WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Ilhéus’

SINEBAHIA OFERECE 54 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA QUARTA (20)

SineBahia em Ilhéus funciona no SAC, na Rua Eustáquio Bastos, Centro

Confira 54 vagas de emprego nas unidades do SineBahia de Ilhéus e Itabuna, na região sul, e Jequié, no sudoeste do Estado, nesta quarta-feira (20). A unidade itabunense, que funciona no piso superior do Shopping Jequitibá, oferece 28 vagas, enquanto a de Ilhéus disponibiliza 21 e a de Jequié outras 5.

Os interessados devem comparecer a uma das unidades do SineBahia. Na apresentação, são exigidos carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Para pessoas com deficiência (PCD), necessário apresentação de laudo médico. Confira todas as vagas clicando no “leia mais”, a seguir. :: LEIA MAIS »

ALISSON MENDONÇA DEIXA CARGO ATIRANDO EM MARÃO: “GOVERNA DE FORMA DOMÉSTICA”

Alisson deixa Governo Marão atirando no prefeito

O ex-vereador Alisson Mendonça acaba de anunciar a saída do Governo Marão, onde ocupa o cargo de secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável. Criticou duramente o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (Marão), e disse que deixa o governo

“Estou me desligando do Governo Marão. O governo não elegeu suas prioridades. Mário não tem demonstrado capacidade de unidade da sua equipe”, afirmou. “A cidade vem sofrendo com isso. E eu não quero ficar participando do governo atrás de uma boquinha. Não preciso disso, sou advogado, agricultor”, completou.

Alisson disse deixar o governo decepcionado com Marão, mas torcendo para que “tudo dê certo”. O ex-vereador se adianta à reforma administrativa que será apresentada pelo prefeito às 16h, na Câmara de Vereadores.

Além dele, outros secretários serão exonerados. Do núcleo duro, permaneceria apenas Bento Lima, da Administração, mas com menos poder. A ideia é manter apenas 10 secretarias e exonerar cerca de 50 comissionados, de acordo com fonte.

Abaixo, o vídeo da despedida, com o título “Adeus Marão”.

Adeus, Marão!

Posted by Alisson Ramos Mendonça on Tuesday, February 19, 2019

ILHÉUS – CIDADE LITERÁRIA

Efson Lima || efsonlima@gmail.com

Ilhéus deve perseguir o título de Cidade Literária da Unesco. Ainda não há cidade brasileira na área de literatura. Assim como Florianópolis foi a primeira cidade brasileira a conquistar seu espaço na rede Unesco de Cidades Criativas pela área de gastronomia, em 2014, a Princesa do Sul merece que seu povo se reúna e a confirme como CIDADE LITERÁRIA.

A cidade de São Jorge de Ilhéus é conhecida internacionalmente pelas belezas naturais e pela História, mas não somente essas características demarcam a cidade. A Princesa do Sul chama a nossa atenção, a dos visitantes e de diversos interessados também pela literatura. Não nos resta dúvida que o campo literário é construtor do imaginário da cidade de Ilhéus. Vários são os espaços físicos, as ruas e os alimentos que nos tocam pela literatura. A literatura oriunda das terras de Ilhéus até pode ser considerada de cunho regionalista, mas foi universalizada e alcança o mundo.

Aproveito, com a devida vênia, para sensibilizar alguns, que Ilhéus pode aproveitar a qualidade de cidade literária para fazer parte do projeto da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) batizado de Rede de Cidades Criativas. Salvador integra no campo da música. Ilhéus pode fazer parte do clube pela via da literatura. Certamente fará bem à Princesa do Sul e à literatura regional. Certa vez, o escritor Adonias Filho perguntado sobre o que Ilhéus produzia, além de cacau. Ele respondeu: escritores.

A Rede de Cidades Criativas foi criada pela Unesco em 2004, cujo objetivo é promover a cooperação com e entre as cidades que identificaram a criatividade como um fator estratégico para o desenvolvimento urbano sustentável. A rede também está comprometida com o desenvolvimento da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável 2030 e estão entre seus objetivos o estímulo e o reforço às iniciativas lideradas pelas cidades-membros para tornar a criatividade um componente essencial do desenvolvimento urbano por meio de parcerias entre os setores público e privado e a sociedade civil.

É transformador para os apaixonados por livros caminhar por cenários de obras e lugares onde viveram escritores. Pode se vislumbrar uma experiência romântica, alvissareira, transformadora ou até mesmo alfabetizadora… os sentimentos são os mais diferentes. Afinal, a literatura nos leva a diferentes lugares, deixa-nos curiosos para conhecer e Ilhéus desperta esse fascínio internacionalmente.

A literatura pode ser instrumento de emancipação. Lembro até hoje da minha primeira obra lida – Capitães da Areia, de Jorge Amado. Como não agradecer à professora Ana Maria, do IME. Nunca mais fui o mesmo. Obrigado!

Para uma cidade ser considerada literária, a Unesco impõe algumas exigências: que ocorram eventos literários, como festivais, a existência de bibliotecas, livrarias e centros culturais, públicos ou privados e que tenham por fim último a promoção da literatura.

A cidade de Ilhéus é também uma urbis literária pelos aspectos tão comuns ao campo literário. A cidade pertence a grandes escritores, como Jorge Amado, Adonias Filho, Sosígenes Costa, Hélio Pólvora. A cidade foi parar nos livros e se transformou em cenário e enredo. É a cidade também dos hai-kais de Abel Pereira. É a terra de coração do historiador Arléo Barbosa, personagem vivo e encantador, com seu best-seller regional Notícia Histórica de Ilhéus.

A cidade também é celeiro de jovens escritores como Fabrício Brandão, Gustavo Cunha, Marcus Vinicius Rodrigues, Carlos Roberto Santos Araujo, Geraldo Lavigne, do paulista Gustavo Felicíssimo, às vezes, alguns deles com origem extra Ilhéus, mas que burilam os textos a partir deste lugar. A cidade também é lugar privilegiado para a literatura popular. Aqui merecem registros os cordéis da Mestra Janete Lainha e a sua xilogravura que tanto abrilhanta o mundo da literatura e nos insere neste lugar de destaque.

A cidade é palco do Festival Literário de Ilhéus (FLIOS), que alcança a quarta edição em 2019. Vida longa! É lugar da Mostra Jorge Amado de Arte & Cultura. Esses eventos demarcam o lugar da literatura. A cidade é cenário para diversas obras literárias. É cidade de novela – isto soma e enriquece o aspecto literário.

A cidade possui a Academia de Letras de Ilhéus, que completa 60 anos em março de 2019, cujo lema de “Servir à pátria cultuando as letras”, e não deixa dúvida da qualidade destes abnegados que insistem e nos alimentam com a chama literária (André, Rosas, Pawlo Cidade, Maria Schaun, Maria Luiza Heine, Ruy Póvoas e tantos outros, que injustamente vou deixando de citar). Este é locus importante para a formação e promoção da cultura regional. A UESC pode contribuir para o projeto. Em seu seio está a Editus, que muito tem contribuído para as obras de escritores regionais. A própria Universidade tem desenvolvido seminários e inserido os estudos da literatura regional em seus cursos.

Não obstante, o Programa Estratégico da Cultura – Cultura 500, da Secretaria de Cultura de Ilhéus, traça um cenário para a cidade nos próximos 15 anos e lança as estratégias para Ilhéus chegar aos seus 500 anos, sendo um município referência na área da Cultura, portanto, Ilhéus, Cidade Literária é um caminho.

