WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe
nota premiada prefeitura ilheus





janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘Ilhéus’

ELEITORES DE ILHÉUS E EUNÁPOLIS PODERÃO REGULARIZAR TÍTULO A PARTIR DO DIA 5

Eleitores de Ilhéus sem biometria terão nova chance em março.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, divulgou, na sexta-feira (16), o período para a regularização de título por quem perdeu o prazo de cadastramento biométrico obrigatório em mais de 50 municípios no estado. Os eleitores com pendência terão de 5 de março a 9 de maio para comparecer aos cartórios para o procedimento.

A expectativa é que cerca de um milhão de eleitores de 55 municípios baianos regularizem a situação. Em Ilhéus, cerca de 40 mil pessoas tiveram os documentos cancelados por falta de biometria. Em Eunápolis, mais de 13.600 eleitores ficaram sem fazer o cadastramento biométrico no período de convocação extraordinária.

O município do extremo-sul do estado tem 84.872 eleitores, sendo que 71.255 estão com a situação regularizada, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O eleitor que regularizar a situação no próximo mês ficará livre da cobrança de multa e poderá votar normalmente no pleito deste ano.

Além do cadastramento biométrico, até o dia 9 de maio os eleitores poderão requerer alistamento (emissão do 1º título), alteração de dados, regularização de título cancelado e transferência de domicílio eleitoral. Quem perder esse prazo, não terá uma nova chance, segundo informa a Justiça Eleitoral.

VOCÊ TERIA UM MINUTINHO PARA A PALAVRA DA CIÊNCIA?

Felipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

 

Imagine um professor na praça explicando algum tema polêmico contemporâneo! Aí, com ideias circulando, com a academia enxergando além de seus muros, quem sabe teríamos uma sociedade ainda melhor. Difícil? Sim, com toda certeza! Mas será que cada um de nós, doutos cidadãos, estamos fazendo todo o possível?

 

Ler o título acima parece estranho, não? Permita-me então contextualizar melhor a questão: dois acontecimentos que presenciei dentro do “mundo acadêmico” nos últimos dias me fizeram pensar um bocadinho sobre exatamente esse tal “mundo acadêmico”.

No primeiro fato, um jovem estudante postou nas redes sociais seu lamento por ter sido abordado por uma senhora cristã que tentava propagar suas ideias e demonstrou incômodo por ele se declarar ateu. Quando apresentado o contraponto de que aquela senhora estava apenas levando adiante aquilo que ela acreditava ser interessante, ele rebateu: “ah, não saio por aí levando a palavra de Nietzsche”. Não leva? Uma questão: por que não?

Outro fato foi a leitura de outra postagem nas redes sociais onde professores e estudantes, em sua maioria, debochavam e se escandalizavam com a cantora Anitta ter sido convidada para palestrar num evento na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Soava absurdo a cantora notabilizada no funk, de origem periférica, falar numa das mais prestigiadas universidades do mundo. Uma questão:por que não?

A academia brasileira, permito-me generalizar com meus pouco mais de oito anos de experiência docente, parece sofrer de um mal que a faz sentir-se como um panteão para poucos. Alguns (poucos) privilegiados devem alcançar esse patamar após demonstrar suas competências em provações diversas. Uma ideia de que aquilo “não é pra qualquer um”. Uma ideia de que aquilo que não está no “mundo acadêmico” não é bom o suficiente.

Vivemos – faço aí um mea culpa pois, além de ocasionalmente escrever textos me valendo da boa audiência do PIMENTA para atingir uma grande fatia da sociedade, também estou entre os que assim agem – num espaço onde apenas os aplausos e os tapinhas nas costas dos iguais parecem ser interessantes. Por qual motivo as vozes periféricas não são plenamente ecoadas nas universidades? Por qual motivo o grafite nas paredes dos corredores acadêmicos é visto com estranheza? Por qual motivo iniciativas como o Pint of Science, que visa explicar pesquisas científicas em bares, são vistas com certo desdém por alguns? A resposta?

Arrisco-me a dizer que muitos acadêmicos – aí incluídos professores e estudantes – acreditam que são especiais demais e acabam por esquecer da sociedade que os abriga e, principalmente, financia.

Se a senhora propagando a fé cristã nas ruas enche sua paciência, será que ao invés de criticá-la não seria possível ver nela uma inspiração? Imagine as praças de Itabuna, de Ilhéus ou de qualquer outra cidade exibindo um filme e um pesquisador conduzindo um debate sobre ele! Imagine um professor na praça explicando algum tema polêmico contemporâneo! Aí, com ideias circulando, com a academia enxergando além de seus muros, quem sabe teríamos uma sociedade ainda melhor. Difícil? Sim, com toda certeza! Mas será que cada um de nós, doutos cidadãos, estamos fazendo todo o possível?

Felipe de Paula é professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

SUSPEITO DE SERVIR AO TRÁFICO É PRESO COM TRÊS QUILOS DE MACONHA EM ILHÉUS

Policiais civis prenderam em flagrante, nesta sexta-feira (16), na Avenida Lomanto Júnior, no Pontal, em Ilhéus, um motociclista transportando cerca de três quilos de maconha prensada. De acordo com a polícia, Giltalie Santos da Silva “prestava serviços” para traficantes, fazendo entrega de drogas em diferentes pontos da cidade.

Polícia apreende droga e arma em Ilhéus || Foto PC-BA

Os policiais chegaram ao motociclista após denúncia anônima. Ele confessou que entregaria a droga a um traficante na zona  norte da cidade e levou os policiais até a boca de fumo. Os agentes afirmam que foram recebidos a tiros por traficantes, sendo que um dos bandidos, identificado como Laércio Batista, foi atingido na perna. Os demais fugiram.

Além da droga, a operação policial resultou na apreensão de uma espingarda calibre 12. O material foi levado para a sede da 7ª Coordenadoria da Polícia Civil de Ilhéus junto com o motociclista entregador de drogas. Já Laércio Batista foi levado para o Hospital Regional da Costa do Cacau.

IMAGENS DE NAZAL REVELAM A EVOLUÇÃO DAS OBRAS DA NOVA PONTE DE ILHÉUS

Novas imagens revelam traçado do Acesso Norte da nova ponte || Fotos José Nazal

O fotógrafo e memorialista José Nazal fez, nesta terça-feira de Carnaval, novas imagens das obras de construção da Ponte Centro-Pontal. A ponte estaiada tem previsão de entrega para o segundo semestre deste ano, de acordo com engenheiros e o governador Rui Costa.

As imagens de hoje (13) revelam avanços na construção do segundo pilar do mastro principal e construção do acesso Norte da ponte estaiada. Na última visita às obras, o governador Rui Costa pediu agilidade para que a ponte seja entregue ainda neste ano.

A ponte está sendo construída pela OAS, com custo estimado em R$ 99,8 milhões. Serão 298 metros de trecho estaiado e 250 de estrutura armada (imagem abaixo). Pela ponte devem trafegar cerca de 8,5 mil veículos por dia, conforme cálculos da Superintendência de Infraestrutura de Transporte (SIT), órgão do governo baiano. O projeto prevê construção de nova pista no lado Pontal, com cerca de mil metros de extensão, até a cabeceira do aeroporto,

Construção de estrutura no lado Pontal da nova ponte evoluiu em 2 meses || Foto José Nazal

Segundo pilar começa a ganhar forma e deve ser concluído até março || Foto José Nazal

Imagem acima é de dezembro e mostra início de construção de pilares e estrutura armada

ILHÉUS E PORTO ESTÃO ENTRE OS DESTINOS MAIS PROCURADOS NO CARNAVAL

Porto Seguro é o segundo destino mais procurado no País || Foto Google

Porto Seguro é o segundo destino mais procurado no País neste carnaval no site da agência online Hotel Urbano. Ilhéus é o quinto mais procurado. Os dois municípios baianos fazem parte de seleta lista dos 10 destinos mais procurados para o período da folia momesca.

A lista é liderada pelo Rio de Janeiro e dela, além de Ilhéus e Porto Seguro, também fazem parte outros três destinos do Nordeste, como Natal, capital do Rio Grande do Norte, e Porto de Galinhas, distrito de Ipojuca, em Pernambuco. O site tem base com cerca de 18 milhões de viajantes inscritos. Confira a relação dos mais procurados.

Visão noturna de um dos cartões postais de Ilhéus, a Baía do Pontal || Foto Clodoaldo Ribeiro

OS 10+ PROCURADOS NO CARNAVAL

1) Rio de Janeiro, RJ
2) Porto Seguro, BA
3) Natal, RN
4) Região dos Lagos, RJ
5) Ilhéus, BA
6) Porto de Galinhas, PE
7) Litoral Norte de São Paulo, SP
8) Maceió, AL
9) Costa Verde, RJ
10) Caldas Novas, GO

ILHÉUS: BLOCO ZÉ PEREIRA TOMA CONTA DAS RUAS DO PONTAL

Desfile do Bloco Zé Pereira levou milhares às ruas do Pontal || Foto Clodoaldo Ribeiro

A pontualidade foi uma das marcas da festa. Meia-noite em ponto, o desfile começou. As ruas do populoso Bairro do Pontal, zona sul de Ilhéus, ficaram tomadas por foliões de todos os cantos da cidade, que foram acompanhar o “Zé Pereira”. Turistas brasileiros e estrangeiros também prestigiaram a festa, que acabou nos primeiros raios de sol deste sábado.

O “Zé Pereira” desfila há mais de 35 anos e transformou uma brincadeira da família em uma das maiores manifestações de rua do bairro do Pontal, durante os festejos do momo. “A gente saía do Clube do Pontal, após os bailes, mas queria continuar a festa do Carnaval. Pegava panelas, colheres de pau, e fazia barulho pelo bairro. A ideia começou a reunir cada vez mais amigos”, conta a diretora Joana Angélica.

Ao longo dos anos, ela testemunhou o crescimento da festa e a consolidação do bloco como uma das maiores manifestações populares do carnaval de Ilhéus.

Prefeito Mário Alexandre faz selfie com foliões no Pontal || Foto Clodoaldo Ribeiro

Ontem, o bloco retornou para a praça, depois de percorrer pelas ruas Dom Pedro II, contornar a Rua Senhor do Bonfim e seguiu pela passarela do álcool. Atravessou a 13 de maio e para a praça São João Batista, local de concentração. As ruas ficaram lotadas de foliões. Alguns vestidos com a camisa do bloco. Outros, fantasiados. Todos em festa.

“Este é o verdadeiro carnaval. A festa que permite a manifestação popular, a manutenção da tradição e, sobretudo, a vontade do povo estar na rua de forma espontânea”, destacou o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, que prestigiou o desfile.

Ruas são tomadas pela alegria e irreverência do Zé Pereira || Foto Clodoaldo Ribeiro

OS IMPACTOS ECONÔMICOS NEGATIVOS PROVOCADOS PELO CANCELAMENTO DO CARNAVAL ANTECIPADO DE ILHÉUS

Edson Alves | edsonciso@hotmail.com

 

Hotéis, bares, restaurantes, supermercados, casas de veraneio, ambulantes, além de setores da área cultural e uma grande parte do setor da economia local são afetados direta e indiretamente durante a realização de um carnaval.

 

Em primeiro lugar, gostaríamos de tecer críticas diretas à falta de planejamento dos gestores do turismo na cidade de Ilhéus (BA), mais diretamente, ao poder público municipal, pois o mesmo, associou a crise na área da saúde pública à não realização do carnaval antecipado. É como se os problemas na saúde pública do município tivessem nascido no mês de fevereiro desse ano, e já tivessem data marcada para acabar, junho de 2018, com uma épica festa junina.

Em uma cidade turística como Ilhéus, o discurso que o prefeito utilizou caiu como uma luva, ou seja, se ajustou muito bem à situação desejada pelo gestor e aos olhares do “senso comum”, mas, ao mesmo passo, como uma falácia para os investidores da área do turismo e para os especialistas em administração pública.

Mediante essas afirmações, (PETROCCHI 2002, p, 12), declara:

“As deficiências do turismo passam inicialmente pela falta de conscientização da população para a sua importância, o que é uma questão cultural. Se a população não se sensibiliza por determinados temas, o político automaticamente o descarta. O político reflete os desejos, as aspirações e as preocupações da população. A população em geral não dá a devida importância ao turismo, e essa indiferença é fatal”.

O carnaval é um negócio altamente lucrativo para o setor turístico no Brasil. Segundo levantamento do Ministério do Turismo. No ano de 2016, cerca de 9,8 milhões de turistas circularam pelo país no mês de fevereiro, gerando um acréscimo de R$ 9,6 bilhões à economia nacional, com forte impulso ao setor de serviços. O faturamento do período representava cerca de 3%, do total gerado anualmente pela indústria de viagens e turismo do país.

O impacto do Carnaval é grandioso para a economia de Ilhéus. As atividades ligadas ao turismo representam aproximadamente 5% do Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia na festa. A cadeia produtiva do Carnaval é complexa e envolve diferentes setores da economia.

Na Bahia, no ano de 2014, a estimativa foi de que 707 mil turistas visitaram as cidades de Salvador, Porto Seguro, Trancoso, Arraial D’Ajuda e a famosa Costa do Sauipe. Já no ano de 2016, o fluxo de turistas movimentou cerca de R$ 900 milhões na economia do estado.

Entender os aspectos e os números do carnaval se faz necessário para que possamos compreender a grandiosidade de um evento deste porte para a economia ilheense.

Hotéis, bares, restaurantes, supermercados, casas de veraneio, ambulantes, além de setores da área cultural e uma grande parte do setor da economia local são afetados direta e indiretamente durante a realização de um carnaval.

Neste sentido, Ilhéus perde – e muito, quando uma gestão sem planejamento cancela um evento deste porte, mas, sobretudo, o “Carnaval Antecipado” no município. Pois os empreendedores locais haviam planejado ou estavam se planejando para receber toda uma demanda que impulsionaria os números da economia local.

É preciso que o gestor maior do município coloque o carnaval antecipado no calendário turístico da cidade como uma coisa prioritária de seu governo. Por fim, a Secretaria Municipal de Turismo deve ter consciência da sua responsabilidade enquanto agente de promoção do turismo na região e, nesse contexto, buscar unir esforços continuados para fazer o resgate do carnaval antecipado de Ilhéus.

Edson Alves é graduado em Ciências Sociais e Especialista em Gestão Pública Municipal pela Uesc.

PROCESSO SELETIVO DO DETRAN OFERECE 49 VAGAS; HÁ OPORTUNIDADES PARA ITABUNA E ILHÉUS

Detran Bahia abre processo seletivo|| Foto Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) está com inscrições abertas para processo seletivo que visa o preenchimento de 49 vagas temporárias em cargos de nível superior pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Os aprovados serão contratados por dois anos, com possibilidade de prorrogação do vínculo por igual período.

Para o sul da Bahia, as vagas são para o órgão em Itabuna e Ilhéus e os candidatos devem ser graduados em qualquer área. Há oportunidades também para Salvador, Feira de Santana, Camaçari, Vitória da Conquista, Brumado e Alagoinhas.  Do total de vagas, 35 são para o cargo de Técnico de Nível Superior com graduação em qualquer área, 10 oportunidades para candidatos com diploma de Direito e quatro para graduados em psicologia.

As inscrições são gratuitas podem ser feitas até o dia 16 deste mês pela internet, no site selecao.ba.gov.br.  Os candidatos serão avaliados, por meio de análise curricular,no período de 6 e 12 de março. O candidato deverá encaminhar à Comissão responsável pelo Processo Seletivo Simplificado cópia autenticada em cartório dos documentos exigidos no edital bem como, cópia do seu documento de identidade, com foto e que identifique sua data de nascimento.

A documentação deverá ser enviada por SEDEX, no período de 6 a 12 de março, à Secretaria do Trabalho Emprego Renda e Esporte do Estado da Bahia  (SETRE). O resultado da avaliação está previsto para 30 de março e a vigência da seleção será de um ano, prazo que pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo período. O salário chega a R$ 2.729,78. Acesse o edital aqui.

DOAÇÕES PARA MOCHILA SOLIDÁRIA DEVEM SER FEITAS ATÉ SEXTA

Campanha divulga pontos de coleta de doações

Com o objetivo de arrecadar materiais escolares novos ou usados para estudantes de baixa renda, a campanha Mochila Solidária aceita doações até esta sexta-feira (09). Idealizada pelo mesmo grupo de voluntários que realizou a Ceia Natalina Solidária, a ação busca arrecadar não só mochilas, mas também pastas, lancheiras, estojos ou materiais de uso geral em boas condições e, preferencialmente, higienizados. O intuito é que tudo seja distribuído até o início das aulas.

A campanha Mochila Solidária não possui qualquer tipo de vínculo político, religioso ou institucional. E, assim como os doadores, os estabelecimentos que se disponibilizaram a funcionar como ponto de coleta colaboram na condição de voluntários. Inclusive, parte dos materiais arrecadados desde 15 de janeiro já foi encaminhada para crianças e adolescentes matriculados em escolas públicas de Ilhéus.

Para se tornar um elo desta corrente do bem, basta se dirigir ao ponto de coleta mais próximo. A Fisk está localizada na Rua General Câmara, número 102, Centro. A Casa Amarela fica na Rua 7, número 114, Jardim Pontal. A Escola Comecinho de Vida é na Rua Tobias Barreto, 91, Cidade Nova. O CAUA funciona na Praça São João Batista, 222, Pontal. A Academia VIP está situada na Avenida Litorânea Norte, Malhado. E o endereço da Cardoso Calçados é Avenida Lótus, 72, bairro Nelson Costa. Interessados podem entrar em contato com Sara Lemos, através do telefone e WhatsApp (73) 98822-1151.

EMPRESAS OFERECEM 40 VAGAS EM ITABUNA E EM ILHÉUS

SineBahhia oferece 40 empregos em Itabuna e em Ilhéus

Empresas instaladas em Itabuna e em Ilhéus oferecem, nesta quarta (7), total de 39 oportunidades de emprego com carteira assinada e uma vaga de estágio. Os interessados devem procurar o SineBahia. O atendimento nas unidades de Ilhéus e de Itabuna do serviço de intermediação de emprego começa às 8h.

Das vagas, são 28 oportunidades em Itabuna e outras 12 em Ilhéus. Quem ainda não tem acesso ao aplicativo SineFácil nem está cadastrado, deve comparecer ao SineBahia com carteiras de Identidade e de Trabalho, comprovantes de escolaridade e residência e o CPF.

O SineBahia em Itabuna funciona no Shopping Jequitibá. Já em Ilhéus, na Rua Eustáquio Bastos, Centro, próximo à Praça Cairu. Clique no “leia mais” para conferir todas as vagas ofertadas nesta quarta (7). :: LEIA MAIS »

MARÃO ENFRENTA REBELDIA NA BASE

Lukas, de roupa clara, é entrevistado por Robertinho Scarpita e Marinho Santos (de boné).

Ilhéus começa a assistir à reprise de novela já rodada em Itabuna nesta semana. Vereadores insatisfeitos na relação com o prefeito começam a se rebelar. Ou, como diriam, fazer críticas construtivas. Em Itabuna, 13 vereadores revogaram decreto de aumento da passagem de ônibus. Na vizinha cidade, pelo menos um dos vereadores, Jerbson Moraes (PSD), do mesmo partido do prefeito, já cogita a possibilidade de colocar o decreto que reajustou a passagem para R$ 3,50.

Desde ontem (5), o presidente da Câmara de Ilhéus, Lukas Paiva (PSD), intensificou as críticas à gestão do prefeito Mário Alexandre (PSD). Com razão, bateu na qualidade de serviços como iluminação pública e coleta de lixo.

– Acho que desde o início do governo a cidade está com aspecto sujo, e a limpeza pública está deixando a desejar. Com a iluminação pública, a situação é igual – disse Lukas em entrevista ao Tropa de Elite, programa que vai ao ar na Rádio Bahiana.

Para Lukas Paixa, o governo de Marão precisa ouvir – e atender – mais os vereadores. “Sei que nem tudo pode ser atendido, sei das limitações do governo, mas o vereador é o político mais próximo do povo, e precisa ter suas reivindicações em prol do povo atendidas”.

Na cidade administrada pelo prefeito Fernando Gomes, a pedida dos vereadores era por mais cargos – pelo menos, a julgar pela fala do gestor. Quanto a Ilhéus, ainda não se tem claramente os motivos da rebeldia na base.

PREÇO DA CESTA BÁSICA AUMENTA 10% EM ITABUNA E 15% EM ILHÉUS

Preço da cesta básica registra aumento em Itabuna e Ilhéus. Fotomontagem Pimenta

A disparada no preço do tomate contribuiu para que o consumidor ilheense perdesse poder de compra em janeiro. O quilo do produto, que em dezembro custava, em média, R$ 2,92, subiu para R$ 5,35 em janeiro, um reajuste de mais de 83% de um mês para o outro. A banana da prata foi outro item que teve o preço elevado no mês passado. O quilo subiu 41,35%.

O consumidor de Ilhéus também teve que desembolsar mais para levar para casa produtos como manteiga (4,81%), pão (3,30%) e carne (2,46%). O custo da cesta básica no município passou de R$ 313,25 para R$ 361,27, de dezembro para janeiro. O aumento foi de 15,33%, segundo o Departamento de Economia da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

EM ITABUNA

O levantamento feito pela Uesc apontou aumento no custo da cesta básica também em Itabuna, com o preço passando de R$ 303,80 para R$ 335,36 de um mês para o outro. Assim como ocorreu em Ilhéus, o preço do tomate disparou, registrando reajuste de 62,55%. A banana da prata veio em seguida, com aumento de 36,65%.

Outros itens que passaram a pesar mais no bolso do trabalhar itabunense foram manteiga (2,32%), açúcar (1,78%) e pão (1,29%). Já produtos como feijão (-5,42%), farinha de mandioca (-3,51%), óleo de soja (-3,30%) e arroz (-3,27%) tiveram queda de preço no mês passado em relação a dezembro.

EMPRESAS OFERECEM 53 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA E EM ILHÉUS

SineBahhia oferece total de 53 empregos em Itabuna e em Ilhéus

Empresas instaladas nas duas maiores cidades do sul da Bahia oferecem, nesta sexta (2), total de 53 vagas de emprego. São 42 oportunidades de trabalho intermediadas pelo SineBahia em Itabuna e outras 11 vagas na unidade do sistema de emprego em Ilhéus.

As unidades começam a atender às 8h desta sexta. Em Itabuna, o SineBahia funciona no estacionamento superior do Shopping Jequitibá, no SAC. Já em Ilhéus, o atendimento é feito na Rua Eustáquio Bastos, no Centro.

O trabalhador interessado em se cadastrar deve comparecer à unidade da sua cidade munido de Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovantes de escolaridade e residência. Caso seja pessoa com deficiência, é necessário apresentar laudo médico. Quem já está cadastrado no sistema e possui aplicativo, pode consultar vaga pelo aplicativo de celular SineFácil. Clique no “leia mais” para conferir as vagas disponíveis. :: LEIA MAIS »

SINEBAHIA OFERECE 47 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA E ILHÉUS NESTA QUINTA

SineBahia tem 47 vagas de emprego para Ilhéus e Itabuna

As unidades do SineBahia em Itabuna e em Ilhéus estão com oferta de 47 vagas para esta quinta-feira (1º). As oportunidades de emprego com carteira assinada são para os vários níveis de escolaridade. Também há oportunidade para quem não possui escolaridade, caso seja pessoa com deficiência.

As duas unidades do SineBahia no sul do Estado funcionam até as 14 horas. Os interessados nas vagas devem levar documentos como CPF, Carteira de Identidade e comprovantes de escolaridade e endereço, além do número da Carteira de Trabalho.

As pessoas com deficiência devem apresentar laudo médico. Quem já possui cadastro no sistema, pode fazer a consulta por meio do aplicativo SineFácil, por meio do celular. O SineBahia de Itabuna funciona no Shopping Jequitibá. Já o de Ilhéus, na Rua Eustáquio Bastos, no Centro. São 42 vagas em Itabuna e 5 em Ilhéus.

Abaixo, confira as vagas para as duas cidades.

VAGAS EXCLUSIVAS PARA ITABUNA (QUINTA, 1º)

TÉCNICO DE ENFERMAGEM (PCD)
Exclusiva para Pessoas com Deficiência
Não exige escolaridade
Não exige experiência
01 VAGA

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)
Exclusiva para Pessoas com Deficiência
Ensino Médio Completo
Não exige experiência
15 VAGAS

OPERADOR DE CAIXA
Ensino Médio completo
Experiência mínima de 06 meses na carteira
01 VAGA

VENDEDOR PRACISTA
Ensino Médio completo
Experiência mínima de 06 meses na carteira
Obrigatório possuir CNH ‘A’ e moto
02 VAGAS :: LEIA MAIS »

LOJA DA OI LAMENTA “FALTA DE SEGURANÇA NA CIDADE DE ILHÉUS”

Policial, de camisa amarela, é atingido por bandido de camisa preta || Reprodução vídeo

Reinaldo foi identificado como um dos assaltantes da loja

Loja onde um PM foi baleado em tentativa de assalto ontem (31.jan), a Teleshop Oi emitiu nota pública na qual se queixa da falta de segurança pública em Ilhéus. “O Policial Militar se feriu, mas, felizmente, passam bem e a empresa está dando todo suporte necessário para seu pronto restabelecimento”, informou.

A direção do empreendimento disse que, para aumentar a segurança para os clientes, está contratando vigilantes e instalará detectores de metais, além da instalação de novas câmeras de segurança na área externa.

O subtenente da PM Alexandro Costa foi atingido no ombro, sendo socorrido pelo Samu e encaminhado para o Hospital Regional da Costa do Cacau.

A polícia identificou um dos três assaltantes da loja. Chama-se Reinaldo Andrade Ramos, residente no Monte Cristo, em Itabuna. Reinaldo tem passagens na polícia por suspeita de ter cometido homicídio e assaltos.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia