cidadelle



abril 2014
D S T Q Q S S
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


itao

:: ‘Ilhéus’

PM PARA EM ILHÉUS; ITABUNA NÃO ADERE

Viaturas recolhidas em companhia da PM em Salvador (Foto Whatsapp).

Viaturas recolhidas em companhia da PM em Salvador (Foto Whatsapp).

Policiais militares cruzaram os braços em Ilhéus, após a prisão do líder das greves de 2012 e 2014, Vereador Prisco (PSDB), ocorrida hoje em um resort a 70 quilômetros de Salvador . Mais cedo, circulou informação entre os soldados de que a Polícia Federal estaria à caça de Augusto Júnior, líder do movimento de 2012 em Ilhéus.

Já em Itabuna, a orientação de associações de policiais é não parar. O 15º Batalhão da PM (Itabuna) tem efetivo de cerca de 740 homens. No final da tarde, o deputado Capitão Tadeu orientou a tropa a aderir a uma nova paralisação até que Prisco seja solto.

O vereador tucano foi preso por ordem da Justiça Federal em Salvador e encaminhado para o Presídio da Papuda, no Distrito Federal, onde deverá ficar por, pelo menos, 90 dias (prisão preventiva). A defesa do vereador diz que entrará com pedido de habeas corpus.

ESPOSA CRITICA PRISÃO

Em entrevista concedida ao Bocão News, de Salvador, a esposa de Prisco fez críticas à ação da Polícia Federal na prisão do esposo. Segundo ela, foram mais de vinte homens no cumprimento do mandado de prisão. Ele foi detido na frente de duas filhas, de 10 e 12 anos, conforme o relato.

EXÉRCITO NAS RUAS EM ILHÉUS. FESTIVAL DE NEGÓCIOS E MÚSICA ESTÁ CONFIRMADO

Tropa do Exército em exercício nas ruas de Ilhéus (Foto Danilo Matos/Blog Ilhéus24h-Arquivo).

Tropa do Exército em exercício nas ruas de Ilhéus (Foto Danilo Matos/Blog Ilhéus24h-Arquivo).

As tropas do Exército farão a segurança de Ilhéus enquanto durar a greve da Polícia Militar. Ontem, dois representantes se reuniram com o prefeito Jabes Ribeiro. Coronel Silva Neto e o comandante da 18ª Circunscrição Militar, coronel Roosevelt, abordaram o plano de segurança para a cidade turística no período do feriadão da Semana Santa e Tiradentes.

A preocupação maior no município é com a segurança dos cidadãos e de um grande evento que reúne artes, negócios e grandes shows, o Festival Aleluia Ilhéus.

O evento começou ontem e, a partir de hoje (17) terá atrações como Fábio Júnior, Zélia Duncan, Nando Reis, André Valadão e OQuadro, além de apresentações artísticas na Tenda do Teatro Popular (TPI), na Avenida Soares Lopes.

Além do Exército, Polícia Civil, Guarda Municipal e segurança privada foram acionados para dar tranquilidade aos visitantes do festival, segundo o prefeito.

Desde ontem, tropas das Forças Armadas chegaram à Bahia. A previsão é de que até nove mil homens façam serviços de patrulhamento, vistoria e prisão em flagrante nas principais cidades do estado. A vinda das tropas de Pernambuco, Alagoas e São Paulo foi autorizada pela presidente Dilma Rousseff, após solicitação do governador Jaques Wagner.

AETU: ÔNIBUS VÃO CIRCULAR ATÉ AS 21H

Ônibus devem circular, pelo menos, até as 21h.

Ônibus devem circular, pelo menos, até as 21h.

A Associação das Empresas de Transporte Urbano (AETU) informou que os ônibus devem circular normalmente durante o dia em Itabuna. Elvis Souza, da AETU, disse que as empresas podem recolher os veículos às 21 horas até o final da greve da Polícia Militar. Tudo vai depender do nível de adesão da tropa à greve em Itabuna.

A redação do PIMENTA não conseguiu contato com a direção do Sindicato dos Rodoviários.

COOPERAÇÃO TÉCNICA BENEFICIARÁ 96 IDOSOS DO ABRIGO SÃO VICENTE

Dirigentes do abrigo e da Madre Thaís assinam acordo de cooperação (Foto Maurício Maron).

Dirigentes do abrigo e da Madre Thaís assinam acordo de cooperação (Foto Maurício Maron).

Um convênio assinado entre a Faculdade Madre Thaís e a Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP) beneficiará 96 idosos atendidos na instituição. Pelo acordo de cooperação técnica, o abrigo mantido pela SSVP funcionará como espaço de formação de futuros fisioterapeutas. Durante o período de formação, os estudantes terão a oportunidade de aliar teoria e prática na vivência e atenção aos idosos.

Segundo a diretora acadêmica da instituição superior de ensino, Tatiana Barcelos, os idosos já são atendidos por 350 estudantes dos cursos de Enfermagem e Biomedicina. O curso de Fisioterapia terá sua primeira turma no início do segundo semestre. O novo convênio tem duração de quatro anos, segundo Yolando Souza, presidente da SSVP.

Além de Tatiana e Yolando, o convênio também foi assinado pelos diretores da Madre Thaís, Eusínio e Isidoro Lavigne Gesteira, e a Irmã Maria José, diretora de qualidade de vida do abrigo São Vicente de Paulo.

MORADORES DO VILELA FAZEM PROTESTO

No início da manhã dessa segunda-feira (14), moradores do bairro Teotônio Vilela interditaram a entrada do bairro, impedindo a entrada e saída de veículos. Os moradores pedem melhores condições para o bairro, que é o mais populoso de Ilhéus.

Até o momento apenas a Polícia Militar está no local. Nenhum representante da prefeitura se apresentou para dialogar com os moradores.

Confira mais no Agravo

MANUTENÇÃO EM REDE DA EMBASA AFETA FORNECIMENTO DE ÁGUA EM ILHÉUS

Manutenção afetará abastecimento de água em sete localidades em Ilhéus.

Manutenção afetará abastecimento de água em sete localidades em Ilhéus.

A manutenção da rede de distribuição de água no Basílio afetará o abastecimento em sete bairros de Ilhéus, além do presídio e da Universidade Estadual de Santa Cruz. A manutenção será feita a partir das 8h da próxima segunda (14), segundo o escritório regional da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

As localidades afetadas, segundo a empresa, serão Alto do Basílio, Nova Esperança, Morada do Bosque, parte alta do Teotônio Vilela, Banco da Vitória, Salobrinho e Vila Cachoeira, além do presídio Ariston Cardoso e Uesc.

A manutenção deve ser concluída até a meia-noite de segunda e a previsão é de regularização do abastecimento em até 24 horas. “Os moradores de imóveis com reservação suficiente para as necessidades diárias não sentirão os efeitos da falta de água”, segundo nota da Embasa.

TRAFICANTES DE DROGAS AMEAÇAM DE MORTE PROFESSORES DE COLÉGIO ILHEENSE

Torpedos com ameaças são enviados para celulares dos professores.

“Torpedos” são enviados para celulares dos professores.

Professores de uma escola rede estadual no Malhado, em Ilhéus, estão sendo ameaçados de morte por supostos traficantes. Vários profissionais receberam mensagens em telefones celulares com números identificados, segundo a direção da Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI/APLB-Sindicato).

Os traficantes ameaçam matar os educadores porque estes teriam acabado com supostas bocas de fumo no Centro Estadual de Educação Profissional (Colégio Estadual de Ilhéus). Os educadores também são xingados nas mensagens, de acordo com a direção do sindicato da categoria.

A direção da APPI informou que encaminhará denúncia à Secretaria Estadual de Educação, Ministério Público Estadual e Procuradoria Geral do Estado da Bahia. As vítimas das ameaças prestaram queixa na 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (7ª Corpin).

Os professores dizem desconhecer a existência de boca de fumo no colégio estadual.

COM ADESÃO DE ILHÉUS E ITABUNA, PREFEITURAS SUL-BAIANAS FECHAM NA SEXTA

Lenildo lidera campanha por mais recursos para municípios.

Lenildo: municípios cobram maior fatia no “bolo”.

Municípios sul-baianos aderiram ao protesto nacional para que a União “reparta” melhor o bolo tributário. Atualmente, a União fica com 60% de tudo que é arrecadado em impostos no Brasil, enquanto estados levam 25% e o restante (15%) vai para os municípios.

A ofensiva para que o pacto federativo seja revisto é liderada pela Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc) na região cacaueira. A recomendação é para que, na sexta (11), as prefeituras fechem as portas, mantendo apenas os serviços essenciais, decretando ponto facultativo.

Há pouco, o prefeito ilheense, Jabes Ribeiro, anunciou adesão à campanha nacional. Ao PIMENTA, o prefeito Claudevane Leite, de Itabuna, também confirmou a paralisação, mas de forma diferenciada: apenas a área administrativa não prestará atendimento externo. Postos de saúde e escolas funcionarão normalmente.

O presidente da Amurc, Lenildo Santana, prefeito de Ibicaraí, disse que estudos feitos pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) revelam perdas de R$ 11,09 bilhões de 2009 a 2014 em repasses do Fundo de Participação dos Municípios.

O mesmo estudo, segundo Lenildo, aponta que 54 dos 63 programas na área de saúde não se sustentam com os repasses feitos pela União e Estados aos municípios. Os prefeitos baianos terão audiências com deputados e senadores, na sexta, às 9h, na sede da UPB, em Salvador.

JUIZ PROÍBE JABES DE PAGAR CONTRATADOS

A Região

O juiz José Cairo Junior, da 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus, proibiu a prefeitura de pagar os salários dos servidores públicos contratados irregularmente, a partir de abril.

Os servidores devem “abster-se de prestar serviços a partir de 01 de abril de 2014 e o prefeito municipal e o secretário de administração, deverão abster-se de fazer o pagamento da retribuição dos referidos servidores”.

A decisão inclui pagamento de multa diária de R$ 10.000,00 em caso de desobediência, por parte do prefeito e não da prefeitura. José Cairo Junior explica sua decisão.

Confira a íntegra

ASSEMBLEIA PODE ADIAR INÍCIO DE ANO LETIVO EM ILHÉUS

Educadores de Ilhéus farão assembleia nesta quarta (9).

Educadores de Ilhéus farão assembleia nesta quarta (9).

Os profissionais da educação em Ilhéus farão assembleia nesta quarta (9) para decidir se iniciam ou não o ano letivo dentro do prazo previsto. A discussão será no plenário da Câmara de Vereadores, às 9h.

A direção da Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI/APLB) informa que a pauta da campanha salarial deste ano foi entregue em dezembro de 2013, mas o governo até agora não assinou o acordo. A data-base da categoria é janeiro.

O ano letivo em Ilhéus começará com atraso de dois meses. Em 2013, ocorreram paralisações do funcionalismo e, em várias escolas, o ano letivo começou apenas em outubro. A assembleia da próxima quarta também avaliará decisões como a que obriga o governo ilheense a pagar o Piso Nacional do Magistério.

“AGRONEGÓCIO EXPULSA MÃO DE OBRA E COLOCA EM SEU LUGAR MÁQUINA E VENENO”, DIZ STÉDILE

Stédile5O líder nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), João Pedro Stédile, 60, esteve em Salvador no último final de semana, onde participou de uma plenária sobre o Plebiscito por uma Constituinte Exclusiva. Stédile é graduado em economia pela PUC do Rio Grande do Sul e pós-graduado pela Universidade Nacional Autônoma do México.

Nesta entrevista, ele fala também sobre a Reforma Agrária nos governos FHC, Lula e Dilma e diz que o agronegócio utiliza veneno que está o provocando câncer. Stédile também vê o Congresso Nacional dominado pelas bancadas ruralista e do empresariado e faz uma avaliação sobre as próximas eleições.  Confira a entrevista concedida a Marival Guedes, especialmente para o Pimenta.

BLOG PIMENTA – Vamos começar fazendo uma comparação entre os mandatos de Fernando Henrique, Lula e de Dilma sobre a Reforma Agrária.

JOÃO PEDRO STÉDILE - No Brasil, a rigor, nunca tivemos Reforma Agrária no que ela representa, que é um programa de governo que leve a democratização do acesso à terra a todos. FHC abriu as portas para as grandes empresas internacionais, mas teve um azar: o agronegócio, na sua ganância de tomar conta das terras, cometeu dois grandes massacres que deixaram a população indignada. Teve aquela nossa grande marcha à Brasília que fez com que FHC se obrigasse a um programa de assentamentos que foi até razoável, mas foi fruto dos massacres em Carajás e no Paraná.

PIMENTA – Com Lula, houve uma grande expectativa…

STÉDILE - Nós tínhamos esperança de que o governo Lula pudesse acelerar, mas, infelizmente, ele seguiu apenas a política de assentamentos. Então, onde havia pressão política, houve desapropriações. Nós mantivemos, digamos assim, o mesmo ritmo do governo FHC.

______________

A reforma agrária praticamente parada. E esta é a nossa bronca com relação ao Governo Dilma.

______________

PIMENTA – E estes três anos e três meses do governo Dilma?

STÉDILE - Agora, está praticamente parada. E esta é a nossa bronca com relação ao governo Dilma, porque não avançou na Reforma Agrária.

PIMENTA – Quais os motivos?

STÉDILE – A resposta simplista seria que falta vontade política do governo, mas não é bem assim. A nossa avaliação é de que a correlação de forças na luta de classe na agricultura piorou no governo Dilma. Piorou em função da crise do capitalismo internacional, houve uma avalanche de capital internacional que veio se proteger no Brasil. Investiram em usinas, hidrelétricas, praticamente desnacionalizaram todo o setor canavieiro e compraram muita terra. Isso representa a força do capital que chega lá no interior, compra terra, controla o comércio etc.

______________

O cacau tem o comércio cada vez mais concentrado nas mãos da Dreyfus, Nesttlé e da Cargil. Isso foi de pouco tempo pra cá.

______________

PIMENTA – Pode citar um exemplo?

STÉDILE – O cacau tem o comércio cada vez mais concentrado nas mãos da Dreyfus, Nesttlé e da Cargil. Isso foi de pouco tempo pra cá. A segunda explicação é que, dentro do governo Dilma, há uma presença maior do agronegócio.  Terceira mudança: o Congresso no governo Dilma é mais ruralista. Aquilo que no governo tava parado – e nos ajudava -, o agronegócio avançou pelo Congresso fazendo chantagem. Esta bancada fazia as mudanças, como foi o episódio do Código Florestal, e impunha ao governo como uma derrota. Estas três circunstâncias levaram o governo Dilma a recuar com relação à Reforma Agrária.

PIMENTA  – O que o MST reivindica a curto, médio e longo prazos?

STÉDILE – De curto prazo, a Carta e a pauta que entregamos na audiência durante nosso congresso, em 13 de fevereiro passado, quando sinalizamos para a presidenta: olha, nós entendemos a correlação de forças, que não depende de vontades pessoais. Mas, ao seu alcance, estão, imediatamente, antes de terminar o governo, algumas medidas concretas de emergência.

______________

Nós temos 100 mil famílias acampadas, inclusive algumas ao longo das rodovias em Itabuna, Ilhéus e outros municípios do sul da Bahia.

______________

PIMENTA – E quais seriam?

STÉDILE – Nós temos 100 mil famílias acampadas, inclusive algumas ao longo das rodovias em Itabuna, Ilhéus e outros municípios do sul da Bahia. É um absurdo que nós tenhamos acampamentos com oito anos, pessoas morando debaixo de lona preta. Segunda medida, aqui para Nordeste, nós descobrimos que dentro dos perímetros irrigados, já com tudo pronto, o governo botou água, gastou milhões de reais, existem 80 mil lotes vagos, porque, na política burra do Dnocs e da Codevasf, eles fazem primeiro o perímetro irrigado e depois fazem o edital de licitação em que só o pequeno empresário do sul vem aqui. No caso da Bahia, a região de Juazeiro. E, depois, abandonam.

PIMENTA – Quais as razões para esse abandono?

STÉDILE – Porque eles criam uma ilusão: “vou plantar manga, abacaxi e vou bamburrar de dinheiro.” O mercado mundial de frutas já tá tomado. Não é chegar assim: vou exportar manga pra Europa e vou ganhar dinheiro. Não há mais mercado pra fruta na Europa, nem sequer da uva. Ao contrário, toda a produção do perímetro irrigado no Nordeste, hoje vai para o mercado nacional, porque aumentou a renda do brasileiro. Então, é melhor vender no Brasil que no exterior.

PIMENTA – O que foi feito com estes lotes?

STÉDILE – Estão vagos. Tem 80 mil lotes vagos, tudo pronto com água passando. E nós falamos pra Dilma: pelo amor de Deus, bote sem-terra nestes lotes. Não precisa gastar nada, nem desapropriação, pra eles produzirem alimentos.

______________

A Polícia Federal, nos últimos 12 anos, identificou 566 fazendas onde havia trabalho escravo. Ora, a Constituição é clara: não cumpriu a função social, desapropria. É só ter coragem.

______________

PIMENTA – A questão do trabalho escravo também consta na carta. Qual a reivindicação?

STÉDILE – A Polícia Federal, nos últimos 12 anos, identificou 566 fazendas onde havia trabalho escravo. Ora, a Constituição é clara: não cumpriu a função social, desapropria. Não interessa se é produtiva ou improdutiva. É um crime hediondo, primeiro motivo absoluto, o cara que pratica trabalho escravo tem que ter [a área] desapropriada. Então, é só ter coragem e pegar os processos e somente aí já teríamos 566 fazendas.

PIMENTA – Quais as ações do MST a partir de agora?

STÉDILE – Nós temos três inimigos do pobre do campo: o primeiro é o latifúndio atrasado, que ainda é improdutivo ou que paga mal aos trabalhadores e que agride a natureza. O segundo é o agronegócio, que é moderno, mas não gera riqueza para o povo brasileiro. E o terceiro é este sistema geral, mundial, que transformou o Brasil numa economia de exportação de matéria-prima, apenas. E não fica nenhuma riqueza aqui.

______________

Cargil, Dreyfus e Nestlé controlam as exportações. Elas que ficam com o lucro da riqueza do cacau, não o produtor. Este fica com uma pequena margem.

______________

PIMENTA – Quem controla as exportações?

STÉDILE – O agronegócio aumenta cada vez mais as exportações, mas Cargil, Dreyfus e Nestlé controlam as exportações. Elas que ficam com o lucro da riqueza do cacau, não o produtor. Este fica com uma pequena margem. Então, se queremos que o cacau seja um produto orgânico para produzir chocolate para o povo brasileiro, temos que derrotar este sistema destas empresas transnacionais. São nossas inimigas.

Para ler a íntegra, clique no link a seguir: :: LEIA MAIS »

ILHÉUS: MP DENUNCIA DEZ ACUSADOS DE TRÁFICO DE DROGAS

De Goiânia, Marcelo Bola comandava o tráfico em Ilhéus (Foto PC-BA)

De Goiânia, Marcelo Bola comandava o tráfico em Ilhéus (Foto PC-BA)

Dez integrantes de uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas no município de Ilhéus foram denunciadas pelo Ministério Público estadual à Justiça. A denúncia, oferecida pelo promotor de Justiça Maurício Pessoa Godim de Matos, foi encaminhada à 1ª Vara Criminal de Ilhéus na última segunda-feira, dia 31.

Os denunciados são Marcelo do Nascimento, conhecido como “Marcelo Bola”, que liderava a quadrilha; Mônica Almeida Nascimento, sua companheira; e mais Edenilson Pinheiro Santos, conhecido como “Riquinho”; Nelilda Santos de Santana, a “Néa”; Mário Sérgio Santos Lima, o “Cê”; Júlio César dos Santos Roiz, e o “Sérgio”.

A lista é completada por Edjaldo Oliveira do Nascimento, o “Jal”; Anselmo Oliveira Souza Filho, o “Minho”; Rafael Oliveira da Conceição, o “Rato”; e Ricardo Ferreira Costa, o “Pingo”. Eles tiveram a prisão preventiva decretada no último dia 25 de março e encontram-se custodiados no Conjunto Penal de Ilhéus.

As investigações que desbarataram a quadrilha foram realizadas entre julho de 2013 e fevereiro deste ano pela Polícia Civil de Ilhéus, através da Coordenadoria Regional de Polícia do Interior com o apoio da Superintendência de Inteligência da Polícia Civil da Bahia.

Armas de fogo, munições, drogas, balanças de precisão, celulares e farta documentação foram apreendidos em operações realizadas em agosto de 2013 e fevereiro deste ano nas residências dos denunciados. Foi apurado que o líder “Marcelo Bola”, que à época residia na cidade de Goiânia (GO), comandava os demais integrantes da quadrilha através de ligações telefônicas.

“Bola” era o responsável pela aquisição de armas de fogo e munições, que ficavam armazenadas na casa da sua companheira Mônica, e também intermediava a aquisição de drogas para o bando. Os demais tinham funções específicas de gerência financeira, armazenagem, aquisição, distribuição e comercialização da droga. Todos foram denunciados por associação ao tráfico de drogas.

COELBA MUDA SISTEMA DE EMISSÃO DE CONTA DE ENERGIA

Kit que será usado pelo leiturista, no sul da Bahia, a partir do dia 14 (Foto Divulgação).

Kit que será usado pelo leiturista, no sul da Bahia, a partir do dia 14 (Divulgação).

A fatura de energia elétrica poderá ser entregue imediatamente após a leitura de consumo, na região de Itabuna, a partir do dia 14. A mudança no processo de leitura e faturamento foi anunciado pela Coelba nesta semana.

Além de Itabuna e Ilhéus, a mudança chegará a 41 outros municípios do sul da Bahia, atingindo cerca de 740 mil clientes. A previsão é de que o novo sistema seja implantado em todo o estado até o final deste ano.

De acordo com a Neonergia, o investimento total é de R$ 30 milhões para compra de equipamentos, capacitação de profissionais e implantação do sistema na Coelba.

A mudança faz com que a empresa visite o cliente só uma vez por mês. No sistema atual, são duas idas até o consumidor: medição do consumo e entrega da fatura.

Os leituristas, segundo a coordenação da Coelba em Itabuna, irão utilizar kit com coletor de dados e impressora térmica. Para preservar os dados, o papel utilizado é resistente à água.

“O novo formato da fatura mantém todas as informações contidas na conta anterior”. Os equipamentos, de acordo com a empresa, serão rastreados 24 horas por dia. Se roubado, o equipamento recebe comando de bloqueio que trava o acesso às informações.

ÚLTIMO DIA PARA QUITAR IPTU COM ATÉ 20% DE DESCONTO

Pagamento de IPTU em cota única até hoje dá direito a 15% de desconto (Foto Gabriel Oliveira/PMI)

Pagamento de IPTU em cota única até hoje dá direito a 15% de desconto (Foto Gabriel Oliveira/PMI)

Os contribuintes de Itabuna e Ilhéus têm até hoje (31) para quitar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em cota única e obter descontos na faixa de até 20%. Hoje também vence o prazo para quem fizer a opção pelo pagamento parcelado em Itabuna.

O desconto em cota única para o contribuinte ilheense é de 20%. De acordo com a Secretaria da Fazenda de Ilhéus, foram distribuídos 23 mil carnês do imposto. O contribuinte ilheense terá descontos menores caso pague em abril. Até dia 14, o abatimento é de 15% ao pagar em cota única. Depois dessa data e até o dia 30, o desconto cai para 10%.

Quem ainda não recebeu o carnê pode solicitar, presencialmente, no Departamento de Tributos, no térreo do Palácio Paranaguá. O horário de atendimento é das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h. Pela internet, a segunda via pode ser retirada no site do município (confira aqui).

EM ITABUNA, IPTU PREMIADO

O desconto oferecido aos contribuintes itabunenses é menor, mas quem pagar o imposto em dia concorre a prêmios, dentre eles dois carros e cinco motos novos. O abatimento no valor do imposto para quem pagar até hoje é de 15%.

De acordo com o Departamento de Tributos, são 50.877 imóveis que devem pagar IPTU neste ano em Itabuna.  Quem ainda não recebeu o carnê, pode comparecer ao Centro Administrativo Firmino Alves, no São Caetano, e solicitar a impressão da via. O atendimento vai até as 14h.

A opção mais cômoda é a retirada pela internet. Basta acessar o site da Prefeitura e clicar no quadro “IPTU Premiado”, na parte superior do site.

ILHÉUS: MOTOCICLISTA MORRE EM ACIDENTE NA PONTE DO PONTAL

João Paulo era promotor de vendas da Itaipava (Foto Del)

João Paulo era promotor de vendas da Itaipava (Foto Del)

Marcos Paulo Pinheiro

O promotor de vendas João Paulo Santos Granja faleceu, por volta das 2 horas da madrugada deste domingo (30), ao perder o controle da sua moto, na Ponte do Pontal, em Ilhéus.

João Paulo seguia da zona sul para o centro da cidade, quando a moto chocou-se contra a mureta de proteção da ponte, de acordo com testemunhas.

Devido ao impacto da choque, a vítima sofreu um corte profundo na cabeça e faleceu ainda no local.

O promotor de vendas trabalhava na cervejaria Itaipava e a família tem oficina de veículos e loja de móveis na Avenida Itabuna.

ILHÉUS: PAIXÃO BARBOSA DEIXA A SECOM

paixaobarbosaO jornalista Paixão Barbosa deixou nesta sexta-feira (28) o comando da Secretaria de Comunicação Social de Ilhéus. Por meio de carta, ele informa que a decisão foi tomada por motivos pessoais. O cargo será ocupado, interinamente, pelo jornalista Valério de Magalhães, mas deverá ser confirmado no cargo ainda nos próximos dias.

- Infelizmente, por problemas de ordem pessoal, familiares e de saúde, informei, já há algum tempo, ao prefeito e agora mais amigo ainda, Jabes Ribeiro, da impossibilidade de continuar à frente da Secom – escreveu Barbosa em missiva endereçada aos profissionais de comunicação.

Barbosa ainda afirma que sai com a sensação de “ter feito tudo ao meu alcance para corresponder à confiança” depositada nele. Ele faz agradecimento ao prefeito Jabes Ribeiro e ao vice, Cacá Colchões, e diz que continuará sendo um colaborador de Ilhéus, “mesmo a distância”.

Profissional com larga experiência em assessoria de comunicação, ex-A Tarde e ex-direitor da Agência de Notícias A Tarde, Barbosa assumiu a Secom em janeiro de 2013. Desde julho do ano passado, já mostrava intenção de deixar o cargo devido a questões familiares e de saúde, citadas na carta. A exoneração foi agora consumada.

IBAMA REVALIDA LICENÇA DO PORTO SUL

Rui: licença prévia revalidada.

Rui: licença prévia revalidada.

O Ibama revalidou a licença prévia para construção do Porto Sul na zona norte de Ilhéus, segundo o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, que reafirma a importância da obra para o desenvolvimento do sul da Bahia. O Porto Sul mais as obras da ferrovia Oeste-Leste e o aeroporto internacional de Ilhéus são considerados as maiores obras na área de logística da história da Bahia.

Após a licença prévia do Porto Sul, o próximo passo é atender a 38 programas básicos para que o empreendimento obtenha a licença definitiva e possa iniciar as obras de construção dos terminais e do porto off-shore, num investimento estimado em, aproximadamente, R$ 2,5 bilhões.

“UNIVERSIDADE PARA TODOS” TERÁ 1.390 VAGAS EM ILHÉUS E ITABUNA

universidade para todosO Projeto Universidade para Todos oferecerá neste ano 21.875 mil vagas em toda a Bahia para quem deseja se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares. As inscrições começaram hoje (25) e encerram-se no dia 1º de abril.

Serão 2.750 vagas para a área de abrangência da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), das quais 690 para Itabuna e 700 para Ilhéus. A inscrição é feita somente pela internet, no endereço www.educacao.ba.gov.br/universidadeparatodos.

Clique e confira onde estão as vagas (interior)

Na área da Uesc, também serão oferecidas vagas pelo Universidade para Todos nos municípios de Almadina, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Floresta Azul, Gandu, Ibicaraí, Itacaré, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Jussari, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória, Ubaitaba, Una e Uruçuca.

As vagas podem ser disputadas por alunos do 3º ano do Ensino Médio ou no 4º ano da educação profissional. Além disso, precisa ter estudado em escola pública desde a 5ª série do fundamental.

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, o curso terá 25 horas semanais de aulas, que inclui conteúdos de Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia.

RESULTADO DE ESTUDO DA TARIFA DE ÔNIBUS PROVOCA CONFRONTO E VAIAS PARA JABES

Estudante mascarado mostra bala disparada pela PM (Foto Maurício Maron/JBO).

Estudante mascarado mostra bala disparada pela PM (Foto Maurício Maron/JBO).

Jornal Bahia Online

A realização de um estudo sobre o valor da tarifa no transporte coletivo de Ilhéus era vista pelo Movimento Reúne Ilhéus como essencial para a redução no valor da tarifa. Não é o que aponta o trabalho feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), instituição ligada à Universidade de São Paulo. O estudo revela a necessidade de um aumento no valor da tarifa, que pode variar de R$ 2,60 a R$ 2,70.

O anúncio deste diagnóstico não pôde sequer ser concluído ontem à noite. Estudantes que compareceram à sede da Justiça Federal, onde aconteceu a audiência, não gostaram do resultado e protestaram. O prefeito Jabes Ribeiro; o vice, Carlos Machado, secretários, assessores municipais e vereadores tiveram que contar com a segurança de guardas municipais e de PMs para conter os ânimos dos manifestantes e deixarem o local.

Na saída, mais confusão. Os protestos continuaram. Estudantes ameaçaram atacar um ônibus que trafegava pela área e a PM agiu. Balas de borracha foram disparadas contra o grupo. Um estudante foi atingido. Mascarados provocavam a polícia e xingavam as autoridades locais. O clima de tensão só foi controlado quase uma hora depois do prefeito Jabes Ribeiro deixar o local sob fortes vaias.

Clique e confira imagens do confronto e a matéria na íntegra