Por tudo isto, Ilhéus deve perseguir o título de Cidade Literária da Unesco. Ainda não há cidade brasileira na área de literatura. Assim como Florianópolis foi a primeira cidade brasileira a conquistar seu espaço na rede Unesco de Cidades Criativas pela área de gastronomia, em 2014, a Princesa do Sul merece que seu povo se reúna e a confirme como CIDADE LITERÁRIA. De fato, ela já é. Mais que um título, é a confirmação de sua contribuição para a literatura e mais uma porta para a consolidação do turismo e da cultura local. A literatura, a História de Ilhéus com suas estórias e as belezas naturais da Terra de São Jorge encantam a todos.

Efson Lima é advogado, coordenador-geral da Pós-graduação, Pesquisa e Extensão da Faculdade 2 de Julho, coordena o Laboratório de Empreendedorismo, Criatividade e Inovação. Organizador do Projeto Conviver – atividade responsável pela produção de livros/UFBA, além de ser doutorando, mestre e bacharel em Direito pela UFBA.

ASSAÍ DE ILHÉUS SERÁ INAUGURADO EM JUNHO; INVESTIMENTO ATINGE R$ 40 MILHÕES

Empresários e o prefeito Marão visitaram canteiro de obras do Assaí || Foto Clodoaldo Ribeiro

A filial ilheense do Assaí Atacadista deverá ser inaugurada em junho deste ano, conforme previsão do Grupo Pão de Açúcar (GPA) em encontro com o prefeito Mário Alexandre (Marão), nesta sexta (15). O grupo está investindo R$ 40 milhões na construção do Assaí, na Praia do Sul, na Rodovia Ilhéus-Una (BA-001), em Ilhéus.

Ontem, Marão, acompanhado de empresários, secretários e vereadores, visitou a obra. A loja vai gerar em torno de 300 empregos diretos e 150 indiretos, conforme previsão do GPA. O Assaí registrou crescimento médio de 25% em 2018.

CONTRATAÇÃO

Há dez dias, o Assaí Atacadista iniciou a contratação de funcionários para a unidade em Ilhéus. A seleção está sendo feita com intermediação do SineBahia. Neste primeiro momento, estão sendo selecionados profissionais para 150 vagas em várias áreas.

CONFIRA 86 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA QUINTA (14)

Itabuna, Ilhéus e Jequié têm, ao menos, 86 vagas de emprego nesta quinta-feira (14) nas unidades do SineBahia. As vagas foram divulgadas pelo serviço estadual de intermediação de emprego. Das oportunidades, 47 são em Ilhéus, 28 em Itabuna e 11 em Jequié.

Os interessados devem procurar as unidades destes municípios ainda nesta manhã. O cadastro é feito com a apresentação de carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Clique no “leia mais” e confira todas as vagas para hoje. :: LEIA MAIS »

PEQUENOS PRODUTORES DE CACAU NA BAHIA DEVEM TER ACESSO A CRÉDITO

Produtores de cacau debatem acesso ao crédito rural

Produtores de cacau da Bahia devem voltar a ter acesso a dinheiro para implantar, ampliar ou modernizar a estrutura de produção, beneficiamento e agroindustrialização do cacau. As possibilidades de acesso ao crédito foram estudadas durante encontro em Ilhéus, nesta terça-feira (12), por dirigentes e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR) e do Banco do Nordeste.

Segundo o superintendente do Banco do Nordeste, José Gomes, com a SDR surgiu a possibilidade de voltar a atender os produtores de cacau. “Estamos aprofundando a discussão para atender os produtores que se encaixarem no perfil para o crédito para que possam retornar as atividades preponderantes na região”, disse.

O secretário em exercício da SDR, Jeandro Ribeiro, apresentou ações do governo baiano para fortalecer a cacauicultura no estado, como assistência técnica e extensão rural (Ater), apoio à reforma agrária, regularização fundiária, mecanização rural, além dos investimentos feitos por meio de projetos como o Pró-Semiárido e o Bahia Produtiva.

:: LEIA MAIS »

CONFIRA MAIS DE 170 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA SEGUNDA (11)

As unidades do SineBahia nos municípios de Ilhéus, Itabuna e Jequié oferecem mais de 170 vagas de empregos nesta segunda-feira (11). Somente na unidade ilheense do serviço estadual de intermediação de empregos são mais de 140 vagas, a maioria para quem tem experiência em supermercados.

(Por causa da seleção para a área de supermercados, foi grande a procura no SineBahia de Ilhéus. Por isso, já não há mais senhas para atendimento hoje)

Outras vagas 21 são oferecidas em Itabuna. Já no município de Jequié, o SineBahia tem outras 7 vagas. Os interessados devem procurar as unidades do serviço de emprego nestes municípios, munidos de carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de endereço e escolaridade. Clique no “leia mais”, na sequência, e confira todas as vagas disponíveis. :: LEIA MAIS »

SINEBAHIA DE ILHÉUS ABRE 141 VAGAS DE EMPREGO NA SEGUNDA (11)

Seleção para as vagas começa na manhã de segunda (11), no SAC Ilhéus

O SineBahia de Ilhéus abrirá na próxima segunda (11) com oferta de 141 vagas para várias áreas. Mais de 100 vagas de emprego estão sendo oferecidas para quem tem experiência em supermercados, sendo 50 das vagas para operador de loja, além de caixa, fiscal, cartazista e chefe de TI, dentre outros cargos.

A unidade do SineBahia ilheense funciona na Rua Eustáquio Bastos, Centro, ao lado do Mercado de Artesanato, e próximo à Praça Cairu. Para se cadastrar, o interessado deve levar carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Pessoa com deficiência (PCD) deve também apresentar laudo médico. :: LEIA MAIS »

CONFIRA MAIS DE 135 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA QUINTA (7)

Quem procura emprego no sul da Bahia terá uma quinta-feira (7) com dezenas de oportunidades em Ilhéus. Do Grupo Pão de Açúcar, o Assaí Atacadista abriu contratações na Terra de Gabriela para vários cargos. São mais de 80 vagas com recepção de currículos feita por meio do SineBahia, que funciona no SAC, na Rua Eustáquio Bastos, Centro, próximo à Praça Cairu. Há ainda vagas de emprego na área de hotelaria e de veículos.

Além de Ilhéus, existem oportunidades nos municípios de Itabuna, com 26 vagas, e Jequié, 10. Os interessados devem procurar as unidades do SineBahia nestas localidades, munidos de carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Pessoas com deficiência (PCD) devem apresentar laudo médico. Clique no “leia mais”, a seguir, e confira todas as oportunidades para esta quinta. :: LEIA MAIS »

IDENTIDADE TERRITORIAL, CAMINHO PARA O FORTALECIMENTO REGIONAL

Rosivaldo Pinheiro || rpmvida@yahoo.com.br

 

 

Vencido o desafio da construção da agenda do cacau, devemos cobrar dos deputados votados em nossa região o compromisso de defender nossas bandeiras, contando, especialmente, com a participação dos mandatos de Josias Gomes, Rosemberg Pinto e Eduardo Salles, por terem maior vínculo com o nosso território.

Há muito a região cacaueira discute e, ao mesmo tempo, reclama da necessidade de se fortalecer politicamente para o enfrentamento dos nossos principais fatores limitadores do desenvolvimento. A cada eleição, essa mesma fala se repete e, por mais que elejamos figuras locais, esse vazio continua a ser registrado. Uma espécie de círculo vicioso de transferência de responsabilidade.

Faz-se necessária a compreensão de que essa situação precisa ser vencida para superarmos as nossas fragilidades socioeconômicas. Transferir única e exclusivamente para os ombros dos eleitos aos parlamentos estadual e federal não responde de forma correta a percepção das lacunas existentes entre discurso regional e a realidade concreta, uma vez que falta à nossa região cacaueira uma consciência de unidade de propósito com vistas a explorar as potencialidades e construir uma agenda capaz de alavancar um novo ciclo.

Ainda nos guiamos sobre a lógica das cidades-polo, não compreendendo os territórios de identidade como diretrizes para firmarmos um novo olhar. Algumas lideranças insistem em alimentar o bairrismo entre as duas maiores cidades da região, Itabuna e Ilhéus.

Chegamos ao século XXI e ainda não compreendemos o entrelaçamento das fronteiras dessas duas cidades – o fenômeno da conurbação. Por aqui, ainda brigamos por palmos de terras, sem a percepção necessária de que somos economias complementares e que precisamos unir força política e, juntos, puxarmos a discussão em favor de uma ampla e coletiva agenda regional – uma espécie de levante.

Itabuna e Ilhéus precisam compreender que se a região for bem serão elas quem mais se beneficiarão em função da estrutura de serviços, comércio, comunicação, educação, indústria, saúde, turismo de lazer e negócios. Enfim, em todas as áreas possíveis.

O início da construção de nossa agenda regional inevitavelmente acontecerá por força dos consórcios de saúde e dos consórcios territoriais. As células de conhecimento e com força propositiva terão que ajudar nessa sistematização: Uesc, UFSB, Ceplac, IFBA, Amurc, IBC e faculdades privadas, dentre outros. O desafio está sendo lançado e a nova safra de prefeitos e prefeitas exercerá papel fundamental nessa dinâmica, forçando as cidades-pólo a se reinventarem para não serem atropeladas como líderes desse processo.

Esse indicativo pode ser visto nas pesquisas de apoio popular, nas quais os gestores melhores avaliados estão nas cidades de menor porte, numa clara mensagem de necessidade de releitura e mudança de atitude de governança por parte dos gestores de Itabuna e Ilhéus. Devendo, inclusive, ter a percepção de que a união territorial é uma clara sinalização do nascimento de uma região metropolitana. Não dá mais para compreendermos o espaço das nossas cidades de forma isolada. O tempo atual não nos permite ser ilhas.

Vencido o desafio da construção da agenda do cacau, devemos cobrar dos deputados votados em nossa região o compromisso de defender nossas bandeiras, contando, especialmente, com a participação dos mandatos de Josias Gomes, Rosemberg Pinto e Eduardo Salles, por terem maior vínculo com o nosso território. A esses, pela identidade, representatividade e desempenho eleitoral, nossa confiança para juntos alcançarmos a materialização desses anseios.

Rosivaldo Pinheiro é economista e especialista em Planejamento de Cidades.

ILHÉUS: BIOFÁBRICA DÁ DICAS DE PLANTIO E EXPÕE MUDAS NA CHOCO SUMMER

Biofábrica de Cacau expõe mudas no Choco Summer, em Ilhéus

Até o próximo domingo (10), as mudas da Biofábrica de Cacau estão em exposição no Festival Choco Summer, na Avenida Soares Lopes, centro de Ilhéus, no litoral sul da Bahia. No estande da Biofábrica, o público encontra mudas de fruteiras, como cacau, abacaxi, açaí e cupuaçu, além de mandioca, orquídeas e essências florestais, como ipê amarelo e roxo, jatobá e pau-brasil.

Os visitantes do estande ainda podem bater papo com os técnicos da Biofábrica, que tiram dúvidas e orientam sobre o plantio. A Biofábrica conta com o apoio do Governo da Bahia, por meio das secretarias de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri).

Em sua 3ª edição, o evento é mais uma atração para os turistas, com atividades de lazer, gastronomia, música e negócios. Com entrada gratuita, o Choco Summer é realizado pela MVU Promoções e Eventos, com apoio da Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur).

SISU: PRAZO DE MATRÍCULA TERMINA HOJE

UFSB oferece vagas pelo Sisu neste primeiro semestre || Foto Gabriel Oliveira

Hoje (4) é o último dia para que os estudantes selecionados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) façam matrícula nas instituições de ensino. Os estudantes devem verificar os horários e locais de atendimento definidos pelas instituição em edital próprio. No sul da Bahia, instituições como Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) oferecem vaga pelo Sisu.

Quem tiver o interesse e preencher os requisitos pode pleitear assistência estudantil para cobrir custos como transporte e moradia. Segundo o Ministério da Educação (MEC), os programas de assistência estudantil são implementados diretamente pelas instituições, por isso, os candidatos devem buscar informações na própria instituição de ensino.

O resultado do Sisu está disponível desde o dia 28, na página do programa. O período de matrícula começou no último dia 30.

LISTA DE ESPERA

Os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso podem integrar, até amanhã (5), a lista de espera do programa. A adesão pode ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro. :: LEIA MAIS »

PROTESTO DE TUPINAMBÁS BLOQUEIA A BA-001, EM OLIVENÇA

BA-001 é bloqueada por tupinambás em Ilhéus || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

Desde as primeiras horas desta quinta-feira (31), indígenas da tripo tupinambá bloqueiam trecho da BA-001 em Olivença e Águas de Olivença, Ilhéus. Eles reivindicam a demarcação de terras e a colocação de, ao menos, cinco quebra-molas no trecho da região de Águas de Olivença, ao sul de Ilhéus. Policiais militares chegaram ao local por volta das 7h30min.

Taguari cobra segurança no trânsito e demarcação || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

De acordo com Taguari Tupinambá, a colocação de quebra-molas poderá evitar novas mortes por acidente de trânsito no trecho. Nos últimos 15 dias, dois indígenas morreram atropelados na região em frente ao Condomínio Águas e Olivença, vizinho à Aldeia Itapuã.

O líder indígena explicou que a mobilização desta quinta é parte do dia de mobilizações dos povos indígenas em todo o País. “Estamos revindicando e protestando contra os danos que a BA-001 vem trazendo aos indígenas. Queremos a colocação de cinco quebra-molas para que a gente possa ter mais tranquilidade quando nossos filhos descerem da aldeia para Águas de Olivença”, afirmou ele ao PIMENTA, observando que nem faixa de pedestre existe no local.

Tupinambás prometem liberar rodovia só após negociação || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

O último acidente ocorreu há cerca de uma semana, quando um veículo a cerca de 140 quilômetros por hora atropelou um tupinambá que voltava da pesca na praia na região de Águas de Olivença. A promessa é de liberar a pista somente após a presença de representantes do governo estadual, que garantam a sinalização da rodovia.

Polícia Militar já chegou ao local do protesto || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

“Não é só pra nós, indígenas. Todos aqui precisam de segurança [no trânsito]”, reforça. “Já chega de morte nesse lugar. A gente já perde vida com a demarcação de terras. O estado brasileiro tem dívida com os povos indígenas”.

EM ILHÉUS, DUAS FESTAS PARA IEMANJÁ NO SÁBADO

Nativos, religiosos e turistas se misturam nas homenagens a Iemanjá || Divulgação

A programação da festa de Iemanjá no sábado (2) acontece em dois lugares em Ilhéus, na Maramata (Nova Brasília), das 8h às 19h, e na Avenida Llitorânea Norte (Malhado), das 8h às 22h. O festejo é um dos mais populares do ano e atrai moradores, religiosos de matriz africana e turistas. Os dois eventos são organizados pelos terreiros de candomblé, em parceria com as secretarias de Turismo e Esporte (Setur) e de Cultura de Ilhéus(Secult), que buscam fortalecer as manifestações tradicionais culturais e religiosas do município.

A alvorada de fogos saúda o Dia de Iemanjá nas primeiras horas do dia. A partir das 8 horas, no caramanchão, estrutura montada para receber as oferendas, próximo a Universidade do Mar e da Mata (Maramata), na Nova Brasília, reúnem-se adeptos do candomblé para homenagens à divindade. Cânticos em louvor ao orixá, apresentação de grupos de samba de roda e capoeira, como o Samba de Treita, rezas e banhos de água de cheiro são realizados ao longo do dia. O encerramento culmina com a procissão marítima, quando diversas embarcações saem para entregar as oferendas, em alto mar.

No bairro do Malhado, as comemorações serão na Avenida Luiz Eduardo Magalhães (Litorânea Norte), especificamente nas proximidades da Escultura da Sereia. Em meio ao ritual, os adeptos da religião de matriz africana dançam, rezam e benzem com água de cheiro, devotos e turistas. Durante a tarde, a partir das 15h, grupos musicais afro se revezam com as apresentações de bandas locais no minitrio elétrico. Ao fim da tarde, o cortejo leva as oferendas e a imagem do orixá até a embarcação, que seguirá rumo ao alto mar.

CONFIRA 47 VAGAS DE TRABALHO EM ITABUNA, ILHÉUS, JEQUIÉ E TEIXEIRA NESTA TERÇA (29)

SineBahia oferece vagas em Itabuna, Ilhéus, Jequié e Teixeira de Freitas

As unidades do Sinebahia em quatro municípios baianos oferecem total de 47 vagas de emprego nesta terça-feira (29). São 28 vagas em Itabuna, 6 em Ilhéus, 7 em Teixeira de Freitas e 6 em Jequié.

Os interessados devem procurar as unidades do SineBahia nestes municípios nesta terça-feira, munidos de carteiras de Trabalho e de Identidade (RG), CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Clique no “leia mais” e confira as vagas por cidade e os critérios para contratação. :: LEIA MAIS »

SINEBAHIA OFERECE 28 VAGAS EM ILHÉUS E EM ITABUNA NESTA SEXTA-FEIRA (25)

Unidade do SineBahia funciona no SAC de Ilhéus, em frente à Praça Cairu

No último dia útil da semana, as unidades do SineBahia de Ilhéus e de Itabuna oferecem 28 vagas de emprego. Nesta sexta (25), são 18 vagas em Itabuna e outras 10 em Ilhéus.

As unidades do SineBahia nos dois maiores municípios sul-baianos funcionam nos postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). Em Itabuna, o atendimento é no último piso do Shopping Jequitibá, na Avenida Aziz Maron, Beira-Rio. Já em Ilhéus, na Rua Eustáquio Bastos, Centro, próximo à Praça Cairu.

Os interessados nas vagas devem procurar as unidades já com documentos de apresentação (carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de escolaridade e de residência). Clique no link “leia mais” e confira todas as vagas disponíveis para esta sexta. :: LEIA MAIS »

SINEBAHIA TEM VAGAS EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA QUINTA-FEIRA (24)

O SineBahia tem vagas de emprego para as unidades de Ilhéus e de Itabuna, no sul, e de Jequié, no sudoeste do Estado, nesta quinta-feira (24). São 44 oportunidades, sendo 20 em Jequié, 16 em Itabuna e 8 em Ilhéus.

Os interessados devem procurar as unidades dos municípios, com carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de escolaridade e de residência. Clique no “leia mais” e confira todas as vagas disponíveis. :: LEIA MAIS »

CONFIRA 23 VAGAS DE EMPREGO NAS UNIDADES DO SINEBAHIA EM ILHÉUS E ITABUNA HOJE (23)

Unidades do SineBahia têm ofertas de vagas em Ilhéus e Itabuna nesta quarta (23)

As unidades do SineBahia em Ilhéus e em Itabuna oferecem mais de 20 vagas de emprego nesta quarta-feira (23), algumas delas reservadas a pessoas com deficiência (PCD). Dentre as oportunidades, há duas em Ilhéus para agente de reserva (hotelaria) e para as quais exige-se nível superior e nível intermediário de Inglês.

Os interessados nas vagas de emprego devem procurar as unidades do SineBahia. Em Ilhéus, o SineBahia funciona na Rua Eustáquio Bastos, no Centro, no SAC, ao lado do Mercado do Artesanato. Já em Itabuna, no Shopping Jequitibá, no piso superior, também no SAC, na Avenida Aziz Maron (Beira-Rio). Clique no “leia mais” e confira todas as vagas para Ilhéus e Itabuna. :: LEIA MAIS »

ESPETÁCULO MONTADO NA PERIFERIA DE ILHÉUS É INDICADO AO PRÊMIO BRASKEM

O Grande Yorick é indicado ao Prêmio Braskem

A peça O Grande Yorick, montagem da Trupe Teatro Sem Fim, foi indicada ao Prêmio Braskem na categoria melhor espetáculo do interior e é o 2º espetáculo do sul da Bahia a receber uma indicação nessa modalidade. O espetáculo foi montado na periferia de Ilhéus e traz um elenco afinadíssimo que se desdobra em vários personagens para contar a história de vida de Willian Chagas, um apaixonado e sonhador ator de teatro, que luta para não se submeter as convenções impostas pela onda conservadora da sociedade.

Com uma dramaturgia de quebra-cabeça, dividida em 13 capítulos, o público acompanha o personagem Willian em diferentes fases da sua vida pessoal, desde a infância sofrida na periferia trabalhando com a mãe vendendo acarajé, até a fase adulta na cidade grande, onde ele vai em busca do seu sonho e descobre a ferocidade do sistema para aqueles que seguem a margem da sociedade.

A trama acontece nos dias de hoje e é livremente inspirada em dois grandes clássicos da literatura mundial, Dom Quixote de Cervantes, a triste figura, e Hamlet de Shakespeare, o príncipe louco da Dinamarca. O espetáculo mistura projeções de imagens com a interpretação dos atores, e tem uma trilha sonora que é executada ao vivo pelo músico Luan Borba.

O Grande Yorick segue fielmente a cartilha de um psicodrama com momentos muitos densos e tristes, e outros extremamente poéticos e alegres. Em meio ao caos, a saúde mental do protagonista é colocada em xeque, o que provoca grandes reviravoltas no enredo. A peça tem causado comoção geral no público pelo impacto, ousadia e criatividade em abordar com muita propriedade assuntos atuais e polêmicos no universo das artes.

O Prêmio Braskem de Teatro é uma das mais importantes premiações do Nordeste, onde os artistas são reconhecidos por suas produções e legitima a importância do fazer teatral na Bahia.

FICHA TÉCNICA
Texto e direção: Ed Paixão
Elenco: Ed Paixão, Geisa Pena, Mauricio Lima e Luan Borba
Composição musical: Cabeça Isidoro (9 músicas) e Luan Borba (11 músicas)
Trilha Sonora: Luan Borba
Cenário, Figurino e Adereços: Ed Paixão, Aldo Silva e Larissa Paixão
Iluminação: Anderson Santos
Operação Audio Visual: Larissa Paixão
Classificação: 16 anos
Realização: Trupe Teatro Sem Fim
Produção local: Ruy Penalva

SINEBAHIA OFERECE MAIS DE 30 VAGAS EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA SEGUNDA (21)

A segunda-feira (21) tem mais de 30 vagas de emprego nas unidades do SineBahia nos municípios de Ilhéus e Itabuna, na região sul, e Jequié, no sudoeste do Estado. O atendimento começa nas primeiras horas da manhã nestas unidades. A maior oferta de vagas é do SineBahia em Jequié, 14, enquanto Ilhéus e Itabuna oferecem, cada uma, 9 vagas.

Os interessados devem possuir cadastro no SineBahia para concorrer às vagas. O cadastramento é feito mediante apresentação de carteiras de Trabalho e de Identidade (RG), CPF e comprovantes de escolaridade e de residência. As consultas podem ser feitas também pelo aplicativo SineFácil. Clique no “leia mais”, logo na sequência, e confira todas as vagas anunciadas para esta segunda. :: LEIA MAIS »






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia