WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘Ilhéus’

CASA MAIS FÁCIL INAUGURA LOJA EM ILHÉUS

Casa Mais Fácil disputa mercado de materiais de construção || Foto Clodoaldo Ribeiro

O Grupo Ramiro Campelo decidiu disputar o mercado ilheense de materiais de construção e acabamento com a abertura da primeira filial da Casa Mais Fácil no município sul-baiano, na Avenida Itabuna.

A loja foi inaugurada nesta quinta (2) pelo diretor de Gestão do grupo, Ramiro Campelo Júnior, em cerimônia com a presença do prefeito Mário Alexandre e do vice-prefeito José Nazal.

Dirigentes da Casa Mais Fácil com Nazal e o secretário Paulo Sérgio, ambos ao centro

A Casa Mais Fácil está gerando 30 empregos diretos. A filial ilheense é a 13ª loja do grupo no segmento de materiais de construção e acabamento.

O grupo nascido em Valença também detém marcas como a rede de Lojas Guaibim, do setor de eletroeletrônicos, com 40 lojas no Estado, uma delas em Itabuna.

IFBA PRORROGA PRAZO PARA PEDIDO DE ISENÇÃO DE TAXA EM PROCESSO SELETIVO

IFBA prorroga prazo para pedido de isenção de taxa

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) prorrogou para até o dia 9 deste mês o prazo para a solicitação de isenção parcial da inscrição no processo seletivo 2019 para cursos técnicos nas modalidades integrada e subsequente. Já as inscrições gerais podem ser feitas até o dia 16, na internet, clique aqui.

Para fazer a solicitação da taxa de inscrição é necessário que o candidato comprove que estudou os últimos cinco anos em escolas públicas (para os cursos do integrado) ou que cursou todas as séries do ensino médio em escolas públicas (para os cursos do subsequente). Os contemplados pagarão o valor de R$ 3,50, referente a 10% da taxa de inscrição. Quem não conseguir o benefício, pagará taxa total de R$ 35.

O IFBA oferece 5.185 vagas em todos os campi no estado. Para o campus de Ilhéus, as oportunidades são para os cursos de técnicos em edificações (30), informática (30) e segurança do trabalho (60), no período noturno, na modalidade subsequente; além de outras 150 vagas nesses mesmos cursos, no turno da manhã, na modalidade integrada.

VAGAS NAS OUTRAS UNIDADES

Em Eunápolis, as vagas são para os cursos técnicos em meio ambiente (40), segurança do trabalho (40) e informática (40) na modalidade subsequente, no turno da noite, e outras 180 no período da manhã, na modalidade integrada. Ainda no extremo sul, na unidade de Porto Seguro, são 90 vagas nos cursos técnicos em alimentos, biocombustíveis e informática, na modalidade integrada.

:: LEIA MAIS »

MERCADO COGITA SAÍDA DA AVATIM DE ILHÉUS; EMPRESA NÃO SE PRONUNCIA

Nascida em Ilhéus, Avatim possui cerca de 200 funcionários e 120 lojas

A economia de Ilhéus pode sofrer um baque com a transferência da unidade da Avatim do município para Brusque (SC). A indústria de cosméticos e perfumaria ampliou o parque fabril em 2017, porém sofreu revés com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) determinando a demolição de parte da unidade, por estar em Área de Proteção Permanente (APP). A empresa possui cerca de 200 funcionários em Ilhéus e mais de 120 lojas próprias e franqueadas no país.

A determinação do Inema, de acordo com fontes da Prefeitura de Ilhéus, já teria sido resolvida com a assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Porém a empresa estaria negociando transferência da fábrica para o município catarinense, segundo o vereador Pastor Matos (PSD), primeiro a tornar público o risco iminente de perda da Avatim para Brusque. Autoridades do município teriam oficializado o convite aos sócios Mônica Burgos e Cesar Fávero.

O PIMENTA entrou em contato com a assessoria de comunicação da Avatim por duas vezes na terça-feira (31), por email. A informação era de que uma nota de posicionamento da empresa estava em processo de aprovação por parte da diretoria.

A Avatim foi fundada há 15 anos em Ilhéus e está entre as líderes do setor de produtos olfativos no segmento corporativo e ampliou a linha de produtos. Já em janeiro, um dos sócios da Avatim, Cesar Fávero, anunciava plano de expansão da marca com a abertura de, ao menos, 40 novas lojas.

POLÍCIA INVESTIGA DUPLO HOMICÍDIO EM ILHÉUS

Wellington e Tarcísio foram executados na zona norte de Ilhéus

O Núcleo de Homicídios da Polícia Civil de Ilhéus investiga um duplo homicídio ocorrido entre a noite de segunda e a madrugada desta terça-feira (24) em São Domingos, em Ilhéus. As vítimas teriam parado para consertar o veículo em que estavam, um GM Corsa hatch, chegando a acionar amigos para socorro. Um dos amigos foi ao local, mas encontrou o carro com as portas abertas, mas nada de Wellington dos Santos de Souza e Tarcísio Lucas de Jesus.

Já no início da manhã de hoje, os corpos de Wellington e Tarcísio foram encontrados a cerca de mil metros de onde estava o carro. Os criminosos usaram arma de grosso calibre para matar os jovens. Wellington era dono de oficina e Tarcísio era frentista. As características do crime são de execução, possivelmente resultando de acerto de contas. As vítimas eram moradoras do Vilela.

Corsa foi encontrado depenado na manhã desta terça || Reprodução

CHOCOLAT BAHIA MOVIMENTA R$ 15 MILHÕES E ATRAI 65 MIL VISITANTES

Festival do Chocolat atraiu 65 mil pessoas em 5 dias || Foto Renata Smith/Agência Sebrae

A 10ª edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau, o Chocolat Bahia, em Ilhéus, bateu recorde de público e de negócios fechados, de acordo com a organização. Foram 120 expositores, 40 marcas regionais de chocolate de origem e R$ 15 milhões em negócios. Durante os cinco dias, o festival recebeu cerca de 65 mil visitantes, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, na Soares Lopes.

O evento também movimentou a rede hoteleira ilheense, que atingiu 85% de ocupação de acordo com o trade. “Decidimos apostar na produção de amêndoas de cacau de qualidade e de o chocolate de origem, com alto valor agregado. O Festival é uma espécie de vitrine, que está dando um novo impulso à economia regional”, destaca Marco Lessa, o coordenador do Chocolat Bahia.

Lessa comemora mudança de paradigma na região produtora de cacau || Foto Daniel Thame

Durante o festival, foi lançada oficialmente a Rota do Chocolate. A primeira estrada temática da Bahia compreende fazendas de cacau,  fábricas de chocolate, áreas preservadas de Mata Atlântica, casarões históricos e gastronomia, às margens das rodovia Ilhéus-Uruçuca e Jorge Amado, que liga Ilhéus a Itabuna.

Os segmentos envolvidos estão passando por processos de capacitação e captação de negócios, através de parceria com o Sebrae. Entre as fazendas abertas à visitação estão Provisão, Riachuelo, Capela Velha, Yrerê e o pioneiro Chocolate Caseiro de Ilhéus.

TURISMO

O operador de turismo José Humberto Sá Nery vê uma ampliação no mercado do turismo. “Os turistas já estão optando por passeios que incluam a gastronomia e fazendas onde se fábrica o chocolate de origem. É um novo mercado que surge graças ao festival”, afirma.

“Curtimos praias belíssimas, conhecemos o Bataclan, o Vesúvio, a Casa Jorge Amado e pudemos saborear o verdadeiro chocolate. Vamos voltar outras vezes”, disse a advogada paulista Vanessa Souza Campos, que foi a Ilhéus acompanhada do marido e dos dois filhos.

O presidente da Associação dos Produtores de Chocolate do Sul da Bahia, Gerson Marques, apostou na produção de chocolates e no turismo rural. Ele recebe cerca de 2.500 turistas por ano na Fazenda Yrerê, às margens da Rodovia Jorge Amado. “As pessoas começam a se identificar com as nossas marcas de chocolate e ainda há muito que avançar, porque somos cerca de 50 produtores de chocolate num universo de 30 mil produtores de cacau”, diz.

A ESCOLHA DE MARÃO PARA A SAÚDE

Magela foi secretário de Saúde em Itabuna e Teixeira de Freitas

O professor de História Geraldo Magela será o novo secretário de Saúde de Ilhéus. O prefeito Mário Alexandre teve reunião tensa, ontem (19), com Elizângela Oliveira, em Salvador, quando comunicou da mudança e da consequente exoneração. O nome estava escolhido há cerca de 30 dias, razão pela qual a reunião se tornou ainda mais “quente”.

Magela foi secretário de Saúde de Itabuna no Governo Azevedo. Quem pode falar da atuação dele à frente da Pasta em território itabunense é o ex-secretário de Administração e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna Leléu Rodrigues, então no DEM.

– Geraldo Magela é persona non grata desde que chegou a Itabuna – resumiu Leléu naquela sessão plenária de 26 de outubro de 2012.

Convém lembrar que a definição para a passagem de Magela na Saúde era de um aliado do Governo Azevedo e então presidente da Câmara de Vereadores do município. O episódio pode ser relembrado aqui (veja).

DEFEITO EM BEBEDOUROS PROVOCA ALAGAMENTO NO AEROPORTO DE ILHÉUS

Defeito em bebedouros causa alamento no aeroporto de Ilhéus|| Foto Pimenta

Quem passou pelo aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, nesta semana, se deparou com uma cena vexatória. Um defeito nos dois bebedouros instalados no piso superior provocou alagamento e colocou a segurança de passageiros e de quem trabalha no local em risco. O perigo é grande porque os equipamentos estão instalados ao lado das poltronas e dos fios da estação de energia para recarregar celulares e computadores.

Passageiros que esperavam um dos voos para Belo Horizonte ironizaram o fato de pagarem uma tarifa tão cara enfrentar tamanho descaso. Eles observaram que os riscos são grandes de alguém pisar no chão molhado, cair e sofrer um acidente grave. Atualmente, a Infraero é quem administra o aeroporto de Ilhéus, que deve ser transferido para iniciativa privada nos próximos anos. Antes da conclusão do processo, a estatal deveria aos menos fazer uma simples manutenção nos bebedouros.

BANHO DE LUZ NA SOARES LOPES

Nova iluminação da Avenida Soares Lopes, em Ilhéus || Foto Clodoaldo Ribeiro

Um dos principais cartões postais de Ilhéus, a Avenida Soares Lopes ganhou um “banho de luz” com novo projeto de iluminação inaugurado ontem (27), véspera de aniversário do município. O novo sistema é composto de 60 postes e 120 luminárias de LED que torna ainda mais segura a movimentação noturna em um dos pontos de maior fluxo diário de pessoas do município sul-baiano. Ilhéus completa 484 anos de fundação nesta quinta (28).

SOCICAM E SINART NA BRIGA PELO AEROPORTO DE ILHÉUS; LEILÃO SERÁ NO FINAL DE JULHO

Aeroporto de Ilhéus será administrado pela iniciativa privada || Foto Pimenta

Duas empresas responsáveis pela administração de terminais na Bahia estão entre as interessadas em assumir a gestão do Aeroporto de Ilhéus, no sul do Estado. Hoje administrado pela Infraero, o terminal passará à iniciativa privada.

Sinart e Socicam, que administram os terminais náutico e rodoviário de Salvador, são as primeiras a manifestar interesse em levar a concessão do aeroporto da Terra de Gabriela, informa a Coluna Satélite, do Correio24h. A Sinart já administra o terminal de Porto Seguro.

O leilão do terminal ilheense foi marcado pelo governo estadual para as 14h do próximo dia 31 de julho, na sede da Agerba, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. A empresa que levar a concessão deverá investir cerca de R$ 15 milhões em melhorias no aeroporto ilheense.

ILHÉUS: MARÃO TRANSFERE EMERGÊNCIA PEDIÁTRICA PARA O HOSPITAL VIDA MEMORIAL

Após acordo, Viva Memorial passa a atender pacientes do SUS || Foto Clodoaldo Ribeiro

Desde a zero hora desta quinta-feira (28), o atendimento de urgência e emergência de pediatria pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Ilhéus passou a ser feito pelo Hospital Vida Memorial, na região do Terminal Urbano, centro da cidade. O serviço mudou de endereço devido ao encerramento do convênio firmado entre a secretaria municipal de Saúde (Sesau) com o Hospital de Ilhéus, por decisão da direção da unidade hospitalar, segundo a Prefeitura de Ilhéus.

Por meio de Decreto de Situação de Emergência, já publicado no Diário Oficial do Município, o prefeito Mário Alexandre adotou a medida que resultou na assinatura de um novo convênio, transferindo o atendimento pediátrico para o Vida Memorial. Marão justificou o contrato emergencial. Segundo ele, o Hospital de Ilhéus teria exigido acréscimo de R$ 100 mil no contrato para atendimento pediátrico.

O pedido não foi acatado pela Prefeitura. A secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, por meio de nota, disse que os municípios pactuados e Ilhéus não têm suporte financeiro para bancar tal majoração nas bases propostas. “Também discordamos das alegações para tal acréscimo uma vez que, pelo menos parte dos custos apontados para justificar a elevação do valor, não é oriunda, exclusivamente, dos serviços prestados ao SUS pelo Hospital de Ilhéus”, criticou a secretária.

MÉDICO CRITICA MARÃO

Pré-candidato ao Senado Federal pelo MDB, o médico Jorge Viana, dono do Hospital de Ilhéus, fez duras críticas ao prefeito Mário Alexandre. Disse ter procurado o gestor do município várias vezes e, numa entrevista, afirmou não saber se Marão estava em Salvador, Brasília ou dançando “na boquinha da garrafa”.

UESC E MADRE THAÍS CRIAM GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE ENVELHECIMENTO

Grupo de estudo das instituições desenvolve pesquisas sobre o envelhecimento

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e a Faculdade Madre Thaís (FMT), de Ilhéus, criaram um grupo de estudos e pesquisas sobre o envelhecimento. O Grepe envolve os cursos de Fisioterapia e Enfermagem das duas instituições e se propõe a discutir, quinzenalmente, temas relacionados ao envelhecimento para subsidiar novas pesquisas na área.

De acordo com as duas instituições de ensino superior, o Grepe ofereceu aos voluntários um curso de metodologia científica, especialmente na elaboração de problema de pesquisa e busca em fontes de dados. O curso, ministrado pela professora e mestre Carla Daiane (UESC), promoveu três encontros, com carga horária total de 12 horas, que será certificado pelo Núcleo de Educação em Enfermagem (Neenf), da Uesc.

Grupo desenvolve estudos sobre envelhecimento || Divulgação

Segundo a coordenadora do curso de Fisioterapia da FMT, Karla Gresik, essa parceria fortalece a Iniciação Científica da FMT. “Principalmente pelos resultados alcançados até o momento”, ressaltou. Segundo ela, cinco projetos de pesquisa foram desenvolvidos nesse semestre e serão submetidos ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos (CEP), “para posterior execução”.

COM O PROGRAMA SARAHDO, JOVENS INTERNADOS NO HRCC TERÃO AULA NO HOSPITAL

Costa do Cacau terá programa de educação para jovens internados || Foto Elói Corrêa

A partir de julho, jovens e adultos internados no Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, no sul da Bahia, terão aulas durante o período de permanência na unidade de saúde. Viabilizada pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-Ba), por meio da Superintendência de Políticas para a Educação Básica (SUPED), a iniciativa vai permitir as atividades de ensino regular para que os estudantes não tenham a aprendizagem prejudicada.

“O objetivo é fazer com que, mesmo fora da sala de aula, o estudante mantenha o nível de aprendizagem, respeitando, evidentemente, as suas condições clínicas”, ressalta o diretor-geral do HRCC, Hernani Vaz Krüger, ao anunciar a inclusão da unidade de saúde de Ilhéus no Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (Programa Sarahdo), da Secretaria Estadual da Educação.

A ideia de criar o programa surgiu em função de estudos realizados pela Secretaria da Educação do Estado, que demonstraram a alta da taxa de repetência entre os estudantes que, em função de internamentos hospitalares, são obrigados a interromper a frequência escolar. Mesmo retornando às atividades antes do término do ano letivo esses estudantes, em geral, não conseguem acompanhar o desempenho dos demais. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS É 1º MUNICÍPIO DA BAHIA A INSTALAR MARCOS TERRITORIAIS, APÓS REVISÃO DE LIMITES

Técnicos iniciam instalação de marcos territoriais de Ilhéus

Ilhéus é o primeiro município da Bahia a iniciar a instalação de marcos territoriais em consonância com a Lei 12.057, aprovada pela Assembleia Legislativa, que baseou o trabalho de atualização dos limites municipais no estado. O trabalho prático já está sendo executado por técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), acompanhado in loco pelo vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal.

Ilhéus possui 60 vértices que constituem o seu memorial descritivo e todos serão visitados e identificados. O município faz divisa com Una, Buerarema, Itabuna, Itajuípe, Coaraci, Itapitanga, Aurelino Leal e Uruçuca. Neste momento, estão sendo instaladas estacas provisórias nas áreas limítrofes mas, em seguida, a Prefeitura irá construir estruturas de concreto, instalar placas sinalizadoras e, por meio de um GPS Geodésico, o IBGE vai oficializar a certificação dos marcos.

ILHEENSES

“A iniciativa facilita a vida do cidadão que passa a saber onde começa e onde termina o seu município”, destaca o vice-prefeito de Ilhéus. “Este trabalho estava previsto após a aprovação da lei e, como ele, evita-se a invasão de município pelo outro, que era uma prática generalizada na Bahia”, completa Manoel Lamartin, pesquisador do IBGE que participa da operação. Logo após às identificações dos limites entre as cidades, Ilhéus também vai realizar o trabalho nos limites dos seus distritos e povoados, informa Nazal.

Todo o trabalho realizado pelo IBGE, SEI e Prefeitura de Ilhéus tem o acompanhamento de representantes dos municípios limites, que testemunham toda a operação. Ilhéus já concluiu a identificação no limite com Aurelino Leal e está em fase final com Uruçuca.

Lamartin destaca ainda que a Bahia é o primeiro estado da federação que está completando o trabalho de atualização dos limites municipais. “É um trabalho pioneiro, com metodologia nossa mas que o IBGE pretende levar como referência para o restante do País”, destaca.

“Seu” Adalgiso, de 92 anos, ao lado de Nazal, agora sabe que mora na área limítrofe de Ilhéus e Uruçuca.

O passo pioneiro que Ilhéus dá, neste momento, deverá ser estendido para todos os 417 municípios da Bahia. “Seu” Adalgiso, com 92 anos, agora sabe que mora bem na linha limítrofe de Ilhéus e Uruçuca. Ele foi um dos entrevistados em 2012, quando foi realizado o primeiro levantamento. Um diretor nacional de Estruturas Territoriais do IBGE estará chegando a Ilhéus nos próximos dias para conhecer de perto a metodologia usada e que será levada para todo o território nacional.

ILHÉUS: PP LANÇA PRÉ-CANDIDATURA DE CACÁ COLCHÕES A DEPUTADO ESTADUAL

Cacá Colchões é lançado pré-candidato a deputado estadual

O empresário Cacá Colchões, ex-vice-prefeito de Ilhéus, será candidato a deputado estadual. A definição ocorreu durante encontro do PP, em Ilhéus, neste final de semana, com a presença do secretário geral do PP baiano, o ex-prefeito ilheense Jabes Ribeiro. Cacá Colchões foi candidato a prefeito de Ilhéus em 2016. Terminou a peleja em segundo lugar, com 15 mil votos. Cacá resistia à candidatura.

O nome do empresário era cotado para disputar vaga à Câmara dos Deputados. Estrategicamente, foi lançada a pré-candidatura a deputado estadual. Acredita-se que são maiores as chances de vitória com disputa à Assembleia Legislativa. Ao mesmo tempo, ele complica a vida da deputada estadual Ângela Sousa (PSD) e se coloca como nome do PP na disputa à Prefeitura de Ilhéus em 2020, quando poderá enfrentar Marão (PSD) nas urnas.

ILHÉUS: CORONEL É BALEADO EM CONFUSÃO COM POLICIAIS CIVIS EM CASA DE EVENTOS

Banda tocava “nossa história não vai acabar bem” quando foram ouvidos 4 disparos

Um desentendimento entre investigadores da Polícia Civil e policiais militares em uma casa de eventos, no bairro Pontal, em Ilhéus, na madrugada deste sábado (9), por pouco não acaba em tragédia. Os envolvidos na confusão foram os investigadores Joseval Santos Cupertino e Luciano Santos Cardoso e o tenente-coronel Delmo Barbosa de Santana e outros PMs.

De acordo com informações de testemunhas, foram feito quatro disparos. O tenente-coronel foi atingido na perna, socorrido para o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, e depois transferido para um hospital em Salvador. O estado de saúde do PM é estável. Os policiais civis nada sofreram. Um agente de portaria da casa de eventos foi atingido na perna, de raspão.

Funcionários da casa de eventos e testemunhas foram ouvidos no inquérito aberto na Polícia Civil. Em nota, a PM informou que a corporação vai instaurar sindicância para apurar os fatos. Câmeras do circuito interno do estabelecimento devem ajudar a esclarecer o que ocorreu e identificar os envolvidos no desentendimento.

CONFIRA VAGAS DO SINEBAHIA PARA ILHÉUS, ITACARÉ E JEQUIÉ NESTA SEXTA

SineBahia divulga ofertas de vagas em Ilhéus, Itacaré e Jequié para esta sexta

A primeira sexta-feira de junho tem ofertas de emprego em Ilhéus e Itacaré, no sul da Bahia, e Jequié, no sudoeste do Estado. O cadastramento para as vagas deve ser feito nas unidades do SineBahia de Ilhéus e de Jequié, hoje (8).

Para se cadastrar, o interessado deve apresentar carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de residência e escolaridade. São 11 vagas para Ilhéus e uma para Itacaré, além de 5 para professor de Educação Física em Jequié. Tanto a unidade de Ilhéus como a de Jequié funcionam no SAC dos respectivos municípios. A vaga para Itacaré é oferecida no SineBahia de Ilhéus. Confira todas as vagas no “leia mais, no link a seguir. :: LEIA MAIS »

EMPREGOS: CONFIRA 39 OPORTUNIDADES NO SINEBAHIA EM ILHÉUS, ITABUNA E JEQUIÉ

SineBahia divulga ofertas de vagas em Itabuna, Ilhéus e Jequié

Unidades do SineBahia no sul e no sudoeste do Estado oferecem, nesta quinta-feira (7), 39 vagas de emprego e estágio. Das oportunidades, 19 são para residentes em Itabuna, 11 para Ilhéus e nove em Jequié.

O interessado em uma das vagas precisa se cadastrar em uma das unidades. Todas elas funcionam em postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), seja em Itabuna, Ilhéus ou Jequié.

Para o cadastramento, é necessário apresentar carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e escolaridade. Quem é cadastrado e possui o aplicativo SineFácil, basta manifestar interesse pelo celular. Abaixo, confira todas as vagas disponíveis no link “leia mais”. Todas as vagas são para esta quinta. :: LEIA MAIS »

ROTA TRANSPORTES ABRE VAGAS PARA COBRADOR EM ILHÉUS

Empresa abre vaga para cobrador no município de Ilhéus

A Rota Transportes, que atua no transporte intermunicipal no sul da Bahia e interestadual, abriu vagas para cobrador. O interessado deve ter, ao menos, o Ensino Fundamental completo e residir em Ilhéus.

O cadastro para vaga deve ser feito no site da empresa (www.rotatransportes.com.br)  ou o interessado pode enviar o currículo para o email recrutamento@rotatransportes.com.br. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3214-6871.

CONFIRA VAGAS DE EMPREGO NO SINEBAHIA EM ILHÉUS, ITABUNA E JEQUIÉ

Confira vagas de emprego em Itabuna, Ilhéus e Jequié

Mês de festas tradicionais no Nordeste, junho começa com oferta de empregos em três unidades do SineBahia em Itabuna e Ilhéus, no sul do Estado, e Jequié, no sudoeste. O maior número de vagas é oferecido na unidade itabunense, com 11 oportunidades nesta sexta (1º).

Os interessados devem procurar o SineBahia munidos de carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. O atendimento começa às 8h nas três unidades. Para conferir todas as vagas, clique no link “leia mais”, a seguir. :: LEIA MAIS »

GREVE DOS RODOVIÁRIOS DEIXARÁ ITABUNA SEM ÔNIBUS; PARALISAÇÃO EM ILHÉUS COMEÇA NA 5ª

Greve dos rodoviários começará à 0h desta terça

As negociações entre patrões e empregados não avançaram e o itabunense amanhecerá sem ônibus urbano nesta terça-feira (29). A greve atingirá também o transporte intermunicipal, pois o movimento teve a adesão dos rodoviários das empresas Rota e Viação Águia Branca.

Os rodoviários pediam 6% de reajuste salarial e 10% no valor do tíquete refeição, mas as empresas ofereceram 1,78% de reajuste no salário e 0,78% no tíquete refeição na semana passada. Porém, pediram prazo até esta segunda para apresentação de nova proposta. Sem avanço nas negociações, a categoria entrou em greve. Ulisses Santos, dirigente do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna, conformou o início do movimento a partir da 0h desta terça.

GREVE EM ILHÉUS

Também nesta segunda, os rodoviários de Ilhéus decidiram entrar em greve. A paralisação começará na próxima quinta (31). Os rodoviários pedem 5% de reajuste salarial e as empresas acenaram com 2,5%, o que foi rejeitado pelos rodoviários.

Atualização às 7h10min (29/05) – Os rodoviários das empresas Águia Branca e Rota Transportes, que operam linhas intermunicipais e interestaduais, fizeram acordo e retornaram ao trabalho nesta manhã. Eles aceitaram reajuste de 2,7% no salário e 4,6% no tíquete refeição.

O QUE VI E VIVI ATÉ AGORA

Mário Alexandre || prefeito@ilheus.ba.gov.br

 

Se a cidade ainda não dorme absolutamente tranquila, ela não tem mais acordado de sobressalto, suja, mal iluminada, com medo, sem amparo da saúde ou com condições precárias na educação. É a história do copo d´água até a metade.

 

Sou filho de Ilhéus e me orgulho do seu povo. Por isso, sou apaixonado por essa terra abençoada. Na Medicina, diz-se que a diferença entre o remédio e o veneno é a dose. A paixão não pode estar além da razão. De que adianta conhecer a fundo cada palmo desse chão, se não houver inteligência emocional para conduzir diariamente a vida de cerca de 178 mil habitantes? Eleitores não confiariam um município, durante 4 anos, a alguém que só se preparou na academia e não é sensível ao clamor popular das ruas. Sou também formado na faculdade da vida, por isso, não foi à toa que meu apelido virou Marão. Foi com esse carinho, com o qual o povo me trata, que aceitei o desafio de ser prefeito. Sem planos infalíveis e sem fórmulas mirabolantes. Ouvindo mais do que falando. Dialogando mais do que discutindo. Propondo mais do que contra-argumentando.

Nesse quase 1 ano e meio de administração, tenho acertado muito mais do que errado. Isso é natural na evolução como ser humano, isso é legítimo para um homem que visa o bem público. Com esse pensamento e filosofia de vida, com determinação, vencemos o desafio da eleição mais disputada na Princesa do Sul, não só pela quantidade de candidatos, mas também pela pluralidade de propostas e projetos de governo. Quando digo “vencemos”, leia-se a vontade soberana da população, por meio das urnas, aliada aos nomes que se apresentaram como instrumentos da mudança em tempo de dias cinzentos. O compromisso ora firmado previa os momentos bons e as horas más, que permeiam toda e qualquer administração pública.

A diferença é que o combustível que me nutre é a alegria que sempre externei desde os tempos remotos de aluno do Instituto Nossa Senhora da Piedade. A esperança do eleitor se converte todo dia em elemento renovador e transformador da realidade, seja da zona norte, centro, sul, ou distritos e áreas distantes da sede. O maior exercício é manter o foco. A maior disciplina é a fortaleza. A maior coragem é ter bondade. O melhor companheiro é o que mais discorda e auxilia e não desiste de lutar lado a lado, de sol a sol, não se intimidando com barreiras ou pessoas que atravessam o nosso caminho.

Assim, reconheço minhas falhas, mas elas não são fruto de alheamento ou distanciamento do gabinete. Meu expediente começa religiosamente às sete horas da manhã e não tem horário exato para terminar. Invade meu almoço, atravessa os fins de semana, porém podem ter certeza que nunca tira o meu sono, porque deito todos os dias com a certeza de ter feito o meu melhor. Pode não ser o máximo. No entanto, é o máximo que me obrigo a realizar, mesmo sabendo que a minha autocrítica sempre cobra e exige mais de mim, pelo amor que tenho ao povo da minha cidade. Ando de cabeça erguida, de peito aberto e de sorriso largo e não limito minha atuação a ir ao Centro Administrativo. Meu governo tem como lema: tempo de alegria e de trabalho. Gosto de empreender, mover, dinamizar, desburocratizar, desembargar, sonhar e fazer. Não me acho mais capaz do que ninguém, não me apresento como o mais honesto ou o único sincero, nem tampouco me considero o mais apaixonado dos ilheenses.

Sou apenas Mário Alexandre Corrêa de Sousa, médico, pai e chefe de família e, na condição de comandante dessa nau, abriria mão de ser prefeito, caso estivesse insatisfeito com a minha gestão e não registrasse excelentes índices de aprovação da população. Não sou apegado a cargo ou mandato e não acredito em pessoas que fazem ou deixam as coisas pela metade, porque minha responsabilidade maior é com o povo. Sou homem público não só por estar prefeito, mas por ser médico, servidor que atende nos sistemas público e privado do Município de Ilhéus. Não faço distinção no tratamento entre o paciente com plano de saúde ou aquele que é atendido pelo SUS. Minha profissão é conhecida por todos, e minha família, também. Caráter e moral ou se herdam ou não se têm. “Nem toda lucidez é velha”, diria o poeta.

Sou acessível à população e ao meu secretariado. Não sou o prefeito desse ou daquele grupo ou coligação partidária. Fui eleito e estou prefeito de toda São Jorge dos Ilhéus até 31 de dezembro de 2020, em virtude de um compromisso firmado nas urnas, sem qualquer antecipação de destino, até porque o futuro a Deus pertence. Graças a Ele, a cidade não ostenta mais o título de desorganizada em termos financeiros e administrativos. Cada vez que viajo a Brasília ou a Salvador, busco recursos, firmo parcerias, desato nós, visando atrair investimentos de origem federal ou estadual.

Na Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), por exemplo, as prestações de contas, que nunca foram feitas, ameaçavam a extinção de programas sociais. Em meus acertos e erros, deparo-me também com a questão da oportunidade. Detectar talentos, incentivar quadros, promover pessoas na base da meritocracia, substituindo ou alterando nomes, quando são necessários. Isso significa dizer que o “não” faz parte da liturgia do cargo. Quem dá instantânea resposta positiva ou negativa não age com sabedoria, mas sim com atropelo. Quem vislumbra apenas o amanhã e não age com a cabeça no presente adensa compêndios estéreis e inválidos. Quem não experimenta o progresso se prende a falácias em teses desenvolvimentistas a qualquer preço ou teorias da conspiração. Minha atitude é sempre pra cima, leve. Meu comportamento é sempre austero. Por essa razão, Ilhéus saiu do ranking de um dos maiores devedores trabalhistas do país. Essa ação não é típica de quem empurra as coisas com a barriga ou mesmo enfrenta as adversidades dando de ombro. É de alguém que quis dar um basta a tantos possíveis bloqueios de contas da Prefeitura que atravancam e engessam uma gestão.

Nessa minha caminhada também aprendi que nem só de pão vive o homem. Não desviei ou seria irresponsável em não tratar áreas como saúde, educação, desenvolvimento social, saneamento básico, dentre outras, como prioridades. Acontece que, historicamente, nossa cidade também vive dos dividendos do turismo. E mais: como ajudar a resgatar a autoestima sem proporcionar um pouco de alegria ao povo em plena folia momesca? Na hora, todos vão, tiram selfies, postam e curtem, mas depois a crítica é tão ácida quanto injusta. Ninguém calcula o lucro, todos contabilizam o prejuízo, desde quando tudo se resume a investimento exatamente para gerar receita. Assim, como está no DNA do ilheense a hospitalidade, na minha receita (ou orçamento) estão a construção de creches e requalificação ou reforma de salas e unidades escolares. A melhor forma de ser ouvido é falar e não se calar. A melhor forma de ser atendido é procurar, não retroceder. A melhor forma de realizar é justamente não desistindo. A persistência e a resiliência são atributos e virtudes de um grande líder e ele deve exercer sua influência sobre o grupo com energia positiva, equilíbrio e, principalmente, com atenção máxima ao que cidadão transmite nas ruas, não pelas redes sociais. Isso não é ser utópico, mas não se pode viver eternamente, de forma prolixa, no mundo de Alice.

Da mesma forma em que me considero um eterno aprendiz, não sou adepto do “reunismo”. Esse terrível mal que assola a gestão dos representantes municipal, estadual e federal. Horas a fio nem sempre promovem efeito prático. Por sinal, a partir do momento em que se escolhe um secretariado delegam-se responsabilidades e entra em cena a autonomia com responsabilidade e automática integração entre os nomes confiados. O diálogo e o bom relacionamento – ainda que institucionais – são inerentes à ocupação do cargo. Sendo bastante simplista: escolhemos absolutamente todas as pessoas com quem desejamos trabalhar em uma empresa? Na administração pública não é diferente. Como em qualquer organização temos nossas afinidades e desafetos. No entanto, não podemos nos “vitimizar” ou nos paralisarmos diante das circunstâncias. Há um patrão maior que nos elogia e critica, propõe, quer solução dos problemas, possui uma demanda reprimida na Saúde, precisa de emprego, assusta-se com a criminalidade, anseia por uma moradia e por aí vai.

Por falar em Saúde, esse é o setor que mais avança em meu governo. Está no ritmo que gostaríamos? Evidente que não, porém não temos todos os recursos materiais, financeiros e humanos suficientes para resolver esse gargalo de forma definitiva. Diante disso, não esmorecemos. Ao contrário. Corremos mais atrás do lucro, posto que ninguém deve buscar o prejuízo. São incontáveis as melhorias que se devem ao esforço conjunto (força tarefa) com deputados e secretários em produtivos encontros junto ao governador, ministros e até o presidente. A presença constante do governador Rui Costa em nossa cidade é prova maior de que a parceria continua sólida e ela cresce a cada dia. Nunca antes na história de Ilhéus um governador realizou tanto e veio tantas vezes inaugurar e acompanhar obras, tratar sobre novos e promissores projetos de verdadeiro desenvolvimento econômico e social. O bom é que ele sempre se mostra educado e disponível para atender a novas proposições, desde que sejam factíveis.

Por mais que me desdobre na árdua tarefa de governar, preciso ser informado sobre o que anda bem e quem também não vêm agradando. De forma franca e aberta, sem mágoa, dedo apontado ou lista negra. Como homem, estou longe de ser infalível em minhas escolhas e decisões. Assim, “não me envergonho de mudar de ideia porque não me envergonho de pensar”. A repetição de um comportamento ou ideia fixa acaba por se tornar uma obsessão e isso é terrivelmente ruim para o ambiente organizacional. A energia não flui, o ar não se renova. Discutir tudo não é sinônimo de dinamismo governamental. Para tanto, as referências de trabalho precisam ser vívidas e radiantes e não obsoletas com performances questionáveis cercadas de métodos pouco ortodoxos. Então, a prescrição é o esquecimento dessa gente e seguir em frente. A ideia de governar pressupõe avaliação constante da equipe e esse trabalho de ida às unidades de atendimento ao cidadão nas diversas esferas é “invisível”, apesar de presencial e testemunhal, portanto não precisa de manchete ou fotografia. A verdade é que quem vive a cidade de perto continua fiel aos seus acordos, princípios e compromissos. Com isso, a omissão passa a ser cômoda e rentável.

Por fim, quero dizer que não sou o salvador da pátria. Apesar de saber que a população reconhece o trabalho feito até o momento, esse status me conferiria uma ilusória aura que me levaria a um estado de profundo sono. Se a cidade ainda não dorme absolutamente tranquila, ela não tem mais acordado de sobressalto, suja, mal iluminada, com medo, sem amparo da saúde ou com condições precárias na educação. É a história do copo d´água até a metade. Muitos veem com atitude otimista e feliz como metade cheio, mas os pessimistas, atravancados e mais ilheenses do que os próprios ilheenses o enxergam metade vazio. Uma voz interior me motiva a seguir adiante. Por tudo que vi e vivi, o sentimento é de agradecimento e compaixão e, acima de tudo, de força e fé para seguir viagem, exercitando o perdão nosso de cada dia e estendendo a mão para quem realmente quer me ajudar.

Mário Alexandre (Marão) é prefeito de Ilhéus pelo PSD.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia