27. Os Jogos Abertos reúnem as melhores equipes do interior da Bahia.

“O nível do handebol itabunense tem superado as expectativas. Isso é comprovado pelos títulos conquistados”, disse o técnico Ascendino Montenegro. O feminino conquistou todas as competições que disputou em 2011 e o masculino chegou à etapa das finais dos Jogos Abertos após sagrar-se campeã do zonal disputado em Simões Filho.

CAMPANHA

Equipe masculina goleou Feira de Santana na final e conquistou título dos Jogos.

As duas seleções conquistaram os jogos de forma invicta. O feminino chegou à disputa do título após bater Caetité e Valente e enfiar 24 a 16 no selecionado de Juazeiro. Na final, 37 a 17 nas donas da casa, as conquistenses.

A seleção masculina também fez bonito. Bateu Juazeiro na classificatória e teve jogo duríssimo contra Guaratinga: 28 a 27. “A equipe deles possui um nível tático e técnico muito elevado, mas o time não se abalou, jogando forte no ataque e na defesa”. Itabuna superou Andaraí na semifinal e foi campeã em cima de Feira.

O selecionado feminino levantou a taça com Lisie, Inaiá, Angelânia, Bethsaber, Thayane, Ingara, Karina, Suian, Lucileide, Emilly, Vânia e Ariadne. A seleção masculina foi campeã com Antônio, George, Paulo, Chico, Fred, Welson, Vanuel, Rafael Passos, José Maria, Cesar, Ascendino, Paulo Augusto, Rafael Silva e Ivonilson. As duas equipes têm Ascendino como técnico e contaram com o apoio da Secretaria de Esporte de Itabuna.

HANDEBOL ITABUNENSE É CAMPEÃO DE ZONAL DOS JOGOS ABERTOS

As seleções de handebol de Itabuna (masculino e feminino) sagraram-se campeões do zonal dos Jogos Abertos da Bahia neste final de semana. A competição foi disputada em Simões Filho e definiu as equipes das finais dos jogos em Vitória da Conquista, em novembro.

O técnico Ascendino Montenegro diz que os títulos são resultado de treinamento árduo. Também jogador da seleção masculina, ele enfatiza o apoio da Secretaria de Esporte de Itabuna para que as duas seleções participassem do zonal na região metropolitana de Salvador.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia