jardim das hortensias

secom educacao
ftc


maio 2016
D S T Q Q S S
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias


:: ‘homicídio’

MEMBRO DE FACÇÃO É EXECUTADO EM ITABUNA

Raomi (esq.) faz o símbolo da facção a que pertencia

Raomi (esq.) faz o símbolo da facção a que pertencia

O jovem Raomi Paixão Monteiro, de cerca de vinte anos, foi executado no final da manhã de hoje, no bairro João Soares, em Itabuna. Raomi pilotava uma moto quando foi cercado por bandidos que o seguiam, também de motocicleta. Segundo a polícia técnica, a vítima levou cerca de quinze tiros de pistola.

Em um dos bolsos do rapaz, a polícia encontrou uma trouxinha de maconha. Pouco depois, fazendo buscas na casa onde Raomi morava, foi encontrada grande quantidade de droga.

Há informações de que Raomi era membro da facção criminosa conhecida como Raio A. Em imagens divulgadas nas redes sociais, o jovem aparece ao lado de traficantes e fazendo o símbolo da facção.

POLÍCIA INVESTIGA ASSASSINATO DE ADOLESCENTE EM ITABUNA

Corpo de Gabriela foi deixado embaixo de uma árvore, perto da casa onde ela morava com os pais

Corpo de Gabriela foi deixado embaixo de uma árvore, perto da casa onde ela morava com os pais

O misterioso assassinato de uma adolescente, ocorrido no último fim de semana, no bairro Santa Inês, em Itabuna, ainda desafia a polícia. De acordo com a perícia, já se sabe que a vítima, Gabriela Silva Santos, de 12 anos, foi estrangulada e pode ter sofrido também violência sexual.

Segundo os pais, Gabriela assistia televisão na sala de sua casa na noite de sexta-feira (22). Sem que eles percebessem, a menina saiu da residência e só reapareceu na manhã de sábado, mas já sem vida. O corpo de Gabriela foi deixado embaixo de uma árvore, próximo à casa dela. A adolescente estava parcialmente nua.

Para a polícia, tudo leva a crer que o crime foi cometido por pessoas do próprio bairro. Os pais, inconformados, dizem que Gabriela era uma menina pacata, que quase não saía de casa. Um dos poucos lugares que costumava frequentar era uma igreja evangélica na comunidade.

FUGITIVO DO PRESÍDIO DE EUNÁPOLIS É PRESO EM ITABUNA

José Ribeiro ficou pouco tempo em liberdade

José Ribeiro ficou pouco tempo em liberdade

A Polícia Militar prendeu na manhã de hoje (19), no bairro Jorge Amado, em Itabuna, o foragido José Ribeiro de Lima, que cumpre pena por homicídio e fugiu ontem do presídio de Eunápolis, no extremo-sul do Estado.

José Ribeiro escapou da penitenciária durante a madrugada, juntamente com outros cinco detentos. Eles usaram uma corda feita de lençóis, popularmente conhecida como “teresa”. Apenas Ribeiro foi recapturado.

A polícia civil de Eunápolis investiga as circunstâncias em que a fuga ocorreu. Uma das hipóteses consideradas pelos investigadores é de que pode ter havido facilitação.

DOMINGO VIOLENTO EM ITABUNA

violencia1Itabuna voltou a conviver com a brutalidade dos criminosos, dessa vez em pleno Domingo de Páscoa. Por volta das 8 horas da manhã, a Polícia Militar foi comunicada sobre disparos de arma de fogo na Rua Mensageiro, imediações do SAF, no bairro Zildolândia. No local, foi encontrado um homem aparentando 25 anos de idade, com perfurações de bala por todo o corpo.

Testemunhas disseram à polícia que os atiradores estavam em um veículo Fiat, modelo Grand Siena, de cor branca. Segundo a PM, houve buscas, mas o carro não foi localizado. A vítima dos disparos não teve sua identidade confirmada.

A polícia registrou ainda duas tentativas de homicídio neste domingo. Uma delas na Rua Rio Branco, bairro Califórnia, onde Marcos Andrade da Rocha, 27, foi atingido por disparos no braço e na perna. Socorrida pelo Samu, a vítima recebeu atendimento no Hospital de Base.

Houve também uma tentativa de homicídio na Rua Ribeirópolis, bairro Sarinha. A vítima foi um homem, identificado apenas pelas iniciais J.A.S., de 21 anos. Ele foi encaminhado pelo Samu para o Hospital Calixto Midlej Filho.

Até este domingo, Itabuna já contabiliza 40 homicídios no ano de 2016.

HOMEM É EXECUTADO NO PARQUE BOA VISTA

O ajudante de pedreiro Bruno Ribeiro de Queiroz, de 25 anos, foi executado no início da noite desta terça-feira (08), quando trabalhava em uma obra no Parque Boa Vista, em Itabuna. Segundo informação de familiares, a vítima era usuária de drogas.

Testemunhas disseram à polícia que os tiros foram disparados por dois jovens que usavam uniforme escolar. Antes de matar o ajudante de pedreiro, os criminosos procuraram confirmar sua identidade.

O crime pode ter sido motivado por dívida com traficantes. Uma irmã da vítima afirmou ao blog Verdinho que Bruno já teve passagens pela polícia por porte ilegal de arma e receptação de veículo roubado.

ITABUNA REGISTRA 30º HOMICÍDIO ESTE ANO

Passados dez dias de relativa tranquilidade, Itabuna registra mais um homicídio em 2016. Foi o 30º este ano.

A vítima é um homem de 60 anos, identificado como José Ribeiro da Silva, que era conhecido como “Chuchu”. Seu corpo foi encontrado na madrugada desta sexta-feira (26), na Rua Capixaba, bairro Parque Boa Vista.

O crime tem característica de execução. A vítima foi atingida por cerca de 15 tiros. No local do homicídio, os policiais encontraram munição calibre 12.

ITABUNA: HOMEM É EXECUTADO NA KENNEDY

Homem foi executado com vários tiros na cabeça, no Jaçanã.

Homem foi executado com vários tiros na cabeça, no Jaçanã (Foto Samantha Barreto).

Um homem foi morto a tiros na Avenida Manoel Chaves (Kennedy), no Bairro Jaçanã, no início da madrugada deste domingo (17). O crime ocorreu em frente ao Condomínio Residencial Jaçanã, próximo ao antigo Motel Carinhoso. A vítima, identificada como Jorge Santos, levou, pelo menos, seis tiros. Ela estava vestida com bermuda jeans e blusa preta e usava sandália.

Duas viaturas da Polícia Militar chegaram ao local e uma equipe do Samu foi acionada, constatando a morte do jovem. O homem pode ter sido vítima de latrocínio, segundo a polícia, mas a quantidade de disparos na cabeça reforçam hipótese de crime de homicídio premeditado (execução).

JOVEM É EXECUTADO NO SANTA INÊS

Cristiano Pereira foi executado na Getúlio Vargas, Bairro Santa Inês (Reprodução Plantão Itabuna).

Cristiano foi executado no Santa Inês (Reprodução Plantão Itabuna).

Itabuna registrou nesta quinta (10) o 86º homicídio do ano. Um homem aproximou-se de Cristiano Pereira dos Santos, de 18 anos, e atirou várias vezes. O crime ocorreu na praça do Bairro Santa Inês, por volta das 7 horas. Cristiano era conhecido no bairro como “Aninho”.

Testemunhas dizem que o homem se aproximou da vítima, para confirmar a identidade, e efetuou vários disparos. Uma pistola 380 foi usada na execução. Os disparos atingiram a cabeça da vítima. De acordo com testemunhas, o autor dos disparos seria conhecido como Gabriel.

JOVEM É EXECUTADO NO CENTRO COMERCIAL

Andinho foi morto a tiros no centro comercial.

Andinho: executado.

Um jovem foi assassinado no Centro Comercial de Itabuna, por volta das 20h10min desta terça (10). Anderson Soares Albuquerque, conhecido como Andinho, residia na Favela do Bode.

Ele caminhava pelo Centro Comercial, quando dois homens perseguiram e executaram o rapaz.

A vítima ainda tentou correr, mas foi atingido por vários tiros, disparados nas costas e na parte de trás da cabeça. Caiu, morto, em um camelódromo em frente ao Terminal Rodoviário de Itabuna.

Andinho é suspeito de participar de grupo que tentou matar policial militar em Ilhéus. Segundo a Polícia Militar, Andinho tinha passagem pela delegacia de polícia por tráfico de drogas.

HOMICÍDIOS DE MULHERES NEGRAS TÊM AUMENTO DE 54% EM UMA DÉCADA

mulheres negrasAndreia Verdélio | Agência Brasil

Os homicídios de mulheres negras aumentaram 54% em dez anos no Brasil, passando de 1.864, em 2003, para 2.875, em 2013. Enquanto, no mesmo período, o número de homicídios de mulheres brancas caiu 9,8%, saindo de 1.747 em 2003 para 1.576 em 2013. É o que aponta o Mapa da Violência 2015: Homicídio de Mulheres no Brasil, estudo elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), divulgado hoje (9).

Em 2013, 13 mulheres foram mortas por dia no país, em média, um total de 4.762 homicídios.

Nesta edição, segundo a Flacso, o estudo foca a violência de gênero e revela que, no Brasil, 55,3% desses crimes aconteceram no ambiente doméstico, sendo 33,2% cometidos pelos parceiros ou ex-parceiros das vítimas. Com base em dados de 2013 do Ministério da Saúde, ele aponta ainda que 50,3% das mortes violentas de mulheres são cometidas por familiares.

Sobre a idade das vítimas, o Mapa da Violência aponta baixa incidência até os 10 anos de idade, crescimento até os 18 e 19 anos, e a partir dessa idade, uma tendência de lento declínio até a velhice.

O país tem taxa de 4,8 homicídios para cada 100 mil mulheres, a quinta maior do mundo, conforme dados da Organização Mundial da Saúde que avaliaram um grupo de 83 países, informou a Flacso.

O Mapa da Violência é um trabalho desenvolvido pelo pesquisador Julio Jacobo Waiselfisz que, desde 1998, já divulgou 27 estudos. Todos eles, segundo a Flacso, trabalharam a distribuição por sexo das violências, sejam suicídios, homicídios ou acidentes de transporte, mas em 2012, dada a relevância do tema e as diversas solicitações nesse sentido, foi elaborado o primeiro mapa especificamente focado nas questões de gênero.

De 1980 a 2013, foram vítimas de assassinato 106.093 mulheres. Entre 2003 e 2013, o número de vítimas do sexo feminino passou de 3.937 para 4.762, incremento de 21,0% na década.

Segundo o Mapa da Violência, diversos estados evidenciaram “pesado crescimento” na década, como Roraima, onde as taxas de homicídios femininos cresceram 343,9%, ou Paraíba, onde mais que triplicaram (229,2%). Entre 2006, ano da promulgação da Lei Maria da Penha, e 2013, apenas em cinco estados registraram quedas nas taxas: Rondônia, Espírito Santo, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro.

Vitória, Maceió, João Pessoa e Fortaleza encabeçam as capitais com taxas mais elevadas no ano de 2013, acima de 10 homicídios por 100 mil mulheres. No outro extremo, São Paulo e Rio de Janeiro são as capitais com as menores taxas.

:: LEIA MAIS »

EX-PRESIDIÁRIO É MORTO EM ITABUNA

violênciaUm ex-presidiário foi assassinado a tiros, ontem (6), na Rua Beira-Rio, no Bairro Nova Itabuna, próximo ao antigo Posto da Polícia Rodoviária Estadual.

A vítima foi identificada como Michael Jackson Souza Almeida, de 24 anos. De acordo com o site Plantão Itabuna, Michael Jackson havia deixado o Conjunto Penal de Itabuna há 10 dias.

Segundo o comando da Polícia Militar em Itabuna, o crime foi cometido por dois homens. Após executar o jovem, os criminosos fugiram a pé. Michael Jackson era morador do Bairro Vila Anália.

JOVEM QUE MATOU EX-SOGRA É LEVADO A JÚRI

Rosilda foi morta por Phillipe, que ainda tentou esconder o corpo (Fotomontagem).

Rosilda foi morta por Phillipe, que ainda tentou esconder o corpo (Fotomontagem).

O jovem que matou a sogra com 46 facadas em 2 de abril do ano passado, em Itabuna, será levado a júri popular no próximo dia 13, às 8h, no Fórum Ruy Barbosa. O crime ocorreu no Bairro Monte Cristo. Phillipe Assunção da Silva, de 24 anos, matou a ex-sogra, Rosilda Andrade Pereira Cardoso, 40, ao chegar na casa da vítima e não encontrar a ex-namorada.

Vanessa, filha de Rosilda acabou relacionamento com Phillipe, que decidiu persegui-la. Naquele dia, o jovem entrou na casa à procura da ex-namorada, disposto a matá-la. Encontrou dona Rosilda.

Após discussão, Phillipe matou a ex-sogra e jogou o corpo em um porão. A jovem chegou à casa momentos depois do ex-namorado ter cometido o crime contra Rosilda. Phillipe será julgado por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e emboscada.

Para a família de Rosilda, o julgamento pode amenizar a dor da perda. A dona de casa foi morta pelo jovem que era coordenador da catequese da comunidade e, segundo familiares de Rosilda, era ajudado pela vítima, “com alimentação e coisas básicas para a própria sobrevivência”.

TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Phillipe tornou-se réu confesso do crime e também responde a uma tentativa de homicídio. O jovem é acusado de tentativa de assassinato contra o colega de trabalho de Vanessa. Cícero Oliveira foi baleado quando saía para trabalhar. A vítima sobreviveu.  Após tentar matar Cícero, Phillipe foi atrás de Vanessa, no outro dia.

MOTOTAXISTA É MORTO A TIROS EM ITABUNA

Ageu foi morto a tiros (Reprodução).

Ageu foi morto a tiros (Reprodução).

Um mototaxista de 38 anos foi assassinado a tiros, por volta do meio-dia de hoje (31), na região do Bairro Monte Cristo. A vítima foi identificada como Ageu Bonfim dos Santos.

Ele pilotava uma Honda Bros (placa NZS-1589), quando foi alvejado com, pelo menos, dois tiros. Os disparos atingiram a cabeça e o abdome de Ageu.

As polícias militar e civil já estão no local. Ainda não há informações sobre as circunstâncias do crime. O mototaxista atuava com registro do município.

JOVEM É ASSASSINADO NA CALIFÓRNIA

Rony foi morto a tiros no Alto do Cuscuz.

Rony foi morto a tiros.

O jovem Rony Rocha Santos foi morto a tiros, na madrugada deste domingo (5), no Alto do Cuscuz (Califórnia), em Itabuna.

As circunstâncias do crime não foram divulgadas. Na última sexta, houve outro homicídio no mesmo bairro (veja mais abaixo).

A morte de Rony é a terceira registrada em julho. Até agora, não há registro de que a vítima tenha ligação com atividades criminosas ou seja usuário de drogas.

As duas outras mortes registradas neste início de julho ocorreram na última sexta (3), quando o corpo de Erick Laytynher foi descoberto no porta-malas do próprio carro, no Serrado, entre Itabuna e Buerarema, e dois homens mataram Rafael Xavier, na Califórnia.

VÍTIMAS DE TENTATIVA DE CHACINA EM ITABUNA SÃO IDENTIFICADAS

Carlos Ribeiro

Morte de Carlos Ribeiro, o Big, teria sido estopim para tentativa de chacina, ontem (Reprodução Facebook).

A polícia militar divulgou a identidade das cinco vítimas de tiros, ontem à noite, no Bairro Pedro Jerônimo, em Itabuna. Por volta das 21h20min, quatro homens chegaram em duas motos e iniciaram a tentativa de chacina no bairro periférico.

De acordo com a polícia, as vítimas são Raimundo Silva de Carvalho, 28 anos, Danilo Ribeiro dos Santos, 27, William Carvalho dos Santos, 22, Lenival Meira dos Santos Júnior, 21, e Mardson Rodrigues Silva, 30.

Danilo levou um tiro na face, enquanto William foi atingido no pé esquerdo. Lenival levou tiro no pé direito e Mardson foi alvejado na perna esquerda. Um dos disparos atingiu Raimundo Carvalho numa das axilas.

Todas as vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Base, estando em observação. O caso mais complicado é o do homem atingido na face. O crime seria uma resposta de rivais à morte de um homem, executado na terça. O corpo foi encontrado naquela noite, no porta-malas de um Fiat Siena. O carro pertencia à vítima, suspeita de ter ligações com facções criminosas.

HOMEM É MORTO A PAULADAS EM ITABUNA

Um cearense de 23 anos foi agredido a pauladas e pedradas até morrer, ontem à noite, no Bairro Odilon, próximo ao Posto Flecha, em Itabuna. Adailton Silva Vieira, natural de Barros (CE), teria sido perseguido e morto por mais de uma pessoa, segundo a polícia.

Os autores do homicídio ainda não foram identificados, segundo o comandante do 15º Batalhão da PM, Daniel Riccio Teixeira. Há suspeita de que a morte esteja relacionada a drogas.

Adailton trabalhava como auxiliar de vendas de tapetes e redes do Ceará. Era o primeiro dia do jovem em Itabuna.

TIROTEIO E MORTE NO CONCEIÇÃO

Dois homens em uma moto executaram outro motociclista no Bairro Conceição, por volta das 10. O crime aconteceu próximo ao Colégio Batista.

A vítima foi identificada como José Raimundo Moreira Paixão e pilotava uma moto Honda Titan vermelha, placa OZT-8790. De acordo com testemunhas, os dois executores dispararam mais de dez tiros.

José Raimundo foi identificado como morador do Santa Clara e teria envolvimento com o tráfico de drogas. No “Leia mais” cena forte, não recomendada para menores de 18 anos.
:: LEIA MAIS »

COARACI: IDOSO É MORTO A GOLPES DE MACHADO

Um idoso foi morto a golpes de machado em Coaraci, ontem à noite. O crime ocorreu na localidade conhecida como Garganta, na zona rural do município.

De acordo com a polícia militar, Milton Fernandes de Almeida, de 57 anos, desferiu vários golpes de machado em Raimundo Domingos dos Santos, 63 anos.

Milton foi preso em flagrante e está à disposição da Justiça na delegacia de Coaraci. A polícia não informou o que levou Milton a matar o idoso.

FRENTISTA É MORTO A TIROS EM ITABUNA

Rondineli foi assassinado no viaduto das BRs 415 e 101, em Itabuna (Foto Arquivo Pessoal).

Rondineli foi assassinado no viaduto Paulo Souto (Foto Arquivo Pessoal).

Mais um homicídio em Itabuna. O frentista Rondineli Menezes Santos foi morto a tiros na tarde desta terça (11), no Viaduto Paulo Souto, na Nova Itabuna. Rondineli trabalhava como frentista na rede de postos Universal.

A polícia investigará o que motivou o crime. De acordo com testemunhas, dois homens atiraram no jovem, que era casado e tinha um filho. A vítima pilotava uma “Cinquentinha” no momento em que foi atacado pelos criminosos.

JOVEM É ASSASSINADO NA MANGABINHA

Alexandre foi assassinado a tiros e pauladas na Mangabinha (Foto Bahia Hoje).

Alexandre foi assassinado a tiros e pauladas na Mangabinha (Fotos Bahia Hoje).

Um jovem foi assassinado a tiros e pauladas, hoje pela manhã, na Mangabinha, em Itabuna. Alexandre Souza de Oliveira, de 20 anos, morava no Bairro Pontalzinho. O crime ocorreu por volta das 8h30min, na região das “Casinhas”.

Alexandre havia deixado o Hospital de Base de Itabuna há pouco tempo e sofria de problemas mentais, segundo uma das tias. Recentemente, tentou contra a própria vida ao ingerir “chumbinho”.

Ele teria saído logo cedo de casa para ir ao hospital trocar curativo, segundo informou uma tia da vítima ao Bahia Hoje. De acordo com informações policiais, Alexandre era usuário de drogas.

ASSASSINATO NA FAVELA DO BODE

Renato Lopes Caetano, de 23 anos, foi assassinado a tiros ontem à noite (2) por homens em um GM Corsa preto. O crime ocorreu na região conhecida como Favela do Bode, no Jardim Grapiúna, em Itabuna.

De acordo com o Verdinho, a vítima foi primeiro abordada por dois motociclistas. Na sequência, passaram os atiradores no Corsa, em velocidade reduzida, e efetuaram os disparos.

De acordo com a polícia, Renato, conhecido como Cachorrão, tinha ficha por envolvimento com o crime. Este é o 107º homicídio registrado em Itabuna de janeiro até agora.

PASSEATA COBRA PUNIÇÃO A ASSASSINO DE PERSONAL TRAINER

Dezenas de pessoas participaram do ato na Cinquentenário (Foto Pimenta).

Dezenas de pessoas participaram do ato na Cinquentenário (Foto Pimenta).

Cerca de cento e cinquenta pessoas participaram, hoje à tarde, de uma passeata para exigir punição ao assassino do jovem Lucas Sousa Dias. Eram familiares, amigos e colegas do personal trainer assassinado na última sexta (19) à noite, enquanto lanchava em uma hamburgueria no Bairro de Fátima.

Todos vestiam camisa branca estampada com uma foto de Lucas. Os manifestantes também fizeram apitaço e empunhavam faixas e cartazes cobrando justiça para o crime e paz em Itabuna.

“Iremos acompanhar esse processo até as últimas consequências, se necessário for”, disse ao PIMENTA um dos líderes da passeata. “Confiamos no trabalho da polícia civil. A gente sabe que todos estão empenhados [em esclarecer o crime]”.

O homem apontado com o autor dos disparos fatais contra Lucas é ex-companheiro da namorada da vítima. Felipe Victor Barros ficou foragido por três dias e apresentou-se à polícia ontem (22), após fugir do período de flagrante.

A Marlos Macêdo, titular da Delegacia de Homicídios, Felipe Victor negou a autoria dos disparos. Três dias antes do crime, Lucas e a namorada prestaram queixa contra o acusado da morte.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia